• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 975
  • 16
  • 16
  • 15
  • 15
  • 11
  • 9
  • 3
  • 3
  • 3
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 994
  • 994
  • 577
  • 427
  • 417
  • 290
  • 177
  • 138
  • 122
  • 105
  • 99
  • 85
  • 71
  • 70
  • 65
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Fabricação de pontas de tungstenio e ouro para a microscopia de tunelamento

Kochinda, Yasushi 01 March 1994 (has links)
Orientador: V. Baranauskas / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Eletrica / Made available in DSpace on 2018-07-19T09:56:21Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Kochinda_Yasushi_M.pdf: 4028915 bytes, checksum: 95614f53aded6d12248cbf7001f71586 (MD5) Previous issue date: 1994 / Resumo: Com o invento do microscópio de tunelamento, surgiu a necessidade do afinamento de agulhas a níveis atômicos. Esta preocupação, antiga para alguns cientistas, apareceu na década de 30 quando foi inventado o microscópio de emissão iônica (FIM), que também empregavam agulhas micrométricas (fixas). Neste sentido existem vários trabalhos publicados, relacionados com a fabricação e polimento de pontas. A maioria dos métodos utiliza a corrosão eletrolítica para a usinagem inicial e o posterior polimento com métodos mais sofisticados como usinagem iônica, oxidação a altas temperaturas seguido de remoção de óxido por recozimento no vácuo e controlado com "FIM", deposição de átomos de tungstênio por CVD induzido por feixe de elétrons e outros métodos. Neste trabalho procuramos desenvolver métodos simples para a fabricação e polimentode pontas que pudessem ser realizadas dentro das possibilidades limitadas do nosso laboratório. Escolhemos dois tipos de materiais para as pontas, tungstênio e ouro. Para a fabricação de pontas de tungstênio foi utilizado o método de fabricação por corrosão eletroquímica em solução de KOH dissolvido em água. Para o polimento, foi utilizado um polimento puramente químico, com solução de HF(27%)HNO3(16%)H20. Para a produção de agulhas de ouro foram desenvolvidos vários métodos (i) - Usando um método semelhante àquele utilizado para a fabricação de pontas de tungstênio, mas com a peça de plástico muito menor, aproximadamente3mm de comprimento, e utilizando a ponta que se forma acima da corrosão. O eletrólito utilizado foi HF(28%)HNO3(16%)H2O. (ii) - Este método consiste em fazer a corrosão utilizando a mesmo esquema do método anterior, mas eliminando a peça de plástico e mergulhando aproximadamente 3mm do fio na solução. (iii) - Neste método a ponta é produzida com o mesmo esquema do método (i) acima utilizando como eletrólito HNO3(10%)H2O e depois, quebrada com um aparelho de ultrassom. Este último método utiliza o esquema do método (ii) e o eletrólito utilizado no método anterior. Aqui também são necessárias duas etapas: primeira se aplica uma tensão positiva no fio de ouro para fazer a corrosão e depois a polaridade é invertida para eliminar o óxido que cobre a ponta. Segunda, nosso melhor conhecimento, tanto o polimento químico do W quanto os processos de fabricação das pontas de Au, pelos métodos descritos na presente tese, não foram ainda publicados na literatura / Mestrado / Mestre em Engenharia Elétrica
2

Avaliação da eficácia dos métodos de instrumentação e de substâncias químicas nas paredes de canais radiculares - Estudo em microscopia eletrônica de varredura

Souza, Rogério Emílio de 30 September 2005 (has links)
Comparou-se a eficiência da instrumentação rotatória e manual-mecânica variando a substância auxiliar nos terços médio e apical quanto à presença da smear layer. Foram utilizados 95 dentes divididos em 4 grupos: Instrumentação manual-mecânico, Instrumentação com o sistema ProTaper, sistema RaCe e sistema 'K POT. 3', sendo os grupos irrigados com clorexidina 0,12% e hipoclorito de sódio 1%, tendo 15 dentes como controle. Ao final os dentes foram clivados em seu longo eixo, metalizados e levados ao MEV. Os resultados mostraram que não houve diferença entre os terços analisados, independente das técnicas ou das soluções. Frente à solução de hipoclorito, no terço médio e análise global, o sistema 'K POT. 3' mostrou melhores resultados. No terço apical não houve diferença estatística. Não houve diferença estatística entre as técnicas no terço médio, apical e global, quando irrigados com a Clorexidina. A análise das técnicas de instrumentação, independente das soluções e dos terços, mostrou não haver diferença estatística. A clorexidina se mostrou superior ao hipoclorito no terço médio independente da técnica de instrumentação e no terço apical as duas soluções se equipararam / This study compared the efficiency of rotary and manual-mechanical instrumentation with variations in the auxiliary chemical in the middle and apical thirds as to the presence of smear layer. The study was conducted on 95 human teeth. As a control 15 teeth were divided into 3 groups. The other teeth were according to the study conditions: manual-mechanical instrumentation; rotary instrumentation with the ProTaper; RaCe and the 'X POT. 3' Each of these groups was employed: 0.12% chlorhexidine gluconate and 1% sodium hypochlorite. Each tooth was analyzed by MEV. Analysis of the results revealed no difference between the middle and apical thirds, regardless of the techniques or solutions. When the sodium hypochlorite solution was used, concerning the middle third the 'X POT. 3' exhibited better results. The apical third and global performance did not present statistical difference. With regard to the chlorhexidine, global analysis of the middle and apical third did not reveal statistical difference. Assessment of the instrumentation techniques, regardless of the irrigants and thirds, as to the presence of smear layer, did not exhibit statistical difference. Chlorhexidine was statistically better than sodium hypochlorite at the middle third, whereas at the apical third both solutions were statistically similar
3

Propriedades elétricas de óxido de grafeno por microscopia de varredura / Electrical properties of graphene oxide by scanning probe microscopy

Salomão, Francisco Carlos Carneiro Soares January 2015 (has links)
SALOMÃO, F. C. C. S. Propriedades elétricas de óxido de grafeno por microscopia de varredura. 2015. 74 f. Tese (Doutorado em Física) - Centro de Ciências, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2015. / Submitted by Giordana Silva (giordana.nascimento@gmail.com) on 2016-10-04T20:40:45Z No. of bitstreams: 1 2015_tes_fccssalomao.pdf: 2245679 bytes, checksum: 541e217243b1e6f83eaeab66e3be652c (MD5) / Approved for entry into archive by Giordana Silva (giordana.nascimento@gmail.com) on 2016-10-04T20:41:08Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2015_tes_fccssalomao.pdf: 2245679 bytes, checksum: 541e217243b1e6f83eaeab66e3be652c (MD5) / Made available in DSpace on 2016-10-04T20:41:08Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2015_tes_fccssalomao.pdf: 2245679 bytes, checksum: 541e217243b1e6f83eaeab66e3be652c (MD5) Previous issue date: 2015 / Potential applications of nanomaterials such as graphene and its derivatives, in electronic devices led to a detailed study of their electronic properties. The graphene oxide also has been proposed for various applications, of which we highlight the applications in composite thin films with supercapacitors properties. However, many of the graphene oxide properties can vary from sample to sample, which poses as an important setback to technological application of this material. Furthermore, the characterization electric and dielectric properties on nanomaterials is also a challenging task, since most characterization techniques have been developed for films thicker than 200 nm, which is much thicker than the atomically thin layer of graphene oxide. In this work, we studied the electric and dielectric properties of graphene oxide flakes by scanning probe microscopy. We use electrostatic force microscopy (EFM) to estimate the surface charge density of a layer of graphene oxide, as well as the nature of these charges. We also use the Kelvin force microscopy (KPFM) to characterize transparent thin films based on graphene oxide and Cellulose Acetate. KPFM was also used to determine the surface potential of graphene oxide as a function of humidity. Finally, we have applied the capacitance gradient (dC/dz), which is obtained by measuring the second harmonic signal in EFM to calculate the dielectric constant of monolayer and few-layer graphene oxide. As the dielectric constant cannot be extracted directly from the measurements, we developed an analytical model to describe the electric signal (dC/dz) for the system and show that this model can be used to estimate the dielectric constant of monolayer and few-layer graphene oxide. / As potenciais aplicações de nanomateriais, como grafeno e seus derivados, em dispositivos eletrônicos motivou um estudo detalhado de suas propriedades eletrônicas. O Óxido Grafeno também têm sido proposto para várias aplicações, das quais podemos destacar a aplicação em compósitos de filmes finos que apresentem propriedades de supercapacitores. Entretanto, muitas das propriedades do óxido de grafeno podem variar de amostra para amostra, o que se apresenta como uma importante dificuldade para sua aplicação tecnológica. Além disso, a caracterização destas propriedades em nanomateriais também é uma tarefa desafiadora, uma vez que a maioria das técnicas de caracterização têm sido desenvolvidas para filmes com espessura acima de 200nm, a qual é muito mais espessa do que as camadas atomicamente finas do óxido de grafeno. Neste trabalho, estudamos as propriedades elétricas e dielétricas do óxido de grafeno por microscopia de varredura por sonda. Nós estimamos a densidade superficial de cargas do óxido de grafeno de uma camada, bem como a natureza destas cargas por microscopia de força eletrostática. Utilizamos a microscopia de força Kelvin (KPFM) para caracterizar filmes finos transparentes baseados em Óxido de Grafeno e Acetato de Celulose. Utilizamos também KPFM para determinar o potencial de superfície do óxido de grafeno em função da umidade do ar. Finalmente, utilizamos o gradiente da capacitância (dC/dz), que é obtido através do segundo harmônico em EFM, para calcular a constante dielétrica do óxido de grafeno de uma camada e algumas camadas. Como a constante dielétrica não pode ser extraída diretamente das medidas, nós desenvolvemos neste trabalho um modelo analítico para descrever o sinal elétrico de (dC/dz) e mostramos que o este pode ser utilizado para estimar a constante dielétrica do óxido de grafeno monocamada e de algumas camadas.
4

Etiologia, progressão e tratamento das peri-implantites /

Shibli, Jamil Awad. January 2003 (has links)
Orientador : Elcio Marcantonio Junior / Banca: Ricardo Samih Georges Abi Rached / Banca: Luís Antonio Pugliesi Alves de Lima / Banca: Wilson Roberto Sendik / Banca: Ricardo Guimarães Fischer / Doutor
5

Efeitos da erupção alterada, por desimpedimento e pela vimblastina, nos fibroblastos de regiões e compartimentos do ligamento periodontal de incisivos de ratos, estudo morfometrico ultraestrutural

Novaes, Pedro Duarte, 1960- 19 August 1996 (has links)
Orientador: Jose Merzel / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba / Made available in DSpace on 2018-07-21T11:24:29Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Novaes_PedroDuarte_D.pdf: 2205146 bytes, checksum: d897b9dd1a4486951091014408089991 (MD5) Previous issue date: 1996 / Resumo: As densidades volumétricas (Vv) de estruturas da face mesial do ligamento periodontal (LPD) de incisivos inferiores de ratos foram analisadas em dentes em condições de erupção: impedida (CI), que serviu de controle, desimpedida (CD), cuja erupção é acelerada, e sob a ação da vimblastina (VI e VD), que retarda a erupção. Seis ratos machos tiveram seus incisivos inferiores esquerdos seccionados a cada dois dias e mantidos em erupção desimpedida, enquanto que os contralaterais erupcionaram em oc1usão com os superiores. No 72 dia, três animais foram injetados, intraperitonealmente, com uma dose única de vimblastina (2 mg/Kg de peso) e os três restantes receberam volume equivalente de salina. Os animais, foram perfundidos, por via intracardíaca, com solução de Karnovsky e as hemimandíbulas dissecadas e imersas no mesmo fixador por mais 3 horas. As hemimandíbulas, após descalcificação em EDT A, foram divididas em cinco regiões transversais~ a porção entre a crista alveolar do ,incisivo e a face mesial do primeiro molar foi dividida em dois segmentos de igual extensão (RI e R2)~ os três segmentos restantes foram relacionados a cada um dos molares (R3, R4 e R5). O material foi pós-fixado em tetróxido de ósmio e processado para microscopia eletrônica de transmissão e cortes ultrafinos, no sentido transversal, foram obtidos de cada região. Para avaliação morfométrica foram usadas três eletronmicrografias no aumento final de 6. OOOx e três no aumento final de 47.730x, dos compartimentos junto ao dente, junto ao osso alveolar e um intermediário entre os dois, de cada região do LPD. No aumento de 6.000x, utilizando-se um retículo de 100 pontos, foram determinadas as V v de fibroblastos (V vf) e da matriz extracelular (Vvme). No aumento de 47.730 x, utilizando-se um retículo de 400 pontos, as Vv em relação a Vvf de: mitocôndrias, Golgi, lisosomas, retículo endoplasmático granular, microtúbulos, junções celulares e vesículas de colágeno. Nos animais controle com erupção impedida (CI), a Vvf e Vvme não se alteraram ao longo do dente, com exceção do compartimento intermediário, onde, em R2 e R3, Vvf foi maior e a Vvme menor que nas demais regiões. O desimpedimento aumentou a Vvf e diminuiu a Vvme , ificativamente, nos compartimentos intermediário e junto ao osso das regiões 4 e 5 (e.g., no compartimento intermediário da R4, a Vvf de CI foi de 0,322 e de CD, 0,532; a Vvme de CI foi 0,678 e de CD, 0,468). A vimblastina provocou algumas diferenças opostas entre dentes impedidos e desimpedidos em relação aos controles. Onde, por exemplo, a Vv aumentou nos primeiros, diminuiu nos últimos (e.g., no compartimento junto ao dente da RI, a Vvme em CI foi 0,623 e em VI, 0,718, enquanto que, em CD foi 0,746 e em VD, 0,440). Entre as estruturas citoplasmáticas, a alteração mais marcante foi a relacionada aos microtúbulos, cuja Vv aumentou nos dentes desimpedidos, principalmente, nos compartimentos junto ao dente e junto ao osso da R 1 e R2 e diminuiu, de modo generalizado, nos dois grupos (impedidos e desimpedidos) tratados com vimblastina (e.g., no compartimento junto ao dente da RI, a Vvmt de CI foi 0,0014 e em CD, 0,0073; e em VI foi 0,00 e em VD, 0,0018. Estes resultados parecem indicar que o ligamento periodontal do incisivo de rato não se comporta por igual em relação a fatores que alteram o processo de erupção, tanto nos compartimentos como nas regiões em que foi dividido / Abstract: The volume density (Vv) of structures at the mesial face of the rat lower incisor periodontal ligament (PDL) were determined in control and vimblastine treated, impeded (CI and VI) and unimpeded teeth (CD and VD). Six adult male rats had their left lower incisors shortened at every other day to erupt in an unimpeded condition, while the right ones erupted impeded. On the ih day, three animais were injected, intraperitoneally, with a single dose of vinblastine (2mg/K of b.w.) while the other three received an injection of an equivalent volume of saline. Under ether anesthesia, the animaIs were perfused, through the left ventricle, with Karnovsky's solution; the hemimandibles were dissected out, and left in the same solution for 3 more hours. After decalcification with EDT A, each hemimandible was divided in five transversal regions: between th~ alveolar crest and the mesial face of the 1st M, it was divided in two halves - RI and R2; the three folloWing Iregions, R3, R4 and Rs were related to each of the lower molar teeth. The pieces were pos-fixed with osmium tetroxide, processed for electron microscopy and transversal ultrathin sections were made from each region. For morphometric analysis, three electronmicroghaphs, at fmal magnification of 6.000x and three at 47.300x, were taken from the toothrelated compartment, alveolar bone-related compartment and from a midle one, between the former two, of each PDL region. At 6. OOOx, using a test system oí 100 points, the Vv oí fibroblasts (V vr) and extracellular matrix (Vvme) were determined. At 47.7 30x, using a test system of a 400 points, the Vv related to V vf oí mitochondria, Golgi, lysosomes, rough ER, microtubules, intercelIular junctions and intracelIular colIagen vesic1es, were determined. In control impeded teeth (CI), Vvf and Vvme were similar in alI regions, except in the midle compartment, where in R2 and R3, Vvf was higher and Vvme lower than the other regions. In unimped teeth, Vvf increased and Vvme decreased in the midle and alveolar bone-related parts of R4 and R5 (e.g. in midle compartment of R4, Vvf of CI was 0.322 and of CD, 0.532; Vvme of CI was 0.678 and of CD, 0.468). Vinblastine induced some opposite effects between impeded and unimped teeth: where for instance the Vv increased in the fonner, decreased in the latler or vice-versa (e.g. in the tooth-re1ated compartment of R1, Vvme. of CI was 0.632 and of VI, 0.718, while of CD was 0.746 and ofVD, 0.440). Among fibroblast cytoplasmic structures the most evident effect was related to microtubules. Their V vmt showed a significant increase in unimpeded teeth, mainly in the tooth-related and alveolar bone~related compartments and a general decrease i~ both vinblastine-treated groups (e.g. in tooth-related compartment ofRI, Vvmt ofCI was 0.0014 and ofCD 0.Oq73; ofVI was 0.00 and ofVD 0.0018). These results seem to indicate that different regions and compartments of PDL did not show a similar behaviour in relation to factors that alter the eruption processo / Doutorado / Biologia e Patologia Buco-Dental / Doutor em Ciências
6

Estudo da composição de fases nos contornos de grãos supercondutores A-15 e sua influência nas propriedades de transporte

Rodrigues Junior, Durval 26 March 1997 (has links)
Orientador: Daltro Garcia Pinatti / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Fisica Gleb Wataghin / Made available in DSpace on 2018-07-22T22:41:11Z (GMT). No. of bitstreams: 1 RodriguesJunior_Durval_D.pdf: 2299001 bytes, checksum: 7f64976ba8c182200ced0a3d155f2fe8 (MD5) Previous issue date: 1997 / Resumo: O presente trabalho faz a caracterização completa das propriedades de transporte e microestruturais de fios supercondutores multifilamentares de Nb3Sn, (Nb,Ta)3Sn e (Nb,Ti)3Sn produzidos comercialmente e em laboratório através de diversas técnicas de fabricação. É conseguido o entendimento dos mecanismos de aprisionamento de fluxo que agem nestes materiais e, consequentemente, quais as metodologias que devem ser seguidas para suas otimizações de corrente elétrica. A intensidade de aprisionamento atuando sobre as linhas de fluxo magnético nestes materiais é determinada pela densidade volumétrica de grãos e pela variação da composição de fases proximas de seus contornos. As distribuições de tamanhos de grãos são obtidas por MET enquanto que os perfis composicionais perto dos contornos são obtidos em STEM, com resolução de 2 nm. São determinados os perfis de Nb, Sn, Cu, Ta e Ti dependendo do material supercondutor analisado. As concentrações de Sn e Cu perto dos contornos aumentam rapidamente em relação aos seus valores dentro dos grãos enquanto que o Nb apresenta comportamento oposto. O Ta substitui o Nb na fase supercondutora mesmo próximo dos contornos sendo que as concentrações de ambos elementos diminui nesta região. A concnetração de Ti aumenta nos contornos, substituindo o Nb, provavelmente devido à afinidade do Ti com o Cu. Não foi encontrado Cu no interior dos grãos além de distâncias de 10 nm dos contornos / Abstract: This work completely characterizes the transport properties and microstructures of commercial and laboratory Nb3Sn, (Nb, Ta)3Sn and (Nb, Ti)3Sn multifilamentary superconductor wires made through several fabrication methods. It is understood the flux pinning mechanisms acting in these materials and the best metallurgical routes to improve their critical currents. The pinning strength acting on the flux line lattice in these materia1s is determined by the volumetric grain density and by the composition variation of phases near the grain boundaries. The distribution of grain sizes was determined by TEM and the composition profiles near the boundaries were obtained by STEM, with a 2 nm resolution. It was determined the profiles of Nb, Sn, Cu, Ta and Ti, depending on the conductor type. The concentrations of Sn and Cu near the boundaries increased rapidly in comparison to their values inside the grains, while the Nb showed the opposite behavior . Ta substitutes Nb even near the grain boundaries, where their concentrations decrease. The Ti concentration increases near the boundaries probably due to the affinity to Cu. There is no Cu inside the grains after a distance of 10 nm from the boundaries. The ana1ysis of the superconducting phase formed in the wire filaments were made with SEM and microprobe. The complete characterization of the conductors transport properties included measurements of critical currents versus applied magnetic field, upper critical magnetic field versus temperature, critical temperature and residual resistivity ratio. The models used to understand the flux pinning in the samples led to the conclusion that two mechanisms can act in this type of material: the vortex core interaction with the normal phases at the grain boundaries and the flux line lattice shearing on these boundaries. The pinning forces due to this second mechanism are always lower than those of the first mechanism and the shearing behavior is the only one found experimentally. These models reproduced the experimental data very well giving calculated grain size values very close to those found in the conductor microstructures. Due to the fact that it must exist a direct relation between the flux line lattice spacing and the grain sizes that act in the flux pinning, this work defines the effective grain size, Deffective, which changes with the applied magnetic field. The understanding of the flux pinning behavior in Nb3Sn led to the design of a conductor capable of transporting high critical currents with high stability . This conductor was produced using the solid-liquid diffusion method and reached transport currents as high as 380 A at 10 T (0,81 mm conductor diameter). This gives a current density jc non-Cu of 2200 A/mm2 at 10 T / Doutorado / Física / Doutor em Ciências
7

Auto-organização de particulas coloidais : o caso do latex copolimerico de poli[estireno-co-metacrilato de 2-hidroxietila]

Cardoso, Andre Luiz Herzog 27 July 2018 (has links)
Orientador: Fernando Galembeck / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Quimica / Made available in DSpace on 2018-07-27T18:18:17Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Cardoso_AndreLuizHerzog_D.pdf: 6573699 bytes, checksum: 2d9275c81a24403b250924577d0b87a1 (MD5) Previous issue date: 1999 / Doutorado
8

Analise microestrutural de cinco diferentes marcas comerciais de implantes de titanio comercialmente puro

Albergaria-Barbosa, José Ricardo de, 1956- 28 July 2018 (has links)
Tese (livre-docencia)- Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba / Made available in DSpace on 2018-07-28T07:09:27Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Albergaria-Barbosa_JoseRicardode_LD.pdf: 4992773 bytes, checksum: a4636182e3fc8aed823a0dd0ca7fe255 (MD5) Previous issue date: 2000 / Resumo: Este trabalho teve como objetivo analisar comparativamente 05 sistemas nacionais de implantes de titânio empregados atualmente em odontologia, utilizando-se da análise da superfície do implante através de metalografia, microscopia eletrônica de varredura acoplado à microanálise (MEV-EDS) e analisador de imagens. Para tanto foram utilizados 15 amostras implantes, divididos em 05 sistemas, contendo 03 unidades cada, de implantes de titânio comercialmente puros pertencentes respectivamente a, Implamed® (Sterngold Implamed Dental Implant Systems do Brasil Ltda) ao S Implant® (S Serson Implant - S Serson Internacional), Master Screw® (Conexão - Sistemas de Próteses), INP® (INP - Sistema Nacional de Implantes e Próteses) e Titanium Fix® (AS Technology). Cada implante foi removido de seu invólucro, para a realização das análises, de modo que a sua superfície não fosse manipulada e nem contaminada por agentes externos, preservando-se assim as características originais dos fabricantes. A partir de imagens obtidas através do analisar de imagens determinou-se o tamanho médio dos grãos de cada amostra, sendo que os implantes Implamed® e Master Screw® apresentaram os grãos de menor tamanho, o Titanium Fix® apresentou grãos de tamanho médio e, os implantes INP® e S-Implant® eram compostos de grãos de tamanho grande. Através do microscópio eletrônico de varredura acoplado à microanáíise (MEV-EDS) foram obtidas micrografias na superfície das amostras, em uma visão panorâmica e junto ao passo e ao topo da rosca. Nesta análise todas as amostras apresentaram picos elevados de titânio, bem como picos de carbono e oxigênio. Também analisamos as amostras através de um corte transversal, onde podemos verificar que todas elas apresentavam picos elevados de titânio, Entretanto o implante Implamed® apresentava inclusões que continham carbono, oxigênio, ferro, sódio, magnésio, silício, potássio e cálcio. Frente aos resultados obtidos podemos concluir que: 1) as cinco amostras estudas são constituídas por titânio comercialmente puro, classe ?+?; 2) todas as amostras possuem um bom acabamento,apesar de pequenos defeitos que algumas apresentaram durante o processo de fabricação; 3) as inclusões presentes na superfície dos implantes são as mesmas encontradas nos outros implantes citados na literatura e, 4) as variações apresentadas entre as amostras, não seriam suficiente para interferir na osseointegração / Abstract: Not informed / Tese (livre-docencia)- Univers / Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Faciais / Livre Docente em Clinica Odontológica
9

Estudo comparativo do efeito da instrumentação com curetas sobre a superficie de abutments de titanio

Nascimento, Luis Marcos de Castro 21 June 2001 (has links)
Orientador : Antonio Wilson Sallum / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba / Made available in DSpace on 2018-07-28T05:02:44Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Nascimento_LuisMarcosdeCastro_D.pdf: 2039892 bytes, checksum: 7550859f759a3acd4077086abb51b7dc (MD5) Previous issue date: 2001 / Resumo: O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito da raspagem manual na superfície de conexões de implantes de titânio após o uso das seguintes curetas comercialmente disponíveis: 3i, Hu-Friedy, Premier, Prophy-Implant. As amostras foram nominadas ao acaso de A a G, e cada uma foi subdividida em quatro áreas para tratamento usando um diferente tipo de cureta. As amostras foram analisadas através de Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV) e de Rugosímetro. Esta análise foi realizada antes e após os tratamentos propostos que consistiram de instrumentação com curetas repetindo-a 40 vezes em cada área simulando a quantidade de raspagens realizadas sobre um implante após 5 anos de uso (fase1). Um procedimento similar foi usado, nas mesmas áreas, simulando a quantidade de raspagens realizadas sobre um implante após 10 anos de uso. As superfícies das conexões foram reavaliadas. Os dados obtidos pelo rugosímetro foram estatisticamente analisados usando testes de Tukey, Duncan e Scheffe em níveis de probabilidade de 5% e 10%. Os resultados relativos à análise rugosimétrica demonstraram que não houve diferenças significantes entre os grupos (p<0,05). A textura de cada superfície nas fases avaliadas, registrada pelo MEV, corresponderam aos aspectos morfológicos da superfície dos abutments obtidos pela leitura rugosimétrica / Abstract: The aim of this study was to evaluate the effect of hand scaling on the surface of titanium abutments after using the following commercially available instruments: 3i, Hu-Friedy, Premier, Prophy-Implant. The samples were randomly categorized from A to G and each one of them was subdivided in 4 areas for treatment using the different curettes types. The samples were analyzed through scanning electron microscopy (SEM) and the rugosimeter. This analysis was taken before and after the treatments proposed that consisted of repeated instrumentation (40 times each area) to simulate a 5 year old implant (phase 1). After phase 1, a similar procedure was used in the same areas in order to simulate a 1 O-year old implant. The abutment surfaces were reevaluated by SEM and rugosimeter. The data obtained by rugosimeter were statistically analyzed using Tukey, Duncan and Scheffe test at 5 and 10% levels of probability. The results indicated differences (p<0.05) between the control area corresponding to the Hu-Friedy instrumentation area and the Premier group areas after phase 1. After phase 2, the results regarding to the rugosimeter analysis demonstrated that there were no significant differences among the groups (p<0.05). The texture of each surface, registered by SEM, in the evaluated phases corresponded to the data obtained by the rugosimeter / Doutorado / Periodontia / Doutor em Clínica Odontológica
10

Fibra de sisal : mercerização, acetilação e aplicação em compositos de borracha de pneu triturado

Martins, Maria Alice 31 July 2018 (has links)
Orientador : Ines Joekes / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Quimica / Made available in DSpace on 2018-07-31T15:13:54Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Martins_MariaAlice_D.pdf: 8931170 bytes, checksum: c63318196d5b857e3f60eddb3822dd07 (MD5) Previous issue date: 2001 / Doutorado

Page generated in 0.0938 seconds