• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 161
  • 8
  • Tagged with
  • 170
  • 117
  • 117
  • 99
  • 97
  • 90
  • 80
  • 73
  • 72
  • 69
  • 58
  • 45
  • 44
  • 43
  • 37
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Docência em educação a distância: tecendo uma rede de interações

2010 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T17:17:08Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo54_1.pdf: 1329560 bytes, checksum: 70d45e78cc18efe507fa1be83bcd6d2a (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2010 Com o avanço das tecnologias de informação e comunicação, com a democratização do ensino superior e com a criação da Universidade Aberta do Brasil é visível o crescimento de cursos a distância nesse país. Diante das inúmeras temáticas que surgem com relação a esta modalidade, a presente pesquisa tem como finalidade refletir sobre o debate da docência na EAD online, tendo como foco as interações construídas na cadeia de docentes de uma mesma disciplina, oferecida em um curso de graduação a distância, em uma instituição pública de ensino superior no Estado de Pernambuco. Em alguns cursos online, os docentes vêm aprendendo a compartilhar sua prática, construindo estratégias para solucionar, juntos, problemas comuns. Isto faz parte do que podemos chamar de Docência Compartilhada. Em relação aos procedimentos metodológicos a presente pesquisa optou pela forma de abordagem qualitativa, utilizando o método de estudo de caso e a análise de conteúdo. A análise foi realizada através das transcrições dos encontros gravados em áudio, dos diários de bordo de observação, da entrevista e dos questionários realizados com o professor formador e com os tutores. Desta forma, estudamos o grupo de docentes em suas reuniões de acompanhamento da disciplina e avaliação dos alunos, buscando compreender como ocorreram estas ações partilhadas, nesta comunidade docente. Apresentamos aqui os resultados de nosso estudo de caso, baseado em cinco sessões destas reuniões. Nossos resultados indicaram que houve uma docência compartilhada entre os tutores virtuais e o professor formador. Entretanto, os tutores presenciais, a coordenação e a direção de curso não se integraram neste movimento cooperativo. O grupo se caracteriza como uma comunidade de prática e a forma de interação e cooperativa. Percebemos que os professores apesar de compartilharem sua prática harmonicamente apresentam dificuldades de interação com os alunos do curso. Também observamos que existiram várias temáticas abordadas nestas reuniões, mas todas elas de uma forma ou de outra foram centradas na aprendizagem dos alunos. Os docentes apresentam algumas competências e compartilharam seus saberes da prática e da formação entre seus pares. Finalmente, constatamos que os docentes discutiram as temáticas focadas nos instrumentos de avaliação da aprendizagem da plataforma virtual de ensino do curso: o questionário, o projeto e as outras atividades complementares
2

Reconfiguração da profissionalidade docente na docência universitária no contexto da avaliação da pós-graduação

2012 (has links)
Submitted by Amanda Silva (amanda.osilva2@ufpe.br) on 2015-04-13T12:53:54Z No. of bitstreams: 2 Tese doutorado Final.pdf: 1581234 bytes, checksum: e99211bb013c08c426be94e2c8554a22 (MD5) license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) Made available in DSpace on 2015-04-13T12:53:54Z (GMT). No. of bitstreams: 2 Tese doutorado Final.pdf: 1581234 bytes, checksum: e99211bb013c08c426be94e2c8554a22 (MD5) license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) Previous issue date: 2012 O trabalho teve como objetivo analisar como ocorre o processo de configuração da docência universitária na pós-graduação no contexto da avaliação da CAPES. Nossos objetivos específicos foram: identificar os efeitos da sistemática de avaliação da CAPES no projeto acadêmico e ordenamentos internos dos programas; analisar os efeitos da adoção de critérios a serem atingidos na sistemática de avaliação da CAPES para a profissionalidade docente; e analisar no contexto da prática, a relação entre as políticas de avaliação da CAPES e a formação da docência universitária na pósgraduação em educação. Do ponto de vista metodológico, realizamos entrevistas e observações em reuniões e atas de colegiado, o que nos possibilitou construir espaço de coleta de depoimentos, cujos conteúdos foram alvo de análise. Entendemos que a docência universitária na pós-graduação reconfigura-se no contexto da avaliação da CAPES segundo os princípios da performatividade, evidenciando movimentos ambivalentes nos rebatimentos sobre a docência, a depender da concepção que o professor tem de docência e de pós-graduação, considerando as concepções presentes na política e na prática. Observamos reordenamentos internos não só nos programas, mas nos processos avaliativos dos programas, pela incorporação de uma racionalidade cognitivo-instrumental que conjuga ideias de individualismo e concorrência, que tem seus desdobramentos nos processos que se ocupam de controlar a conduta dos docentes; na mensuração quantitativa do seu desempenho nos processos de produção e difusão do saber; na exigência de adaptar os programas no sentido de considerarem os critérios da CAPES para credenciamento e recredenciamento dos docentes; e na realização da gestão dos programas para a configuração da docência e de sua profissionalidade. O estudo demonstra em síntese que muitos dos professores, de modo ambivalente, tendem a adequar-se ao funcionamento e a maneira como atuam no programa em função das exigências da avaliação da CAPES; outros, não constroem a sua docência simplesmente adequando-se às exigências. Com relação aos efeitos da avaliação da CAPES na configuração da docência universitária, percebemos articulações existentes entre a concepção de pós-graduação e a concepção de docência. Desse modo, considerando a concepção de pós-graduação defendida pelo produtivismo acadêmico a docência configura-se tomando a pesquisa como elemento central, segundo a concepção de docência performativa. Por outro lado, considerando a concepção de crítica à perspectiva da performatividade, cuja função social se expressa para além do atendimento aos requisitos produtivistas do modelo de avaliação, a docência universitária configura-se tomando a mediação didática nos processos de ensino, gestão, extensão e pesquisa, como elemento central, segundo a concepção de docência autêntica e crítica. A discussão da avaliação enquanto momento que estimula o desenvolvimento de ações individualistas e a discussão sobre os espaços coletivos de formação na relação com a avaliação ou com outros processos de atuação profissional e formação na atividade assumiu espaço central nos programas. A docência, nesse contexto, assume o caráter de construção contínua através dos processos de autoformação e heteroformação, que contribui com o desenvolvimento de saberes e competências. Ao fomentar o exercício individualizado, a avaliação privilegia o desempenho individual dos docentes, através das publicações de pesquisas. Por outro lado, ao fragilizar a potencialização do trabalho coletivo, a avaliação é alvo de crítica de alguns docentes, que concebem a importância de valorizar outros espaços de formação, para além da pesquisa nos programas, como as aulas, as atividades de extensão e gestão. Ressaltamos que o presente estudo, constitui-se num possível potencializador de investigações que se proponham a problematizar desafios e proposições para minimizar a disjunção entre o que está posto como exigência de avaliação e o que os docentes sentem necessidade de que haja um reconhecimento no âmbito da docência universitária na pós-graduação. Por isso, ressaltamos a importância de valorizar os processos avaliativos, reconhecer as possibilidades de legitimar através dos processos de configuração da docência universitária, processos de reflexão e ação sobre a práxis transformadora da produção e socialização do conhecimento em educação.
3

O lugar da docência na universidade: uma análise das representações sobre o professor universitário La place de l\'enseignement à l\'université: une analyse des représentations sur le professeur d\'Université

24 June 2013 (has links)
Cette recherche vise à approfondir la connaissance des changements dans l\'identité des professeurs d\'Université des représentations sociales (MOSCOVICI, 2009) de ceux-ci dans les discours sur l\'enseignement supérieur. Il a été appliqué une analyse méthodologique basée sur un modèle d\'analyse d\'un corpus de discours créé au sein d\'une coupure de la perspective de l\'élargissement des institutions fédérales d\'enseignement vacants au Brésil a pris fin dans la promulgation du programme de restructuration de plans et l\'expansion des universités fédérales (REUNI), mis en place par le gouvernement Lula, par décret n° 6 096, 24 avril 2007, intégrant une du plan de développement de l\'éducation (PDE). De cette façon, le thème central de cette étude est lié à des significations socialement assignées à la profession enseignante à l\'heure actuelle dans les formations discursives (FOUCAULT, 2010) qui rendent possible un discours sur le professeur d\'université au Brésil. La portée principale se réfère aux enseignants de niveau supérieur, en raison de la division sociale du travail dans le domaine, historiquement ont toujours été les sections des enseignants de l\'enseignement fondamental, en profitant de la condition de garantie les chercheurs du principe établi dans la réforme de l\'Université de 1968, qui prévoit l\'association insoluble entre l\'enseignement et de recherche. Enfin, cette Dissertation vise à définir les relations de sens qui permettent de problématiser les changements dans l\'identité des professeurs d\'Université de la discussion de sa représentation dans les discours sur l\'enseignement supérieur aujourd\'hui. Esta investigação busca a ampliação da compreensão das transformações ocorridas na identidade dos professores universitários a partir das representações sociais (MOSCOVICI, 2009) destes nos discursos sobre o ensino superior. Para tanto, foi aplicada uma análise baseada no modelo metodológico da análise a partir de um corpus discursivo criado dentro de um recorte do período que antecede a expansão de vagas nas instituições federais de ensino no Brasil encerrada na promulgação do programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (REUNI), instituído a partir do governo Lula, pelo decreto no. 6.096, de 24 de abril de 2007, integrando uma das ações do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE). Desse modo, o tema central deste estudo está ligado aos sentidos socialmente atribuídos à profissão docente na atualidade dentro das formações discursivas (FOUCAULT, 2010) que tornam possível um discurso sobre o professor universitário no Brasil. O escopo principal refere-se aos docentes de nível superior que, por causa da divisão social do trabalho na área, historicamente sempre estiveram apartados dos docentes do ensino básico, por desfrutarem da condição de pesquisadores garantida pelo princípio firmado na reforma universitária de 1968, que prevê a indissociabilidade entre o ensino e a pesquisa. Por fim, esta Dissertação visa encontrar as relações de sentido que permitem problematizar as mudanças ocorridas na identidade dos professores universitários a partir da discussão de sua representação nos discursos sobre o ensino superior na atualidade.
4

Aprendizagem da docência em experiências de educação a distância: implicações para a prática docente presencial Learning of teaching in distance education experiences and implication for presential teaching practice

27 February 2015 (has links)
Made available in DSpace on 2016-06-02T19:39:54Z (GMT). No. of bitstreams: 1 6688.pdf: 1931932 bytes, checksum: 2cc8167aefadd2486f2f61afd56c6300 (MD5) Previous issue date: 2015-02-27 This masters dissertation was developed with the aim of analyze how the learning of teaching for Distance Education occurs, through the continuous formation and the teaching performance on Distance Education and the implications that this knowledges bring to the presential teaching practices. As Distance Education is growing and being implemented in a lot of Brazilian s universities, we would like to know how the teaching formation to this modality is being learned and how this learning is being used on Presential Education. Understand this dynamic is relevant to the distant and presential teaching formation, however, is still a poorly researched subject, reason why this research was conducted. To make the realization of this study and establish the theoretical referentials, it was needed to characterize the Distance Education model, adopted by Higher Education Institutions chosen for carrying out this research, as well characterize the virtual teaching and the presential teaching. Furthermore, we treat of the teaching competence for the use of technologies and, lastly, we seek to identify the main presential teaching practices that were changed according to the Distance Education experience. Thus, the methodology used was the quantitative and qualitative approach, developed through the sending of an e-mail to the Distance Education coordinators of 11 universities, that is, 10% of the universe of the Universities that belong to UAB system, containing a request that the coordinators resend the survey questionnaire to their teachers so we could collect the datas. In total, returned 233 questionnaires for analysis and data interpretation. Of these, we selected four Institutions that participated the most, being three federals and one statewide. All of this collected material a rich source to clarify how are learned the knowledge on virtual teaching and how this knowledge implies on presential teaching. As main results of our research, can be mentioned: the use of a large number of technological tools in the presential classes; the accomplishment of more teamwork, less expository classes and the use of more dynamic methodologies and interactives, increase of the communication canals and diversification of the evaluations forms. Esta dissertação de mestrado foi desenvolvida com o objetivo de analisar como ocorre a aprendizagem da docência para a EaD, por meio da formação continuada e da atuação dodocente na Educação a Distância e as implicações que estes saberes trazem para as práticas docentes presenciais. Como a Educação a Distância vem crescendo e sendo implantada em muitas universidades brasileiras, queríamos saber como a formação docente para esta modalidade está sendo aprendida e como essa aprendizagem está sendo utilizada na Educação Presencial. Compreender essa dinâmica é relevante para a formação docente a distância e presencial, entretanto, ainda é assunto pouco pesquisado, motivo pelo qual realizamos esta pesquisa. Para tornar possível a realização deste estudo e estabelecer os referenciais teóricos, foi preciso caracterizar o modelo de Educação a Distância, adotado pelas Instituições de Ensino Superior escolhidas para a realização desta pesquisa, bem como caracterizar a docência virtual e a docência presencial. Além disso, tratamos da competência docente para o uso das tecnologias e, por fim, buscamos identificar as principais práticas docentes presenciais que foram alteradas em função da experiência em Educação a Distância. Assim, a metodologia utilizada foi a abordagem quantitativa e qualitativa, desenvolvida por meio do envio de um e-mail aos Coordenadores da EaD de 11 Universidades, ou seja, 10% do universo da Universidades pertencentes ao Sistema UAB, contendo um pedido para que os Coordenadores reenviassem o Questionário de Pesquisa aos seus professores para que pudéssemos coletar os dados. Ao todo, retornaram 233 questionários para análise e interpretação dos dados. Destes, selecionamos quatros Instituições que mais participaram, sendo três federais e uma estadual. Todo esse material coletado foi rica fonte para esclarecer como são aprendidos os saberes na docência virtual e de que forma esses saberes implicam na docência presencial. Como principais resultados da nossa pesquisa, podemos citar: o uso de um maior número de ferramentas tecnológicas nas aulas presenciais; a realização de mais trabalhos em equipe, aulas menos expositivas e uso de metodologias mais dinâmicas e interativas, aumento dos canais de comunicação e diversificação das formas de Avaliação.
5

Compromisso social e formação pessoal no ensino de ciências exatas (re) pensando a ação docente

8 July 2009 (has links)
Submitted by Ana Paula Lisboa Monteiro (monteiro@univates.br) on 2009-09-10T21:00:34Z No. of bitstreams: 1 LigiaHoss.pdf: 636340 bytes, checksum: 7b67d0bf66c850c74a8a255b520e4bcf (MD5) Approved for entry into archive by Ana Paula Lisboa Monteiro(monteiro@univates.br) on 2009-09-10T21:10:03Z (GMT) No. of bitstreams: 1 LigiaHoss.pdf: 636340 bytes, checksum: 7b67d0bf66c850c74a8a255b520e4bcf (MD5) Made available in DSpace on 2009-09-10T21:10:03Z (GMT). No. of bitstreams: 1 LigiaHoss.pdf: 636340 bytes, checksum: 7b67d0bf66c850c74a8a255b520e4bcf (MD5) A pesquisa que fundamenta esta dissertação teve como objetivo perceber se o professor universitário está preocupado com a qualidade do seu trabalho e se tem compreensão do papel social que desempenha. Esse assunto foi escolhido porque percebe-se muitas diferenças entre os docentes universitários: alguns estão comprometidos com a sua formação, com o aprendizado e o crescimento dos alunos, com os propósitos da instituição, outros, nem tanto. A natureza do tema remeteu a uma pesquisa qualitativa de cunho descritivo-interpretativa. As informações foram obtidas através de entrevistas semi-estruturadas e realizadas com oito (8) professores que atuam no curso de graduação e de pós-graduação do Centro Universitário. A escolha dos professores partiu da idéia de dispor de entrevistas de profissionais da área de Ciências Exatas e que atuam em diferentes áreas e diferentes cursos de graduação e de pós graduação como engenharia, arquitetura, administração, ciências exatas e ciências contábeis. Para preservar a fidelidade das informações, as entrevistas foram gravadas e posteriormente transcritas e o texto da transcrição submetido à apreciação final dos entrevistados. As informações obtidas foram submetidas à análise de conteúdo (Bardin, 1977), com aproximações à análise textual discursiva (Moraes e Galiazzi, 2007) que buscou interpretar o conteúdo manifestado e o conteúdo latente das comunicações. Para elaborar o roteiro das entrevistas refletiu-se muito sobre a questão norteadora da pesquisa: Como professores do ensino superior percebem sua função no contexto atual? O foco central da entrevista foi a epistemologia que orienta a prática pedagógica dos professores, identificando nesse referencial as perspectivas sobre o ensino e sobre as diferentes aprendizagens esperadas dos cursos de graduação para um competente exercício profissional no atual contexto. A entrevista foi um momento de diálogo e de reflexão e fez emergir a desejada discussão sobre as dimensões pessoais, relacionais e sociais da docência. O encontro proporcionado pela entrevista constituiu uma aprendizagem para a pesquisadora e, segundo os entrevistados, um (re)pensar da sua prática no curso de Ciências Exatas. Além dos conteúdos das entrevistas foi analisado o texto do Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura em Ciências Exatas da Univates no qual se buscou identificar a coerência discursiva entre os enunciados. A análise das informações permitiu o agrupamento em torno de três eixos: - o reconhecimento do significado e da importância da formação continuada; - a importância do relacionamento interpessoal para um melhor aproveitamento da formação. - a emergência de compromisso do aprender universitário. Os resultados do processo investigativo indicam que os professores entrevistados têm participado e valorizam a formação continuada, têm presente o compromisso social da sua função, desejam contribuir para a formação de profissionais autônomos e competentes no exercício profissional e social mas enfrentam os desafios sociais, culturais, tecnológicos, culturais e epistemológicos de um mundo em constante transformação.
6

Desafios da docência no ensino superior: o caso do curso de publicidade e propaganda

10 June 2015 (has links)
Submitted by Rosina Valeria Lanzellotti Mattiussi Teixeira (rosina.teixeira@unisantos.br) on 2015-08-07T18:48:38Z No. of bitstreams: 1 Isabela W. Jorge Nocetti.pdf: 1044422 bytes, checksum: bb6aa2d1046d0ddf07fac20c1010c16d (MD5) Made available in DSpace on 2015-08-07T18:48:38Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Isabela W. Jorge Nocetti.pdf: 1044422 bytes, checksum: bb6aa2d1046d0ddf07fac20c1010c16d (MD5) Previous issue date: 2015-06-10 Universidade Católica de Santos - Católica de Santos This research aims to infer the National Curriculum Guidelines of the Social Communication course with specialization in Publicity and Advertising and pedagogical projects, challenges of teaching in university education. The intention was to highlight challenges for teaching practice in Publicity and Advertising courses and discuss them as a reference to the utterances of teachers who work in these courses. For the development of the research we used Masetto¿s studies (1998, 2003 and 2013), Cunha¿s (1989, 2001, 2007 and 2010), Tardif¿s (2005), Roldão¿s (2005 and 2007), Pimenta¿s (2002 and 2011), Isaia¿s (2006), Anastasiou¿s (2004) among others. There was a qualitative study and the methodology included as an information source the National Curriculum Guidelines, the documents describing the educational projects of both institutions and the responses given by three professors interviewed who work in Publicity and Advertising courses and in different private universities, located in Santos. The main challenges listed were: a change in the profile of entering students; the requirements of complexity of contemporary world; the relationship between theory and practice; teaching practices that promote creativity and the use of new languages by the student and, finally, the social responsibility of the profession and the ethical commitments. The study resulted in some considerations in relation to university education student profile, to information of access facilities, the teaching practices in the course of Publicity and Advertising and the identity construction process of the higher education teacher. It was discussed that to confront the challenges facing the practice of teaching in higher education is essential to overcome the culture of individualism. It highlights the role of higher education institutions in creating systematic formative spaces that foster the professional development learning to teach, which implies consider the opinions of teachers and, above all, listen to them talk about the problems they face in teaching practice. Continuing education processes in higher education should also consider other aspects such as attention to the climate of collaboration between teachers as well the support and the presence of the necessary resources to innovation. It was considered that overcoming the isolation of teaching is the essential condition for institutions to show the most advanced and consistent propositions in their formative projects. O presente trabalho tem como objetivo principal depreender das Diretrizes Curriculares Nacionais (DCNs) do curso de Comunicação Social com habilitação em Publicidade e Propaganda (PP) e de Projetos Pedagógicos, desafios da docência no ensino superior. A intenção foi colocar em evidência desafios para a prática docente em cursos de PP e discuti-los tendo como referência as verbalizações de professores que atuam nesses cursos. Para o desenvolvimento da pesquisa recorreu-se aos estudos de Masetto (1998, 2003 e 2013), Cunha (1989, 2001, 2007 e 2010), Tardif (2005), Roldão (2005 e 2007), Pimenta (2002 e 2011), Isaia (2006), Anastasiou (2004) entre outros. Procedeu-se a um estudo qualitativo e a metodologia abrangeu como fonte de informação as DCNs, os documentos que descrevem os projetos pedagógicos de duas instituições e as respostas fornecidas por três professores entrevistados que atuam em cursos de PP e que trabalham em diferentes instituições privadas de ensino superior, situadas na Baixada Santista. Os principais desafios elencados foram: a mudança do perfil dos ingressantes; as exigências decorrentes da complexidade do mundo contemporâneo; a relação teoria e prática; as práticas docentes que favorecem a criatividade e o uso de novas linguagens pelo aluno e, por fim, a responsabilidade social da profissão e os compromissos éticos. O estudo resultou em algumas considerações em relação ao perfil do aluno do ensino superior, às facilidades de acesso às informações, às práticas docentes no curso de PP e ao processo de constituição identitária do professor do ensino superior. Discutiu-se que para o enfrentamento dos desafios que se colocam ao exercício da docência no ensino superior é essencial superar a cultura do individualismo. Destaca-se o papel das Instituições de Ensino Superior na criação de espaços formativos sistemáticos que favoreçam o desenvolvimento profissional e o aprendizado da docência, o que implica considerar as opiniões dos professores e, sobretudo, ouvi-los falar dos problemas que enfrentam na prática docente. Os processos de formação continuada no ensino superior devem considerar também outros aspectos, como a atenção ao clima de colaboração entre os professores, bem como o apoio e a presença de recursos necessários às inovações. Considerou-se que superar o isolamento do trabalho docente é condição essencial para que as instituições apresentem proposições mais avançadas e consistentes em seus projetos formativos.
7

Construindo o início da docência: uma doutora em educação vai-se tornando professora dos anos iniciais do ensino fundamental. Building the teaching beginning: a Doctor in Education becomes a teacher of the starting grades of elementary school.

28 January 2005 (has links)
Made available in DSpace on 2016-06-02T19:39:52Z (GMT). No. of bitstreams: 1 DissGAR.pdf: 1066413 bytes, checksum: 8aa7e5890c6d0f8ada999fd976026a63 (MD5) Previous issue date: 2005-01-28 This investigation, of qualitative nature, sought to know how a Doctor in Education becomes a teacher of the starting grades of elementary school and was organized around the following questions: How does the learning of a Doctor in Education who is beginning to teach the starting grades of elementary school characterize itself? Are there differences (or not) between the professional learning of this teacher and the other beginner teachers, without the same academic experience, investigated on other studies? The research was developed in two phases. On a first moment, I followed the building of a beginner teacher s practice by means of her narratives written during the first semester of the school year and, near the end of the year, I brought back questions shown in her registries on two interview sessions. On a second moment, when the teacher was already working in another teaching institution, I got to talk to her again on three interview sessions, to share my interpretation of the data, clarify some aspects and give voice to her ideas and analysis. This way, I met at the same time the methodological (this kind of study demands a comprehension of the meaning attributed to the data by the teacher) and ethical dimensions (the teacher had reached a more advanced level on her studies than mine, and on these studies she was the subject). The data were organized on the following analysis focuses: difficulty in managing time and the available conditions versus the specific learning difficulties of the students, difficulty to take control of the situation and learning sources of professional teaching. For the data analysis, I took as theoretical reference studies about the building of teaching beginning, teaching knowledge, the relationship between thought and action, and five other correlated researches. The results indicated that even the teacher being a Doctor in Education, her first teaching year was a period marked by great difficulties and doubts, such as indicated by the literature in the area. They revealed that teaching knowledge is temporal, plural, existential, social and pragmatic, as said Tardif and Raymond; confirmed the idea that the relationship between thought and action is not linear, given that the origin and the direction of the action must be searched in particular situational conditions in which practice is made, confirming the ideas of Zabalza; highlighted the importance of relationship with the students, pairs, theoretical studies and institutional politics as sources of learning for professional teaching. It was possible to detect points that revealed, by the data, some differentials brought by the fact of the teacher being a Doctor in Education. Apparently, this fact was more highlighted on the conceptions than on the ways of acting. The importance of support to the teachers on beginning careers by the school was very highlighted as it is also said by the literature in order to take the teachers formation process as a collective and continuous construction and, mainly, in order to keep the students of these teachers from suffering the consequences of their nonexpertise. Esta investigação, de natureza qualitativa, procurou conhecer como uma doutora em educação vai se tornando professora das séries iniciais do ensino fundamental e organizou-se em torno das seguintes questões: Como se caracteriza a aprendizagem do início da docência de uma professora doutora em Educação atuando nas séries iniciais do ensino fundamental? Há diferenças (ou não) entre a aprendizagem profissional desta professora e outras professoras iniciantes, sem a mesma experiência acadêmica, investigadas em outros estudos? A pesquisa foi desenvolvida em duas fases. Em um primeiro momento, acompanhei a construção do início da docência da professora por meio de suas narrativas escritas durante o primeiro semestre do período letivo e, próximo ao final do ano, retomei questões evidenciadas em seus registros em duas sessões de entrevista. Em um segundo momento, quando a professora já trabalhava em outra instituição escolar, voltei a conversar com ela em três sessões de entrevista, a fim de compartilhar a minha interpretação dos dados, esclarecer alguns aspectos e dar voz às suas idéias e análises. Atendi, assim, ao mesmo tempo às dimensões metodológica (o tipo de estudo exige a compreensão do significado atribuído pela professora aos dados) e ética (a professora havia atingido um grau mais avançado de estudos do que o meu, no qual fazia papel de sujeito). Os dados foram organizados nos seguintes focos de análise: dificuldade em administrar o tempo e as condições disponíveis em função das necessidades de aprendizagem específicas dos alunos, dificuldade em assumir o controle da situação e fontes de aprendizagem profissional da docência. Para a análise dos dados assumi como referencial teórico estudos sobre a construção do início da docência, os saberes docentes, a relação entre pensamento e atuação, além de cinco pesquisas correlatas. Os resultados indicaram que mesmo a professora sendo Doutora em Educação, o seu primeiro ano na docência foi um período marcado por grandes dificuldades e dúvidas, tal como o indica a literatura na área. Eles revelaram que os saberes docentes são temporais, plurais, existenciais, sociais e pragmáticos, assim como salientou Tardif e Raymond (2000); corroboraram a idéia de que a relação entre pensamento e atuação não é linear, sendo que a origem e o sentido da ação deve ser buscada nas condições situacionais particulares em que a prática se produz, corroborando as idéias de Zabalza (1994); salientaram a importância da relação com os alunos, os pares, os estudos teóricos e a política institucional enquanto fontes de aprendizagem profissional da docência. Foi possível destacar pontos que revelaram, pelos dados, alguns diferenciais promovidos pelo fato de a professora ser Doutora em Educação. Aparentemente, esse fato se evidenciou mais nas concepções do que nas formas de agir. Ficou muito destacada a importância do apoio da escola aos professores em início de carreira como também aponta a literatura , a fim de assumir o processo de formação de professores enquanto uma construção coletiva e contínua e, principalmente, a fim de que os alunos desses professores não sofram as conseqüências de sua não-expertise.
8

Trajetórias na docência : professores homens na educação infantil Professional lives in teaching : male teachers in early childhood education

2014 (has links)
Orientador: Helena Altmann Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação Física Made available in DSpace on 2017-04-02T02:32:55Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Monteiro, Mariana Kubilius_M.pdf: 1361123 bytes, checksum: 8cc07265b21be5641d6efa6214f9160d (MD5) Previous issue date: 2014 Made available in DSpace on 2017-06-08T12:37:08Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Monteiro_MarianaKubilius_M.pdf: 1361123 bytes, checksum: 8cc07265b21be5641d6efa6214f9160d (MD5) Previous issue date: 2014 Resumo: Essa pesquisa analisa as trajetórias profissionais de professores homens que atuam na rede municipal de ensino de Campinas/SP, área profissional ocupada predominantemente por mulheres no Brasil e em muitos outros países. Buscou-se evidenciar as trajetórias profissionais dos sujeitos, a escolha da profissão e a sua experiência profissional. A partir da perspectiva antropológica das histórias de vida, todos os professores homens que atuavam na rede municipal no primeiro semestre de 2012 foram entrevistados, totalizando sete entrevistas, além da coleta de dados estatísticos junto à Secretaria Municipal de Educação. A análise das trajetórias constatou que a influência de mães e professoras, uma experiência positiva durante a escolarização obrigatória e a intenção de ocupar cargos na gestão escolar foram aspectos que levaram os sujeitos à escolha dos cursos de Magistério e/ou Pedagogia. A escolha pela carreira na Educação Infantil recebeu influência dos conhecimentos dos cursos de formação e se mostrou como uma oportunidade de emprego. O ingresso e permanência na profissão foi marcado tanto por desafios característicos da área de atuação como por dificuldades decorrentes de uma noção hegemônica de masculinidade - que levou a questionamentos acerca da presença masculina na Educação Infantil, à escolha profissional, aos procedimentos adotados em momentos de cuidado e à orientação sexual dos sujeitos. Foram observadas tentativas de segregação entre professores e crianças, operadas na forma de direcionamento de turmas mais velhas aos homens professores, mudança de crianças para outra turma ou abaixo-assinado para retirada do professor definitivamente da escola Abstract: This research examines the professional trajectories of male teachers who work in the municipal schools of Campinas/SP, professional area predominantly occupied by women in Brazil and many other countries. We sought to highlight the professional trajectories of the subjects, the choice of profession and professional experience. From the anthropological perspective of life histories, all male teachers who worked in public schools in the first half of 2012 were interviewed, in a total of seven interviews, plus the collection of statistical data from the Municipal Department of Education. The analysis of the trajectories revealed that the influence of mothers and teachers, a positive experience during compulsory schooling and intent to occupy positions in school management were aspects that led to the choice of courses like Magisterium and/or Pedagogy. Choosing a career in Early Childhood Education was influenced of knowledge of training courses and was an employment opportunity. The entry and stay in the profession was marked both by challenges characteristic of the area of expertise such as difficulties arising from a hegemonic notion of masculinity - which led to questions about the male presence in Early Childhood Education, vocational choice, the procedures adopted during care children and sexual orientation of teachers. Attempts at segregation between teachers and children operated as targeting older groups of men teachers, children change to another class or petition for removal of the teacher definitely school were observed Mestrado Educação Fisica e Sociedade Mestra em Educação Física
9

Desafios da docência em cursos de pedagogia a distância The challenges of distance teaching in pedagogy courses

2010 (has links)
Orientador: Ana Lúcia Guedes-Pinto Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação Made available in DSpace on 2017-03-31T19:09:10Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Moreno, Eliana Rodriguez_M.pdf: 1583181 bytes, checksum: d50fb7cf27d7a0414b30af7ed58dcbf8 (MD5) Previous issue date: 2010 Made available in DSpace on 2017-07-18T12:38:29Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Moreno_ElianaRodriguez_M.pdf: 1583181 bytes, checksum: d50fb7cf27d7a0414b30af7ed58dcbf8 (MD5) Previous issue date: 2010 Resumo: Com a aprovação da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional em 1996 foi legitimada a modalidade de educação a distância, sendo a ela atribuído equivalência aos cursos presenciais. Desde então temos assistido a uma ampliação significativa da oferta de cursos superiores a distância, especialmente para a formação de professores. Com isso, cada vez mais, Secretarias de Educação de todo país estão absorvendo nas redes públicas professores formados a partir dessa modalidade de ensino. Tal panorama despertou meu interesse na investigação sobre os diversos aspectos constitutivos da formação de professores tendo em vista essa nova modalidade: que desafios se apresentam aos docentes universitários para realizar a formação de professores a distância? Qual o papel do docente que não mais compartilha do mesmo espaço físico dos estudantes? Quais as mudanças nos modos de interação entre docentes e alunos e entre os próprios alunos decorrentes do uso das tecnologias de informação e comunicação? Tendo em conta essas questões, procuro, por meio de pesquisa de cunho qualitativo, envolvendo a utilização de entrevistas orientadas pelos pressupostos da história oral, investigar como essas práticas de formação têm se constituído. Por meio das narrativas dos docentes universitários de cursos de pedagogia a distância, focalizo em seus dizeres, os modos de apropriação e de reinvenção dessa outra forma de ensino, que abrange artefatos específicos da prática formadora. A perspectiva teórica assumida para a análise se refere à história cultural pautando-se pelo conceito de tática apresentado por Certeau (2008) e no conceito de apropriação proposto por Chartier (2001). Abstract: With the approval of Guidelines and Bases of National Education Law in 1996, distance learning was approved attributing to it equivalence of presential courses. Since then we have seen a significant increase in the number of distance college courses offered, especially for the teachers? formation. With this more and more teachers graduated this way are taken in by the Education Secretariats of the country for the public education system. Such scenario awoke interest of investigation in me about various constitutive aspects of teachers? formation having in view this new model: what are the challenges for the university teachers to carry out teachers? formation at distance? What is the role of the teacher who doesn?t share anymore the same space with the students? What are the changes in the ways of interaction among the teachers and students and among the students themselves as a result of the use of information technology and communication? Taking into account these questions, through qualitative research and interviews guided by prerequisites of oral history, I intend to look into how these practices of formation have been constituted. Through the narratives of university teachers of distance pedagogy courses, I focus on their narratives, the models of appropriation and re-invention of this type of education, which involves certain mechanisms of formation practice. The theoretical perspective taken for the analysis refers to the cultural history lined by the concept of tactic presented by Certeau (2008) and in the concept of appropriation suggested by Chartier (2001). Mestrado Ensino e Práticas Culturais Mestre em Educação
10

Docência no ensino superior nas representações sociais de estudantes

2012 (has links)
Submitted by Amanda Silva (amanda.osilva2@ufpe.br) on 2015-04-10T14:19:12Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) Docencia no Ensino Superior as Representacoes Sociais de Estudantes.pdf: 1222064 bytes, checksum: cee3ec5ad55497c4efe3e4fa998487f2 (MD5) Made available in DSpace on 2015-04-10T14:19:12Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) Docencia no Ensino Superior as Representacoes Sociais de Estudantes.pdf: 1222064 bytes, checksum: cee3ec5ad55497c4efe3e4fa998487f2 (MD5) Previous issue date: 2012 FACEPE Esta pesquisa teve por objetivo compreender a docência no Ensino Superior nas representações sociais de estudantes dos cursos de licenciatura em História, Filosofia, Letras e Pedagogia. Partimos do pressuposto de que o cenário de transformações e expansão da Educação Superior interfere na construção de representações sociais e que essas representações construídas implicam no processo de profissionalização docente. O referencial teórico-metodológico adotado na investigação foi a Teoria das Representações Sociais de Serge Moscovici e sua posterior complementação proposta por Jean-Claude Abric. Trata-se de uma pesquisa de natureza qualitativa através da qual buscamos identificar o universo de sentidos e significados que os indivíduos atribuem ao fenômeno. O campo empírico da pesquisa foi uma instituição de Ensino Superior privada e confessional, localizada na cidade de Caruaru, Estado de Pernambuco. Participaram deste estudo 198 estudantes de cursos de licenciaturas. Utilizamos como procedimentos de coleta de dados a técnica de associação livre de palavras e a entrevista semiestruturada. Os dados da associação livre de palavras foram analisados com o auxílio do software EVOC e os dados da entrevista semiestruturada foram tratados através do suporte da Análise de Conteúdo de Bardin (2010). Os resultados da associação livre de palavras indicaram que as cognições centrais e seus respectivos sentidos configuram uma representação social de docência que incorre sobre aspectos de ordem profissional e socioafetivo que focalizam o ser docente como uma prática social comprometida com a aprendizagem dos estudantes e que demanda em uma constante busca de aprendizagens e formação para atuar de modo competente buscando a qualidade nesse nível de ensino. Esses elementos centrais se apresentam como funcionais e normativos, definindo um conjunto de finalidades e normas para o exercício docente no Ensino Superior. Os resultados das entrevistas dialogam e confirmam os achados das evocações livres. No entanto, novos elementos se agregam a essa representação e à sua estrutura, permitindo que representações individualizadas e contextualizadas sejam ancoradas aos elementos já existentes. A docência foi representada como profissão que requer conhecimentos e competências específicas, constituída como atividade que enseja responsabilidade e relevância social, sinalizando uma compreensão ampla de docência que rompe com as tendências mais tradicionais de ensino e de aprendizagem, predominantes na cultura universitária que associavam diretamente a docência à vocação. A pesquisa indicou a necessidade de novos estudos que busquem desvelar as representações sociais de docência em outros níveis de ensino, envolvendo estudantes e professores de instituições públicas e privadas para compreender como o fenômeno é representado por diferentes grupos e em contextos diversos, bem como pesquisas que envolvam a representação da docência no âmbito midiático.

Page generated in 0.0654 seconds