• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 376
  • 81
  • 59
  • 53
  • 11
  • 11
  • 11
  • 9
  • 8
  • 3
  • 3
  • 2
  • 2
  • 1
  • Tagged with
  • 572
  • 319
  • 183
  • 181
  • 179
  • 177
  • 144
  • 107
  • 106
  • 72
  • 71
  • 65
  • 61
  • 61
  • 50
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
31

Alterações celulares durante o envelhecimento em sementes de Phaseolus vulgaris L. e Senna reticulata (Willdenow) Irwin & Barneby

Begnami, Cristiana de Noronha 01 March 1991 (has links)
Orientador : Angelo Luiz Cortelazzo / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-13T23:01:00Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Begnami_CristianadeNoronha_M.pdf: 5623045 bytes, checksum: 656465ae5bd8cf349da8480c508eb20c (MD5) Previous issue date: 1991 / Resumo: No presente trabalho, foram empregados vários métodos citoquímicos e bioquímicos de análise a fim de se verificar comparativamente as alterações celulares que ocorrem durante a perda de viabilidade de sementes de P.vulgaris e S.reticulada, submetidos a condições de envelhecimento acelerado em períodos crescentes de tempo. Ambas as espécies apresentam redução na taxa de germinação, sendo que S.reticulada mostrou-se mais resistente ao envelhecimento acelerado. Sementes de P.vulgaris perderam sua capacidade germinativa com 384 h nas condições de alta temperatura e umidade relativa, o que não foi verificado em S.reticulada. Associadas a estes eventos foram detectadas, em ambas as espécies, alterações citoquímicas e bioquímicas. As paredes celulares apresentaram-se metacromáticas e esta metacromasia não se alterou. Com o envelhecimento, as paredes celulares mostraram uma menor disponibilidade de radicais glicídicos ao passo que no material protéico a presença desses radicais foi maior. Foi detectada uma alteração no estado de agregação e no padrão de distribuição do material protéico. Eletroforeses das frações albumina e globulinas mostraram uma redução na intensidade de coloração de certas bandas e desaparecimento de outras, com o avanço do tempo de envelhecimento acelerado. Essas alterações foram mais acentuadas em S.reticulata que em P.vulgaris. Dosagens bioquímicas dessas reservas, revelaram no entanto, uma redução significativa apenas em sementes de P.vulgaris. A coloração pelo XP mostrou uma redução da reserva protéica com o envelhecimento. Sementes quiescentes de P.vulgaris contém uma pequena quantidade de redutores fracos, que apresentam um pequeno aumento com o envelhecimento. Em S.reticulata, substâncias redutoras são encontradas apenas no floema, que com o envelhecimento passam a ocorrer por todo o cotilédone. A dosagem de amido não revelou alterações no teor desta reserva nas duas espécies com o avanço do envelhecimento. No entanto, verificou-se uma diminuição no tamanho e aumento em número dos grãos de amido em P.vulgaris. Em S.reticulata, ao contrário, parece ocorrer uma redução em número e aumento no tamanho desses grãos. Em P.vulgaris o envelhecimento acelerado levou a compactação crescente da cromatina, que se mostrou picnótica ou vacuolizada em sementes inviáveis, que também apresentam uma aparente redução dos nucléolos. Nenhuma dessas alterações nucleares foi detectada em sementes de S.reticulata durante seu envelhecimento / Abstract: In this work we compaired cytological and biochemical alterations during loss f viability of seeds of P.vulgaris and S.reticulata. Seeds were submitted to accelerated aging treatment during progressively larger time intervals, and both species suffered loss of viability under these conditions, but S.reticulata was more resistant. No seed of P.vulgaris germinated after 384 hours of accelerated aging, but seeds of S.reticulata did. Several cytological changes were detected during this aging process. Cells walls appear equally metachromatic after all the accelerated aging times, but showed a reduction in glycidic radicals. Protein bodies showed an increase in these radicals, and suffered morphological changes. Gel electrophoresis of albumins and globulins showed a decrease in intensity of some fractions and disappearence of others qith the advance of aging. These alterations were more remarkable in S.reticulata than in P.vulgaris. Protein contents, however decrease significantly in P.vulgaris seeds. Xylidine-Ponceau staining also revealed a decrease in protein contents. P.vulgaris quiescent seeds contain some weak reducing compounds, which suffer a alight increase during aging. These compounds are found in S.reticulata, only in the phloem of quiescent seeds, but spread over the entire cotyledon surface of aged seeds. Starch levels remained constant in both species, but in P.vulgaris starch granules became smaller and more numerous. On the oder hand, S.reticulata showed fewer and larger starch granules with increasing accelerated aging time. Condensation of chromatin accompanied aging in P.vulgaris, while non-viable seeds presented picnotic nuclei and loss of nucleoli. None of these nuclear changes were observed in aged S.reticulata seeds / Mestrado / Biologia Celular / Mestre em Ciências Biológicas
32

Efeito do 7,12 dimetilbenzantraceno (DMBA) e de dietas lilidicas sobre a atividade da ATPase mitocondrial e a composição dos acidos graxos do lipideos de mitocondrias do tecido mamario de ratos

Cavalcanti, Tereza Cristina Samico 14 April 1986 (has links)
Orientador : Quivo S. Tahin / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-15T10:33:29Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Cavalcanti_TerezaCristinaSamico_M.pdf: 6606881 bytes, checksum: a5182587efdd3d6cb98c36cf42acc2d0 (MD5) Previous issue date: 1986 / Resumo: Ratas Sprague-Dawley virgens de 50-60 dias de idade, quando inoculadas i.p. com 20 mg/ml de DMBA e alimentadas com dietas semi-sintéticas e isocalóricas, contendo 12% de lipídios, provenientes do óleo de semente de girassol (rica em AGPI n-6) ou do óleo de sardinha (rica em AGPI n-3), não apresentaram diferenças importantes no ganho de peso corpóreo nos tempos de 30 ou 63 dias. O tecido mamário das ratas alimentadas com a dieta óleo de semente de girassol, apresentou alterações histológicas mais severas do que o das alimentadas com a dieta óleo de sardinha, após o tratamento com o DMBA nos tempos estudados. A atividade específica da ATPase mitocondrial do tecido mamário dos animais controle e tratados com o DMBA, apresentou alterações mais significativas naqueles animais alimentados com a dieta óleo de semente de girassol, quando comparada com os que se alimentaram com a dieta óleo de sardinha nos tempos estudados. No grupo óleo de semente de girassol, as atividades especificas da ATPase foram de 17,2¿+ ou ¿' 6,4 e 40,3 ' + ou ¿' 12,0 unidades de atividade ATPásica (p<0,01), respectivamente aos dias 30 ou 63 de experimento para as ratas controles e de 33,1 : 21,4 e 70,0: 19,2 unidades especifica de AT Pase (p< 0,01), respectivamente após os 30 ou 63 dias de experimento com DMBA. Neste grupo dietário, o tratamento com o DMBA causou aumento na atividade específicas da ATPase de 92% (p<0,01) e 88% (p<0,01), respectivamente após 30 ou 63 dias. No grupo de óleo de sardinha, as atividades específicas da ATPase foram de 37,6¿ + o0u ¿' 9,2 e 50,3 '+ ou ¿' 25,8 unidades de ATPase especifica (N.S.) para as ratas controles e de 40,2 '+ ou ¿' 16,0 e 59,2 '+ ou ¿' 15,3 unidades específicas de atividade ATPásica (p<0,01) para as ratas tratadas com DMBA, respectivamente após 30 ou 63 dias. Neste grupo dietário o DMBA também causou o aumento na atividade ATp.ásica, porém não foi estatistidaIrente' significante. Quanto a incorporação dos ácidos graxos pelos lipídios das mitocôndrias, ressaltamos que nos animais controles não foi detectado alterações importantes na incorporação dos AGS totais e AGMI totais frente às duas dietas e ao tempo de experimento; que os AGPI n-6 foram mais incorporados pelos animais alimentados com a dieta óleo de semente de girassol, quando comparados com os que se alimentaram com a dieta óleo de sardinha nos tempos estudados, o mesmo acontecendo com os AGPI n-3. O tratamento com o DMBA,diminui a incorporação pelos lipídios das mitocôndrias dos AGS totais, aumentou a incorporação dos AGMI totais naqueles animais alimentados com a dieta óleo de semente de girassol, aumentou a incorporação dos AGPI n-6, principalmente do ácido linoléico e eicosatrienóico, sem contudo aumentar a incorporação do ácido araquidônico nos animais alimentados com a dieta óleo de semente de girassol, ocorrendo o efeito contrário nos animais alimentados com a dieta óleo de sardinha e aumentou a incorporação dos AGPI n-3 pelos lipídios mitocondriais dos animais alimentados com a dieta óleo de sardinha, quando comparados com os que se alimentaram com a dieta óleo de semente de girassol nos tempos estudados / Abstract: Female virgin rats Sprague-Dawley (50-60 days old), were injected, i.p., with 20 mg/ml of 7,12-dimethylbenzenanthracene (DMBA) and fed semipurified and isocaloric diets, containing 12% of sunflower seed oil (rich in AGPI n-6) or 12% of sardine oil (rich in AGPI n-3), during 30 or 63 days. During the experimental time alI groups of rat, present few alterations on the gain of body weights. Rats fed sunflower seed oil showed, more severe histological alterations in the mammary tissues after DMBA treatment in comparasion to controls and to sardine oil. ATPase activity mammary mitochondria were a1ter in function of time, diet and DMBA treatment , after 30 or 63 days, respectively. ATPase of control animaIs of sunflower seed oil diet were 17,2 i 6,4 and 40,3 i 2,0 units of ATPase activity (p<0,01), and after DMBA tre atment we found 33,1 i 21,4 and 70,0 i 19,2 units of ATPase activity (p<0,01) after 30 or 63 days, respectivelYi the specificNP ase of control animaIs fed ardine oil, were 37,6 i 9,2 and 50,3 -98-f 25,8 units of specific ATPase (N.S.), and after DMBA treatment, were 40,2 f 16,0 and 59,2 f 15,3 units of ATPase (p<0,01)." In sun flower seed oil group, after 30 or 63 days of DMBA treatment we bbserved an increase of 92% (p<0,01) and 88% (p<0,01), respective ly in comparisionto controls. In sardine oil group the alterations caused by DMBA treatment after 30 or 63 days in comparasion of controls group was not significant. There was not impoEtant alterations on total saturated fatty acid (SFA), and total monounsaturated fatty acid (MUFA) contents on mammary mitochondriaI lipids of two diets group. The total n-6 polyunsaturated fatty acid (PUFA) and n-3 fatty acids of mitochondrial lipids sunflower seed oil were higher than sardine oil group in function of time. DMBA treatment cause an increase in the SFA contents, and on the n-6 PUFA contents in sunflower seed oil group, mainly increasing linoleic acid and eicosatrienoic acid but noarachildonic acid. However, in the sardine oil group it was observed the reversal event, increasing n-3 PUFA after DMBA treatment / Mestrado / Doutor em Ciências Biológicas
33

Citodiferenciação ultra-estrutural durante a espermiogenese normal de Ceratitis capitata Weidman (Diptera-Tephritidae)

Quagio-Grassiotto, Irani 15 July 2018 (has links)
Orientador: Mary Anne Heidi Dolder / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-15T14:55:44Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Quagio-Grassiotto_Irani_M.pdf: 16334575 bytes, checksum: e4058da8ed47ebc42a124980f5affe08 (MD5) Previous issue date: 1983 / Resumo: Espermátides em diferentes fases de maturação e espermatozóide de Ceratitis capitata, provenientes dos testículos dos machos ou das espermatecas das fêmeas deste inseto, foram preparados segundo as técnicas usuais em microscopia eletrônica, contrastada positiva e negativamente e observados em microscópio eletrônico de transmissão. Algumas variações técnicas como a estocagem do mateiral sem prévia fixação, por 7 a 15 dias, a ¿10 GRAUS¿, em glutaraldeido a 0,25%; fixação em glutaraldeido a 3% adicionado de 2% de ácido tânico; pós-fixação em mistura de tetróxido de ósmio adicionado de 0,05M de ferricianeto de potássio ou de 0,5% de ácido- tânico; desidratação em etanol 95% contendo 2% de ácido fosfotúngstico (EPTA) sem e com contrastação por uranila e chumbo, também foram empregadas no preparo dos espécimes em estudo. As observações da espermiogênese em C. capitata mostraram que esta, como nos insetos em geral, caracteriza- se pela formação do "Nebenkern" ou complexo mitocondrial, formação do flagelo, alongamento celular, condensação do material nuclear e eliminação do citoplasma. As espermátides em fase inicial de diferenciação apresentam núcleo e cromatina com aspecto similar ao das células soma ticas e grande quantidade de mitocôndrias no citoplasma. ...Observação: O resumo, na íntegra, poderá ser visualizado no texto completo da tese digital / Abstract: Spermatids in various stages of maturation and spermatozoa of Ceratitis capitata) were obtained from the testis of males and the spermathecae of females. Routinely prepared for transmission electron microscopy) they were positively and negatively stained. A few variations of the basic techniques were also employed, namely: Maintaining spermatozoa w ithout previous fixation in a solution of 0,25% glutaraldehyde for 7 to 14 days, at ¿10 DEGREES¿; fixation in 3% glutaraldehyde to which 2% tannic acid was added; post-fixation in a mixture of 1% osmium tetroxide to which either 0,05M potassium ferricianide or 0,5% tannic acid was added; dehydration in 95%.ethanol) containing 2% phosphotungstic acid (EPTA), with or without staining of the sections. The observations on the spermatogenesis of C. capitata are quite similar to the description of this process for insects in general. It may be defined .by the following steps: .Formation of the "Nebenkern", development of the flagellum, celular elongation, nuclear condensation) and elimination of the excess cytoplasm. Spermatids iniciating their differention have a nucleus and chromatin very similar to somatic cells) as well as a large number of mitochondria dispersed in'the cytoplasm. In the next step) these mitochondria fuse to form the "Nebenkern". ...Note: The complete abstract is available with the full electronic digital thesis or dissertations / Mestrado / Biologia Celular / Mestre em Ciências Biológicas
34

Estudo citogenetico de duas especies de dipteros de interesse medico-veterinario : Haematobia irritans e Muscina stabulans (Diptera, Muscidae)

Parise, Patricia Pasquali 12 December 1994 (has links)
Orientador: Rita Maria Pereira Avancini / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-19T20:54:54Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Parise_PatriciaPasquali_M.pdf: 6704686 bytes, checksum: 66cbd34e948223b61a8869a96579c600 (MD5) Previous issue date: 1994 / Resumo: Muscina stabulans e Haematobia irritans são dípteros considerados exceções dentro da família Muscidae por apresentar um conjunto haplóide com cinco pares de cromossomos, enquanto a regra nesta família é 2n= 12, sendo um par sexual. Em nosso estudo tivemos como objetivos a descrição do cariótipo de M. stabulans e o reestudo do cariótipo de H. irritans, a localização física de NORs e de regiões de heterocromatina constitutiva em cromossomos mitóticos e meióticos nas duas espécies. Foi também estudado o comportamento do nucléolo em núcleos interfásicos de diferentes tecidos. O cariótipo de M. stabulans foi caracterizado a partir do resultado de medidas feitas em cromossomos de gânglio cerebral de larvas em estágio L3. Os pares I, lI, III e V são metacêntricos e o par IV, submetacêntrico. Foram observadas duas constrições secundárias no braço longo do cromossomo I e uma no braço curto do cromossomo lI. As características cariotípicas de H. irritans foram obtidas de metáfases provenientes de células de gânglio cerebral de larvas L3. Os pares I, II e V são metacêntricos e os demais, submetacêntricos. Para o estudo das regiões organizadoras nucleolares foi utilizada a técnica de impregnação pelo íon prata para marcação de NORs. Obteve-se como resultado, quase sempre, uma grande inespecificidade do método para cromossomos mitóticos de ambas as espécies, pois foram observadas marcações centroméricas, teloméricas e algumas vezes, intercalares. Já para cromossomos meióticos, o método mostrou-se mais específico sendo possível a detecção de uma nítida marcação intercalar no cromossomo III de H. irritans. Através do método de bandamento C foi possível localizar as regiões de heterocromatina constitutiva. Nos preparados de gânglio cerebral de M. stabulans foram observadas marcações centroméricas em todos os cromossomos e uma forte marcação no braço curto do cromossomo 11, que parece estar relacionada com a região de constrição secundária. Nos cromossomos de H. irritans não foi possível observar marcações centroméricas; apenas foi detectada uma marcação intercalar no par 11. Foram observados núcleos interfásicos com um ou dois nucléolos em células de gânglio cerebral, testículo e de tecido embrionário. Os nucléolos de núcleos interfásicos de testículos de M. stabulans são múltiplos ou únicos, podendo ser resultado de fragmentação ou associação ao longo do desenvolvimento celular. Todos os resultados foram discutidos com os existentes na literatura para dípteros e outros insetos. A análise do padrão de banda C e de NORs nos cromossomos mitóticos e meióticos das duas espécies estudadas, ao lado do número e morfologia cromossômicos contribuem com dados para os estudos citotaxonômicos do grupo e para o entendimento da diminuição do número de cromossomos de 12 para 10 em certas espécies / Abstract: The flies Muscina stabulans and Haematobia irritans are exceptions among Muscidae since both present one less pair of chromosomes and thus do not follow the mIe 2n=12. The objectives of this study were:describing the karyotype of M. stabulans, re-analyzing the karyotype of H. irritans and locating NORs and constitutive heterochromatic regions in mitotic and meiotic chromosomes of both species. The nucleolus was also examined by comparing its number and morphQlogy in different tissues. To characterize the M. stabulans karyotype, chromosomes from L3 larval brain preparations were measured. Pairs I, 11, 111 e V are metacentric and pair IV is submetacentric. The long arm of chromosome I presents two secundary constrictions and the short arm of chromosome n presents one constriction. The description of the karyotype of H. irritans was performed using the same methods. Chromosomes I, 11 and Vare metacentric and the other two are submetacentric. The nucleolar organizer regions were studied through silve r staining. As a result, the method has very often shown to be unspecific for mitotic chromosomes in both species, since detection of centromeric, telomeric and sometimes intersticial was possible. As for meiotic chromosomes, the method was more specific, allowing clear detection of one dense black dot in chromosome 111 of H. irritans. C-banding allowed the identification of constitutive heterochromatin regions. In M. stabulans brain preparations the centromeric regions of all chromosomes and one region of the short arm of the chromosome 11, which seems to be related to the secundary constriction, were all C-band positive. In H. irritans chromosomes, however, centromeric regions could not be distinguished as C-band positive. Only one intercalary band was seen in pair 11. Cells possessing one or two nucleoli were observed in testes, brain and embryonic tissues. Nucleoli in testes of M. stabulans are seen either as multiple or single units, which could be the results of either fission or aggregation throughout the development of these cells. The results obtained were compared to those available for Diptera and other insects. The C-band and NO R patterns obtained for both mitotic and meiotic chromosomes of the two flies as well as the number and morphology of their chromosomes contribute to the cytotaxonomic studies of Muscidae and add up to data that can help to understand the reduction of chromosomes from 12 to 10 in certain species / Mestrado / Biologia Celular / Mestre em Ciências Biológicas
35

Aspectos celulares da remodelação tecidual da próstata de gerbilos frente à orquiectomia /

Castro, Nayara Fernanda da Costa. January 2017 (has links)
Orientador: Patrícia Simone Leite Vilamaior / Banca: Ana Paula Girol / Banca: Fernanda Cristina Alcantara dos Santos / Resumo: A próstata é uma glândula acessória do sistema genital dos mamíferos cujo desenvolvimento ocorre sob influência de andrógenos, hormônios esteroides responsáveis por induzir a diferenciação e a maturação do sistema reprodutor masculino e por atuar no desenvolvimento das características sexuais secundárias masculinas. A privação dos andrógenos pode ocorrer por meio da orquiectomia (castração cirúrgica), a fim de suprimir os níveis de testosterona e promove, na glândula prostática, a atrofia das células epiteliais. E as células musculares lisas passam a atuar na adaptação do compartimento estromal que interage e contribui para a redução da atividade das estruturas epiteliais. Nesse compartimento é possível observar a presença de vários tipos celulares, como os macrófagos, que são responsáveis por atuar ativamente na homeostase do sistema reprodutivo. Dessa forma, o presente estudo teve por objetivo avaliar as modificações decorrentes da remodelação tecidual resultantes da privação de andrógenos na próstata ventral de gerbilos, com ênfase na distribuição e ocorrência dos macrófagos. Foram utilizados gerbilos (Meriones unguiculatus) machos adultos divididos nos grupos: controle e castrados (eutanasiados no 3º, 7º e 14º dia após a orquiectomia). O lobo ventral da próstata desses animais foi removido, pesado e processado para microscopia de luz. Foram realizadas análises estereológicas, morfométricas, sorológica, imunoistoquímicas e imunofluorescência. Os dados obtidos indicam que... / Abstract: The prostate is an accessory gland of the genital system of the mammals and its development occurs under the influence of androgens, steroid hormones wich are responsible for inducing the differentiation and maturation of the male reproductive system, operating in the development of the male secondary sex characteristics. Deprivation of androgens may occur through orchiectomy (surgical castration) in order to suppress testosterone levels. Orchiectomy promotes atrophy of the epithelial cells in the prostate gland and the smooth muscle cells are adapted to operate in the stromal compartment to reduce the epithelial structures activity. In the stromal compartment is possible to observe various cell types, including macrophages that work actively in the homeostasis of the reproductive system tissues. Thus, this study aims to evaluate the changes resulting from tissue remodeling resulting from androgen deprivation in the ventral prostate of gerbils, with emphasis on the distribution and occurrence of macrophages. Adult males gerbils (Meriones unguiculatus) was divided into groups: control and castrated (euthanized at 3 th, 7th and 14th days after orchiectomy). In these animals, the ventral lobe of the prostate was removed, weighed and processed for light microscopy. Stereological, morphometric, serological, immunohistochemistry and immunofluorescence analysis was performed. The data indicated that castration promoted a rearrangement of the different cell types and influenced in alterations in the relative proportion of the tissue compartments of the ventral prostate. Thus, the results may contribute to a better understanding of the stromal cells actions in the tissue remodeling process, especially in gerbils, in which the short-term effects (three days) had not been reported / Mestre
36

Ultra-estrutura dos hemócitos de Aedes aegypti (Linnaeus, 1762) (Diptera, Culicidae) / Hemocytes ultrastructure of Aedes aegypti

Araújo, Helena Rocha Côrrea de January 2009 (has links)
Made available in DSpace on 2016-06-21T13:43:16Z (GMT). No. of bitstreams: 2 985.pdf: 1940501 bytes, checksum: 018fcc4969f375effb75a13c7d6c7974 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2009 / Made available in DSpace on 2016-07-05T22:16:55Z (GMT). No. of bitstreams: 3 985.pdf.txt: 141267 bytes, checksum: a925e4eaf511d9977eb6efbe2cc45af4 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) 985.pdf: 1940501 bytes, checksum: 018fcc4969f375effb75a13c7d6c7974 (MD5) Previous issue date: 2009 / Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães. Recife, PE, Brasil / O sucesso dos insetos em explorar diversos ambientes é devido, em grande parte, à habilidade em se defender contra patógenos e parasitas. Nos insetos, os principais mecanismos de defesa são desempenhados pelos hemócitos. A classificação dos tipos de hemócitos presentes na hemolinfa ainda é bastante controversa. A biodiversidade desses organismos tem proporcionado modelos importantes para o estudo de suas estratégias antimicrobianas, as quais podem fornecer informações relevantes para o combate a diversas doenças, bem como para o estudo da imunologia geral. O objetivo do presente estudo foi caracterizar a resposta imune celular de Aedes aegypti sob o ponto de vista morfológico, funcional e ultra-estrutural através da microscopia óptica e eletrônica de transmissão. Em nossos estudos identificamos seis tipos morfológicos de hemócitos circulantes na hemolinfa de Ae. aegypti através da microscopia de luz, eletrônica de transmissão e contraste de interferência diferencial, são eles: prohemócitos, adipohemócitos, granulócitos, plasmatócitos, oenocitóides e trombocitóides. Os prohemócitos foram as menores células encontradas na hemolinfa. Sua principal característica é a presença de um citoplasma ocupando uma pequena área em torno do núcleo. Os adipohemócitos foram os mais abundantes tipos celulares presentes e exibiam grandes inclusões lipídicas preenchendo praticamente todo o citoplasma. Os granulócitos possuem um citoplasma contendo diversos grânulos elétron-densos. Os plasmatócitos exibiram morfologia bastante polimórfica e diversos filopódios e pseudópodes. Os oenocitóides possuem citoplasma homogêneo com poucas organelas. Os trombocitóides são raros e possuem características similares aos oenocitóides com organelas pouco desenvolvidas. Os hemócitos responsáveis pela resposta imune contra partículas de látex conjugadas a FITC foram identificados através da microscopia laser confocal, assim como as lectinas que marcam os hemócitos. Os granulócitos foram as únicas células envolvidas na fagocitose de alvos abióticos in vitro e in vivo. As lectinas BSI, ConA, HPA, LCA, PNA, UEA e WGA marcaram os hemócitos com variações na intensidade. A WFA e LPL não marcaram hemócitos de Ae. aegypti (AU).
37

Avaliação do potencial antimutagênico de extrato etanólico de própolis verde e de Baccharis dracunculifolia (Asteraceae), por meio de sistema-teste de Allium e células de mamíferos (HTC) /

Roberto, Matheus Mantuanelli. January 2009 (has links)
Resumo: O consumo de produtos apícolas tem atraído o interesse da população devido à prática de medicinas naturais. As abelhas coletam substâncias e fragmentos de origem vegetal para produzirem a própolis, que é utilizada para selar e proteger a colméia contra invasões de microrganismos patogênicos. O homem utiliza a própolis desde a antiguidade e para fins diversos. Por meio de extensivos estudos, hoje se sabe que existem tipos específicos de própolis, que variam entre as regiões geográficas e a fonte botânica e, portanto, apresentam composições químicas também específicas. A própolis do tipo verde, que ganhou, recentemente, destaque internacional pela sua alta e variada constituição de flavonóides, tem como fonte botânica a planta Baccharis dracunculifolia (Asteraceae), popularmente conhecida como alecrim-do-campo. Atualmente, extratos etanólicos de produtos naturais, como da própolis verde, vêm se destacando pelas suas propriedades terapêuticas. Neste trabalho foi avaliado o potencial citotóxico, genotóxico e mutagênico, mas, principalmente, foi verificada a possível atividade anticitotóxica, antigenotóxica e antimutagênica destes extratos etanólicos, sobre sistemas-teste de Allium cepa (cebola) e células de hepatoma de rato (HTC), mantidas em cultura. A verificação do índice mitótico, de células meristemáticas de A. cepa, não serviu de parâmetro para avaliar citotoxicidade e anticitotoxicidade. As análises da freqüência de aberrações cromossômicas e da freqüência de micronúcleos (MN) revelaram que, ambos os extratos, não foram genotóxicos e nem mutagênicos para as células meristemáticas de A. cepa. Também não houve indução significativa de MN para as células F1 de cebola e para as células HTC mantidas em cultura. O ensaio do cometa, realizado com as células HTC, indicou a ausência de ação genotóxica para os extratos testados... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: Consumption of apicultural products has attracted the interest of the population due to the practice of natural medicine. Bees collect substances and fragments of vegetal origin to produce propolis, which is used to seal and protect the beehive against pathogenic microorganisms. Human beings use the propolis since the antiquity and for several purposes. By extensive studies, nowadays it is known that there are specific types of propolis, which vary between geographic regions and botanical sources and, therefore, present specific chemical compositions. The Brazilian green propolis, which has recently received international prominence, has as botanical source the plant Braccharis dracunculifolia (Asteraceae), popularly known as alecrim-do-campo. Currently, ethanolic extracts of natural products, eg made with green propolis, have been highlighted for their therapeutical properties. In the present work, the cytotoxic, genotoxic and mutagenic potentials were evaluated, but, mainly, it was verified the possible anticytotoxic, antigenotoxic and antimutagenic activities of these ethanolic extracts in the Allium cepa (onion) test system and in HTC (hepatoma tissue culture) cells maintained in culture. The verification of the mitotic index, of meristematics cells of A. cepa, did not serve as parameter to evaluate cytotoxicity and anticytotoxicity. The analyses of chromosomal aberrations (AC) and micronuclei (MN) frequencies revealed that, both extracts, were not genotoxic nor mutagenic for meristematics cells of A. cepa. Also, there was no significant induction of MN in onion F1 cells and HTC cells. The comet assay, carried out with HTC cells, indicated absence of genotoxic action for the extracts tested in this work. The pre-treatment carried out with cells of A. cepa showed that the extracts were capable to reduce the induction of cytogenetics damages promoted by Methyl Methane Sulfonate (MMS)... (Complete abstract click electronic access below) / Orientador: Maria Aparecida Marin-Morales / Coorientador: Osmar Malaspina / Banca: Carmem Silvia Fontanetti Christofoletti / Banca: Maria do Carmo Pimentel Batitucci / Mestre
38

Diencephalic asymmetries: morphological, immunohistochemical and ultrastructural analysis of habenular nuclei in elasmobranchs and teleosts

Collevecchio, Violetta <1978> 18 April 2008 (has links)
The habenular nuclei are diencephalic structures present in Vertebrates and they form, with the associated fiber systems, a part of the system that connects the telencephalon to the ventral mesencephalon (Concha M. L. and Wilson S. W., 2001). In representative species of almost all classes of Vertebrates the habenular nuclei are asymmetric, both in terms of size and of neuronal and neurochemical organization, although different types of asymmetry follow different evolutionary courses. Previous studies have analyzed the spread and diversity of the asymmetry in species for which data are not clear (Kemali M. et al., 1980). Notwithstanding that, it’s still not totally understood the evolution of the phenomenon, and the ontogenetic mechanisms that have led to the habenular asymmetry development are not clear (Smeets W.J. et al., 1983). For the present study 14 species of Elasmobranchs and 15 species of Teleostean have been used. Brains removed from the animals have been fixed using 4% paraformaldehyde in phosphate buffer; brains have been analyzed with different tecniques, and I used histological, immunohistochemical and ultrastructural analysis to describe this asymmetry. My results confirm data previously obtained studying other Elasmobranchs species, in which the left habenula is larger than the right one; the Teleostean show some slightly differences regarding the size of the habenular ganglia, in some species, in which the left habenular nucleus is larger than the right. In the course of studies, a correlation between the habits of life and the diencephalic asymmetry seems to emerge: among the Teleostean analyzed, the species with benthic life (like Lepidorhombus boscii, Platichthys flesus, Solea vulgaris) seem to possess a slight asymmetry, analogous to the one of the Elasmobranchs, while in the other species (like Liza aurata, Anguilla anguilla, Trisopterus minutus) the habenulae are symmetrical. However, various aspects of the neuroanatomical asymmetries of the epithalamus have not been deepened in order to obtain a complete picture of the evolution of this phenomenon, and new searches are needed to examine the species without clear asymmetry, in order to understand the spread and the diversity of the asymmetry among the habenulae between the Vertebrates.
39

Preparo de amostras citológicas de efusões, lavados (broncoalveolar e peritoneal) e líquor pelo método “plasma-tromboplastina”

Castro, Tércia Maria Mendes Lousa de 29 February 2016 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasilia, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2016. / Submitted by Fernanda Percia França (fernandafranca@bce.unb.br) on 2016-05-20T17:24:39Z No. of bitstreams: 1 2016_TérciaMariaMendesLousadeCastro.pdf: 1880406 bytes, checksum: b33123ff9110a930e70300103d154ae4 (MD5) / Approved for entry into archive by Marília Freitas(marilia@bce.unb.br) on 2016-05-26T16:15:18Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2016_TérciaMariaMendesLousadeCastro.pdf: 1880406 bytes, checksum: b33123ff9110a930e70300103d154ae4 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-05-26T16:15:18Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2016_TérciaMariaMendesLousadeCastro.pdf: 1880406 bytes, checksum: b33123ff9110a930e70300103d154ae4 (MD5) / A análise de amostras citológicas é um procedimento de rotina no diagnóstico e seguimento de pacientes com cânceres de baixa incidência e nos de elevada incidência e nos cânceres e morbimortalidade. “Cell block” consiste em uma forma de preparação citológica na qual o precipitado da amostra centrifugada é incluído em parafina e submetido a processamento histológico habitual. Apesar do “cell block” ser considerado um método diagnóstico de grande aplicabilidade na rotina diagnóstica, os estudos que utilizam essa técnica são escassos, com pequeno número de amostras e há variação na descrição dos diferentes métodos de preparo. Além disso, não está bem estabelecida a indicação de cada método, de acordo com os diferentes tipos e aspectos das amostras citológicas. Portanto, o objetivo desta pesquisa foi avaliar a aplicabilidade do método “plasma-tromboplastina” no preparo de “cell block” de 299 amostras citológicas (líquido pleural, ascíticoe pericárdico, lavados peritoneal e broncoalveolar, líquor, urina e aspirados de lesões císticas) no laboratório de Anatomia Patológica do HUB da UnB. Citocentrifugado, “cell block” e imunocitoquímica foram preparados para cada amostra citológica. O método “plasma-tromboplastina” para preparo do “cell block” foi aplicável, tecnicamente, em amostras sem sedimento ou com pequena quantidade de sedimento e em outras com sedimento de sangue, correspondendo a 88,3% (264/299) delas. As amostras com grande quantidade de sedimento e com anticoagulante, 11,7% (35/299) foram preparadas pelo método “ágar”. Celularidade e distribuição celular adequadas com preservação da morfologia dos agrupamentos e das células foram observadas nas amostras preparadas pelos métodos “plasma-tromboplastina” e “ágar”. O padrão de marcação imunocitoquímica foi semelhante ao geralmente observado em citocentrifugados. Foi observada concordância em 96,9% (290/299), kappa =0,88 (positivo e negativo para malignidade) entre os diagnósticos do “cell block” e do citocentrifugado. O método “plasma-tromboplastina” se aplica na rotina diagnóstica do laboratório de Anatomia Patológica por ser um método tecnicamente viável. A concordância elevada entre o citocentrifugado e o “cell block” preparado pelo método “plasma-tromboplastina” para o diagnóstico de câncer e, principalmente, a detecção de câncer apenas no “cell block” em algumas amostras sugere que o método pode diminuir os resultados falsos-negativos do citocentrifugado. ________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The cytological analysis is a routine procedure in the diagnosis and management of patients with high incidence and mortality cancers. "Cell block" consists of a form of cytological preparation in which the precipitate of the centrifuged sample is embedded in paraffin and subjected to the usual histological processing. Despite the "cell block" be considered a diagnostic method of wide applicability in routine practice, studies using this technique are scarce, with small numbers of samples and there is variation in the description of the different methods of preparation. Moreover, the indication of each method according to the different types and aspects of cytological samples is not well established. Thus, the aim of this study was to evaluate the applicability of the "plasma-thromboplastin" method in the preparation of "cell block" of cytological samples (pleural effusion, ascites, pericardial fluid, peritoneal and bronchoalveolar lavage, cerebrospinal fluid, urine and aspirated cystic lesions) in the laboratory of Pathological Anatomy of HUB. Conventional cytological smear, "cell block" and immunocytochemistry were prepared for each cytological sample. The "plasma-thromboplastin" method to prepare the "cell block" was applicable, technically, in samples without sediment or small amount of sediment and in sample with sediment of blood, corresponding to 88.3% (264/299) of the samples. Samples with large amount of sediment and anticoagulant, 11.7% (35/299) were prepared by the "agar" method. Adequate cellularity and cellular distribution with preservation of the morphology of groups and cells were observed in the samples prepared by "plasma-thromboplastin" and "agar" methods. The immunocytochemical staining pattern was similar to that usually observed in conventional cytological smears. Agreement was observed in 96.9% (290/299), kappa = 0.88 (positive and negative for malignancy) between the diagnoses of "cell block" and conventional cytological smears. The "plasma-thromboplastin" method is applicable for the routine diagnosis Pathology laboratory to be a viable method technically. The high correlation between conventional cytological smears and "cell block" prepared by the "plasma-thromboplastin" method for diagnosis of cancer and the cancer detection only in the "cell block" in some samples suggests that the method may decrease the false-negatives results of the conventional cytological smears.
40

Ocorrência e identificação de microplasmas hemotrópicos (Hemoplasma) em roedores (Rattus norvegicus) do Passeio Público e Zoológico de Curitiba

Conrado, Francisco de Oliveira January 2014 (has links)
Orientador : Prof. Dr. Alexander Welker Biondo / Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Biologia Celular e Molecular. Defesa: Curitiba, 24/10/2014 / Inclui referências / Área de concentração : Biologia Celular e Molecular / Resumo: Micoplasmas hemotrópicos, também conhecidos como hemoplasmas, são bactérias pertencentes à classe Mollicutes, patógenos obrigatórios dos eritrócitos de uma diversidade de espécies animais. São responsáveis pelo desenvolvimento de quadro agudo caracterizado por anemia ou uma infecção crônica assintomática ou com variadas síndromes ainda pouco caracterizada podendo, inclusive, interferir em resultados de estudos experimentais em animais de pesquisa. Devido à incapacidade em cultivar estes organismos, técnicas moleculares tem sido utilizadas como padrão no seu diagnóstico e estudo, e novas espécies vem sendo descritas em todo o mundo, principalmente em animais silvestres e de vida livre. Mycoplasma coccoides e Mycoplasma haemomuris são os hemoplasmas mais comumente reconhecidos no sangue de roedores selvagens e de laboratório. Até o presente momento nenhum trabalho tratou de estudar a ocorrência, epidemiologia e caracterização clínica e molecular de hemoplasmas de roedores de vida livre no Brasil. Como a presença de animais selvagens em cativeiro em zoológicos inviabiliza a utilização de raticidas tóxicos ou anticoagulantes, a captura dos animais vivos tem sido utilizada como método de controle paliativo da infestação por roedores nestes locais. O objetivo deste estudo é investigar a ocorrência de micoplasmas hemotrópicos em ratazanas (Rattus norvegicus) de vida livre capturados no Passeio Público e Zoológico de Curitiba e comparar com variáveis hematológicas. Quarenta e três ratazanas foram capturadas entre o Passeio Público e o Zoológico de Curitiba, e 20 outras foram amostradas do criatório do Passeio Público, onde são mantidas para a alimentação dos animais carnívoros do acervo. Mais de sessenta e três porcento das ratazanas foram positivas em triagem universal para micoplasmas hemotrópicos por PCR quantitativa através de técnica de SYBR® Green. Uma amostra de ao menos 50% de cada TM obtida foi submetida a sequenciamento e determinadas como M. haemomuris com exceção de uma amostra, 94% similar ao hemoplasma felino 'Candidatus M. turicensis'. Análise filogenética de um fragmento de aproximadamente 1300 pb do gene 16S rRNA revelou que esta amostra é homóloga a um micoplasma hemotrópico descrito infectando um rato de colheita europeu da espécie Micromys minutus. A relevância da presença de uma nova espécie de micoplasma hemotrópico infectando essas duas espécies diferentes de roedores de vida livre em continentes tão distantes é incerta. Não foram detectadas alterações estatisticamente significativas nos parâmetros hematológicos entre as ratazanas infectadas e não infectadas, o que corrobora o caráter de baixa patogenicidade e/ou infecção silenciosa destes microrganismos. Estes achados sugerem que hemoplasmas possivelmente são endêmicos na região de Curitiba, e a epidemiologia destes microrganismos precisa ser investigada, assim como seu impacto na fauna local, nos animais selvagens e de cativeiro dos parques, com especial atenção ao seu potencial zoonótico. Palavras-chave: ratazana, anemia, hemoplasmose. / Abstract: Hemotropic mycoplasmas, also known as hemoplasmas, are bacteria belonging to the class Mollicutes, obligatory pathogens of the red blood cells of a variety of animal species. There organisms are responsible for the development of anemia and disease with acute or chronic course and may occur silently interfering with results of experimental studies in animal research. Due to the inability to cultivate these organisms, molecular techniques have been used as standard diagnosis and study, and new species are being described worldwide, mainly in wild and free living animals. Mycoplasma coccoides and Mycoplasma haemomuris are the most commonly recognized hemoplasmas in the blood of wild and laboratory rodents. To date no work attempted to study the incidence, epidemiology, and clinical and molecular characterization of hemoplasmas in free-ranging rodents in Brazil. As the presence of wild animals in captivity in zoos hinders the use of toxic rodenticides or anticoagulants, capturing live animals has been used as a method of palliative control of rodent infestation in these locations. The aim of this study is to investigate the occurrence of hemotropic mycoplasmas in free-ranging rats (Rattus norvegicus) captured in the Passeio Público and the Curitiba Zoo and compare with hematological parameters. Fourty three rats were captured and 20 others were sampled from the nursery, where they are kept for feeding the carnivorous animals of the parks. 63.5% of rats were positive in universal screening for hemotropic mycoplasmas by quantitative PCR using the SYBR® Green technique. A sample of at least 50% of each TM was subjected to sequencing and determined as M. haemomuris except for one sample, 94% similar to the feline hemoplasma 'C M. turicensis'. Phylogenetic analysis of a fragment of approximately 1300 bp of the 16S rRNA gene showed that this sample was homologous to a hemotropic mycoplasma described infecting a European harvest mouse (Micromys minutus). The relevance of the presence of a new species of hemoplasma infecting two different free-ranging rodent species in such distant continents is uncertain. No statistically significant changes in hematological parameters between infected and uninfected rats were found, which confirms the low pathogenicity and/or silent infection character of these microorganisms. These findings suggest that possibly hemoplasmas are endemic in the region, and the epidemiology of these organisms need to be investigated as well as its impact on local wildlife, captivity animals, with special attention to its zoonotic potential. Key-words: rats, anemia, mycoplasmal disease.

Page generated in 2.2722 seconds