• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 7
  • Tagged with
  • 7
  • 7
  • 5
  • 5
  • 4
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Lomografia e Instagram : marcas de um imaginário comunicacional

Lohmann, Renata January 2015 (has links)
Este trabalho se situa na fronteira das áreas de Comunicação, fotografia e estudos do imaginário. Partimos do pressuposto de que as fotografias produzidas a partir do aplicativo Instagram e das câmeras da marca LOMO atingiram grande popularidade em razão de sua semelhança estética. Para concretizar este trabalho, fizemos uma exaustiva análise dessas duas ferramentas: seus modos de criação e fruição e sua relação com o tempo através de teóricos influentes das teorias do imaginário e da Comunicação. Além da pesquisa bibliográfica, nos utilizamos da mitodologia para buscar as imagens simbólicas recorrentes e regimes do imaginário que guiam essas ferramentas e suas constelações de imagens. Descobrimos que a semelhança estética entre as duas ferramentas seria apenas uma potencialidade, uma vez que os usuários do Instagram não têm como pulsão motora a busca pela estética, mas sim o clicar- publicar-impressionar, guiados pela técnica. Dessa forma, foi possível situar o Instagram como modelo do que seria um imaginário comunicacional, guiado pelo Regime Heroico do imaginário, caracterizado pelo titanismo e pela desestetização, enquanto a lomografia se situaria na polaridade oposta, guiada pelo Regime Místico e pela busca estética, sendo uma equilibração natural do próprio imaginário. / This work is located in the border areas of Communication, photography and imaginary studies. We assume that the photographs taken from the Instagram app and the LOMO cameras reached great popularity due to its aesthetic similarity. In order to achieve this work, we did a thorough analysis of these two tools: their modes of creation and enjoyment and its relationship to time by influential theorists of the imaginary and Communication theories. In the literature, we use the mitodologia to check the recourent symbolic images and imaginary schemes that guide these tools and their constellations of images. We found that the aesthetic similarity between the two tools would be only a potentiality, since Instagram users do not have as motor drive the search for aesthetics, but the click - publish - impress, guided by technique. Thus, it was possible to locate Instagram as a model of what would be a Communicational Imaginary, guided by the imaginary Heroic Regime, characterized by Titanism and the deaesthetization while lomography would stand in the opposite polarity, guided by Mystic Regime and the aesthetic pursuit, and a natural balancing of the imaginary itself.
2

Lomografia e Instagram : marcas de um imaginário comunicacional

Lohmann, Renata January 2015 (has links)
Este trabalho se situa na fronteira das áreas de Comunicação, fotografia e estudos do imaginário. Partimos do pressuposto de que as fotografias produzidas a partir do aplicativo Instagram e das câmeras da marca LOMO atingiram grande popularidade em razão de sua semelhança estética. Para concretizar este trabalho, fizemos uma exaustiva análise dessas duas ferramentas: seus modos de criação e fruição e sua relação com o tempo através de teóricos influentes das teorias do imaginário e da Comunicação. Além da pesquisa bibliográfica, nos utilizamos da mitodologia para buscar as imagens simbólicas recorrentes e regimes do imaginário que guiam essas ferramentas e suas constelações de imagens. Descobrimos que a semelhança estética entre as duas ferramentas seria apenas uma potencialidade, uma vez que os usuários do Instagram não têm como pulsão motora a busca pela estética, mas sim o clicar- publicar-impressionar, guiados pela técnica. Dessa forma, foi possível situar o Instagram como modelo do que seria um imaginário comunicacional, guiado pelo Regime Heroico do imaginário, caracterizado pelo titanismo e pela desestetização, enquanto a lomografia se situaria na polaridade oposta, guiada pelo Regime Místico e pela busca estética, sendo uma equilibração natural do próprio imaginário. / This work is located in the border areas of Communication, photography and imaginary studies. We assume that the photographs taken from the Instagram app and the LOMO cameras reached great popularity due to its aesthetic similarity. In order to achieve this work, we did a thorough analysis of these two tools: their modes of creation and enjoyment and its relationship to time by influential theorists of the imaginary and Communication theories. In the literature, we use the mitodologia to check the recourent symbolic images and imaginary schemes that guide these tools and their constellations of images. We found that the aesthetic similarity between the two tools would be only a potentiality, since Instagram users do not have as motor drive the search for aesthetics, but the click - publish - impress, guided by technique. Thus, it was possible to locate Instagram as a model of what would be a Communicational Imaginary, guided by the imaginary Heroic Regime, characterized by Titanism and the deaesthetization while lomography would stand in the opposite polarity, guided by Mystic Regime and the aesthetic pursuit, and a natural balancing of the imaginary itself.
3

Lomografia e Instagram : marcas de um imaginário comunicacional

Lohmann, Renata January 2015 (has links)
Este trabalho se situa na fronteira das áreas de Comunicação, fotografia e estudos do imaginário. Partimos do pressuposto de que as fotografias produzidas a partir do aplicativo Instagram e das câmeras da marca LOMO atingiram grande popularidade em razão de sua semelhança estética. Para concretizar este trabalho, fizemos uma exaustiva análise dessas duas ferramentas: seus modos de criação e fruição e sua relação com o tempo através de teóricos influentes das teorias do imaginário e da Comunicação. Além da pesquisa bibliográfica, nos utilizamos da mitodologia para buscar as imagens simbólicas recorrentes e regimes do imaginário que guiam essas ferramentas e suas constelações de imagens. Descobrimos que a semelhança estética entre as duas ferramentas seria apenas uma potencialidade, uma vez que os usuários do Instagram não têm como pulsão motora a busca pela estética, mas sim o clicar- publicar-impressionar, guiados pela técnica. Dessa forma, foi possível situar o Instagram como modelo do que seria um imaginário comunicacional, guiado pelo Regime Heroico do imaginário, caracterizado pelo titanismo e pela desestetização, enquanto a lomografia se situaria na polaridade oposta, guiada pelo Regime Místico e pela busca estética, sendo uma equilibração natural do próprio imaginário. / This work is located in the border areas of Communication, photography and imaginary studies. We assume that the photographs taken from the Instagram app and the LOMO cameras reached great popularity due to its aesthetic similarity. In order to achieve this work, we did a thorough analysis of these two tools: their modes of creation and enjoyment and its relationship to time by influential theorists of the imaginary and Communication theories. In the literature, we use the mitodologia to check the recourent symbolic images and imaginary schemes that guide these tools and their constellations of images. We found that the aesthetic similarity between the two tools would be only a potentiality, since Instagram users do not have as motor drive the search for aesthetics, but the click - publish - impress, guided by technique. Thus, it was possible to locate Instagram as a model of what would be a Communicational Imaginary, guided by the imaginary Heroic Regime, characterized by Titanism and the deaesthetization while lomography would stand in the opposite polarity, guided by Mystic Regime and the aesthetic pursuit, and a natural balancing of the imaginary itself.
4

Evolução e revolução do suporte fotográfico / -

Paganotti, Caio 07 October 2016 (has links)
Esta pesquisa analisa a diferença entre os suportes fotográficos ao longo da história, aprofundando-se nos existentes atualmente e identificando as distintas linguagens desenvolvidas por cada um, assim como os relacionamentos entre fotógrafo e assunto, observador e fotografia (suporte) e, também, fotógrafo e aparato fotográfico. Parte-se de uma análise histórica e contemporânea e de uma produção artística autoral para compreender a importância de cada suporte fotográfico em uso, trazendo à tona a relação entre o filme fotográfico e o suporte digital, além da condição de sobrevida que a lomografia trouxe ao filme fotográfico e sua influência no desenvolvimento de uma nova linguagem na fotografia digital. A dissertação apresenta, também, uma análise da fotografia como libertadora da própria fotografia como representação fiel da realidade. / This research analyzes the difference between photographic media throughout history, focusing on the current techniques and identifying different languages developed by each medium. This work also evaluates the relationship between photographer and subject, observer and photography, and photographer and photographic equipment as well. Based on a historic analysis and an authorial artistic production to understand the importance of each photographic camera currently in use, this research discusses the relationship between photographic film and digital medium, considering how lomography has contributed to the survival of photographic film and, at the same time, it has also influenced the development of new languages in digital photography. This dissertation also analyzes how photography can liberate itself from its role as a way of faithfully representation of reality.
5

Do filme ao download: uma cartografia lomo / Do filme ao download: uma cartografia lomo / Do filme ao download: uma cartografia lomo / From the film to the download: a lomo cartography / From the film to the download: a lomo cartography / From the film to the download: a lomo cartography

Grécia Desirée Falcão de Araujo 27 February 2014 (has links)
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / Pensando a fotografia enquanto fenômeno comunicativo, numa perspectiva cartográfica associada à Teoria do Ator-Rede de Bruno Latour (2012), passamos a traçar os vínculos sociais, visuais e sensíveis que hoje põem em evidência o fazer lomográfico. Aqui, sob os relatos dos modos de fabricação e circulação da lomografia, pudemos adentrar estas redes de mediações sociotécnicas que desenham sua prática, bem como perceber o modo como construímos, no presente, a história das imagens nesse contexto. Já sob a diversidade de elementos que hoje reordenam nossas formas de ver, junto à noção de anacronismo (AGAMBEN, 2009; BENJAMIN; 1994; DIDI-HUBERMAN, 2010; RANCIÈRE, 2012), este gesto cartográfico nos levou tanto a buscar aspecto relacional e comunicativo da imagem lomo, quando a compreender a construção deste sentido visual frente à montagem de tempos heterogêneos. Processo onde as formas de apresentação e os atuais valores de uso lomo revelam, na imagem, seu caráter movente onde lugares do visível que se deslocam de seus contextos anteriores, renegociando socialmente suas condições de possibilidade no contemporâneo, podem ser redimensionados / Considering photography as a communicative phenomenon, based on a cartographic perspective associated to Actor-Network Theory by Bruno Latour (2012), this research enable us to outline the social, visual and sensitive bonds that highlight the modes of existence of lomographic experience. Here, reporting the modes of production and circulation of lomography, we were able to enter these networks of sociotechnical mediations that draw its practice, as well as we can perceive the way we build in the present the history of images in this context. Among the diversity of elements that reorder our ways of seeing, with the notion of anachronism (AGAMBEN, 2009; BENJAMIN; 1994; DIDI-HUBERMAN, 2010; RANCIÈRE, 2012) this cartographic gesture took us either to look at the relational and communicative aspect of the lomo image and to understand the construction of its visuality regarding the assembly of heterogeneous times by which it is made. This is a process where forms of presentation and current values of lomos use reveal within the image its moving characteristics. Where the visible is dislocated from its prior contexts, socially renegotiating the conditions of its possibilities in the present and where in so doing, it can be redimesioned
6

Do filme ao download: uma cartografia lomo / Do filme ao download: uma cartografia lomo / Do filme ao download: uma cartografia lomo / From the film to the download: a lomo cartography / From the film to the download: a lomo cartography / From the film to the download: a lomo cartography

Grécia Desirée Falcão de Araujo 27 February 2014 (has links)
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / Pensando a fotografia enquanto fenômeno comunicativo, numa perspectiva cartográfica associada à Teoria do Ator-Rede de Bruno Latour (2012), passamos a traçar os vínculos sociais, visuais e sensíveis que hoje põem em evidência o fazer lomográfico. Aqui, sob os relatos dos modos de fabricação e circulação da lomografia, pudemos adentrar estas redes de mediações sociotécnicas que desenham sua prática, bem como perceber o modo como construímos, no presente, a história das imagens nesse contexto. Já sob a diversidade de elementos que hoje reordenam nossas formas de ver, junto à noção de anacronismo (AGAMBEN, 2009; BENJAMIN; 1994; DIDI-HUBERMAN, 2010; RANCIÈRE, 2012), este gesto cartográfico nos levou tanto a buscar aspecto relacional e comunicativo da imagem lomo, quando a compreender a construção deste sentido visual frente à montagem de tempos heterogêneos. Processo onde as formas de apresentação e os atuais valores de uso lomo revelam, na imagem, seu caráter movente onde lugares do visível que se deslocam de seus contextos anteriores, renegociando socialmente suas condições de possibilidade no contemporâneo, podem ser redimensionados / Considering photography as a communicative phenomenon, based on a cartographic perspective associated to Actor-Network Theory by Bruno Latour (2012), this research enable us to outline the social, visual and sensitive bonds that highlight the modes of existence of lomographic experience. Here, reporting the modes of production and circulation of lomography, we were able to enter these networks of sociotechnical mediations that draw its practice, as well as we can perceive the way we build in the present the history of images in this context. Among the diversity of elements that reorder our ways of seeing, with the notion of anachronism (AGAMBEN, 2009; BENJAMIN; 1994; DIDI-HUBERMAN, 2010; RANCIÈRE, 2012) this cartographic gesture took us either to look at the relational and communicative aspect of the lomo image and to understand the construction of its visuality regarding the assembly of heterogeneous times by which it is made. This is a process where forms of presentation and current values of lomos use reveal within the image its moving characteristics. Where the visible is dislocated from its prior contexts, socially renegotiating the conditions of its possibilities in the present and where in so doing, it can be redimesioned
7

Evolução e revolução do suporte fotográfico / -

Caio Paganotti 07 October 2016 (has links)
Esta pesquisa analisa a diferença entre os suportes fotográficos ao longo da história, aprofundando-se nos existentes atualmente e identificando as distintas linguagens desenvolvidas por cada um, assim como os relacionamentos entre fotógrafo e assunto, observador e fotografia (suporte) e, também, fotógrafo e aparato fotográfico. Parte-se de uma análise histórica e contemporânea e de uma produção artística autoral para compreender a importância de cada suporte fotográfico em uso, trazendo à tona a relação entre o filme fotográfico e o suporte digital, além da condição de sobrevida que a lomografia trouxe ao filme fotográfico e sua influência no desenvolvimento de uma nova linguagem na fotografia digital. A dissertação apresenta, também, uma análise da fotografia como libertadora da própria fotografia como representação fiel da realidade. / This research analyzes the difference between photographic media throughout history, focusing on the current techniques and identifying different languages developed by each medium. This work also evaluates the relationship between photographer and subject, observer and photography, and photographer and photographic equipment as well. Based on a historic analysis and an authorial artistic production to understand the importance of each photographic camera currently in use, this research discusses the relationship between photographic film and digital medium, considering how lomography has contributed to the survival of photographic film and, at the same time, it has also influenced the development of new languages in digital photography. This dissertation also analyzes how photography can liberate itself from its role as a way of faithfully representation of reality.

Page generated in 0.0664 seconds