• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 409
  • 13
  • 13
  • 13
  • 13
  • 8
  • 5
  • 4
  • 1
  • Tagged with
  • 414
  • 221
  • 78
  • 76
  • 53
  • 38
  • 30
  • 28
  • 27
  • 26
  • 26
  • 25
  • 25
  • 25
  • 24
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
41

Efeito da adição do líquido da castanha do caju nas propriedades térmicas, ópticas, mecânicas e morfológicas da borracha natural

Cavalcante, Rodolfo Alexandre Lima 10 December 2013 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Química, Programa de Pós-Graduação em Química, 2013. / Submitted by Jaqueline Ferreira de Souza (jaquefs.braz@gmail.com) on 2014-02-18T10:43:44Z No. of bitstreams: 1 2013_RodolfoAlexandreLimaCavalcante.pdf: 3896391 bytes, checksum: f27db80141e0102e036cf2ea6234b2f8 (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2014-02-18T15:55:49Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_RodolfoAlexandreLimaCavalcante.pdf: 3896391 bytes, checksum: f27db80141e0102e036cf2ea6234b2f8 (MD5) / Made available in DSpace on 2014-02-18T15:55:49Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_RodolfoAlexandreLimaCavalcante.pdf: 3896391 bytes, checksum: f27db80141e0102e036cf2ea6234b2f8 (MD5) / A borracha natural (BN) é um polímero que tem propriedades únicas e por isso possui uma importância comercial muito grande, sendo utilizada em muitas aplicações no dia-a-dia. Desde a sua descoberta, este material despertou o interesse de muitos pesquisadores. Ao longo do tempo, algumas substâncias têm sido adicionadas à BN visando melhorar suas propriedades físico-químicas e dependendo das aplicações desejadas. Muitas substâncias usadas como aditivos aumentam a eficiência do processo de vulcanização e protegem da sua degradação térmica e oxidativa. O uso de aditivos de origem natural aos materiais poliméricos é uma excelente alternativa para minimizar custos e toxicidade. Este trabalho investiga os efeitos da adição do líquido da castanha do caju (LCC) nas propriedades da BN proveniente do látex da Hevea brasiliensis. Métodos espectroscópicos (FTIR, UVVis), análises térmicas (TG e DSC), mecânicas (DMA) e morfológicas (MEV) foram utilizados neste estudo. Os resultados indicaram que o LCC adicionado, em concentrações de até 3% (p/p), reduziu a absorção de água pelo material, aumentou a absorção no UV-Vis, reduziu os efeitos da foto-oxidação por exposição à radiação UV e elevou a estabilidade térmica. O estudo cinético da decomposição térmica, pelo método não-isotérmico de Ozawa, indicou que o LCC aumenta a energia de ativação do processo de decomposição térmica, tanto em atmosfera inerte como em atmosfera oxidante, confirmando a sua contribuição para o aumento da estabilidade térmica do polímero. A presença do aditivo teve pouca influência na temperatura de transição vítrea da BN. Entretanto, análises dinâmico-mecânicas inferiram que a adição do LCC contribuiu para uma diminuição no módulo de elasticidade do material, proporcionando a obtenção de um material mais rígido. Análises morfológicas indicaram que a presença do aditivo na matriz polimérica foi percebida pelo surgimento de grânulos, que aumentam em quantidade com o incremento da concentração. Portanto, o uso do aditivo natural otimiza várias propriedades da matriz polimérica utilizada neste trabalho, destacando que o LCC é um produto originado de um recurso renovável e abundante, principalmente, na região Nordeste do Brasil. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The natural rubber (NR) is a polymer which has unique properties and therefore it is very important commercial product, being used in many applications in day-to-day. Since its discovery, this material aroused the interest of many researchers. Over time, some substances have been added to the NR in order to improve its physicochemical properties according to the desired applications. Many substances used as additives in NR increase the efficiency of vulcanization process, and protect their thermal and oxidative degradation. The use of additives of natural origin is an excellent alternative for the production of rubber, to minimize cost and toxicity. This study investigates the effects of adding of the cashew nut shell liquid (CNSL) in the properties of the NR of latex from Hevea brasiliensis. Spectroscopic methods (FTIR, UV-Vis), thermal analysis (TG and DSC), mechanical (DMA) and morphological (SEM) were used in this study. Results indicated that the CNSL added in concentrations of up to 3% (wt/wt) reduced the absorption of water by this material, reduced the effects of photo-oxidation by exposure to UV radiation and increased the thermal stability. The kinetic study of thermal decomposition by non-isothermal Ozawa method noted that the CNSL increases the activation energy of the thermal decomposition, under inert atmosphere and in oxidizing atmosphere, confirming its contribution to increase the thermal stability of polymer. The presence of the additive had little influence on the glass transition temperature of the NR. However, dynamic mechanical analysis inferred that the addition of CNSL increased the modulus of elasticity of this material, providing the obtaining of a more rigid material. Morphological analysis indicated that the addition of the additive in the polymer matrix was noted by the presence of granules which increase in number with increasing concentration. Therefore, the use of a natural additive optimizes several properties of the polymer matrix used in this work, noting that the CNSL is a product originated from a renewable and abundant resource, especially in the Northeast region of Brazil.
42

Influência da microestrutura, sistema de cura e aditivos sobre as propriedades dos TPV´S a base de PP/EPDM

Gheller Júnior, Jordão January 2011 (has links)
Elastômeros termoplásticos vulcanizados (TPV’s) são misturas constituídas de um polímero termoplástico e um elastômero, nos quais o elastômero sofre uma reticulação dinâmica na presença do termpolástico fundido. As propriedades finais dos TPV´s dependem de diferentes fatores, destacando-se: a característica dos componentes, teor e natureza dos agentes de reticulação e coagentes, e dos aditivos como plastificantes e sistemas de proteção. O presente trabalho apresenta a obtenção de TPV’s de baixa dureza a base de polipropileno (PP) e borracha de etileno propileno dieno (EPDM) na proporção de 40/60 em massa, contendo 40phr de óleo parafínico. Os TPV’s foram obtidos em câmara de mistura fechada, utilizando-se como agentes de cura peróxido de dicumula, resina fenólica e coagente trialilcianurato (TAC). Os TPV’s foram avaliados em relação às propriedades de processamento, morfologia, inchamento e desintegração em tolueno, dureza, resistência à tração, deformação permanente à compressão, resistência à abrasão e comportamento dinâmico-mecânico. Na Etapa I do trabalho foram avaliados o efeito do teor de peróxido de dicumila e de resina fenólica na reticulação da borracha de EPDM contendo 40phr de plastificante parafínico. Os resultados das curvas reométricas indicaram como teor ótimo de cura de 4phr para o peróxido de dicumila e de 5phr para a resina fenólica. Na avaliação comparativa das propriedades mecânicas, observaram-se melhores resultados no composto curado com peróxido. Na Etapa II do trabalho avaliou-se o efeito do teor de cristalinidade do PP e o teor de eteno no EPDM sobre as propriedades dos TPV’s. Um aumento na cristalinidade do PP resultou em um incremento nas propriedades de dureza e tensão na ruptura do TPV. A menor dureza foi atingida com o PP de menor cristalinidade e com o EPDM de menor teor de eteno. Na Etapa III avaliou-se o efeito do teor dos agentes de cura nas propriedades dos TPV’s. A resina fenólica, no teor de 5phr, resultou no TPV com as melhores propriedades. A Etapa IV focou-se na avaliação do efeito da sílica, aumento do teor de óleo parafínico, coagente TAC e sistema de proteção. Das duas sílicas testadas, a de maior área superficial resultou em um TPV’s com propriedades significativamente superiores. A adição de um maior teor de plastificante resultou em uma diminuição na dureza, bem como, das propriedades mecânicas. Os agentes de proteção mostraram-se efetivos na manutenção das propriedades dos TPV’s quando estes foram submetidos a uma degradação termo-oxidativa. / Thermoplastic vulcanized elastomers (TPV’s) are characterized as a mixture of a thermoplastic polyner with an elastomer, where the elastomer is dynamically crosslinked in the thermoplastic melt. The TPV properties depend of different factors like: the characteristic of their individual components, the nature and amount of the crosslink agents and coagents, as well as additives, like plasticizers and protectors. This study presents the properties of low hardness TPV’s based on polypropylene/ethylene propylene diene rubber (PP/EPDM) blends, in a ratio of 40/60, with 40phr of paraffinic oil. The TPV`s were obtained in an internal mixer with dicumyl peroxide (DCP) or phenolic resin as the crosslinking agents, and triallyl cyanurate (TAC) as the co-agent. The processing behavior, morphology, swelling behavior, hardness, tensile strength, compression set, abrasion resistance and dynamical mechanical properties were evaluated. In the study I the crosslinking effects of DCP and phenolic resin were evaluated in an EPDM compound. From the rheometric curves was possible to conclude that 4phr de DCP and 5phr the phenolic resin are the appropriate quantities of these curing agents. When comparing the mechanical properties of these two compounds, the EPDM cured with DCP presented better performance. In the study II the influence of PP crystallinity and the ethylene content in EPDM were evaluated in different TPV`s. The hardness and tensile strength are increased with increasing of the PP cristallinity.. At the same time, lower hardness TPV’s were obtained with EPDM with lower cristalinitty, that means, lower ethylene content. In the study III the nature and the amount of the curing agents were evaluated. The phenolic resin, in the quantity of 5phr, resulted in a TPV with the best balance of properties. In the study IV, silica, paraffinic oil as plasticizer, co-agent and protective system effects were investigated. The silica with higher surface area results in a TPV with properties considerably better. The increment in the plasticizer content decreases the hardness and tensile strength of the TPV. And at last, the protective system was effective when the TPV`s were exposed to heat aging.
43

Utilização de mistura asfáltica com borracha pelo processo da via-seca : execução de um trecho experimental urbano em Porto Alegre-RS

Dias, Márcia Rodrigues January 2005 (has links)
Este trabalho apresenta estudo sobre a viabilidade técnica para execução da pavimentação de uma pista experimental em via urbana a fim de comprovar o potencial da incorporação de borracha reciclada de pneus ao concreto asfáltico, pelo processo Via Seca, visando contribuir para a compreensão e otimização do desempenho dos pavimentos. O objetivo da presente pesquisa foi avaliar as etapas principais de projeto, produção e do processo executivo de estruturas de pavimentos submetidas à aplicação das cargas de tráfego em escala real; e o uso e manuseio dos materiais que constituem borracha-agregado, de maneira a obter benefícios e o incremento da durabilidade e redução da manutenção. Para tal foi construída uma pista experimental com revestimentos constituídos por um trecho em concreto asfáltico convencional e outro trecho com incorporação de borracha reciclada de pneus. Para a análise do comportamento, as misturas asfálticas foram caracterizadas segundos ensaios tradicionais, avaliando as diversas variáveis de projetos tais como: granulometria da borracha e do agregado, teor de ligante, tempo de digestão da borracha e percentual de borracha. Para caracterização e verificação de desempenho, realizaram-se os ensaios da Metodologia Marshall, ensaios de resistência à tração, módulo de resiliência à compressão diâmetral, fadiga à tensão controlada e deformação permanente (creep dinâmico). Ficou evidente a viabilidade técnica para execução de revestimentos com a utilização de borracha reciclada de pneus adicionada ao concreto asfáltico com o emprego do processo Via Seca, verificando durante a execução aspectos relevantes tais como: dosagem do silo com borracha; homogeneidade da massa; controle de temperatura; utilização e aplicabilidade das técnicas e equipamentos tradicionais para execução do concreto asfáltico, com a finalidade de prolongar a vida útil dos pavimentos e reduzir seu custo de manutenção.
44

Epoxidação de borrachas SBR: obtenção e avaliação de propriedades

Pedrini Neto, Cesar January 1999 (has links)
A borracha de estireno-butadieno, SBR, é uma das borrachas mais utilizadas em aplicações industriais. Diferentes tipos de borrachas SBR podem ser obtidas pela variação das proporções entre os monômeros de butadieno e estireno ou pela variação da microestrutura das unidades de butadieno. A borracha SBR, por ser um polímero apoiar, apresenta desvantagens como baixa resistência a óleos e ao envelhecimento. Para melhorar-se algumas destas propriedades, a estrutura química da cadeia principal pode ser modificada pela introdução de diferentes grupos funcionais, tais como grupos epóxidos. Neste trabalho, estudou-se a epoxidação de SBR comerciais com diferentes conteúdos vinílicos. A reação foi realizada usando-se ácido perfórmico gerado "in situ" a partir da reação de peróxido de hidrogênio com ácido fórmico. Para as mesmas condições de reação, concentração de ácido e peróxido, diferentes graus de epoxidação foram obtidos em diferentes tempos de reação. O grau de epoxidação depende do percentual de unidades vinílicas das unidades de butadieno. O grau de epoxidação foi determinado por RMN de ¹H. A ocorrência de reações secundárias foi monitorada por espectroscopia de infravermelho. Medidas de DSC registraram uma relação linear entre o percentual de epoxidação e a temperatura de transição vítrea, Tg. Misturas de borrachas epoxidadas e SBR não modificados foram obtidas em um misturador interno, numa proporção de 30170, com 30 % em peso de borrachas epoxidadas. As misturas foram reticuladas com diferentes quantidades de peróxido de dicumila ou enxofre I N-ciclohexilbenzotiazol-2-sulfenamida, S/CBS. As amostras foram curadas a 180°C. As curvas reométricas mostram que o grau de epoxidação e o conteúdo vinílico das borrachas influencia a velocidade de cura. A densidade de reticulação foi determinada por medidas de tensãodeformação e por experimentos de inchamento. As misturas apresentaram melhores propriedades finais , como tensão e elongação de ruptura, do que as correspondentes borrachas puras. / The styrene-butadiene rubber, SBR, is one of the most used polymers for industrial applications. SBR rubbers with different properties can be obtained by varying the ratio of butadiene to styrene monomer as well as by the different microstructure of the butadiene units. SBR rubber is a non-polar polymer , so it has disadvantages like low oil and low aging resistence. In order to overcome some of these drawbacks, modification of the chemical structure has been attempted by introducing different functional groups along the polymer backbone. In this study the epoxidation of commercial SBR with different vinyl contents were investigated. The reaction was performed using "in situ" generated formic peracid by the reaction of hidrogen peroxide and formic acid. For a given reaction condition, fixed concentration of acid and peroxide, different degrees of epoxidation were obtained at different reaction times. The degree of epoxidatioA was determined by ¹H-NMR. The degree of epoxidation also depends on the vinyl content of the butadiene units. The occurence of side reaction was controlled by infrared spectroscopy. DSC measurements show that there is a linear relationship between the degree of epoxidation and the glass transition temperature, Tg. Mixtures of epoxidized and pure SBR rubbers, with 30 weight % of epoxidized rubber, were obtained in na internai mixturer. Dicumyl peroxide or sulfur/N-cyclohexylbenzothiazole-2-sulfenamide (S/CBS) were used as crosslinking agent. The samples were cured at 180°C. The curing curves show that the degree of epoxidation and the vinyl content of the rubber influences the curing rate. The crosslinking densities were determined by the stress-strain measurements and by swelling experiments. It was observed that the ultimate properties of the mixtures, like stress and strain at break, are better than for the pure rubbers.
45

Estudo da hidrogenação catalítica de NBR

Schulz, Gracélie Aparecida Serpa January 2005 (has links)
Neste trabalho temos o Estudo da Hidrogenação Catalítica de NBR em meio Homogêneo, empregando complexos dos metais de transição. Nos experimentos de hidrogenação foram testados os complexos de paládio e rutênio em duas etapas diferentes. Para estes complexos, foram estudados os efeitos de temperatura, pressão, tempo e concentração de catalisador. Ainda, investigou-se os efeitos do teor de sólido de NBR em solução. Os solventes utilizados foram acetona e metiletilcetona. A Hidrogenação do Butadieno-Acrilonitrila (NBR) foi realizado em escala laboratorial num reator Parr de 1 L. No sistema utilizando o complexo de Paládio, as duplas ligações foram totalmente convertidas nas condições de 60 °C, 27 atm, 2 g de NBR, 58 mg de catalisador e 1 h de reação. Nas reações com o complexo de Rutênio, a conversão total ocorreu nas condições de 140 °C, 40 atm, 10 g de NBR, 60 mg de catalisador e 8 h de reação. As Hidrogenações de NBR mostraram-se efetiva para ambos os catalisadores atingindo a máxima conversão (100% em mol) nos dois sistemas. No entanto, o sistema utilizando catalisador de rutênio mostrou-se mais efetivo e viável para a produção de HNBR em escala industrial.
46

Degradação e estabilização foto e termoquimica do poli (butadieno-co-acerilonitrila)

Dias, Mariza Aparecida 14 July 2018 (has links)
Orientador : Marco Aurelio De Paoli / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Quimica / Made available in DSpace on 2018-07-14T18:43:35Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dias_MarizaAparecida_M.pdf: 2690894 bytes, checksum: 1ba5192a31ef9a738fcf595b4f98ca76 (MD5) Previous issue date: 1989 / Mestrado
47

Estudo da borracha natural para utilização em periodos de entre-safra num mesmo composto / Study of the natural rubber for use in period between the harvest time in the same compound

Alves, Marcia Regina da Costa 29 November 2004 (has links)
Orientador: João Sinezio de Carvalho Campos / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Quimica / Made available in DSpace on 2018-08-07T22:02:16Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Alves_MarciaReginadaCosta_M.pdf: 616913 bytes, checksum: c2dabea0f9dddf03128007fd60e70195 (MD5) Previous issue date: 2004 / Resumo: Esta pesquisa trata da caracterização e comparação entre as principais borrachas naturais utilizadas em pneumáticos, GEB-1, STR, SMR-20 e RSS-3, utilizando-se um único composto e alterando-se apenas a borracha. A caracterização e comparação foram feitas medindo-se as propriedades mecânicas (dinamométricas), reométricas, queima, viscosidade, densidade e dureza. O composto estudado foi uma mistura típica contendo borracha natural, negro de fumo, óleo plastificante, auxiliares de processamento, antioxidantes, adesivante, acelerante e vulcanizante, todos numa quantidade pré-estabelecida. Antes de iniciar o trabalho de mistura dos compostos do estudo, foi realizada a caracterização das borrachas utilizadas. Desta caracterização, a borracha RSS-3 (Ribbed Smoked Sheet) se difere das demais principalmente pela viscosidade e pelo PRI que são maiores. As borrachas SMR-20, GEB-1 e STR são semelhantes e no composto final isto pôde ser observado. Na análise dinamométrica, o módulo de alongamento à 100% e tensão de ruptura foram mais altos para o composto com a borracha RSS-3, porém com menor dispersão em comparação às demais. A Borracha GEB-1 apresentou um desvio padrão maior entre as várias análises efetuadas. O alongamento à ruptura ficou menor com a borracha RSS-3. A borracha RSS-3 conferiu maior viscosidade ao composto final, já esperado uma vez que sua viscosidade e PRI são maiores que as outras três borrachas estudadas. Concluindo que para obtenção dos mesmos valores de viscosidade, que é um parâmetro importante no processamento do composto, o ciclo de confecção deste composto deveria ser alterado, para isto é aconselhado um novo estudo. Para todas as borrachas a densidade apresentou valores semelhantes, com dispersão também uniforme, concluindo que a mistura dos compostos em todos os casos estavam homogêneas e que o ciclo de confecção utilizado foi suficiente para garantir a boa mistura. A partir dos resultados obtidos conclui-se que nos períodos de entre-safra pode-se utilizar outras borrachas em substituição à indisponível, desde que o ciclo de confecção seja alterado e que uma pequena alteração das características do composto final sejam permitidas / Abstract: The present research concerns the characterization and comparison among the main natural rubber used in tires, GEB-1, STR, SMR-20 and RSS-3, utilizing one compound and altering only the rubber. Both characterization and comparison were made by measuring the mechanical properties (dynamometric, rheometric, burning, viscosity, density and hardness). The studied compound was a typical mixture containing natural rubber, carbon black, plasticizing oil, processing auxiliaries, antioxidants, adhesives, accelerants and vulcanizer, all in a specific pre-established quantity. Prior to initiating the process of the mixture of the compounds, a characterization of the used rubbers was carried out. In the course of this characterization it was observed that the RSS-3 rubber (Ribbed Smoked Sheet) differs from the others, mainly due to its viscosity and by the PRI, which are higher. The MST-20, GEB-1 and STR rubbers are similar, fact which was observed in the final composition. In the dynamometric analysis, the stretch module at 100% and load of rupture were higher for the RSS-3 compound, although with a lower dispersion if compared with the other rubbers. The GEB-1 rubber presented a standard deviation, the highest among the several analyses that were performed. The stretch to the rupture was lower with the RSS-3 rubber. The RSS-3 rubber presented more viscosity to the final composition, which was expected since its viscosity and PRI are higher then the other three studied rubbers. Therefore, in order to obtain the same values of viscosity, which is an important parameter in the compound process, the cycle of confection of this compound must be altered. Such alteration would require a new study. The density presented similar results to all rubbers, also with a uniform dispersion, concluding that the mixture of the compounds in all cases were homogenous and that the cycle utilized was sufficient to guarantee a good mixture. From the obtained results one concludes that during the between-harvest seasons one can use other rubbers as a substitution to the available one, as long as the cycle of confection is modified and that a small alteration of the characteristic of the final composition be allowed. / Mestrado / Ciencia e Tecnologia de Materiais / Mestre em Engenharia Química
48

Degradação foto-oxidativa da borracha deEPDM vulcanizada

Guzzo, Marile 13 July 2018 (has links)
Orientador : Marco-Aurelio de Paoli / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Quimica / Made available in DSpace on 2018-07-13T23:29:46Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Guzzo_Marile_M.pdf: 5077910 bytes, checksum: e02c9482846ebf37b0fb94e3bbdeebd1 (MD5) Previous issue date: 1990 / Mestrado
49

Reaproveitamento de pneus inservíveis: determinação em laboratório das características do asfalto modificado SBS comparadas às do asfalto com pó de borracha

Almeida Júnior, Adão Francisco de [UNESP] 18 January 2012 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:26:17Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2012-01-18Bitstream added on 2014-06-13T20:15:02Z : No. of bitstreams: 1 almeidajunior_af_me_bauru.pdf: 1069638 bytes, checksum: 39c404074c23e6656f61d9ae6f57a80a (MD5) / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / Diante do crescimento populacional considerável e consequentemente uma maior demanda por produtos industrializados, com ciclos de vida cada vez menores, é de fundamental importância buscar alternativas que minimizem as agressões e as degradações ao meio ambiente. Neste contexto, é importante apontar os pneus inservíveis, pois se abandonados ou dispostos inadequadamente, além de se tornarem um passive ambiental, causam sérios problemas ao meio ambiente, à paisagem urbana e à saude da população. Assim este trabalho faz uma análise comparativa utilizando dados laboratoriais referentes às características do asfalto borracha (em três composições de asfalto com 15%, 18% e 20% de borracha triturada), comparando-as com as do asfalto modificado convencional, utilizado no Brasil na atualidade (asfalto modificado com polímeros SBS) que atende a especificação atual do DNIT 129/2010. As características e os comportamentos foram avaliados com os ensaios de penetração, ponto de amolecimento e fulgor, viscosidade, recuperação elástica e separação de fases. Através dos ensaios, conclui-se que os dois matérias possuem características distintas, como por exemplo, no que diz respeito à penetração e ao ponto de amolecimento, com comportamento inversamente propocional, quanto maior o ponto de amolecimento menor a penetração, quanto à viscosidade essa conclusão também pode ser aplicada, isto é, quanto maior o teor de borracha maior a consistência, nos ensaios de separaçãode fases, nota-se que quanto maior o teor da borracha maior é a separação, já nos ensaios de recuperação elástica os valores foram próximo dos 50% / Given the considerable population growth and consequently a greater demand for industrial products, with the cycles ever smaller, it is very important to seek alternatives that minimeze the aggression and the degradation of the environment. In this context it is important to point out the tire, it is abandoned or disposed of improperly, and become an environmental liabitity, cause serious problems for the environment, landscape and people's health. So this paper makes a comparative analysis using laboratory data regarding the characteristics of the asphalt rubber (three asphalt compositions with 15%, 18% and 20% crumb rubber), comparing them with those of conventional modified asphalt, used in Brazil today (SBS polymer modified asphalt) that meets the current specification of DNIT 129/2010. The characteristics and performance were evaluated according to the tests of penetration, softening point and flash, viscosity, elastic recoveru and separation of phases. Through trials, it was conclused that the two materials have distinct characteristics, such as with regard to penetration and the softening point, to conduct inversely, the softening point of less penetration, such as the viscosity conclusion can also be applied, ie the higher the rubber content greater consistency in testing phase separation, it is noted that rubber content the greater the separation already during the testing of elastic recovery values were around 50%
50

Análise econômica da produção da borracha natural no Estado de São Paulo / Economic analysis of natural rubber production in São Paulo State

Arruda, Silvia Toledo 02 February 1987 (has links)
Em termos de borracha sintética, o Brasil tornou-se praticamente auto-suficiente, além de contar com algum excedente exportável. Quanto à borracha natural o País encontra-se, ainda hoje, com um deficit de produção, produzindo cerca de 60% de suas necessidades. Ressalta-se que o Governo Federal tem despendido vultuosos recursos em programas de incentivo ao aumento da produção da borracha natural. O Estado de São Paulo, embora sem tradição na cultura da hevea, dispõe de áreas consideradas aptas e de condições ecológicas que permitem expandir o plantio da seringueira e, desse modo, contribuir para o aumento da produção. Contudo, a expansão da heveicultura traz consigo a necessidade de se incrementar os trabalhos de pesquisa, tanto na área agronômica como na área econômica. O propósito deste estudo é analisar as estruturas de custo dos sistemas de produção em uso no Estado de São Paulo e proceder à determinação dos custos médios de produção de borracha natural, por hectare e por unidade produzida, considerando três níveis de produtividade por hectare/ano. Utiliza-se a teoria de investimento em bens de produção, apropriando os custos para todo o horizonte temporal da cultura, estimado' em vinte e sete anos. Os cálculos são efetuados às taxas de desconto de 6 %, 10%, 12 % e 20 % ao ano, dando-se ênfase à aná1ise dos resultados obtidos a taxa de 12% ao ano, como taxa mínima de atratividade ou custo alternativo do capital. Os preços dos fatores de produção são os que vigoraram no mis de maio de 1985; os resultados obtidos em cruzeiros são convertidos para dólares. Como informação básica utiliza-se dados dos seringais cultivados com capital próprio em duas regiões do Estado de São Paulo: Vale do Ribeira e São José do Rio Preto. Os sistemas de produção ana1isados são: sistema I - mudas adquiridas de viveiristas particulares; sistema II - mudas enxertadas em viveiro próprio; sistema III - formação de porta-enxerto em viveiro próprio com enxertia no campo. Para ambas as regiões considera-se tris níveis de produtividade: mínimo, médio e máximo. Os custos médios por unidade produzida são calculados por litro de látex"in natura"e por quilo de borracha seca. Para o Vale do Ribeira o custo médio mais baixo, de Cr$ 3.940 ou US$ 0,75, e obtido para o sistema de produção II, ao nível máximo de produtividade. O custo médio mais elevado, de Cr$ 7.180 ou US$ l,37, é obtido para o sistema I, ao nível mínimo de produtividade. Esse sistema mais comum entre os produtores do Vale do Ribeira. Em São José do Rio Preto o menor custo médio, de Cr$ 4.630 ou US$ 0,89 é obtido no sistema de produção III, ao nível máximo. Esse sistema é o mais comum nessa região, porem, a produtividade conseguida pela maioria dos produtores corresponde ao nível mínimo. Neste caso, o custo médio é de Cr$ 7.770 ou US$ l,49. Em são Josi do Rio Preto os custos médios são mais altos do que no Vale do Ribeira. A razão e que na primeira região os custos fixos são mais elevados devido ao uso de maquinarias enquanto que na última região a cultura e conduzida manualmente. Complementarmente, faz-se uma análise comparativa com outra pesquisa que determinou custos de produção para a seringueira no Estado de São Paulo. / Brazil is not only self-sufficient producer of synthetical rubber but also an exceeding export. However, with respect to natural rubber, Brazi1 produce on1y 60 % of its necessity. Worthwhile to point out that the Federal Government has spent massice resources through incentive programs to increase the natural rubber production. São Paulo State does not have tradition in cropping Hevea, on the other hand its are considered with the best ecological condition to a possible expantion of the Hevea production. Also, there is lack of research works both in the agronomic and economic areas in São Paulo State. This study intend to add some knowledge in the rubber production cost. The main objective of this study is to analyse the natura1 rubber production cost under different systems that has been in practice in two regions of São Paulo State: Vale do Ribeira and São José do Rio Preto. The investment theory in production goods is used with a length of p1anning horizon of 27 years, raining annual discount rates of 6%, 10%, 12% and 20%, with three productivity levels (minimum, medium and maximum), and with the monetary values basis of may, 1985, either in cruzeiros or dollars. The average production cost in computed in 1iter of latex"in natura" and in·ki1o of dry rubber. The production systems are: system I. young grafted tree from private nursery; system II: young tree grafting in farmer´s nursery; system III: rootstock in farmer´s nursery and from grafting in the yield. In the Vale do Ribeira, the lowest average cost of Cr$ 3.940 or US$ 0.75 is obtained in the case of the production system II. The highest average cost of Cr$ 7.180 or US$ 1.37 is obtained in the case of the production system I. The 1atter system is the most common among farmers in the Vale do Ribeira. In São José do Rio Preto, the lowest average cost of Cr$ 4.630 or US$ 0.89 is obtained in the case of production system III. This is the most common production system in the region, however farmers have not been able to reach the productivity that researchers had been performing under experimental condition. In this sense the average cost of Cr$ 7.770 or US$ 1.49 might be more appropriated to a great number of the farmers in this region. São José do Rio Preto has average cost higher than Vale do Ribeira. The reason is that in the former region the fixed cost is higher, due to the use of machinery, while the latter region has a traditional production system.

Page generated in 0.027 seconds