• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 409
  • 13
  • 13
  • 13
  • 13
  • 8
  • 5
  • 4
  • 1
  • Tagged with
  • 414
  • 221
  • 78
  • 76
  • 53
  • 38
  • 30
  • 28
  • 27
  • 26
  • 26
  • 25
  • 25
  • 25
  • 24
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
31

Estudo da hidrogenação catalítica de NBR

Schulz, Gracélie Aparecida Serpa January 2005 (has links)
Neste trabalho temos o Estudo da Hidrogenação Catalítica de NBR em meio Homogêneo, empregando complexos dos metais de transição. Nos experimentos de hidrogenação foram testados os complexos de paládio e rutênio em duas etapas diferentes. Para estes complexos, foram estudados os efeitos de temperatura, pressão, tempo e concentração de catalisador. Ainda, investigou-se os efeitos do teor de sólido de NBR em solução. Os solventes utilizados foram acetona e metiletilcetona. A Hidrogenação do Butadieno-Acrilonitrila (NBR) foi realizado em escala laboratorial num reator Parr de 1 L. No sistema utilizando o complexo de Paládio, as duplas ligações foram totalmente convertidas nas condições de 60 °C, 27 atm, 2 g de NBR, 58 mg de catalisador e 1 h de reação. Nas reações com o complexo de Rutênio, a conversão total ocorreu nas condições de 140 °C, 40 atm, 10 g de NBR, 60 mg de catalisador e 8 h de reação. As Hidrogenações de NBR mostraram-se efetiva para ambos os catalisadores atingindo a máxima conversão (100% em mol) nos dois sistemas. No entanto, o sistema utilizando catalisador de rutênio mostrou-se mais efetivo e viável para a produção de HNBR em escala industrial.
32

Utilização de mistura asfáltica com borracha pelo processo da via-seca : execução de um trecho experimental urbano em Porto Alegre-RS

Dias, Márcia Rodrigues January 2005 (has links)
Este trabalho apresenta estudo sobre a viabilidade técnica para execução da pavimentação de uma pista experimental em via urbana a fim de comprovar o potencial da incorporação de borracha reciclada de pneus ao concreto asfáltico, pelo processo Via Seca, visando contribuir para a compreensão e otimização do desempenho dos pavimentos. O objetivo da presente pesquisa foi avaliar as etapas principais de projeto, produção e do processo executivo de estruturas de pavimentos submetidas à aplicação das cargas de tráfego em escala real; e o uso e manuseio dos materiais que constituem borracha-agregado, de maneira a obter benefícios e o incremento da durabilidade e redução da manutenção. Para tal foi construída uma pista experimental com revestimentos constituídos por um trecho em concreto asfáltico convencional e outro trecho com incorporação de borracha reciclada de pneus. Para a análise do comportamento, as misturas asfálticas foram caracterizadas segundos ensaios tradicionais, avaliando as diversas variáveis de projetos tais como: granulometria da borracha e do agregado, teor de ligante, tempo de digestão da borracha e percentual de borracha. Para caracterização e verificação de desempenho, realizaram-se os ensaios da Metodologia Marshall, ensaios de resistência à tração, módulo de resiliência à compressão diâmetral, fadiga à tensão controlada e deformação permanente (creep dinâmico). Ficou evidente a viabilidade técnica para execução de revestimentos com a utilização de borracha reciclada de pneus adicionada ao concreto asfáltico com o emprego do processo Via Seca, verificando durante a execução aspectos relevantes tais como: dosagem do silo com borracha; homogeneidade da massa; controle de temperatura; utilização e aplicabilidade das técnicas e equipamentos tradicionais para execução do concreto asfáltico, com a finalidade de prolongar a vida útil dos pavimentos e reduzir seu custo de manutenção.
33

Caracterização dos constituintes do látex e da borracha natural que estimulam a angiogênese /

Agostini, Deuber Lincon da Silva. January 2009 (has links)
Orientador: Aldo Eloizo Job / Banca: Gabriel Pinto de Souza / Banca: Ana Maria Pires / O Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Materiais, PosMat, tem carater institucional e integra as atividades de pesquisa em materiais de diversos campi da Unesp / Resumo: As membranas de borracha natural são usadas frequentemente como material biológico na indução de angiogênese e neoformação. Neste trabalho foram realizados estudos com objetivo de identificar os componentes do látex que são responsáveis pelo processo de angiogênese e neoformação. O látex, as fases centrifugadas do látex e as membranas da borracha natural, tratados termicamente em 60, 85 e 120ºC, foram liofilizados para a redução de água nos mesmos. A caracterização de tais materiais foi realizada por espectroscopia infravermelha (FTIR), micro-Raman, ressonância magnética nuclear (NMR - 1H e 13C), difração de raio x (DRX), microscopia eletrônica de varredura (MEV) e microscopia de força atômica (AFM), análise do termogravimétrica (TG) acoplado com infravermelho (TG/FT-IR), calorimetria exploratória diferencial (DSC), análise dinâmico mecânica (DMA) e o método de Bradford. Nos resultados de espectroscopia no infravermelho, micro de Raman, NMR (1H e 13C), de raios x e TG/FT-IR; os componentes químicos do látex, das fases centrifugadas do látex e das membranas da borracha natural foram identificados. A técnica de TG foi utilizada para avaliar a estabilidade térmica e os resultados mostraram que as membranas obtidas a 60ºC possuem maior estabilidade. Nos resultados de DSC notou-se que a transição vítrea acontece em ~ -68ºC, para todos os materiais que contêm isopreno e a degradação estrutural ocorrem em torno de 376ºC. As transições de vítreas foram confirmadas através dos resultados de DMA. O látex centrifugado apresenta três fases: partículas de borracha (F1), lutóides (F2) e Frey-Wyssling (F3). Nas frações F2 e F3 o isopreno é ausente, ou apresenta pequena proporção, mas contêm diversos componentes químicos: proteínas, ácidos aminados e grupos funcionais que podem induzir o angiogênese e a neoformação em tecidos biológicos...(Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: Natural latex and natural rubber membranes are frequently used as biomaterial in the angiogenesis induction and neoformation of biological tissues. Our studies aimed to study and identify the latex components that are responsible for angiogenesis and neoformation processes. The natural latex, the centrifuged latex phases and the natural rubber membranes were thermally treated at 60, 85 and 120ºC and afterward all samples were lyophilized. The characterization of such materials were carried out using infrared (FT-IR), micro Raman spectroscopy, nuclear magnetic resonance (NMR - 1H e 13C), X-ray diffraction, scanning electronic microscopy (SEM) and atomic force microscopy (AFM), thermogravimetry analysis coupled with infrared (TG/FT-IR), differential scanning calorimeter (DSC), dynamic mechanical analysis (DMA) and the method of Bradford. From the results of infrared and micro Raman spectroscopy, NMR (1H e 13C), X-rays and TG/FT-IR the chemical components present in the latex, in the centrifuged latex phases and in natural rubber membranes were identified. TG technique was used to evaluate the thermal stability and results showed that membranes obtained at 60ºC present greater stability, up to 350ºC. From DSC results it was found that the glass transition happens at -68ºC, for all materials containing isoprene, and the structural degradation occurs at 376ºC. Glass transitions were confirmed also by DMA results. Centrifuged latex presents three phases: rubber particles (F1), lutoids (F2) and Frey-Wyssling (F3). In the fractions F2 and F3 the isoprene is absent but they contain several chemical components: proteins, amino acids and functional groups that can induce angiogenesis and neoformation on biological tissues. The treated membrane 60ºC of natural rubber showed the highest angiogenesis and neoformation activities. Furthermore, membranes containing pores favor the cicatrization process and the vascularization processes. / Mestre
34

Obtenção e caracterização de nanocompósitos de borracha natural reforçada com nanofibras de celulose recobertas com polianilina /

Silva, Michael Jones da. January 2013 (has links)
Orientador: José Antonio Malmonge / Banca: Haroldo Naoyuki Nagashima / Banca: Eliton Souto de Medeiros / Banca: Maria Alice Martins / Banca: Aldo Eloizo Job / Resumo: Nanowhiskers de celulose (CNF) foram obtidas de microfibras de algodão comercial (MFC) por meio de hidrólise ácida e recobertas com polianilina (PANI) via polimerização "in situ", visando a obtenção de amostras condutoras (CNF-PANI). Nanocompósitos de Borracha Natural (BN) com nanowhiskers (nanofibras) recobertos e não recoberto com PANI também foram obtidos em diferentes proporções em massa, pelo método casting/evaporação, nas proporções em massa 97/03, 95/05, 93/07 e 90/10. Os nanocompósitos foram caracterizados utilizando as técnicas de espectroscopia UV-Vis-NIR, FTIR, DSC, TG/DTG, difratometria de raios-X, MEV-FEG, ensaios de mecânicos em tração e medidas elétricas dc e ac. Pelas as análises elétricas as amostras de CNF-PANI, alcançaram condutividade da ordem de 10-1 S/cm independente do ácido dopante utilizado (DBSA ou HCl). As CNF-PANI também apresentaram estabilidade térmica maior do que as CNF não recobertas, pois a PANI atua como uma barreira protegendo as CNF. Nas análises de TG/DTG foi observado que a estabilidade térmica dos nanocompósitos de BN/CNF e BN/CNF-PANI apresentaram comportamento semelhantes ao da BN. A temperatura de transição vítrea dos nanocompósitos foi similar ao da BN (-63 °C) não sofrendo mudança com a introdução de CNF e de CNF-PANI. A introdução de CNF e CNF-PANI impactaram positivamente nas propriedades mecânicas da BN devido ao fenômeno de percolação mecânica dos nanowhiskers que formam uma rede contínua na matriz de nanopartículas unidas por meio de ligações de hidrogênio. Os nanocompósitos reforçados com CNF (BN/CNF) exibiram maior módulo de Young e resistência mecânica na ruptura, do que os nanocompósitos BN/CNF-PANI. Já as análises elétricas demonstraram que a condutividade elétrica dos nanocompósitos... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: Cellulose nanowhiskers (CNF) were isolated from cotton microfibrils (MCF) by acid hydrolysis and coated with polyaniline (PANI) by in situ polymerization of aniline onto CNF to produce conductive nanocomposite (CNF-PANI). Nanocomposites of natural rubber (NR) reinforced with CNF and CNF-PANI also were obtained by casting/evaporation method. The samples were characterized by ac and dc electrical conductivity, UV-Vis-NIR and Fourier-transform infrared (FTIR) spectroscopies, X-ray diffraction, DSC, TGA/DTG, SEM and strain-stress technique. Electrical conductivity about 10-1 S/cm was achieved for the CNF-PANI nanocomposites independent of dopant acids (DBSA or HCl). The nanowhiskers coated with PANI shown to be more thermally stable than the uncoated CNF, because the PANI acts as a barrier protecting the CNF. The NR/CNF and NR/CNF-PANI nanocomposites and neat NR sample showed the same thermal profiles. The glass transition temperature of the NR was not affected by nanowhiskers content. The mechanical properties of natural rubber improved with nanofibrils incorporation. Young's modulus and tensile strength were higher for NR/CNF than the NR/CNF-PANI nanocomposites, probably because the CNF is more hydrophobic than CNF-PANI. The electrical conductivity of natural rubber increased five and seven orders of magnitude for NR with 10 wt% of CNF-PANI(HCl) and CNF-PANI(DBSA) content, respectively. A partial PANI dedoping might be responsible for the low electrical conductivity of the nanocomposites compared to CNF-PANI (HCL and DBSA). A statistical model of a resistor network was developed to simulate the structure and reproduced the ac conductivity of the NR/CNF-PANI nanocomposite by the application of a transfer-matrix technique. According to the simulation results, the conduction process between two sites of... (Complete abstract click electronic access below) / Doutor
35

Prevulcanização do látex natural extraído da "hancornia speciosa gomes" (Mangabeira) e da "hevea brasiliensis" (seringueira) /

Gomes, Willian Pereira. January 2013 (has links)
Orientador: José Antonio Malmonge / Banca: Rosangela da Silva de Lauretiz / Banca: Rogério Manoel Biagi Moreno / Resumo: A borracha natural é um dos polímeros mais consumidos mundialmente, onde seu principal mercado é o setor pneumático com cerca de três quartos do consumo total. A seringueira é a mais importante produtora de borracha natural, sendo responsável por cerca de 99% da produção mundial A mangabeira é também uma arvore lactescente produzida quase em sua totalidade de forma extrativista e visada somente para a produção do seu fruto, a mangaba. Embora já ter sido utilizada comercialmente em períodos emergenciais, hoje a borracha natural provinda da mangabeira não tem qualquer utilização tecnológica, pois é considerada uma borracha de qualidade inferior. Neste trabalho foram produzidos filmes de borracha prevulcanizada com o látex de seringueira, de mangabeira e também com a mistura (m/m) do látex de mangabeira no látex de seringueira, nas proporções de 95/5, 90/10, 80/20, 70/30 e 60/40. Os resultados mostraram que o número de ligações cruzadas, tensão na ruptura e dureza Shore A são dependentes do sistema de vulcanização convencional, semi-eficiente ou eficiente, e da temperatura e do tempo de cozimento do latex de ambas as fontes. Os valores dessas propriedades encontrados para a borracha da mangabeira foram inferiores ao da borracha da seringueira. O maior valor de tensão de ruptura, dureza Shore e deformação encontrada para a borracha de seringueira foi alcançado utilizando o sistema convencional com 3 horas de cozimento sob 80°C. Esses valores são: 22 MPa, 42 Shore A e 895% o que é aproximadamente 150%, 68% e 25%, respectivamente, maiores do que os maiores valores encontrados para a borracha da mangabeira (8,8 MPa, 25 Shore A e 714%) que foi obtido utilizando o sistema semi-eficiente. As borrachas obtidas da mistura dos látex apresentaram, para composições inferiores a 20%, em massa de borracha de mangabeira, um comportamento similar a da seringueira mostrando ser viável a sua utilização para fabricação... / Abstract: Natural rubber is one of the most consumed polymer in the worldwide and pneumatic industry is responsible for approximately three fourths of total consumption. Hevea brasiliensis is the most important producer of natural rubber, being responsible for 99% of global production. The Hancornia speciosa Gomes is also produces white latex that can be tapped from the tree similarly to Hevea. Although it has been used commercially in emergency periods, nowadays Hancornia rubber has no technology use due to its low production and rubber quality. The latex blend can be a viable alternative to the use of mangabeira latex as one additional income besides of fruit commercialization. In this sense, the proposal of this work was to evaluate the influence of prevulcanization condition in the Hancornia speciosa Gomes (mangabeira) and Hevea brasiliensis (seringueira) latexes and also in its mixture, on the rubber proprieties. The latexes were prevulcanizated by conventional (CV), semi-efficient (SEV) and efficient (EV) vulcanization systems under temperatures of 60, 70 and 80 ° C. The crosslinked quantity was investigated by the swelling technique and the mechanical proprieties were obtained from tensile experiments and shore A hardness. The results showed that the quantity of crosslinked, stress at break and shore hardness are dependent of prevulcanization condition. The values of these proprieties found for mangabeira rubber were lower than the values found for the seringueira rubber. The highest stress at break, shore hardness and strain to seringueira and mangabeira rubber were obtained using the CV and SEV systems, respectively, under temperature of 80° C for 3 hours. Theses value are: 22 MPa, 42 shore A and 895% that are around 150%, 68% e 25%, respectively, higher than found to mangabeira rubber (8,8 MPa, 25 Shore A and 714%). The rubbers obtained from mixture of latex have the mechanical proprieties closed to the seringueira rubber for blends ... / Mestre
36

Obtenção e caracterização elétrica e morfológica de compósitos de borracha natural com PZT /

Sanches, Alex Otávio. January 2012 (has links)
Orientador: José Antonio Malmonge / Banca: Walter Katsumi Sakamoto / Banca: Neri Alves / Resumo: Compósitos de borracha natural vulcanizada (BV) e Titanato Zirconato de Chumbo (PZT) em diferentes composições foram obtidos a partir do látex pré-vulcanizado e da cerâmica PZT na forma de pó. As composições estudadas foram 90/10, 80/20, 70/30 e 60/40 v/v. Um aumento no coeficiente piezoelétrico (d33) foi verificado com o aumento do volume de cerâmica no compósito, atingindo um valor de aproximadamente 6 pC/N para compósitos de composição 60/40 polarizados a 8MV/m na temperatura de 90°C. Verificou-se um decaimento da atividade piezoelétrica em função do tempo após a polarização para os compósitos com até 30% em volume de cerâmica. Este decaimento foi atribuído principalmente à relaxação da matriz. A adição de nanofibras de celulose para a composição 70/30 nas proporções 5,10 e 15% em massa (em relação à massa da borracha), inibiu o processo de relaxação, como também promoveu uma melhor transferência de tensões mecânicas aplicadas no material aos grãos cerâmicos, ocasionando em um aumento de até 400% nos valores obtidos para o coeficiente piezoelétrico. A incorporação de 5% em massa de nanofibras recobertas com polianilina aumentou três ordens de grandeza a condutividade elétrica dos compósitos 70/30 e 60/40. Por outro lado, uma redução nos valores do coeficiente piezoelétrico foi observada, o que foi atribuído a um efeito de blindagem elétrica dos grãos cerâmicos / Abstract: Vulcanized natural rubber(VNR) and Lead Zirconate Titanate (PZT) composites with different composition were obtained by mixing PZT ceramic powder with prevulcanized latex. The investigated composition of VNR/PZT were 90/10, 80/20, 70/30 and 60/40 v/v. The piezoelectric coefficient d33 increased with increasing of PZT volume fraction in the composite reaching approximately 6 pC/N for composites composition 60/40 %v/v, polarized with 8MV/m at 900C. It was verified that piezoelectric activity decay as a function of time for composite up to 30% of ceramic, that was attributed mainly to matrix relaxation. The incorporation of cellulose nanofibers in the compositions 70/30 and 60/40 %v/v inhibited the matrix relaxation besides of promoting better transference of the applied mechanical stress on the ceramic grains, increasing the piezoelectric coefficient d33 about 400%. The electrical conductivity of composites 70/30 and 60/40 increased three order of magnitude by adding 5% in mass (related to rubber mass), of cellulose nanofiber coated with polyaniline in the composite. On the another hand, the piezoelectricity activity d33 decreased and this behavior was attributed to electrical field shielding of ceramic grain promoted by coated fibers / Mestre
37

Eletrofiação de fibras de borracha natural com adição de polianilina /

Dognani, Guilherme. January 2016 (has links)
Orientador: Aldo Eloizo Job / Co-orientador: Deuber Lincon da Silva Agostini / Banca: Claudia Merlini / Banca: Neri Alves / O Programa de Pós Graduação em Ciência e Tecnologia de Materiais, PosMat, tem caráter institucional e integra as atividades de pesquisa em materiais de diversos campi / Resumo: A técnica de eletrofiação tem sido utilizada na obtenção de fibras com diversos materiais poliméricos. Neste trabalho, foram desenvolvidos, de maneira inédita, materiais eletrofiados a partir de borracha natural e polianilina. Por esta técnica, foram obtidas mantas eletrofiadas com fibras de diâmetro menor que 1 um. Para o desenvolvimento destas mantas eletrofiadas tornou-se necessário primeiramente realizar um amplo estudo sobre os parâmetros de processo, o qual constou em variar o fluxo de vazão da solução polimérica de 0.1, 0,25, 0,5 mL/h, a tensão aplicada ao processo de 10, 12,5....., 15 kV e a rotação do coletor rotativo onde as fibras foram depositadas em 30, 40, 50 rpm. Após o estudo dos parâmetros de eletrofiação, foi selecionada uma série com os melhores parâmetros, que proporcionou a obtenção de mantas de borracha natural denominada BN. Estas mantas foram posteriormente recobertas com polianilina pelo método de polimerização in situ, obtendo mantas de BN/PAni dopada e BN/PAni desdopada. Para fins de comparação foram também produzidas membranas densas pelo método casting, que foram caracterizadas quanto suas propriedades elétricas, onde mostrou bons resultados, se comportando como material ôhmico alcançando a condutividade na ordem de 10-6 S/m para BN/PAni dopada, enquadrado assim entre os materiais semicondutores. Além das propriedades elétricas foram também investigadas as propriedades térmicas, espectroscópicas dos materiais estudados. Os resultados deste trabalho mostraram que é possível eletrofiar a borracha natural formando fibras de diâmetro que alcançaram valores mínimos de até 0,92 um / Abstract: The electrospinning technique has been used to obtain fibers with various polymer materials. In this work were developed in an unprecedented fibers electrospun from natural rubber and polyaniline. For this technique, fibers mats were obtained with fiber diameter of less than 1 micrometers. For the development of these electrospun mats became necessary to first perform an extensive study on the process parameters, which consisted in varying the flow of polymer solution at 0.1, 0.25, 0.5 ml/h, the voltage applied to the process 10, 12.5, 15 kV and rotation of the collector where the fibers were deposited on 30, 40, 50 rpm. After studying the electrospinning parameters, it selected a series with the best parameters, which provided obtaining natural rubber mats called NR. These mats were covered with polyaniline by in situ polymerization method, getting NR/PAni doped and NR/PAni undoped mats. For purposes of comparison were also produced membranes by casting method, which were characterized as its electrical properties, which showed good results, behaving as ohmic materials reaching the conductivity on the order of 10-6 S/m for NR/PAni doped, entering among the semiconductor materials. In addition to the electrical properties were also investigated the thermal, spectroscopic and morphological materials properties. These results showed that it is possible produced natural rubber fibers electrospun forming diameter fibers that have reached minimum values of up to 0.92 micrometers / Mestre
38

Membranas de borracha natural recobertas com nanopartículas de ouro: síntese e caracterização

Cabrera, Flávio Camargo [UNESP] 27 January 2012 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:30:19Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2012-01-27Bitstream added on 2014-06-13T18:40:19Z : No. of bitstreams: 1 cabrera_fc_me_bauru.pdf: 4656699 bytes, checksum: a5fecfc7e09b6d60f2c221aa0d2cd019 (MD5) / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) / Neste trabalho, desenvolvido junto ao Grupo de Pesquisa em Novos Materiais e Aplicações, do Departamento de Física, Química e Biologia, da Faculdade de Ciência e Tecnologia FCT/UNESP Campus de Presidente Prudente, propomos realizar a investigação da fabricação de membranas de borracha a partir do látex extraído de árvores do gênero Hevea brasiliensis (clone RRIM 600 - Rubber Research Institute of Malaysia). As membranas são preparadas através da técnica de casting e utilizadas como substratos ativos (agente redutor e estabilizador) nas sínteses de nanopartículas (NPs) metálicas, pelo método de redução in situ, por meio de solução aquosa de cloreto de ouro (AuCl3), de modo que as nanopartículas sejam incorporadas tanto na superfície quanto no volume das membranas. Como objetivo principal propõe-se obter informações relevantes sobre os compostos ligados às membranas de borracha natural aos quais se atribuí a responsabilidade pela redução e estabilização das nanopartículas. Os resultados demonstram que a síntese de nanopartículas pode ser desenvolvida, com tamanhos médios por volta de 48 nm, incorporando-as como agregados na superfície das membranas de borracha natural. A redução das nanopartículas de ouro foi atribuída principalmente a componentes protéicos presentes na Fase Soro do látex. Os compósitos obtidos apresentam boa estabilidade térmica e foram utilizados, como aplicação, na construção de substratos flexíveis para a análise química por meio de espectroscopia micro-Raman analisando o efeito Surface Enhanced Raman Spectroscopy (SERS) e Surface Enhanced Ressonance Raman Spectroscopy (SERRS) e Surface Enhanced Ressonance Raman Spectroscopy (SERRS) / In this work, developed together the Research Group of New Materials and Applications, Department of Physics, Chemistry and Biology from Faculty of Science and Technology FCT/UNESP in Presidente Prudente, proposes to conduct research the manufacture of rubber membranes from natural latex extracted from trees from Hevea brasiliensis (clone RRIM 600 - Rubber Research Institute of Malaysia). This membranes were prepared by casting technique and used as active substrates (both reducing and stabilizer agent) in the synthesis of metal nanoparticles (NPs) by in situ reduction method, using gold chloride (AuCl3) aqueous solution, so that the nanoparticles are incorporated both on surface and embebbed into the membrances. The main objective is obtaining relevant information on the compounds of the natural rubber membrances which assigns responsability for the reduction and stabilization of nanoparticles. The results obtained demonstrate that the synthesis of nanoparticles achieved, with average sizes around 48 nm, incorporated on the surface of natural rubber membranes. The reduction of gold nanoparticles is attributed mainly to the protein components present in the serum phase of the latex. The composites showing good thermal stability and were used, as application, in the construction of flexible substrate for chemical analysis using micro-Raman spectroscopy evaluated the Surface Raman Spectroscopy (SERS) and Surface Enhanced Ressonance Raman Spectroscopy (SERRS) effects
39

Estudo do sistema N-Ciclohexil-2-Benzotiazol-Sulfenamida(CBS)/enxofre na vulcanização da borracha natural

Fagundes, Enio César Machado January 1999 (has links)
O comportamento elástico dos reticulados de borracha natural, NR, obtidos a partir da reação com enxofre e acelerador, CBS foi examinado. Estudou-se a cinética de reação através das curvas reométricas para amostras com diferentes razões de concentração acelerador/enxofre. Observou-se que a reação de vulcanização é de primeira ordem, enquanto a energia de ativação cresce com a quantidade de enxofre e se mantém praticamente constante com a quantidade de acelerador. As amostras foram vulcanizadas sob calor e pressão e submetidas a medidas de tensãodeformação. Detemúnou-se a densidade de reticulação a partir do módulo de Young e pela teoria de Mooney-Rivlin. Paralelamente, a densidade de reticulação foi também obtida a partir de medidas de inchamento, aplicando-se a teoria de Flory - Rehnner. Este estudo indicou que a densidade de reticulação é proporcional a concentração de acelerador e também de enxofre. Nas amostras submetidas a análise mecânico-dinâmica, avaliou-se a tangente de delta, observando-se a mesma independente do grau de reticulação, na freqüência avaliada, enquanto a Tg aumenta com o grau de reticulação. / The elastic behavior of natural rubber networks, NR, obtained by reaction with sulfur and accelerator, CBS, was investigated. The kinetics of the reaction was studied through the rheometric curves for samples with different rations of accelerator/sulfur. It was observed that the vulcanisation showed first order kinectics, while the activation energy increase with the amount of sulfur and it stays constant with the increase of accelerator. The samples were vulcanisated under heat and pressure and submitted the stress-strain measurements. The crosslinking densities was determined by Y oung module and by Mooney - Rivlin theory. The crosslinking densities was also obtained from swell measurements, applying the Flory- Rehnner theory. This study indicated that the crosslinking densities is proportional the accelerator and sulfur concentration. Samples were submitted the dynamic mechanical analysis. The delta tangent was evaluated being observed that it independent of the crosslinking degree, in the appraised frequency, while Tg increases with the crosslinking degree.
40

Influência da microestrutura, sistema de cura e aditivos sobre as propriedades dos TPV´S a base de PP/EPDM

Gheller Júnior, Jordão January 2011 (has links)
Elastômeros termoplásticos vulcanizados (TPV’s) são misturas constituídas de um polímero termoplástico e um elastômero, nos quais o elastômero sofre uma reticulação dinâmica na presença do termpolástico fundido. As propriedades finais dos TPV´s dependem de diferentes fatores, destacando-se: a característica dos componentes, teor e natureza dos agentes de reticulação e coagentes, e dos aditivos como plastificantes e sistemas de proteção. O presente trabalho apresenta a obtenção de TPV’s de baixa dureza a base de polipropileno (PP) e borracha de etileno propileno dieno (EPDM) na proporção de 40/60 em massa, contendo 40phr de óleo parafínico. Os TPV’s foram obtidos em câmara de mistura fechada, utilizando-se como agentes de cura peróxido de dicumula, resina fenólica e coagente trialilcianurato (TAC). Os TPV’s foram avaliados em relação às propriedades de processamento, morfologia, inchamento e desintegração em tolueno, dureza, resistência à tração, deformação permanente à compressão, resistência à abrasão e comportamento dinâmico-mecânico. Na Etapa I do trabalho foram avaliados o efeito do teor de peróxido de dicumila e de resina fenólica na reticulação da borracha de EPDM contendo 40phr de plastificante parafínico. Os resultados das curvas reométricas indicaram como teor ótimo de cura de 4phr para o peróxido de dicumila e de 5phr para a resina fenólica. Na avaliação comparativa das propriedades mecânicas, observaram-se melhores resultados no composto curado com peróxido. Na Etapa II do trabalho avaliou-se o efeito do teor de cristalinidade do PP e o teor de eteno no EPDM sobre as propriedades dos TPV’s. Um aumento na cristalinidade do PP resultou em um incremento nas propriedades de dureza e tensão na ruptura do TPV. A menor dureza foi atingida com o PP de menor cristalinidade e com o EPDM de menor teor de eteno. Na Etapa III avaliou-se o efeito do teor dos agentes de cura nas propriedades dos TPV’s. A resina fenólica, no teor de 5phr, resultou no TPV com as melhores propriedades. A Etapa IV focou-se na avaliação do efeito da sílica, aumento do teor de óleo parafínico, coagente TAC e sistema de proteção. Das duas sílicas testadas, a de maior área superficial resultou em um TPV’s com propriedades significativamente superiores. A adição de um maior teor de plastificante resultou em uma diminuição na dureza, bem como, das propriedades mecânicas. Os agentes de proteção mostraram-se efetivos na manutenção das propriedades dos TPV’s quando estes foram submetidos a uma degradação termo-oxidativa. / Thermoplastic vulcanized elastomers (TPV’s) are characterized as a mixture of a thermoplastic polyner with an elastomer, where the elastomer is dynamically crosslinked in the thermoplastic melt. The TPV properties depend of different factors like: the characteristic of their individual components, the nature and amount of the crosslink agents and coagents, as well as additives, like plasticizers and protectors. This study presents the properties of low hardness TPV’s based on polypropylene/ethylene propylene diene rubber (PP/EPDM) blends, in a ratio of 40/60, with 40phr of paraffinic oil. The TPV`s were obtained in an internal mixer with dicumyl peroxide (DCP) or phenolic resin as the crosslinking agents, and triallyl cyanurate (TAC) as the co-agent. The processing behavior, morphology, swelling behavior, hardness, tensile strength, compression set, abrasion resistance and dynamical mechanical properties were evaluated. In the study I the crosslinking effects of DCP and phenolic resin were evaluated in an EPDM compound. From the rheometric curves was possible to conclude that 4phr de DCP and 5phr the phenolic resin are the appropriate quantities of these curing agents. When comparing the mechanical properties of these two compounds, the EPDM cured with DCP presented better performance. In the study II the influence of PP crystallinity and the ethylene content in EPDM were evaluated in different TPV`s. The hardness and tensile strength are increased with increasing of the PP cristallinity.. At the same time, lower hardness TPV’s were obtained with EPDM with lower cristalinitty, that means, lower ethylene content. In the study III the nature and the amount of the curing agents were evaluated. The phenolic resin, in the quantity of 5phr, resulted in a TPV with the best balance of properties. In the study IV, silica, paraffinic oil as plasticizer, co-agent and protective system effects were investigated. The silica with higher surface area results in a TPV with properties considerably better. The increment in the plasticizer content decreases the hardness and tensile strength of the TPV. And at last, the protective system was effective when the TPV`s were exposed to heat aging.

Page generated in 0.0468 seconds