• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 91
  • 4
  • 3
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 99
  • 38
  • 35
  • 27
  • 21
  • 19
  • 17
  • 14
  • 13
  • 13
  • 13
  • 11
  • 11
  • 11
  • 10
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

O desejo de saber na adolescência contemporânea : contribuições da psicanálise à psicopedagogia / THE DESIRE TO KNOW THE CONTEMPORARY TEEN Contributions of psychoanalysis to Psychoeducation (Inglês)

Costa, Renata Pires Basto 01 December 2008 (has links)
Made available in DSpace on 2019-03-29T23:19:10Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2008-12-01 / Family and school are unsettled before teenagers of middle and upper classes that, free from any compromise related to cognition, present specific difficulties related to the acquisition of knowledge. Such difficulties, quite frequently, take place, specially, or even primarily, at school: indifference to knowledge, lack of sense regarding school content, and difficulty in maintaining the attention in the classroom, are common complains among these teenagers to whom "study is very boring". From a psychoanalytic reading about these complaints, derived from the Psychopedagogy clinic, related to the teenager disinvestment towards knowledge, we bring a possible way to think this contemporary indisposition towards education: the way of desire and subjectivity. Therefore, supported by psychoanalytic reference, we reflected over the possible interlacement among disinvestment in knowledge, the desire of knowledge and the teenager constitution of subjectivity in contemporary times. The work is divided in three chapters. The first chapter (Education, Teenhood and Contemporarity) contextualizes the problem through the discussion of concepts such as culture, family, school, and teen-hood in History and in present days; the second chapter (Desire of Knowledge and Teenhood) takes hold of the psychoanalytic concept of desire of knowledge as fundamental to the analysis of the approached problem and, considering the teen years to a be moment of subjective constitution, it analyses the specificity of the desire of knowledge in teenhood; and, finally, the third chapter (Regarding the Possibility of Connection among Psychopedagogy and Psychoanalysis) discuss the possible contributions from psychoanalytic clinic to Psychopedagogy clinic, illustrating, through fragments of cases from the Psychopedagogy clinic, possible relations among the teen disinvestment of knowledge, the desire of knowledge and the teenager constitution subjectivity in present days. Key-words: teen-hood, desire of knowledge, education, psychoanalysis / Família e escola inquietam-se diante de adolescentes de classes média e alta que, livres de comprometimentos relativos à cognição, apresentam dificuldades específicas relacionadas à aquisição de conhecimentos. Tais dificuldades, com freqüência, manifestam-se, principalmente, ou mesmo primeiramente, na escola: desinteresse pelo conhecimento, falta de sentido no conteúdo escolar e dificuldade em manter a atenção nas aulas, são queixas comuns entre estes adolescentes, para os quais "estudar é muito chato". A partir de uma leitura psicanalítica acerca das queixas provenientes da clínica psicopedagógica relativas ao desinvestimento adolescente no conhecimento, trazemos um caminho possível para que pensemos este mal-estar na educação contemporânea: a via do desejo e da subjetividade. Assim, apoiados no referencial psicanalítico, refletimos acerca dos possíveis entrelaçamentos entre o desinvestimento no conhecimento, o desejo de saber e a constituição subjetiva do adolescente na contemporaneidade. O trabalho está dividido em três capítulos. O primeiro capítulo (Educação, Adolescência e Contemporaneidade) contextualiza o problema através da discussão de conceitos como cultura, família, escola e adolescência na história e na contemporaneidade; o segundo capítulo (Desejo de Saber e Adolescência) toma o conceito psicanalítico de desejo de saber como fundamental à análise da problemática abordada e, considerando a adolescência um momento de constituição subjetiva, analisa as especificidades do desejo de saber nesta fase; e, finalmente, o terceiro capítulo (Sobre a Possibilidade de Conexão entre Psicopedagogia e Psicanálise) discute possíveis contribuições da clínica psicanalítica à psicopedagógica, ilustrando, através de fragmentos de casos trazidos da clínica psicopedagógica, possíveis relações entre o desinvestimento adolescente no conhecimento, o desejo de saber e a constituição subjetiva do adolescente na contemporaneidade. Palavras-chave: adolescência, desejo de saber, educação, psicanálise.
2

Psicopedagogia e psicanálise : considerações sobre a clínica das dificuldades de aprendizagem da leitura / Psychopedagogy and Psychoanalysis: Considerations for clinical learning difficulties reading Fortaleza, (Inglês)

Mendonça, Ana Carolina Ferreira de 03 October 2014 (has links)
Made available in DSpace on 2019-03-29T23:54:03Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2014-10-03 / Impairments in learning to read are presented as an inadequate reaction to the expected learning standards for each school and age range of the child. This dissertation will discuss why some students fail to learn to read, even though different strategies are used, such as: tutoring, parallel recovery or change of school. Then questions arise about the possible causes of difficulties in learning to read. From a psychoanalytic view, we may have the presence of an intellectual inhibition. The intellectual inhibition consistent with a waiver in the field of knowledge and the reading could be a function capable of undergoing this inhibition. The aim of this work is to analyze what psychoanalysis says about cases of difficulty in learning to read and explains how the presence of intellectual inhibition as a factor that prevents the child to read. The research methodology was-theoretical literature, although some questions departs from experiences in psychopedagogy clinic. Divided into three chapters. The first describes the process of reading acquisition and the difficulties that related to teaching methods. In the second chapter, we describe the inhibition as one of the destinations of the desire to know, according to psychoanalysis. Finally, in the third chapter we relate the concept of intellectual inhibition with impasses in learning to read as a contribution of psychoanalysis to the psychopedagogy clinic. Keywords: difficulty reading, intellectual inhibition, psychoanalysis, psychopedagogy / Os impasses na aprendizagem da leitura apresentam-se como uma reação inadequada aos padrões de aprendizado esperados para cada série escolar e idade da criança. Essa dissertação irá discutir porque alguns alunos não conseguem aprender a ler, mesmo que sejam utilizadas diferentes estratégias, como: reforço escolar, recuperação paralela ou a mudança de escola. Surgem, então, questões sobre as possíveis causas das dificuldades de aprendizagem da leitura. A partir de uma visão psicanalítica, podemos nos deparar com a presença de uma inibição intelectual. A inibição intelectual condiz com uma renúncia no campo do saber e a leitura poderia ser uma função passível de sofrer essa inibição. O objetivo desse trabalho é analisar o que a psicanálise diz sobre os casos de dificuldade de aprendizagem da leitura e como explica a presença da inibição intelectual como fator que impede a criança de ler. A metodologia da pesquisa foi teórica-bibliográfica, embora algumas indagações partam de experiências na clínica psicopedagógica. Dividimos em três capítulos. O primeiro descreve o processo de aquisição da leitura e as dificuldades dessa relacionadas aos métodos de ensino. No segundo capítulo, descrevemos a inibição como um dos destinos do desejo de saber, de acordo com a psicanálise. E por fim, no terceiro capítulo relacionamos o conceito de inibição intelectual com os impasses no aprendizado da leitura, como uma contribuição da psicanálise à clínica psicopedagógica. Palavras-chave: dificuldade de leitura, inibição intelectual, psicanálise, psicopedagogia
3

Implicações do perfil e das concepções dos Pedagogos, que atuam em equipes multidisciplinares da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal, no atendimento às queixas escolares

Araújo, Gláucia Maria Guerra 07 December 2006 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, 2006. / Submitted by Jaqueline Ferreira de Souza (jaquefs.braz@gmail.com) on 2011-09-05T13:56:50Z No. of bitstreams: 1 2006_GlauciaMariaGuerraAraujo.pdf: 638854 bytes, checksum: d32880bc3dd28b21a82270e1d3918731 (MD5) / Approved for entry into archive by Jaqueline Ferreira de Souza(jaquefs.braz@gmail.com) on 2011-09-05T13:57:03Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2006_GlauciaMariaGuerraAraujo.pdf: 638854 bytes, checksum: d32880bc3dd28b21a82270e1d3918731 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-09-05T13:57:03Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2006_GlauciaMariaGuerraAraujo.pdf: 638854 bytes, checksum: d32880bc3dd28b21a82270e1d3918731 (MD5) / Este trabalho tem como foco central o estudo das concepções dos pedagogos da Equipe de Atendimento / Apoio à Aprendizagem da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal em relação às atividades que lhe são próprias no atendimento de alunos com queixas escolares. O fracasso escolar que, assola a escola brasileira, tem gerado uma busca incansável da Pedagogia por referenciais teóricos e procedimentos que façam frente a essa questão. No caso específico do Distrito Federal a Equipe de Atendimento / Apoio à Aprendizagem tem se constituído num serviço que tem recebido maciçamente alunos encaminhados com queixas escolares. Essa Equipe é formada por pólos compostos por pedagogos, psicólogos e orientadores educacionais. No entanto, a especificidade da atuação dos pedagogos dessa Equipe, ainda necessita de melhor esclarecimento. Muitas vezes, os profissionais licenciados em Pedagogia têm dificuldade em definir seu espaço de atuação nesse serviço. Para tanto, organizou-se esta pesquisa em duas partes. Na primeira, buscou-se por meio de um questionário aplicado a 102 (cento e dois) pedagogos, saber o conhecimento que eles tinham a respeito de sua atuação no atendimento de alunos com queixas escolares, sua formação e experiências anteriores. A segunda parte constou de uma verticalização no conhecimento das atividades de oito pedagogas que atuam nessa Equipe, por meio de entrevistas narrativas abertas. Os resultados demonstraram que o trabalho do pedagogo no atendimento às queixas escolares foi construído, dentro da própria prática do pedagogo, em resposta às demandas da SEEDF. Indicaram, também, que a graduação em Pedagogia não oferece formação nessa área nem, tão pouco, a SEE-DF disponibiliza orientação sistemática a esses profissionais. Apontam, ainda, que os conflitos profissionais são, na sua maioria, causados pela indefinição de papéis dos membros da equipe; pela falta de capacitação específica ao pedagogo no atendimento às queixas escolares; pelo número excessivo de escolas a serem atendidas por cada pólo; e pela falta de todos os profissionais nos pólos. Esses resultados confirmaram a importância de se investigar a atuação do pedagogo no atendimento às queixas escolares, de modo a reconhecer os avanços da profissão e as necessidades desses profissionais, buscando a implementação de políticas institucionais de capacitação específica. ___________________________________________________________________________________ ABSTRACT / This work has as a main focus the study of the conceptions of pedagogues who are part of the Assistance and Attending Group of the Educational State Secretariat from the Federal District, in relation to its typical activities, concerning the assistance of students with curricular complaints. Academic failure, which frightens the Brazilian schools, has been generating an endless search from Pedagogy in relation to theoretical references and procedures, which are part of this issue. In the specific case of the Federal District, the Assistance and Attending Group has offered a service, which has received a massive number of students sent with various academic complaints. The team of professionals who attend these students is formed of composed poles of pedagogues, psychologists and educational counselors. However, the specific performance of pedagogues in this team still demands better clarification. Very often, the professionals licensed in Pedagogy have difficulty in defining their performance scope within the service proposed. Therefore, this study was organized in two parts. In the first part, a questionnaire was applied to 102 (one hundred and two) pedagogues in order to find out how much they knew about their performance in relation to the assistance offered to students with academic complaints, and also on their formation and previous experiences. The second part was the vertical brainstorming of the knowledge of activities conducted by eight pedagogues who are part of the team, by means of open narrative interviews. The results show that the work of the pedagogue in the assistance to academic complaints was built while the practice of work done, as a result of demands from SEE-DF. They also indicated that the undergraduate course on Pedagogy did not prepare them well enough, nor did SEE-DF give the systematic assistance. They have also pointed out that the professional conflicts are, in their majority, due to the lack of definition of the professional roles of the members of the group; to the lack of specific preparation to attend the academic complaints; to the excessive number of schools to be attended and to the lack of all the professionals in the poles. These results confirm the importance of further investigation on the performance of pedagogues as to academic complaints, so that the advances on the profession and these professional's demands may be recognized, by seeking the implementation of specific capacitation institutional policies.
4

Possivel exigivel : aprendizagem e extensão

Martinelli, Selma de Cássia, 1964- 05 August 1992 (has links)
Orientador : Fermino Fernandes Sisto / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação / Made available in DSpace on 2018-07-15T20:17:47Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Martinelli_SelmadeCassia_M.pdf: 4640056 bytes, checksum: 0c3dac899e5d5f14f46ab310810ed7a7 (MD5) Previous issue date: 1992 / Resumo: Estudou-se a aprendizagem de um tipo de "possível" por crianças de 5 a 7 anos, sendo este entendido como maior flexibilidade do pensamento. Esses possíveis foram observados através da prova do Recorte dos Quadrados e da noção de Eqüidistância. Apontou-se como obJetivos, a aprendizagem de possíveis em Eqüidistância e sua estabilidade através da utilização da técnica o conflito cognitivo, e uma possível relação entre este tipo de aprendizado e um outro possível. Os resultat1os apontam para a eficácia da técnica utilizada na mobilização de novos possíveis na criança. Foram encontrados resultados que nos levaram a definir alguns níveis híbridos por apresentarem em uma mesma situação, comportamentos de níveis diferentes. Não se conseguiu estabelecer relações entre os possíveis nos recortes e a aprendizagem estruturada na Eqüidistância / Mestrado / Psicologia Educacional / Mestre em Educação
5

A inserção do psicopedagogo nas escolas da rede municipal de Itajaí :possibilidades e desafios /

Côrtes, Ana Rita Ferreira Braga, Rausch, Rita Buzzi, Universidade Regional de Blumenau. Programa de Pós-Graduação em Educação. January 2011 (has links) (PDF)
Orientador: Rita Buzzi Rausch. / Dissertação (mestrado) - Universidade Regional de Blumenau, Centro de Ciências da Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação.
6

Diagnóstico de dificuldade de aprendizagem: construção, concepções e expectativas

Pereira, Kátia Regina do Carmo 06 May 2011 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2011. / Submitted by Gabriela Ribeiro (gaby_ribeiro87@hotmail.com) on 2011-09-06T18:19:28Z No. of bitstreams: 1 2011_KátiaReginadoCarmoPereira.pdf: 1193109 bytes, checksum: c9ae8173747858df9db03ff3f8666a64 (MD5) / Approved for entry into archive by Repositorio Gerência(repositorio@bce.unb.br) on 2011-09-29T12:29:14Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2011_KátiaReginadoCarmoPereira.pdf: 1193109 bytes, checksum: c9ae8173747858df9db03ff3f8666a64 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-09-29T12:29:14Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2011_KátiaReginadoCarmoPereira.pdf: 1193109 bytes, checksum: c9ae8173747858df9db03ff3f8666a64 (MD5) / O termo “dificuldade de aprendizagem” tem se tornado recorrente no ambiente escolar, embora ainda não haja consenso ou clareza sobre sua definição, tem sido o motivador maior de encaminhamentos de alunos ao Serviço Especializado de Apoio à Aprendizagem (SEAA). Este serviço é disponibilizado pela SEE-DF (Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal) com o objetivo de promover a melhoria da qualidade do processo ensino-aprendizagem, por meio de ações institucionais, preventivas e interventivas. O SEAA conta com algumas equipes compostas por um psicólogo e um pedagogo. Dentre as funções desta equipe está a de realizar procedimentos de avaliação para verificar as “queixas escolares” apresentadas por professores, que, geralmente, acionam o serviço visando à obtenção de um diagnóstico que possa justificar a nãoaprendizagem do aluno. Compreender o processo de construção desse diagnóstico realizado pelo SEAA, perceber as concepções que o permeiam e as expectativas que o cercam, é o objetivo desse trabalho. Para alcançar tal propositiva contou-se com a participação de sujeitos colaboradores atuantes no SEAA: duas psicólogas e três pedagogas, além de uma orientadora educacional e cinco professoras que trabalhavam com alunos encaminhados ou diagnosticados. A condução da pesquisa se deu sob a orientação da Epistemologia Qualitativa que referenda o modelo construtivo-interpretativo do conhecimento. No decorrer da investigação valeu-se de instrumentos para favorecimento da expressão dos sujeitos e do conhecimento de sua realidade: entrevista individual, conversação, análise documental, sessão reflexiva, memorial e observação. As análises conduziram ao entendimento de que o diagnóstico de dificuldade de aprendizagem passa por um processo de construção que se encontra centrado em aplicação de testes e provas padronizados. Além de encontrar-se pautado em concepções ainda biologizantes, culpabilizadoras e limitadoras acerca do sujeito; na ideia de uma relação dicotômica entre os processos de aprendizagem e desenvolvimento humano, na qual o desenvolvimento precede a aprendizagem; e, no entendimento da escola como um espaço de reprodução de conteúdos previamente selecionados – quadro que não contribui para a efetiva melhoria da qualidade no processo ensino-aprendizagem, proposta inicial do SEAA e expectativa das equipes que nele atuam. Tornou-se perceptível que para a concretização desta possibilidade se faz necessária a criação de um espaço dialógico e de reflexão sobre a prática entre os sujeitos que compõem este serviço de apoio, bem como uma fundamentação teórica que possa confluir para a mudança das concepções arraigadas e o favorecimento da compreensão do aluno avaliado como um sujeito de possibilidades, algo para além das dificuldades que por ventura possa demonstrar. __________________________________________________________________________________ ABSTACT / The term ‘learning disability’ has become usual in the school environment, although it has neither precise nor consensual definitions. It has been the greatest cause of appeals to the Serviço Especializado de Apoio à Aprendizagem (SEAA – Learning Support Special Service), supplied by the SEE-DF (Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal – Federal District’s State Secretary of Education). The SEAA’s aim is to enhance the quality of the learning process, through preventive and interventive institutional actions. The SEAA teams are composed of a psychologist and a pedagogue. One of its functions is to evaluate complaints filled by teachers, which use the service to achieve a diagnosis that justifies the student’s lack of learning. Our goal in this text is to understand the process of constructing this diagnosis, to perceive its conceptions and its expectatives. To reach this goal we examined the actions of two psychologists, three pedagogues, one educational counsellor, and five teachers who worked with students sent to the SEAA. The research was conducted under Qualitative Epistemology, which authenticates the constructiveinterpretative model of knowledge. The investigation used tools that encouraged the subject’s expression and the understanding of its reality: individual interview, dialogue, analysis of documents, reflexive sessions, memorials, and observations. Our analysis showed that the diagnosis of learning disability is constructed with the application of standard tests and proofs. Those are based: in biological, guilty-laden, and limited conceptions of the self; in the idea of a dialogical relation between learning processes and the human development, where the development must precede the learning; in the concept that the school is only reproducing previously selected contents – beliefs which doesn’t enhance the learning process, SEAA’s initial aim. It became clear that, in order to achieve this aim, it is necessary to create a true dialectical reflexion on the practice of this support service, and to integrate SEAA’s teams and the school’s teaching staff to act preventively. It is also essential to change the theoretical view to promote the idea of students as potential beings, beyond its eventual disabilities.
7

O jogo de regras como um recurso diagnostico psicopedagogico

Dell'Agli, Betania Alves Veiga 02 August 2018 (has links)
Orientador : Rosely Palermo Brenelli / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação / Made available in DSpace on 2018-08-02T05:20:54Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dell'Agli_BetaniaAlvesVeiga_M.pdf: 1569739 bytes, checksum: aafef11d4bb40a526cfe06a2b66af6e5 (MD5) Previous issue date: 2002 / Mestrado
8

Aprendizagem auto-regulada em leitura numa perspectiva de jogos de regras

Gomes, Maria Aparecida Mezzalira 02 August 2018 (has links)
Orientador : Evely Boruchovitch / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação / Made available in DSpace on 2018-08-02T16:09:33Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Gomes_MariaAparecidaMezzalira_M.pdf: 1118878 bytes, checksum: 14e66dce7acf2e1a74f3cf3523841dee (MD5) Previous issue date: 2002 / Mestrado
9

Transferencia em jogo : considerações psicanaliticas sobre o 'inter-dito' em pedagogia do esporte

Aragão e Ramirez, Fernanda de 03 August 2018 (has links)
Orientador : Pedro Jose Winterstein / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação Fisica / Made available in DSpace on 2018-08-03T17:36:54Z (GMT). No. of bitstreams: 1 AragaoeRamirez_Fernandade_M.pdf: 788447 bytes, checksum: 9819bf142fd3ad46c1387cf66e17beae (MD5) Previous issue date: 2003 / Mestrado
10

O jogo de faz-de-conta como experiência social orientada para o futuro : um exame da vontade e da imaginação no interesse de jogar videojogos entre os adolescentes

Mudado, Tereza Harmendani 18 July 2011 (has links)
Tese (doutorado)–Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2011. / Submitted by Shayane Marques Zica (marquacizh@uol.com.br) on 2011-11-04T18:27:57Z No. of bitstreams: 1 2011_TerezaHarmendaniMudado.pdf: 1250282 bytes, checksum: e15b9f6f9ad8bc06ce4fd932c7cf70e6 (MD5) / Approved for entry into archive by Elzi Bittencourt(elzi@bce.unb.br) on 2011-12-12T15:48:59Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2011_TerezaHarmendaniMudado.pdf: 1250282 bytes, checksum: e15b9f6f9ad8bc06ce4fd932c7cf70e6 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-12-12T15:48:59Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2011_TerezaHarmendaniMudado.pdf: 1250282 bytes, checksum: e15b9f6f9ad8bc06ce4fd932c7cf70e6 (MD5) / Nesta tese, procuramos explorar o significado psicológico da atividade de jogar videojogos ou videogames entre adolescentes de 11 a 16 anos. Entendemos que o videojogo, ou videogame, se diferencia das outras formas de jogo conhecidas, a brincadeira de faz-de-conta e o jogo com regras, porque, enquanto na brincadeira a imaginação está em primeiro plano na consciência e as regras em segundo, no jogo com regras são as regras que estão em primeiro plano. No videojogo, inaugura-se um novo modo de relação com as regras do jogo. O videojogo não tem regras, ele é um conjunto de regras que podem e frequentemente são quebradas, se não pelos jogadores, pelos próprios projetistas dos jogos, em prol da imaginação. Para diferenciá-la das formas anteriores, propomos classificar essa nova forma de atividade como jogo de faz-de-conta: uma síntese e uma evolução do jogo com regras, que transforma principalmente o papel da imaginação na determinação da vontade. O jogo de faz-de-conta possibilita o retorno da imaginação para o primeiro plano da atividade, e isso redesenha os mecanismos de formação da vontade e preparação para o futuro. Associadas ao jogo de faz-de-conta, as inovações na área de comunicação de massa, produção e reprodução de imagens técnicas apontam para uma nova forma de conhecer e se relacionar com o mundo. O jogo de faz-de-conta tem um papel importante na educação dos valores sociais e formação da vontade – alguns fundamentos da atividade nesta direção foram destacados no trabalho. Para elaborar esta tese, foram consideradas as diversas abordagens sobre o tema, a fim de mostrar o caráter social desta atividade. Buscou-se na psicologia soviética o significado psicológico do jogo para L. S. Vigotski e as contribuições da psicologia da atividade para apresentar as categorias ação, imaginação, motivação e vontade, além das relações que estabelecem entre si na brincadeira e no jogo. Ainda com a ajuda da psicologia do leste europeu, procuramos mostrar como, entre as categorias vontade e imaginação, incide uma relação dialética. Enquanto a ação da imaginação é ilimitada, e por meio de sua ação a pessoa se libera das condições imediatas, a ação da vontade está submetida às condições dadas pelo intelecto, principalmente pela aquisição da fala e pelas condições orgânicas e ambientais. Não é possível o exame dessas duas funções psicológicas – imaginação e vontade – fora do conceito de personalidade, visto que elas exercem funções complementares no conjunto das atividades da pessoa. Finalmente, por meio das conversas com alguns adolescentes e pela comparação com outros dados coletados por outros autores, concluímos esta tese iluminando algumas questões que nos pareceram importantes para a compreensão do princípio psicológico que fundamenta essa atividade no que diz respeito ao desenvolvimento da vontade e da imaginação. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT / In this thesis, we explore the psychological meaning that underlies the activity of playing video games among a group of teenagers aged 11 to 16. We understand that video games differ from other forms of games known, such as children´s make-believe games or rule-based games, because while in the former it is the imagination that is at the forefront of consciousness, the latter places the rules on first plane. In videogames, a new mode of relationship with the rules of the game is developed: a set of rules that can be and often are broken, if not by the players themselves, by the designers of games in favor of the imagination. To distinguish it from the earlier forms, we would rather classify this new form of activity as one of the make-believe games: a synthesis and an evolution of the game with rules, which mainly transforms the role of imagination in the determination of the will. This make-believe games replace imagination back on the first level of activity, and it redraws the mechanisms of will-formation and preparation for the future. Associated with the make-believe game, there are innovations in the mass communication field, production and reproduction of images techniques which point to a new way of knowing and approaching the world. The game of make-believe has an important role in education and social values formation of the will – some fundamentals of the activity in this direction were highlighted in the work. To develop this thesis, we considered the various approaches to the topic in order to show the social character of this activity. We turned to the Soviet Psychology for Vygotsky´s psychological meaning of the game, as well as the contributions of psychology activity to display the categories of action, imagination, motivation and will, in addition to the relationships they establish with each other. With the help of Eastern Europe psychology, we tried to show how, among the categories of will and imagination, it bears a relationship with dialectics. While the action of the imagination is unlimited, and through its action the person releases himself from the immediate conditions, the action of will is subject to the conditions given by the intellect, mainly through the acquisition of speech and the organic and environmental conditions. It is not possible to examine these two psychological functions – imagination and will – out of the concept of personality, since they carry out complementary roles in the person´s set of activities. Finally, through conversations with some adolescents and by comparison with other data collected by other authors, we conclude this thesis illuminating some issues that seemed important to understanding of the psychological principle that underlies this activity in relation to the development of will and imagination.

Page generated in 0.0408 seconds