• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 2977
  • 36
  • 31
  • 26
  • 26
  • 24
  • 15
  • 11
  • 7
  • 5
  • 5
  • 3
  • 2
  • 2
  • 2
  • Tagged with
  • 3051
  • 1087
  • 898
  • 368
  • 349
  • 267
  • 259
  • 190
  • 183
  • 181
  • 170
  • 158
  • 145
  • 143
  • 142
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
11

Maturação in vitro de ovócitos equinos : comparação entre os meios TCM 199, SOFaa e HTF:BME, e avaliação de FSH bovino, FSH equino e do hormônio de crescimento equino por meio da transferência de ovócitos

Fernandes, Cláudia Barbosa [UNESP] January 2004 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:29:16Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2004Bitstream added on 2014-06-13T20:19:18Z : No. of bitstreams: 1 fernandes_cb_me_botfmvz.pdf: 1144823 bytes, checksum: be397bc7e946052ec01bc5ab32eeebc8 (MD5) / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) / Este trabalho teve como objetivo avaliar a maturação nuclear e citoplasmática em duas condições experimentais. No experimento I (Exp I) comparou–se a utilização de três diferentes meios de cultivo TCM-199, SOFaa e HTF:BME na maturação in vitro de ovócitos eqüinos. No experimento II (Exp II) avaliou–se a habilidade dos ovócitos eqüinos maturados em meio HTF:BME suplementado com FSH homólogo e heterólogo e hormônio de crescimento eqüino (eGH), de serem fertilizados e passar pelo desenvolvimento embrionário e fetal após a transferência de ovócitos. Os ovários eqüinos foram obtidos de abatedouro e os ovócitos recuperados pela técnica de fatiamento. Em cada experimento foram realizadas cinco procedimentos com uma média de 30 ovócitos por grupo, estes foram maturados por 36 a 40 horas à 38,5ºC em atmosfera de 5% de CO2 em ar. A avaliação da maturação nuclear nos dois experimentos foi realizada em ovócitos desnudados, transferidos para gotas colocadas sobre lâmina histológica contendo 10μl Hoechst 33342 e examinados em microscópio invertido com luz fluorescente. A avaliação da morfologia citoplasmática foi realizada através de Microscopia Eletrônica de Transmissão. A análise estatística foi realizada através de ANOVA Para a transferência de ovócitos foram utilizadas receptoras não cíclicas, tratadas com Cipionato de Estradiol (ECP) por três dias (5, 3 e 2ml/dia IM). As receptoras foram inseminadas 12 horas pré e pós cirurgia, com 2x109 espermatozóides viáveis por inseminação. Foi realizada a transferência de 12,8 ovócitos maturados em média, nas condições do Exp II para cada égua, que após a cirurgia recebeu 200 mg/dia de progesterona... . / This study was designed to evaluate the nuclear and citoplasmatic oocyte maturation in two situations. Experiment I (ExpI) aimed to compare the use of TCM-199, SOFaa and HTF:BME media to mature equine oocytes in vitro. Experiment II (ExpII) evaluate the ability of equine oocytes matured in HTF:BME media containing homologous and heterologous FSH, associated with equine growth hormone (eGH), to undergo maturation and development after oocyte transfer. Equine ovaries were obtained in a slaughterhouse and the oocytes recovered after slicing the ovaries. For each experiment, five replicates were performed. After selection an average of 30 oocytes per group were matured during 36 to 40 hours at 38.5oC In an atmosphere with 5% CO2 in air. Nuclear maturation in both experiments was evaluated staining the oocytes with 10μl Hoechst 33342. Citoplasmatic maturation was analyzed in five oocytes per group using Transmission Electron Microscopy. All data was analyzed using ANOVA. For oocyte transfer, non-cycling recipient mares were treated with Estradiol Cipionate (ECP) during 3 days (5, 3 and 2ml/day IM). After transfer of an average of 12,8 oocytes matured in the Exp II conditions, each recipient mare was inseminated 12 hours pre- and post ovulation with 2x109 live sperm cells. After the surgery all recipient mares received 200 mg/day of progesterone... (Complete abstract, click electronic address below).
12

Diferenças fisiológicas reprodutivas entre Bos taurus e Bos indicus /

Bastos, Michele Ricieri. January 2012 (has links)
Orientador: Roberto Sartori Filho / Banca: Pietro Sampaio Baruselli / Banca: Guilherme de Paula Nogueira / Banca: João Carlos Pinheiro Ferreira / Banca: Nereu Carlos Prestes / Resumo: A função ovariana e as concentrações circulantes dos hormônios reprodutivos e metabólicos foram comparadas em vacas Bos taurus e Bos indicus sob as mesmas condições climáticas e nutricionais. Vacas secas das raças Nelore (n=12) e Holandês Preto e Branco (HPB; n=12) foram mantidas em baias individuais, recebendo dieta de manutenção de acordo com o NRC (2000). O ECC e o PC se mantiveram em 3,1±0,1 e 2,8±0,2 (escala de 1 a 5) e 508±17 e 575±20 kg, para Nelore e HPB, respectivamente. Após 21 dias de adaptação, o estro foi sincronizado e os animais monitorados diariamente durante um intervalo ovulatório, através de ultrassonografia ovariana, usando um transdutor linear de 7,5 MHz. Durante a primeira onda folicular, os exames ultrassonográficos foram realizados duas vezes ao dia. Amostras de sangue foram colhidas uma vez ao dia para dosagens hormonais. Os resultados foram analisados pelo procedimento Mixed do SAS (P<0,05) e apresentados como média dos quadrados mínimos ± EP. Foi observado que 80% das vacas Nelore e 60% das vacas HPB apresentaram três ondas de crescimento folicular durante o ciclo estral. Todas as demais apresentaram duas ondas. O comprimento médio do ciclo estral foi similar entre Nelore e HPB (23 dias; variando de 21 a 26). Foram observadas diferenças substanciais quanto ao número de folículos antrais entre Nelore e HPB. À emergência da onda, o número de folículos de 2 a 5 mm presentes nos ovários foi de 42,7±5,9 para Nelore (variando de 25 a 100) e 19,7±3,2 para HPB (variando de 5 a 40). O desvio folicular ocorreu, em média, 2,3 dias após a ovulação, independente de raça, quando o maior folículo atingiu 7,0±0,2 e 8,9±0,4 mm de diâmetro em Nelore e HPB, respectivamente. O diâmetro máximo do folículo ovulatório (15,7±0,3 vs 13,4±0,3 mm), assim como o volume... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: Not available / Doutor
13

Efeito de diferentes concentrações de plasma seminal na criopreservação do sêmen eqüino / Effect of different concentrations of seminal plasma on cryopreservation of equine spermatozoa

Almeida, Juliana Lopes 04 1900 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, 2006. / Submitted by wesley oliveira leite (leite.wesley@yahoo.com.br) on 2009-11-07T22:34:07Z No. of bitstreams: 1 Juliana Lopes Almeida.pdf: 420266 bytes, checksum: 4df60e81a8ee2a3121c95ea91bbe519d (MD5) / Approved for entry into archive by Gomes Neide(nagomes2005@gmail.com) on 2010-06-23T02:57:20Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Juliana Lopes Almeida.pdf: 420266 bytes, checksum: 4df60e81a8ee2a3121c95ea91bbe519d (MD5) / Made available in DSpace on 2010-06-23T02:57:20Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Juliana Lopes Almeida.pdf: 420266 bytes, checksum: 4df60e81a8ee2a3121c95ea91bbe519d (MD5) Previous issue date: 2006-04 / A baixa fertilidade é um dos fatores que restringe o uso da criopreservação de sêmen na espécie eqüina. Durante o congelamento, os espermatozóides sofrem vários danos, tais como alterações na membrana, capacitação prematura, alterações no DNA e estresse oxidativo. Os espermatozóides são suscetíveis ao estresse oxidativo devido, principalmente, à grande quantidade de ácidos graxos poliinsaturados presentes nas suas membranas e pela baixa concentração de enzimas antioxidantes no seu citoplasma. A reduzida fertilidade, muitas vezes, tem sido correlacionada com a baixa capacidade antioxidante do sêmen e tal fato pode se dar devido à retirada do plasma seminal durante o processo de criopreservação. Estudos recentes têm demonstrado efeito benéfico do plasma seminal no armazenamento dos espermatozóides eqüinos submetidos ao resfriamento ou congelamento. O objetivo do presente estudo foi avaliar os efeitos de diferentes concentrações de plasma seminal na proteção contra o estresse oxidativo e danos na viabilidade da célula espermática. Foram utilizados 4 garanhões, sendo congeladas 4 partidas de cada animal. Após a colheita o plasma seminal foi retirado e os espermatozóides ressuspendidos em diluente contendo diferentes concentrações de plasma 0% (T1), 5% (T2), 25% (T3) e 50% (T4). As análises realizadas pós-descongelação foram motilidade, vigor, morfologia, integridade de membrana, integridade de acrossoma , integridade de DNA, peroxidação lipídica e proteína carbonilada. A adição de plasma seminal não afetou (p>0,05) a morfologia espermática e a integridade de DNA. Espermatozóides congelados com 5% de plasma seminal (T2) foram semelhantes ao controle (T1) em todas as variáveis estudadas (p>0,05), com exceção da peroxidação lipídica, que foi maior (p<0,05) no tratamento sem plasma (T1). O T4 apresentou menor (p<0,05) motilidade, vigor, percentagem de células com membrana íntegra e acrossoma intacto. Efeitos do plasma seminal na proteção contra oxidação de proteínas não foram observados(p>0,05). Em conclusão, o plasma seminal possui efeito antioxidante durante criopreservação, entretanto esse efeito não protege a viabilidade das células espermáticas de outros danos decorrentes da criopreservação, podendo , inclusive acentuar esses danos quando utilizado em concentrações de 25% ou mais. __________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / One of the major limiting factors of equine frozen semen is the low fertility obtained. During freezing process spermatozoa undergoes a series of damages such as changes in membrane components, premature capacitation, chromatin damages and oxidative stress. Sperm cells are very susceptible to oxidative stress due to high concentration of polyunsaturated fatty acids in the membrane and low concentration of antioxidant enzymes in their cytoplasm. It has been shown that there is a correlation between low antioxidant capacity of semen and fertility of the animal and it may be due to seminal plasma removal during cooling or freezing process. Recent studies have shown a beneficial effect of seminal plasma in the storage of equine spermatozoa either by cooling or by cryopreservation. The objective of the present study was to evaluate the effect of different concentrations of seminal plasma in the protection against oxidative stress during cryopresenvation of equine spermatozoa, and to verify that effect in cell viability. In this experiment, four stallions were used and four ejaculates were obtained from each animal. After collection, seminal plasma was removed and spermatozoa ressuspended in extender with seminal plasma in different concentrations 0% (T1), 5% (T2), 25% (T3) e 50% (T4). Motility, vigor, morphology, membrane, acrossome and DNA integrity, lipid peroxidation and protein oxidation were analyzed after freezing and thawing. Seminal plasma did not affect (p>0,05) sperm morphology and DNA integrity. Frozen spermatozoa with 5% (T2) of seminal plasma were similar (p>0,05) to control (T1) in all variables studied, except in lipid peroxidation analysis, in which the results were higher (p<0,05) in control in comparison with the other treatments. T4 presented lower (p<0,05) motility, vigor, membrane and acrossome intact cells percentage. Effect of seminal plasma protection against protein oxidation was not observed (p>0,05). In conclusion, seminal plasma presented antioxidant effect during cryopreservation, however, this effect does not protect the spermatozoa viability from other cryopreservation damages and it may even exacerbate theses damages in concentrations of 25% or higher.
14

Biologia reprodutiva de Vanellus chilensis (Aves: Charadriidae) : por que reproduzir em grupo?

Santos, Eduardo da Silva Alves dos 03 1900 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Ecologia, Programa de Pós-Graduação em Ecologia, 2009. / Submitted by Allan Wanick Motta (allan_wanick@hotmail.com) on 2010-03-12T19:15:09Z No. of bitstreams: 1 2009_EduardodaSilvaAlvesdosSantos.pdf: 2677700 bytes, checksum: 02a1042ac27e66681a0502c799bfd619 (MD5) / Approved for entry into archive by Daniel Ribeiro(daniel@bce.unb.br) on 2010-04-15T16:20:42Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2009_EduardodaSilvaAlvesdosSantos.pdf: 2677700 bytes, checksum: 02a1042ac27e66681a0502c799bfd619 (MD5) / Made available in DSpace on 2010-04-15T16:20:42Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2009_EduardodaSilvaAlvesdosSantos.pdf: 2677700 bytes, checksum: 02a1042ac27e66681a0502c799bfd619 (MD5) Previous issue date: 2009-03 / Recentemente, foi demonstrado que fêmeas reprodutoras reduzem o investimento nutricional nos ovos sem que os filhotes sejam prejudicados. Isso ocorre porque ajudantes de ninho compensam a redução de nutrientes dos ovos trazendo alimento extra para os filhotes. Usando o quero-quero (Vanellus chilensis) como objeto de estudo, esta dissertação testou o efeito da presença de indivíduos extra no investimento maternal de fêmeas reprodutoras. Para isso, este trabalho avaliou 4 hipóteses: (1) o tamanho da ninhada é maior em ninhos de grupos, (2) o período de incubação é reduzido em grupos que contém indivíduos extra, (3) a qualidade dos ovos é reduzida na presença de indivíduos extra, e (4) os filhotes de ovos de fêmeas com ajudantes possuem menor índice de massa corporal (IMC). A meta-análise flexível foi adaptada para gerar uma estimativa de tamanho de efeito médio para a relação entre tamanho do grupo e o investimento maternal. Os resultados da metaanálise indicam uma associação negativa entre a duração da incubação e o tamanho do grupo. Uma associação negativa entre o volume dos ovos e o tamanho do grupo também foi observada. Uma pequena associação negativa entre as variáveis de investimentos nutricional (massa da gema, proteínas e lipídios) nos ovos e a presença de ajudantes foi observada, porém não foi significativa. Não houve associação entre o tamanho da ninhada, o IMC dos filhotes e o tamanho do grupo. O resultado da metaanálise indica, de forma geral, uma associação entre a presença de indivíduos extra e a redução de investimentos maternais, sem que a prole seja afetada. Assim, este estudo suporta a hipótese da redução de investimento maternal em espécies cooperativas. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT / It has been recently demonstrated that females can reduce their egg investment without incurring costs onto the developing embryos. This happens when females breed in the presence of helpers-at-the-nest that compensate for the egg nutrient reduction by bringing more food for the chicks. Using the southern lapwing (Vanellus chilensis) as the study subject, this dissertation tested the effects of the presence of extra individuals on maternal investment. Hence, to achieve this objective the study evaluated 4 hypotheses: (1) clutch size is larger in nests of groups than in nests of pairs, (2) the incubation period is reduced in group with extra individuals, (3) egg quality is reduced by the presence of helpers in the breeding unit, and (4) chicks of mothers with helpers have lower body mass index (BMI). The flexible meta-analysis was adapted to estimate the average effect size for the association between group size and maternal investment. The results of the meta-analysis indicate a negative association between the duration of the incubation period and group size. A negative association between egg volume and group size was also observed. A small negative association between egg nutritional investment variables (yolk, protein and lipid mass) and group size was observed, however these were not significant. There was no association between clutch size, chick BMI and group size. The result of the metaanalysis shows a general association between the reduction in maternal investments and the presence of extra individuals, without affecting the offspring. This study supports the maternal investment reduction hypothesis in cooperatively breeding species.
15

Cultivo in vitro e em membrana corioalantoica e autotransplante heterotópico de tecido ovariano de gatas domésticas

Vilela, Janice de Miranda Vasconcellos 29 June 2016 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Biologia Animal, 2016. / Submitted by Fernanda Percia França (fernandafranca@bce.unb.br) on 2016-09-22T19:09:26Z No. of bitstreams: 1 2016_JanicedeMirandaVasconcelosVilela.pdf: 3616352 bytes, checksum: 9412786c69d298726d117345dce621af (MD5) / Approved for entry into archive by Ruthléa Nascimento(ruthleanascimento@bce.unb.br) on 2017-03-07T14:51:12Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2016_JanicedeMirandaVasconcelosVilela.pdf: 3616352 bytes, checksum: 9412786c69d298726d117345dce621af (MD5) / Made available in DSpace on 2017-03-07T14:51:12Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2016_JanicedeMirandaVasconcelosVilela.pdf: 3616352 bytes, checksum: 9412786c69d298726d117345dce621af (MD5) / O objetivo deste trabalho foi testar a viabilidade de utilização das técnicas de cultivo in vitro, cultivo em membrana corioalantoica de embriões de galinha (CAM) e autotransplante heterotópico para avaliação da do tecido ovariano de gatas. Na primeira etapa, foi comparado o cultivo de tecido ovariano fresco de gatas in vitro e em CAM para determinar se estes métodos seriam adequados para avaliar a eficácia da criopreservação de tecido ovariano. Para isso, ovários de 8 gatas foram cortados em cubos de 3 mm3, cultivados in vitro e em CAM por até 5 dias. A porcentagem de folículos primordiais na população de folículos morfologicamente normais (FMN) foi sempre maior que 80%, com exceção do dia 3 de cultivo em CAM. Não foi observado proliferação celular ao longo do cultivo. Adicionalmente, ambos os métodos mostraram um aumento do tecido conjuntivo a cada dia que o tecido permaneceu em cultivo. Foi observado vascularização durante o cultivo em CAM, porém sem associação com a viabilidade folicular. Nenhum dos sistemas foi capaz de promover crescimento e/ou desenvolvimento folicular. O autotransplante heterotópico já se mostrou eficiente em tecido ovariano fresco de gatas, por isso, na segunda etapa do experimento, este método foi utilizado para avaliar o protocolo de criopreservação de tecido ovariano felino. Quatro gatas foram submetidas a ovariohisterectomia e os ovários foram cortados e criopreservados. Após uma semana, foram autotransplantados para o tecido subcutâneo da região dorsal do pescoço e retirados após 7, 14, 28, 49 e 63 dias. A porcentagem de folículos morfologicamente normais primordiais e em crescimento nas amostras de tecido fresco (Grupo Controle) foram de 87,8% e 96,7%, respectivamente, e imediatamente após o descongelamento (Controle Crio) de 73,7% e 100%, respectivamente, e não foram significativamente diferentes entre si. Folículos em crescimento quase não foram vistos após o transplante. Nenhum FMN foi encontrado a partir de 49 dias de transplante. Nos fragmentos de Controle e Controle Crio, a maioria dos folículos (primordiais e em crescimento) apresentavam proliferação das células da granulosa. Dois folículos antrais foram encontrados aos 28 dias em uma das gatas e se mostraram vivos e proliferativos. Houve um aumento das fibras colágenas a partir dos 7 dias de transplante. A vascularização do tecido foi observada após 7 dias de transplante, e vasos sanguíneos calibrosos foram facilmente observados nos dias 49 e 63 após transplante. Houve uma grande perda folicular após o transplante de tecido ovariano de gatas previamente criopreservado. Em conclusão, o cultivo em CAM não parece promissor para tecido ovariano de felinos, mas o cultivo in vitro pode ser otimizado para melhor desenvolvimento dos folículos ovarianos de gatas e para avaliação do tecido após criopreservação. Os transplantes permanecem como a alternativa mais viável para avaliar a criopreservação. No entanto, o presente estudo mostrou que a sobrevivência folicular após criopreservação e transplante foi muito baixa, provavelmente devido à junção das injúrias causadas pela criopreservação com os danos provocados pelo período de isquemia-reperfusão do tecido nos primeiros dias de transplante. Desta forma, as técnicas de transplante e de criopreservação também devem ser otimizadas. / The aim of this study was to test the viability of in vitro culture (IVC), culture in the chorioallantoic membrane of chick embryos (CAM) and heterotopic autotransplantation techniques for evaluation of cat ovarian tissue. In the first stage, we compared the culture of fresh cat ovarian tissue in vitro and in CAM to determine if those methods would be suitable to evaluate the efficacy of cryopreservation of ovarian tissue. For this, ovaries from 8 queens were cut in 3 mm³ cubes, and cultured in vitro and in CAM for up to 5 days. The percentage of primordial follicles in the population of morphologically normal follicles (MNF) was always higher than 80%, with the exception of day 3 in the CAM. Cellular proliferation was not observed in culture. Additionally, both methods showed an increase in connective tissue during culture. Vascularization was observed during culture in CAM, however, there was no association with follicular viability. None of the systems were capable of promoting follicular growth and/or development. Heterotopic autotransplantation has already been demonstrated to be effective for fresh cat ovarian tissue, thus, in the second stage of this study, this method was used to evaluate ovarian tissue cryopreservation. Four queens were subjected to ovariohysterectomy and the ovaries were cut and cryopreserved. After one week, they were thawed and autografted to the subcutaneous tissue of the dorsal neck region and removed after 7, 14, 28, 49 and 63 days. The percentage of primordial and growing MNF in fresh tissue samples (Control) were 87.8% and 96.7%, respectively, and immediately after thawing (Cryo Control) were 73.7% and 96.7%, respectively, and they were not significantly different. Growing follicles were hardly seen after grafting. No MNF were found after 49 days of transplantation. In Control and Cryo Control fragments, most of the follicles (primordial and growing) presented granulosa cell proliferation. Two antral follicles were found on day 28 post-transplantation in one of the queens and they were alive and proliferative. There was an increase in connective fibers from day 7 of transplantation on. Vascularization of the tissue was observed after 7 days of grafting and calibrous blood vessels were easily observed in days 49 and 63 post-grafting. There was a great follicular loss after cryopreserved ovarian tissue transplantation. In conclusion, culture in CAM does not seem promising for cat ovarian tissue, but IVC may be optimized for better cat follicle development and evaluation of the tissue after cryopreservation. Transplantation remains the most viable alternative to evaluate cryopreservation. However, this study showed that follicular survival after cryopreservation and grafting was low, probably due to the combination of injuries caused by cryopreservation with the damages caused by ischemia-reperfusion period in the early days of the tissue transplant. Thus, the techniques of cryopreservation and transplantation must also be optimized.
16

Maior tempo de exposição à progesterona associado ao uso de agonista de GnRH na superovulação e produção de embriões ovinos / Longer exposure to progesterone associated with gnrh agonist for superovulation and embryo production in sheep

Brasil, Oscar Oliveira 18 February 2013 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, Programa de Pós-Graduação em Ciências Animais, 2013. / Submitted by Alaíde Gonçalves dos Santos (alaide@unb.br) on 2013-07-05T15:20:21Z No. of bitstreams: 1 2013_OscarOliveiraBrasil.pdf: 522108 bytes, checksum: a89f2e5158777e0a43601cb26341bd8b (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2013-07-08T14:01:59Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_OscarOliveiraBrasil.pdf: 522108 bytes, checksum: a89f2e5158777e0a43601cb26341bd8b (MD5) / Made available in DSpace on 2013-07-08T14:01:59Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_OscarOliveiraBrasil.pdf: 522108 bytes, checksum: a89f2e5158777e0a43601cb26341bd8b (MD5) / Os programas de múltipla ovulação e transferência de embriões (MOTE) vêm evoluindo ao longo dos últimos anos, contudo ainda existe uma grande variabilidade na resposta superovulatória e produção embrionária que limita o sucesso desta tecnologia na ovinocultura. Um aumento da qualidade folicular e oocitária associado a uma maior controle do momento das múltiplas ovulações poderia ser benéfico para aumentar o número de embriões produzidos. Este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito da maior exposição à progesterona exógena, durante a superestimulação, associado ou não a adição de agonista de GnRH sobre a resposta superovulatória, produção e qualidade embrionária, usando sêmen congelado. Quarenta e oito fêmeas da raça Santa Inês, foram sincronizadas com a inserção de um implante intravaginal (CIDR). Os animais foram divididos aleatoriamente em três grupos experimentais: exposição à progesterona por 14 dias (Controle; n = 14); prolongamento de 12 horas na exposição à progesterona (G12hP4; n = 21); e prolongamento de 12 horas associado a uma aplicação de 25 μg de lecirelina (G12hP4GnRH; n = 13). Para superestimulação, 133 mg de pFSH foram administradas em doses decrescentes em 8 aplicações. A resposta superestimulatória e a quantidade de folículos grandes ainda não ovulados foram avaliadas por ultrassonografia (US), ao final do tratamento com FSH e 12 horas após a segunda inseminação artificial (IA), respectivamente. O estro foi detectado com auxílio de rufiões após a remoção do CIDR, e as inseminações foram realizadas 36 e 48 horas após a retirada do mesmo, usando sêmen congelado (100x106 epz/dose). Cinco dias após a primeira inseminação, o número de corpos lúteos (CL) foi avaliado por laparoscopia e os embriões colhidos por laparotomia pré-púbica. A quantidade de ovelhas em estro e o tempo de início do estro após a remoção do dispositivo de progesterona foi semelhante entre os grupos (P>0,05). Todos os grupos tiveram uma elevada resposta superestimulatória (médias variando de 14,33 a 16,18 folículos ≥ 4 mm) (P>0,05). O número de CL foi elevado em todos os grupos (variação de 11 a 12) (P>0,05). O percentual de fertilização foi maior (P<0,05) no G12hP4GnRH do que no Controle e G12hP4 (77%, 34%, e 41%, respectivamente). O maior tempo de exposição à progesterona reduziu (P<0,05) a proporção de embriões degenerados (Controle = 30%; G12hP4 = 7% e GP12hP4GnRH = 10%). A associação do aumento da exposição à progesterona com administração de GnRH reduziu a degeneração embrionária e aumentou a fertilização dos oócitos, podendo ser adotada nos programas de MOTE. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Multiple ovulation and embryo transfer programs (MOET) have been evolving over the past few years, however there is still wide variability in superovulatory response and embryo production which limits this technology success of for the sheep industry. An increase in follicular and oocyte quality associated with a control of multiple ovulations moment could be beneficial to increase the produced embryos number. This study aimed to evaluate the effect of increased the exposure time to exogenous progesterone during overstimulation, with or without the addition of GnRH agonist at superovulatory response. For the experiments of embryo production and to access the quality frozen semen was used. Forty-eight Santa Ines ewes were synchronized with intravaginal insertion of progesterone implant (CIDR). The animals were randomly divided into three groups: exposure to progesterone for 14 days (Control, n = 14); extension of 12 hours progesterone exposure (G12hP4, n = 21); and 12 hours extension associated with an application of 25 μg of Lecirelin (G12hP4GnRH, n = 13). For overstimulation, 133 mg of pFSH in decreasing doses were administered in eight applications. Superstimulatory response and large follicles amount that has not ovulated were evaluated by ultrasonography (US), after the treatment with FSH and 12 hours after the second artificial insemination (AI), respectively. Estrus was detected with the aid of thugs after CIDR removal and inseminations were performed 36 and 48 hours after removal, using frozen semen (100x106 sptz/dose). Five days after the first insemination, the number of corpora lutea (CL) was measured by laparoscopy and the embryos were collected by prepubic laparotomy. The amount of oestrus ewes and time of onset of estrus after device removal of progesterone was similar between groups (P > 0.05). All groups had a high superstimulatory response (averages ranging from 14.33 to 16.18 follicles ≥ 4 mm) (P > 0.05). The number of CL was high in all groups (averages ranging from 11 to 12.00) (P > 0.05). The fertilization rate was significantly higher in the G12hP4GnRH compared to the Control and G12hP4 (77%, 34% and 41%), respectively. The longer exposure to progesterone reduced degenerated embryos proportion (Control = 30%; G12hP4 = 7% and G12hP4GnRH = 10%). The association of increased progesterone exposure time and GnRH administration reduces embryonic degeneration and increased oocytes fertilization rates and it may be adopted at MOET programs.
17

Efeito da estimulação ovariana na quantidade e qualidade de ovócitos obtidos por aspiração folicular transvaginal em novilhas nelore / Effect of ovarian stimulation in the quantity and quality of oocytes obtained by ovum pick up in Nellore heifers

Diesel, Tiago Omar 25 February 2010 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, 2010. / Submitted by Shayane Marques Zica (marquacizh@uol.com.br) on 2011-02-24T20:21:38Z No. of bitstreams: 1 2010_TiagoOmarDiesel.pdf: 734259 bytes, checksum: 6e0b1eddf51b2a9c40945329b1aaffcb (MD5) / Approved for entry into archive by Luanna Maia(luanna@bce.unb.br) on 2011-03-21T14:01:59Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2010_TiagoOmarDiesel.pdf: 734259 bytes, checksum: 6e0b1eddf51b2a9c40945329b1aaffcb (MD5) / Made available in DSpace on 2011-03-21T14:01:59Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2010_TiagoOmarDiesel.pdf: 734259 bytes, checksum: 6e0b1eddf51b2a9c40945329b1aaffcb (MD5) / O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito da estimulação ovariana na quantidade e qualidade de ovócitos obtidos por aspiração folicular transvaginal (OPU) em novilhas Nelore. Foram utilizadas 27 novilhas cíclicas da raça Nelore, sendo que todos os animais passaram pelos três tratamentos em delineamento “cross-over”. Os animais foram sincronizados e no D6 após a manifestação do cio foi realizada a ablação dos folículos ≥ 5mm de diâmetro, com colocação de implante intravaginal de progesterona e aplicação de prostaglandina F2α,. Nos animais do grupo controle (Tc) a OPU foi realizada no D12 após estro; no grupo SOV-LH (T1) no D8 após estro teve início a administração de FSH (162 UI-PLUSET ®) em 6 doses decrescentes de 12 em 12 horas, e a OPU foi realizada 36 horas após a última aplicação de FSH, sendo que 6 horas antes da OPU os animais receberam uma aplicação de 25mg de LH; no grupo SOV (T2) os animais receberam o mesmo tratamento do T1, porém sem aplicação de LH. No momento da OPU os folículos foram contados, classificados pelo tamanho em > 6 mm e < 6 mm e aspirados separadamente de acordo com o tamanho. Os CCOs recuperados foram classificados de acordo com a qualidade morfológica (1-4) e os de qualidade grau 1,2,3 foram utilizados para a PIV. Um total de 833 ovócitos foram maturados e fecundados in vitro, sendo que a taxa de clivagem foi avaliada no D2 (48h após a inseminação) a taxa de blastocisto avaliada nos dias 6,7,8 e a taxa de eclosão no dia 8. Para detectar a existência de efeito do tamanho dos folículos (>6 mm e <6 mm) e tratamentos hormonais (Tc, T1, T2), bem como suas interações sob a taxa de ovócitos recuperados e produção de embriões foi utilizado o modelo linear generalizado misto (MLGM). Para o número de folículos aspirados, ajustou-se um modelo linear generalizado misto família quase Poisson, com função de ligação log, para analisar a taxa de eclosão foi utilizado o modelo linear generalizado família binomial. Os resultados indicaram que o tratamento T2 (8,5 ± 5,5) apresentou número médio de ovócitos recuperados maior (P<0,05) do que o T1 (7,2 ± 4,3) e o Tc (6,7 ± 4,3). Quando as médias foram avaliadas por tamanho de folículo, foi observado número médio de ovócitos recuperados a por sessão maior (P<0,05) nos folículos <6 mm (9,3 ± 5,4) em comparação aos >6 mm (5,7 ± 3,2). O número de folículos <6 mm foi maior (P<0,05) no Tc (34,8 ± 16,3) em relação ao T1(8,5 ± 8,6) e T2 (10,1 ± 7,6), e estes foram semelhantes (P>0,05). Já para folículos >6mm um maior número foi observado no T1(23,5 ± 11,5) e T2 (19,1 ± 6,8) em comparação ao Tc (1,8 ± 1,4) (P<0,05). A produção de ovócitos de qualidade I, II e III de folículos < 6mm, foi maior no Tc em comparação aos tratamentos T1 e T2 (P<0,05). Para folículos < 6mm o T2 produziu mais ovócitos de qualidade I em média, 2,62 vezes maior (P<0,05) em relação ao T1. O contrário ocorreu na produção de ovócitos de qualidade I, II e III de folículos >6mm onde T1 e T2 foram semelhantes, porem produziram mais ovócitos que Tc (P<0,05). Os resultados mostraram que a taxa de blastocisto não diferiu entre os tratamentos (P>0,05) quando apenas os folículos menores do que 6 foram avaliados, sendo 31,2±12,2%, 31,0±16,9% e 24,3±14,1% para Tc, T1 e T2, respectivamente. Entretanto, quando o tamanho do folículo >6mm foi considerado, um aumento (P<0,05) na taxa de blastocistos foi observada nos tratamentos T1 (47,8±21,2%) e T2 (39,1±19,8%) em relação ao Tc (22,2±44,1%). O efeito do tratamento hormonal na produção embrionária também foi detectado quando a análise global foi realizada independente do tamanho do folículo, sendo a taxa de blastocisto maior (P<0,05) no T1 (39,4±20,5%) e T2 (31,7±18,4%) em relação ao Tc (26,7±31,7%). A taxa de eclosão foi semelhante entre todos os tratamentos considerando ou não o tamanho folicular (P>0,05). A superestimulação ovariana, com ou sem aplicação de LH, aumentou a produção de embriões in vitro em novilhas Nelore. Portanto a aplicação de FSH na onda sincronizada para aspiração folicular pode ser uma alternativa viável para a produção comercial de embriões in vitro. ________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The aim of this study was to evaluate the effect of ovarian stimulation in quantity and quality of oocytes obtained by ovum pick up (OPU) in Nellore heifers. Twenty seven Nellore cyclical heifers were used in a cross-over experimental design, where all the animals passed by each of the three treatments. All animals were sincronized and on D6 after estrus detection the ablation of follicles ≥ 5 mm in diameter was performed and the animals received an intravaginal implant of progesterone and an application of prostaglandin F2α. In the animals of the control group (Tc) the OPU was performed on D12 after estrus; in the group SOV-LH (T1) on D8 after estrus, it has started the administration of FSH (162 UI-PLUSET ®) in 6 decreasing doses of 12 to 12 hours, the OPU was performed 36 hours after the last application of FSH and, 6 hours before OPU the animals received one application of 25 mg of LH; in the group SOV (T2) the animals received the same treatment as T1, but without the application of LH. At the time of OPU follicles were counted and classified by the size in > 6 mm and <6 mm, and then were aspirated separately. The recovered COCs were classified according to morphological quality (I-IV) to quality in grade I, II, III and were used for IVP. A total of 833 oocytes were matured in vitro, cleavage rate was evaluated on D2 [48 h post insemination (pi)] and blastocyst rate on day 6, 7 and 8 pi, being the hatching rate evaluated on D8 pi. To detect effect of the follicles size (> 6 mm and <6 mm) and hormonal treatments (Tc, T1, T2) and their interactions in the rate of retrieved oocytes and embryo production the generalized linear mixed model (MLGM) with normal distribution and log link function was used. For the number of aspirated follicles, a generalized linear mixed model almost Poisson family was adjusted with log link function. To analyze the hatching a generalized linear model binomial family was used. The results indicated that in T2 treatment (8.5 ± 5.5) a higher number of oocyte was recoverd (P<0.05) than in T1 (7.2 ± 4.3) and Tc (6.7 ± 4.3). When the means were evaluated by follicles size, it was observed a higher number of oocytes per session (P<0.05) in follicles <6 mm (9.3 ± 5.4) compared to >6 mm (5.7 ± 3.2). The number of follicles <6 mm was higher (P <0.05) in Tc (34.8 ± 16.3) compared to T1 (8.5 ± 8.6) and T2 (10.1 ± 7.6), which were similar between them (P>0.05). For follicles > 6 mm a larger number was observed in T1 (23.5 ± 11.5) and T2 (19.1 ± 6.8) compared to Tc (1.8 ± 1.4) (P<0.05). On follicles <6 mm, higher number of oocytes grade I, II and III were recovered in Tc compared to treatments T1 and T2 (P<0.05). For follicles <6 mm the T2 produced more oocytes quality I, being 2.62 times higher (P<0.05) than T1. In contrast, for follicles > 6 mm number of oocytes grade I, II and III was similar between T1 and T2, but it was lower in Tc (P<0.05). The results showed that the blastocyst production did not differ between treatments (P>0.05) when only the follicles smaller than 6 mm were considered, being 31.2 ± 12.2%, 31.0 ± 16.9% and 24.3 ± 14.1% for Tc, T1 and T3, respectively. However, when only follicle > 6 mm were considered, an increase (P<0.05) in blastocyst rate was observed in T1 treatments (47.8 ± 21.2%) and in T2 (39.1 ± 19.8%) compared to Tc (22.2 ± 44.1%). The effect of hormonal treatment on blastocyst production was also detected when a global analysis was conducted independent of follicle size, being the blastocyst rate higher (P<0.05) in T1 (39.4 ± 20.5%) and T2 (31.7 ± 18.4 %) than in Tc (26.7 ± 31.7%). The hatched rate was similar among all treatments considering or not the follicular size (P>0.05), in the general analysis the hatched rate was similar for Tc (39.0±12.2%), T1 (38.7±25.3%) and T2 (35.524.1%). The ovarian stimulation, with or without application of LH, increased the in vitro production of embryos in Nellore heifers. Therefore the application of FSH in the synchronized wave for follicular aspiration may be a viable alternative to the commercial production of embryos in vitro.
18

Tolerância ao calor em ovinos reprodutores criados no Distrito Federal

Cruz Júnior, Carlos Alberto da 22 December 2011 (has links)
Tese (Doutorado)—Universidade Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, 2012. / Submitted by Gabriela Botelho (gabrielabotelho@bce.unb.br) on 2012-07-11T18:23:36Z No. of bitstreams: 1 2011_CarlosAlbertodaCruzJúnior.pdf: 1262536 bytes, checksum: 2770bf163e813cb990b05fc8483173d8 (MD5) / Rejected by Jaqueline Ferreira de Souza(jaquefs.braz@gmail.com), reason: O ARQUIVO NÃO ESTÁ BLOQUEADO on 2012-07-13T11:18:09Z (GMT) / Submitted by Gabriela Botelho (gabrielabotelho@bce.unb.br) on 2012-07-13T12:17:12Z No. of bitstreams: 1 2011_CarlosAlbertodaCruzJúnior.pdf: 1261717 bytes, checksum: 695a248fc7bc3579a211d35843d2d243 (MD5) / Approved for entry into archive by Jaqueline Ferreira de Souza(jaquefs.braz@gmail.com) on 2012-07-13T12:23:44Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2011_CarlosAlbertodaCruzJúnior.pdf: 1261717 bytes, checksum: 695a248fc7bc3579a211d35843d2d243 (MD5) / Made available in DSpace on 2012-07-13T12:23:44Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2011_CarlosAlbertodaCruzJúnior.pdf: 1261717 bytes, checksum: 695a248fc7bc3579a211d35843d2d243 (MD5) / Para que os ovinos possam expressar o seu potencial genético para a produção e reprodução, devem se encontrar em ambientes com condições climáticas situadas na zona de termoneutralidade, entretanto, nas últimas décadas tem ocorrido a introdução de raças exóticas especializadas na produção de carne nos plantéis do Distrito Federal, as quais são mantidas em sistema de criação extensivos sob desafio do calor intenso e baixa umidade relativa do ar. Este estudo utilizou reprodutores puros (registrados na associação brasileira de criadores de ovinos – ARCO), clinicamente sadios, de seis raças (Santa Inês, Bergamácia, Dorper, Texel, Ile de France e Hampshire Down) com os objetivos de avaliar as características relacionadas à tolerância ao calor e as correlações existentes entre elas; associar características físicas com as respostas fisiológicas, determinar quais características ligadas à tolerância ao calor são capazes de separar as raças e indivíduos e demonstrar os efeitos provocados pelo calor consecutivo e longo (7 dias) no escroto e testículos. Os resultados mostram que as características climáticas da região do Distrito Federal exerceram influência na termorregulação das raças estudadas sendo recomendado considerá-las quando da escolha de raças para cruzamentos e composição dos rebanhos locais. Entre as caracteristicas fisiológicas estudadas, a frequência respiratória apresentou-se melhor que a frequência cardíaca e temperatura retal para explicar alterações fisiológicas causadas pelo estresse térmico. A região da soldra demonstrou ser a melhor área para aferição da temperatura corpórea irradiada. A luminosidade de pelo e da pele influenciam mais na termorregulação do que as características de tonalidade. Das medidas testiculares o perímetro escrotal influencia mais a capacidade de termorregulação do que espessura, largura e comprimento testicular. O diagrama de árvore mostrou clara distância entre as raças , não havendo diferença entre a Santa Inês e Bergamácia, sendo essas raças localmente adaptadas menos sensíveis ao estresse térmico. A insulação escrototesticular provocou redução nos valores das características analisadas, azoospermia e retorno aos padrões de pré-insulação, o que demosntra reversibilidade ao insulto térmico. _________________________________________________________________________ ABSTRACT / For sheep to express their genetic potential for production and reproduction, they should be reared in their thermonetral Zone. However, in recent decades, exotic breeds, specialized in meat production, have been introduced into farms in the Federal District. These are kept in extensive rearing system and challenged with intense heat and low humidity. This study used purebred rams (registered association in Brazilian sheep farmers - ARCO), clinically healthy, from six breeds (Santa Ines, Bergamasca, Dorper, Texel, Ile de France and Hampshire Down) with the objective of evaluating characteristics related to heat tolerance and correlations between them; associate physical characteristics with physiological responses, determine which heat tolerance traits are capable of separating the breeds and individuals as well as demonstrate the effects caused by heating on the scrotum and testicles. The results show that the climatic characteristics of the Federal District region had an influence on the thermoregulation of the breeds studied and recommend that these should be considered when selecting breeds for crossbreeding and composition of local herds. Among the physiological characteristics studied, respiratory rate was better than heart rate and rectal temperature to explain the physiological changes caused by thermal stress. The groin proved to be the best area for measurement of radiated body temperature. The luminosity of the skin affected thermoregulation more than its tone. The Scrotal circumference was more important that individual thickness, width and length of the testis. The tree diagram shows a clear separation between the breeds, with no difference between the Santa Ines and Bergamasca, these locally adapted breeds being less sensitive to thermal stress. Scrototesticular insulation caused reduction in the values of the characteristics analyzed, azoospermy, but there was a return to pre-insulation standards, which demonstrated reversibility of the thermal insult.
19

Historia natural de Phyllomedusa distincta, na Mata Atlantica do Municipio de Sete Barras, Estado de São Paulo (Amphibia, Anura, Hylidae)

Castanho, Luciano Mendes 26 January 1994 (has links)
Orientador : Adão Jose Cardoso / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-18T21:52:00Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Castanho_LucianoMendes_M.pdf: 12244245 bytes, checksum: c3d08f2a16e0d31af2ca12a56429fc20 (MD5) Previous issue date: 1994 / Resumo: o objetivo deste estudo foi obter o maior número de informações possível sobre os hábitos de P. distincta, no Parque Estadual de Carlos Botelho (24°12'S; 47°SS'W; 60 m acima do nível do mar), Sete Barras, SP, sudeste do Brasil. Realizei as observações numa lagoa com cerca de 20 m x 7 m. Ao redor da lagoa, há um gramado com algumas árvores e pequenos arbustos na beira da água. Há pouca vegetação aquática, concentrada nas margens. A vegetação circundante é de Mata Atlântica típica. O clima é úmido-mesotérmico. Fiz observações preliminares em 1990 e viagens mensais de 3 dias, no período reprodutivo de 1991. O comportamento reprodutivo de P. distincta segue o padrão de outras espécies do gênero. A população estudada se reproduz de setembro a fevereiro. Os machos exibem procura ativa por fêmeas e defendem territÓrios reprodutivos móveis por meio de vocalizações, confrontos fisicos e sinalizações com as pernas. Aparentemente, as fêmeas não selecionam seus parceiros sexuais e sua chegada ao sítio de reprodução é assincrônica. Após o início da desova, que ocorre distante do sítio de canto do macho, em uma folha pendente sobre a água, outro(s) macho(s) pode(m) colocar sua(s) cloaca(s) próximo à da fêmea, na tentativa de fecundar os ovos. Suponho que o comportamento reprodutivo de P. distincta evoluiu em conseqüência de seu modo particular de locomoção (caminha ao invés de saltar) associado ao aspecto estrutural dos sítios de corte, que dificultaria a seleção do macho pela fêmea. Essas características fariam com que uma estratégia em que o macho vocaliza e espera a chegada da fêmea, que geralmente ocorre em espécies com estação reprodutiva longa, fosse evolutivamente instável e superada por uma estratégia em que o macho vai ao encontro da fêmea. A eliminação de excretas nitrogenados na forma de ácido úrico só é conhecida em Phyllomedusa e Ghiromantis. Essa característica proporciona economia de água e está ligada à impermeabilização cutânea, que ocorre em Phyllomedusa pelo espalhamento de secreções lipídicas sobre a pele, ao amanhecer ("wiping behavior"), seguido pela adoção de "torpor". Nesse estado, o anfíbio permanece praticamente imovel, com os membros adpressos ao corpo, empoleirado na vegetação. P. distincta apresenta um comportamento típico associado com a passagem do estado de "torpor" para o ativo, ao anoitecer. Esse comportamento possui 3 fases: (1) Abertura Gradual dos Olhos -fase relacionada ao decréscimo da luminosidade; (2) Limpeza do Corpo -esfregação do corpo com os membros e retirada de material acumulado sobre a pele e (3) Abertura da Boca e Contrações do Corpo -provavelmente se relaciona com a retirada de material do abdômen e secreção de muco sobre a pele. A análise de fragmentos da pele ao microscopio optico mostrou que, pouco antes do comportamento, as junções celulares entre o estrato corneo e o de reposição são desfeitas, havendo acúmulo de muco entre eles. Logo apos, o estrato corneo está ausente e cerca de 60% das glândulas mucosas mostram-se vazias, enquanto as granulosas e lipídicas apresentam-se repletas de secreção. P. distincta possui coloração esverdeada que funciona como camuflagem. A coloração das partes ocultas dos membros e dos flancos é contrastante, e pode advertir aos predadores sobre a existência de substâncias t6xicas na pele. As desovas são depositadas fora da água, sobre a vegetação, livrando os ovos e embriões dos predadores aquáticos. Apesar desses mecanismos, observei vários predadores vertebrados dessa espécie. A serpente Liophis miliaris preda as desovas. Os girinos são predados pelo martim-pescador Chloroceryle americana e pelo bem-te-vi Pitangus sulphuratus, que capturam os girinos quando estes sobem à superfície, provavelmente em busca de ar; o cágado Hydromedusa tectifera predou girinos oferecidos em laborat6rio e é uma espécie comum na lagoa; outros predadores prováveis são a traíra Hoplias malabaricus e as cobras d'água L. miliaris e Helicops carinicaudus. Os adultos são predados durante o dia, pela serpente chironius exoletus. Durante o dia, os girinos passam a maior parte do tempo no fundo da lagoa e fazem breves incursões à superfície. À noite, eles permanecem praticamente imoveis junto ao filme d'água. Provavelmente, essa alternância de comportamento dos girinos evoluiu , em resposta ao comportamento dos predadores: durante o dia, os predadores ativos atacam de fora da água e são visualmente orientados; à noite, outros predadores caçam no fundo da lagoa, utilizando outros sentidos para localizar os girinos / Abstract: The objective of this study was to obtain as much information as possible about the habits of the leaf-frog Phyllomedusa distincta, at the Parque Estadual de Carlos Botelho (24°12'S; 47°55'W; 60 m above sea level), Sete Barras, SP, southeastern Brazil. I made the observations in a pond of about 20m x 7m. Around the pond, there is a lawn with some trees and small shrubs at the edge of the water; there is little aquatic vegetation, and this is concentrated at the margins. The surrounding vegetation is typical Atlantic Forest. The climate is wet-mesothermic. I made preliminary observations in 1990 and monthly visits in the mating period of 1991 (3 days long). The mating behavior of P. distincta follows the pattern exhibited by other species of the genus. The population breeds from september to february. The males exhibit active searching for females and defend mobile reproductive territories through vocalizations, physical contests and signaling with the hindlimbs. Apparently, the females do not select their sexual partners and arrive at the breeding site assynchronously. After the beginning of egg-laying which happens far from the males' calling site, on a leaf overhanging water, other male(s) may bring its(their) cloaca(e) close to the female 's, in an attempt to fertilize the eggs. I suppose that the breeding behavior of P. distincta has evolved in consequence of its particular mode of locomotion (walking instead of jumping) associated with structural aspects of the breeding sites, that make the selection of the male by the female difficult. These characteristcs wouId make the strategy of calling and waiting for the female to arrive at the site (which generally occurs in species with prolonged breeding) evolutionarily instable and outdone by the strategy in which the male goes to the female. The elimination of nitrogenous wastes as uric acid is only known in Phyllomedusa and Chiromantis. This characteristic provides water economy and is linked to cutaneous impermeabilization, that occurs in Phyllomedusa by the spread of lipid secretions over the skin, at dawn (wiping behavior), followed by the adoption of "torpor". ln these conditions, the leaf-frog remains immobile, with the limbs adpressed to body, perched on the vegetation. P. distincta exhibits a characteristic behavior associated with the passage from "torpor" to the active state. This behavior has 3 phases: (1) gradual opening of the eyes (AGO) - phase related to decrease of luminosity; (2) cleaning of the body (LC) - rubbing of the body with the limbs and removing the material accumulated above the skin and (3) gaping and body contractions (ABCC) -probably related with the removal of material from the abdomen and the secretion of mucus over the skin. Analysis of skin fragments under optical microscopy, has showed that just before moulting, the cell junctions between stratum corneum and the reposition layer are broken, and mucus accumulated between them. After that, the stratum corneum is absent and about 60% of the mucus glands appear to be empty. P. distincta has a greenish coloration that works as a disguise. The flash colors of concealing surfaces and flanks may warn the predators about the existence of toxic substances in the skin. The eggs are laid out of water, freeing the eggs and embryos from aquatic predators. ln spite of these mechanisms, I observed several vertebrate predators of this species. The snake Liophis miliaris preys the egg-clutches. The tadpoles are predated by the green kingfisher chloroceryle americana and by the great kiskadee Pitangus sulphuratus, who catch the tadpoles when they come to the surface, probably to breath air; the tortoise Hydromedusa tectifera ate tadpoles in the laboratory and is a common species in the pond; other potential predators are the fish Hoplias malabaricus and the water snakes L. miliaris and Helicops carinicaudus. The adults are preyed on during the day, by the snake .QPironius exoletus. During the day, the tadpoles spend most of their time at the bottom of the pond, with brief incursions to the surface. At night, they remain immobile at the water surface. Probably, this alternating behavior has evolved in response to the behavior of the predators: during the day, visually oriented predators attack from the outside; at night, other predators hunt at the botton of the pond, using other senses to locate the tadpoles / Mestrado / Ecologia / Mestre em Ciências Biológicas
20

Estabelecimento do padrão de inativação do cromossomo x em embriões bovinos produzidos in vitro / Establishment of x chromosome inactivation in in vitro produced bovine embryos

Ferreira, Allice Rodrigues 15 December 2010 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, 2010. / Submitted by Jaqueline Ferreira de Souza (jaquefs.braz@gmail.com) on 2011-04-17T17:19:01Z No. of bitstreams: 1 2010_AlliceRodriguesFerreira.pdf: 493312 bytes, checksum: 38d77029716a151f89050eea62646bad (MD5) / Approved for entry into archive by Jaqueline Ferreira de Souza(jaquefs.braz@gmail.com) on 2011-04-17T17:19:36Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2010_AlliceRodriguesFerreira.pdf: 493312 bytes, checksum: 38d77029716a151f89050eea62646bad (MD5) / Made available in DSpace on 2011-04-17T17:19:36Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2010_AlliceRodriguesFerreira.pdf: 493312 bytes, checksum: 38d77029716a151f89050eea62646bad (MD5) / O cultivo in vitro de embriões afeta mecanismos epigenéticos envolvidos no controle da expressão de genes relacionados ao desenvolvimento embrionário e inativação do cromossomo X. Fêmeas de mamíferos têm dois cromossomos X, e machos somente um. Isto levou à criação de um mecanismo evolutivo de compensação de dose, chamado inativação do cromossomo X. Durante a embriogênese, um dos dois cromossomos X é aleatoriamente inativado em cada célula da massa celular interna, e preferencialmente o paterno no trofoblasto. O objetivo deste estudo foi estabelecer o padrão de inativação do cromossomo X, avaliando a expressão alelo específica do gene MAO-A (monoamina oxidase tipo A) em embriões bovinos produzidos in vitro nos estádios de quatro células, oito a dezesseis células, mórula, blastocisto e blastocisto expandido. Um total de 100 embriões foi produzido in vitro (PIV), utilizando ovócitos aspirados de nove novilhas da raça Nelore homozigotas para o alelo A, inseminados com sêmen de um touro Holandês homozigoto para o alelo G sexado para fêmea, previamente genotipados para o gene MAO-A. Dois pools com 10 embriões cada, dos estágios de 4 células, 8-16 células, mórula, blastocisto e blastocisto expandido foram coletados. Esses pools de embriões foram congelados a -80°C para posterior extração de RNA total. Um pool de 15 ovócitos maturados e 5 palhetas de espermatozóides foi utilizado para extração de RNA. Para a fenotipagem do gene MAO-A nos pools de embriões foi utilizada a técnica de RT-PCR-RFLP. Para isso foram desenhados dois pares de primers flanqueando uma região específica do gene (GenBank accession number NM_181014.2) com um polimorfismo, permitindo assim a detecção da expressão alelo específica (Bos taurus taurus X Bos taurus indicus), ou seja, permitindo detectar qual alelo, se paternal ou maternal estava sendo expresso. Um produto de amplificação foi gerado por RT-PCR com os primers externos de cada pool de embriões de cada estágio de desenvolvimento e purificado. xv Posteriormente, os fragmentos foram sequenciados pela metodologia de dideoxy em um sequenciador ABI 3130xl (Applied Biosystem) usando os primers internos foward. O RNA total extraído das células espermáticas e ovócitos maturados foram utilizados para a detecção da presença do RNA mensageiro do gene MAO-A por RT-PCR. Os resultados mostraram que ambos os alelos estão expressos em embriões de 4-células, 8-16-células, blastocisto e blastocisto expandido, com a expressão do X paterno desaparecendo em mórula. Pode-se especular que ambos os cromossomos X estão ativos nos dois estádios iniciais, sendo inativados posteriormente e reativados em blastocisto. ________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Embryo culture system may affect epigenetic mechanisms involved in controlling gene expression related to embryo development and X chromosome inactivation. Female mammal has two X chromosomes, and male only one. This led to the creation of an evolutionary mechanism of dosage compensation, called X chromosome inactivation. During embryogenesis, one of two X chromosomes is randomly inactivated in each cell of the inner cell mass, and preferably the paternal chromosome in trophoblast cells. The objective of this study was to characterize the allele-specific expression of the Monoamine Oxidase type A (MAO-A) X-linked gene, during preimplantational development of bovine embryos produced in vitro. One hundred in vitro embryos were produced using oocytes aspirated from nine heifers, homozygous for the MAO-A A allele, which were inseminated using X-semen sexed from a Holstein bull homozygous for the G allele. Two pools of 10 embryos each of 4 cell, 8- 16 cell, morula, blastocyst and expanded blastocyst stages were collected. Embryos were frozen at -80 °C until total RNA extraction. Total RNA from sperm and oocytos were also isolated. For phenotyping of the MAO-A gene in the pools of embryos the RT-PCR-RFLP technique was used. Two pairs of primers, flanking a specific region of the gene (GenBank accession number NM_181014.2) carrying a single nucleotide polymorphism, were designed. Thus, the allele-specific expression was detected, identifying paternal and maternal MAO-A mRNA. Amplicons of each pool of embryos were produced by using RT-PCR, and they were sequenced by the dideoxy method using an ABI 3130 xl sequencer (Applied Biosystem). Total RNA isolated from sperm cells was used to detect MAO-A mRNA by using RT-PCR. Results showed the presence of mRNA from both alleles in 4-cell, 8-16-cell, blastocyst and expanded blastocyst embryos, and only from the maternal allele in morula. We can speculate xvii that both X chromosomes are active in the two earliest stages, being inactivated and subsequently reactivated in blastocyst.

Page generated in 0.0701 seconds