• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 59
  • 24
  • Tagged with
  • 83
  • 83
  • 63
  • 63
  • 51
  • 30
  • 19
  • 15
  • 13
  • 12
  • 12
  • 11
  • 10
  • 9
  • 9
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

O comportamento monetário na economia-mundo capitalista entre os séculos XVII-XVIII

Kaminishi, Miriam January 2006 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico. Programa de Pós-Graduação em Economia. / Made available in DSpace on 2012-10-22T06:51:29Z (GMT). No. of bitstreams: 1 230921.pdf: 1392515 bytes, checksum: a93aa1b7669f9abd5bbde5eb621980a7 (MD5) / Este trabalho tem como objetivo investigar a forma pela qual o comportamento das relações comerciais e políticas anglo-portuguesas na economia-mundo capitalista, no período entre os séculos XVII-XVIII, influenciou na formação do sistema monetário internacional. A partir da constatação de que a consolidação do padrão-ouro, como padrão monetário internacional, sob comando hegemônico britânico, celebrado em 1870, é apenas parte da evolução do capitalismo histórico, cada vez mais novas abordagens ganham espaço, tanto em aspectos econômicos e sociológicos, como históricos e políticos, abrindo então uma nova perspectiva de estudo pouco explorada: os pressupostos da consolidação do padrão-ouro internacional sob a ótica do Moderno Sistema Mundial. O resultado desta pesquisa identifica que a consolidação do padrão-ouro internacional, sob a égide da Inglaterra, ocorreu em função da consolidação da economia-mundo capitalista caracterizada por uma divisão axial do trabalho, geograficamente distribuída em regiões centrais, semiperiféricas e periféricas, ligadas a uma lógica mercantilista de acumulação de capital The present work investigates the way the behavior of Anglo Portuguese commercial and political relations in the capitalist world-economy, in the period between the centuries XVII-XVIII, influenced in the international monetary system's development. Since it is understood that the consolidation of the gold-standard, as the international monetary standard, under the British hegemonic command, celebrated in 1870, is only part of the evolution of the historical capitalism, each time new approaches gain space, as much in economic and sociological aspects, as historical and politicians, opening then a new perspective of study few explored: the consolidation's precedents of the international golden-standard under the optics of the Modern World System. The result of this research identifies that the consolidation of the International Gold-Standard, under the British influence, occurred as a result of the consolidation of the capitalist world-economy characterized by an axial division of the work, geographically distributed in central, semi-peripheral and peripheral areas, connected to mercantilist logic of capital accumulation.
2

A política monetária dos Estados Unidos da América dita a liquidez do centro da economia-mundo?

Namizaki, Gustavo Elysio January 2008 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico. Programa de Pós-Graduação em Economia. / Made available in DSpace on 2013-12-05T21:42:15Z (GMT). No. of bitstreams: 1 266264.pdf: 689282 bytes, checksum: a89eea66890168a409c3f5108d932a97 (MD5) Previous issue date: 2008 / O objetivo desta pesquisa é verificar se o Federal Reserve consegue afetar a liquidez monetária fora da jurisdição dos Estados Unidos da América, especificamente no G7, grupo dos sete países mais desenvolvidos. Para tanto, foram combinadas duas tradições teóricas, que utilizam dois diferentes métodos e duas diferentes ontologias. A primeira tradição é a teoria macroeconômica derivada do individualismo/empirismo como filosofia do Iluminismo Ocidental e a segunda é a perspectiva de análise dos sistemas-mundo derivada do materialismo e do idealismo também como filosofias do Iluminismo Ocidental. Por utilizar essas duas tradições, esta pesquisa apresenta uma parte dedicada à reconstrução histórica das condições por onde o dólar vem operando e outra parte dedicada à ilustração empírica. Com relação à primeira tradição, foram utilizados a teoria sobre o Efeito Fisher e o método de cointegração de Engle-Granger. Com relação à segunda, foram utilizados os conceitos à cerca dos ciclos sistêmicos de acumulação de Arrighi e a historiografia de Braudel, Block e Wallerstein. Os resultados da investigação empírica fornecem parcialmente sustentação para as hipóteses dos sistemas-mundo, no que tange ao poder da moeda da potência hegemônica e a situação de decadência da mesma. The purpose of this research is to verify if the Federal Reserve is able to affect monetary liquidity outside The United States of America#s borders, specifically in the countries which compose the Group of Seven, besides the U.S, Canada, France, Germany, Italy, Japan and The United Kingdom. For this aim, two different theoretical traditions, which use two different methods and two different ontologies, were combined. The first tradition is the macroeconomics, which comes from individualism/empirics as philosophy of the Western Illustration; the second tradition is the world-systems analysis, which comes from materialism and idealism as philosophies of the Western Illustration. Since it uses these two approaches, there are a historical reconstruction section, where the dollar influence operates, and an empirical section. For the first tradition, the theory about the Fisher Effect an the Engle-Granger co-integration method were applied; for the second, statements concerning the accumulation systemic cycles of Arrighi and Braudel, Block and Wallerstein historical support were applied. The results of the empirical investigation gives support for the world-systems hypothesis related to the influence of the hegemonic power and decade stage of it.
3

Transmissão da política monetária

Tomazzia, Eduardo Cardeal 24 October 2012 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico, Programa de Pós-Graduação em Economia, Florianópolis, 2009 / Made available in DSpace on 2012-10-24T22:16:19Z (GMT). No. of bitstreams: 1 271614.pdf: 1047456 bytes, checksum: 02d8d4c584a9286757681b4706e9878f (MD5) / Este estudo tem como objetivo investigar características importantes da política monetária e sua transmissão na economia brasileira entre 1995 e 2009, entre elas as respostas das principais variáveis macroeconômicas aos choques de política monetária exógena e não esperada, as quebras estruturais destas relações e também a reação da produção industrial desagregada. Para tanto, utilizou-se da estimação de modelos VAR e SVAR para captar o efeito exógeno da política monetária, cuja identificação das restrições foi realizada por métodos de análise sistêmica de estruturas. Além disso, a estabilidade dos parâmetros estimados foi flexibilizada pela estimação de modelos MS-VAR, o que trouxe insights sobre as mudanças estruturais da economia brasileira. Foram identificados três regimes de transmissão da política monetária: (i) 1995 a 1998, coincidente com o regime de câmbio semi-fixo, com a taxa de câmbio sendo o elemento preponderante na definição da taxa SELIC, que cumpria a função de absorver dos choques externos; (ii) 1999 a meados de 2003, período marcado pela estruturação do regime de metas inflacionárias, de início da flutuação cambial e de choques às variáveis macroeconômicas decorrentes de dúvidas quanto ao abastecimento energético, da sucessão presidencial e da construção da reputação da política monetária do governo Lula; e (iii) de meados de 2003 a 2009, que corresponde à consolidação do regime de metas inflacionárias, o que é visto pela predominância do nível de preços na função de reação do Banco Central. A efetividade da política monetária também é aumentada, visto que o efeito da SELIC na produção industrial e no nível de preços se torna negativa, sendo estatisticamente significativo para a primeira. A estimação das Funções de Impulso e Resposta apresentou alguns fatos relevantes: (i) a produção é consistentemente afetada pelo choque monetário, sendo que o efeito máximo ocorre entre dois e quatro meses e o nível de produção industrial volta à sua tendência de longo prazo em até um ano; (ii) a taxa de juros de curto prazo afeta as de longo prazo com pouca defasagem; (iii) as alterações na estrutura a termo geram respostas negativas na produção industrial, uma evidência de um mecanismo de transmissão da política através da estrutura a termo; (iv) choques nas expectativas de taxas de juros impactam positivamente a taxa de juros de curto prazo; (v) verifica-se a ocorrência dos efeitos price puzzle e pass-through em relação ao efeito da política monetária e da taxa de câmbio no nível de preços, respectivamente; e (vi) a resposta da SELIC ao choque inflacionário se mostrou crescente ao longo dos regimes, o que indica o fortalecimento do regime de metas de inflação. No que tange às respostas dos setores industriais, os de Bens de Consumo Duráveis e de Capital mostram as duas maiores reações, seguidos do setor de Bens Intermediários e de Consumo Semi e Não-Duráveis, sendo o último muito pouco afetado. Os testes dos setores desagregados por tipo de bem tiveram resultados semelhantes a estes grupos, e confirmam muitos dos achados de estudos sobre a transmissão da política monetária no Brasil e no mundo.
4

Os impactos da política monetária na taxa de câmbio no Brasil

Couto, Sílvia Verônica Vilarinho January 2015 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico, Programa de Pós-Graduação em Economia, Florianópolis, 2015. / Made available in DSpace on 2015-10-20T03:08:28Z (GMT). No. of bitstreams: 1 335058.pdf: 980001 bytes, checksum: 6e262a6d701009b6c54f6993d3800a5a (MD5) Previous issue date: 2015 / O presente trabalho busca analisar os efeitos da política monetária sobre a taxa de câmbio, no período de 2004-2014, considerando o problema de endogeneidade da política monetária. É utilizado um modelo de variáveis instrumentais que estima os efeitos de uma variação na taxa de juros sobre a variação da taxa de câmbio. Para tratar do problema da endogeneidade da política monetária é empregado o método de identificação via heterocedasticidade. A principal vantagem deste método é que ele se baseia no comportamento estatístico das séries, não sendo necessário realizar suposições arbitrárias de identificação. Os resultados mostram que há uma relação positiva entre a taxa de juros e a taxa de câmbio durante todo período analisado e não só em momentos de elevação da taxa de juros.<br> / Abstract : This study aims to analyze the effects of monetary policy on the exchange rate during the period of 2004-2014, taking into account the endogeneity problem of monetary policy. It used a model of instrumental variables which estimates the effects of a change in the interest rate on a change in the exchange rate. To address the problem of endogeneity of monetary policy it is used the method of identification via heteroskedasticity. The main advantage is that this method is based on the statistical behavior of the series, it is not necessary to make arbitrary assumptions of identification. The results show that there is a positive relationship between the interest rate and the exchange rate throughout the period analyzed and not only in times of high interest rates.
5

Considerações sobre a politica monetaria brasileira : o caso do Banco do Brasil no periodo 1945-1960

Benevides, Moema Unis January 1981 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade de São Paulo / Made available in DSpace on 2013-07-15T20:31:07Z (GMT). No. of bitstreams: 0
6

Reputação do Banco Central

Casiraghi, Fabiano Rodrigo January 2003 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico. Programa de Pós-Graduação em Economia. / Made available in DSpace on 2012-10-21T01:03:33Z (GMT). No. of bitstreams: 1 198571.pdf: 267141 bytes, checksum: 5471a028eca0212a9109901b7c84171b (MD5) / A taxa de inflação é relevante para a economia, porquanto ela influencia o desemprego e o salário real. Sendo os bancos centrais os responsáveis pela política monetária que influencia a taxa de inflação, a reputação do policymaker, que está no banco central, é uma questão importante a ser analisada.
7

Políticas fiscal e monetária no contexto da competição imperfeita

Silva, Nelson da January 2002 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico. Programa de Pós-graduação em Economia / Made available in DSpace on 2012-10-20T04:29:43Z (GMT). No. of bitstreams: 1 208830.pdf: 949436 bytes, checksum: 130d8d7baff1b88cf27f24905cb6b7f2 (MD5) / A importância da competição imperfeita para a macroeconomia tem sido reconhecida devido à evidência que os mercados de trabalho e produto divergem do paradigma competitivo em muitos países. Visando compreender o papel da competição imperfeita nas flutuações econômicas, no início dos anos 80 os novos keynesianos desenvolveram modelos macroeconômicos com imperfeições de mercado. Alguns modelos enfatizam características não-competitivas no mercado de trabalho. Em outros, a ênfase reside em firmas imperfeitamente competitivas. Nesta dissertação, estudam-se alguns modelos macroeconômicos dos novos keynesianos nos quais os mercados de bens e trabalho, na sua maioria, são, por hipótese, imperfeitamente competitivos. Nesses modelos, o equilíbrio resultante situa-se abaixo do pleno emprego, o que gera o potencial para políticas econômicas eficientes. O objetivo principal deste trabalho consiste em explorar, com base nos modelos macroeconômicos teóricos de competição imperfeita, os ensinamentos dessa literatura no tocante as políticas macroeconômicas fiscal e monetária. Procura-se investigar em que extensão as políticas macroeconômicas podem ser usadas eficientemente para aumentar o produto, o emprego e o bem-estar dos agentes econômicos.
8

A economia argentina nos anos 90 : reformas estruturais e lei de conversibilidade

Ferrari Haines, Andres 13 February 1998 (has links)
Orientador: Monica Baer / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Economia / Made available in DSpace on 2018-07-24T04:57:27Z (GMT). No. of bitstreams: 1 FerrariHaines_Andres_M.pdf: 5860302 bytes, checksum: b32d59b22e0c1cc3b30e240e77e3ac87 (MD5) Previous issue date: 1998 / Resumo: Este trabalho analisa a experiência econômica argentina durante os anos 90, quando foram implementados uma série de reformas estruturais e um esquema de conversibilidade da moeda, os quais suprimiram em tempo recorde o antigo modelo de substituição de importações. Com essas políticas, a Argentina superou três episódios hiperinflacionáriose teve, ainda, depois de quinze anos de estagnação econômica - em média -, um período de crescimento ininterrupto entre 1991 a 1994. A partir do estudo da forma corno se chegou à eclosão hiperinflacionária de 1989, analisa-se, desde a implementação do modelo de substituição de importações, os setores fiscal e externo - tradicionalmente geradores de desequilíbrios macroeconômicos -, com dois objetivos. Em primeiro lugar, o de compreender a natureza e a possibilidade que teve o governo Menem, na década de 90, de modificar radicalmente a estrutura econômica argentina. E, em segundo lugar, a forma que esta experiência adotou para superar os entraves gerados pelos desequilíbrios fiscal e externo. Finalmente, são apontados os aspectos ainda vigentes que poderão apresentar vulnerabilidade a longo prazo e complicar a atual estabilidade econômica argentina / Abstract: Not informed. / Mestrado / Mestre em Economia
9

A Constituição do índice dinâmico que considera os preços de ativos melhora a eficiência da política monetária? Uma análise após o regime de metas inflacionárias

Carvalho, Rafael Barbosa de January 2011 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico, Programa de Pós-Graduação em Economia, Florianópolis, 2011 / Made available in DSpace on 2012-10-25T15:49:02Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2015-03-18T20:34:35Z : No. of bitstreams: 1 295178.pdf: 2755258 bytes, checksum: 0fd611231826e488cd607725f50b6dda (MD5) / Neste presente trabalho foi realizada a constituição de índice dinâmico de inflação através da inclusão de preços de ativos financeiros no índice oficial de inflação e analisada a determinação da taxa de juros Selic com a introdução desse índice em uma função reação no período entre o 4° trimestre de 1999 e 4° trimestre de 2010. Para obter o índice dinâmico de inflação, inicialmente, foi estimado o modelo Curva de Phillips Novo-Keynesiana (CPNK) híbrida pelos métodos: Mínimos Quadrados Ordinários (OLS), Generalizado dos Momentos (GMM) e Filtro de Kalman (KF); em que foram retirados os pesos medidos pelos coeficientes de inflação auto-regressiva e de preços de ativos financeiros para constituir o índice dinâmico de inflação. Como resultado, tem-se que o índice dinâmico de inflação apresenta mensuração bem próxima ao índice oficial de inflação. Entretanto, a inclusão do conjunto de informações do segmento financeiro permite ampliar o leque daquele captado pela inflação oficial, contribuindo para os diagnósticos da evolução futura da inflação. Após, foi avaliado a determinação da taxa de juros através da estimativa de uma função reação baseada em uma versão forward looking da Regra de Taylor, em que foram estimadas diferentes equações devido à constituição peculiar das variáveis referentes à inflação pelo método (OLS, GMM e KF). Os resultados indicam que a alteração da composição do índice de inflação apresenta maior eficiência do que o índice oficial de inflação na determinação da taxa de juros Selic. Desse modo, o índice dinâmico de inflação consiste em uma alternativa para melhorar o desempenho da política monetária no que concerne estabilidade econômica. / In this paper it was made the constitute of index dynamic of inflation by inclusion of asset prices on the official index of inflation and it analysis to determine the Selic interest rate with the introduction of this index in a reaction function over the period 4° quarterly of 1999 and 4° quarterly of 2010. Initially, index dynamic of inflation was obtained by estimating the model New-Keynesian Phillip Curve (NKPC) hybrid by Ordinary Least Squares (OLS), Generalized Method of Moments (GMM) and Kalman Filter (KF) methods: that was attributed the measured weight by parameters of auto-regressive inflation and asset prices for constitute of index dynamic of inflation. As a result, it has that the index dynamic of inflation produces measurement as near as the index official of inflation. However the introduce of information#s conjunct of financial segment possibilities to extend the inflation and it was contributing for the forecast of future evolution of inflation. After all, it was appraising the determination of interest rate by estimating a reaction function based on forward looking Taylor Rules, in which different equations were estimated due to the peculiar constitute of the variables related to the inflation by OLS, GMM and KF methods. The results indicate that the in composition of the inflation is more efficiency than the official inflation in determining the Selic interest rate. Thus, the dynamic index of inflation is an alternative to improve the performance of monetary policy compared economic stability.
10

A reação do mercado de ações brasileiro à política monetária sob o regime de metas de inflação

Nahon, Bruno Freitas January 2006 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico. Programa de Pós-Graduação em Economia. / Made available in DSpace on 2012-10-22T17:51:26Z (GMT). No. of bitstreams: 1 225461.pdf: 766091 bytes, checksum: 3050b20ee2ff70453ac509db4da18455 (MD5) / Esta dissertação tem por objetivo estudar as relações entre a política monetária implementada pelo Banco Central brasileiro e os retornos dos principais índices de ações nacionais. O estudo engloba o período de vigência do sistema de metas de inflação, de 4 de janeiro de 2000 a 19 de agosto de 2005. São estimados modelos econométricos que utilizam as variáveis de política monetária (Selic, spread do C-Bond, entre outras) como variáveis exógenas e os retornos dos índices de ações (IBovespa, IBrX, IEE e ITEL) com variáveis endógenas. São estimados modelos VAR, para obtenção de relações de causalidade de Granger e modelos de regressão linear. Os resultados apontam para um efeito significativo da política monetária nos retornos do mercado de ações. Todas as variáveis selecionadas como representantes da política monetária se mostraram estatisticamente significantes nas regressões estimadas, indicando a importância, direta e indireta, da política monetária na construção de um mercado de ações robusto e que seja visto como uma opção ótima de investimento. The aim of this paper is to study the relations between the monetary policy implemented by the Brazilian central bank and the returns of the most important stock indexes in the Brazilian market. The period studied starts at January 4, 2000 and ends at August 19, 2005. During this time, the Brazilian economy has worked under the inflation target system. Some econometric models are estimated using the monetary policy variables as exogenous to the models (such as Selic, C-Bond spread) and the returns of the stock indexes as endogenous. There are VAR models, estimated in order to have Granger causality relations, and linear regression models. The results point to significant effects of the monetary policy into the stock market returns. All variables selected as exogenous are statistically significant on the models estimated, representing the roll of the monetary policy to the development of the stock market as an optimal investment.

Page generated in 0.1074 seconds