• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 882
  • 11
  • 11
  • 11
  • 9
  • 6
  • 5
  • 4
  • 4
  • 4
  • 3
  • 3
  • 2
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 899
  • 385
  • 248
  • 164
  • 112
  • 112
  • 91
  • 84
  • 72
  • 71
  • 63
  • 60
  • 60
  • 60
  • 58
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
41

Avaliação carotidea em doentes submetidos a revascularização miocardica

Felizzola, Luiz Roberto 20 July 1998 (has links)
Orientador: Ana Terezinha Guillaumon / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas / Made available in DSpace on 2018-07-24T03:28:22Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Felizzola_LuizRoberto_M.pdf: 2868530 bytes, checksum: 746925a4f6db823bc86bb2aa021360d2 (MD5) Previous issue date: 1998 / Resumo:Uma vez que a doença carotídea é a principal causa isolada de acidente vascular cerebral de origem tromboembólica, o qual é a terceira causa de óbito em países desenvolvidos, acredita-se ser imprescindível o diagnóstico precoce desta doença em nosso meio. Todavia, há a necessidade de manter os conceitos de praticidade e de viabilidade econômica, adequando-se às condições sócio-econômicas desfavoráveis típicas de um país em desenvolvimento. No período de 18 meses foram avaliados 50 doentes, sendo 35 do sexo masculino e 15 do sexo feminino, com idade média de 67,2 anos. Todos apresentavam indicação de revascularização miocárdica, considerados neste estudo coronariopatas graves. Avaliou-se a incidência e grau de estenose carotídea com base no mapeamento duplex. Da mesma forma, foi avaliada a possív~l relação com fatores de risco previamente descritos na literatura: Diabetes melito, hipertensão arterial sistêmica, tabagismo, sintomatologia neurológica focal prévia, doença arterial troncular dos membros inferiores e presença de sopro carotídeo. A incidência de estenose carotídea hemodinamicamente significativa (>50%) foi de 48%, e crítica (>70%) de 32%. Mostraram-se fatores de risco estatisticamente significativos, antecedentes de Diabetes melito, sintomatologia neurológica focal prévia, presença de sopro carotídeo e presença. de alterações arteriais tronculares dos membros inferiores. Concluiu-se que no grupo estudado houve aumento significativo de ' risco para estenose carotídea hemo dinamicamente significativa e crítica, em relação à população geral. Desta forma, justifica-se o rastreamento ultra-sonográfico para doença carotídea, principalmente quando os fatores de risco significativos se fizerem presentes / Abstract: Carotid disease is well known as the main individual cause of stroke and also the third cause of death in the USA, which makes it extremely necessary to develop ways of performing its early diagnosis, although these new methods must be practical and economically viable to be used in countries which are in process of development. During 18 months, 50 patients with coronary disease were evaluated (35 male, 15 female; average age of 67.2 years old). Coronary artery bypass graft was previously indicated to alI of them. Using duplex utrasonography it was evaluated the incidence and degree of stenosis of the carotid arteries. It was also evaluated the probabability associated with risk factors enumerated in the literature, such as diabetes mellitus, arterial systemic hypertension, smoking, previous focal neurologic symptoms, lower extremity arterial disease and cervical bruit. It was found that 48% of the cases presented hemodynamically significative carotid stenosis (>50%) and that 32% of the patients showed critic carotid stenosis (>70%). Diabetes mellitus, previous focal neurologic symptoms, cervical bruit and lower extremity arterial disease were considered statisticaly significant risk factors. It was conc1uded that there was a significative increase in the risk of presênting hemodynamically significative or critic carotid stenosis in the group of patients studied when compared to the rest of the population, what justifies the use of ultrasonographic screening for carotid disease, mainly , when significant risk factors are present / Mestrado / Cirurgia / Mestre em Cirurgia
42

Estudo comparativo entre a uretrocistografia e a ultra-sonografia transferineal na propedeutica da incontinencia urinaria de esforço

Hermann, Viviane 18 July 2018 (has links)
Orientadores:Aloisio Jose Bedone, Paulo Cesar Rodrigues Palma / Tese (Doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas / Made available in DSpace on 2018-07-18T09:50:55Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Hermann_Viviane_D.pdf: 2791535 bytes, checksum: b99fc1366f2c19c062b8e7827608f3fd (MD5) Previous issue date: 1993 / Resumo: No período de novembro de 1991 a novembro de 1992 foram estudadas 40 mulheres selecionadas da população que teve consulta no Ambulatório de Ginecologia Geral do Hospital de Clinicas da UNICAMP. O objetivo foi o de analisar a aplicabilidade da ultra-sonografia transperineal como método por imagem alternativo à uretrocistografia na propedêutica da incontinência urinária de esforço. Os casos foram distribuídos em dois grupos de 20 pacientes, segundo a presença ou ausência de queixa clínica de incontinência urinária de esforço, os quais foram denominados Grupo I e Grupo II (sintomáticas e assintomáticas, respectivamente). O grupo sintomático submeteu-se à avaliação urodinâmica a fim de se excluir a instabilidade vesical e a incontinência urinária mista. O descenso da junção uretrovesical sob esforço foi mensurado através da uretrocistografia e comparado com os resultados obtidos mediante a mensuração por ultra-sonografia transperineal. O descenso maior ou igual a lOmm foi considerado compatível com o suporte anatômico insuficiente da junção uretrovesical em ambos os métodos. Concluiu-se que a ultra-sonografia transperineal pode representar um método propedêutico alternativo à uretrocistografia na avaliação da mobilidade da junção uretrovesical em pacientes com incontinência urinária de esforço, apresentando vantagens com relação aos índices de especificidade e valor preditivo positivo / Abstract: During the period November 1991 to November 1992, 40 women were selected from the population receiving health care at the Outpatient Clinic of the University Hospital, State University of Campinas, with the aim of studing the clinical applicability of transperineal ultrasonography as an alternative imaging method to uretrocystography in the investigation of female stress urinary incontinence (S.U.I.). The cases were divided in two groups of 20 patients each, according to the presence or not of S.U.I, symptoms, named Group I and Group II {symptomatic and asymptomatic respectively). The group with symptoms received the urodynamic assessment in order to rule out detrusor instability and mixed urinary incontinence. The descent of the urethrovesical junction under straining was measured through urethrocystography and compared with the results obtained through transperineal ultrasonography. A descent equal to or higher than 10mm was considered consistent with poor anatomical support in both methods. Our conclusion was that transperineal ultrasonography can probably replace urethrocystography in the assessment of the urethrovesical junction descent on straining in patients with S.U.I, with the advantages compared to the tests of specificity and positive predictive values / Doutorado / Doutor em Ciências Médicas
43

Sistema para aquisição e processamento digital de sinais de ultra-som doppler

Campos, Robson Veronezi January 2003 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Progarama de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica / Made available in DSpace on 2012-10-21T04:57:05Z (GMT). No. of bitstreams: 0 / Através do comportamento hemodinâmico, é possível diagnosticar distúrbios no sistema vascular periférico.
44

Ultrassonografia modo B de alta resolução modo Doppler e uso de contraste de microbolhas na avaliação testicular de gatos domésticos

Brito, Marina Botelho Soares de [UNESP] 19 August 2015 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2016-03-07T19:20:43Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2015-08-19. Added 1 bitstream(s) on 2016-03-07T19:24:23Z : No. of bitstreams: 1 000857979.pdf: 966651 bytes, checksum: 385c62b63db6518267b3de1b7a9250a2 (MD5) / As pesquisas envolvendo a reprodução de gatos domésticos comumente baseiam-se em análise macroscópica e andrológica do sistema reprodutor desses animais, não havendo nenhum estudo até o momento sobre a avaliação ultrassonográfica dos testículos nesta espécie. Sendo assim, este estudo prospectivo visou realizar a varredura ultrassonográfica dos testículos de 45 gatos adultos domésticos, utilizando as técnicas Modo B, Doppler e Ultrassonografia por Contraste com Microbolhas. Os resultados obtidos ao exame ultrassonográfico modo B demonstraram as estruturas testiculares com ecotextura homogênea e com ecogenicidade dentro da normalidade (semelhante à ecogenicidade do tecido esplênico), com presença de linha mediastinal evidente. Ao Doppler colorido testicular, foi possível verificar artéria testicular com padrão de ondas arterial e monofásico, em região de cordão espermático. Utilizando o Doppler Espectral, obtiveram-se os índices vasculares dos testículos direito e esquerdo, respectivamente: VS = 6.23 cm/s, VD = 2.77 cm/s e IR = 0.53; VS = 6.73 cm/s, VD = 2.8 cm/s e IR = 0.54. A avaliação ultrassonográfica contrastada por microbolhas não resultou em efeitos colaterais aos animais, apresentando-se de aplicação confiável e gerando imagens de qualidade. O contraste preencheu as estruturas vasculares subcapsulares, com moderado realce homogêneo do parênquima, além de rápida redução da ecogenicidade após o pico de realce. Os valores de tempo para o contraste de microbolhas, considerando tempo de entrada, pico de realce e tempo de saída para os testículos direito e esquerdo foram, respectivamente: tempo de entrada = 10.76 s, pico de realce = 21.50 s e pico de saída = 81.81; tempo de entrada = 8.78 s, pico de realce = 21.62 s e tempo de saída = 75.36. Esses exames foram facilmente aplicados em gatos domésticos e devem ser utilizados como técnicas auxiliares no diagnóstico de anormalidades testiculares... / Research involving breeding of domestic cats are commonly based on macroscopic and andrologic analysis, there is no study to date with sonographic evaluation of domestic cats testicle. Thus, this study aimed to perform the ultrasound scan of 45 adult domestic cats testicles, using the techniques of B mode, Triplex Doppler ultrasound and contrast-enhanced. The results showed homogeneous testicles, with normal echogenicity and echotexture, with evident mediastinal line. Testicular artery was observed in the spermatic cord with tortuous patter and showed monophasic-patterned waves and low vascular resistance and with systolic peak evident. Values of indices vascular were as follows: SV = 6.73 cm/s, DV = 2.8 cm/s and RI = 0.54 for left testicles; and SV = 6.23 cm/s, DV = 2.77 cm/s and RI = 0.53 for right testicles. The contrast-enhanced resulted in no side effects, being reliable and generating quality images. Contrast filled the subcapsular vascular structures and after a few seconds, a homogeneous moderate enhancement of the parenchyma, with parenchymal vessels still distinguishable and after the peak phase, a rapid homogeneous decrease in echogenicity. Values of time for contrast-enhanced ultrasonography were as follows: wash-in = 8.78 s, peak enhancement = 21.62 s and wash-out = 75.36 for left testicles; and wash-in = 10.76 s, peak enhancement = 21.50 s and washout = 81.81 for right testicles. The examination in Doppler mode showed testicular artery with monophasic-patterned waves in spermatic cord. These tests were easily applied in domestic cats and should be used as auxiliary techniques in the diagnosis of testicular abnormalities in this species
45

Estudo das características foliculares avaliadas através da ultrassonografia Modo-B e Doppler colorido de éguas jovens e idosas e sua relação com agente indutor e momento da ovulação

Uliani, Renata Cristina [UNESP] 11 July 2012 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:25:36Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2012-07-11Bitstream added on 2014-06-13T19:53:33Z : No. of bitstreams: 1 uliani_rc_me_botfmvz.pdf: 9913796 bytes, checksum: 13e23b78b66d6c64e5c46394215f9c31 (MD5) / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) / Apesar da grande quantidade de éguas idosas presentes nos programas de reprodução, poucos estudos que se preocupam em diagnosticar diferenças reprodutivas apresentadas por esta categoria animal. Sendo assim, este estudo objetivou avaliar as características foliculares de éguas jovens ( 12 anos, n=11) e idosas ( 18 anos, n=12) no momento pré-ovulatório, qual o agente indutor da ovulação de eleição para melhorar as características foliculares e se a diminuição da vascularização pode ser utilizada como parâmetro indicativo de iminência da ovulação. As éguas foram induzidas com hCG, acetato de deslorelina e associação dos dois agentes em três ciclos consecutivos de forma aleatória. Foram avaliadas na indução e a cada quatro horas, 32h após a indução até ovular. Modelos lineares de medidas repetidas foram usados para comparar média das variáveis-resposta entre momentos, tratamentos e idades. Teste de Qui-quadrado foi usado para avaliar associação entre formato e momento. Nível de significância estatística 0,05. Quatro horas antes de ovular observou-se diminuição na taxa de crescimento folicular com perda do contorno esférico, banda anecóica em 51,28±2,52%, camada de células da granulosa com 1,95±0,07mm e ecogenicidade 2,38±0,07, vascularização em 50,57±2,03% da parede folicular, edema uterino 0,74±0,12 e flutuação 2,37±0,12. Todas as características foram semelhantes entre as duas faixas etárias e tratamentos. Éguas que não ovularam apresentaram características muito distintas no período. É possível concluir que características do folículo pré ovulatório não são causa da baixa fertilidade em éguas idosas; não existe tratamento para indução da ovulação de eleição visando melhorar as características foliculares no momento pré-ovulatório; a diminuição da vascularização... / Despite the large number of old mares in the breeding programs, few studies have focused on diagnosing reproductive differences presented by this animal category. Therefore, the aim of this study was to evaluate the follicular differences among young mares ( 12 years, n=11) and old mares ( 18 years, n=12) in the preovulatory phase, with one is the ovulation inductor of choice for improving the characteristics of follicles before ovulation and if the decrease on follicular vascularity is a good indicator of imminence of ovulation. The mares were induced to ovulate with hCG, delorelin and the association of the two agents in three consecutive cycles at random. The mares were evaluated at the induction and every 4 hours, 32h after induction until ovulation. Linear models for repeated measures were used to compare the average response variables between times for collection, treatment and age. Chi-square test was used to evaluate associations between shape and time of collections. The level of statistical significance was 0.05. Four hours before ovulation, follicles showed a decrease in growth rate with loss of spherical shape, anechoic band in 51,28±2,52%, granulose layer with 1,95±0,07mm and 2,38±0,07 of echogenicity, vascularization in 50,57±2,03% of the follicle wall, 0,74±0,12 of uterine edema and 2,37±0,12 of fluctuation. All the characteristics were similar between the two age groups and treatments. Mares that did not ovulate had very different characteristics in the period. In conclusion, low fertility in old mares is not due to preovulatory follcicle characteristics; doesn’t exists a treatment of choice for ovulation induction to improve the characteristics of the follicle in the preovulatory period; decrease in follicular... (Complete abstract click electronic access below)
46

Estudo das características foliculares avaliadas através da ultrassonografia Modo-B e Doppler colorido de éguas jovens e idosas e sua relação com agente indutor e momento da ovulação /

Uliani, Renata Cristina. January 2012 (has links)
Orientador: Marco Antonio Alvarenga / Coorientador: Luciano Andrade Silva / Banca: Frederico Azanam Papa / Banca: Julio Cesar Ferraz Jacob / Resumo: Apesar da grande quantidade de éguas idosas presentes nos programas de reprodução, poucos estudos que se preocupam em diagnosticar diferenças reprodutivas apresentadas por esta categoria animal. Sendo assim, este estudo objetivou avaliar as características foliculares de éguas jovens ( 12 anos, n=11) e idosas ( 18 anos, n=12) no momento pré-ovulatório, qual o agente indutor da ovulação de eleição para melhorar as características foliculares e se a diminuição da vascularização pode ser utilizada como parâmetro indicativo de iminência da ovulação. As éguas foram induzidas com hCG, acetato de deslorelina e associação dos dois agentes em três ciclos consecutivos de forma aleatória. Foram avaliadas na indução e a cada quatro horas, 32h após a indução até ovular. Modelos lineares de medidas repetidas foram usados para comparar média das variáveis-resposta entre momentos, tratamentos e idades. Teste de Qui-quadrado foi usado para avaliar associação entre formato e momento. Nível de significância estatística 0,05. Quatro horas antes de ovular observou-se diminuição na taxa de crescimento folicular com perda do contorno esférico, banda anecóica em 51,28±2,52%, camada de células da granulosa com 1,95±0,07mm e ecogenicidade 2,38±0,07, vascularização em 50,57±2,03% da parede folicular, edema uterino 0,74±0,12 e flutuação 2,37±0,12. Todas as características foram semelhantes entre as duas faixas etárias e tratamentos. Éguas que não ovularam apresentaram características muito distintas no período. É possível concluir que características do folículo pré ovulatório não são causa da baixa fertilidade em éguas idosas; não existe tratamento para indução da ovulação de eleição visando melhorar as características foliculares no momento pré-ovulatório; a diminuição da vascularização... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: Despite the large number of old mares in the breeding programs, few studies have focused on diagnosing reproductive differences presented by this animal category. Therefore, the aim of this study was to evaluate the follicular differences among young mares ( 12 years, n=11) and old mares ( 18 years, n=12) in the preovulatory phase, with one is the ovulation inductor of choice for improving the characteristics of follicles before ovulation and if the decrease on follicular vascularity is a good indicator of imminence of ovulation. The mares were induced to ovulate with hCG, delorelin and the association of the two agents in three consecutive cycles at random. The mares were evaluated at the induction and every 4 hours, 32h after induction until ovulation. Linear models for repeated measures were used to compare the average response variables between times for collection, treatment and age. Chi-square test was used to evaluate associations between shape and time of collections. The level of statistical significance was 0.05. Four hours before ovulation, follicles showed a decrease in growth rate with loss of spherical shape, anechoic band in 51,28±2,52%, granulose layer with 1,95±0,07mm and 2,38±0,07 of echogenicity, vascularization in 50,57±2,03% of the follicle wall, 0,74±0,12 of uterine edema and 2,37±0,12 of fluctuation. All the characteristics were similar between the two age groups and treatments. Mares that did not ovulate had very different characteristics in the period. In conclusion, low fertility in old mares is not due to preovulatory follcicle characteristics; doesn't exists a treatment of choice for ovulation induction to improve the characteristics of the follicle in the preovulatory period; decrease in follicular... (Complete abstract click electronic access below) / Mestre
47

Ecografia do corpo lúteo em gestações iniciais

Pareja, Octávio Silveira 11 March 2011 (has links)
Resumo: Introducao: A tarefa mais importante do corpo luteo (CL) e a producao suficiente de progesterona durante a gestacao inicial e a ultra-sonografia com color Doppler e uma ferramenta util para examinar alteracoes vasculares do corpo luteo durante essa fase. Objetivo: O proposito deste estudo foi o de avaliar os aspectos morfologicos e vasculares do corpo luteo por parametros ultra-sonograficos durante a gestacao inicial assim como sua associacao com o abortamento. Metodos: Estudo coorte, prospectivo com 90 gestantes entre 6 e 8 semanas mais 6 dias. O diametro,volume, aspectos morfologicos, indice de resistencia e pico de velocidade sistolica do corpo luteo foram medidos pela ultra-sonografia transvaginal. Resultados: O estudo compreendia 90 pacientes. A idade materna variou entre 15 e 41 anos (com media de 28,6 „b 5,8 anos). O corpo luteo foi visualizado em 87 pacientes (96,7%) e 79 pacientes tiveram gestacoes normais (90,1%), enquanto 08 delas abortaram (9,9%), A comparacao entre as gestantes normais e as que sofreram aborto nao mostraram diferencas em relacao ao diametro medio do CL (21,8 x 20,0 mm; p= 0,108 ), volume medio do CL (4,2 x 3,0 cm3; p= 0,076), indice de resistencia medio (0,55 x 0,58; p = 0,220 ) e velocidade do pico sistolico (15 x 15 cm/s; p = 0,757 ), utilizando-se o teste de Mann Whitney. Observou-se uma correlacao positiva entre a idade materna e o indice de resistencia. Conclusao: Nenhuma orrelacao aparente foi encontrada entre as caracteristicas morfologicas e vasculares do corpo luteo nas gestacoes iniciais normais e nas que evoluiram para o abortamento.
48

Ultrassonografia modo B de alta resolução modo Doppler e uso de contraste de microbolhas na avaliação testicular de gatos domésticos /

Brito, Marina Botelho Soares de. January 2015 (has links)
Orientador: Marcus Antonio Rossi Feliciano / Coorientador: Wilter Ricardo Russiano Vicente / Banca: Pedro Paulo Maia Teixeira / Banca: Anelise Carvalho Nepomuceno / Resumo: As pesquisas envolvendo a reprodução de gatos domésticos comumente baseiam-se em análise macroscópica e andrológica do sistema reprodutor desses animais, não havendo nenhum estudo até o momento sobre a avaliação ultrassonográfica dos testículos nesta espécie. Sendo assim, este estudo prospectivo visou realizar a varredura ultrassonográfica dos testículos de 45 gatos adultos domésticos, utilizando as técnicas Modo B, Doppler e Ultrassonografia por Contraste com Microbolhas. Os resultados obtidos ao exame ultrassonográfico modo B demonstraram as estruturas testiculares com ecotextura homogênea e com ecogenicidade dentro da normalidade (semelhante à ecogenicidade do tecido esplênico), com presença de linha mediastinal evidente. Ao Doppler colorido testicular, foi possível verificar artéria testicular com padrão de ondas arterial e monofásico, em região de cordão espermático. Utilizando o Doppler Espectral, obtiveram-se os índices vasculares dos testículos direito e esquerdo, respectivamente: VS = 6.23 cm/s, VD = 2.77 cm/s e IR = 0.53; VS = 6.73 cm/s, VD = 2.8 cm/s e IR = 0.54. A avaliação ultrassonográfica contrastada por microbolhas não resultou em efeitos colaterais aos animais, apresentando-se de aplicação confiável e gerando imagens de qualidade. O contraste preencheu as estruturas vasculares subcapsulares, com moderado realce homogêneo do parênquima, além de rápida redução da ecogenicidade após o pico de realce. Os valores de tempo para o contraste de microbolhas, considerando tempo de entrada, pico de realce e tempo de saída para os testículos direito e esquerdo foram, respectivamente: tempo de entrada = 10.76 s, pico de realce = 21.50 s e pico de saída = 81.81; tempo de entrada = 8.78 s, pico de realce = 21.62 s e tempo de saída = 75.36. Esses exames foram facilmente aplicados em gatos domésticos e devem ser utilizados como técnicas auxiliares no diagnóstico de anormalidades testiculares... / Abstract: Research involving breeding of domestic cats are commonly based on macroscopic and andrologic analysis, there is no study to date with sonographic evaluation of domestic cats testicle. Thus, this study aimed to perform the ultrasound scan of 45 adult domestic cats testicles, using the techniques of B mode, Triplex Doppler ultrasound and contrast-enhanced. The results showed homogeneous testicles, with normal echogenicity and echotexture, with evident mediastinal line. Testicular artery was observed in the spermatic cord with tortuous patter and showed monophasic-patterned waves and low vascular resistance and with systolic peak evident. Values of indices vascular were as follows: SV = 6.73 cm/s, DV = 2.8 cm/s and RI = 0.54 for left testicles; and SV = 6.23 cm/s, DV = 2.77 cm/s and RI = 0.53 for right testicles. The contrast-enhanced resulted in no side effects, being reliable and generating quality images. Contrast filled the subcapsular vascular structures and after a few seconds, a homogeneous moderate enhancement of the parenchyma, with parenchymal vessels still distinguishable and after the peak phase, a rapid homogeneous decrease in echogenicity. Values of time for contrast-enhanced ultrasonography were as follows: wash-in = 8.78 s, peak enhancement = 21.62 s and wash-out = 75.36 for left testicles; and wash-in = 10.76 s, peak enhancement = 21.50 s and washout = 81.81 for right testicles. The examination in Doppler mode showed testicular artery with monophasic-patterned waves in spermatic cord. These tests were easily applied in domestic cats and should be used as auxiliary techniques in the diagnosis of testicular abnormalities in this species / Mestre
49

Fluxo sanguineo cerebral no periodo neonatal e correlação com o desenvolvimento neuropsicomotor no sexto mes de vida em lactentes a termo pequenos para idade gestacional

Muniz, Iracema Augusta Carvalho Cortez 01 August 2018 (has links)
Orientador : Vanda Maria Gimenes Gonçalves / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas / Made available in DSpace on 2018-08-01T18:23:55Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Muniz_IracemaAugustaCarvalhoCortez_M.pdf: 2288961 bytes, checksum: b7aa0c94a3696bccc069d6b6fb127c46 (MD5) Previous issue date: 2002 / Resumo: A desnutrição intra-uterina é responsável direta por parcela significativa da morbimortalidade no período neonatal e por repercussões em longo prazo no desenvolvimento neuropsicomotor. O presente estudo teve por objetivo avaliar o desenvolvimento neuropsicomotor no sexto mês de vida em lactentes a termo, pequenos para a idade gestacional e sua correlação com o fluxo sangüíneo cerebral por ultra-sonografia doppler ao nascimento. O trabalho foi realizado em 60 recém-nascidos a termo, selecionados no Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher da Universidade Estadual de Campinas, e divididos em dois grupos conforme a adequação peso/idade gestacional. O grupo 1 foi constituído por 36 recém-nascidos adequados para a idade gestacional e o grupo 2 por 24 recém-nascidos pequenos para a idade gestacional. Foram realizadas avaliações Dopplerfluxométricas entre 24 e 48 horas de vida em todos os recém-nascidos e acompanhamento posterior em 28 recém-nascidos no sexto mês de vida, sendo 16 adequados para a idade gestacional e 12 pequenos para a idade gestacional, com avaliações do neurodesenvolvimento através do instrumental das Escalas Bayley de Desenvolvimento Infantil II (BSID-II) (1993), no Laboratório de Estudos do Desenvolvimento Infantil I, do Centro de Estudos e Pesquisas em Reabilitação "Prof. Dr. Gabriel Porto", da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas. Os valores medianos de velocidade de fluxo cerebral: Velocidade de Fluxo no Pico Sistólico (VFPS), Velocidade de Fluxo no Final da Diástole (VFFD), Velocidade Média de Fluxo (VMF), mensurados em Artéria Cerebral Anterior (ACA) foram menores no grupo 2. Houve significância estatística com relação às velocidades sistólica e média. Resultados semelhantes foram observados em Artéria Cerebral Média (ACM), sem diferenças significativas. Constatou-se que a adequação peso/idade, a presença de policitemia neonatal e os valores de pressão arterial média estiveram associados aos valores de VMF em ACA. Enquanto a presença de sofrimento fetal, os valores de pressão arterial média e o hábito de fumar durante a gestação estiveram associados ao fluxo médio em ACM. A avaliação do neurodesenvolvimento demonstrou valores menores de ¿Index Score¿ em RN PIG, sem significado estatístico, havendo associação significativa entre o fluxo em ACA nas medidas de VFPS com a Escala Mental e Motora e da VMF com a Escala Motora. Não houve correlação de fluxo em relação à ACM. Concluiu-se que os RN PIG apresentaram valores de fluxo sistólico e médio significativamente menores em ACA, sendo observado um modelo de alta complexidade, não dependendo apenas da condição de nutrição ao nascimento. A performance do neurodesenvolvimento esteve associada significativamente aos valores de VFPS em ACA nas Escalas Mental e Motora e com a VMF em ACA na Escala Motora / Abstract: The intrauterine malnutrition is responsible not only for a great number of morbidity and mortality in neonatal period but also for causing neurological and intellectual sequelae. This paper aimed to evaluate the neurological development of full term infants, small-for-gestational age, and the correlation with cerebral blood flow using cranial ultrasound Doppler at birth. This study was performed at CAISM, a center for pregnant women, at the School Hospital of State University of Campinas (UNICAMP). Sixty term infants were selected and divided in two groups: Appropriate-for-gestational age (AGA) (36) and Small-for-gestational age (SGA) (24). Cranial ultrasound Doppler evaluation was performed on both groups, between 24 and 48 hours after birth. Twenty-eight subjects were followed at six months at LEDI I / CEPRE, a center for treating children with physical disability, using the Bayley Scales of Infant Development II (BSID II). Cerebral Blood Flow Velocity (CBFV), comprising Peak Systolic Flow Velocity (PSFV), End Diastolic Flow Velocity (EDFV), Mean Flow Velocity (MFV), was inferior in the small-for-gestational group, in the Anterior Cerebral Artery (ACA). Doppler measurements were statistically significant in the second group only for values related to Peak Systolic Flow Velocity and Mean Flow Velocity in the ACA. Similar results were seen in the Middle Cerebral Artery (MCA). However, there was no difference for any evaluated parameters of flow velocity in such artery. As to cerebral blood flow influencing factors, it was observed that weight/gestational age (AGA or SGA), presence of neonatal polycythemia and mean arterial blood pressure were statistically related to Mean Flow Velocity in the ACA. In presence of fetal suffering, mean arterial blood pressure and smoking in the pregnancy were statistically related to Mean Flow Velocity in the MCA. Index Score values were inferior in the small-for-gestational age newborns at six months. There was a significant association of Peak Systolic Flow Velocity with Mental and Motor Scales in the ACA and there was also a significant association of Mean Flow Velocity in the ACA with Motor Scales. There was no association for any evaluated parameters of flow velocity in the MCA. We concluded that small-for-gestational age newborns present Peak Systolic Flow Velocity and Mean Flow Velocity significantly reduced only in the Anterior Cerebral Artery. Results show that cerebral blood flow in newborns can be a highly complex model, which does not depend only on the intrauterine growth. The neurological development of small-for-gestational age was significantly associated to PSFV values in ACA in Mental and Motor Scales, and to MFV in ACA in Motor Scale / Mestrado / Pediatria / Mestre em Saude da Criança e do Adolescente
50

Videolaparoscopia e ultrassonografia como métodos auxiliares no diagnóstico das enfermidades abdominais dos bovinos

Silva, José Ricardo Barboza January 2018 (has links)
Orientador: Celso Antonio Rodrigues / Resumo: Na abordagem dos bovinos com enfermidades digestivas, durante o exame físico, exames complementares são necessários, de forma a retificar a suspeita clínica, contribuir para o estabelecimento do prognóstico e decisão clínica. Tais exames compreendem a avaliação do perfil hematológico, bioquímico, líquido peritoneal, ruminal, exame ultrassonográfico abdominal e laparotomia exploratória. Este último por se tratar de uma abordagem cirúrgica convencional, está associado as complicações e custos inerentes a técnica. Neste cenário a videolaparoscopia se apresenta com uma possibilidade para reduzir as complicações trans e pós-operatórias. O objetivo deste trabalho foi revisar e comparar a utilização da videolaparoscopia, ultrassonografia e demais métodos diagnósticos das enfermidades digestivas dos bovinos. Foram utilizados 7 bovinos mestiços, atendidos na Clínica de Bovinos de Garanhuns, unidade hospitalar da UFRPE. Realizou-se exame físico, ultrassonografia abdominal, videolaparoscopia exploratória, coleta de amostras de sangue, para a realização de hemograma, determinação plasmática da proteína total e fibrinogênio, e do soro foram realizadas análises dos indicadores bioquímicos: Proteína total, albumina, globulinas, relação albumina/globulina, glicose, L-lactato, uréia, creatinina, as atividades enzimáticas da aspartato aminotransferase (AST), gama glutamiltransferase (GGT), creatino quinase (CK) e lactato desidrogenase (LDH). Foi coletado líquido peritoneal e realizada análise ... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Mestre

Page generated in 0.0524 seconds