• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 35
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 37
  • 37
  • 14
  • 13
  • 12
  • 11
  • 9
  • 8
  • 8
  • 8
  • 6
  • 6
  • 6
  • 5
  • 5
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

O ato de aprender e seus impasses : um estudo a partir da escuta clínica psicanalítica de dois jovens / THE ACT OF LEARNING AND ITS IMPASSES: A STUDY FROM PSYCHOANALYTICAL CLINICAL LISTENING OF TWO YOUNG PEOPLE (Inglês)

Castro, Iane Pinto de 14 November 2012 (has links)
Made available in DSpace on 2019-03-29T23:40:01Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2012-11-14 / This thesis investigates some of the impasses in leaning in adolescence, based on the psychoanalysis view, in their theoretical and clinical contributions. The goal is to resort to psychoanalytical concepts to think about the difficulty of learning in adolescence, specifically, not knowing how to read. The symptomatic articulations during adolescence, and their impact in learning, are thought, in this study, from the issues highlighted in clinical listening of teenagers, which was held at the Department of Applied Psychology at the Center for Integrated Health Care at the University of Fortaleza, with the subject of two teenagers with the diagnose of nonorganic psychosis unspecified (F. 29) and Specific disorder of development of school skills, unspecified (81.9 F.). The thesis is divided into three chapters. The first one has the objective of contributing to the discussion of normative discourses on impasses of learning. On the second one, there are the considerations on the psychoanalytic act of learning in adolescence. The third chapter highlights the subjective effects of the relationship of mother and teenager in the setting of learning from fragments of the clinic. We observed the contribution of psychoanalysis to take the resistances implicit to the learning impasse in the conditions where the subject is taken as an object of the fantasy mother. On a perspective contrary to the normative discourses, ethics of the psychoanalytic bet that the subject, when talking about his symptoms, builds a proper sense for his question. Key words: Psychoanalysis; Adolescence; Impasses in the act of learning. / Esta dissertação investiga alguns dos impasses no ato de aprender na adolescência, tendo como referência a visão da psicanálise, em suas contribuições teórico-clínicas. Tem-se por objetivo recorrer a conceitos psicanalíticos para pensar a dificuldade de aprendizagem na adolescência, especificamente, o não saber ler. As articulações sintomáticas na adolescência, e seu impacto no ato de aprender, são pensados, no presente estudo, a partir das questões ressaltadas na escuta clínica com os adolescentes, a qual se realizou no Serviço de Psicologia Aplicada do Núcleo de Atendimento Médico Integrado da Universidade de Fortaleza, tendo como sujeitos dois adolescentes com diagnósticos de Psicose não orgânica não especificada (F. 29) e Transtorno específico do desenvolvimento das habilidades escolares, não especificado (F. 81.9). O trabalho está dividido em três capítulos. O primeiro tem por objetivo contribuir com a discussão acerca dos discursos normativos sobre os impasses na aprendizagem. No segundo, destacam-se as considerações psicanalíticas sobre o ato de aprender na adolescência. O terceiro capítulo ressalta os efeitos subjetivos da relação da mãe e do adolescente no cenário da aprendizagem, a partir de fragmentos da clínica. Observou-se a contribuição da psicanálise ao tomar as resistências implícitas no impasse de aprender, nas condições onde o sujeito é tomado como objeto da fantasmática materna. Numa perspectiva contrária aos discursos normativos, à ética da clínica psicanalítica aposta que o sujeito, ao dizer sobre o seu sintoma, construa um sentido próprio para sua questão. Palavras-chave: Psicanálise; Adolescência; Impasses no ato de aprender.
2

Psicopedagogia e psicanálise : considerações sobre a clínica das dificuldades de aprendizagem da leitura / Psychopedagogy and Psychoanalysis: Considerations for clinical learning difficulties reading Fortaleza, (Inglês)

Mendonça, Ana Carolina Ferreira de 03 October 2014 (has links)
Made available in DSpace on 2019-03-29T23:54:03Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2014-10-03 / Impairments in learning to read are presented as an inadequate reaction to the expected learning standards for each school and age range of the child. This dissertation will discuss why some students fail to learn to read, even though different strategies are used, such as: tutoring, parallel recovery or change of school. Then questions arise about the possible causes of difficulties in learning to read. From a psychoanalytic view, we may have the presence of an intellectual inhibition. The intellectual inhibition consistent with a waiver in the field of knowledge and the reading could be a function capable of undergoing this inhibition. The aim of this work is to analyze what psychoanalysis says about cases of difficulty in learning to read and explains how the presence of intellectual inhibition as a factor that prevents the child to read. The research methodology was-theoretical literature, although some questions departs from experiences in psychopedagogy clinic. Divided into three chapters. The first describes the process of reading acquisition and the difficulties that related to teaching methods. In the second chapter, we describe the inhibition as one of the destinations of the desire to know, according to psychoanalysis. Finally, in the third chapter we relate the concept of intellectual inhibition with impasses in learning to read as a contribution of psychoanalysis to the psychopedagogy clinic. Keywords: difficulty reading, intellectual inhibition, psychoanalysis, psychopedagogy / Os impasses na aprendizagem da leitura apresentam-se como uma reação inadequada aos padrões de aprendizado esperados para cada série escolar e idade da criança. Essa dissertação irá discutir porque alguns alunos não conseguem aprender a ler, mesmo que sejam utilizadas diferentes estratégias, como: reforço escolar, recuperação paralela ou a mudança de escola. Surgem, então, questões sobre as possíveis causas das dificuldades de aprendizagem da leitura. A partir de uma visão psicanalítica, podemos nos deparar com a presença de uma inibição intelectual. A inibição intelectual condiz com uma renúncia no campo do saber e a leitura poderia ser uma função passível de sofrer essa inibição. O objetivo desse trabalho é analisar o que a psicanálise diz sobre os casos de dificuldade de aprendizagem da leitura e como explica a presença da inibição intelectual como fator que impede a criança de ler. A metodologia da pesquisa foi teórica-bibliográfica, embora algumas indagações partam de experiências na clínica psicopedagógica. Dividimos em três capítulos. O primeiro descreve o processo de aquisição da leitura e as dificuldades dessa relacionadas aos métodos de ensino. No segundo capítulo, descrevemos a inibição como um dos destinos do desejo de saber, de acordo com a psicanálise. E por fim, no terceiro capítulo relacionamos o conceito de inibição intelectual com os impasses no aprendizado da leitura, como uma contribuição da psicanálise à clínica psicopedagógica. Palavras-chave: dificuldade de leitura, inibição intelectual, psicanálise, psicopedagogia
3

Programa de intervenção com a nomeação automática rápida e leitura : estudo piloto /

Santos, Bianca dos, 1993- January 2017 (has links)
Orientador: Simone Aparecida Capellini / Banca: Clara Regina Brandão de Ávila / Banca: Cristiane Moço Canhetti de Oliveira / Resumo: Objetivos: Este estudo teve por objetivos elaborar um programa de intervenção com a nomeação automática rápida e analisar a significância clínica do desempenho dos sujeitos na pós-testagem e durante a intervenção, aplicada em um estudo piloto Método: O estudo foi desenvolvido em 2 fases, sendo a Fase 1 a elaboração de um programa de intervenção com a nomeação automática rápida e leitura com base nos estudos descritos na literatura e a Fase 2, a análise da significância clínica do desempenho dos sujeitos submetidos e não submetidos ao programa de intervenção aplicado em um estudo piloto. Participaram da Fase 2 deste estudo 30 sujeitos do 3º ao 5º ano do ensino fundamental, com idade de 8 a 12 anos, de ambos os gêneros, com diagnóstico interdisciplinar de transtornos de aprendizagem, dislexia e dificuldades de aprendizagem, divididos em 3 grupos. Grupo I (GI): composto por 10 escolares com diagnóstico interdisciplinar de transtornos de aprendizagem, Grupo II (GII): composto por 10 escolares com diagnóstico interdisciplinar de dislexia e Grupo III (GIII): composto por 10 escolares com diagnóstico interdisciplinar de dificuldades de aprendizagem, subdivididos em 2 grupos, sendo que em cada grupo os escolares foram subdivididos em grupo experimental e grupo controle para melhor análise da significância clínica do estudo piloto. Todos os escolares foram submetidos na pré e pós-testagem à aplicação das provas de habilidades metalinguísticas e de leitura, do protocolo de avaliação da... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: Aims: The aims of this study was to elaborate a rapid automatized naming and reading intervention program, to analyze the clinical significance of the subjects' performance in the post-test and during the intervention applied in a pilot study Method: The study was developed in 2 phases, with Phase 1 being the elaboration of an rapid automatized naming and Reading intervention program based on studies described in the literature and Phase 2, the analysis of clinical significance of the performance of subjects submitted and not submitted to the intervention program applied in a pilot study. Participants from Phase 2 of this study were 30 subjects from the 3rd to the 5th grades level of elementary school, aged between 8 to 12 years old, both genders, with an interdisciplinary diagnosis of learning disorders, dyslexia and learning difficulties, divided into three groups. Group I (GI): composed by 10 students with interdisciplinary diagnosis of dyslexia and Group III (GIII): composed by 10 students with interdisciplinary diagnosis of learning difficulties. The students of each group were subdivided into experimental group and control group to better analyze the clinical significance of the pilot study. All students were submitted to the pre and post-test in the application of the Metalinguistic and Reading Skills Test, the Reading Comprehension Assessment Protocol and the Rapid Automatized Naming Test. Statistical analysis was performed using the JT method, which allowed to verify whether there was a positive or negative change and clinical significance and through the Wilcoxon Signal Test, McNemar Test, in order to compare the performance between pre and posttest and Of the Kruskal - Waliis Test and Likelihood Ratio Test for the comparison of the groups of this study. Results: The results showed that there was improvement ... (Complete abstract electronic access below) / Mestre
4

Qualidade de vida de crianças com deficiência intelectual no contexto da inclusão escolar

Soares, Julliene Érika Moreira Barreiro 13 December 2007 (has links)
Made available in DSpace on 2019-03-29T23:16:56Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2007-12-13 / The health promotion and promotion of quality of life in school environment presents a parallel evolution to changes of paradigm on intellectual disability children s inclusion; its increasing relevance is based on the full education of such student as well as the active role it has to play in their educative process. This study aimed at investigating the quality of life of children with intellectual disability school inclusion; analyzing the personal development dimension and quality of life in these children s activities; and identifying facilitators and barriers that interfere in this dimension as a basis for a strategy of promoting quality of life in school. The descriptive, qualitative research was carried out in a municipal public school in Cascavel-Ceara-Brazil. Five intellectual disability students in basic education between 6 and 12 years-old participated in the study, as well as five parents and four teachers of those students. As a tool for the data collection, the study administered a semi-structured interview on personal development and intellectual disability children s activities based on Sabeh, Verdugo and Prieto to parents and teachers, an interview script in ludic situation aided by pictures for children, as well as participative observation and a field diary. Data were transcripted and analyzed based on constructive-interpretative Gonzalez Rey analysis. Information was raised following the subsequent categories: achievement; improvement; results and personal satisfaction with school activities; child s awareness of her cognitive abilities and the opportunities to develop them; frequency and opportunity of leisure and free time; and self-determination. Data also allowed defining facilitators and barriers. As a result the research expressed an explaining model of those intellectual disability children s quality of life considering their personal development and activities dimensions, classified from ecological perspective within the three levels of the system: microsystem, mesosystem, and macrosystem, and highlighted in each level facilitators and barriers. The study also perceived progress in achievement and personal satisfaction whenever they accomplish school tasks, realizing negatively their own cognitive abilities and recognizing denied opportunities. They realize that there is a lack of conditions to select their activities, there are no opportunities for leisure and free time with peers, and there are negative feelings of scare. The research focused the need for urgently facing the challenge of educative and intersectoral strategies changing, and adopting the inclusive and school health promotion purposes, due to its fundamental importance to current social context. / A promoção da saúde e da qualidade de vida (QV) no ambiente escolar apresenta uma evolução paralela às mudanças de paradigmas quanto à inclusão escolar dos alunos com deficiência; sua relevância cada vez maior radica na educação integral desse aluno e no papel ativo que deve desempenhar em seu processo educativo. Os objetivos deste estudo foram investigar a QV de crianças com deficiência intelectual no contexto da inclusão escolar, analisar a dimensão desenvolvimento pessoal e atividades na QV destas crianças e identificar facilitadores e barreiras que interferem nesta dimensão como base para uma estratégia de promoção da saúde na escola. A pesquisa adotou uma natureza descritiva, do tipo qualitativo. Foi desenvolvida em uma escola da rede pública municipal de Cascavel-Ceará-Brasil. Participaram do estudo cinco alunos com deficiência intelectual do Ensino Fundamental, com idade entre seis e doze anos. Também foram partícipes, cinco pais e quatro professores dos alunos em estudo. Foram utilizados como instrumentos para obtenção das informações: uma entrevista semi-estruturada sobre o desenvolvimento pessoal e atividade das crianças com deficiência intelectual, baseada em Sabeh, Verdugo e Prieto, aplicada aos pais e professores, um roteiro de entrevista em situação lúdica com ajuda de desenhos ilustrativos, para as crianças, bem como a observação participante e um diário de campo. As informações foram transcritas e analisadas com base na análise construtivo-interpretativa segundo González Rey. A informação foi construída em torno das seguintes categorias: desempenho, progresso, resultados e satisfação pessoal com as atividades escolares de aprendizagem; percepção que a criança tem de suas habilidades cognitivas e das oportunidades que tem para desenvolvê-las; freqüência e oportunidade de experiências de ócio e tempo livre e autodeterminação. Também foram estabelecidos os facilitadores e barreiras. Como resultado, foi expresso um modelo explicativo da situação da QV das crianças com deficiência intelectual na dimensão desenvolvimento pessoal e atividades, classificados da perspectiva ecológica dentro dos três níveis do sistema: microssistema, mesossistema e macrossistema e destacados, em cada nível, os facilitadores e barreiras. Foi constatado também, o progresso no desempenho e satisfação pessoal, quando realizam as tarefas escolares, tendo-se uma percepção negativa das próprias habilidades cognitivas e o reconhecimento das oportunidades negadas, havendo escassas oportunidades para realizar eleições de suas atividades, ausência de oportunidades de ócio e tempo livre com os colegas e a presença de emoções negativas de medo. Destacou-se a necessidade de enfrentar com urgência o desafio da mudança nas estratégias educativas e intersetoriais e adotar as propostas da escola inclusiva e promotora de saúde, na evidência da sua fundamental importância para o contexto social de hoje.
5

Identificação precoce da dificuldade para aprender como estratégia de promoção da saúde

Lourinho, Lidia Andrade 16 December 2005 (has links)
Made available in DSpace on 2019-04-05T23:08:19Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2005-12-16 / The aim of this study was to understand the perception of Infant Educational teachers of Sobral public schools, facing the possible difficulties of the students to learn and what do they think about the process of educational inclusion. It is a description study with qualitative approach developed in the centers of infant education in the months of March and April of 2005. Through the interview and observation techniques, the collect of data was done having as tool semi-structured routes. The material collected was organized by the process of thematic analysis of the content referred by Bardin (1977) and Minayo (1998). The data were analyzed taking as reference five fields that came from the speakers interviews, 1- Identification of the learning difficulties because of the student behavior; 2- Lack of familiar support during the process of learning; 3- Belief in the relation of food x learning; 4- No preparation to work the inclusion. These results showed that these difficulties are not reasons to exclude the students from the school system. The inclusive education needs to become reality to render through an educational paradigm based in the valorization of differences associated to the possibility of teaching everybody. For this happen, it is necessary to count with teachers that think with autonomy, that have reflexive posture, teachers who believe in the necessity of being always updated and that learn to develop their competences, mainly who those work in the Infant Education. We conclude that the school is the ideal environment for the inclusion happens in the perspective to promote the health, of students and educators. / Este estudo teve como objetivo compreender a percepção dos professores da Educação Infantil de escolas públicas do município de Sobral frente as possíveis dificuldades de seus alunos para aprender e o que eles pensam sobre o processo de inclusão educacional. Trata-se de um estudo descritivo com abordagem qualitativa desenvolvido nos centros de educação infantil nos meses de março e abril de 2005. Através das técnicas de entrevista e de observação participante, a coleta de dados realizou-se tendo como instrumento roteiros semi-estruturados. O material coletado foi organizado pelo processo de análise temática do conteúdo referenciada por Bardin (1977) e Minayo (1998). Os dados foram analisados tomando como referência cinco temáticas que emergiram das falas dos entrevistados, 1- Identificação das dificuldades de aprendizagem a partir do comportamento do aluno; 2- Ausência do apoio familiar durante o processo de aprendizagem; 3- Crença na relação da alimentação x aprendizagem; 4- Compreensão da educação infantil como o alicerce da aprendizagem; 5- Despreparo para trabalhar a inclusão. Os resultados demonstraram que essas dificuldades não devem ser motivos para excluir os alunos do sistema escolar. A educação inclusiva precisa se tornar realidade para se concretizar através de um paradigma educacional fundamentado na valorização das diferenças associada à possibilidade de se ensinar a todos. Para que isso aconteça é necessário contarmos com professores que pensem com autonomia, que tenham postura reflexiva, professores que acreditam na necessidade de estar sempre atualizado e que aprendam a desenvolver suas competências, principalmente dos que atuam na Educação Infantil. Concluímos que a escola é o ambiente ideal para que a inclusão aconteça na perspectiva da promoção da saúde, de educandos e educadores.
6

In(ex)clusão :a implementação e o cotidiano da ação pedagógica do atendimento aos educandos com diferentes ritmos de aprendizagem /

Krause, Clotilde Giliam Rostovcev, Fischer, Julianne, Universidade Regional de Blumenau. Programa de Pós-Graduação em Educação. January 2010 (has links) (PDF)
Orientadora: Julianne Fischer. / Dissertação (mestrado) - Universidade Regional de Blumenau, Centro de Ciências da Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação.
7

O movimento da subjetividade no processo de superação as dificuldades de aprendizagem escolar

Rossato, Maristela 10 December 2009 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, 2009. / Submitted by Jaqueline Ferreira de Souza (jaquefs.braz@gmail.com) on 2011-06-29T23:16:09Z No. of bitstreams: 1 2009_MaristelaRossato.pdf: 4164737 bytes, checksum: d4a01ccc75998005e942c6f77847615b (MD5) / Approved for entry into archive by Jaqueline Ferreira de Souza(jaquefs.braz@gmail.com) on 2011-06-29T23:17:01Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2009_MaristelaRossato.pdf: 4164737 bytes, checksum: d4a01ccc75998005e942c6f77847615b (MD5) / Made available in DSpace on 2011-06-29T23:17:01Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2009_MaristelaRossato.pdf: 4164737 bytes, checksum: d4a01ccc75998005e942c6f77847615b (MD5) / O tema desta pesquisa envolve a superação das dificuldades de aprendizagem escolar na dinâmica da subjetividade. Fundamentados na Teoria da Subjetividade de González Rey, que buscou na Teoria Histórico-Cultural e na Teoria da Complexidade elementos para a compreensão do funcionamento da subjetividade como sistema, partimos do pressuposto de que o movimento da subjetividade é contínuo. O objetivo central da pesquisa foi compreender como se dá o movimento da subjetividade no processo de superação das dificuldades de aprendizagem escolar. Realizamos a pesquisa empírica orientados pelos princípios da Epistemologia Qualitativa, que pressupõem a produção do conhecimento por meio da análise construtivo-interpretativa. Nos três casos analisados, identificamos o movimento contínuo da subjetividade, mas registramos a superação das dificuldades de aprendizagem somente nos dois casos em que as mudanças subjetivas adquiriram certa estabilidade, originando outras mudanças e gerando novos níveis qualitativos de organização subjetiva, o que qualificamos como desenvolvimento da subjetividade. A análise desses casos permitiu fundamentar a tese de que a superação das dificuldades de aprendizagem escolar requer o desenvolvimento da subjetividade. Com base nas informações produzidas, realizamos, também, uma produção teórica acerca das dificuldades de aprendizagem escolar compreendidas a partir da organização subjetiva dos alunos, destacando: as dificuldades de aprendizagem escolar geradas pela negação do sujeito do aprender, as dificuldades de aprendizagem escolar geradas pela ausência de condições favorecedoras à produção de sentidos subjetivos que promovam tal aprendizagem e as dificuldades de aprendizagem escolar geradas pela existência de configurações subjetivas geradoras de danos que comprometem a produção de sentidos subjetivos favoráveis ao aprender escolar. Produzimos, ainda, reflexões teóricas sobre o desenvolvimento da subjetividade articuladas em torno da constituição do sujeito no confronto com o outro e em torno da mudança na personalidade gerada pelas reconfigurações subjetivas e produção de novos sentidos subjetivos. Por fim, destacamos que as análises realizadas no decorrer da pesquisa permitiram-nos evidenciar que, de fato, o que promove o desenvolvimento da subjetividade são os novos sentidos subjetivos produzidos a partir de inúmeras ações e relações do sujeito. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT / This research focuses the overcoming of school learning difficulties in the subjectivity dynamics. Based on the Subjectivity Theory developed by González Rey who defined elements for understanding the systemic functioning of subjectivity based on the Historical-Cultural Theory and the Complexity Theory we assumed that the mobility of the subjectivity is a continuous process. The main objective of this research was to understand how the mobility of subjectivity takes place in the processes of overcoming school learning difficulties. We conducted this empirical research guided by the Qualitative Epistemology that assumes knowledge production through a constructive-interpretative analysis methodology. In all three cases analyzed we identified the continuous mobility movement of subjectivity, but only in two of them we could identify subjective changes that have gained some stability, leading to other changes, generated new levels of qualitative subjective organization, which qualify as subjectivity development, we recorded that school learning difficulties were surpassed. The analysis of these cases allowed us to argue the thesis that the surpassing of school learning difficulties requires the subjectivity development. Based on the information collected we also produced a theoretical discussion on the problems of school education understood from the subjective organization of students highlighting the school learning difficulties generated by negating the subject of learning, school learning difficulties created by the absence of conditions favoring the production of subjective senses that promote school learning and school learning difficulties generated by the existence of subjective configurations generating damage that would compromise the production of subjective senses in favor of the school learning. We also produced theoretical reflections on the development of subjectivity articulated within the constitution of the subject in the confrontation with the other and within the personality change generated by the subjective reconfigurations and by the production of new subjective senses. Finally, we note that the analysis carried out during the research allowed us to demonstrate that, in fact, what promotes the development of subjectivity is the new subjective senses produced in the numerous actions and relations of the subject. _________________________________________________________________________________ RÉSUMÉ / Le thème de cette recherche consiste à surmonter des difficultés d'apprentissage scolaire de la dynamique de la subjectivité. Nous supposons que le mouvement de la subjectivité est continue, basée sur la théorie de la subjectivité Rey Gonzalez qui a demandé l'historique et culturelle Theory and Complexity Theory éléments pour comprendre les rouages de la subjectivité comme un système. L'objectif principal de cette recherche était de comprendre comment le mouvement de la subjectivité dans le processus de surmonter les difficultés d'apprentissage scolaire. Nous avons mené une recherche empirique guidé par les principes de l'épistémologie qualitative supposer que la production de connaissances grâce à une analyse constructive interprétation. Dans les trois cas examinés, nous avons identifié le mouvement continu de la subjectivité, mais seulement dans deux cas, nous identifions les changements subjectifs qui ont acquis une certaine stabilité, ce qui entraîne d'autres changements, générant de nouveaux niveaux d'organisation subjective qualitatifs, qui sont qualifiées de développement de la subjectivité, nous avons enregistré la levée des obstacles d'apprentissage. L'analyse de ces cas a permis la thèse que la levée des obstacles à l'apprentissage scolaire exige le développement de la subjectivité. Sur la base des informations produites, nous avons également effectué une discussion théorique sur les problèmes de l'enseignement scolaire comprise à l'organisation subjective des étudiants, notamment: les difficultés de l'enseignement scolaire généré par la négation de l'objet de l'apprentissage, des difficultés d'apprentissage scolaire créé par l'absence de conditions favorisant la production de sens subjectif qui favorisent l'apprentissage et l'école telles des difficultés d'apprentissage générée par l'existence de configurations subjectives cause des dommages qui pourraient compromettre la production de sens au profit de l'école subjective d'apprentissage. Nous produisons toujours des réflexions théoriques sur le développement de la subjectivité énoncés dans la constitution du sujet par rapport aux autres dans et autour du changement de personnalité généré par la reconfiguration subjective et la production de nouveaux sens subjectif. Enfin, nous notons que l'analyse effectuée au cours de la recherche nous a permis de démontrer que, en fait, qui favorise le développement de la subjectivité est le sens subjectif de nouveaux produits à partir de nombreuses actions et les relations du sujet.
8

Levantamento de sinais de desordem deficit de atenção/hiperatividade em crianças com queixa de dificuldade de aprendizagem academica

Toledo, Marcia Maria 16 February 2000 (has links)
Orientador: Sylvia Maria Ciasca / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas / Made available in DSpace on 2018-07-25T23:57:56Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Toledo_MarciaMaria_M.pdf: 5141977 bytes, checksum: 39b0f70b0f8e467ea7d91b9e567eb5c0 (MD5) Previous issue date: 1999 / Resumo: Esta dissertação teve por objetivo o levantamento e análise de possíveis sinais indicativos de Desordem e Déficit de Atenção/Hiperatividade, em crianças com queixa de dificuldade de aprendizagem acadêmica. Foram sujeitos da pesquisa, 40 crianças, cursando entre a 2a e 4a séries do primeiro grau, de escolas públicas da região de Campinas, com média etária de 10 anos e 6 meses, de ambos os sexos subdivididas em dois grupos: 20 crianças sem queixa específica e 20 crianças com queixa de dificuldade de aprendizagem. Estas foram encaminhadas ao Ambulatório de Neuro-Dificuldade de Aprendizagem, do Departamento de Neurologia, da Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp, e avaliadas através de medidas cognitivas, percepto-motoras, neuropsicológicas e comportamentais. Os critérios comportamentais foram levantados segundo a opinião dos pais e professores, através do DSM-IY. Os resultados foram analisados em termos descritivos e de significância entre os grupos. No grupo de estudo, onde os problemas foram mais evidenciados, constatou-se a predominância do sexo masculino. O nível cognitivo entre os dois .grupos foi significativamente diferente, contudo, dentro da variação normal de inteligência. Os resultados das provas revelar~m que as crianças com queixa apresentaram, maior dificuldade em atenção sustentada, seletiva, organização perceptiva, planejamento e modulação de estratégia, e também dispenderam mais tempo para execução do trabalho. Através dos critérios comportamentais do DSM-IV, constatou-se que pais e professores observaram cada comportamento de maneira significativamente diferente, sendo que pais apontaram mais sinais de hiperatividade que os professores; no entanto, foram os sinais de Inatenção que mais estiveram presentes, tanto em casa quanto na escola. A importância de considerar -se a observação dos comportamentos das crianças, em dois contextos diferentes, mostrou-se imprescindível no diagnóstico do quadro de Desordem e Déficit de Atenção/ Hiperatividade / Abstract: This study had the purpose of finding and analyzing possible indicative signals on Attention Deficit Hyperactivity Disorder, in children referred as having academic learning disorder. 40-second, third, fourth-public school graders, average age 10 years, 6 months old, of both sexes, living in the area of Campinas were subjected to the survey. They were divided. in two groups: 20 children who are sucessful in school, not revealing any special learning, physical or behavioral problems; 20 children having difficulties in school, although no physical or behavioral difficulties were reported. The latter were referred to the Clinic for Learning Disable Children ofthe Departament ofNeurology of the Faculty ofMedical Sciences ofthe State University of Campinas (UNICAl / Mestrado / Ciencias Biomedicas / Mestre em Ciências Médicas
9

Destino escolar de migrantes rurais : um estudo sobre mudança de ambiente, do meio rural para o meio urbano, como possivel fator de disturbio de aprendizagem

Cypriano, Roberto Jose 20 July 2018 (has links)
Orientador: Sergio Goldenberg / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação / Made available in DSpace on 2018-07-20T12:41:32Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Cypriano_RobertoJose_M.pdf: 61274413 bytes, checksum: d33259b8e0bfe3c4b8516e73b99a2aee (MD5) Previous issue date: 1982 / Resumo: Este estudo de caso coletivo foi composto de 20 alunos migrantes rurais (Grupo A) e 15 não-migrantes (Grupo B) todos pertencentes ã rede estadual de ensino de Viçosa, Minas Gerais, matriculados e freqüentando a 4º serie do 19 grau no ano de 1981.O objetivo básico deste trabalho, foi verificar se a mudança de ambiente escolar do meio rural para o urbano, influencia negativamente o rendimento escolar dos migrantes do Grupo A, o que poderia constituir um possível fator de Distúrbio de Aprendizagem. Procurou-se dar ênfase neste trabalho ã fundamentação teórica, visando mostrar, a partir de vários autores e principalmente Correll e Schwarze (1974) na sua obra " Distúrbios de Aprendizagem ", como o ambiente de uma criança exerce um importante papel no processo de aprendizagem. Verificou-se, conforme levantamento bibliográfico e conclusão deste estudo de caso, que a mudança de ambiente escolar em geral e a mudança de ambiente escolar do meio rural para o urbano em particular, uma possível causa de Distúrbio de Aprendizagem, definido como "uma queda no rendimento da aprendizagem abaixo do nível indicado pelo talento e desenvolvimento psico-intelectnais do indivíduo" (cf. Correll e Schwarze opus cit., p.3). Levou-se em consideração para a formação dos seguinte: o Grupo A foi constituído por sujeitos que estudado até a 3º série do 1º grau em escolas rurais e que grupos tinham no ano de 1981 estivessem matriculados e freqüentando a 4a serie em escolas situadas na cidade de Viçosa; o Grupo B foi constituído por sujeitos que tivessem media equivalente aos sujeitos do Grupo A ou bem aproximadas, que estudaram sempre em escolas urbanas e estivessem na mesma classe do seu correlato do Grupo A. Após a coleta dos dados, medias acadêmicas dos três anos anteriores (1º, 2º, e 3º série e do 1º grau) e dos três bimestres de 1981, procedeu-se ao tratamento estatístico para verificar se a variação existente teria sido significativa. Concluindo, pode-se afirmar que os sujeitos do Grupo A apresentaram diminuição no rendimento escolar, possivelmente por causa da mudança de ambiente escolar, como tentamos mostrar tanto pela revisão bibliográfica quanto pelos dados acadêmicos, quando analisados estatisticamente pela utilização do Teste T de Student. A partir deste estudo não podemos fazer uma generalização para todas as regiões do Brasil, pois foi um estudo um tanto quanto limitado. Porem, podemos apontar alguns fatos a necessidade de estudos e pesquisas mais amplas e profundas a respeito da influência da mudança de ambiente escolar na aprendizagem e principalmente pesquisas sobre a mudança do meio rural para o urbano praticamente inexistentes no Brasil; e a necessidade de maior atenção aos alunos que se encontram nesta situação pela utilização de ensino personalizado a fim de que melhor se atenda as suas limitações e ritmo de aprendizagem / Mestrado / Psicologia Educacional / Mestre em Educação
10

Transtorno do déficit de atenção e hiperatividade : sintoma escolar e sintoma analítico

Pita, Patrícia Pinheiro Nunes 27 June 2008 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, 2008. / Submitted by Larissa Ferreira dos Angelos (ferreirangelos@gmail.com) on 2009-09-17T20:05:30Z No. of bitstreams: 1 2008_PatriciaPNPita.pdf: 718521 bytes, checksum: 15a47f4b714474cd632ab1d22a3fa538 (MD5) / Approved for entry into archive by Luanna Maia(luanna@bce.unb.br) on 2010-01-28T14:01:49Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2008_PatriciaPNPita.pdf: 718521 bytes, checksum: 15a47f4b714474cd632ab1d22a3fa538 (MD5) / Made available in DSpace on 2010-01-28T14:01:49Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2008_PatriciaPNPita.pdf: 718521 bytes, checksum: 15a47f4b714474cd632ab1d22a3fa538 (MD5) Previous issue date: 2008-06-27 / Pelo menos desde a década de 90 do século passado o Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) vem se confirmando como um dos diagnósticos psiquiátricos mais comuns entre crianças escolares. Muitos casos assim diagnosticados são encaminhados, inclusive pela escola, à clínica psicanalítica, que os tem tratado para além da fenomenologia psiquiátrica. Mas seria possível partir de outro referencial para se tratar e escolarizar crianças com esse transtorno? Eis o pressuposto desta dissertação de mestrado, construída na interface psicanálise-educação, cujo objetivo é estudar o TDAH a partir do ensino de Freud e Lacan, sem desconsiderar, tampouco destituir a nosografia deste sintoma, nem todas as questões cognitivas e neuropsicológicas que o circulam. As hipóteses gerais sobre o TDAH são formuladas em dois campos: como um sintoma escolar e como um sintoma analítico. Enquanto um sintoma escolar, o TDAH é proposto como um sintoma da escola e não da criança. A razão desta proposição devese ao fato de que a escola, também para atender à proposta inclusiva, fundamenta sua prática psicopedagógica na visão médica, concentrando-se assim na patologização e reeducação do sintoma. Como um sintoma analítico, é visto como um sintoma da criança, com todas as suas vicissitudes para a psicanálise. Neste sentido, surge como hipótese específica desta dissertação a idéia de que o sintoma em TDAH está mais próximo do sintoma-metáfora da neurose, porque é compreendido como um apelo da criança ao Nome-do-Pai, para tirá-la do lugar da causa de desejo na fantasia materna. Como suporte deste postulado apresenta-se o resumo do Caso Nizan, no qual houve espaço para uma interlocução com a escola. _________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / At least since the 1990s, Attention Deficit Hyperactivity Disorder (ADHD) has been confirmed as one of the most common diagnoses in psychiatry among schoolchildren. Many such cases reach the psychoanalytical clinic, where they are treated beyond the psychiatric phenomenology. In order to do this, psychoanalysis neither disregards nor dismisses the nosography of this symptom as well as all the cognitive and neuropsychological issues that surround it. This is the a priori of this Master’s Degree dissertation, developed on the interface between education and psychoanalysis, based on the teachings of Freud and Lacan. The aim is to present ADHD as a school symptom and as an analytical symptom. The general hypotheses are located within these two fields in the following way. As a school symptom, ADHD is proposed as a symptom of the school, not the child. The reason for this proposition is that the school, in order to meet its inclusive agenda, bases its educational practice on a medical and psycho-pedagogical view of the pathologicalization and reeducation of the symptom. As an analytical symptom, it is seen as a symptom of the child, with all the vicissitudes of this symptom for psychoanalysis. This leads to the idea, and the specific hypothesis of this dissertation, that the symptom in ADHD is closer to the metaphorsymptom of neurosis because it is understood as the child’s appeal to the Name-of-the-Father to escape the cause of desire in the maternal fantasy. Supporting this assumption, a summary of the Nizan case is presented, in which there was room for a dialogue with the school.

Page generated in 0.1151 seconds