• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 104
  • 3
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 110
  • 50
  • 42
  • 38
  • 36
  • 30
  • 29
  • 28
  • 28
  • 28
  • 27
  • 21
  • 18
  • 13
  • 13
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

A intuição fonologica do aprendiz do codigo escrito

Volpato, Arceloni Neusa January 1990 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão / Made available in DSpace on 2012-10-16T03:02:30Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2016-01-08T16:49:38Z : No. of bitstreams: 1 79182.pdf: 7971239 bytes, checksum: 16ca4d573dff16425054d1b8737333bd (MD5) / O presente trabalho teve como proposta demonstrar e compreender a instituição fonológica desenvolvida pela criança na sua apropriação do sistema escrito embasando-se no trabalho de Read (1975). A pesquisa foi realizada com 160 de crianças de nível sócio econômico distintos pertencentes a rede municipal de ensino: Escola Básica Brigadeiro Eduardo Gomes no Campeche e a rede particular: Alferes Tiradentes no Centro. As crianças freqüentavam a primeira série de escolarização a nível de alfabetização. A colheita de material transcorreu-se entre abril e setembro de 1986 onde foram obtidas as produções gráficas para posterior análise do trabalho e conseqüentemente inferência das regras fonológicas internalizadas pelas crianças. A análise do trabalho aponta um ser dinâmico capaz de estabelecer seus próprios critérios de graduação ao acesso do sistema de representação do escrito para posterior domínio das regras ortográficas vigentes.
2

The (un) consciousness of second language acquisition

Santos, Paula Alexandra Fatur January 1994 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão / Made available in DSpace on 2012-10-16T07:19:48Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2016-01-08T18:46:44Z : No. of bitstreams: 1 96898.pdf: 6669312 bytes, checksum: 11334ef5585f2cca38e43f48ac6e3965 (MD5) / Este estudo teórico analisa o processo de aquisição de segunda língua, em geral, e os aspectos conscientes e inconscientes deste processo, em particular, nas mais importantes teorias psicolingüísticas de aquisição de segunda língua. Além disso, este mesmo processo é analisado em uma teoria psicológico-cognitiva, a teoria da Assimilação de Ausubel, e em uma teoria neurolingüística, a de Paradis. A busca das teorias multidisciplinares deve-se ao fato de que o processo de aquisição de segunda ordem é per se altamente complexo, envolvendo múltiplos aspectos e, consequentemente, múltiplas disciplinas. A análise do processo nas teorias culmina numa classificação das mesmas. A percepção das áreas subjacentes às teorias foi o critério encontrado para classificá-las. Assim, elas foram classificadas em teoria que emanam da Psicologia, tendência esta que privilegia o aprendizado consciente, baseada na Psicologia Cognitiva, e que emanam da Lingüística, tendência que privilegia a aquisição inconsciente e que tem suas raízes em Chomsky.
3

Desejar e ter fome : novas ideias sobre antigas metaforas conceituais

Lima, Paula Lenz Costa 20 October 1999 (has links)
Orientador: Edson Françozo / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem / Made available in DSpace on 2018-07-26T05:37:34Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Lima_PaulaLenzCosta_D.pdf: 31075736 bytes, checksum: da6de79af45e3cbf0b58336bf7d7ef60 (MD5) Previous issue date: 1999 / Resumo: Este trabalho tem como objetivo principal analisar uma nova hipótese sobre a emergência e natureza das metáforas conceituais, segundo a qual as metáforas ou são primárias ou compostas de primárias (Grady et aI., 1996; Grady, 1997a, 1997b). Na nova visão, as metáforas primárias nascem de correlações entre dimensões distintas de experiências corpóreas básicas recorrentes e co-ocorrentes, que independem de influências culturais. Por exemplo, o homem freqüentemente tem fome. Essa experiência - ter fome - é entendida de alguma forma e uma delas diz respeito ao desejo por comida que é experienciado sempre que tem fome. Logo, o mapeamento entre desejo e fome nasce da correlação entre a sensação física de fome e o desejo simultâneo de comida que vai satisfazê-Ia. A nova proposta foi analisada através de uma pesquisa empírica, de caráter psicolingüístico experimental, coma metáfora primária DESEJAR É TER FOME, em duas línguas, inglês e português, para verificar seu caráter universal. Inicialmente foi investigada a conceitualização de fome e, a partir desses resultados, verificado se desejo é estruturado em termos de fome. Os resultados mostraram grande semelhança na forma como os sujeitos de uma língua e da outra conceberam fome e conceitualizaram desejo em termos dessa concepção, corroborando assim as idéias propostas por Grady e colaboradores. Além disso, foi analisada secundariamente a metáfora O OBJETO DO DESEJO É COMIDA, para verificar se o objeto do desejo sexual é estruturado conforme a conceitualização do objeto da fome. Apesar de os resultados terem mostrado que em inglês a comida é conceitualizada de duas formas distintas (a comida para satisfazer a fome e a comida para agradar o paladar) e que em português essa distinção não existe (a comida que satisfaz a fome é a mesma que agrada o paladar), o objeto do desejo foi conceitualizado através da comida que agrada o paladar, nas duas línguas. É possível que O OBJETO DO DESEJO É COMIDA seja uma metáfora composta tendo como suas primárias DESEJAR É TER FOME e O ATRAENTE É GOSTOSO / Abstract: The main objective of this study is to analyze a new hypothesis about the emergence and nature of conceptual metaphors, according to which all metaphors either are, or are composed of, primitives (Grady et aI, 1996; Grady, 1997a, 1997b). In the new view, primary metaphors arise from the correlation between distinct dimensions of recurring basic experiences, that do not depend on the particulars of culture. For instance, we often get hungry. This experience - to be hungry - is understood in certain ways, and one of them concerns the desire for food, experienced whenever one is hungry. Thus, the mapping between desire and hunger arises from the correlation between the physical sensation of hunger and the simultaneous desire for food that accompanies it. The new proposal was investigated throughout an empirical research, in an experimental psycholinguistic approach, with the primary metaphor DESIRE IS HUNGER in, two languages, English and Portuguese, in order to verify its universal feature. At first the conceptualization of hunger was examined, and from such results it was investigated whether desire was structured in terms of hunger. The results have shown great similarities between the way subjects from both languages have conceived hunger and have conceptualized desire in terms of such conception, thus corroborating the ideas proposed by Grady and colleagues. Besides, a secondary metaphor, THE OBJECT OF DESIRE IS FOOD, was also investigated, morder to verify whether the object of sexual desire was structured according to the conceptualization of the object of hunger. Although the results have shown that in English, food is conceptualized in two distinctive ways (food to satisfy hunger and food to please taste), and in Portuguese such distinction does not exist (food that satisfies hunger is the same that pleases taste), the object of desire is conceptualized as food that pleases taste, in both languages. It is then possible that the OBJECT OF DESIRE IS FOOD be a compound metaphor having as primitives DESIRE IS HUNGER and APPEALING IS TASTY / Doutorado / Doutor em Linguística
4

O repetivel no processo de aquisição da escrita : lugar de argumentação

Di Renzo, Ana Maria 14 February 2000 (has links)
Orientador: Maria Fausta Pereira de Castro / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas. Instituto de Estudos da Linguagem / Made available in DSpace on 2018-07-26T21:26:58Z (GMT). No. of bitstreams: 1 DiRenzo_AnaMaria_M.pdf: 2749501 bytes, checksum: 86f4c2722ab030c66d66839e1acb7a7d (MD5) Previous issue date: 2000 / Resumo: O presente trabalho propõe-se a refletir, no conjunto dos estudos na área de Aquisição da linguagem, sobre a aquisição da linguagem escrita. Nosso objetivo é sobretudo discutir a presença de repetições e incorporações freqüentes e conseqüentes substituições, nos textos produzidos por crianças em fase inicial de alfabetização. A meu ver, esses procedimentos adotados pela criança não somente provocam mudanças na relação sujeito-língua escrita, como também produzem no texto efeitos de argumentação. Assim, tanto as repetições como as incorporações e substituições serão tratadas como forma de entrada da criança no funcionamento da língua escrita, isto é, como constitutivas da relação sujeito-escrita. Por outro lado, é pelo efeito de interpretação e pelos processos metafóricos e metonímicos que se dão as mudanças e os movimentos de ressignificação nos textos infantis. O tratamento que darei à estas marcas (repetições, substituições, incorporações) está alicerçado nos estudos desenvolvidos por Cláudia Lemos, Pereira de Castro e de Sonia Mona, no campo da aquisição da linguagem. Por outro lado, procuro delinear neste trabalho um lugar de encontro teórico entre as hipóteses acima alinhavadas e os estudos desenvolvidos por Silvana Serrani sobre paráfrase como "ressonâncias de significação" na análise de discurso francesa. Este movimento se justifica pelo fato de a autora tratar as repetições como vibrações de sentidos de textos outros, como memória do dizer, o que me permitiu relacionar a análise das marcas textuais (repetições, substituições, incorporações, tomadas pelo prisma das hipóteses em aquisição da linguagem, com a noção de interdiscursividade da A. D / Abstract: The present work is considered to ref1ect in the set of the studies in the área of language. Acquisition, on the acquisition of the written language. Our objective is over all to argue the presence of replications and frequent incorporations and consequent substitutions in the texts produced by children in the initial phase of their alphabetization. In my opinion, these procedures adopted by the child not only provoke changes in the relation subject-language compositions, as they also produce argumentation effects substitutions will be dealt with as input form of the child in the functioning of the written languages, that is, as constituent of the written-subject relation. On the other hand, it is through the effect of interpretation and through the metaphoric and metonimic processes that the changes happen, as well as, the movements of resignification in the children' s texts. The handling that I will give to the these marks (replications, substitutions and incorporations) is based in the studies developed by Claudia Lemos and Pereira de Castro, in the field of the language acquisition. On the other hand, I try to delineate in this work a theoretical relation between the hypotheses tacked above and, the studies developed by Silvana Serrani about paraphrases as "resonances of the signification on the French school of Discourse Analysis. This movement is justified by the fact the author deais the replications as vibrations of meanings in others texts, as memory of speech, which allowed me to relate the analysis of the literal marks (replications, substitutions, incorporations), taken for the prism of the hypotheses in the language acquisition with the notion of interdiscursivity of the Discourse Analysis / Mestrado / Mestre em Linguística
5

A lingua que me falta : uma analise dos estudos em aquisição de linguagem

Lemos, Maria Teresa Guimarães de, 1962- 19 July 2018 (has links)
Orientador: Eni de Lourdes Pulcinelli Orlandi / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem / Made available in DSpace on 2018-07-19T07:17:14Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Lemos_MariaTeresaGuimaraesde_D.pdf: 5294428 bytes, checksum: a5906be7a5c6a8ddead29e15d2ffd27e (MD5) Previous issue date: 1994 / Resumo: O trabalho que nos propusemos realizar aqui é uma análise dos estudos em aquisição de linguagem enquanto discurso científico - isto é, enquanto discurso que visa à produção de um saber sobre o real. A função da psicanálise nesse trabalho não é a de uma epistemologia, nem de uma teoria sobre a linguagem, mas a que lhe cabe por constituir um modo de operar sobre o saber que inclui a transferência. Essa análise nos permitiu avaliar, em primeiro lugar, a relação dos estudos em aquisição de linguagem com a lingüística, a partir de um ponto destacado por Jean Claude Milner: a alíngua como objeto causa do desejo do lingüista. A fala da criança, na medida em que faz retomar o real d'alíngua, a presença irredutível do significante sob a forma da sobredeterminação, arrisca colocar em perda a unidade da Língua. Os estudos em aquisição de linguagem constituíram, desse modo, um lugar de problematização da questão ética - no sentido da ética da psicanálise, ou seja, da ética do desejo. Questão que advém da relação com esse real causador do desejo: recobrir o real da língua com uma instância psicológica ou biológica (cf. Pêcheux, 1982) para refazer a unidade da língua e do sujeito é ceder em relação a esse desejo e aceitar que a língua seja reduzida ao imaginário. De que maneira os estudos de aquisição podem ter essa incidência? Os estudos em aquisição de linguagem, cuja origem está ligada a um projeto da psicologia positivista norte-americana (a psicolingüística), tomaram vulto nos anos 60, quando o .advento da teoria chomskiana promoveu uma série de pesquisas destinadas a confirmar, a partir da fala da criança, os universais lingüísticos postulados nessa teoria. Este projeto fracassou, mas foi, entretanto, o lugar de uma descoberta (ainda que formulada de modo negativo): a fala da criança não podia ser descrita pela lingüística. O que quisemos mostrar na tese foi que a fala da criança colocou nesse momento, pelas suas características "estranhas", um enigma sobre a língua. Reconhecidamente ou não, a interrogação que a fala da criança colocou foi o que abriu a possibilidade de uma alteridade para a área (considerada interdisciplinar), na medida em que criou um submetimento à fala da criança, isto é, uma exigência de transformar a fala em dado empírico. Submetimento que, vale dizer, não encontra paralelo nem na lingüística nem na psicologia, áreas das quais supostamente os estudos em aquisição de linguagem dependem. Nossa análise compreende três momentos do percurso da área: a criação da psicolingüística, a psicolingüística ligada a Chomsky e, num terceiro momento, a hipótese sócio-interacionista de Cláudia Lemos. Essa hipótese, como quisemos mostrar, realiza um avanço ao nomear - através da dependência dialógica que mostra existir entre o enunciado da criança e o do seu interlocutor adulto ¿ a sobredeterminação, a amarração entre língua e sujeito / Abstract: Not informed. / Doutorado / Doutor em Ciências
6

Diferenças individuais na aquisição dos deiticos por casal de gemeos

Palmiere, Denise Telles Leme 21 July 2018 (has links)
Orientador: Maria Cecilia Perroni / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem / Made available in DSpace on 2018-07-21T04:26:48Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Palmiere_DeniseTellesLeme_M.pdf: 3777788 bytes, checksum: 74807bdaa12757ab5b52b8e000ad9e4d (MD5) Previous issue date: 1996 / Resumo: Este trabalho abarca três temas distintos. O primeiro deles trata-se do fenômeno das diferenças individuais no processo de aquisição da linguagem, procurando-se, aqui, contribuir para a ampliação das fronteiras da abordagem clássica encontrada na literatura sobre o tema. O segundo tema deste trabalho é a aquisição da linguagem por crianças gêmeas, com o objetivo de cooperar para o esclarecimento de pontos ainda obscuros e/ou contraditórios encontrados na bibliografia. O fenômeno lingüístico selecionado para observar as diferenças individuais nas crianças foi a aquisição das expressões dêiticas demonstrativas (esse / este X aquele), locativas (aqui X aí / lá), bem como a aquisição do sistema de pronomes pessoais, ao lado da flexão verbal de Ia pessoa, constituindo-se esse o terceiro grande tema deste trabalho. Os dados utilizados nesta investigação constam de 88 sessões em áudio-tape, somando 44 hs de gravação dos gêmeos não idênticos Augusto e Renata, entre os 2;0 e os 4;0 de idade. Esses dados fazem parte do Banco de Dados do Projeto de Aquisição da Linguagem do Departamento de Lingüística, IEL, Unicamp. O método de investigação adotado neste estudo é o observacional, longitudinal e a perspectiva teórica adotada é a chamada sócio-interacionista, defendida por membros integrantes do Projeto de Aquisição da Linguagem do Departamento de Lingüística do IEL, Unicamp (cf. de Lemos, 1981, 1986; Perroni, 1983; Campos, 1985 e Figueira, 1985). As conclusões do trabalho apontam para o fato de que as diferenças individuais previstas na literatura sobre o tema não são suficientes para explicar as diferenças encontradas nos gêmeos Augusto e Renata, e apontam também para a necessidade do fenômeno das diferenças individuais ser considerado pelas teorias da área. Adicionalmente, as conclusões não indicam nenhum atraso no desenvolvimento lingüístico dos gêmeos Augusto e Renata, e mostram que essas crianças adotam diferentes estratégias na aquisição dos dêiticos aqui analisados / Abstract: This work presents the analysis of individual differences in the acquisition of some deitic terms (demonstratives, locatives, personal pronouns and verbal inflections) by twins. The data reported here are based on longitudinal records of the speech development of non-identical twins, Augusto e Renata, in age from 2;0 to 4;0, and belong to data bank of Language Acquisition Project of Unicamp Department of Linguistics. The theoretical view is the interactionist. The conc1usions show : a) the individual differences proposed by the literature are not enough to explain Augusto e Renata' s differences in their acquisition of deitic words; b) no delay was observed in their linguistic development and c) these children employ different strategies in the acquisition ofthe deitic terms analysed in this study / Mestrado / Mestre em Linguística
7

Disturbios depressivos em um centro de atenção primaria : prevalencia momentanea e analise do discurso dos pacientes

Stela, Florindo 14 July 2018 (has links)
Orientador: Dorgival Caetano / Tese (doutorado) - Universidade Estadualde Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas / Made available in DSpace on 2018-07-14T01:15:47Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Stela_Florindo_D.pdf: 3374234 bytes, checksum: e0ab847f56a539afe1d0995c254af570 (MD5) Previous issue date: 1991 / Resumo: Esta pesquisa teve como objetivo investigar a prevalência momentânea dos distúrbios depressivos em um Centro de Atenção Primária e estudar a natureza do discurso utilizado pelo paciente para relatar suas queixas. A amostra foi constituída de 103 sujeitos de ambos os sexos, com idade entre 18 e 60 anos e sócio econômico-culturalmente carentes." A metodologia utilizada abrangeu diversos procedimentos. Inicialmente, acompanhávamos o atendímento efetuado pelo" Clínico Geral, observando e anotando sua conduta durante a consulta (interação médico-paciente, características gerais do momento da consulta, solicitações de exames complementares, hipótese diagnóstica, prescrição, encaminhamentos, etc.). Em seguida, em sala contígua, os pacientes respondiam ao formulário sobre os critérios de exclusão e inclusão para de pressão da OMS - Avalia~ão Normatizada de Transtornos Depressivos ANTD/OMS Standardized Assessment of Depressive Disorders SADD/WHO; Sartorius et .al., 1983). Os pacientes que preenchiam esses critérios eram considerados "suspeitos" de depressão. A estes, aplicávamos a Escala de Zung de Auto-Avaliação de Depressão (Zung Self-Rating Depression Scale; Zung & Durham, 1965), cujo "ponto de corte" foi estabelecido em 40 pontos. Os pacientes com Zung )= 40 foram considerados deprimidos, sendo submetidos à gravação dos seus discursos. Esta ocorria durante cinco minutos e após consentimento do sujeito, que era estimulado a falar de forma não dirigida sobre suas queixas. Formulávamos perguntas como "o que o trouxe aqui?", "qual é o problema?" "0 que voei sente?", 15. Observação: O resumo, na íntegra, poderá ser visualizado no texto completo da tese digital / Abstract: The aims of this stud~ were to investigate the paint prevalence of depressive disorders in a Primar Health Care Centre and the kind of speech used b~ these patients to express their complaints. The patients were a consecutive series of males or famales attending the Centre, aged between 18 and 60 years and of lower social-economic and cultural background. The methodological procedures were as follows: the researcher accompanied the General Practitioner's (GP) consultation and took notes of his usual procedure (doctor-patient relationship, interviewing, laboratory tests, prescription, referall, ete.) towards the patients. The GP did not know the aim of the study. After the consultation, the patients were sent to the next-door room where the researcher applied the Standardized Assessment of Depresslve Disorders (SADD/WHO; Sartorius et aI., 1983) to them. To those "suspected" of depressive disorder by means of the SAOO, the researcher applied the Zung Self-Rating Oepressian Scale (Zung &Durham, 1965). The subjects who had a total score >= 40 on Zung Scale were considered as depressives and hence were submitted to a "free" interview for five minutes. This interview was recorded and care was taken for not asking questions that could hint at a symptom, e.g., it was not al10wed to ask "how does your appetite look like", "what about ~our sleep?" and so forth, but rather neutral questions were made, such as "what brought you here"? Note: The complete abstract is available with the full electronic digital thesis or dissertations / Doutorado / Doutor em Ciências Médicas
8

Uma analise prosodica dos lapsos da lingua

Iliovitz, Erica Reviglio 04 March 2001 (has links)
Orientador: Ester Mirian Scarpa / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem / Made available in DSpace on 2018-07-28T12:39:26Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Iliovitz_EricaReviglio_M.pdf: 2494963 bytes, checksum: ba5357896373ef2c28d52c70d3b60ea0 (MD5) Previous issue date: 2001 / Resumo: Lapsos da língua são fenômenos lingüísticos que exibem uma ftonteira entre o esperado e o inesperado. Todavia, tanto lapsos quanto disfluência e erros normativos têm sido tratados sob a égide genérica de desvios. A abordagem dos lapsos pela literatura revela uma concepção lingüística que separa conhecimento (perfeito) e uso (imperfeito) da língua. Admitindo que os lapsos fazem parte do sistema da língua no qual o sujeito se insere e pelo qual ele se constitui através de relações, eles podem ser analisados como rupturas com a estabilidade de significação promovida pela subversão dos eixos metafórico (ou paradigmático) e metonímico (ou sintagmático), ao invés de desvios. A coleta de dados em situação ambiente é preferível à gravação de dados em laboratório porque experimentos controlados não revelam facetas do funcionamento da linguagem tratados aqui, como o cruzamento paradigmático e sintagmático de dizeres restringidos pela estrutura prosódica do enunciado. Os dados foram colhidos em conversas informais. Também foram utilizados os dados do Projeto NURC, armazenados em fitas cassete. O modelo usado para analisar os dados foi o de Nespor e Vogel (1986). Na análise, os lapsos foram classificados como paradigmáticos e sintagmáticos. Com relação à estrutura prosódica dos lapsos, foi concluído que os lapsos ocorrem, em ordem decrescente de probabilidade, entre ftases fonológicas dentro de uma ftase entonacional e entre ftases entonacionais dentro de um enunciado fonológico, mas nunca entre enunciados fonológicos. Além disso, eles ocorreram na palavra sobre a qual recai o acento nuclear da ftase entonacional.Em relação à estrutura silábica, houve troca mútua entre onsets das sílabas de palavras, preservando-se a rima. A literatura hipotetiza que os lapsos ocorrem numa seqüência de sete sílabas ou palavras. A análise mostra, porém, que, embora os lapsos ocorram dentro de trechos relativamente curtos dos enunciados, as sílabas envolvidas não devem ser vistas linearmente, mas estruturadas e parentetizadas segundo domínios da hierarquia prosódica / Abstract: Slips of the tongue are a linguistic phenomenon which shows a frontier between what is expected and what is unexpected. However, slips of the tongue, together with disfluencies and grammatical mistakes have been treated under the label of deviations or deviant speech from an idealized, perfect language. We assume that that slips of the tongue take part on the language system in which subjects are inserted and through which they constitute themselves. As a linguistic phenomenon, slips of the tongue can be analized as a rupture with the stability of meaning promoted by a subvertion of both the methaphorical (or paradigmatic) dimension and the metonimical (or syntagmatic) one, rather than deviations. The analised data were collected through notes taken from everyday situations. This method seemed to be preferable to data recording in laboratory because controlled experiments do not reveal aspects of language system such as the crossing of the paradigmatic/sintagmatic dimensions restricted by the prosodic structure of the speech. Data were collected in informal conversations. NURC Project data were also considered. The Nespor and Vogel's model (1986) was used to analyse the data. Slips of the tongue were classified as paradigmatic and syntagmatic ones. With regard to their prosodic structure, syntagmatic slips are most likely to occur between phonological phrases inside an intonational phrase and between intonational phrases within a phonological utterance, but not between phonological utterances. Most of the paradigmatic slips occured in the word that bears the nuclear stress in the intonational phrase. As for the syllabic structure, there were exchanges between onsets in words syllables, whereas the rhyme was preserved. It is suggested in the litterature that slips of the tongue occur in a sequence of seven syllables or words. This analysis shows, however, that although slips occur in short stretches of utterance, the syllables which are involved in them should not be seen as a linear sequence, but rather as part of the structure of upper domains of the prosodic hierarchy / Mestrado / Mestre em Linguística
9

Rebolar e requebrar, algo a mais do que dançar? : um estudo experimental sobre o acesso visual de verbos prefixados e pseudo-prefixados na lingua portuguesa

Ruiz, Luciana Garcia 23 February 2001 (has links)
Orientador: Edson Françoso / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem / Made available in DSpace on 2018-07-29T00:51:01Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Ruiz_LucianaGarcia_M.pdf: 3329902 bytes, checksum: 8d356aaf3e6c91dd4989147ba49880c5 (MD5) Previous issue date: 2001 / Resumo: O propósito desta dissertação é estudar, por via de um enfoque experimental, o acesso lexical de palavras morfologicamente complexas, apresentadas visualmente. A questão de interesse central relaciona-se a como as palavras morfologicamente complexas ¿ em especial, os verbos prefixados - estão representadas: as unidades de processamento correspondem à palavra integral, ou elas correspondem às unidades morfológicas constituintes (base e afixos)? Inicialmente procedeu-se a uma revisão bibliográfica, e em seguida uma série de experimentos foi planejada. Esse programa experimental foi parcialmente implementado, constituindo-se de dois experimentos (ao que se sabe, inéditos em Língua Portuguesa). No primeiro deles, replicou-se resultados tradicionais na literatura relativos à existência de efeito de priming semântico entre pares de palavras morfologicamente simples. Já no segundo experimento, trabalhamos o efeito de priming semântico com duas classes de verbos prefixados, os verbos prefixados transparentes e os pseudo-prefixados. No caso destas últimas, existe uma aparente prefixação formal, mas de fato esta palavra é uma outra unidade lexical semanticamente distante desta unidade analisada (por exemplo, requebrar nada tem a ver com quebrar). A comparação do comportamento dos sujeitos experimentais, numa tarefa de decisão lexical, frente a essas duas condições, permite estabelecer uma distinção no processamento de palavras que pode refletir diferenças de representação. Assim, conclui-se que as informações morfológicas têm um papel importante no acesso lexical / Abstract: The aim of this dissertation is to experimentally study the lexical access of morphologically complex words, presented visually. The main question relates to how morphologically complex words ¿ especially prefixed verbs - are represented: are processing units in correspondence to a whole-word representation, or are they in correspondence to morphological constituents (base and affixes)? Firstly, a literature review was conducted, and next a series of experiments was designed. Such an experimental program was partially implemented, and two experiments were run (to the best of our knowledge, none of them has ever been carried out in Portuguese). In the first, it was shown that semantic priming obtains between morphologically simple pairs; this is a common result in the psycholinguistic literature. In the second, semantic priming was employed to study the processing of two classes of morphologically complex verbs: those that are derivationally transparent, and those that are pseudo-prefixed. The latter are apparently the result of prefixation, but in fact form semantically different words (for instance, reserve cannot be put in correspondence with serve). The comparison of the subjects' responses on these two conditions, in a lexical decision task, allows one to determine processing differences related to differences in access representation. Thus, morphological information is shown to play a most important role in lexical access / Mestrado / Mestre em Linguística
10

Compreensão de orações relativas por crianças de tres a seis anos

Iha, Sumie 04 August 2018 (has links)
Orientador: Claudia T. G. de Lemos / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem / Made available in DSpace on 2018-08-04T06:31:27Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Iha_Sumie_M.pdf: 2291833 bytes, checksum: a344c2a055ff81d4ece14809546ee579 (MD5) Previous issue date: 1979 / Resumo: Esta dissertação tem como objeto de estudo a avaliação de algumas hipóteses a respeito da compreensão de orações relativas por crianças em idade pré-escolar. Com essa finalidade foi realizada uma duplicação do experimento apresentado por Sheldon em "The role of parallel function in the acquisition of relative clauses in english" (1974). Nesse artigo a autora apresenta a hipótese da função paralela, segundo a qual orações relativas em que o pronome relativo tem a mesma função que a de seu antecedente, são decodificadas mais facilmente que aquelas em que o pronome e seu antecedente têm funções diversas. Na duplicação do experimento foram testadas 33 crianças brasileiras, na faixa etária de três a seis anos, em processo de aquisição do português. O teste consistiu em fazer as crianças efetuarem, com animais de brinquedo, as ações expressas em períodos contendo orações relativas. Os resultados obtidos no experimento permitiram conclusões diferentes da proposta de Sheldon. Uma análise tanto das respostas corretas como das incorretas pareceu indicar que as crianças faziam uso de uma estratégia perceptual formulada por Bever (1970) - a estratégia D - que consiste em processar sentenças complexas, interpretando as seqüências NVN como correspondendo às relações semânticas agente/ação/objeto. Uma estratégia que pareceu ter influído no processamento das orações é a da conservação de função, proposta por Ferreiro et al. (1976) que prediz que a criança, ao processar uma oração relativa, tende a considerar um dos Sns, com função de sujeito ou objeto, como o sujeito ou objeto de ambas as ações expressas na oração. Essas conclusões implicam que, até por volta dos seis anos, as crianças não decodificam o pronome relativo da mesma maneira que os adultos / Abstract: Not informed / Mestrado / Mestre em Linguística

Page generated in 0.0935 seconds