• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 4
  • Tagged with
  • 5
  • 5
  • 4
  • 4
  • 3
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Distribuição da infecção filarial entre famílias residentes no distrito de Cavaleiro, Jaboatão dos Guararapes- PE / Distribuition of filarial infection among families residing in the District of Cavaleiro, Jaboatão dos Guararapes-PE

Gomes, Ayla Maritcha Alves Silva January 2006 (has links)
Made available in DSpace on 2012-05-07T14:43:58Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) 000050.pdf: 2583325 bytes, checksum: 8f4e5ace0c16b32d13cd9c48b293de37 (MD5) Previous issue date: 2006 / Embora alguns estudos realizados com a finalidade de identificar fatores condicionantes da infecção ou da doença filarial tenham reconhecido a importância da agregação familiar na dinâmica de transmissão dessa infecção, poucos trabalhos apresentaram como objetivo discutir a investigação familiar ou domiciliar utilizando a detecção da microfilária como um indicador da infecção e relacionando-se aos fatores sócio-econômicos e ambientais do domicílio. O presente estudo tem como objetivo verificar a distribuição em domicílios, com e sem infecção filarial, identificando se existem diferenças relacionadas a fatores sócio-econômicos e ambientais nos residentes de Cavaleiro, Jaboatão dos Guararapes-PE. Para tal selecionou-se o desenho de estudo seccional, descritivo, considerando o domicílio como a unidade de estudo. Foram utilizados dados secundários. 1.511 domicílios foram selecionados. A análise foi realizada de acordo com as variáveis selecionadas e verificou-se que havia 164 domicílios positivos indicando uma prevalência de 10,85 (por cento). Observou-se que a média de residentes nos domicílios negativos foi de 3,81 enquanto que nos domicílios positivos foi de 5,28. Quanto aos fatores sócioeconômicos, foi constatado a importância da renda e da média do número de moradores residentes. Já quanto aos fatores sócio-ambientais, verificou-se o que há resquícios de que as condições precárias de esgotamento sanitário podem ser condicionantes da infecção filarial. Sendo assim, pode-se considerar que a infecção filarial está intimamente relacionada com as condições de vida da população.
2

Efeito do tratamento em massa com dietilcarbamazina na microfilaremia, antigenemia e anticorpos antifilariais em uma área endêmica do município de Olinda - PE / The effect of mass drug administration with single doses of diethylcarbamazine in microfilaremia, antigenemia e antifilarial antibodys in a endemic area in Olinda - PE

Pereira, Jennifer Sabrina Ferreira da Silva January 2014 (has links)
Made available in DSpace on 2016-06-21T13:43:13Z (GMT). No. of bitstreams: 2 178.pdf: 1437974 bytes, checksum: 047540ba121ca5948b540d6c7496106b (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2014 / Made available in DSpace on 2016-07-05T22:17:02Z (GMT). No. of bitstreams: 3 178.pdf.txt: 94268 bytes, checksum: ed8e1d8b0ae23b6bb21a951068e65500 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) 178.pdf: 1437974 bytes, checksum: 047540ba121ca5948b540d6c7496106b (MD5) Previous issue date: 2014 / Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães. Recife, PE, Brasil / Este trabalho analisou o efeito do tratamento em massa com doses únicas anuais de Dietilcarbamazina (DEC), no período de 2007 a 2012, em indivíduos infectados por Wuchereria bancrofti, residentes em Olinda - PE. Para essa análise foram utilizadas as técnicas de filtração em membrana, na detecção da microfilaremia, o teste do cartão ICT e o Og4C3-ELISA, na detecção do antígeno circulante filarial, e o teste BM14 na avaliação dos níveis de anticorpos antifilariais. Os resultados obtidos indicam redução nas características avaliadas: após a quarta dose de DEC, a microfilaremia reduziu 100 por cento e a antigenemia pelo cartão ICT atingiu 78,1 por cento de redução após a quinta dose. A mediana do Og4C3 caiu significativamente de 7117 ua, para 1715 ua após a terceira dose, último ano que o teste foi realizado. Observou-se curva de redução também nos níveis de Bm14, com mediana da densidade ótica caindo de 2,1 para 0,1 após a quinta dose. A diminuição nas taxas das características estudadas indica que o tempo preconizado pela Organização Mundial de Saúde para a eliminação da transmissão da FL na área é suficiente para a negativação das microfilárias. Os resultados desse estudo mostram a elevada eficácia do esquema terapêutico utilizado no clareamento da microfilaremia e tratamento dos infectados, e sugerem que a utilização desse esquema na população possivelmente tenha levado a interrupção da transmissão na área. Sugere-se que haja um acompanhamento maior que cinco anos da população submetida ao tratamento para uma melhor avaliação dos níveis de anticorpos e de antigenemia filarial circulante
3

Filariose bancroftiana: a morbidade referida como indicador da parasitose em Jaboatão dos Guararapes-PE / Lymphatic filariasis: a morbidity as an indicator of infection in Jaboatao dos Guararapes-PE

Evangelista Netto, Maria José January 2008 (has links)
Made available in DSpace on 2012-05-07T14:43:57Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) 000062.pdf: 2830403 bytes, checksum: 89eae1ce6eb7f974bdf91fade797ad15 (MD5) Previous issue date: 2008 / A filariose linfática continua a ser um sério problema de saúde pública. Segundo a Organização Mundial da Saúde existem aproximadamente 16 milhões de casos de linfedema e cerca de 27 milhões de homens com manifestações urogenitais. Uma alternativa para delimitação de áreas endêmicas foi validada na África e na Índia com abordagem da morbidade filarial pelos informantes-chave. No Brasil, em base populacional, poucas informações são disponíveis acerca da morbidade filarial, encontrando-se apenas relatos isolados acerca da ocorrência de manifestações da doença. Este estudo propõe avaliar a correlação entre a prevalência da morbidade filarial referida e a ocorrência de microfilaremia, por bairro, no município de Jaboatão dos Guararapes/PE, no período de 2001/2002, utilizando-se um estudo ecológico, em duas etapas: exploratória e analítica. Estimou-se uma prevalência de 6 por cento de domicílios positivos para filariose, sendo pesquisados 6.507 residências, investigando-se 23.673 pessoas, distribuídas em três Distritos. A pesquisa de microfilária de Wuchereria bancrofti foi feita pela técnica de gota espessa, coletada entre 23H00 e 01H00. As informações das manifestações clínicas relativas à parasitose foram obtidas através de questionário aplicado pelos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate à Filariose, previamente treinados e capacitados na identificação e conhecimento da doença. Para análise de correlação foram utilizados o Coeficiente de Correlação de Pearson (r= regressão linear simples) e o teste de significância estatística correspondente. A prevalência de infecção filarial foi de 1,4 por cento e a da morbidade referida foi de 3,1 por cento, ambas ocorrendo com maior freqüência no bairro de Cavaleiro. Neste estudo observou-se uma associação positiva entre a prevalência das queixas filariais e a prevalência da microfilaremia, analisadas por bairro. A hidrocele foi a manifestação referida que se destacou, apresentando a associação mais fortemente positiva (r=0,699; p0,001), resultado, até então, evidenciado em áreas de alta endemicidade. Este achado indica que esta condição clínica tem valor preditivo positivo para o risco de filariose linfática, mesmo em áreas de baixa prevalência da parasitose.
4

Estudo da resposta imune humoral (IgG específica) para antígenos de larvas infectantes (L3) de Wuchereria bancrofti, entre portadores e não portadores de filariose bancroftiana no Município de Olinda-PE / Study of the immune humoral response (IgG specific) for antigens of larvae infectantes (L3) of Wuchereria bancrofti, between bearers and not bearers of elephantiasis filarial in the city of Olinda-PE

Miranda, Janaina Campos de January 2006 (has links)
Made available in DSpace on 2012-09-05T18:24:08Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) 276.pdf: 1326782 bytes, checksum: bae32ec1487817e0d1342725c58ded5e (MD5) Previous issue date: 2006 / A filariose linfática bancroftiana é uma doença parasitária humana de grande complexidade em sua dinâmica de infecção, necessitando ainda de maiores esclarecimentos, principalmente, em aspectos relacionados à tolerância e imunopatologia. A existência da imunidade protetora em comunidades endêmicas de filariose permanece como objeto de intenso debate e o grupo denominado endêmicos normais , tem sido alvo de interesse para elucidar muitas questões referentes à imunologia da doença. O presente trabalho tem como objetivo verificar através de um estudo do tipo caso-controle, as diferenças entre portadores e não portadores de filariose linfática bancroftiana pelo reconhecimento humoral de bandas protéicas de extrato secretório-excretório de larvas infectantes de Wuchereria bancrofti. Os quatro setores censitários de Olinda-PE, com maior prevalência de filariose, foram escolhidos como área de estudo. Consideramos grupo controle portadores da filariose bancroftiana e grupo de casos os de endêmicos normais. (...) A identificação desse grupo de proteínas respondedoras em endêmicos normais deve nortear novas pesquisas para o estudo bioquímico desses compostos e sua relação com a imunidade protetora em filariose linfática bancroftiana.
5

Avaliação da diversidade genética de uma população de Culex quinquefasciatus proveniente de área sob intervenção para controle vetorial / Genetic diversity evaluation of a Culex quinquefasciatus population from an under vector control area

Cartaxo, Marina Falcão de Souza January 2009 (has links)
Made available in DSpace on 2016-06-23T12:13:54Z (GMT). No. of bitstreams: 2 811.pdf: 3335097 bytes, checksum: 1e0ff860185019e7337aefd1db19cb05 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2009 / Made available in DSpace on 2016-07-05T22:00:08Z (GMT). No. of bitstreams: 3 811.pdf.txt: 201518 bytes, checksum: 5c6a06ebfc70a1c9165e7d65ca4a2ac9 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) 811.pdf: 3335097 bytes, checksum: 1e0ff860185019e7337aefd1db19cb05 (MD5) Previous issue date: 2009 / Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães. Recife, PE, Brasil / Devido a suas características epidemiológicas a filariose linfática é uma das doenças potencialmente erradicáveis. Por esse aspecto, a Organização Mundial de Saúde propôs em 1997 sua eliminação mundial prevista para 2020. O principal objetivo do Programa de eliminação da Filariose Linfática é reduzir o reservatório humano com microfilárias circulantes, para menos de 1 por cento, somado a redução para o índice 0.1 por cento nas crianças nascidas após o início do tratamento em massa, ambos diagnosticados pelas técnicas de gota espessa e pesquisa de antígeno circulante filarial (cartão ICT e Og4C3) resultando na interrupção da transmissão. Entre os objetivos do Plano de Controle e Eliminação da filariose linfática está à utilização da pesquisa de antígeno circulante como indicador da monitorização da eficácia do tratamento específico realizado nas comunidades endêmicas. Pesquisas demonstram resultados inconsistente nos padrões de clareamento da circulação sangüínea do antígeno da W.bancrofti após o tratamento, pois ainda não se pode assegurar a cura parasitológica e correlacionar esse fato concreto com a cronologia do desaparecimento do antígeno circulante filarial. O presente estudo comparou o efeito do tratamento seletivo com dietilcarbamazina (dose única e tradicional) e a intervenção cirúrgica sobre a microfilaremia e o marcador sorológico de infecção ativa (antigenemia), diagnosticados pelas técnicas parasitológicas da filtração (microfilaremia), utrason (vermes adultos filarias) e a pesquisa de antígeno circulante filarial (cartão ICT e Og4C3) frente aos 31 indivíduos de ambos os sexos, micro e amicrofilarêmicos, no período pré, 1, 6, 12, 96 e 120 meses. Observou-se uma correlação positiva (r=0,3118, P0,0001) crescente da densidade de MF/mL com o antígeno circulante filarial diagnosticado de forma quantitativa pela ferramenta diagnostica do Og4C3. O tratamento que observamos um menor número de indivíduos positivos foi através da medicação dietilcarbamazinna dose tradicional seguido de cirurgia e dose única. No presente estudo observamos que o tempo eleito pela OMS de 48 a 82 meses é insuficiente para assegurar a cura da infecção, visto quem em 96 meses ainda encontra-se vestígios de antígeno circulante. Sugere-se que exames paralelos sejam realizados para confirmar e assegurar a cura do indivíduo

Page generated in 0.0655 seconds