• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 587
  • 163
  • 37
  • 7
  • 7
  • 7
  • 7
  • 7
  • 4
  • 4
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 801
  • 290
  • 176
  • 104
  • 81
  • 76
  • 71
  • 71
  • 71
  • 71
  • 71
  • 68
  • 63
  • 60
  • 58
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
31

El Perú en la búsqueda de un nuevo rostro para el adulto mayor: el respeto de sus derechos fundamentales

Castro Pérez Treviño, Olga María January 2009 (has links)
Para el año 2025 casi la cuarta parte de la población peruana estará conformada por adultos mayores. Esta situación amerita que el gobierno (i) tome acciones específicas e inmediatas para garantizar el ejercicio y la defensa efectivos de los derechos fundamentales de este grupo humano, durante muchos años enterrado vivo socialmente por encontrarse en una etapa del ciclo vital que resulta ser un campo fértil para la marginación, el maltrato, la falta de empleo acorde con sus habilidades, la carencia de lugares de recreación y de superación; (ii) cree las condiciones sociales y económicas necesarias para prever el surgimiento de una población más envejecida y adecuar la oferta de los sectores sociales a los cambios etarios de la demanda; asimismo, generar un entorno que permita una mayor participación de las personas mayores en el mercado de trabajo, las redes y organizaciones sociales y el plano comunitario1; (iii) incorpore en sus políticas públicas la satisfacción de las necesidades, derechos y obligaciones de la tercera edad, partiendo del respeto de los derechos fundamentales de todo ser humano y aquellos especiales atendiendo al ciclo vital en que se encuentran los adultos mayores.
32

Pontos de corte ótimos para a circunferência da cintura e relação cintura-quadril na definição da síndrome metabólica no Brasil - estudo longitudinal de saúde do adulto (ELSA-Brasil)

Cardinal, Thiane Ristow January 2015 (has links)
A síndrome metabólica (SM) é um conjunto inter-relacionado de fatores de risco de origem metabólica e vascular que podem levar ao desenvolvimento de doença cardiovascular e diabetes. Esses fatores de risco incluem obesidade abdominal, disglicemia, dislipidemia e hipertensão. No entanto, persistem inconsistências quanto a sua definição, especialmente, quanto aos pontos de corte para obesidade abdominal a serem utilizados em distintas populações. Na prática clínica e em estudos epidemiológicos as medidas da circunferência da cintura (CC) e a relação cinturaquadril (RCQ) são utilizadas para definir gordura abdominal. O objetivo desta tese foi identificar os pontos de corte da CC e da RCQ com melhores propriedades diagnósticas para classificação da SM. Além disso, procurou-se verificar a adequação desses pontos de corte para diferentes grupos etários e de cor da pele/raça presentes na amostra. Foram utilizados os dados basais dos 15.105 participantes do Estudo Longitudinal da Saúde do Adulto (ELSA-Brasil), uma coorte multicêntrica de funcionários públicos (35 a 74 anos de idade) em seis instituições de ensino e pesquisa brasileiras. A SM foi definida pelo critério do Joint Interim Statement (JIS). A relação entre CC e SM foi avaliada graficamente utilizando-se regressão spline cúbica restrita. Curvas ROC (Receiver Operator Characteristic Curve) foram usadas para estimar área sob a curva, sensibilidade, especificidade e valores preditivos positivos e negativos. Pontos de corte ótimos para a CC e da RCQ que maximizam ambas, sensibilidade e especificidade, foram identificados nas curvas ROC. Os pontos de corte diferiram entre homens e mulheres, mas foram semelhantes entre grupos de idade e cor da pele/raça. Duas exceções foram observadas para a RCQ em homens: aqueles com mais de 60 anos e os de cor branca apresentaram pontos de corte superiores que os demais de referência. Os pontos de corte da CC que apresentaram melhores propriedades diagnósticas para a classificação da SM situaram-se entre 92 a 94 cm para homens, permitindo identificar indivíduos com probabilidades de apresentar a SM 50 a 78% maiores que os situados abaixo desses limiares. Para mulheres, os pontos de corte com melhores propriedades situaram-se entre 85 e 89 cm, permitindo identificar aquelas com probabilidades de apresentar SM de 77 a 147% maiores que as abaixo desses limiares. Se pontos de corte para a CC nessa faixa fossem empregados na definição da SM, a prevalência da SM ficaria entre 51,5 a 48,6% para homens e entre 36,6 a 32,6% para as mulheres, respectivamente. CCs de 92 cm para homens e de 86 cm para mulheres mostraram sensibilidades de 71,2 e 70,8 e de especificidade 61,2 e 65,1, respectivamente, representando um limiar que maximiza as duas propriedades diagnósticas, simultaneamente. Para a RCQ os pontos de corte com melhores propriedades situaramse entre 0,92 a 0,95 para homens e entre 0,84 a 0,86 para mulheres. Se pontos de corte para a RCQ nessa faixa fossem empregados na definição da SM, a prevalência da SM ficaria entre 54,6 a 47,7% para homens e entre 36,1 a 33,1% para as mulheres, respectivamente. Para homens e mulheres, uma RCQ de 0,93 e 0,85 mostrou sensibilidade de 73,7 e 69,7 e especificidade de 60,4 e 68,5, respectivamente, representando um limiar que maximiza esses dois parâmetros simultaneamente. Concluindo, pontos de corte da CC para a população brasileira poderiam ser de 92 cm para homens e de 86 cm para mulheres; da RCQ, de 0,93 para homens e de 0,85 para mulheres. Esses pontos de corte diferem dos atualmente recomendados para a população brasileira. / Metabolic Syndrome (MetS) is a constellation of interrelated risk factors of metabolic and vascular origin that may lead to the development of cardiovascular disease and diabetes mellitus. These risk factors include abdominal obesity, disglycemia, dyslipidemia and hypertension. However, inconsistencies persist with regard to its definition, especially the cutoff points for abdominal obesity to be used in different populations. In clinical practice and epidemiological studies, the measures of waist circumference (WC) and waist-to-hip ratio (WHR) have been used to define abdominal obesity. The aim of this thesis was to identify the cutoff points of WC and WHR that have the best diagnostic properties to classify the MetS. In addition, we aimed to verify the adequacy of these cutoff points for different age and skin color / race groups in the sample. We used baseline data from 15,105 participants of the Longitudinal Study of Adult Health (ELSA-Brasil), a multicenter cohort study of civil servants (aged 35 - 74 years) from six Brazilian educational institutions. MetS was defined by the Joint Interim Statement (JIS) criteria. The relationship between CC and MetS was assessed graphically using restricted cubic spline regression. ROC (Receiver Operator Characteristic Curve) used to estimate the area under the curve, sensitivity, specificity, and positive and negative predictive values. Optimal cutoff points for WC and WHR that maximize both sensitivity and specificity were identified from the ROC curves. We found that cutoff points differ between men and women but are generally similar between age categories and skin color/race. Two exceptions were observed for WHR among men: those being over 60 years and those being whites had higher cut-offs. The cutoff points of WC that showed the best diagnostic properties for the classification of the MetS were between 92 to 94 cm for men, allowing the identification of 50 to 78% higher rates of MetS than those below such thresholds. For women, the cutoff points with the best properties were between 85 and 89 cm, allowing the identification of 77 to 147% higher MetS rates than those below these thresholds. If cutoff points of WC within this range were used to define the MetS, the prevalence of MetS would be between 51.5 to 48.6% for men and between 36.6 and 32.6% for women, respectively. WC of 92 cm for men and 86 cm para mulheres showed sensitivities of 71.2 and 70.8 and specificities of 61.2 and 65.1%, respectively, a threshold that maximizes both properties simultaneoulsly. For WHR cutoff points with the best properties ranged from to 0.92 to 0.95 for men and from to 0.84 to 0.86 for women. If cutoff points for WHR within this range were used for MetS definition, the prevalence of MetS would be between 54.6 to 47.7% for men and 36.1 to 33.1% for women respectively. For men and women, a WHR of 0.93 and 0.85 showed sensitivities of 73.7 and 69.7% and specificities of 60.4 and 68.5%, respectively, representing thresholds that maximize both diagnostic properties simultaneously. In conclusion, possible cutoff points for WC to be applied to the Brazilian population are 92 cm for men and 86 cm for women; for WHR, 0.93 for men and 0.85 for women. These cutoff points differ from those currently recommended for the Brazilian population.
33

Pontos de corte ótimos para a circunferência da cintura e relação cintura-quadril na definição da síndrome metabólica no Brasil - estudo longitudinal de saúde do adulto (ELSA-Brasil)

Cardinal, Thiane Ristow January 2015 (has links)
A síndrome metabólica (SM) é um conjunto inter-relacionado de fatores de risco de origem metabólica e vascular que podem levar ao desenvolvimento de doença cardiovascular e diabetes. Esses fatores de risco incluem obesidade abdominal, disglicemia, dislipidemia e hipertensão. No entanto, persistem inconsistências quanto a sua definição, especialmente, quanto aos pontos de corte para obesidade abdominal a serem utilizados em distintas populações. Na prática clínica e em estudos epidemiológicos as medidas da circunferência da cintura (CC) e a relação cinturaquadril (RCQ) são utilizadas para definir gordura abdominal. O objetivo desta tese foi identificar os pontos de corte da CC e da RCQ com melhores propriedades diagnósticas para classificação da SM. Além disso, procurou-se verificar a adequação desses pontos de corte para diferentes grupos etários e de cor da pele/raça presentes na amostra. Foram utilizados os dados basais dos 15.105 participantes do Estudo Longitudinal da Saúde do Adulto (ELSA-Brasil), uma coorte multicêntrica de funcionários públicos (35 a 74 anos de idade) em seis instituições de ensino e pesquisa brasileiras. A SM foi definida pelo critério do Joint Interim Statement (JIS). A relação entre CC e SM foi avaliada graficamente utilizando-se regressão spline cúbica restrita. Curvas ROC (Receiver Operator Characteristic Curve) foram usadas para estimar área sob a curva, sensibilidade, especificidade e valores preditivos positivos e negativos. Pontos de corte ótimos para a CC e da RCQ que maximizam ambas, sensibilidade e especificidade, foram identificados nas curvas ROC. Os pontos de corte diferiram entre homens e mulheres, mas foram semelhantes entre grupos de idade e cor da pele/raça. Duas exceções foram observadas para a RCQ em homens: aqueles com mais de 60 anos e os de cor branca apresentaram pontos de corte superiores que os demais de referência. Os pontos de corte da CC que apresentaram melhores propriedades diagnósticas para a classificação da SM situaram-se entre 92 a 94 cm para homens, permitindo identificar indivíduos com probabilidades de apresentar a SM 50 a 78% maiores que os situados abaixo desses limiares. Para mulheres, os pontos de corte com melhores propriedades situaram-se entre 85 e 89 cm, permitindo identificar aquelas com probabilidades de apresentar SM de 77 a 147% maiores que as abaixo desses limiares. Se pontos de corte para a CC nessa faixa fossem empregados na definição da SM, a prevalência da SM ficaria entre 51,5 a 48,6% para homens e entre 36,6 a 32,6% para as mulheres, respectivamente. CCs de 92 cm para homens e de 86 cm para mulheres mostraram sensibilidades de 71,2 e 70,8 e de especificidade 61,2 e 65,1, respectivamente, representando um limiar que maximiza as duas propriedades diagnósticas, simultaneamente. Para a RCQ os pontos de corte com melhores propriedades situaramse entre 0,92 a 0,95 para homens e entre 0,84 a 0,86 para mulheres. Se pontos de corte para a RCQ nessa faixa fossem empregados na definição da SM, a prevalência da SM ficaria entre 54,6 a 47,7% para homens e entre 36,1 a 33,1% para as mulheres, respectivamente. Para homens e mulheres, uma RCQ de 0,93 e 0,85 mostrou sensibilidade de 73,7 e 69,7 e especificidade de 60,4 e 68,5, respectivamente, representando um limiar que maximiza esses dois parâmetros simultaneamente. Concluindo, pontos de corte da CC para a população brasileira poderiam ser de 92 cm para homens e de 86 cm para mulheres; da RCQ, de 0,93 para homens e de 0,85 para mulheres. Esses pontos de corte diferem dos atualmente recomendados para a população brasileira. / Metabolic Syndrome (MetS) is a constellation of interrelated risk factors of metabolic and vascular origin that may lead to the development of cardiovascular disease and diabetes mellitus. These risk factors include abdominal obesity, disglycemia, dyslipidemia and hypertension. However, inconsistencies persist with regard to its definition, especially the cutoff points for abdominal obesity to be used in different populations. In clinical practice and epidemiological studies, the measures of waist circumference (WC) and waist-to-hip ratio (WHR) have been used to define abdominal obesity. The aim of this thesis was to identify the cutoff points of WC and WHR that have the best diagnostic properties to classify the MetS. In addition, we aimed to verify the adequacy of these cutoff points for different age and skin color / race groups in the sample. We used baseline data from 15,105 participants of the Longitudinal Study of Adult Health (ELSA-Brasil), a multicenter cohort study of civil servants (aged 35 - 74 years) from six Brazilian educational institutions. MetS was defined by the Joint Interim Statement (JIS) criteria. The relationship between CC and MetS was assessed graphically using restricted cubic spline regression. ROC (Receiver Operator Characteristic Curve) used to estimate the area under the curve, sensitivity, specificity, and positive and negative predictive values. Optimal cutoff points for WC and WHR that maximize both sensitivity and specificity were identified from the ROC curves. We found that cutoff points differ between men and women but are generally similar between age categories and skin color/race. Two exceptions were observed for WHR among men: those being over 60 years and those being whites had higher cut-offs. The cutoff points of WC that showed the best diagnostic properties for the classification of the MetS were between 92 to 94 cm for men, allowing the identification of 50 to 78% higher rates of MetS than those below such thresholds. For women, the cutoff points with the best properties were between 85 and 89 cm, allowing the identification of 77 to 147% higher MetS rates than those below these thresholds. If cutoff points of WC within this range were used to define the MetS, the prevalence of MetS would be between 51.5 to 48.6% for men and between 36.6 and 32.6% for women, respectively. WC of 92 cm for men and 86 cm para mulheres showed sensitivities of 71.2 and 70.8 and specificities of 61.2 and 65.1%, respectively, a threshold that maximizes both properties simultaneoulsly. For WHR cutoff points with the best properties ranged from to 0.92 to 0.95 for men and from to 0.84 to 0.86 for women. If cutoff points for WHR within this range were used for MetS definition, the prevalence of MetS would be between 54.6 to 47.7% for men and 36.1 to 33.1% for women respectively. For men and women, a WHR of 0.93 and 0.85 showed sensitivities of 73.7 and 69.7% and specificities of 60.4 and 68.5%, respectively, representing thresholds that maximize both diagnostic properties simultaneously. In conclusion, possible cutoff points for WC to be applied to the Brazilian population are 92 cm for men and 86 cm for women; for WHR, 0.93 for men and 0.85 for women. These cutoff points differ from those currently recommended for the Brazilian population.
34

Pontos de corte ótimos para a circunferência da cintura e relação cintura-quadril na definição da síndrome metabólica no Brasil - estudo longitudinal de saúde do adulto (ELSA-Brasil)

Cardinal, Thiane Ristow January 2015 (has links)
A síndrome metabólica (SM) é um conjunto inter-relacionado de fatores de risco de origem metabólica e vascular que podem levar ao desenvolvimento de doença cardiovascular e diabetes. Esses fatores de risco incluem obesidade abdominal, disglicemia, dislipidemia e hipertensão. No entanto, persistem inconsistências quanto a sua definição, especialmente, quanto aos pontos de corte para obesidade abdominal a serem utilizados em distintas populações. Na prática clínica e em estudos epidemiológicos as medidas da circunferência da cintura (CC) e a relação cinturaquadril (RCQ) são utilizadas para definir gordura abdominal. O objetivo desta tese foi identificar os pontos de corte da CC e da RCQ com melhores propriedades diagnósticas para classificação da SM. Além disso, procurou-se verificar a adequação desses pontos de corte para diferentes grupos etários e de cor da pele/raça presentes na amostra. Foram utilizados os dados basais dos 15.105 participantes do Estudo Longitudinal da Saúde do Adulto (ELSA-Brasil), uma coorte multicêntrica de funcionários públicos (35 a 74 anos de idade) em seis instituições de ensino e pesquisa brasileiras. A SM foi definida pelo critério do Joint Interim Statement (JIS). A relação entre CC e SM foi avaliada graficamente utilizando-se regressão spline cúbica restrita. Curvas ROC (Receiver Operator Characteristic Curve) foram usadas para estimar área sob a curva, sensibilidade, especificidade e valores preditivos positivos e negativos. Pontos de corte ótimos para a CC e da RCQ que maximizam ambas, sensibilidade e especificidade, foram identificados nas curvas ROC. Os pontos de corte diferiram entre homens e mulheres, mas foram semelhantes entre grupos de idade e cor da pele/raça. Duas exceções foram observadas para a RCQ em homens: aqueles com mais de 60 anos e os de cor branca apresentaram pontos de corte superiores que os demais de referência. Os pontos de corte da CC que apresentaram melhores propriedades diagnósticas para a classificação da SM situaram-se entre 92 a 94 cm para homens, permitindo identificar indivíduos com probabilidades de apresentar a SM 50 a 78% maiores que os situados abaixo desses limiares. Para mulheres, os pontos de corte com melhores propriedades situaram-se entre 85 e 89 cm, permitindo identificar aquelas com probabilidades de apresentar SM de 77 a 147% maiores que as abaixo desses limiares. Se pontos de corte para a CC nessa faixa fossem empregados na definição da SM, a prevalência da SM ficaria entre 51,5 a 48,6% para homens e entre 36,6 a 32,6% para as mulheres, respectivamente. CCs de 92 cm para homens e de 86 cm para mulheres mostraram sensibilidades de 71,2 e 70,8 e de especificidade 61,2 e 65,1, respectivamente, representando um limiar que maximiza as duas propriedades diagnósticas, simultaneamente. Para a RCQ os pontos de corte com melhores propriedades situaramse entre 0,92 a 0,95 para homens e entre 0,84 a 0,86 para mulheres. Se pontos de corte para a RCQ nessa faixa fossem empregados na definição da SM, a prevalência da SM ficaria entre 54,6 a 47,7% para homens e entre 36,1 a 33,1% para as mulheres, respectivamente. Para homens e mulheres, uma RCQ de 0,93 e 0,85 mostrou sensibilidade de 73,7 e 69,7 e especificidade de 60,4 e 68,5, respectivamente, representando um limiar que maximiza esses dois parâmetros simultaneamente. Concluindo, pontos de corte da CC para a população brasileira poderiam ser de 92 cm para homens e de 86 cm para mulheres; da RCQ, de 0,93 para homens e de 0,85 para mulheres. Esses pontos de corte diferem dos atualmente recomendados para a população brasileira. / Metabolic Syndrome (MetS) is a constellation of interrelated risk factors of metabolic and vascular origin that may lead to the development of cardiovascular disease and diabetes mellitus. These risk factors include abdominal obesity, disglycemia, dyslipidemia and hypertension. However, inconsistencies persist with regard to its definition, especially the cutoff points for abdominal obesity to be used in different populations. In clinical practice and epidemiological studies, the measures of waist circumference (WC) and waist-to-hip ratio (WHR) have been used to define abdominal obesity. The aim of this thesis was to identify the cutoff points of WC and WHR that have the best diagnostic properties to classify the MetS. In addition, we aimed to verify the adequacy of these cutoff points for different age and skin color / race groups in the sample. We used baseline data from 15,105 participants of the Longitudinal Study of Adult Health (ELSA-Brasil), a multicenter cohort study of civil servants (aged 35 - 74 years) from six Brazilian educational institutions. MetS was defined by the Joint Interim Statement (JIS) criteria. The relationship between CC and MetS was assessed graphically using restricted cubic spline regression. ROC (Receiver Operator Characteristic Curve) used to estimate the area under the curve, sensitivity, specificity, and positive and negative predictive values. Optimal cutoff points for WC and WHR that maximize both sensitivity and specificity were identified from the ROC curves. We found that cutoff points differ between men and women but are generally similar between age categories and skin color/race. Two exceptions were observed for WHR among men: those being over 60 years and those being whites had higher cut-offs. The cutoff points of WC that showed the best diagnostic properties for the classification of the MetS were between 92 to 94 cm for men, allowing the identification of 50 to 78% higher rates of MetS than those below such thresholds. For women, the cutoff points with the best properties were between 85 and 89 cm, allowing the identification of 77 to 147% higher MetS rates than those below these thresholds. If cutoff points of WC within this range were used to define the MetS, the prevalence of MetS would be between 51.5 to 48.6% for men and between 36.6 and 32.6% for women, respectively. WC of 92 cm for men and 86 cm para mulheres showed sensitivities of 71.2 and 70.8 and specificities of 61.2 and 65.1%, respectively, a threshold that maximizes both properties simultaneoulsly. For WHR cutoff points with the best properties ranged from to 0.92 to 0.95 for men and from to 0.84 to 0.86 for women. If cutoff points for WHR within this range were used for MetS definition, the prevalence of MetS would be between 54.6 to 47.7% for men and 36.1 to 33.1% for women respectively. For men and women, a WHR of 0.93 and 0.85 showed sensitivities of 73.7 and 69.7% and specificities of 60.4 and 68.5%, respectively, representing thresholds that maximize both diagnostic properties simultaneously. In conclusion, possible cutoff points for WC to be applied to the Brazilian population are 92 cm for men and 86 cm for women; for WHR, 0.93 for men and 0.85 for women. These cutoff points differ from those currently recommended for the Brazilian population.
35

Perfil de estilos de vida de los pacientes hipertensos continuadores menores de un año en el Programa del Adulto Mayor del Hospital Nacional Rezola - Cañete

Guerrero Yactayo, Marleny Milagros January 2010 (has links)
El objetivo de esta investigación fue determinar el perfil de los estilos de vida de los pacientes hipertensos continuadores menores de un año en el Programa del Adulto Mayor del Hospital Nacional Rezola. Los resultados señalan que el perfil de los estilos de vida de los pacientes en la dimensión general; 80.7% saludable y 19.3% parcialmente saludable. En cuanto a su estilo de vida saludable se ve reflejado en su actividad física y adherencia al tratamiento, y es parcialmente saludable en su alimentación, descanso-sueño, control del estrés y control de sus hábitos nocivos.
36

Departamentos y servicios para el adulto mayor en Lima

Canedo Abuapara, Fernando, Marengo Vásquez, Giovanna Andrea, Rojas Ventocilla, Lourdes Nelly 20 January 2016 (has links)
El desarrollo del plan de negocio que se ha realizado nos permite justificar el rumbo del proyecto empresarial que se desea implementar, así como describir las acciones y recursos necesarios para el despliegue. Con el estudio de mercado realizado se ha logrado identificar que, a nivel mundial y nacional, existe un envejecimiento de la población que continúa creciendo y que los adultos mayores cada vez tienen la necesidad de contar con mejor calidad de vida e independencia. En Perú, según las proyecciones de INEI, en marzo del 2014, existían 2´882,000 habitantes mayores a los 60 años, y a marzo del 2015, llegamos a tener 2´985,000 habitantes mayores a 60 años, un aumento del casi 4 % en tan solo un año. Por tal motivo, la idea planteada es un prospecto de negocio exitoso y tiene una propuesta de valor diferenciada para los adultos mayores, debido a que promete al consumidor un buen producto y servicio que cumplen con las necesidades que actualmente no son cubiertas para ese segmento. Por otro lado, luego de evaluar los modelos de negocios se ha determinado que el modelo de negocio a utilizar es el modelo de varios lados, ya que existen más de dos grupos de clientes interdependientes entre sí. Este modelo de negocio nace del hecho que uno de los lados sólo se beneficia si el otro está presente, siendo por tanto el principal objetivo de la empresa facilitar la interacción entre ellos, actuando como intermediaria y potenciando el efecto de red al máximo. La premisa clave es que se va generar valor a todos los lados por igual. Las entidades involucradas en el modelo de negocio del proyecto son: Clientes (consumidor final), Entidad Bancaria, Inmobiliaria, Empresa asociadas que brincan los servicios, Empresas con las que se tienen alianzas comerciales. Con respecto a la estrategia de negocio, se definió que la estrategia adecuada para la implementación de este negocio es la estrategia de nicho de mercado, debido a que corresponde a un segmento de mercado constituido por un reducido número de consumidores con características y necesidades homogéneas y fácilmente identificables. El segmento al cual está dirigido el proyecto de negocio está orientado a un grupo específico del sector inmobiliario y puntualmente al segmento del adulto mayor, que en la actualidad tienen necesidades específicas que aún están pendientes de atención. El modelo de gestión del presente proyecto se basa en la calidad de servicio, a través de la cual se espera que el adulto mayor logre tener una excelente experiencia de vida haciendo uso de las instalaciones y los servicios asociados. Para asegurar la calidad se van a implementar indicadores y procedimientos que permitan monitorear constantemente la calidad brindada, con la finalidad de poder hacer las correcciones necesarias para la mejora continua del servicio en el tiempo. Desde el punto de vista de inversión de negocio, el proyecto en su fase inicial tiene una proyección de 5 años, con un VAN positivo de S/. 465,574.14, lo cual quiere decir, que el presente proyecto no solo va a cubrir las expectativas de retornos de sus inversionistas, si no, que también va a generar valor por S/. 465,574.14, teniendo en cuenta un WACC de 15.81%. La tasa interna de retorno del proyecto es de 30.24%, 52% superior al WACC, lo que da holgura al proyecto por si al momento de la ejecución aparezca algún imprevisto.
37

Percepción del adulto mayor sobre los cuidados de enfermería en los servicios de medicina en una institución de salud-minsa

Miramira Bustincio, Lizeth Roxana January 2015 (has links)
El presente estudio titulado: “Percepción del Adulto Mayor sobre los cuidados de enfermería en los servicios de medicina en una Institución de Salud-MINSA 2014”, tuvo como objetivo determinar la percepción del adulto mayor sobre los cuidados de enfermería. Dicho estudio es de tipo cuantitativo, nivel aplicativo, método descriptivo y de corte transversal. La población estuvo conformada por 118 pacientes de los servicios de medicina de un hospital nacional del MINSA y la muestra constituida por 44 pacientes adultos mayores. Para la recolección de datos se utilizó como técnica una encuesta con escala tipo Likert, la misma que previamente fue sometida a validación, esta estuvo estructura con 26 ítems con proposiciones según dimensión biológica, psicológica y sociocultural. El procesamiento de datos fue manual, haciendo uso de un paquete estadístico en EXCEL, los resultados obtenidos fueron son presentados mediante gráficos con su respectiva interpretación. Las conclusiones del estudio son: La mayoría de los adultos mayores de a muestra estudiada que se encuentra hospitalizada en los servicios de medicina de una institución de Salud-MINSA, tienen una percepción medianamente favorable sobre los cuidados de enfermería, y un ligero porcentaje tiene una percepción favorable, lo que estaría evidenciando que el profesional de enfermería al proporcionar los cuidados del paciente no lo está haciendo en forma integral, y es preocupante que un pequeño porcentaje tenga una percepción desfavorable, lo que estaría evidenciando que el cuidado que proporciona la enfermera no aborda al adulto mayor en su integralidad, no es un cuidado holístico. / The present study titled "Perception of the Elderly on nursing care in medicine services in a Health-MINSA 2014", aimed to determine the perception of the elderly on nursing care. This study is quantitative, application level, descriptive and cross-sectional method. The population consisted of all patients in medical services of a national hospital and MOH sample of 44 elderly patients. For data collection technique used was a survey with Likert scale, the same as previously underwent validation, this was structure with 26 items with propositions as biological, psychological and sociocultural dimension type. Data processing was done manually using a statistical package in EXCEL, the results were presented through graphs with their respective interpretation. The findings are: Most elderly in the study sample who is hospitalized in medical services from an institution of Health-MOH, have a fairly favorable perception of nursing care, and a slight percentage has a favorable perception, which would be showing that the nurse to provide patient care are not doing it in a comprehensive manner, and it is worrying that a small percentage have an unfavorable perception, which would be showing that the care provided by the nurse addresses the elderly in their entirety, not a holistic care. KEYWORDS: Elderly, Perception, Nursing Care
38

Estórias pessoais e fictícias : estudo comparativo sobre verbosidade fora de tópico em jovens e idosos

Brandão, Lenisa January 2002 (has links)
Este estudo teve o objetivo de investigar as hipóteses de "falha do supervisor mental" e razões contextuais" para as mudanças de tópico no discurso narrativo de idosos, através da teoria de Kintsch e Van Dijk (1978). Participaram do estudo vinte idosos e vinte jovens com nível universitário, tendo sido excluídos casos de depressão e patologias neurológicas. Os participantes de ambos os grupos realizaram duas avaliações da função de inibição (Teste de Fluência Verbal e Stroop) e foram solicitados a narrar uma estória pessoal e outra fictícia, com um tema definido. Cada proposição dos discursos foi classificada como relevante, indiretamente relevante ou irrelevante ao tópico, verificando também o uso de "estratégias de intenção do emissor" nas proposições não relevantes. Foi investigado também o número total de proposições, apreciações subjetivas e proposições repetidas. Os grupos etários e os gêneros narrativos foram comparados e foram estudadas correlações entre os testes neuropsicológicos e as variáveis de discurso. Os resultados do estudo indicaram que os idosos emitem mais informação indiretamente relevante e subjetiva em narrativas pessoais do que os jovens. Ambos os grupos apresentam uma maior proporção de proposições indiretamente relevantes em estórias pessoais e os idosos apresentaram preferência pelo relato pessoal em narrativas fictícias. Embora o desempenho dos idosos tenha sido mais baixo no teste Stroop do que o desempenho dos jovens, somente em jovens foi observada correlação entre proposições não relevantes e inibição. Os achados apoiaram a hipótese de razões contextuais para a menor focalização do idoso no tópico proposto, sugerindo que com o envelhecimento, ocorre uma mudança pragmática.
39

Tratamento dos distúrbios respiratórios do sono com aparelhos intra-orais / Sleep-disordered treatment wiyh intra oral appliances

Machado, Marco Antonio Cardoso [UNIFESP] January 2006 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2015-12-06T23:47:44Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2006 / No primeiro artigo deste trabalho, analisamos a qualidade vida de pacientes com apnéia tratados com Aparelho Reposicionador Mandibular Intra-Oral (ARMIO). Aplicamos o questionário Calgary Sleep Apnea Quality of Life Index (Calgary SAQLI) antes e depois do protocolo com ARMIO. Observamos uma grande melhora na qualidade de vida em quase a metade dos participantes e uma grande melhora dos sintomas em 72,7% deles. No nosso segundo estudo, nosso objetivo foi observar os pacientes que relatavam não melhorar com o uso de ARMIO, mesmo com dados polissonográficos atestando a melhora objetiva. Assim, o estudo das comorbidades clínicas no tratamento da SAOS com ARMIO nos revelou que, não só a presença de comorbidades isoladas como insônia, doenças neurológicas, reumatológicas e gástricas, mas principalmente o acúmulo delas desempenha um papel significativo para o insucesso no tratamento com ARMIO na SAOS. No terceiro artigo, avaliamos a eficácia do ARMIO no tratamento de pacientes com SAOS segundo o rigor de avaliação da American Academy of Sleep Medicine (AASM), uma vez que o critério de melhora da maioria dos estudos não leva em consideração o IAH < 5 / h para considerar tratado o paciente. Obervamos que o IAH médio de 26 ± 17,7 / h cai para 4,8 ± 5,3 / h (p<0,00005) na análise geral da amostra. Setenta e cinco por cento dos pacientes com SAOS de grau leve; 65% daqueles com SAOS de grau moderado e 52% daqueles com SAOS de grau grave foram eficazmente tratados segundo os critérios da AASM. Concluindo, o ARMIO é uma alternativa ao CPAP para muitos casos de Distúrbios Respiratórios do Sono (DRS), que pode melhorar a qualidade de vida dos pacientes e tratá-los adequadamente, desde que os profissionais envolvidos avaliem com cuidado cada caso, levando também em conta a presença ou não de comorbidades. / BV UNIFESP: Teses e dissertações
40

Relação entre peso ao nascer autorreferido e medidas antropométricas na vida adulta : estudo longitudinal de saúde do adulto (ELSA-Brasil)

Rockenbach, Gabriele January 2013 (has links)
A presente tese de doutorado foi realizada com o objetivo de investigar a relação entre o peso ao nascer e medidas antropométricas na vida adulta em indivíduos de meia idade (35 a 74 anos) no contexto brasileiro. O trabalho foi realizado com dados basais (2008-2010) do Estudo Longitudinal de Saúde do Adulto (ELSA-Brasil), que se trata de um estudo de coorte multicêntrico composto por 15105 servidores civis, ativos e aposentados, vinculados a seis instituições públicas de ensino superior e pesquisa brasileiras. Nesta tese, foram investigadas associações entre peso ao nascer e as medidas de estatura corporal em pé, estatura sentada, comprimento de pernas, comprimento relativo de pernas, índice de massa corporal e circunferência da cintura na vida adulta. Dados sobre peso ao nascer e sociodemográficos foram referidos pelos participantes em entrevista padronizada realizada em período prévio ou durante a visita ao Centro de Pesquisa ELSA. As medidas antropométricas foram aferidas na data de visita ao Centro de Pesquisa. Todas as entrevistas e aferições foram realizadas por equipe previamente treinada e certificada. Para avaliar a associação entre o peso ao nascimento e os indicadores antropométricos na adultez, foram realizados modelos de regressão linear múltipla e regressão logística. De acordo com os resultados do estudo, evidenciou-se que o baixo peso ao nascimento (inferior a 2,5 kg) esteve relacionado a menores medidas estaturais na vida adulta (-3,04 cm de altura em pé, -1,57 cm de segmento superior e -1,47 cm de comprimento das pernas) quando comparados aos nascidos com peso igual ou superior a 2,5 kg. As associações entre comprimento relativo de pernas na adultez e baixo peso ao nascer não foram estatisticamente significativas. Em relação aos indicadores de adiposidade corporal, observou-se que o baixo peso ao nascer associou-se com menor medida de circunferência da cintura na vida adulta, mas em mulheres brancas, com maior medida da circunferência cintura, neste caso em comparação aos nascidos com peso entre 2,5 e 4,0 kg (p≤0,05). Baixo peso ao nascer apresentou associação significativa com excesso de peso na vida adulta apenas em homens (RC ajustado: 0,77; IC 95%: 0,60; 0,99). O elevado peso ao nascer (superior a 4,0 kg), por sua vez, esteve associado com excesso de peso corporal na vida adulta tanto no sexo masculino quanto no sexo feminino. Além disso, o elevado peso ao nascer associou-se com maior circunferência da cintura na vida adulta em ambos os sexos e grupos étnicos (p≤0,05). Os achados do presente estudo sustentam a hipótese de que o peso ao nascimento prediz as medidas antropométricas obtidas na vida adulta. / The present doctoral thesis aimed to investigate the relationship of birth weight with anthropometric measures in adulthood among middle-aged individuals (35-74 years) within the Brazilian context. This investigation was carried out with baseline data (2008-2010) from the Longitudinal Study of Adult Health (ELSA-Brazil) which is a multicentre cohort study composed of 15105 civil servants, active and retired, belonging to six federal Brazilian university and research centers. In the present thesis, the associations of birth weight with measures of standing height, sitting height, leg length, relative leg length, body mass index and waist circumference in adulthood were estimated. Birth weight and sociodemographic information were reported by participants during a standardized interview at the Research Clinic. Anthropometrics were also measured at the Research Clinic in the same occasion of the interview. Multiple linear regression and logistic regression models were performed in order to estimate the association of birth weight with adulthood anthropometric assessments. Results showed that low birth weight (less than 2,5 kg) was associated with lower height measures in adulthood (-3,1 cm of standing height, -1,6 cm of trunk length, and – 1,5 cm of leg length) in comparison to birth weight equal or above 2,5 kg. Relative leg length in adulthood and birth weight were not significantly associated. In relation to measures of adiposity, was observed that low birth weight was associated with a smaller measure of waist circumference in adulthood, but for white women, with higher waist circumference, in this case compared to those born weighing between 2,5 and 4,0 kg (p≤0,05). Low birth weight was associated with excess body weight only in men (RC adjusted: 0,77; IC 95%: 0,60; 0,99). High birth weight (≥4,0 kg) was associated with excess body weight in adulthood for both genders. Besides, high birth weight was associated with larger waist circumference in adulthood for both genders and racial/skin color groups (p≤0,05). The findings of the present study support the hypothesis that birth weight predicts anthropometric measures in adult life.

Page generated in 0.0692 seconds