• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 3
  • Tagged with
  • 3
  • 3
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Dinâmica industrial na agroindústria canavieira brasileira: uma abordagem da mudança industrial via mudança técnica / Industrial dynamics in brazilian sugar cane: on approach to industrial change via technical change

Amorim, José Francisco Oliveira de 20 August 2013 (has links)
The evolution within an economic context is the result of the adaptation process of the firms the industrial structure of the sector, these ' adaptations ' correspond to the result of an intense action of search and selection, where the economic imbalance corroborates the existence of this process. Within the notion of technological paradigm established by Dosi (1988), the firm chooses the best alternative, procedures, criteria and rules established ex ante, their actions are derived from the conditions of uncertainty, defined by the basis of information obtained in addition to the accumulation of knowledge - formal and informal - the capacity to acquire technologies and viewing opportunities. Nelson and Winter (1982) show that technical progress is endogenous in nature, this progress can be built from the establishment of patterns of response actions, or rather routines. These routines can be divided into long and short term. As the dynamics of technical progress is endogenous technical change is coming this procedure adaptive routines, from the same are established technological trajectories, which differ from industry to industry, as the dominant technology in an industry is not necessarily put to other. In this context, this dissertation seeks to demonstrate the existence of such a process applied to the sugarcane sector, after it has undergone sweeping changes since the merger and acquisition through foreign capital investment companies or other sectors, corroborating the concentration of productive activity the hands of some economic groups thus are identified characteristics of both technology standards Schumpeter Mark I and Schumpeter Mark II, many firms are in this industry, however, the process of creative destruction promoted by the accumulation of knowledge is intense. The aim was to analyze the industrial dynamics present in the sugarcane industry through models, aiming at a better understanding about the transformation started with Proálcool and heated with deregulation and lastly the impact of the international economic crisis in 2008. For this purpose, we used data collected from the Procana, ANP (National Agency of Petroleum, Natural Gas and Biofuels) and reports production cost PECEGE (Continuing Education Program in Economics and Business Management) linked to ESALQ. For the analysis, we used statistical and econometric models (Factor Analysis, Multiple Regression Analysis and Analysis of Panel Data). How relevant results it is found that: i) the changes occurred may last for a few more years, ii) the endogenous variables of each plants is that they are influencing the intense transformation, since the applied technologies has originated in response patterns, iii) routinization has shown strong impact on industry structure resulting from the process of search and selection, plants are failing to adapt are declaring bankruptcy or being acquired by larger iv) as a result of creative destruction, economic groups are influencing the concentration of industry, this action is a result of the accumulation of capital and better adaptation v) the concentration of capital is taking place in the South Central region of the country, approximately within the ' polygon ' development, highlighted by Breitbach (2004) and expanding around this region. / A evolução, dentro de um contexto econômico é resultante do processo de adaptação das firmas a estrutura industrial do setor, essas ‘adaptações’ correspondem ao resultado de uma intensa ação de busca e seleção, onde o desequilíbrio econômico corrobora com a existência desse processo. Dentro da noção de paradigma tecnológico, estabelecido por Dosi (1988), a firma escolhe as melhores alternativas, procedimentos, critérios e regras estabelecidas ex-ante, suas ações derivam das condições de incerteza, definidas pela base de informações obtidas, além da acumulação de conhecimentos – formais e informais –, da capacidade de apropriação de tecnologias e da visualização de oportunidades. Nelson e Winter (1982) evidenciam que o progresso técnico é de natureza endógena, esse progresso pode ser construído a partir do estabelecimento de padrões de ações de respostas, ou melhor, rotinas. Essas podem ser divididas em rotinas de longo e curto prazo. Como a dinâmica do progresso técnico é endógena, a mudança técnica é oriunda desse procedimento de rotinas adaptativas, a partir do mesmo são estabelecidas as trajetórias tecnológicas, as quais diferem de indústria para indústria, pois a tecnologia dominada em um setor não necessariamente está posta para outro. Diante desse contexto, essa dissertação busca evidenciar a existência de tal processo aplicado ao setor canavieiro, afinal este tem passado por intensas transformações, desde fusão e aquisição até o investimento de capital estrangeiro ou de empresas de outros setores, corroborando para a concentração da atividade produtiva nas mãos de alguns grupos econômicos, dessa forma são identificadas características de ambos os padrões tecnológicos de Schumpeter Mark I e Schumpeter Mark II, diversas firmas estão presente no setor, entretanto, o processo de destruição criadora promovido pela acumulação de conhecimento é intenso. O objetivo foi analisar a dinâmica industrial presente no setor canavieiro através de modelos, visando uma melhor compreensão a respeito das transformações iniciadas com o Proálcool e acaloradas com a desregulamentação e por último com o impacto da crise econômica internacional de 2008. Para tanto, foram utilizados dados colhidos junto ao Procana, ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) e relatórios de custo de produção do PECEGE (Programa de Educação Continuada em Economia e Gestão de Empresas) vinculado a ESALQ. Para a análise, foram utilizados modelos estatístico e econométricos (Análise Fatorial, Análise de Regressão Múltipla e Análise de Dados em Painel). Como resultados relevantes verifica-se que: i) as transformações ocorridas poderão perdurar por mais alguns anos; ii) as variáveis endógenas das usinas estão influenciando a intensa transformação, visto que as tecnologias aplicadas apresentam origem em seus padrões de resposta; iii) a rotinização tem apresentado forte impacto na estrutura do setor, resultante do processo de busca e seleção, as usinas que não estão conseguindo adaptar-se estão declarando falência ou sendo adquiridas por outras maiores; iv) como resultado da destruição criadora, grupos econômicos passam a influenciar na concentração do setor, essa ação é resultado da acumulação de capital e melhor adaptação v) a concentração do capital está ocorrendo na região Centro-Sul do país, aproximadamente dentro do ‘polígono de desenvolvimento’, destacado por Breitbach (2004) e se expandindo ao redor dessa região.
2

A Ideologia da humanização do trabalho no setor sucroalcooleiro no sistema do capital: um estudo sobre os cortadores de cana-de-açúcar do Brasil / The ideology of the humanization of the sugar-ethanol sector in the system of capital: a study on the sugar cane from Brazil

Silva, Jane Marinho da 30 November 2016 (has links)
This thesis has as its central theme the criticism of "humanization of work", advocated in the national commitment to Improve working conditions in the sugar cane (CN), and is subject of investigation the cane cutters of Brazil. The importance of the subject is due to the assertion that the workers would have their living and working conditions improved from this document, signed in 2009 as an alternative to alleviate the impact of mechanization, and that this would lead to the effective "humanization of work" in the sugar ethanol sector. However, the research points out that the CN served, deceptively, to improve the image of the brazilian economy in the international market. In fact, the development machinery in the country only made further degradation of cutting sugar cane workers, has always characterized activity of crude due to the requirement of increased productivity. Touted as the best response by the State to remedy the situation of workers, the CN begins to be elaborated after the journalistic media and some organizations denounce the degrading working conditions of cane cutters between 2005 and 2008. Consequently, the Covenant between the State, employers and workers was assumed to be an effective method to solve social problems, and the mechanization of the definitive guarantee plants for improving the quality of life of workers. Meanwhile, whereas the capital remains regulating this society and that CN is against the current deepening of exploitation of the work in class society, through patterns of production aimed at the expectations of capital, wonders if the limits of "humanization" of your project. So, from the proposal of CN, to the following questioning: is it possible to humanize the work in the sugar-alcohol sector since it takes place in the process of production and capitalist exploitation? The hypothesis raised by research argued that as this proposal was based on class antagonism, the process of humanization, while appropriation of the human race, could not be reached. With the main objective to reflect the concept of "humanization" of CN and its implications for the workers of the manual cutting of cane, this thesis is supported in historical materialism, in which the category work is critical to understand what "humanization" is being championed by the State and the contemporary capital strategies to deepen the process of exploitation and alienation of the working class. The methodological procedures adopted were the documental analysis, theoretical research and the literary review. Among his considerations, the survey found that the "humanization of work" on CN is linked to compliance with labor legislation and the mechanization of the plants. In this perspective, not features become human appropriation of social activities, only the atrophy on animal condition, since the requirement for the improvement of living and employment remains under the work alienated and estranged. Thus, almost the entire lifetime of the workers still being devoured by the capital, while the effective humanization (become human, distance themselves from natural barriers) is impractical when the main purpose of privacy is remedy the basic needs of man to keep him alive, while animal. The human tornado animal, the creature at the service of creation. / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / Esta tese tem como tema central a crítica à “humanização do trabalho”, defendida no Compromisso Nacional para Aperfeiçoar as Condições de Trabalho na Cana-de-açúcar (CN), e tem como sujeitos da investigação os cortadores de cana do Brasil. A importância da temática se deve à afirmação de que os trabalhadores teriam as suas condições de vida e de trabalho melhoradas a partir do referido documento, firmado em 2009 como alternativa para amenizar o impacto da mecanização, e que isso levaria à efetiva “humanização do trabalho” do setor sucroalcooleiro. Contudo, a pesquisa aponta que o CN serviu, ilusoriamente, para melhorar a imagem da economia brasileira no mercado internacional. Em verdade, o desenvolvimento maquinário no campo só fez aprofundar a degradação dos trabalhadores do corte da cana, atividade desde sempre caracterizada de desumana, devido à exigência do aumento da produtividade. Apresentado como a melhor resposta do Estado para resolver a situação dos trabalhadores, o CN começa a ser elaborado após a mídia jornalística e algumas organizações denunciarem as degradantes condições de trabalho dos cortadores de cana entre os anos de 2005 e 2008. Por conseguinte, o pacto entre Estado, empresários e trabalhadores foi assumido como método eficaz para resolver os problemas sociais, sendo a mecanização das usinas a garantia definitiva para melhoria da qualidade de vida dos trabalhadores. Entrementes, considerando que o capital permanece regulando esta sociedade e que o CN está na contramão do atual aprofundamento da exploração do trabalho na sociedade de classe, através de padrões de produção que visam às expectativas do capital, questiona-se os limites da “humanização do trabalho” do seu projeto. Assim, a partir da proposta do CN, chegou-se à seguinte problematização: é possível humanizar o trabalho no setor sucroalcooleiro uma vez que ele se realiza no processo de produção e valorização capitalista? A hipótese levantada pela pesquisa defendia que como essa proposta estava alicerçada no antagonismo de classe, o processo de humanização, enquanto apropriação do gênero humano, não poderia ser alcançada. Com o objetivo central de refletir a concepção de “humanização do trabalho” do CN e suas implicações para os trabalhadores do corte manual da cana-de-açúcar, esta tese está sustentada no materialismo histórico, no qual a categoria trabalho é fundamental para compreender qual “humanização” está sendo defendida pelo Estado e as estratégias contemporâneas do capital para aprofundar o processo de exploração e de alienação da classe trabalhadora. Os procedimentos etodológicos adotados foram a análise documental, a pesquisa teórica e a revisão literária. Entre suas considerações, a pesquisa revelou que a “humanização do trabalho” no CN está vinculada ao cumprimento da legislação trabalhista e à mecanização das usinas. Nessa perspectiva, não caracteriza o tornar-se humano apropriação das atividades sociais, apenas atrofia o humano à condição de animal, já que o requisito para a melhoria das condições de vida e do trabalho permanece sob o trabalho alienado e estranhado. Dessa forma, quase todo o tempo de vida dos trabalhadores continua sendo devorado pelo capital, enquanto a efetiva humanização (tornar-se humano, distanciar-se das barreiras naturais) é inviável quando o principal objetivo da vida privada é sanar as necessidades básicas do homem para mantê-lo vivo, enquanto animal. O humano tornado animal, a criatura a serviço da criação
3

Trabalhadores-migrantes nos canaviais paulistas: sociabilidades, condições de trabalho e formas de resistência. / Migrant workers in the sugarcane plantations of São Paulo: sociabilities, working conditions and forms of resistance.

SILVA, Marcelo Saturnino da. 06 November 2018 (has links)
Submitted by Johnny Rodrigues (johnnyrodrigues@ufcg.edu.br) on 2018-11-06T00:24:53Z No. of bitstreams: 1 MARCELO SATURNINO DA SILVA - TESE PPGCS 2011..pdf: 4059225 bytes, checksum: fe8e6678fe14792316447ea8aa8fa9b2 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-11-06T00:24:53Z (GMT). No. of bitstreams: 1 MARCELO SATURNINO DA SILVA - TESE PPGCS 2011..pdf: 4059225 bytes, checksum: fe8e6678fe14792316447ea8aa8fa9b2 (MD5) Previous issue date: 2011-11-25 / Todos os anos milhares de trabalhadores nordestinos deixam suas terras para empregarem-se nos canaviais do estado de São Paulo durante a época da colheita da cana-de-açúcar. Tais atores têm sido foco de várias pesquisas, cujos resultados vêm chamando a atenção para o caráter forçado dessa migração e para a intensidade da exploração do trabalhador nos espaços dos canaviais. Sem negar a pertinência desses estudos, é minha intenção, no espaço desta tese, compreender como os trabalhadores-migrantes oriundos da região de Princesa Isabel, na Paraíba e da Vale do Pajeú, em Pernambuco, vêm se colocando nesse processo, a partir da consideração de suas redes de sociabilidade e das condições e relação de trabalho nos canaviais, focalizando, sobretudo as formas de dominação utilizadas pelas empresas do setor canavieiro, visando extrair um quantum sempre mais crescente de mais-trabalho e, por outro lado, as formas de resistência protagonizadas pelos trabalhadores visando fazer face ao projeto de exploração de sua força de trabalho. Trata-se de retirar o véu que cobre e encobre a humanidade desses trabalhadores, buscando revela-los em sua condição de sujeito de suas histórias, uma história que não se faz do jeito que se quer, mas a partir das possibilidades reais e com as armas de que dispõem. / Every year thousands of Northeastern workers leave their homelands to work on the São Paulo sugar plantations during the sugar-cane harvest. These people have been the focus of several studies, which have highlighted the coercive nature of this migration and the intensity of exploitation of workers in the sugar-cane fields. Without rejecting the relevance of these studies, it is my intention, within this thesis, to understand how migrant workers from the regions of Princess Isabel, Paraíba Valley and Pajeu, Pernambuco, have been affected by this process, by considering their social networks, conditions and working relationships in the cane fields and by focusing mainly on the forms of domination used by companies in the sugar-cane sector in order to extract an ever-increasing quantity of over-work and on the other hand, the forms of resistance taken up by the workers in order to address the exploitation of its workforce. This removes the veil that covers up and obscures the humanity of these workers, and seeks to reveal them in their status as subjects of their stories, a story that is not the way you want, but it shows the real possibilities and the weapons at their disposal.

Page generated in 0.0519 seconds