• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 112
  • 3
  • Tagged with
  • 116
  • 116
  • 70
  • 66
  • 18
  • 12
  • 12
  • 11
  • 11
  • 11
  • 11
  • 11
  • 10
  • 8
  • 8
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Prevalência de síndrome metabólica em pacientes com artrite reumatóide e associação com atividade de doença

Gomes, Kirla Wagner Poti 05 August 2016 (has links)
Made available in DSpace on 2019-03-30T00:12:24Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2016-08-05 / Patients with rheumatoid arthritis (RA) have accelerated atherosclerosis and an increased risk of cardiovascular disease (CVD). Metabolic syndrome (MS), a set of factors associated with increased risk of CVD, is more prevalent in these patients, suggesting that inflammation may contribute to this finding. Objectives: To determine the prevalence of MS in patients with RA compared with the control group and to verify the SM association with specific RA characteristics and cardiovascular risk factors. Methods: The prevalence of MS was cross-sectionally assessed in 338 patients with RA and 84 healthy controls matched by age and sex. Two MS definitions were used: NCEP/ATPIII and IDF. Disease activity was determined by CDAI, SDAI and DAS28. Statistical analysis was performed using SPSS version 22.0 and multivariate logistic regression determined wich associated risk factors independently influenced MS in RA patients. The significance level in this study was 5%. Results: The prevalence of MS by NCEP/ATPIII was higher in RA patients than in the control group (51.3% vs. 21.8%; p <0.001), and the frequency of MS by IDF in the RA group was 57%. RA patients had a higher frequency of hypertension, type-2 diabetes mellitus, higher waist circumference (WC), blood glucose values, and lower HDL levels. Compared to patients with RA, DAS28, CDAI and SDAI were higher in the MS group and high disease activity was more frequent in these patients. Patients that used biological medication had higher levels of total cholesterol, HDL and LDL, whereas those using anti-TNF¿ had higher HDL levels. In multivariate logistic regression, body mass index (OR = 1.12, 95% CI: 1.05-1.20, p <0.001) and disease activity (OR = 1.23, 95% CI: 1.04 -1.47, p = 0.016) were independent risk factors for MS in patients with RA. Conclusion: We observed an increased prevalence of MS in RA patients compared with the control and these metabolic changes were associated with disease activity. A high frequency of cardiovascular risk factors was found in RA patients, suggesting a greater control of modifiable risk factors and disease activity. Keywords: Rheumatoid Arthritis, Metabolic Syndrome, Disease Activity. / Pacientes com artrite reumatoide (AR) têm aterosclerose acelerada com risco aumentado de doença cardiovascular (DCV). A síndrome metabólica (SM), conjunto de fatores associados a maior risco de DCV, tem prevalência maior nesses pacientes, sugerindo que a inflamação pode contribuir para esse achado. Objetivos: Determinar a prevalência de SM em pacientes com AR comparando com grupo controle e verificar a associação de SM com características específicas da AR e fatores de risco cardiovascular. Métodos: A prevalência de SM foi avaliada transversalmente em 338 pacientes com AR e 84 controles saudáveis pareados para idade e sexo. Duas definições de SM foram utilizadas: NCEP/ATPIII e IDF. Atividade de doença foi determinada por CDAI, SDAI e DAS28. A análise estatística foi feita utilizando o programa SPSS versão 22.0 e a regressão logística multivariada determinou que fatores independentemente influenciaram SM em pacientes com AR. O nível de significância do estudo foi 5%. Resultados: A prevalência de SM pelo NCEP/ATPIII foi maior na AR que no grupo controle (51,3% vs. 21,8%; p<0,001) e a frequência de SM pelo IDF na AR foi 57%. Pacientes com AR tinham maior frequência de hipertensão arterial sistêmica, diabetes mellitus tipo 2, maiores valores de circunferência abdominal (CA) e glicemia e, e níveis menores de HDL. Em relação aos pacientes com AR, DAS28, CDAI e SDAI foram maiores no grupo com SM e alta atividade de doença foi mais frequente nesses pacientes. Pacientes que faziam uso de medicação biológica apresentaram níveis mais elevados de colesterol total, HDL e LDL e aqueles que usavam anti-TNF¿ tinham HDL mais elevado. Na regressão logística multivariada, índice de massa corporal (OR=1,12, IC 95%: 1,05-1,20, p<0,001) e atividade de doença (OR=1,23, IC 95%: 1,04-1,47, p=0,016) foram fatores de risco independentes para SM em pacientes com AR. Conclusão: Observamos prevalência aumentada de SM na AR quando comparado com controle e esta alteração metabólica associou-se com atividade de doença. Foi encontrada alta frequência de fatores de risco cardiovascular nos pacientes com AR, sugerindo maior controle dos fatores de risco modificáveis e da atividade de doença. Palavras-chaves: Artrite Reumatoide, Síndrome Metabólica, Atividade de Doença.
2

Associação da resistência a glicocorticóides com resistência a múltiplas drogas na artrite reumatóide

Borowski, Luciana da Costa January 2006 (has links)
Made available in DSpace on 2013-08-07T18:41:58Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000348262-Texto+Completo-0.pdf: 518310 bytes, checksum: b4abe116886b44ee5a0831dd7e1d8b58 (MD5) Previous issue date: 2006 / A artrite reumatóide (AR) é uma doença auto-imune associada com inflamação sinovial crônica caracterizada por infiltração de linfócitos que danifica ossos e cartilagens e eventualmente conduzindo para a destruição das articulações. Ambos o envelhecimento e o tratamento crônico com glicocorticóides (GCs) freqüentemente conduzem à resistência esteroidal. Aqui, nós investigamos se a resistência aos GCs está associada com resistência a múltiplas drogas (MDR). Setenta e quatro pacientes com AR e 26 controles saudáveis fizeram parte deste estudo. Células mononucleares de sangue periférico foram isoladas e a sensibilidade das células T aos GCs foi avaliada in vitro. A atividade funcional da P-gp, uma molécula bombeadora que diminui as concentrações intracelulares de drogas por aumento do efluxo das drogas, foi avaliada em linfócitos periféricos bem como os polimorfismos do gene ABCB1/MDR1. Os pacientes mostraram aumento da proliferação de células T estimuladas e basais comparados com os controles. O envelhecimento significativamente reduziu a proliferação de células T somente no grupo controle. Pacientes e controles apresentaram sensibilidades semelhantes aos GCs. As células não estimuladas dos pacientes com meiaidade foram mais sensíveis a dexametasona que as dos sujeitos jovens ou idosos. Pacientes apresentaram uma maior porcentagem de linfócitos extruíndo rodamina 123 (Rh123dim) que os controles apesar da semelhante atividade da P-gp. A distribuição dos genótipos ABCB1 nos pacientes não diferiu significativamente dos controles. Estes dados sugerem que as células mononucleares de pacientes com AR sob tratamento com múltiplas drogas são plenamente responsivas aos GCs in vitro e apresentam maior extrusão de drogas apesar da função normal da P-gp.
3

Tradução para o português e validação do questionário genérico de avaliação de qualidade de vida medical outcomes study 36-item short-form health survey (SF-36)

Ciconelli, Rozana Mesquita [UNIFESP] January 1997 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2015-12-06T22:59:20Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 1997 / O Medical Outcomes Short-Form Health Survey (SF-36) e uminstrumento de avaliacao generica de Saúde, originalmente criado na lingua inglesa, de facil administracao e compreensao. E constituido por 36 questoes, que abrangem oito componentes, capacidade funcional, aspectos fisicos, dor, estado geral da Saúde, vitalidade, aspectos sociais, aspectos emocionais e Saúde mental avaliadas por 35 questoes e mais uma questao comparativa entre a Saúde atual e a de um ano atras. O autor desenvolveu uma versao para a lingua portuguesa apos processo de traducao e adaptacao cultural e suas propriedades de medida, ou seja, reprodutibilidade e validade foram avaliadas em pacientes brasileiros portadores de artrite reumatoide. O questionario foi administrado por entrevistas, devido ao baixo nivel socio-economico e de analfabetismo dos nossos pacientes. Apenas duas questoes foram identificadas e modificadas na fase de adaptacao cultural. O tempo medio de administracao do questionario foi de 7 minutos. A avaliacao da reprodutibilidade intra e inter-observador do instrumento demonstrada pelo coeficiente de correlacao de Pearson foi satisfatoria e estatisticamente significante para os 8 componentes, variando de 0,4426 a 0,8468 e de 0,5542 a 0,8101, respectivamente. A avaliacao da validade construtiva tambem foi satisfatoria e estatisticamente significante, quando os componentes capacidade funcional, aspectos fisicos, dor e estado geral da Saúde, foram correlacionados aos parametros clinicos como numero de articulacoes dolorosas e edemaciadas, avaliacao de atividade da doenca pelo paciente e pelo medico e avaliacao da dor. Encontramos tambem correlacoes clinicamente importantes e estatisticamente significantes (p<0,01) para dimensoes similares entre o SF-36 e os questionarios HAQ, AIMS-2 e NHP. A versao para a lingua portuguesa do SF-36 e um parametro reprodutivel e valido para ser utilizado na avaliacao da qualidade de vida de pacientes brasileiros portadores de artrite reumatoide. / The Medical Outcomes Short-Form Health Survey (SF-36) is a generic quality of life instrument, developed in the English language, it is easy to understand and administer. It contains 36 items that are scored as 8 multi-item scales: physical functioning, role-physical, pain, general health perception, vitality, social functioning, role-emotional, mental health, plus a one-item measure of selfevaluated change in health status in the past year. A portuguese version was developed and cross-culturally adapt and its measurement properties of reliability and validity were evaluated in Brazilian patients with rheumatoid arthritis. The instrument was administered by interview because of the high degree of illiteracy and low socio-economic status of our patients. Only two questions were modified in the cross-cultural adaptation phase. It took an average of 7 minutes to complete the questionnaire. The evaluation of the SF-36 was cnically satisfactory and statistically significant for the 8 scales with Pearson’s correlation coefficient ranging from 0.4426 to 0.8468 for the test-retest reliability and from 0.5542 to 0.8101 for the interobserver reliability. The evaluation of the construct validity was also satisfactory and statistically significant when the components physical functioning, role-physical, pain and general health status were correlated with clinical parameters such as number of painful and swollen joints, pain and global disease assessment by patient and physician. For similar dimension scales, the correlation coefficients between SF-36 and HAQ, AIMS-2 and NHP were clinically important and statistically significant (p<0,01). The Brazilian-portuguese version of the SF-36 is a reliable and valid intrument to be used in the evaluation of health status of Brazilian patients with rheumatoid arthritis. / BV UNIFESP: Teses e dissertações
4

Influência de patógenos periodontais na patogênese da artrite experimental

Aquino, Sabrina Garcia de [UNESP] 02 April 2012 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:33:28Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2012-04-02Bitstream added on 2014-06-13T21:06:15Z : No. of bitstreams: 1 aquino_sg_dr_arafo.pdf: 759547 bytes, checksum: 4e34b22dfd872d1204fc5fa9fad9442f (MD5) / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) / Embora a etiologia da artrite reumatóide (AR) não seja ainda totalmente elucidada, estudos sugerem a associação entre a AR e a doença periodontal (DP). Entretanto, os mecanismos envolvidos nessa interação ainda não são bem conhecidos. Objetivo: Assim, o objetivo deste estudo foi avaliar a interação da DP induzida por Porphyromonas gingivalis (P. gingivalis) e da artrite induzida por antígeno (AIA) em camundongos e, em seguida, investigar in vitro e in vivo a influência de P. gingivalis e Prevotella nigrescens (P. nigrescens) na severidade da artrite induzida por colágeno (CIA), com foco especial no fenótipo de células T. Métodos:Camundongos C57/Bl6 foram submetidos à AIA e/ou DP induzida por P. gingivalis. Perda óssea alveolar, histopatologia, hipernocicepção e produção de citocinas articular, bem como a porcentagem de células Th17 e T reg foram analisadas. Em seguida, o efeito de P. gingivalis e P. nigrescens na diferenciação de células T e o envolvimento dos receptores tipo Toll (TLRs) foram investigados in vitro. In vivo, camundongos com CIA receberam as inoculações orais de P. gingivalis e P. nigrescens. Histopatologia articular, expressão gênica sinovial, fenótipo de células T e a produção de anticorpos anti peptídeos citrulinados (ACPA) foram analisados. Resultados: AIA não modula a reabsorção óssea alveolar induzida por P. gingivalis enquanto camundongos com AIA expostos à P. gingivalis apresentam maior inflamação articular e perda de proteoglicanos. Além disso, o aumento da hipernocicepção e da produção articular de TNF-α e IL-17, bem como a porcentagem de células Th17 nos linfonodos drenantes articulares foram induzidos por P. gingivalis em camundongos imunizados e desafiados, enquanto o efeito sobre... / Although the etiology of rheumatoid arthritis (RA) remains unknown, several studies have suggested a pathologic link between RA and periodontal disease (PD). However, the mechanisms involved in this interaction are not well known. Objectives: The aim of this study was to evaluate the basis of Porphyromonas gingivalis (P. gingivalis) -induced PD and antigen-induced arthritis (AIA) interaction in mice, and further investigate the influence of P. gingivalis and Prevotella nigrescens (P. nigrescens) on severity of collagen-induced arthritis (CIA), with a special focus on T cell phenotype in vitro and in vivo. Methods: C57/Bl6 mice were subjected to antigen-induced arthritis (AIA) and/or P. gingivalis-induced PD. Alveolar bone loss, joint histopathology, articular hypernociception and cytokine production, as well as the percentage of Th17 and Treg cells from lymph nodes were analyzed. Thus, the effect of P. gingivalis and P. nigrescens on T cell differentiation and the involvement of Toll-like receptors (TLRs) were studied. In vivo, collagen-induced arthritis mice received oral inoculations of P. gingivalis or P. nigrescens. Joint histopathology, synovial gene expression, T cell phenotype, cytokine and anti-citrullinated peptides antibodies (ACPA) production were analyzed. Results: AIA does not modulate the alveolar bone resorption levels induced by P. gingivalis whereas AIA mice exposed to P. gingivalis presented higher articular inflammatory scores and proteoglycan loss, increased hypernociception and articular production of TNF-α and IL-17 as well as higher percentage of Th17 cells in articular draining lymph nodes, while no effect on T reg cells was verified. In vitro, P. gingivalis and P. nigrescens activated dendritic cells to produce T cell affecting proinflammatory cytokines as well as strongly induced Th17 differentiation... (Complete abstract click electronic access below)
5

Estudo custo-utilidade e do impacto orçamentário das anticitocinas Adalimumabe, Etanercepte e Infliximabe no tratamento da artrite reumatoide no Estado do Paraná

Venson, Rafael 18 October 2013 (has links)
ResumoIntrodução: Foram avaliadas três anticitocinas utilizadas para o tratamento da artrite reumatoide. Essas drogas, chamadas de biológicas, fazem parte do grupo de medicamentos da atenção especializada e são fornecidos à população pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Foi realizada uma avaliação econômica das anticitocinas e seu impacto orçamentário no Paraná, tomando como ano-base o ano de 2008. Objetivo: O objetivo desse trabalho foi definir se as anticitocinas adalimumabe, etanercepte e infliximabe apresentam diferenças de custo-efetividade para tratar da artrite reumatoide nãocontrolada, sob a perspectiva do SUS. Também se buscou determinar qual dessas alternativas terapêuticas apresenta melhor relação custo-utilidade e qual seria o impacto econômico da exclusão de algum(uns) desse(s) medicamento(s) do Programa de Atenção Especializada do Ministério da Saúde ou do crescimento do número de pacientes cadastrados que usam esses medicamentos, considerando as alternativas atualmente padronizadas no sistema. Metodologia: Dados de eficácia, segurança e tolerabilidade do uso das drogas foram obtidos de revisões sistemáticas e metanálises. O custo dos medicamentos foi calculado utilizando-se os preços pagos pelo Centro de Medicamentos do Paraná nas compras realizadas por licitações em 2008; outros custos diretos envolvidos no tratamento, como insumos e monitoração dos tratamentos foram obtidos da tabela do Sistema de Informação Ambulatorial do SUS - SIA/SUS, disponibilizada pelo DATASUS. O modelo de Markov foi utilizado para realizar a avaliação econômica. Valores como o escore de utilidade dos pacientes em cada estágio do tratamento foi calculado a partir dos valores de HAQ (Health Assesment Questionnaire) antes e depois do tratamento obtidos das mesmas revisões sistemáticas. Para o cálculo da relação custo-utilidade foi considerado horizonte temporal de 10 anos e ciclos de seis meses. A taxa de desconto aplicada foi de 5%. Foram realizadas análises de sensibilidade, variando a eficácia e o custo dos tratamentos. O impacto orçamentário das anticitocinas no Paraná foi calculado através da criação de diferentes cenários, considerando a taxa média de novos pacientes com artrite reumatoide incluídos no programa do SUS para receberem anticitocinas. Resultados: A avaliação de custo-utilidade, medida em Reais/Ano de Vida Ajustado por Qualidade (QALY) ganho, gerou os seguintes valores (em R$/QALY): 511.633,00, 437.486,00 e 657.593,00 para o adalimumabe, etanercepte e infliximabe, respectivamente. A análise de custo incremental resultou em 307.793,00 e 259.200,00, para o adalimumabe e para o etanercepte, considerando como comparador-base o infliximabe. As análises de sensibilidade somente levaram a alterações na ordem das relações custo-utilidade para variações da ordem de 15% (custo do adalimumabe, nesse caso). Nas análises de impacto orçamentário, fazendo uma projeção do número de novos pacientes para 2009, baseado no último trimestre de 2008, verificou-se que, considerando os pacientes incluídos para tratamento com anticitocinas, isso geraria um custo adicional de aproximadamente R$ 8.500.000,00, quando comparado ao ano de 2008. Isso representa um aumento anual de 3,3% dos gastos da SESA-PR com medicamentos. Conclusão: Observou-se uma grande discrepância entre os valores de custo-utilidade dos medicamentos; o tratamento com infliximabe custa aproximadamente 70% a mais por QALY, em comparação com o etanercepte. Essas informações devem ser avaliadas pelos tomadores de decisão para melhor alocação dos recursos. É interessante que as três opções de tratamento continuem sendo disponibilizadas por motivos de diferenças nas respostas clínicas dos pacientes, cabendo aos gestores estaduais e aos médicos a decisão do tratamento para cada paciente individualmente.
6

Estudo descritivo de aspectos psico-sociais de pacientes acometidos de artrite reumatoide, tratados na Faculdade de Ciencias Medicas da Universidade Estadual de Campinas-UNICAMP

Cabral, Mara Aparecida Alves, 1951- 16 August 2018 (has links)
Acompanha anexos / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas / Made available in DSpace on 2018-08-16T00:57:17Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Cabral_MaraAparecidaAlves_D.pdf: 6319737 bytes, checksum: e28397bceafa247b6ff06d60e5c01076 (MD5) Previous issue date: 1985 / Resumo: Esse trabalho faz um estudo descritivo de aspectos psicológicos e sociais de 59 pacientes acometidos de Artrite Reumatõide, tratados no Ambulatório de Reumatologia da Faculdadede Ciências Medicas da Universidade Estadual de Campinas UNICAMP, no período compreendido entre janeiro de 1984 até outubro do mesmo ano. Nesse estudo são salientados os distúrbios afetivos presentes antes do aparecimento da doença, e após a instalação da mesma. É feita uma análise da "personalidade pré-morbida" destes enfermos, onde se constata nítidas caracterlsticas obsessivas. Separando-se os pacientes com sintomas dolorosos dos sem sintomas de dores, observa-se que os primeiros apresentam-se deprimidos e ansiosos pela "Escala deBeck para Depressão", e pela de "Traços e de Comportamentos de Agres sividade de Gayral"; os sem manifestações dolorosas mostram-se não deprimidos por ambas as escalas, e moderamente ansiosos pela Escala de Traços e de Comportamentos de Agressividade. Há entre os pacientes com sintomas dolorosos, e que nao vêm obtendo melhora com a terapêutica usual empregada, muito mais casos Fator Reumatóide negativos do que positivos; o inverso ocorre no grupo dos sem sintomas de dores. Nessa pequisa tambem são analisados o comportamento clínico dos médicos face aos aspectos psicológicos enfermos, assim como alguns fatores ligados aos Destes problemas psico-sociais enfrentados pelas mulheres presentes entre estes. As repercussões da doença sobre a vida destes doentes são igualmente enfatizados / Abstract: Not informed / Doutorado / Doutor em Ciências Médicas
7

Caquexia em mulheres com Artrite Reumatoide

CAVALCANTI, Sérgio Vasconcelos 31 January 2012 (has links)
Submitted by Ramon Santana (ramon.souza@ufpe.br) on 2015-03-04T13:07:07Z No. of bitstreams: 2 Dissertação Sergio Cavalcanti .pdf: 626235 bytes, checksum: 52bfdee3a1d6376353ed989f734659c2 (MD5) license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-03-04T13:07:07Z (GMT). No. of bitstreams: 2 Dissertação Sergio Cavalcanti .pdf: 626235 bytes, checksum: 52bfdee3a1d6376353ed989f734659c2 (MD5) license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) Previous issue date: 2012 / A caquexia reumatoide (CR) é uma importante complicação metabólica da artrite reumatoide (AR) que ocorre em até dois terços dos indivíduos acometidos pela doença. Caracterizada pela perda de massa muscular (MM) e pelo aumento compensatorio de gordura corporal, ela está associada ao comprometimento da força muscular e da capacidade funcional e ao aumento do risco de desenvolvimento de diabetes mellitus, dislipidemia, hipertensão arterial sistêmica e doenças cardiovasculares. A presente dissertação é composta por uma revisão da literatura e por um artigo original intitulado Caquexia em mulheres com artrite reumatoide e sua associação com atividade da doença. A revisão da literatura enfatizou alguns conceitos gerais da AR, aspectos relacionados à composição corporal e seus métodos de determinação, além de aspectos relacionados à CR – fisiopatologia, epidemiologia, diagnóstico, consequências e tratamento. O artigo original corresponde a um estudo de corte transversal e base hospitalar no qual foram incluídas 72 pacientes portadoras de AR (grupo AR) e 61 mulheres sem a doença (grupo comparação). A frequência de caquexia foi determinada através da excreção urinária de creatinina. Foram testadas associações entre a presença de caquexia nas portadoras de AR e alguns parâmetros de atividade e severidade da doença como, por exemplo, o 28-joint Disease Activity Score (DAS28), a velocidade de sedimentação das hemácias, o Health Assessment Questionnaire (HAQ), o fator reumatóide e o tempo de doença. Para análise dos dados, foram utilizadas técnicas de estatística descritiva e inferencial. A frequência de caquexia no grupo AR foi de 45,8% enquanto que no grupo comparação foi de 29,5%. As pacientes com AR apresentaram uma redução da MM quando comparadas às mulheres sem a doença (17,74 ± 5,23 kg versus 19,37 ± 4,12 kg, respectivamente; p = 0,046). Não houve associação entre a presença de CR e os marcadores de atividade e severidade da doença. Em conclusão, a redução da MM de mulheres com AR encontrada no nosso estudo reforça a importância da avaliação da composição corporal nesse grupo de pacientes.
8

Avaliação dos aspectos clínicos-funcional e nutricionais de clientela com artrite reumatóide em terapia imunobiológica

Lopes, Rinna Rocha 19 February 2016 (has links)
Made available in DSpace on 2019-03-30T00:07:03Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2016-02-19 / Rheumatoid arthritis is an autoimmune inflammatory disease of chronic evolution and limiting affecting the functionality and quality of life of individuals. OBJECTIVE: To identify the effects of immunobiological therapy on clinical and functional aspects and nutritional clientele with rheumatoid arthritis. METHODS: a cross-sectional, descriptive and analytical quantitative, conducted with 25 patients being monitored in hospital infusion center Dr Cesar Cals in Fortaleza, Ceará in the period May to July 2015 .The data collection consisted of a sociodemographic questionnaire, Short Form Healt Survey (SF-36), Health Assessment Questionnaire (HAQ), visual analog scale for pain, anthropometric measurements (weight, height, Body Mass Index, arm circumference and skin folds), handgrip strength and phalanx and electromagnetic bioimpedance. Data analysis used the Statistical Package for Social Sciences and Pearson correlation test to evaluate the association between variables adopting the values of p <0.05 was considered significant. RESULTS: The mean age was 52.6 years, 92% female, 60% have less than 10 years of diagnosis . and the most widely used biologic was Infliximab. The lowest score in the SF-36 was related to the physical, emotional aspect and general health, 76% had mild disability rating, with an average pain intensity of 4.3 (± 2.1). The mean BMI was 27.5 (± 5.8), classifying patients at the level of pre-obese, overweight and normal weight respectively. The measure arm circumference identified 64.0% eutrophic and 24.0% overweight, while in the arm muscle circumference, 44.0% had some degree of malnutrition and 56.0% were normal. The analysis of the triceps skinfold showed 36% with malnutrition and 28% were overweight or obese. 92% were obese by the sum of skinfolds, and average fat percentage was 37.6% (± 4.4) .The average grip strength was 10.9 (± 7.3) kg / force, and phalanx 4 (± 1.7), while the average thickness of the adductor pollicis was 15mm (± 3.3). The bioimpedance detected an average value of the phase angle of 6.2 (± 1), and body fat percentage 27.2 (± 9), ranking 16% above the average, 56% obese, and 84% had depletion of lean body mass. CONCLUSION: This study shows that even in use of biological patients had impaired the functionality and quality of life with pain and high prevalence of overweight and obesity, decreased lean body mass and increased fat mass characterizing the population under study with rheumatoid cachexia / A artrite reumatoide é uma doença inflamatória auto- imune de evolução crônica e limitante afetando a funcionalidade e qualidade de vida de indivíduos. OBJETIVO: Identificar os efeitos da terapia imunobiológica nos aspectos clínico-funcional e nutricionais de clientela com artrite reumatoide. MÉTODOS: estudo de natureza quantitativa transversal, descritivo e analítico, realizado com 25 pacientes em acompanhamento no centro de infusão do hospital Dr Cesar Cals em Fortaleza-Ceará no período de maio a julho de 2015.A coleta de dados consistiu de um questionário sóciodemográfico, Short Form Healt Survey (SF-36), Health Assessment Questionnaire, escala visual analógica da dor, medidas antropométricas (peso, altura, índice de massa corpórea, circunferência do braço e dobras cutâneas), força de preensão manual e falange e bioimpedância eletromagnética. A análise dos dados utilizou o programa Statistical Package for Social Sciences e teste de correlação de Pearson para avaliar a associação entre as variáveis adotando-se os valores de p < 0,05 como significativos. RESULTADOS: a média de idade encontrada foi 52,6 anos, sendo 92% do sexo feminino, 60% tinham até 10 anos tempo de diagnóstico.e o biológico mais utilizado foi o Infliximabe. A menor pontuação no SF-36 foi referente à dimensão física, aspecto emocional e estado geral de saúde,76% obtiveram classificação de deficiência leve no HAQ, e uma média de dor de intensidade 4,3 (±2,1). A média do IMC foi 27,5 (±5,8), classificando os pacientes em nível de pré-obesidade, sobrepeso e peso normal respectivamente. A medida de circunferência do braço identificou 64,0% eutróficos, e 24,0% acima do peso normal, enquanto na Circunferência muscular do braço, 44,0% apresentavam algum grau de desnutrição e 56,0 % estavam normais. A análise da dobra cutânea tricipital evidenciou 36% com desnutrição e 28 % sobrepeso ou obeso. 92% apresentaram obesidade através da soma das dobras cutâneas, e média do percentual de gordura foi 37,6 % (±4,4).A força de preensão palmar média foi 10,9 (±7,3) kg/força, e de falange 4 (±1,7), enquanto a média da espessura do adutor do polegar foi 15mm (±3,3). A bioimpedância detectou um valor médio do ângulo de fase de 6,2 (±1), e percentual de gordura 27,2 (±9), classificando 16% acima da média, 56% obesos, e 84% apresentaram depleção de massa magra. CONCLUSÃO: Este estudo mostra que mesmo em uso de biológicos os pacientes apresentaram comprometimento na funcionalidade e qualidade de vida com presença de dor e elevada prevalência de sobrepeso e obesidade, diminuição de massa magra e aumento de massa gorda caracterizando a população em estudo com caquexia reumatoide.
9

Um estudo piloto sobre os aspectos psicológicos associados a artrite reumatoide

Santos, Maria Fernanda Martins Ferreira dos 14 June 1991 (has links)
Submitted by Estagiário SPT BMHS (spt@fgv.br) on 2012-05-09T11:47:54Z No. of bitstreams: 1 000057299.pdf: 3751960 bytes, checksum: 77f2df90a98891539665e9e812164451 (MD5) / Made available in DSpace on 2012-05-09T11:48:04Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000057299.pdf: 3751960 bytes, checksum: 77f2df90a98891539665e9e812164451 (MD5) Previous issue date: 1991 / This dissertation is an exploratory study concerning psychological aspects associated to rheumatoid arthritis, which predated the disease and played some role in the onset and progression of the disease process. As subjects were interviewed thirteen (13) persons with diagnosis of the disease by physicians working in the University Hospital Clementino Fraga Filho. The group was constituted of ten (10) female and three (3) male cases who did not presented others types of pathology. The primary objective this research work were the psychological factors related to the disease according to Franz Alexander psychosomatic view. The obtained results seem to evidence a psychodynamic back ground that to turned to themes, which suggest a great restrictive influence parental during the early childhood; hostility and aggressiveness contained; inhibition; low self-esteem; feelings of inferiority and RA patients tend to repress and control their feelings. In the manifest level these persons try to demonstrate externally just the opposite than feel internally (need to be active). So, it seems to exist a psychodynamic relationship between somatics and psychics aspects that influence in rheumatoid arthrritis process. The psychological effects that succeed to disease, as: deep concern about the development of the disease and its consequences; great anxiety related to the partial non-acquaintance of the real signification of the disease; less communication with home and social circle, were also emphasized. The results of this study are by no means conclusive, and the reserarcher acknowledge the possible biases due to the use of small group and of type assessment method. However, these results do seem to be agreement others investigations. / A presente dissertação de Mestrado em Psicologia Social e da Personalidade caracterizou-se por um Estudo Piloto concernente aos aspectos psicológicos relacionados a Artrite Reumatóide (AR), realizado através de uma investigação exploratória de campo no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF), Ambulatório de Reumatologia, na qual treze (13) pacientes reumatóides foram entrevista dos. O grupo amostral foi constituído de dez (lO) casos do sexo feminino e três (3) do sexo masculino com diagnóstico apenas desse tipo de patologia. O foco de interesse desta pesquisa foram os aspectos psicológicos que precederam e desempenharam algum tipo de influência no começo e progressão da AR, a partir do ponto de vista psicossomático. Os resultados obtidos parecem evidenciar um background psicodinâmico, uma vez que os relatos de história de vida giraram em torno de temas que sugeriram uma influência parental restritiva na primeira infância; hostilidade e agressividade contidas; inibição; auto-estima baixa; sentimentos de inferioridade e tendência a repressão e controle dos sentimentos. A nível manifesto essas pessoas procuram demonstrar externa mente o oposto do que são ou como se sentem internamente (‘necessidade se serem ativos'). Assim, parece existir uma relação psicodinâmica entre os aspectos somáticos e psíquicos influenciando o processo da Artrite Reumatóide. Os efeitos psicológicos advindos da doença, tais como: grande preocupação acerca do processo da enfermidade em si e de suas consequências; ansiedade gerada pelo desconhecimento parcial do real significado da doença; menor comunicação tanto no meio intra como extra familiar, também foram enfatizados. Os resultados deste estudo não são conclusivos e o pesquisa dor admite que o grupo amostral foi muito reduzido e o método empregado diferiu dos comumente aplicados a este tipo de pesquisa. Entre tanto, os mesmos pouco divergiram dos de outras investigações.
10

Desenvolvimento de um modelo experimental de artrite reumatoide na articulação temporomandibular : uma análise das alterações morfológicas

Sousa, Luane Macêdo January 2017 (has links)
SOUSA, L. M. Desenvolvimento de um modelo experimental de artrite reumatoide na articulação temporomandibular : uma análise das alterações morfológicas. 2017. 72 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Morfofuncionais) - Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2017. / Submitted by Programa de Pós Graduação em Ciências Morfofuncionais (pcmf.ufc@gmail.com) on 2017-07-07T13:16:58Z No. of bitstreams: 1 2017_dis_lmsousa.pdf: 23497601 bytes, checksum: 5df982c4f8467e58e590989914f1401a (MD5) / Approved for entry into archive by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2017-07-07T14:08:18Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2017_dis_lmsousa.pdf: 23497601 bytes, checksum: 5df982c4f8467e58e590989914f1401a (MD5) / Made available in DSpace on 2017-07-07T14:08:18Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2017_dis_lmsousa.pdf: 23497601 bytes, checksum: 5df982c4f8467e58e590989914f1401a (MD5) Previous issue date: 2017 / Rheumatoid arthritis (RA) in temporomandibular joint (TMJ) is an autoimmune synovitis characterized by synovial hyperplasia and erosion of cartilage and subchondral bone. Nociceptive, histopathological and immunological alterations of RA in TMJ are poorly reported in experimental models. Therefore, an experimental model of chronic RA in TMJ was developed using male Wistar rats (180-220 g). These received subcutaneous injections on the back of 200 μl of emulsion containing 500 μg of methylated bovine serum albumin (mBSA) diluted in 100 μl phosphate buffered saline (PBS) and 100 μl of Freund's Complete Adjuvant (CFA) on day 0. On days 7 and 14, the animals received 200 μl of emulsion containing 500 μg of mBSA diluted in 100 μl PBS and 100 μl of IFA on the back. Intra-articular injections in the left TMJ (challenges) with solution of mBSA and PBS (10 μg / joint) were performed on days 21, 28 and 35. Hypernociception analysis was performed throughout the induction period of RA through the Von Frey electronic. The animals were euthanized 7 days after the first challenge, and 24 hours and 7 days after the second and third challenges. TMJs and their peri-articular tissues were removed for histopathological and immunohistochemical for TNFα, IL-1β and IL-6 analysis. Synovial fluid was extracted for the total cell count and for quantification of TNF-α and IL-1β. Nociceptive threshold reduction was observed during the entire experimental groups receiving mBSA at TMJ (p <0.05). The groups euthanized 24 hours after 2 and 3 challenges presented an intense inflammatory infiltrate predominantly mononuclear in the synovial membrane and in the periarticular tissue (p <0.05), increase of joint disc thickness and pannus formation. In the immunohistochemical analysis, these same groups had increased IL- 1β immunostaining in synoviocytes and articular cartilage, IL-6 only in the articular cartilage and TNF-α in synoviocytes, cartilage and synovial membrane (p <0.05). There was a significant increase in IL-1β quantification and total cell count only in the group with 3 challenges and 24-hour euthanasia, and TNF-α quantification in the groups euthanized 24 hours after 2 and 3 challenges (p <0.05). Therefore, the results suggest that this model reproduces morphological alterations evidenced in the TMJ of patients with RA. / A Artrite Reumatoide (AR) na Articulação Temporomandibular (ATM) é uma sinovite autoimune caracterizada por hiperplasia sinovial e erosão da cartilagem e do osso subcondral. As alterações nociceptivas, histopatológicas e imunológicas da AR na ATM são pouco relatadas em modelos experimentais. Dessa forma, foi desenvolvido um modelo experimental de AR crônica na ATM utilizando ratos Wistar machos (180-220 g). Estes receberam injeções subcutâneas no dorso de 200 μl de emulsão contento 500 μg de albumina de soro bovino metilado (mBSA) diluído em 100 μl solução salina tamponada com fosfato (PBS) e 100 μl de Adjuvante Completo de Freund (CFA) no dia 0. Nos dias 7 e 14, os animais receberam 200 μl de emulsão, contendo 500 μg de mBSA diluído em 100 μl PBS e 100 μl de IFA, em diferentes locais do dorso. Injeções intra-articulares na ATM esquerda (desafios) com solução de mBSA e PBS (10 μg/articulação) foram realizadas nos dias 21, 28 e 35. A análise da hipernocicepção foi realizada durante todo o período de indução da AR através do aparelho de Von Frey eletrônico. Os animais foram eutanasiados 7 dias após o primeiro desafio, 24 horas e 7 dias após o segundo e terceiro desafios. As ATMs e seus tecidos periarticulares foram removidos para análise histopatológica e imunoistoquimica para TNFα, IL-1β e IL-6. O líquido sinovial foi extraído para contagem total de células e para quantificação de TNFα. Foi observada uma redução no limiar nociceptivo em todos os grupos experimentais que receberam mBSA na ATM (p <0.05). Os grupos eutanasiados 24 horas após 2 e 3 desafios apresentaram um intenso infiltrado inflamatório predominantemente mononuclear na membrana sinovial e no tecido periarticular (p <0.05), aumento da espessura do disco articular e formação de pannus. Na análise imunoistoquimica, esses mesmos grupos tiveram aumentada imunomarcação de IL-1β nos sinoviócitos e na cartilagem articular, IL-6 somente na cartilagem articular e TNF-α nos sinoviócitos, na cartilagem e na membrana sinovial (p <0.05). Houve aumento significante na dosagem de IL-1β e contagem total de células somente no grupo com 3 desafios e eutanasiados com 24h, e dosagem de TNF-α nos grupos eutanasiados 24 horas após 2 e 3 desafios (p <0.05). Logo, os resultados sugerem que esse modelo reproduz alterações morfológicas evidenciadas na ATM de pacientes com AR.

Page generated in 0.0673 seconds