• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 2779
  • 59
  • 57
  • 54
  • 50
  • 41
  • 20
  • 11
  • 7
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • Tagged with
  • 2858
  • 505
  • 423
  • 405
  • 387
  • 330
  • 311
  • 291
  • 265
  • 264
  • 263
  • 259
  • 259
  • 254
  • 226
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Revisão taxonômica do gênero Scyliorhinus Blainville, 1816 (Carcharhiniformes, scyliorhinidae), nas regiões sudeste e sul do Brasil

Bacilieri, Simone [UNESP] 01 September 2005 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:30:16Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2005-09-01Bitstream added on 2014-06-13T20:40:05Z : No. of bitstreams: 1 bacilieri_s_me_rcla_prot.pdf: 2427906 bytes, checksum: e695bde548b9d53453561d0756c7fe7a (MD5) / A família Scyliorhinidae constitui-se na maior família de tubarões, possuindo 15 gêneros com cerca de 100 espécies. No Brasil, a família Scyliortiinidae é representada por quatro gêneros (Apristunis, Scyliorhinus, Schroederichthys e Galeus) e pelo menos sete espécies. Nas regiões Sudeste e Sul do Brasil, são reconhecidas somente duas espécies para o gênero Scylioffiinus: S. besnardi e & haeckelii. Porém, ambas estão muito próximas taxonomicamente necessitando de estudos mais aprofundados, pois estão basicamente diferenciadas somente pelos padrões de coloração. Desta forma, o presente estudo tem como objetivo elaborar unia revisão do gênero Scyliwhinus nas regiões Sul e Sudeste do Brasil. Foram obtidos 180 exemplares de coleções cientificas existentes no Rio de Janeiro, São Paulo e Santa Catarina. Efetuou-se a biometria completa em 171 exemplares de Scyiiorhinus besnardi e 5. haeckefii e, com os dados obtidos, utilizou-se os testes estatisticos de Levene, t de Student e U de Mann-Whitney, além de análises de regressão e de função discriminante independente do tamanho. Os estágios de maturidade para as fêmeas foram estabelecidos de acordo com as informações constantes nas coleções. Os machos foram considerados imaturos e maduros de acordo com a rigidez do clásper. Os padrões de coloração basearam-se na contagem das maiores manchas vistas dorsalmente. A biogeografia foi realizada baseando-se na literatura existente para o gênero no Brasil e nos dados de coleta dos exemplares depositados nas citadas coleções. O estudo molecular é imprescindível para uma revisão definitiva do gênero Scyliorhinus, porém as seguintes conclusões foram obtidas: não foram encontradas diferenças estatisticamente significativas para o dimorfismo sexual secundário observado; a análise discriminante independente do tamanho, apesar de significativa, foi insatisfatória para...
2

Revisão taxonômica do gênero Scyliorhinus Blainville, 1816 (Carcharhiniformes, scyliorhinidae), nas regiões sudeste e sul do Brasil /

Bacilieri, Simone. January 2005 (has links)
Orientador: Alberto Ferreira de Amorim / Banca: Francisco Manoel de Souza Braga / Banca: Carlos Alberto Arfelli / A família Scyliorhinidae constitui-se na maior família de tubarões, possuindo 15 gêneros com cerca de 100 espécies. No Brasil, a família Scyliortiinidae é representada por quatro gêneros (Apristunis, Scyliorhinus, Schroederichthys e Galeus) e pelo menos sete espécies. Nas regiões Sudeste e Sul do Brasil, são reconhecidas somente duas espécies para o gênero Scylioffiinus: S. besnardi e & haeckelii. Porém, ambas estão muito próximas taxonomicamente necessitando de estudos mais aprofundados, pois estão basicamente diferenciadas somente pelos padrões de coloração. Desta forma, o presente estudo tem como objetivo elaborar unia revisão do gênero Scyliwhinus nas regiões Sul e Sudeste do Brasil. Foram obtidos 180 exemplares de coleções cientificas existentes no Rio de Janeiro, São Paulo e Santa Catarina. Efetuou-se a biometria completa em 171 exemplares de Scyiiorhinus besnardi e 5. haeckefii e, com os dados obtidos, utilizou-se os testes estatisticos de Levene, t de Student e U de Mann-Whitney, além de análises de regressão e de função discriminante independente do tamanho. Os estágios de maturidade para as fêmeas foram estabelecidos de acordo com as informações constantes nas coleções. Os machos foram considerados imaturos e maduros de acordo com a rigidez do clásper. Os padrões de coloração basearam-se na contagem das maiores manchas vistas dorsalmente. A biogeografia foi realizada baseando-se na literatura existente para o gênero no Brasil e nos dados de coleta dos exemplares depositados nas citadas coleções. O estudo molecular é imprescindível para uma revisão definitiva do gênero Scyliorhinus, porém as seguintes conclusões foram obtidas: não foram encontradas diferenças estatisticamente significativas para o dimorfismo sexual secundário observado; a análise discriminante independente do tamanho, apesar de significativa, foi insatisfatória para... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo). / The Scyliorhinidae tamily is the largest tamily of sharks, with fifteen genera comprising around 100 species, four of which are found in Brazil (Apristurus, Scyliominus, Schroederichthys and Galeus), and comprising seven species. In Brazils South and Southeast regions, there are only two species of the genus Scyliorhinus: S. besnardi and S. haockelii However, these two species are taxonomically very similar, and can only be differentiated through careful analysis of their coloration patterns. Therefore, the present study was aimed at conducting a review of the genus Scyliorhinus in Brazils South and Southeast regions. A total of 180 specimens were obtained from scientific collections in Rio de Janeiro, São Paulo and Santa Catarina states. Complete biometry was carried out on 171 specimens of Scyliorhinus besnardi and S. haeckelii, and the data were analyzed by way of the Levene test, Student's t test, and the MannWhitney U test, as well as regression analysis and size-independent discriminant analysis. The maturity stages of females were established according to the information given by the collections. The males were considered immature or maturo according te the stiffness of their clasper. The coloration patterns were based on a counting of the larger spots seen dorsally. The biogeography was carried out based on the literature for the genus in Brazil and on the data of the specimen obtained from the aforementioned collections. Although molecular studies would be indispensable for a definitive review of the genus Scyiiorhinus, the following conclusions were reached: there were no significant statistical diferences found for the observed secondary sexual dimorfism; the size-independent discriminant analysis, despite it was significative, did not discriminate satisfactorily the species; the pattern of coloration varied widely, suggesting different degrees of contrast that can vary widely according to... (Complete abstract, click electronic address below) / Mestre
3

Dieta e morfologia trófica de duas espécies simpátricas de peixes voadores (Hemidous microlepis e Hemiodus unimaculatus) na região do médio curso do rio Tocantins, na área de influência da UHE Luís Eduardo Magalhães - TO /

Maquiaveli, Claudia do Carmo. January 2006 (has links)
Orientador: Roberto Goitein / Banca: Virginia Sanches Uieda / Banca: Lucy Satiko Hashimoto Soares / Neste trabalho foram determinados aspectos importantes sobre a dieta das espécies de peixes voadores, Hemiodus microlepis e Hemiodus unimaculatus, ao longo do rio Tocantins e tributários na região da UHE Luís Eduardo Magalhães. Foram verificados períodos de atividade alimentar, utilização de recursos, sobreposição e morfologia trófica, das duas espécies de peixes voadores. As espécies de Hemiodus consumiram detrito e algas filamentosas como itens principais. Diferenças estatísticas significativas quanto ao consumo do detrito do fundo e do perifíton, foram relacionadas às características morfológicas tróficas de cada espécie e às diferenças sazonais ao longo do ano, entre os pontos de coleta. Quanto às variáveis morfológicas tróficas, o comprimento do intestino, o comprimento da cabeça e o comprimento da mandíbula inferior diferiram estatisticamente entre H. microlepis e H. unimaculatus. Em todos os locais de coleta, a maior quantidade de detrito nos estômagos de H. microlepis, pode ser justificada pelo número de dentes na mandíbula superior e de rastros branquiais. Em média, essas variáveis foram mais numerosas para H. microlepis, porque auxiliaram na retenção de partículas menores de alimento na cavidade orofaríngea. Verificamos que as duas espécies de peixes voadores foram diurnas, porém H. microlepis alimentou-se preferencialmente ao meio dia, ao passo que H. unimaculatus teve hábito diurno crepuscular. A sobreposição da dieta foi alta durante todo o período de estudo, exceto no mês de junho. Características morfológicas, atividade alimentar e diferenças na utilização do substrato de fundo foram relacionadas à partilha de recursos e coexistência de H. microlepis e H. unimaculatus ao longo de sua história evolutiva e as interações mais recentes no novo ambiente formado, após o represamento do rio Tocantins. / In this work important aspects on the diet had been determined of the species of flying fish, Hemiodus microlepis and Hemiodus unimaculatus, throughout the river Tocantins and tributaries in the region of the UHE Luis Eduardo Magalhães. Periods of alimentary activity, use of resources, overlapping and trophic morphology, of the two species of flying fish had been verified. The species of Hemiodus had consumed debris and filamentous algae seaweed as main accounts. Significant statistical differences how much to the consumption of the debris of the deep one and perifton, they had been related to the trophic morphologic characteristics of each species and to the seasonal differences throughout the year, it enters the sample site. The trophic morphologic variable length of the intestine, length of the head and length of the under jaw had differed statistical between H. microlepis and H. unimaculatus. In all the collection places, the biggest amount of debris in the stomachs of H. microlepis, it can be justified by the number of teeth in the upper jaw and branchial tracks. On average, these variables had been more numerous for H. microlepis, because they had assisted in lesser the food particle retention in the oral cavity. We verify that the two species of flying fish had been diurnal, however H. microlepis were fed preferential to the half day, to the step that H. unimaculatus had diurnecrepuscular habit. The overlapping of the diet was high during all the period of study, except in the June month. Morphologic characteristics, alimentary activity and differences in the use of the substratum of deep had been related to the allotment of resources and coexistence of H. microlepis and H. unimaculatus throughout its evolution history and the interactions most recent in the new formed environment, after the damming of the river Tocantins. / Mestre
4

Bacillus cereus e Bacillus subtilis na suplementação dietária de juvenis de Tilápias-do-Nilo (Oreochromis niloticus) e seu efeito probiótico /

Mello, Hurzana de. January 2012 (has links)
Orientador: Julieta Rodini Engracia de Moraes / Coorientador: Rodrigo Otávio de Almeida Ozório / Banca: Gustavo Henrique Nogueira / Banca: Marco Antonio de Andrade Belo / Resumo: Os objetivos deste trabalho foram os de avaliar o percentual de sobrevivência, a microbiota instestinal, a integridade da mucosa, e a qualidade da carcaça de juvenis de Tilápias-do-Nilo, Oreochromis niloticus, após 80 dias de alimentação com dieta contendo aditvo probiótico (Bacillus cereus 4,0 x 108 UFC g-1 e Bacillus subtilis 4,0 x 108 UFC g-1), na proporção de 4g/kg de ração peletizada. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com dois tratamentos, sendo um grupo controle e outro alimentado com dieta tratado. Os resultados foram analisados estatisticamente pela análise de variância (ANOVA) e, quando significativos, pelo teste de Tukey (P<0,05). Os resultados demonstraram que as tilápias do grupo tratado apresentaram percentual de sobrevivência relativa maior (P<0,05) que o do grupo controle e colonização intestinal por B. cereus e B. subtillis com maior (P<0,05) número de unidades formadoras de colônia em relação ao grupo controle e a integridade da mucosa intestinal avaliada por histomorfometria apresentou valores maiores (P<0,05) que o observado no grupo controle. Neste caso, o grupo alimentado com aditivo probiótico apresentou vilosidades mais altas e mais largas, além de maior número de células caliciformes que o observado no grupo controle. Em relação à qualidade de carcaça os resultados demonstraram que houve interferência positiva (P<0,05) do probiótico no grupo tratado em relação ao controle quanto aos teores de proteína e extrato etéreo. Estes resultados permitem inferir que a suplementação com probiótico, como testado neste estudo, induziu a colonização intestinal por bactérias benéficas, promoveu maior percentual de sobrevivência relativa, diminuiu a descamação da mucosa e favoreceu o aumento do número de células caliciformes / Abstract: Our objectives were to assess the percentage of survival, mucosal integrity, intestinal microbiota and carcass quality of juvenile tilapia, the Nile, Oreochromis niloticus, after 90 days of feeding a diet supplemented with probiotic (Bacillus cereus 4.0 x 108 CFU g-1 and Bacillus subtilis 4.0 x 108 CFU g-1), the proportion of 4g/kg pelleted feed. The experimental design was completely randomized with two treatments, one with a control group and another fed diet supplemented. The results were analyzed statistically by the Tukey test (P<0.05). The experimental design was completely randomized with two treatments, one with a control group and another fed diet supplemented. The results were analyzed statistically by the Tukey test (P<0.05). The results showed that tilapia fed with the supplemented diets obtained the higher survival rates (P<0.05) than the control group and higher integrity (P<0.05) of the intestinal mucosa assessed by histomorphometry. This case, the group fed a diet supplemented presented taller and wider villi, epithelial cells with thicker villous and a increased number of goblet cells than observed in the control group. In relation to carcass quality the results demonstrated that in the treated group there was interference (P<0.05) of the probiotic compared to control group for the levels of protein and acid hidrolyzed fat. The fish fed the diet with probiotics showed intestinal colonization by B. cereus and B. subtilis (P>0.05) and higher number (P<0.05) of colony forming units compared to the control group. These results allow us to conclude that supplementation with probiotics, as tested in this study, can induce the intestinal colonization by beneficial bacteria that decrease the mucosal desquamation and favored the increase in the number of goblet cells / Mestre
5

Probióticos na alimentação de tilápias do Nilo : desempenho produtivo, hematologia e imunologia /

Iwashita, Marina Keiko Pieroni. January 2012 (has links)
Orientador: Maria José Tavares Ranzani de Paiva / Banca: Leonardo Tachibana / Banca: Antenor Aguiar Santos / Banca: Valquíria Hyppólito Barnabé / Banca: Júlio Hermann Leonhardt / Resumo: A atividade do probiótico contendo Saccharomyces cerevisiae, Bacillus subtilis e Aspergillus oryzae foi avaliada através da inclusão de níveis do produto na dieta de tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus). Foi avaliado seu efeito no desempenho produtivo, na resposta inflamatória e na resposta imune dos peixes, através do efeito protetor contra desafios infecciosos de Aeromonas hydrophila e Streptococcus iniae. Três dietas foram formuladas: uma sem a adição do probiótico (Controle); T1, suplementada com 5g; e T2 suplementada com 10g de probiótico por quilo de ração. As dietas continham os níveis de proteína indicados para a fase de alevinagem. Após 1, 3, 7 e 14 dias do início da alimentação coletas foram realizadas, e foi averiguado a colonização do trato gastrointestinal. Foram recuperados do trato 1,08x106 e 3,81x107 UFC.g-1 de B. subtilis e 1,0x105 e 1,06x106 de S. cerevisiae, dos tratamentos suplementados com 5 e 10g de probiótico respectivamente. Não foi possível recuperar o A. oryzae. Resultados de desempenho produtivo mostraram valores superiores em 30 dias de alimentação com 10g de probiótico por kg de ração. O hemograma e leucograma dos peixes que receberam o probiótico mostraram alterações e melhor resposta inflamatória. Estes peixes mostraram valores de cortisol e glicemia plasmática reduzidos. Os dados hematológicos dos peixes submetidos ao desafio bacteriano mostraram que o probiótico proporcionou maior resistência dos eritrocitócitos às diferenças osmóticas e à produção de ânion superóxido. Doses de 5 e 10g de probiótico por kg de ração garantiu maiores taxas de sobrevivência contra A. hydrophila, e doses de 10g de probiótico por kg de ração, maior sobrevivência à infecção S. iniae / Abstract: The probiotic activity of Saccharomyces cerevisiae, Bacillus subtilis and Aspergillus oryzae was evaluated by including product levels in the diet of Nile tilapia (Oreochromis niloticus). Performance, inflammatory and immune response, and protective effect against challenge infection with Aeromonas hydrophila and Streptococcus iniae was evaluated. Three diets were formulated: without probiotic (Control), T1, supplemented with 5g and T2, supplemented with 10g probiotic per kg of diet. The diets contained protein levels indicated for nursery phase. After 1, 3, 7 and 14 days after the beginning of feeding, samples were taken, gastrointestinal tract colonization was observed. 1.08 x 106 and 3.81 X107 CFU.g-1 of B. subtilis and 1.0 x 105 and 1.06 x 106 of S. cerevisiae, were recovered from the tract from fish fed 5 and 10g of probiotic respectively. It was unable to recover A. oryzae. Performance data showed higher values, in 30 days of probiotic feeding with 10g per kg of feed. The CBC and WBC of fish that received the probiotic showed better changes and inflammatory response. These fish showed levels of cortisol and reduced plasma glucose. The blood of the fish subjected to bacterial challenge showed that the probiotic provided eritrocitócitos greater resistance to the osmotic differences and the production of superoxide anion. Doses of 5 and 10g of probiotic per kg of ration ensured the highest survival rates against A. hydrophila, and doses of 10 g probiotic per kg of diet increased survival against S. iniae infection / Doutor
6

Consequências das condições de escolha no crescimento e interações agonísticas da tilápia-do Nilo, Oreochromis niloticus /

Silva, Fernanda Pereira Corbeira da. January 2011 (has links)
Orientador: Gilson Luíz Volpato / Banca: Leonardo Barcellos / Banca: Percília Cardoso Giaquinto / Resumo:Nós avaliamos o impacto de uma das definições recentes do estado de bemestar em peixes, que considera que os animais estão em bem-estar quando se encontram nas condições pelas quais livremente optaram por ficar. Assim, avaliamos na tilápia-do- Nilo os efeitos de um conjunto de condições de escolha (coloração ambiental, intensidade luminosa, refúgios, substrato e frequência de alimentação) sobre o crescimento de juvenis isolados por 80 dias e sobre as interações agonísticas de adultos agrupados por quatro dias. Os peixes eram aleatoriamente inseridos em um dos três tipos de ambientes: a) aquário enriquecido com as condições de escolha da espécie, b) aquário enriquecido com condições de não-escolha da espécie, ou c) aquário nãoenriquecido. Os juvenis cresceram menos na condição de escolha, o que sugere que a avaliação do bem-estar da espécie por meio de referenciais de maior crescimento pode não ser adequada. A agressão entre adultos foi mais intensa nas condições de escolha, sugerindo que os recursos presentes foram mais valorizados pelos peixes. Do ponto de vista de seu bem-estar, as condições de escolha da tilápia parecem ser as mais adequadas para sua manutenção, embora não sejam vistas como tal do ponto de vista zootécnico. / Not available / Mestre
7

Consequências das condições de escolha no crescimento e interações agonísticas da tilápia-do Nilo, Oreochromis niloticus

Silva, Fernanda Pereira Corbeira da [UNESP] 22 February 2011 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:30:12Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2011-02-22Bitstream added on 2014-06-13T18:40:08Z : No. of bitstreams: 1 silva_fpc_me_botib.pdf: 1084579 bytes, checksum: 1fb89febed5a599309115db07175a010 (MD5) / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / Not available
8

Probióticos na alimentação de tilápias do Nilo: desempenho produtivo, hematologia e imunologia

Iwashita, Marina Keiko Pieroni [UNESP] 21 June 2012 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:30:29Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2012-06-21Bitstream added on 2014-06-13T20:21:09Z : No. of bitstreams: 1 iwashita_mkp_dr_jabo.pdf: 379506 bytes, checksum: 3797c036c478da41503dc65428490a49 (MD5) / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / Universidade Estadual Paulista (UNESP) / A atividade do probiótico contendo Saccharomyces cerevisiae, Bacillus subtilis e Aspergillus oryzae foi avaliada através da inclusão de níveis do produto na dieta de tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus). Foi avaliado seu efeito no desempenho produtivo, na resposta inflamatória e na resposta imune dos peixes, através do efeito protetor contra desafios infecciosos de Aeromonas hydrophila e Streptococcus iniae. Três dietas foram formuladas: uma sem a adição do probiótico (Controle); T1, suplementada com 5g; e T2 suplementada com 10g de probiótico por quilo de ração. As dietas continham os níveis de proteína indicados para a fase de alevinagem. Após 1, 3, 7 e 14 dias do início da alimentação coletas foram realizadas, e foi averiguado a colonização do trato gastrointestinal. Foram recuperados do trato 1,08x106 e 3,81x107 UFC.g-1 de B. subtilis e 1,0x105 e 1,06x106 de S. cerevisiae, dos tratamentos suplementados com 5 e 10g de probiótico respectivamente. Não foi possível recuperar o A. oryzae. Resultados de desempenho produtivo mostraram valores superiores em 30 dias de alimentação com 10g de probiótico por kg de ração. O hemograma e leucograma dos peixes que receberam o probiótico mostraram alterações e melhor resposta inflamatória. Estes peixes mostraram valores de cortisol e glicemia plasmática reduzidos. Os dados hematológicos dos peixes submetidos ao desafio bacteriano mostraram que o probiótico proporcionou maior resistência dos eritrocitócitos às diferenças osmóticas e à produção de ânion superóxido. Doses de 5 e 10g de probiótico por kg de ração garantiu maiores taxas de sobrevivência contra A. hydrophila, e doses de 10g de probiótico por kg de ração, maior sobrevivência à infecção S. iniae / The probiotic activity of Saccharomyces cerevisiae, Bacillus subtilis and Aspergillus oryzae was evaluated by including product levels in the diet of Nile tilapia (Oreochromis niloticus). Performance, inflammatory and immune response, and protective effect against challenge infection with Aeromonas hydrophila and Streptococcus iniae was evaluated. Three diets were formulated: without probiotic (Control), T1, supplemented with 5g and T2, supplemented with 10g probiotic per kg of diet. The diets contained protein levels indicated for nursery phase. After 1, 3, 7 and 14 days after the beginning of feeding, samples were taken, gastrointestinal tract colonization was observed. 1.08 x 106 and 3.81 X107 CFU.g-1 of B. subtilis and 1.0 x 105 and 1.06 x 106 of S. cerevisiae, were recovered from the tract from fish fed 5 and 10g of probiotic respectively. It was unable to recover A. oryzae. Performance data showed higher values, in 30 days of probiotic feeding with 10g per kg of feed. The CBC and WBC of fish that received the probiotic showed better changes and inflammatory response. These fish showed levels of cortisol and reduced plasma glucose. The blood of the fish subjected to bacterial challenge showed that the probiotic provided eritrocitócitos greater resistance to the osmotic differences and the production of superoxide anion. Doses of 5 and 10g of probiotic per kg of ration ensured the highest survival rates against A. hydrophila, and doses of 10 g probiotic per kg of diet increased survival against S. iniae infection
9

Caracterização do sêmen de ariacó, Lutjanus synagris (LINNAEUS, 1758)

Vettorazzi, Mayra Bezerra January 2012 (has links)
VETTORAZZI, M. B. Caracterização do sêmen de ariacó, Lutjanus synagris (LINNAEUS, 1758). 2012. 90 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Marinhas Tropicais) - Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2012. / Submitted by Geovane Uchoa (geovane@ufc.br) on 2016-03-29T14:32:31Z No. of bitstreams: 1 2012_dis_mbvettorazzi.pdf: 11189419 bytes, checksum: 0033413fdc0b60502b51591fc7a56e6e (MD5) / Approved for entry into archive by Nadsa Cid(nadsa@ufc.br) on 2016-03-30T14:29:30Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2012_dis_mbvettorazzi.pdf: 11189419 bytes, checksum: 0033413fdc0b60502b51591fc7a56e6e (MD5) / Made available in DSpace on 2016-03-30T14:29:30Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2012_dis_mbvettorazzi.pdf: 11189419 bytes, checksum: 0033413fdc0b60502b51591fc7a56e6e (MD5) Previous issue date: 2012 / Aquaculture has become an important source of protein. Lutjanus synagris, lane snapper, is amongst the ten main species caught in the Brazilian central coast fisheries and, in the U.S., generated $ 157,745 in 2010. One of the prerequisites for the industry settlement of sustainable fish farming is the ability to control reproduction in captivity. The intensive breeding and artificial propagation requires appropriated technologies for gametes handling, which include short-term storage to supply the activity or even to improve its effectiveness. The knowledge of the species biology is important to complete the fertilization process and to develop techniques for semen storage in a short and long term. This study aim was to characterize quantitative and qualitatively the L. synagris fresh semen using the Computed Assisted Semen Analysis (CASA). Semen samples were analyzed regarding the sperm concentration, ejaculated volume, osmolality, pH, morphology, morphometry and sperm motility. The average sperm concentration, ejaculated volume, osmolality and pH was 2.43 ± 0.42 x 1010 sperm / mL, 0.39 ± 0.2 mL, 378.5 ± 65.1 mOsm / kg and 7.9 ± 0.17, respectively. L. synagris semen presented 34.6% of primary abnormalities and 24.25% of secondary abnormalities, the mean spermatozoa length, width, area and perimeter were3.06 μm, 2.73 μm, 7.63 μm2 and 9.70 μm, respectively. The total sperm motility of fresh semen was 78.8% being 22.32% considered of high velocity; the mean straightness and wobble were 63.24 and 67% respectively; the average of curvilinear velocity was 35.13 μm/s, the main straight line velocity was 13.04 μm / s, the main path velocity was 22.14 μm / s, the main lateral displacement of spermatozoa head was 2.84 μm and beat cross frequency was 4.04 Hz. The use of CASA for evaluation of sperm morphology and motility was successful and proved to be a practical method for the evaluation of large numbers of sperm. / A aquicultura tem assumido crescente importância como fonte de alimentos ricos em proteína. O ariacó, Lutjanus synagris está entre as dez principais espécies capturadas nas pescarias da costa central do Brasil e nos EUA movimentou 157,745 mil dólares nas pescarias de 2010. Um dos pré-requisitos para a domesticação e o estabelecimento da indústria sustentável é a capacidade de controlar a reprodução em cativeiro. O cultivo intensivo e a propagação artificial requerem tecnologias próprias de manipulação dos gametas, as quais incluem o armazenamento em curto prazo para facilitar a reprodução artificial ou mesmo para melhorar sua eficácia. O conhecimento da biologia da espécie é importante para concluir o processo de fertilização e para o desenvolvimento de técnicas de estocagem de sêmen a curto e longo prazos. O objetivo deste trabalho foi caracterizar quantitativa e qualitativamente o sêmen fresco de ariacó, L. synagris utilizando o sistema computadorizado de análise seminal (CASA). As amostras de sêmen foram analisadas quanto à concentração espermática, volume ejaculado, osmolaridade, pH, morfologia, morfometria e motilidade espermática. As médias de concentração espermática, volume ejaculado, osmolaridade, pH foram 2,43 ± 0,42 x 1010 sptz/mL, 0,39 ± 0,2 mL, 378,5 ± 65,1 mOsm/Kg e 7,9 ± 0,17, respectivamente. O sêmen de L. synagris apresentou 34,6% de patologias primárias e 24,25% de patologias secundárias; os espermatozóides apresentaram comprimento, largura, área e perímetro médio de 3,06 μm, 2,73 μm, 7,63 μm2 e 9,70 μm respectivamente. A motilidade espermática total do sêmen fresco foi de 78,8%, sendo 22,32% considerados de velocidade rápida; a retidão e oscilação médias foram 63,24 e 67% respectivamente; a velocidade curvilinear média foi de 35,13 μm/s, a velocidade média em linha reta foi 13,04 μm/s, a velocidade média de percurso foi 22,14 μm/s; o deslocamento lateral médio da cabeça dos espermatozóides foi 2,84 μm e a frequência de batimento lateral da cauda foi de 4,04 Hz. A utilização do sistema CASA para avaliação da morfologia e motilidade espermáticas foi bem sucedida e mostrou ser um método prático e objetivo para a avaliação de grandes números de espermatozoides.
10

Digestibilidade aparente da matéria seca, proteína e energia brutas de alguns ingredientes para juvenis de piracanjuba, Brycon orbignyanus /

Meurer, Samira January 1999 (has links)
Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias. / Made available in DSpace on 2012-10-18T20:45:48Z (GMT). No. of bitstreams: 0 / Com o objetivo de avaliar a digestibilidade aparente de alguns ingredientes para juvenis de piracanjuba, Brycon orbignyanus, elaborou-se seis diferentes dietas, cada qual contento 70 % da dieta referência e 30 % do ingrediente teste. Como marcador inerte utilizou-se o óxido crômico na proporção de 0,5 % da dieta. As fezes foram coletadas através do método de sedimentação. Os ingredientes testados foram: farelo de soja tostado, soja extrusada, farinha de milho, farelo de trigo e farinha de peixe. A digestibilidade dos ingredientes foi avaliada quanto à matéria seca, proteína e energia brutas. A digestiblidade da matéria seca, proteína e energia brutas variaram entre 22,3 a 85,2 %, 66,1 a 93,2 %, e 94,5 a 38,5 %, respectivamente. Juvenis de piracanjuba submetidos a tais condições experimentais apresentaram grande capacidade de digerir ingredientes de origem vegetal. Entre os ingredientes testados, a farinha de milho e o farelo de soja foram os que apresentaram as mais elevadas digestibilidades.

Page generated in 0.0417 seconds