• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 102
  • 1
  • Tagged with
  • 103
  • 103
  • 103
  • 36
  • 36
  • 33
  • 31
  • 19
  • 17
  • 11
  • 10
  • 10
  • 10
  • 10
  • 9
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Interplantio de variedades de bananeira como prática de controle de Sigatoka /

Gonçalves, Valdeir Dias. January 2006 (has links)
Resumo: O experimento foi implantado na área do projeto Crer-ser, próximo ao Câmpus da UNIMONTES em Janaúba - MG, com o objetivo de avaliar o crescimento e a produção das bananeiras Prata Anã, Caipira e Thap Maeo em diferentes sistemas de plantio, influenciados pela Sigatoka amarela no primeiro e segundo ciclo. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados, com seis tratamentos e quatro repetições, com 25 plantas nas parcelas dos tratamentos 1, 2, 3 e 5, e com 49 plantas nas parcelas dos tratamentos 4 e 6. Entre cada parcela plantou-se três linhas com a variedade Prata Anã. Para as características vegetativas como circunferência do pseudocaule e altura de planta no primeiro ciclo, número de folhas vivas na colheita no primeiro e segundo ciclo, a variedade Thap Maeo foi superior em relação à Caipira. Nas características de produção circunferência do engaço, peso da ráquis, peso do cacho, números de pencas/cacho, número de frutos/cacho e produtividade, a Thap Maeo apresentou as maiores médias nos dois ciclos de plantio, diferenciando-se estatisticamente da Caipira. Os tratamentos com uma linha de bordadura das variedades Thap Maeo e Caipira foram superiores aos com duas linhas de bordaduras, na maioria das características produtivas avaliadas, não se diferenciando estatisticamente do interplantio. A análise da Prata Anã, dentro dos seis sistemas de plantio, não apresentou diferenças significativas para as características vegetativas avaliadas, exceto número de folhas vivas na colheita, no segundo ciclo. Nas características produtivas apresentou diferença significativa para número de pencas/cacho e número de frutos/cacho. Embora não tenham sido detectadas diferenças significativas para outros caracteres avaliados, houve uma tendência inferior para o sistema de plantio convencional da Prata Anã. Nas avaliações... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: The experiment was implanted in the area of the project Crer-ser, near to the Campus of UNIMONTES in Janaúba - MG, with the purpose of evaluating growth and production of the banana 'Prata Anã', 'Caipira' and 'Thap Maeo' in different planting systems, under the influence of yellow Sigatoka in the first and second cycle. The experimental design was of randomized blocks, with six treatments and four repetitions, with 25 plants in the plots of the treatments 1, 2, 3 and 5, and with 49 plants in the plots of the treatments 4 and 6. Between each plot, three rows were planted with the variety Prata Anã. Concerning to vegetative characteristics like circumference of the pseudostem and plant height in the first cycle, number of alive leaves in the crop in the first and second cycle, the variety Thap Maeo was superior in relation to the Caipira. Concerning to the characteristics of production, circumference and weight of the stalk, weight of the bunch, numbers of hands/bunch, number of fingers/ bunch and productivity the 'Thap Maeo' presented the largest averages in the two planting cycles differentiating significantly of the Caipira. The treatments in a row of border of the varieties Thap Maeo and Caipira were superior to the one with two rows of borders in the most evaluated productive characteristics do not differentiating significantly of the variety mixture. The analysis of the 'Prata Anã' inside of the six planting systems did not present significant differences for the evaluated vegetative xi characteristics, except number of alive leaves in the crop in the second cycle, while in the productive characteristics... (Complete abstract click electronic access below) / Orientador: Carlos Ruggiero / Coorientador: Silvia Nietsche / Banca: Ronaldo Posella Zaccaro / Banca: Antonio Baldo Geraldo Martins / Mestre
2

Potencial de linhagens experimentais de milho, oriundas de populações braquíticas, para produção de híbridos /

Saito, Belisa Cristina. January 2013 (has links)
Orientador: Joao Antonio da Costa Andrade / Banca: Mario Luiz Teixeira de Moraes / Banca: Jose Branco de Miranda Filho / Resumo: Muitos estudos para a escolha dos melhores genitores para a confecção de híbridos têm sido desenvolvidos, destacando-se o método dos cruzamentos dialélicos. Neste método, é possível avaliar as linhagens quanto a capacidades geral (CGC) e específica (CEC) de combinação. A CGC está relacionada ao comportamento médio da linhagem em combinações híbridas, principalmente devido aos efeitos aditivos dos genes; enquanto a CEC como o comportamento que leva certas combinações a serem superiores ou inferiores em relação à média dos cruzamentos, pela ação de genes dominantes ou de efeitos epístáticos. Dessa forma, o objetivo deste trabalho foi indicar linhagens com boa capacidade de combinação para confecção de híbridos simples e fazer a predição de híbridos triplos e duplos, adaptados a alta população de plantas, com o uso de dialelo parcial, a partir de seis linhagens braquíticas oriundas da população Isanão-VF1 e sete linhagens braquíticas oriundas da população Isanão- VD1. Para isso foi utilizado um dialelo parcial 6x7, avaliando-se os híbridos em safra normal e segunda safra, na Fazenda de Ensino, Pesquisa e Extensão da Unesp - Câmpus de Ilha Solteira. Os experimentos foram instalados em blocos casualisados em sistema de semeadura direta, com população de 80.000 plantas ha-1. Houve interação significativa entre CGC e safras, para rendimento de grãos (RG), apenas para as linhagens do Isanão-VD1, enquanto os caracteres altura de plantas (AP), altura de espigas (AE) e acamamento mais quebramento (ACQ) tiveram interação significativa para ambos os grupos de linhagens. Quanto à CGC cinco e seis linhagens destacaram-se, respectivamente para primeira e segunda safras, participando da maioria dos melhores híbridos. Considerando a CGC e CEC para maior RG, maior precocidade, menor AP e AE, foi possível... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: Many studies to choose the best parents for making hybrids have been developed, specially the method of diallel crosses. This method allows the evaluation of lines for the effects known as general combining ability (GCA) and specific combining ability (SCA). The GCA is related to the average performance of lines in hybrid combinations and is due to the additive effects of genes; the SCA is the effect related to specific crosses and is attributed to non additive (dominance and epistasis) gene effects. In this sense, the objective of this study was the identification of parents (maize inbred lines) with high combining ability aiming at the development of outstanding hybrids. For this purpose, thirteen brachytic inbred lines of two populations (six from Isanão VF-1 and seven from Isanão VD-1) were crossed following the partial diallel (6 x 7) scheme. Crosses were evaluated in two crop seasons (regular crop and second crop) in the research station (Fazenda de Ensino e Pesquisa) of UNESP - Campus Ilha Solteira. The experiments were designed as randomized blocks under a population density of 80 M plants ha-1 with three replications. The interaction GCA x season was significant for yield only for lines of Isanão VD-1, while for the traits plant height, ear height and lodging the interaction GCA x season was significant for both groups of lines. For GCA, five and six outstanding lines were identified for the first and second crop season, respectively, for their participation in the best hybrids. When considering GCA and SCA for yield, earliness and small plant and ear height, it was possible to identify promising hybrids for the two seasons. The highest estimates of CGA effects indicated the highest predicted means for double and three-way crosses. The lines with... (Complete abstract click electronic access below) / Mestre
3

Recursos genéticos de Passiflora spp. : diversidade genética, caracterização morfoagronômica, molecular, germinação e armazenamento de sementes / Genetic resources of Passiflora spp. : genetic diversity, morfoagronomic and molecular characterization, germination and storage of seeds

Oliveira, Jamile da Silva 13 July 2018 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, Programa de Pós-Graduação em Agronomia, 2018. / Submitted by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2018-07-13T17:45:21Z No. of bitstreams: 1 2018_JamiledaSilvaOliveira.pdf: 3114392 bytes, checksum: 508d56fcfd4c7cf51fbae3f661ecffc7 (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2018-07-14T19:46:29Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2018_JamiledaSilvaOliveira.pdf: 3114392 bytes, checksum: 508d56fcfd4c7cf51fbae3f661ecffc7 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-07-14T19:46:29Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2018_JamiledaSilvaOliveira.pdf: 3114392 bytes, checksum: 508d56fcfd4c7cf51fbae3f661ecffc7 (MD5) Previous issue date: 2018-07-13 / O gênero Passiflora é considerado o mais representativo da família Passifloraceae, com cerca de 500 espécies, a maioria das quais tem como centro de origem a América Tropical, das quais 139 estão dispersas no território brasileiro, colocando o Brasil, entre os principais centros de diversidade genética do gênero. Objetivou-se, neste trabalho, avaliar a diversidade genética e caracterizar germoplasma do gênero Passiflora com base em características qualitativas, quantitativas, marcadores moleculares, na germinação de sementes e na emergência de plântulas. O estudo foi realizado na Unidade de Apoio da Fruticultura, no Laboratório de Análises de Alimentos e no Laboratório de Biologia Molecular da Embrapa Cerrados. Nos cinco primeiros capítulos foram caracterizados 15 acessos de Passiflora spp. utilizando 58 descritores morfoagronômicos qualitativos multicategóricos (23 de folha, 25 de flor e 10 de fruto) e 14 descritores quantitativos (8 de flor e 6 de fruto). Na sexta etapa foram caracterizados 125 acessos de Passiflora spp. utilizando 48 descritores qualitativos multicategóricos (23 de folha e 25 de flor). Na etapa de germinação e emergência de plântulas foram avaliados 10 acessos de Passiflora spp. Matrizes de distâncias genéticas, com base nos descritores qualitativos multicategóricos, quantitativos, marcadores moleculares ISSR e RAPD foram calculadas e análises de agrupamento foram realizadas, utilizando o método do UPGMA como critério de agrupamento, a dispersão gráfica foi baseada em escalas multidimensionais usando o método das coordenadas principais. Foi realizada a análise descritiva (mínimo, média, máximo, variância e desvio padrão) das estimativas de distâncias genéticas obtidas com base nos diferentes grupos de características, bem como estimadas as correlações entre tais estimativas. No sétimo capítulo, características quantitativas foram analisadas com base na análise de variância, foram estimados parâmetros genéticos e as médias foram comparadas pelo teste de Tukey a 1% de probabilidade de erro. Houve uma clara diferenciação dos acessos a nível inter e intraespecífico com base na análise multivariada dos descritores de folhas, flores e frutos. E uma tendência de agrupamento dos acessos de P. alata. A caracterização morfoagronômica contribui para a diferenciação dos 15 acessos Passiflora spp. e para a quantificação da variabilidade existente dentro do gênero Passiflora. A caracterização baseada em descritores multicategóricos contribuiu para a diferenciação dos 125 acessos Passiflora spp., para quantificar a diversidade existente e diferenciar os acessos das espécies, sendo importante para estudos mais completos de caracterização e diversidade de recursos genéticos do gênero Passiflora. As sementes de P. alata e P. maliformis devem ser colocadas para germinar logo após a colheita sem necessidade do regulador vegetal. Sementes de P. suberosa podem ser armazenadas por até seis meses e deve-se utilizar regulador vegetal. Sementes de P. caerulea e P. hatschbachii podem ser armazenadas por até três meses e regulador vegetal deve ser usado. As sementes de P. sidifolia devem ser colocadas a germinar logo após a colheita, com uso do regulador. As sementes de P. cincinnata mostraram uma baixa porcentagem de germinação e uma baixa uniformidade no processo germinativo, típico de muitas passifloras. / The Passiflora genus is considered the most representative of the Passifloraceae family, with about 500 species. The majority of Passiflora species are originate from Tropical America and 139 are dispersed in Brazilian territory. Brazil is a main center of genetic diversity of the Passiflora genus. The objective of this work was to evaluate the genetic diversity and Passiflora germplasm characterization based on qualitative, quantitative, molecular traits. The viability and physiological quality of stored and freshly harvested seeds was also evaluated. The study was carried out in the Fruit Support Unit, Food Analysis Laboratory, Genetics and Molecular Biology Laboratory at the Embrapa Cerrados. In the five initial chapters, it were characterized 15 accessions of Passiflora spp. using 58 descriptive morphagronic descriptors (23 from leaves, 25 from flowers and 10 from fruits) and 14 quantitative descriptors (8 from flowers and 6 from fruits). In the sixth chapter, 125 accessions of Passiflora spp. were characterized using 48 multi-categorical descriptors (23 from leaves and 25 from flowers). Seeds germination and seedlings emergence of 10 accessions of Passiflora spp. were evaluated. Genetic distance matrices, based on the quantitative and quantitative traits, ISSR and RAPD molecular markers were calculated and clustering analyzes were performed using the UPGMA method as a clustering criterion. Graphic dispersion of the accessions was performed based on multidimensional scales using the method of principal coordinates. Descriptive statistical analysis (minimum, mean, maximum, variance and standard deviation) of the genetic distances estimates obtained from different characteristics groups were carried out, as well as the correlation between these estimates. In the seventh chapter, quantitative traits were analized by variance analysis, genetics paramters were estimated and the means compared by the Tukey test at 1% of probability. There was a clear differentiation among inter and intraspecific accessions based on multivariate analysis using leaves, flowers and fruits descriptors. A tendency of grouping of the P. alata accessions were verified The morphoagronomic characterization contributes to the differentiation of the 15 Passiflora spp. accessions and to quantify the variability within the Passiflora genus. The characterization based on multicategoric descriptors contributed to the differentiation of the 125 Passiflora spp. accessions. This characterization was important to quantify the existing diversity and to differentiate the accessions of the species. Seeds of P. alata and P. maliformis should be placed to germinate after harvested without plant regulator treatment. P. suberosa seeds can be stored for up to six months and plant regulator should be used. P. caerulea and P. hatschbachii seeds should be stored for up to three months and a regulator must be used. The seeds of P. sidifolia should be germinated after harvested, using the regulator treatment. P. cincinnata seeds showed a low percentage of germination and a low uniformity in the germination process without regulador treatment. The seed germination and storage are a challenge for many wild species of Passiflora.
4

Avaliação da diversidade de begomovirus em tomateiro em três pólos de produção de tomate para processamento do Brasil / Begomovirus’ diversity avaliation in tomato from three brazil’s tomato production clusters destined for processing

Naito, Fernanda Yuri Borges 29 June 2012 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Fitopatologia, Programa de Pós-Graduação em Fitopatologia, 2012. / Submitted by Alaíde Gonçalves dos Santos (alaide@unb.br) on 2012-09-28T14:01:03Z No. of bitstreams: 1 2012_FernandaYuriBorgesNaito.pdf: 1236026 bytes, checksum: 1fddb0bc80ffbb301e99989aa9156af6 (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2012-10-02T12:34:37Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2012_FernandaYuriBorgesNaito.pdf: 1236026 bytes, checksum: 1fddb0bc80ffbb301e99989aa9156af6 (MD5) / Made available in DSpace on 2012-10-02T12:34:37Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2012_FernandaYuriBorgesNaito.pdf: 1236026 bytes, checksum: 1fddb0bc80ffbb301e99989aa9156af6 (MD5) / Ao longo de muitos anos, a produção de tomate sofreu grandes perdas, chegando a até 100% em algumas áreas no Nordeste brasileiro. Esses problemas resultaram na transferência do centro de produção de tomate destinado à indústria ao Centro-Oeste do país, onde se encontra a maioria das fábricas processadoras atualmente. Um dos fatores que contribuiu fortemente para o desastre econômico na produção de tomate do Nordeste foi a ocorrência da begomovirose, causada por vírus transmitidos por moscas-brancas. Tais vírus foram caracterizados pela primeira vez (em tomateiro) em meados da década de 70 e começaram a causar grandes danos a partir da década de 90, coincidindo com a introdução do biótipo B de Bemisia tabaci. Desde então, diversos trabalhos têm sido publicados tratando de assuntos como diversidade, caracterização, determinação da gama de hospedeiros, interações entre planta e patógeno assim como patógeno e vetor, evolução, predominância, epidemiologia, dentre outros. O presente trabalho teve por objetivo analisar a diversidade de begomovírus presentes em tomateiros destinados ao processamento industrial em três regiões produtoras do Brasil: Luziânia (GO), Morrinhos (GO) e Ribeirão Preto (SP). As amostras foram coletadas no ano de 2008 de plantas que apresentavam sintomas como mosaico, deformação foliar e clorose internerval. O DNA total foi extraído das amostras e a presença de begomovírus foi detectada por PCR utilizando-se os primers universais pAL1v1978 e pAR1c496. Após a confirmação, uma análise do perfil de RCA-RFLP foi realizada para a avaliação preliminar da diversidade através da observação dos padrões de restrição. Houve uma maior diversidade de perfis em São Paulo, seguido de Morrinhos e Luziânia. Os diferentes padrões foram selecionados e os fragmentos de DNA-A viral foram clonados, totalizando 104 clones do componente A genômico sendo, 33 de Ribeirão Preto, 35 de Luziânia e 36 de Morrinhos. Todas as sequências obtidas apresentaram elevada identidade com o Tomato severe rugose virus (ToSRV), indicando sua prevalência em todas as regiões estudadas. A identidade entre isolados coletados na mesma região variou de 99,2 a 100% para as três regiões. A maior diferença, embora pequena, foi observada entre isolados de Luziânia quando comparada com isolados de Morrinhos e Ribeirão Preto. Na análise filogenética, os isolados de São Paulo ficaram fortemente agrupados, enquanto os de Luziânia e Morrinhos formaram sub-grupos menores misturados entre si. Os resultados indicam que os vírus molecularmente identificados como isolados de ToSRV apresentam alta semelhança entre si, sendo que os isolados de SP aparentemente evoluem independentemente dos isolados de GO, provavelmente desencadeado pela distância que separa as regiões produtoras dos dois estados. Apesar disso, pôde-se observar diferenças entre os isolados caracterizados nesse trabalho com aqueles caracterizados em anos anteriores, mostrando que ocorreram mutações específicas que foram preservadas em novos isolados, já que as sequências cadastradas em bancos de dados públicos permaneceram agrupadas entre si e com alguns isolados de Ribeirão Preto, enquanto os isolados desse estudo agruparam-se entre si. A maioria das mutações nucleotídicas que ocorreram foram de purina para purina e de pirimidina para pirimidina e a maior parte delas ocorreu na rep e na cp, indicando que tais ORFs possam ser hotspots de mutação no ToSRV. O presente estudo mostra que o ToSRV é um dos principais begomovírus a ser enfocado em programas de melhoramento genético de tomateiros para fins de processamento. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Over many years, tomato production had suffered huge losses, sometimes reaching up to 100% losses in some areas in northeastern Brazil. These problems promoted the transference of the processing tomato production center to the midwest region of Brazil, where the majority of the processing industries is present nowadays. One of the factors that strongly contributed to this economic disaster on the northeast tomato production was the occurrence of begomoviruses, caused by whitefly-transmitted viruses. Such viruses were characterized for the first time (in tomato) in the mid 70’s and they began to cause considerable damage from the 90’s on, coinciding with the introduction of the B biotype of Bemisia tabaci. Since then, several studies have been published addressing issues such as diversity, characterization, determination of the host range, plant-pathogen and pathogen-vector interactions, evolution, prevalence, epidemiology, among others. The present work aimed at the analysis of the begomovirus diversity present in tomato plants destined to processing from three production areas of Brazil: Luziânia (GO), Morrinhos (GO) and Ribeirão Preto (SP). The samples were collected in 2008 from plants with symptoms such as mosaic, leaf distortion and interveinal chlorosis. The DNA was extracted from the samples and the presence of begomoviruses was detected by PCR using the universal primers pAL1v1978 and pAR1c496. After the confirmation, RCA-RFLP was carried out to enable a preliminary analyzes of the diversity through the comparison of their digestion patterns. The diversity was higher in São Paulo, followed by Morrinhos and Luziânia. The different patterns were selected and the begomoviruses cloned, in a total of 104 DNA-A clones (33 from Ribeirão Preto, 35 from Luziânia and 36 from Morrinhos). All the obtained sequences shared a high identity with Tomato severe rugose virus (ToSRV), indicating its prevalence in all studied regions. The identity of the isolates collected in the same region ranged from 99.2 to 100% in all three regions. The major difference, although small, was observed among Luziânia’s isolates when compared with Morrinhos’ and Ribeirão Preto’s isolates. Furthermore, the phylogenetic tree showed a grouping of the São Paulo’s samples, while Luziânia’s and Morrinho’s samples were clustered together. The results indicate that the viruses molecularly identified as ToSRV share high similarity between each other, and that the isolates from SP apparently evolved independently from the GO isolates, probably due to the distance that separates the production areas of both states. Nevertheless, it could be observed some differences when they were compared with viruses from the same species that were characterized previously, showing that there was some particular mutations that were preserved, since the sequences from the databases were clustered with some Ribeirão Preto’s isolates, while the others formed another group. The majority of the nucleotide mutations was observed from purine to purine and from pyrimidine to pyrimidine bases and mostly were in the rep and cp regions, indicating that those ORFs may be hotspots of mutation in the ToSRV genome. The present study shows that the ToSRV is one of the major begomoviruses to be focused in breeding programs of tomatoes for processing.
5

Caracterização de sequências de DNA expressas durante o desenvolvimento de órgãos reprodutivos de Brachiaria brizantha (Hochst. ex A. Rich.) Stapf

Lacerda, Ana Luiza Machado 04 October 2012 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Biologia Celular, 2012. / Submitted by Alaíde Gonçalves dos Santos (alaide@unb.br) on 2012-10-03T14:09:05Z No. of bitstreams: 1 2012_AnaLuizaMachadoLacerda.pdf: 17117931 bytes, checksum: 280bd75580fa926c91ca5fcb02fd6f2a (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2012-10-04T10:43:43Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2012_AnaLuizaMachadoLacerda.pdf: 17117931 bytes, checksum: 280bd75580fa926c91ca5fcb02fd6f2a (MD5) / Made available in DSpace on 2012-10-04T10:43:43Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2012_AnaLuizaMachadoLacerda.pdf: 17117931 bytes, checksum: 280bd75580fa926c91ca5fcb02fd6f2a (MD5) / Brachiaria brizantha é uma gramínea forrageira da família Poaceae, introduzida da África, e amplamente utilizada no Brasil. Brachiaria se reproduz de modo sexual ou assexual por apomixia, clonagem de plantas por sementes. O desenvolvimento de ferramentas biotecnológicas para transferência de genes é de grande interesse para os programas de melhoramento desse gênero. As bases moleculares da reprodução ainda não estão bem elucidadas, a formação do gametófito e os principais eventos reprodutivos ocorrem dentro das anteras e ovários, sendo de grande interesse a identificação de genes expressos nesses órgãos e suas regiões regulatórias. Neste trabalho foram escolhidas sete sequências de cDNA de alta expressão em ovários de Brachiaria, na megasporogênese e megagametogênese com objetivo de isolar as sequências promotoras desses genes. As regiões codificadoras dos cDNA foram amplificadas de modo a ter essa região completa e conhecer a função inferida em bancos de dados. As sete sequências estudadas tiveram maior expressão em órgãos reprodutivos (ovários e anteras) e raízes quando comparada a folhas. Transcritos desses genes foram localizados em diferentes tecidos de ovários e anteras. A região codificadora completa e a região promotora putativa foram obtidas para BbrizRPS8, BbrizRPS15a e BbrizRPL41, nomeados neste trabalho em função da similaridade com os genes codificadores de proteínas ribossomais correspondentes. A expressão de BbrizRPS8, BbrizRPS15a e BbrizRPL41 foi observada em células mitoticamente ativas, em tecidos em crescimento do óvulos, anteras e raízes, consistente com a expressão de genes que codificam proteínas ribossomais em outras plantas, sugerindo envolvimento desses genes em atividades gerais de regulação do crescimento e desenvolvimento de órgãos reprodutivos e raízes, independentemente do modo de reprodução. As regiões promotoras putativas de BbrizRPS8, BbrizRPS15a e BbrizRPL41 foram capazes de dirigir a expressão transiente do gene repórter GUS em unidades embriogênicas de arroz e flores de Arabidopsis thaliana e poderão ser utilizadas em futuras análises de expressão de genes de interesse em órgãos reprodutivos. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Brachiaria brizantha is a forage grass of the Poaceae family, introduced from Africa and largely used in Brazil. Brachiaria reproduces sexually or asexually by apomixis, an asexual mode of reproduction through seeds. The development of biotechnological tools for gene transfer is being researched to support the breeding programs on this genus. The molecular bases of reproduction have not yet been fully elucidated, however it is known that gametophyte formation and main reproductive events occur inside the anthers and ovaries. There is therefore much interest in identifying expressed genes and their corresponding upstream regulatory sequences in these organs. In this work seven cDNA sequences with higher expression in ovaries of Brachiaria at megasporogenesis and megagametogenesis were chosen in order to isolate the corresponding promoter sequences. The open read frame (ORF) of cDNAs were amplified and their function inferred in databases. The seven sequences studied had higher expression in reproductive organs (ovaries and anthers) and roots compared to leaves. Transcripts of these genes were located in different tissues of ovaries and anthers. The complete coding region and putative promoter region were obtained for clones BbrizRPS8, and BbrizRPS15a BbrizRPL41 as nominated in this work due to their similarities with corresponding genes encoding ribosomal proteins. The expression of BbrizRPS8, BbrizRPS15a and BbrizRPL41 was observed in mitotically active cells, in growing ovule, anthers and roots, consistent with the expression of genes encoding ribosomal proteins in other plants, suggesting that these genes could be involved in general activities regulating growth and development of reproductive organs and roots, irrespective of the mode of reproduction. The putative promoter regions of BbrizRPS8, BbrizRPS15a and BbrizRPL41 were able to drive transient expression of the reporter gene GUS in the embryogenic units of rice and Arabidopsis thaliana flowers and may be used for future analysis of expression of genes in reproductive organs.
6

Caracterização genômica de marcadores DArT com base em mapeamento genético e físico e detecção de QTLs em Eucalyptus

Petroli, César Daniel 26 April 2013 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Departamento de Biologia Celular, 2013. / Submitted by Alaíde Gonçalves dos Santos (alaide@unb.br) on 2013-06-24T11:20:19Z No. of bitstreams: 1 2013_CesarDanielPetroli.pdf: 6307337 bytes, checksum: 650ed813622f95d1dfc5d7a15fa7fa9f (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2013-06-24T11:51:03Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_CesarDanielPetroli.pdf: 6307337 bytes, checksum: 650ed813622f95d1dfc5d7a15fa7fa9f (MD5) / Made available in DSpace on 2013-06-24T11:51:04Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_CesarDanielPetroli.pdf: 6307337 bytes, checksum: 650ed813622f95d1dfc5d7a15fa7fa9f (MD5) / Diversity Arrays Technology (DArT) fornece um sistema robusto, de alto rendimento e baixo custo para a identificação de milhares de polimorfismos na sequência do DNA de indivíduos. Apesar da extensa utilização desta plataforma de genotipagem para diversas espécies de plantas, pouco se conhece sobre os atributos dos marcadores DArT do ponto de vista do conteúdo das sequências e sua distribuição em genomas de plantas. Neste trabalho foram investigadas as propriedades genômicas das 7.680 sondas do microarranjo DArT desenvolvido para Eucalyptus, por meio do seu sequenciamento e mapeamento genético e físico no genoma de referência de Eucalyptus grandis. Em seguida, o mapa genético construído foi utilizado para o mapeamento de QTLs (Quantitative Trait Loci) para sete características quantitativas de crescimento e qualidade da madeira em Eucalyptus. Finalmente, para cada QTL identificado foi realizada uma análise preliminar do número de genes anotados na sequência do genoma de Eucalyptus incluídos no intervalo genômico correspondente. Um mapa consenso com 2.274 marcadores DArT ancorado a 210 microssatélites com uma média de distância entre marcadores consecutivos na ordem de sub-centimorgan e um mapa genético framework com 1.029 marcadores ordenados com maior suporte estatístico foram construídos. Ambos exibiram uma extensa colinearidade com a sequência do genoma quando mapeados fisicamente. O número de sequências únicas observadas para as sondas DArT foi consistente com o número de sequências DArT alinhadas em uma posição única no genoma de Euaclyptus. Com uma cobertura do 97% do genoma físico, estes marcadores demonstraram uma ampla e uniforme distribuição ao longo do genoma. Apenas 1,4 Mpb dos 85,4 Mpb das sequências de scaffolds ainda não ancorados no atual genoma de Eucalyptus foi capturado por 45 marcadores DArT geneticamente mapeados mas fisicamente não alinhados nos 11 pseudo-cromossomos de Eucalyptus, fornecendo evidência sobre a qualidade e a completude da montagem atual do genoma de Eucalyptus. A maioria das 89 sondas do microarranjo DArT que não mapearam fisicamente no genoma correspondem a sequências provavelmente ausentes em E. grandis, o que sugere um caráter pangenômico do microarranjo DArT de Eucalyptus. Uma sobreposição significativa foi encontrada entre o posicionamento dos marcadores DArT e o espaço gênico, com 69% das sondas DArT mapeando dentro de modelos gênicos preditos. Uma correlação significativa foi identificada entre o número de modelos gênicos preditos e o número total de sondas DArT encontradas em todo o genoma (índice de Spearman ρ = 0,682, ρ = 3,79e-18). O mapeamento de QTLs detectou 35 QTLs para as características avaliadas, sendo que vários deles sugestivos de sintenia em nível cromossômico com QTLs detectados em estudos anteriores. Um total de 8.036 modelos gênicos preditos foi observado nos intervalos genômicos compreendidos pelos marcadores flanqueantes aos 18 QTLs mapeados no parental materno e 6.678 nos intervalos dos 17 QTLs identificados no parental paterno. Centenas desses genes poderiam ser sugeridos tentativamente como genes candidatos para as características fenotípicas avaliadas, cuja validação demandaria um esforço considerável. Em conclusão, as propriedades genômicas dos marcadores DArT levantadas neste estudo são particularmente interessantes para os investigadores que trabalham com culturas as quais já contam com microarranjos DArT mas para as quais não existe ainda um genoma de referência que permita uma caracterização detalhada. Estas propriedades são potencialmente úteis para a realização de estudos filogenéticos, de genética de populações e predição de fenótipos via seleção genômica, explorando a proximidade destes marcadores a genes. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Diversity Arrays Technology (DArT) provides a robust, high throughput, costeffective method to query thousands of sequence polymorphisms in a single assay. Despite the extensive use of this genotyping platform for numerous plant species, little is known regarding the sequence attributes and genome-wide distribution of DArT markers. We investigated the genomic properties of the 7,680 DArT marker probes of a Eucalyptus array, by sequencing them, constructing a high density linkage map and carrying out detailed physical mapping analyses to the Eucalyptus grandis reference genome sequence. The genetic map was used for QTL (Quantitative trait loci) mapping for seven complex growth and wood quality traits in Eucalyptus. Finally, for each QTL we preliminarily assessed the number of annotated gene models in the Eucalyptus genome found in its corresponding genomic interval delimited by flanking markers. A consensus linkage map with 2,274 DArT markers anchored to 210 microsatellites and a framework map, with 1,029 markers ordered with high support, displayed extensive collinearity with the genome sequence. Only 1.4 Mbp of the 75 Mbp of still unplaced scaffold sequence was captured by 45 linkage mapped but physically unaligned markers to the 11 Eucalyptus pseudochromosomes, providing compelling evidence for the quality and completeness of the current Eucalyptus genome assembly. A highly significant correspondence was found between the locations of DArT markers and predicted gene models, while most of the 89 DArT probes unaligned to the genome correspond to sequences likely absent in E. grandis, consistent with the pan-genomic feature of this multi-Eucalyptus species DArT array. DArT markers preferentially target the gene space and display a largely homogeneous distribution across the genome, thereby providing superb coverage for mapping and genome-wide applications in breeding and diversity studies. QTL mapping detected 35 QTLs, several of them syntenic to QTLs in previous studies. A total of 8,036 annotated gene models were found within the genomic interval comprised by the 18 QTLs detected in the maternal parent and 6,678 in the 17 QTLs identified in the paternal parent. Hundreds of such predicted genes could be tentatively suggested as candidates involved in trait variation, whose testing and validation would require a gigantic effort. In conclusion, the comprehensive linkage-to-physical mapping analyses reported herein, provide novel data regarding the genomic attributes of DArT markers in plant genomes in general and for Eucalyptus in particular. These results should be valuable to other species for which DArT arrays are available but not yet reference genomes. Based on the genomic characterization of the DArT probe sequences reported, phylogenies, population genetic surveys and phenotype prediction by genomic selection can now be further explored according to the gene proximity or gene content of particular markers sets.
7

Transformação genética de feijão-caupi (Vigna unguiculata L. Walp) visando à introdução de genes de resistência a viroses

Sousa, Andréa Rachel Ramos Cruz 26 March 2013 (has links)
Tese (doutorado)-Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, Programa de Pós-Graduação em Agronomia, 2013. / Submitted by Alaíde Gonçalves dos Santos (alaide@unb.br) on 2013-07-03T10:38:20Z No. of bitstreams: 1 2013_AndreaRachelRamosCruzSousa.pdf: 2391353 bytes, checksum: f365e3ff1bb9b770b9d24960c68272a9 (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2013-07-03T11:48:16Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_AndreaRachelRamosCruzSousa.pdf: 2391353 bytes, checksum: f365e3ff1bb9b770b9d24960c68272a9 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-07-03T11:48:16Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_AndreaRachelRamosCruzSousa.pdf: 2391353 bytes, checksum: f365e3ff1bb9b770b9d24960c68272a9 (MD5) / O feijão-caupi (Vigna unguiculata L. Walp.) é conhecido nas regiões Norte e Nordeste do Brasil como feijão-de-corda, feijão-verde, feijão macassar ou feijão-de-praia. É uma planta muito importante na alimentação humana por ser fonte natural de proteínas, calorias, vitaminas e minerais. Dentre as doenças que mais causam perdas para a cultura destacam-se as viroses, e dentre elas o mosaico severo (Cowpea severe mosaic virus- CPSMV) que pode levar a perdas de até 100% da produção nas áreas afetadas, e a virose causada pelo Cowpea aphid-borne mosaic virus (CABMV), que tem importância devido à sua ampla ocorrência. O presente trabalho teve como objetivo a obtenção de plantas de feijão-caupi geneticamente modificadas (GM) resistentes ao CPSMV e ao CABMV, por meio da estratégia RNA interferente. Nesse trabalho foram obtidas 15 linhagens GM, sendo testadas 14 delas para avaliar a resistência aos vírus. Algumas linhagens apresentaram alta resistência para as condições de inoculação severa sem alteração na produção de vagens e sementes viáveis, enquanto que para as plantas controle a inoculação severa resultou na morte de todas as plantas. As linhagens GM também apresentaram tolerância ao herbicida imazapyr na concentração de 200 g.ha-1, o que foi considerado um resultado promissor, tendo em vista que a cultura do feijão-caupi atualmente encontra-se em expansão no cenário agrícola nacional. Nos testes de Southern blot, northern blot e dot blot foi confirmada a integração dos transgenes no genoma das linhagens, assim como a presença dos pequenos RNA interferentes, o que tem relação direta com a alta tolerância apresentada para os vírus. A análise da progênie realizada pelo teste qui-quadrado não demonstrou padrão de segregação Mendeliana na geração F1. Isso pode ser explicado devido à ocorrência de quimerismos nos transformantes primários (F0). Os resultados obtidos sugerem a possibilidade de utilização das melhores linhagens GM em experimentos em nível de campo visando selecionar genotipos promissores que possam fazer parte de programas de melhoramento da cultura. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Cowpea (Vigna unguiculata L. Walp.), known as feijão-de-corda, feijão-verde, or feijão macassar and feijão-de-praia in the North and Northeastern regions of Brazil, is an important crop for human nutrition. Besides serving as a natural source of protein and energy, it is rich in vitamins and minerals. Although it is a widespread crop which can be grown in areas of extreme climatic and environmental conditions, it is confronted with certain problems like pests and diseases among others. Among diseases that devastate the crop are those caused by Cowpea severe mosaic virus (CPSMV) and Cowpea aphid-borne mosaic virus (CABMV), which together may cause 100% losses in production. This work sought to develop a strategy using RNA interference to generate genetically modified (GM) cowpea plants which are resistant to CSMV and CABMV. Fifteen (15) GM lines were obtained, of which 14 were tested for resistance against the viruses. While some of the lines showed high degree of resistance without any alteration in seed pod development and seed germination, control plants died soon after inoculation with the viruses. The GM lines were also tolerant to the herbicide imazapyr at a concentration of up to 200 g/ha, showing potential in the production system of cowpea given the continuous nationwide expansion of the crop. Southern blot analysis confirmed the integration of the transgenes inserted in the genome of the lines. We also detected small interfering RNAs (siRNAs) responsible for gene silencing of the viruses and thus conferring resistance to the plant. Progeny analysis using chi-square test did not show Mendelian segregation in F1 generation. This may be attributable to the possible existence of chimeras in the primary transformants (F0). These results may be applied in field experiments using superior lines developed here for breeding programs involving the crop.
8

Caracterização de dezesseis acessos de Lippia alba (Mill) N.E Brown, no Distrito Federal

Jannuzzi, Hermes 04 August 2006 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, 2006. / Submitted by Jaqueline Ferreira de Souza (jaquefs.braz@gmail.com) on 2010-05-12T14:17:40Z No. of bitstreams: 1 2006_hermes jannuzzi.pdf: 1816078 bytes, checksum: 8cb3011f45c1297beeae1c9c33c942ac (MD5) / Approved for entry into archive by Lucila Saraiva(lucilasaraiva1@gmail.com) on 2010-05-13T02:26:19Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2006_hermes jannuzzi.pdf: 1816078 bytes, checksum: 8cb3011f45c1297beeae1c9c33c942ac (MD5) / Made available in DSpace on 2010-05-13T02:26:19Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2006_hermes jannuzzi.pdf: 1816078 bytes, checksum: 8cb3011f45c1297beeae1c9c33c942ac (MD5) Previous issue date: 2006-08-04 / Com o objetivo de identificar o perfil aromático de dezesseis acessos de Lippia alba da coleção da Universidade de Brasília e avaliar o potencial de rendimento desses genótipos, foi conduzido um experimento de campo em latossolo vermelho, sob irrigação por gotejamento, na região do cerrado do Distrito Federal. Foram avaliados os seguintes parâmetros: época de florescimento; habito de crescimento; área foliar; comprimento da haste; massa fresca na colheita (folhas e hastes); massa da folha seca em estufa 38 C.48h-1; teor de óleo e perfil aromático do óleo. O óleo foi obtido pelo método de extração Clevenger, seguido de cromatografia gasosa. O delineamento experimental utilizado foi de blocos ao acaso, com três repetições, contendo três plantas úteis por parcela. Foram identificados cinco quimiotipos: limoneno-citral, mirceno-citral, mirceno-neral, citral e linalol. Os genótipos apresentam teores máximos de linalol de 89,80 % (L.16); mirceno de 47,57 % (L.37); limoneno de 35,00 % (L.27), geranial de 31,52 % (L.17); neral de 44,98 % (L.27); e citral de 56,75% (L.17). Os genótipos com maiores áreas foliares e maiores comprimentos de hastes tenderam a apresentar maiores teores de óleo, maior concentração de linalol e menor teor de geranial e neral. A concentração de óleo foi inversamente proporcional a produção de massa foliar. __________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The main objective of this work was to describe the aromatic profile of 16 genotypes of Lippia alba from the germplasm collection of the Universidade de Brasília and to analyze its potential of production. A field assay was installed in the rural area of Distrito Federal. The following parameters were analyzed: flowering period, growing habit, foliar area, length of the main branch, fresh and dry weight of the biomass (leaves and branches), essential oil content oil constituents profile. The essencil oil was extracted Clevenger. Essential oil constituents were analysed by gas chometogrephy and GC/MS. The experimental design was randomized blocks with 3 plants by plot. Five chemical types were reorted: limonene-citral; myrcene-citral, myrcene-neral, citral and linalool. The genotypes presented high levels of Linalool, L.16 (89,80%); Myrcene, L.37 (47,57%); Limonene, L.27 (35%); Geranial, L.17 (31,52%); Neral, L.27 (44,98%) and Citral L.17 (56,75%). The genotypes with higher foliar leaf area and leaf length of the main branch seen to be correlated with the best yield of E. O., the higher level of Linalool and lower levels of Geranial an Neral. The yield of E. O. was inversely proportional to the foliar area.
9

Desenvolvimento de ferramentas genéticas e genômicas para introgessão de genes silvestres no amendoim cultivado / Development of genetics and genomics tools for wild gene introgression in the cultivated peanut

Santos, Rodrigo Furtado dos 30 June 2010 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária. 2010. / Submitted by Albânia Cézar de Melo (albania@bce.unb.br) on 2011-04-15T14:49:43Z No. of bitstreams: 1 2010_RodrigoFurtadoSantos.pdf: 1034414 bytes, checksum: f186632bcc074dbdfed58cdead0f3ab1 (MD5) / Approved for entry into archive by Luanna Maia(luanna@bce.unb.br) on 2011-05-13T13:43:14Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2010_RodrigoFurtadoSantos.pdf: 1034414 bytes, checksum: f186632bcc074dbdfed58cdead0f3ab1 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-05-13T13:43:14Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2010_RodrigoFurtadoSantos.pdf: 1034414 bytes, checksum: f186632bcc074dbdfed58cdead0f3ab1 (MD5) / O gênero Arachis possui 80 espécies descritas. A espécie cultivada comercialmente para a produção de grãos de amendoim (A. hypogaea) é dispersa e cultivada ao redor do mundo. Ferramentas genéticas e genômicas, como mapeamento genético e obtenção de populações de retrocruzamento, vêm sendo desenvolvidas visando auxiliar programas de melhoramento genético de amendoim, principalmente para introgressão de genes de resistência das espécies silvestres na espécie cultivada. Primeiramente um mapa genético de ligação foi construído em uma população F2 resultante do cruzamento entre A. hypogaea e um anfidiplóide sintético obtido do cruzamento de duas espécies silvestres diplóides, cujos cromossomos foram duplicados com colchicina (Runner IAC 886 – genoma AB x [A. duranensis – genoma A x A. ipaënsis – genoma B]c). Foram testados 636 marcadores microssatélites, dos quais 173 mostraram-se polimórficos. Desses 69% foram polimórficos para o genoma A e 31% polimórficos para o genoma B. Apenas 113 marcadores foram genotipados na população F2, dos quais apenas 6 desviaram da proporção 1:2:1 esperada (p<0,05). Os marcadores não distorcidos foram utilizados para definição dos grupos de ligação, usando o LOD mínimo de 4 e fração de recombinação máxima de 0,35. O mapa gerado apresentou 74 locos mapeados no genoma A, distribuídos em 10 grupos de ligação e com tamanho total de 868,6 cM. No genoma B, 23 locos foram mapeados em 6 grupos de ligação, com distância total de 387,6 cM. O mapa apresentou grupos de ligação com tamanhos que variaram de 8,7 cM a 135,9 cM e os 16 grupos totalizaram um comprimento total de mapa de 1256,2 cM. Linhagens de introgressão foram desenvolvidas por gerações de retrocruzamentos a partir do híbrido F1 (Runner IAC 886 x [A. duranensis x A. ipaënsis]c) e caracterizadas geneticamente com marcadores microssatélites selecionados do mapa genético desenvolvido. Na geração RC1 foram identificados 43 híbridos, e com o retrocruzamento desses com a cultivar Runner IAC 886, foram obtidos 38 híbridos na geração RC2. Para a caracterização genômica das linhagens de introgressão, foram utilizados 36 marcadores microssatélites, distribuídos em 11 grupos de ligação do mapa tetraplóide obtido. A análise de introgressão revelou que, na geração RC1, a porcentagem média dos segmentos genômicos heterozigotos foi de 41,96%. Na geração RC2, a porcentagem média diminuiu para 11,79%, variando entre 2,78% e 36,11% entre as 37 linhagens identificadas como híbridas. Observa-se, portanto, uma diminuição relativa entre as gerações de 71,9% do conteúdo genômico heterozigoto (doador). Nas gerações RC1 e RC2, foi observada, nos locos amostrados, a completa cobertura do genoma silvestre, distribuído no “background” da variedade elite Runner IAC 886. O desenvolvimento das linhagens de introgressão será de grande utilidade para o melhoramento da cultura, por possibilitar a descoberta, a localização e a avaliação de genes silvestres de interesse no background da variedade cultivada.A implementação de seleção assistida por marcadores nos programas de melhoramento poderá acelerar consideravelmente, além de tornar mais eficiente, o processo de introgressão desses genes silvestres no amendoim cultivado. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / The genus Arachis has 80 described species. The commercially cultivated species for peanut grain production (A. hypogaea) is dispersed and cultivated throughout the world. Genetic and genomic tools, such as genetic mapping and backcross populations, have been developed to assist peanut breeding programs, especially for introgression of resistance genes from wild species into the cultivated species. Firstly a genetic linkage map was constructed in an F2 population resulting from a crossbetween A. hypogaea and a synthetic amphidiploid, obtained by crossing two wild diploid species whose chromosomes have been duplicated with colchicine (Runner IAC 886 - genome AB x [A. duranensis - genome A x A. ipaënsis - B genome]c). A total of 636 microsatellite markers were tested, of which 173 showed polymorphism, being 69% for A genome and 31.2% polymorphic for the B genome. Only 113 markers were genotyped in the F2 population, where only six deviated from the 1:2:1 expected proportion (p <0.05). Non-distorted markers were used to establish the linkage groups using a minimum LOD score of 4 and maximum recombination fraction value of 0.35. This map had 74 loci mapped in the genome A, distributed in 10 linkage groups and total size of 868.6 cM. In the B genome, 23 loci were mapped into six linkage groups, with total distance of 387.6 cM. The map showed linkage groups ranging in size from 8.7 cM to 135.9 cM and 16 groups with a total map length of 1256.2 cM. Introgression lines were developed by backcrosses of the F1 hybrid (Runner IAC 886 x [A. duranensis x A. ipaënsis]c) and genetically characterized with microsatellite markers selected from the genetic map obtained. In the BC1 generation 43 hybrids were identified, and with their backcross to the Runner IAC 886 cultivar, 38 hybrids were obtained in BC2 generation. For genetic characterization of the introgression lines, 36 microsatellite markers were used, distributed through 11 linkage groups from the tetraploid F2 map. Introgression analysis revealed that, in the BC1 generation, the mean percentage of heterozygous genomic segments was 41.96%. In RC2 generation, the mean percentage decreased to 11.79%, ranging from 2.78% to 36.11% among the 37 plants identified as hybrids. It was observed therefore a relative decrease of heterozygous (donor) genomic content between generations of 71.9%. In the BC1 and BC2 generations a complete coverage of the wild genome distributed in the background of the Runner IAC 886 elite variety was obtained. The use of microsatellite markers allowed the construction of a genetic map for the Arachis tetraploid genome through an interspecific population. The development of introgression lines will be very useful for crop breeding by enabling the discovery, location and evaluation of wild genes of interest in the cultivated variety background.The implementation of marker-assisted selection in breeding programswill accelerate considerably, and making more efficient, the process of introgression of wild genes into cultivated peanut.
10

Efeito da tensão da agua do solo na cultura da cana-de-açucar (Saccharum spp.)

Sousa, Jose A. Gentil C 15 July 2018 (has links)
Orientador: Dirceu Brasil Vieira / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia de Limeira / Made available in DSpace on 2018-07-15T22:42:27Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Sousa_JoseA.GentilC_D.pdf: 5057395 bytes, checksum: 09ff431dcd15401e199ea8cc14fe16ac (MD5) Previous issue date: 1976 / Resumo: O principal objetivo desta pesquisa foi o de investigar o comportamento da cultura da cana-de-açúcar submetida a diferentes níveis de tensão de água no solo, com vistas às produções de cana (colmos) e açúcar, consumo de água e desenvolvimento vegetativo. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados com quatro tratamentos e cinco repetições. A variedade usada foi a CB41-76, tendo o plantio se efetuado em 15/3/74 e a colheita em 15/9/75. O método de irrigação adotado para fornecer água ao experimento foi o de sulcos de infiltração, no período junho-1974 a junho-1975. Os tratamentos foram caracterizados pelas seguintes tensões de água no solo: 0,33, 0,60 e 1,20 atmosferas, correspondendo a 28,93, 27,92 e 26,8 da umidade atual do solo, respectivamente, para os tratamentos 1, 2 e 3. 0 tratamento 4 não recebeu irrigação. Os resultados alcançados indicam o tratamento 3 como o mais adequado às condições edáficas e climáticas da área experimental. Neste tratamento o consumo diário médio de água foi de 3,00 mm, com o total do período de 868,00 mm. O nível de umidade mínimo médio mantido no solo até 60 cm de profundidade, onde se localizou 82,6% das raízes, foi de 26,80%, correspondendo a 51,1% do total da água disponível do solo. O crescimento máximo médio proporcionado à cultura nos tratamentos irrigados, foi de 9,7 cm semanais, entre o 8º e 12º mês, com a temperatura média no período de 23,5°C. Os aumentos constatados nas produções de cana e açúcar, foram de 60 e 54%, respectivamente, 41,8 e 5,86 toneladas por hectare. Necessitou-se de 11,89 e 82,42 mm de água evapotranspirada (correspondentes a 118,9 e 824,2 toneladas de água) para as produções de uma tonelada de cana e uma de açúcar, respectivamente. Os aumentos de rendimento obtidos nos tratamentos irrigados indicam que o potencial da água do solo deve ser mantido até um mínimo de 1,2 atmosferas / Abstract: Research was conducted in a Dark Red Latossol soil at the Central Sugarcane Experiment Station of Planalsucar (Sugar and Alcohol Institute), in Araras, State of São Paulo. The layout used was randomized blocks with 4 treatments and 5 replications. The variety was CB41-76, planted in March, 1974 and harvested in September, 1975. The objective of the test was to determine the crop development under 3 different water tension levels of the soil, tillering, stalk elongation and number, rooting, water consumption and cane and sugar productions. Treatments 1, 2 and 3 were assigned on the basis of the following tensions in the soil: 0,33, 0,60 and 1,20 atmospheres, corresponding to 28,93, 27,92 and 26,8% of the actual soil moisture. Treatment 4 was not irrigated. Water application to the treatments was by furrows, according to the gravimetric and flow test results. The results showed significant differences between the non-irrigated and irrigated plots; no significant differences were observed among irrigated plots. Treatment number 3, however, gave the most economical gain in this experiment with increases of 60 and 54% of cane and sugar, respectively (41.8 tons cane and 5.86 tons sugar per hectare over the non-irrigated plots). Water consumption was 868.00 mm with a daily average of 3.00 mm. The minimum average soil water level maintained to a 60 cm depth was 26.80%, corresponding to 51.1% of the total available soil water. Most of the root system (82.6%) was found within this region. The greatest weekly growth rate observed was 9.7 cm, registered during the period, when the cane was 8 to 12 months of age and the average temperature was 23.5°C. The results showed that 11.89 mm of evapotranspiration water was necessary to produce a ton of cane and 82.42 mm for a ton of sugar. Increases in yields obtained in the irrigated plots indicate that a minimum of 1,2 atmosphere water tension must be maintained in the soil / Doutorado / Doutor em Ciências

Page generated in 0.1596 seconds