• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 780
  • 10
  • 2
  • Tagged with
  • 825
  • 825
  • 550
  • 378
  • 344
  • 173
  • 168
  • 145
  • 140
  • 136
  • 103
  • 102
  • 79
  • 78
  • 76
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

As mudanças no trabalho de saúde e os direitos do trabalhador: A Fundação Estatal de saúde da família do estado da Bahia

Oliveira, Felipe Proenço de 31 January 2012 (has links)
Submitted by Heitor Rapela Medeiros (heitor.rapela@ufpe.br) on 2015-03-06T17:32:46Z No. of bitstreams: 2 Disserta+º+úo.pdf: 1798221 bytes, checksum: 9ed908f592ab5e11cf28cd74160d23a9 (MD5) license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) Made available in DSpace on 2015-03-06T17:32:46Z (GMT). No. of bitstreams: 2 Disserta+º+úo.pdf: 1798221 bytes, checksum: 9ed908f592ab5e11cf28cd74160d23a9 (MD5) license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) Previous issue date: 2012 As Fundações Estatais de Direito Privado têm se constituído em tema central de diversos debates sobre a gestão pública no país, de tal forma a influenciar as propostas em torno do modelo de gestão para o Sistema Único de Saúde. Sua proposição se tornou possível em virtude das mudanças decretadas pelo Ministério da Reforma de Estado durante o governo Fernando Henrique Cardoso. Desde então, tem se gerado intensa polêmica sobre suas repercussões para a proteção social do trabalho, com posições distintas mesmo dentro dos movimentos que se localizam no campo da esquerda. A proposta de FEDP (Fundações Estatais de Direito Privado) volta a ganhar destaque durante o governo Lula, quando o Ministério de Planejamento, Orçamento e Gestão e o Ministério da Saúde a apresentam como alternativa para o sistema público de saúde. Foi no estado da Bahia que se observou uma das suas principais materializações através da Fundação Estatal de Saúde da Família, proposta pela Secretaria Estadual de Saúde no ano de 2007, como alternativa para um cenário de reconhecida precarização do trabalho na Estratégia de Saúde da Família no estado. O objetivo desta pesquisa, qualitativa e de natureza exploratória, foi estudar de que forma os atores envolvidos no processo de criação da Fundação Estatal de Saúde da Família apresentaram e justificaram o modelo de proteção social proposto para os trabalhadores. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas com membros do Conselho Estadual de Saúde do Estado da Bahia e representantes da gestão estadual de saúde, nos anos de 2007 e 2008. As categorias selecionadas para análise foram “heterogeneização, fragmentação e complexificação da classe-que-vive-do-trabalho”, tentando-se apreender a compreensão dos entrevistados sobre as mesmas. Os resultados da pesquisa possibilitam entender que a FESF representa uma ampliação do fenômeno de “precarização social do trabalho”, aprofundando a desfiliação social dos trabalhadores e levando ao surgimento de um novo conteúdo de instabilidade, insegurança, adaptabilidade e fragmentação dos coletivos de trabalhadores pela destituição do conteúdo social do trabalho. Ocorre uma transferência da responsabilidade para com o trabalhador, representando um processo de terceirização, o que caracteriza a heterogeneização, fragmentação e complexificação dos trabalhadores. Recomenda-se a realização de outros estudos avaliativos que analisem o modo como vem ocorrendo o processo de implantação da Fundação Estatal de Saúde da Família e a compreensão dos trabalhadores a ela vinculados sobre a proteção social.
2

As mudanças no trabalho em saúde e os direitos sociais do trabalhador: a fundação estatal de saúde da família do estado da bahia

Oliveira, Felipe Proenço de 31 January 2012 (has links)
Submitted by Susimery Vila Nova (susimery.silva@ufpe.br) on 2015-04-10T14:30:13Z No. of bitstreams: 2 Disserta+º+úo.pdf: 1798221 bytes, checksum: 9ed908f592ab5e11cf28cd74160d23a9 (MD5) license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) Made available in DSpace on 2015-04-10T14:30:13Z (GMT). No. of bitstreams: 2 Disserta+º+úo.pdf: 1798221 bytes, checksum: 9ed908f592ab5e11cf28cd74160d23a9 (MD5) license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) Previous issue date: 2012 As Fundações Estatais de Direito Privado têm se constituído em tema central de diversos debates sobre a gestão pública no país, de tal forma a influenciar as propostas em torno do modelo de gestão para o Sistema Único de Saúde. Sua proposição se tornou possível em virtude das mudanças decretadas pelo Ministério da Reforma de Estado durante o governo Fernando Henrique Cardoso. Desde então, tem se gerado intensa polêmica sobre suas repercussões para a proteção social do trabalho, com posições distintas mesmo dentro dos movimentos que se localizam no campo da esquerda. A proposta de FEDP (Fundações Estatais de Direito Privado) volta a ganhar destaque durante o governo Lula, quando o Ministério de Planejamento, Orçamento e Gestão e o Ministério da Saúde a apresentam como alternativa para o sistema público de saúde. Foi no estado da Bahia que se observou uma das suas principais materializações através da Fundação Estatal de Saúde da Família, proposta pela Secretaria Estadual de Saúde no ano de 2007, como alternativa para um cenário de reconhecida precarização do trabalho na Estratégia de Saúde da Família no estado. O objetivo desta pesquisa, qualitativa e de natureza exploratória, foi estudar de que forma os atores envolvidos no processo de criação da Fundação Estatal de Saúde da Família apresentaram e justificaram o modelo de proteção social proposto para os trabalhadores. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas com membros do Conselho Estadual de Saúde do Estado da Bahia e representantes da gestão estadual de saúde, nos anos de 2007 e 2008. As categorias selecionadas para análise foram “heterogeneização, fragmentação e complexificação da classe-que-vive-do-trabalho”, tentando-se apreender a compreensão dos entrevistados sobre as mesmas. Os resultados da pesquisa possibilitam entender que a FESF representa uma ampliação do fenômeno de “precarização social do trabalho”, aprofundando a desfiliação social dos trabalhadores e levando ao surgimento de um novo conteúdo de instabilidade, insegurança, adaptabilidade e fragmentação dos coletivos de trabalhadores pela destituição do conteúdo social do trabalho. Ocorre uma transferência da responsabilidade para com o trabalhador, representando um processo de terceirização, o que caracteriza a heterogeneização, fragmentação e complexificação dos trabalhadores. Recomenda-se a realização de outros estudos avaliativos que analisem o modo como vem ocorrendo o processo de implantação da Fundação Estatal de Saúde da Família e a compreensão dos trabalhadores a ela vinculados sobre a proteção social.
3

Consulta-ação : educação e reflexão nas intervenções de enfermagem no processo trabalho - saúde - adoecimento

Silveira, Denise Tolfo 1997 (has links)
Este estudo propõe uma metodologia de ação em enfermagem considerando a relação trabalho-saúde-adoecimento. Pretendemos contribuir com informações, experiências e proposições que favoreçam a reflexão e o debate sobre essa temática, além de contribuir na construção de respostas às necessidades teórico-metodológicas nessa área de ação e nesse campo de intervenção profissional. Entendemos que a Consulta de Enfermagem é uma forma privilegiada de intervenção em saúde individual, a ser integrada no processo de Avaliação Periódica de Saúde dos trabalhadores. Temos claro que a correlação entre os dados objetivos e subjetivos captados no momento da interação (situação de consulta ou em outro momento planejado), permite a ação conjunta enfermeira-trabalhador na resolução de problemas ou mesmo na manutenção da saúde respeitando valores, crenças e culturas. Essa ação conjunta enfermeira-trabalhador é um espaço educativo, reflexivo e transformador de comportamentos e de práticas sociais. A partir da participação efetiva na realização da Avaliação Periódica de Saúde dos trabalhadores do Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU) de Porto Alegre e dos registros (Histórico Laboral e Plano de Cuidados) adotados pela disciplina de Assistência de Enfermagem ao Adulto I - ENF 111 da Escola de Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (EEUFRGS), captamos subsídios críticos para formular uma proposta de metodologia de ação em enfermagem comprometida com a relação saúde-vida laboral, a qual denominamos Consulta-ação. Essa metodologia visa proporcionar bases para uma efetiva intervenção educativa (prevenção e promoção de saúde) em enfermagem na Avaliação Periódica de Saúde dos trabalhadores. Uma vez que as interrogações apontadas sugerem amplas pistas de leitura e reflexão, a proposta analítico-metodológica baseia-se nas respostas da metodologia assistencial própria da enfermagem, na análise de conteúdo temática sob a perspectiva teórica dos estudos da saúde do trabalhador e do modelo estrutural proposto por Betty Neuman, por nós adaptado. Esses pressupostos são complementados por contribuições da ação pedagógica em educação para saúde, da ergonomia (organização e processo de trabalho) e da epidemiologia, que privilegiam a incidência de danos frente às condições, ao processo de trabalho e à qualidade de vida dos trabalhadores. Nossa intenção é de materializar, na Consulta-ação, a valorização de um campo profissional, de um espaço reflexivo e educativo-assistencial, que tem sua atenção voltada aos trabalhadores na tarefa de contribuir para a melhoria das condições de vida, de trabalho e dos níveis de saúde.
4

Avaliação da percepção da carga de trabalho de fisioterapeutas nas atividades de reabillitação de pacientes neurológicos

Striebel, Vera Lúcia Widniczck 2003 (has links)
Resumo não disponível.
5

Silicose em processos de fundição de peças frente à nova tecnologia

Barazzutti, Lamartine Diniz 2004 (has links)
A silicose é a formação de cicatrizes permanentes nos pulmões, provocadas pela inalação do pó de sílica (quartzo) existente na areia. A exposição à poeira respirável contendo sílica é comum entre os trabalhadores de minas, indústrias cerâmicas, os cortadores de arenito e de granito e também os operários de fundições de metais ferrosos e não ferrosos. Atualmente, as fundições reutilizam a areia, adicionando no processo de fundição, percentuais de 3% até 10% de areia nova. Com base em uma Intervenção Ergonômica, este trabalho aborda a avaliação ambiental da concentração de sílica (SiO2) em uma fundição de metais ferrosos da região metropolitana da grande Porto Alegre, com o objetivo de quantificá-la e compará-la com os limites de tolerância (LT) recomendados. Foram obtidas amostras de poeira respirável junto aos trabalhadores, conforme grupo homogêneo de trabalho, utilizando bomba de amostragem de uso individual, ciclone Door-Oliver e filtro de membrana de PVC. Para quantificação da sílica na amostra coletada foi utilizada a técnica da espectrometria de difração de Raios X. Os resultados obtidos indicaram que a exposição à poeira contendo sílica, nas condições de trabalho analisadas, apresenta-se com valores de exposição aceitável segundo as normas nacionais e internacionais.
6

A avaliação e acompanhamento nutricional como suporte à saúde e qualidade de vida do trabalhador

Stefani, Marlise Potrick 1999 (has links)
Este trabalho apresenta a implantação de um sistema de avaliação e acompanhamento nutricional para trabalhadores. O sistema implantado tem como objetivo a busca de um ser humano mais saudável e satisfeito. A aplicação deste trabalho é ilustrada através de um estudo de caso que envolveu duas empresas: a empresa A, objeto da intervenção, e a empresa B, que serviu como grupo de controle. Na empresa A foi realizada a avaliação médico-nutricional do trabalhador, seguida de um acompanhamento nutricional, com dietas apropriadas a cada indivíduo. Os resultados avaliados estatisticamente, revelam uma melhoria significativa no estado de saúde dos trabalhadores, confirmada através da diminuição dos casos de obesidade, magreza, hipertensão e hipotensão. Na empresa B aplicou-se apenas a avaliação médico-nutricional, sem o devido acompanhamento alimentar. Nesta empresa, como seria esperado, uma vez que não foi feita nenhuma intervenção na dieta dos trabalhadores, os resultados da análise estatística revelam que não ocorreram modificações no perfil de saúde dos funcionários. Os resultados deste estudo de caso ajudam a confirmar o papel importante que a alimentação pode exercer sobre a saúde do trabalhador. Apoiado na literatura, pode ser afirmado que um trabalhador saudável terá maior satisfação no trabalho, alcançando os índices mais altos de produtividade. Desta forma, um programa de avaliação e acompanhamento nutricional pode gerar benefícios para todos os envolvidos: trabalhadores, empresa e sociedade em geral. This work presents the results of the evaluation and accompaniment of the implantation of a nutritional system for empoloyees. The implanted systems has as its objective, the search of a more healthy and satisfied human being. The application of the work is illustrated through a case study which involved two companies: Company A, objecto of intervention, and Company B which served as group control. At Company A a nutritional-medical evaluation of the employee was realized followed by a nutritional accompaniment with appropriated diets for each individual. The results, statistically evaluated reveal a significant development in the workers health state, confirmed through the decrease of cases with obesity, thinness, hypertension and hypotension. At Company B, only a nutritional-medical evaluation was applied without the necessary nutritional accompaniment. At the company, as expected, once no diet invention was made, the statistical analysis results revealed that no modifications occurred in the health profile of the employees. The results of this case study helped confirm the important paper that nourishment may have on the health of a worker. Supported by literature, one may affirm that a healthy employee will be more satisfacted, reaching higher indexes of productivity. This way, an evaluation and nutritional accompaniment program may generate benefits to all involved: employees, the company and society.
7

A avaliação e acompanhamento nutricional como suporte à saúde e qualidade de vida do trabalhador

Stefani, Marlise Potrick 1999 (has links)
Este trabalho apresenta a implantação de um sistema de avaliação e acompanhamento nutricional para trabalhadores. O sistema implantado tem como objetivo a busca de um ser humano mais saudável e satisfeito. A aplicação deste trabalho é ilustrada através de um estudo de caso que envolveu duas empresas: a empresa A, objeto da intervenção, e a empresa B, que serviu como grupo de controle. Na empresa A foi realizada a avaliação médico-nutricional do trabalhador, seguida de um acompanhamento nutricional, com dietas apropriadas a cada indivíduo. Os resultados avaliados estatisticamente, revelam uma melhoria significativa no estado de saúde dos trabalhadores, confirmada através da diminuição dos casos de obesidade, magreza, hipertensão e hipotensão. Na empresa B aplicou-se apenas a avaliação médico-nutricional, sem o devido acompanhamento alimentar. Nesta empresa, como seria esperado, uma vez que não foi feita nenhuma intervenção na dieta dos trabalhadores, os resultados da análise estatística revelam que não ocorreram modificações no perfil de saúde dos funcionários. Os resultados deste estudo de caso ajudam a confirmar o papel importante que a alimentação pode exercer sobre a saúde do trabalhador. Apoiado na literatura, pode ser afirmado que um trabalhador saudável terá maior satisfação no trabalho, alcançando os índices mais altos de produtividade. Desta forma, um programa de avaliação e acompanhamento nutricional pode gerar benefícios para todos os envolvidos: trabalhadores, empresa e sociedade em geral. This work presents the results of the evaluation and accompaniment of the implantation of a nutritional system for empoloyees. The implanted systems has as its objective, the search of a more healthy and satisfied human being. The application of the work is illustrated through a case study which involved two companies: Company A, objecto of intervention, and Company B which served as group control. At Company A a nutritional-medical evaluation of the employee was realized followed by a nutritional accompaniment with appropriated diets for each individual. The results, statistically evaluated reveal a significant development in the workers health state, confirmed through the decrease of cases with obesity, thinness, hypertension and hypotension. At Company B, only a nutritional-medical evaluation was applied without the necessary nutritional accompaniment. At the company, as expected, once no diet invention was made, the statistical analysis results revealed that no modifications occurred in the health profile of the employees. The results of this case study helped confirm the important paper that nourishment may have on the health of a worker. Supported by literature, one may affirm that a healthy employee will be more satisfacted, reaching higher indexes of productivity. This way, an evaluation and nutritional accompaniment program may generate benefits to all involved: employees, the company and society.
8

Avaliação da percepção da carga de trabalho de fisioterapeutas nas atividades de reabillitação de pacientes neurológicos

Striebel, Vera Lúcia Widniczck 2003 (has links)
Resumo não disponível.
9

Silicose em processos de fundição de peças frente à nova tecnologia

Barazzutti, Lamartine Diniz 2004 (has links)
A silicose é a formação de cicatrizes permanentes nos pulmões, provocadas pela inalação do pó de sílica (quartzo) existente na areia. A exposição à poeira respirável contendo sílica é comum entre os trabalhadores de minas, indústrias cerâmicas, os cortadores de arenito e de granito e também os operários de fundições de metais ferrosos e não ferrosos. Atualmente, as fundições reutilizam a areia, adicionando no processo de fundição, percentuais de 3% até 10% de areia nova. Com base em uma Intervenção Ergonômica, este trabalho aborda a avaliação ambiental da concentração de sílica (SiO2) em uma fundição de metais ferrosos da região metropolitana da grande Porto Alegre, com o objetivo de quantificá-la e compará-la com os limites de tolerância (LT) recomendados. Foram obtidas amostras de poeira respirável junto aos trabalhadores, conforme grupo homogêneo de trabalho, utilizando bomba de amostragem de uso individual, ciclone Door-Oliver e filtro de membrana de PVC. Para quantificação da sílica na amostra coletada foi utilizada a técnica da espectrometria de difração de Raios X. Os resultados obtidos indicaram que a exposição à poeira contendo sílica, nas condições de trabalho analisadas, apresenta-se com valores de exposição aceitável segundo as normas nacionais e internacionais.
10

Consulta-ação : educação e reflexão nas intervenções de enfermagem no processo trabalho - saúde - adoecimento

Silveira, Denise Tolfo 1997 (has links)
Este estudo propõe uma metodologia de ação em enfermagem considerando a relação trabalho-saúde-adoecimento. Pretendemos contribuir com informações, experiências e proposições que favoreçam a reflexão e o debate sobre essa temática, além de contribuir na construção de respostas às necessidades teórico-metodológicas nessa área de ação e nesse campo de intervenção profissional. Entendemos que a Consulta de Enfermagem é uma forma privilegiada de intervenção em saúde individual, a ser integrada no processo de Avaliação Periódica de Saúde dos trabalhadores. Temos claro que a correlação entre os dados objetivos e subjetivos captados no momento da interação (situação de consulta ou em outro momento planejado), permite a ação conjunta enfermeira-trabalhador na resolução de problemas ou mesmo na manutenção da saúde respeitando valores, crenças e culturas. Essa ação conjunta enfermeira-trabalhador é um espaço educativo, reflexivo e transformador de comportamentos e de práticas sociais. A partir da participação efetiva na realização da Avaliação Periódica de Saúde dos trabalhadores do Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU) de Porto Alegre e dos registros (Histórico Laboral e Plano de Cuidados) adotados pela disciplina de Assistência de Enfermagem ao Adulto I - ENF 111 da Escola de Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (EEUFRGS), captamos subsídios críticos para formular uma proposta de metodologia de ação em enfermagem comprometida com a relação saúde-vida laboral, a qual denominamos Consulta-ação. Essa metodologia visa proporcionar bases para uma efetiva intervenção educativa (prevenção e promoção de saúde) em enfermagem na Avaliação Periódica de Saúde dos trabalhadores. Uma vez que as interrogações apontadas sugerem amplas pistas de leitura e reflexão, a proposta analítico-metodológica baseia-se nas respostas da metodologia assistencial própria da enfermagem, na análise de conteúdo temática sob a perspectiva teórica dos estudos da saúde do trabalhador e do modelo estrutural proposto por Betty Neuman, por nós adaptado. Esses pressupostos são complementados por contribuições da ação pedagógica em educação para saúde, da ergonomia (organização e processo de trabalho) e da epidemiologia, que privilegiam a incidência de danos frente às condições, ao processo de trabalho e à qualidade de vida dos trabalhadores. Nossa intenção é de materializar, na Consulta-ação, a valorização de um campo profissional, de um espaço reflexivo e educativo-assistencial, que tem sua atenção voltada aos trabalhadores na tarefa de contribuir para a melhoria das condições de vida, de trabalho e dos níveis de saúde.

Page generated in 0.0932 seconds