• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 34
  • Tagged with
  • 35
  • 35
  • 27
  • 22
  • 17
  • 15
  • 13
  • 13
  • 9
  • 9
  • 8
  • 6
  • 6
  • 5
  • 5
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Efeitos da aplicação de biossólido e resíduos de poda na revegetação de área de empréstimo no Distrito Federal

Fraga, Leonardo Pereira 28 April 2016 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Ecologia, Programa de Pós-Graduação em Ecologia, 2016. / Submitted by Fernanda Percia França (fernandafranca@bce.unb.br) on 2016-07-13T11:47:24Z No. of bitstreams: 1 2016_LeonardoPereiraFraga.pdf: 2734090 bytes, checksum: b13febc849ae5e3c5710099b136807f4 (MD5) / Approved for entry into archive by Marília Freitas(marilia@bce.unb.br) on 2016-07-26T11:03:37Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2016_LeonardoPereiraFraga.pdf: 2734090 bytes, checksum: b13febc849ae5e3c5710099b136807f4 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-07-26T11:03:37Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2016_LeonardoPereiraFraga.pdf: 2734090 bytes, checksum: b13febc849ae5e3c5710099b136807f4 (MD5) / Ações de recuperação de comunidades vegetais, em áreas mineradas, podem contribuir para a conservação de espécies. Áreas de empréstimo são áreas mineradas, geralmente localizadas no ambiente urbano e periurbano, caracterizadas pela remoção total da cobertura vegetal para retirada do subsolo. Nas áreas urbanas, também há a questão da destinação adequada dos resíduos sólidos urbanos. O processo de tratamento de esgotos sanitários gera um subproduto conhecido como lodo de esgoto ou biossólido. A poda de árvores nos centros urbanos também gera grandes volumes de resíduos sólidos. O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos do uso do biossólido e dos resíduos de poda na recuperação de área de empréstimo, no Distrito Federal. Foram avaliados: (i) os efeitos de diferentes dosagens de lodo e de resíduos de poda, e sua combinação, na sobrevivência e crescimento inicial de mudas de espécies arbóreas de dez espécies nativas do Cerrado; (ii) o estabelecimento de gramíneas exóticas invasoras e outras espécies espontâneas nas parcelas experimentais; e (iii) as condições de fertilidade e de reestruturação do solo em recuperação. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com oito tratamentos e um grupo controle, e três réplicas de cada tratamento, totalizando 27 parcelas experimentais. Foram testados os efeitos de três níveis (doses) dos dois fatores (Lodo - L e Poda - P): L0P0; L0P1 (122,5 Mg.ha-1 de poda); L0P2 (245 Mg.ha-1 de poda); L1P0 (270 m3.ha-1 de lodo); L1P1; L1P2; L2P0 (1.080 m3.ha-1 de lodo); L2P1; e L2P2. Em cada parcela experimental foram plantadas aleatoriamente 60 mudas de espécies arbóreas (6 indivíduos por espécie). As espécies de formações florestais do Cerrado Anadenanthera colubrina, Copaifera langsdorffii, Handroanthus impetiginosus, Peltophorum dubium, Schinus terebinthifolius e Senegalia polyphylla apresentaram alto percentual de sobrevivência e elevadas taxas de crescimento inicial nos tratamentos constituídos por dosagens combinadas dos resíduos e/ou constituídos somente por dosagens de lodo. As espécies de formações savânicas apresentaram as menores taxas de crescimento relativo em altura (Alibertia edulis e Alibertia sessilis) e em diâmetro (Tabebuia aurea) em todos os tratamentos testados. Plantas de T. aurea apresentaram o menor percentual de sobrevivência do experimento (tratamento L2P2). As condições edáficas nos tratamentos testados apresentaram melhorias nos parâmetros de fertilidade principalmente com dosagens de lodo. A colonização das parcelas experimentais por espécies espontâneas indicou necessidade de previsão de métodos de controle semelhantes aos praticados em projetos de restauração de forma geral. A recuperação de área de empréstimo, localizada em ambiente urbano, com utilização de lodo e poda e plantio de mudas de espécies arbóreas, apresentou bons resultados quanto à recomposição da cobertura vegetal. _______________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Actions for plants communities recovery, in mining areas, might contribute to species conservation. Lending areas are mined areas, generally located in urban or periurban environment, characterized by the complete removal of the vegetation for subsoil withdrawal. In urban areas there is also the matter of adequate destination of urban solid residues. The process of sewage treatment generates a byproduct known as sewage sludge or biosolid. The pruning of trees in urban centers also generates massive volumes of solid residues. The objective of this work was to assess the effects of biosolids and pruning residues on the recovering of lending areas in Distrito Federal, Brazil. There were evaluated: (i) the effects of different quantities of sewage sludge and pruning residues, and their combination, on the survival and initial growth of saplings of 10 native arboreal species of cerrado; (ii) the settlement of exotic invasive grasses and other spontaneous species in the experimental allotments; e (iii) the fertility and restructuring conditions of the recovering soil. The experimental design occurred in random blocks with eight treatments and a control group, and three replicates per treatment, resulting in 27 experimental allotments. There were tested the effects of three levels (dosages) of each factor (sludge - L and pruning - P): L0P0; L0P1 (122,5 mg.ha-1 of pruning); L0P2 (245 mg.ha-1 of pruning); L1P0 (270 m3.ha-1 of sludge); L1P1; L1P2; L2P0 (1.080 m3.ha-1 of sludge); L2P1; L2P2. In each experimental allotment 60 saplings of each arboreal species were planted (six individuals per species). The species Anadenanthera colubrina, Copaifera langsdorffii, Handroanthus impetiginosus, Peltophorum dubium, Schinus terebinthifolius and Senegalia polyphylla, of Cerrado’s forest formations, displayed high survival percentage and high rates of initial growth in the treatments of combined dosages of both residues and/or those of sludge only. The species of savanna formations displayed smaller relative growth rates of height (Alibertia edulis and Alibertia sessilis) and diameter (Tabebuia aurea) in all tested treatments. Plants of T. aurea displayed the smaller percentage of survival of the experiment (treatment L2P2). The edaphic conditions in the tested treatments displayed improvement in the fertility parameters mainly with sludge dosages. The settlement of experimental allotments by spontaneous species indicated the need of prediction of control methods similar to those of general restauration projects. The recovery of lending area in urban environment using sewage sludge and pruning, and planting saplings of arboreal species displayed good results for the restoration of the plant cover.
2

Análise e valorização bioinspirada dos metabólitos secundários responsáveis pela durabilidade natural de madeiras exploradas na Guiana Francesa

Rodrigues, Alice Maria de Souza 07 1900 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade das Antilhas e da Guiana, Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências Médicas, Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas, 2010. / Submitted by Fernanda Percia França (fernandafranca@bce.unb.br) on 2016-02-12T13:26:03Z No. of bitstreams: 1 2010_AliceMariadeSouza.pdf: 5442511 bytes, checksum: 9c73744f27cc73f307a7338228c47e2a (MD5) / Approved for entry into archive by Patrícia Nunes da Silva(patricia@bce.unb.br) on 2016-02-12T14:46:20Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2010_AliceMariadeSouza.pdf: 5442511 bytes, checksum: 9c73744f27cc73f307a7338228c47e2a (MD5) / Made available in DSpace on 2016-02-12T14:46:20Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2010_AliceMariadeSouza.pdf: 5442511 bytes, checksum: 9c73744f27cc73f307a7338228c47e2a (MD5) / A exploração madeireira na Guiana Francesa concentra-se sobre algumas espécies tropicais nativas, conhecidas por sua grande durabilidade natural, podendo colocar em risco dentro de alguns anos a ocorrência dessas espécies. Durabilidade natural é a resistência intrínseca de cada espécie à biodegradação, devido a presença de compostos extraíveis, não ligados ao tecido lignocelulósico. A partir desse contexto, dezenove espécies capazes de produzir madeira de grande resistência à biodegradação foram extraídas e os extratos foram testados sobre fungos lignívoros e cupins. A partir dos resultados obtidos nestes ensaios preliminares, oito extratos provenientes de oito espécies diferentes foram avaliados quanto à capacidade de proteção de madeiras não resistentes expostas à fatores de risco (fungos de podridão ou cupins). Os extratos das espécies Bagassa guianensis, Tabebuia serratifolia, Qualea rosea e Sextonia rubra mostraram o melhor potencial contra a degradação fúngica e ainda, para a última espécie, contra degradação por cupins. O fracionamento do extrato acetato de etila da madeira de S. rubra nos permitiu identificar as substâncias ativas rubrenolídeo e rubrinolídeo, responsáveis pelas atividades antifúngica e termiticida, respectivamente, deste extrato. Da mesma forma, à partir do fracionamento do extrato acetato de etila da madeira de A. surinamensis foi possível identificar as substâncias sativane, maackiaína, medicarpina, biochanina A, bolusantina IV, dihidroformononetina e liquiritigenina, as cinco primeiras substâncias mostraram atividade antifúngica, principalmente contra as leveduras Candida albicans, C. glabrata e C. parapsilosis. ______________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Commercial forest in French Guiana focuses on few local species known for their high natural durability, therefore endangering exploited populations renewal. Natural durability is the intrinsic wood resistance to biodegradation; it is linked, among others, to the presence of extractible compounds that are not linked to the lignocelluloses matrix. In this context, nineteen species capable of producing a biodegradation resistant wood have been extracted and the fungicide and termicide activities of these extracts have been evaluated. These preliminary results motivated the choice of eight extracts obtained from eight different species. The capability of these extracts for protecting non-durable woods was evaluated for woods exposed to risk factors (fungi and termites). Extracts from Bagassa guianensis, Tabebuia serratifolia, Qualea rosea and Sextonia rubra were the most efficient against fungal degradation, and the last cited was also active against termites. Fractionation of S. rubra wood extract allowed us to identify two active compounds, rubrenolide and rubrynolide, each being responsible for the antifungal and the termicide activity of the extract, respectively. In the same way, it was possible to identify sativane, maackiain, medicarpin, biochanin A, bolusantin IV, dihydroformononetin and liquiritigenin from Andira surinamensis wood ethyl acetate extract. The first five compounds presented promising antifungal activities, especially against yeasts Candida albicans, C. glabrata and C. parapsilosis.
3

Necessidade de treonina, metionina+cistina e lisina digestível para juvenis de tambaqui (colossoma macropomum)

GONCALVES JUNIOR, L. P. 04 February 2015 (has links)
Made available in DSpace on 2018-08-01T22:56:50Z (GMT). No. of bitstreams: 1 tese_7260_Lucas Pedro Gonçalves.pdf: 1303956 bytes, checksum: 01b03602f20f8c52a2e5cd150e4dc70a (MD5) Previous issue date: 2015-02-04 / Objetivando-se determinar as necessidades nutricionais de lisina, treonina e metionina+cistina digestível para juvenis de tambaqui (Colossoma macropomum). Foram realizados três experimentos no Laboratório de Nutrição e Produção de Espécies Ornamentais, Setor de Aquicultura do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo Campus de Alegre. Todos experimentos foram realizados utilizando-se delineamento inteiramente ao acaso (DIC). Os tratamentos corresponderam aos níveis de aminoácido digestível (Treonina= 0,70; 0,77; 0,84; 0,91; 0,98%; Metionina+cistina= 0,66; 0,73; 0,80; 0,87; 0,94%; Lisina=1,15; 1,45; 1,75; 2,05%). As dietas basais foram isoproteicas (25% de proteína bruta) e isocalóricas (3200 Kcal.Kg-1). As unidades experimentais foram compostas por oito juvenis de tambaqui em caixas de volume útil de 40L em sistema de recirculação de água, equipado por filtragem biológica e aquecimento por aquecedores com termostato. O desempenho produtivo foi avaliado pelo ganho de peso (GP), conversão alimentar aparente (CAA), taxa de eficiência proteica (TEP), taxa de crescimento específico (TCE), índice hepatossomático (IHS) e o índice de gordura visceral (IGV). Os resultados obtidos foram submetidos à análise de variância e análise de regressão. Foi observado efeito quadrático (P<0,05) dos níveis de treonina digestível na taxa de crescimento específica e a conversão alimentar aparente. Os níveis de treonina também influenciaram a taxa de eficiência proteica (P=0,057) e taxa de eficiência de treonina (P=0,053). Os níveis de metionina+cistina digestível não influenciaram (P<0,05) o índice hepatossomático, índice de gordura visceral e o consumo de ração. O ganho de peso e a taxa de eficiência proteica apresentaram aumento (P<0,05) linear crescente em função do aumento dos níveis de metionina+cistina digestível. Os níveis de lisina digestível não influenciaram (P<0,05) o índice hepatossomático, índice de gordura visceral, o ganho de peso e o consumo de ração. O comprimento total e taxa de eficiência proteica apresentaram comportamento linear crescente (P<0,05) em função dos níveis de lisina digestível. Com base nos resultados obtidos pode-se concluir que os níveis de 0,98%, 0,94% e 2,05% de treonina, metionina+cistina e lisina digestíveis respectivamente atendem a nessecidade para juvenis de tambaqui.
4

Drosophilidae (insecta, diptera) do cerrado : relações faunísticas, distribuição geográfica e vulnerabilidade das espécies

Chaves, Natália Barbi 12 1900 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Ecologia, Programa de Pós-Graduação em Ecologia, 2007. / Submitted by Natália Cristina Ramos dos Santos (nataliaguilera3@hotmail.com) on 2009-10-13T12:59:28Z No. of bitstreams: 1 Dissert_Natalia Barbi_parcial.pdf: 619300 bytes, checksum: 83355924da40ca7de5fb48998c05aadb (MD5) / Approved for entry into archive by Marília Freitas(marilia@bce.unb.br) on 2010-01-18T17:24:23Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Dissert_Natalia Barbi_parcial.pdf: 619300 bytes, checksum: 83355924da40ca7de5fb48998c05aadb (MD5) / Made available in DSpace on 2010-01-18T17:24:23Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dissert_Natalia Barbi_parcial.pdf: 619300 bytes, checksum: 83355924da40ca7de5fb48998c05aadb (MD5) Previous issue date: 2007-12 / Os insetos da família Drosophilidae (Insecta, Diptera) são excelentes modelos biológicos, intensivamente estudados em diversas disciplinas. O estudo dessas moscas no Brasil teve início no século XIX, e sofreu um grande impulso a partir da década de 1940. Apesar disso, ainda existe uma grande lacuna quanto a Ecologia desses animais. O Cerrado é o segundo maior domínio da América do Sul, uma das savanas mais ricas do mundo e detentor de grande heterogeneidade natural. Os estudos acerca dos drosofilídeos nesse domínio foram esparsos até o final da década de 1990, quando houve intensificação das pesquisas. Assim, o objetivo deste trabalho foi analisar a distribuição geográfica dos drosofilídeos nos diferentes domínios morfoclimáticos brasileiros, verificar a similaridade entre eles e avaliar as lacunas de conhecimento, com ênfase para o domínio do Cerrado. Adicionalmente, estimar um índice de vulnerabilidade (Iv) para as espécies neotropicais presentes no domínio. Para tal, foi organizado um banco de dados com base em artigos científicos publicados do início do século XX ao ano de 2007, que contém os locais de coleta georreferenciados, o domínio de ocorrência e a referência do dado e, para o Cerrado, a fitofisionomia onde a espécie foi coletada. As 292 espécies de drosofilídeos registradas distribuem-se em 17 gêneros O domínio com a maior riqueza foi a Mata Atlântica, com 236 espécies, distribuídas em 14 gêneros. A maior similaridade de fauna ocorre entre o Cerrado, a Mata Atlântica e o domínio das Araucárias. Os 257 pontos de coleta encontram-se desigualmente distribuídos, concentrados na Mata Atlântica (44,7%), e no estado de São Paulo (19,8%). No Cerrado, foram registradas oito gêneros, com 91 espécies neotropicais (nenhuma endêmica) e 10 espécies exóticas. As coletas estão concentradas principalmente nos Estados de Goiás (incluindo Distrito Federal) e Minas Gerais, sendo que a Serra do Cipó é o local com maior riqueza desses insetos no domínio. Dentre as 78 espécies neotropicais que tiveram sua vulnerabilidade avaliada, 39 (50%) são consideradas muito vulneráveis por apresentarem distribuição restrita e estarem presentes em um ou poucos tipos de fitofisionomias. Por outro lado, sete espécies foram classificadas como não vulneráveis, estando amplamente distribuídas pelo domínio e possuindo capacidade de habitar diversos tipos de fitofisionomias. A ausência de endemismos para o Cerrado deve ser ponderada com cuidado, pois extensas áreas do domínio foram pouco amostradas para drosofilídeos e a maior parte dos estudos utilizaram apenas iscas de banana para coletar as moscas. A distribuição espacial de drosofilídeos reforça a necessidade de preservação da heterogeneidade do Cerrado. Com o aumento nos esforços de coleta, realização inventariados em áreas prioritárias, exploração de diferentes sítios de oviposição e o investimento no esforço de identificação, a lista de espécies deverá aumentar significativamente. ________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The insects of the family Drosophilidae (Insecta, Diptera) are excellent biological models, and they were intensively studied in several disciplines. The study of these flies in Brazil began in the 19th century, and had a great advance from 1940’s. Nevertheless, there is still a big gap on the ecology of these animals. The Cerrado (Brazilian savanna) is the second largest domain in South America, one of the richest savannas of the world and has a great natural diversity. Studies on the rosophilids of this domain were sparse until the end of the 1990’s, when there was an intensification of research. Thus, the purposes of this study were to analyze the geographic distribution of drosophilids in the Brazilian morphoclimatic domains, to verify the similarity among them, and to assess the gaps of knowledge, with emphasis on the Cerrado domain. Additionally, it was estimated an index of vulnerability (Iv) for the neotropical species recorded in the domain. For that, it was organized a database with information available in scientific papers published from the early 20th century to 2007, which contains the locations of collections with geographical coordinates, the domain of occurrence and, for the Cerrado domain, the phytophisiognomy where the species were collected. The 292 species of drosophilids registered are distributed in 17 genera. The domain with the greatest richness was the Atlantic Forest, with 236 species registered, distributed in 14 genera. The greatest fauna similarity occurred among the Cerrado, the Atlantic Forest and the Araucária domain. The 257 collection sites are unevenly distributed, concentrated in the Atlantic Forest (44.7%), and in the State of São Paulo (19.8%). In Cerrado, eight genera were recorded, with 91 neotropical (none endemic) and 10 exotic species. The collections are concentrated primarily in the States of Goiás (including the Federal District) and Minas Gerais, and the Serra do Cipó is the site with the greatest richness of insects in this domain. Among the 78 neotropical species that have their vulnerability assessed, 39 (50%) are considered highly vulnerable because they have narrow distribution and occur in only one or a few types of vegetation. Moreover, seven species were classified as ‘not vulnerable’, because they are widespread in the domain and they have the ability to live in different types of phytophisiognomies. The absence of endemic species for the Cerrado should be considered with caution, because extensive areas of the domain were not appropriately sampled for drosophilids and the majority of researches used only banana baited traps to collect flies. The spatial distribution of drosophilids reinforces the need to preserve the spatial heterogeneity of Cerrado. With the increase in the collection and identification efforts, focusing priority areas and studying breeding sites, the list of species should increase significantly.
5

Biometria, germinação e qualidade fisiológica de sementes de Tabebuia chrysotricha (Mart. ex A. Dc.) Standl. provenirntes de diferentes matrizes

Santos, Fabiana Silva dos [UNESP] 31 July 2007 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:28:27Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2007-07-31Bitstream added on 2014-06-13T19:16:22Z : No. of bitstreams: 1 santos_fs_me_jabo.pdf: 125709 bytes, checksum: d2922a5e67c621ae05abfb500d61baac (MD5) / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) / Tabebuia chrysotricha é uma planta arbórea com grande valor ornamental e potencial para uso em trabalhos de restauração de áreas degradadas. Este trabalho teve por objetivo verificar a variação quanto a caracteres biométricos de sementes, quanto ao processo germinativo e qualidade fisiológica de sementes provenientes de diferentes matrizes. Foram determinados o tamanho (comprimento, largura e espessura) e massa de matéria fresca de sementes, em oito repetições de 50 unidades. As avaliações de tamanho foram realizadas com auxílio de um paquímetro digital e a massa em balança analítica. O teste de germinação foi conduzido sob temperatura 25°C, usando-se como substrato duas folhas de papel. Avaliou-se a porcentagem de germinação, porcentagem de plântulas normais, índice de velocidade de germinação, valor pico, média diária de germinação, valor germinativo, comprimento de plântulas, massa seca de plântulas e porcentagem de sementes poliembriônicas, utilizando-se oito repetições de 25 sementes por tratamento. A condutividade elétrica foi avaliada em diferentes períodos de embebição (4, 6, 12, 24, 48, 72, 96 e 120 horas) a 25°C, utilizando oito repetições de 25 sementes. As sementes foram envelhecidas durante 72 horas a 45°C, utilizando-se quatro repetições de 25 sementes. O delineamento estatístico foi o inteiramente casualizado e as médias foram comparadas pelo teste de Scott-Knott a 1 % de probabilidade. Concluiu-se que as sementes apresentam ampla variabilidade nas características biométricas, suas matrizes possuem diferenças na capacidade germinativa e vigor, o teste de envelhecimento acelerado, conduzido a 45°C por 72 horas foi eficiente , o teste de condutividade elétrica conseguiu separar os lotes de melhor e os de pior qualidade, podendo ser conduzido com 24h de embebição. / Tabebuia chrysotricha is an arboreal plant of great ornamental value and huge potential use for degraded areas. The present work had the objective of verify the variability of seeds biometric traits, of germination process and physiological quality of seeds proceeding from different mother trees. The size (Iength, width and thickness) and fresh mass matter of the seeds were determined, in eight repetitions of fifty units. The evaluations of size were done with the help of a digital measuring calliper instrument and fresh mass with an analytical scale. The germination test was conducted at 25°C, using as subtract two germitest paper sheets. In the present work the percentage of germination, percentage of normal seedlings, speed germination index, peak value, daily germination average, germination value, seedling length, dry mass and percentage of poli-embryonic seeds were evaluated, using eight repetitions of twentyfive seeds. Electrical conductivity was evaluated at different imbibition times (4, 6, 12, 24, 48, 72, 96 and 120 hours) at 25°C, using eight repetitions of twenty-five seeds. The seeds were submitted to accelerated aging test for 72 hours at 45°C, using four repetitions of twenty-five seeds. The statistical design was completely randomized and means were compared by Scott-Knott test (p<0,01). Results demonstrated that Tabebuia chrysotricha seeds present large variability in biometric traits; mother trees presented different germination capacities and vigour; the accelerated aging test conducted at 45°C for 72 hours is efficient to evaluated the physiological quality of seeds; the electrical conductivity test was promising, can be conducted during 24 h of soaking.
6

Potencial do Pupinus albescens Hook. & Arn. para recuperação de solos arenizados do bioma pampa

Rovedder, Ana Paula Moreira 28 February 2007 (has links)
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / As the productive processes move forward on the sandy soils of the Southwest region of Rio Grande do Sul, the arenização has been assuming relevance as factor of soil and regional ecosystem degradation. Contention measures should be established to avoid the progress of the arenização focuses and to recover the areas already damaged. Among these strategies, the revegetation with native species of Bioma Pampa can be seen as alternative ecological and economically viable, at the same time in that it values the local biodiversity. After having established the revegetation, the obtained results should be monitored. In the present study, Lupinus albescens Hook & Arn., specie of native legume of the Southwest region, had its potential as recovering species of degraded soils tested. The potential of biomass production and the macronutrientes accumulation in the biomass of the aerial part was evaluated and tests were done for characterization of the bacterial fixing of nitrogen, symbiotic to the Lupinus albescens. As recommendation for sowing were tested spacings of 17, 34 and 51 cm between rows and 4, 8, 12, 16 and 20 plants for lineal meter. The soil fauna was used as bioindicador to evaluate possible improvements in the soil environment with the use of this specie. Their population characteristics were compared (abundance, richness, diversity and equitability of Shannon index) among revegetation area with Lupinus albescens 3 years ago (T3), revegetation with Lupinus albescens 1 year ago (T1), area of natural occurrence of Lupinus albescens (TN), native grass field (CN) and degraded soil (SA). With the same objective, the content of carbon, macronutrients and aluminum was evaluated in the depths from 0 to 5 and 5 to 10 cm in these same treatments, more native grassfield without grazing 3 years ago (CN3). The results showed efficiency in the production of biomass and macronutrientes accumulation in the aerial part of Lupinus albescens. In relation to the bacterium symbiotic it was observed fast colonization and production of organic acids. It was not possible to establish a combination among spacing between rows and number of plants for more appropriate lineal meter to the cultivation of the Lupinus albescens due to the high genetic variability of the specie. The isolated analysis of the row spacing showed that the spacing of 17 cm among rows was more efficient for production of dry mass and macronutrients accumulation in the vegetable tissue. For seeds production, the spacings of 34 and 51 cm among rows were more efficient. The number and weight of nodules of nitrogen fixing were not influenced by row spacing. In relation to the comparative study with recovery indicators was observed that the soil fauna responds more quickly to the revegetation that the soil chemical characteristics. The treatments with vegetation (T3, T1, TN, CN) presented larger abundance values comparatively to the degraded soil (SA). SÁ presented larger diversity index due to the largest equitability among groups. It was noticed the tendency of dominancy of determined groups. In the treatments with vegetation Hymenoptera and Collembola prevailed. In SA, Hymenoptera and Coleoptera prevailed. In relation to the macronutrients contents and carbon in the soil, it was also observed larger values in the vegetated treatments when in comparison with the degraded soil. The treatment T1 presented residual effect of the nitrogen application. The treatment TN stood out in potassium content, calcium and magnesium. The treatment SA presented the smallest averages for macronutrients and soil carbon, showing higher medium for aluminum content. This analysis was efficient to characterize the effect of the vegetable covering and the degradation, demonstrating the difficulty of recovery of this compartment in the sandy soils of the region. The factors textural class, presence or absence of vegetable covering, period of time with vegetable covering and its management kind were the most decisive for the chemical characteristics evaluated. The revegetation with Lupinus albescens as strategy of recovery of sandy soils is viable due to its potential for production of dry mass and nutrient cycling. However, due to the low resilience of the local ecosystem, their results, mainly in relation to increment in carbon and macronutrients of the soil are felt slowly. / À medida que os processos produtivos avançam sobre os solos arenosos da região sudoeste do Rio Grande do Sul, a arenização tem assumido relevância como fator de degradação do solo e do ecossistema regional. Medidas de contenção devem ser estabelecidas para evitar o avanço dos focos de arenização e para recuperar as áreas já arenizadas. Entre estas estratégias, a revegetação com espécies nativas do Bioma Pampa pode ser vista como alternativa ecológica e economicamente viável, ao mesmo tempo em que valoriza a biodiversidade local. Depois de estabelecida a revegetação, deve-se monitorar os resultados obtidos. No presente estudo, o Lupinus albescens Hook. & Arn., espécie de fabácea nativa da região sudoeste teve seu potencial como espécie recuperadora de solos arenizados testado. Avaliou-se o potencial para produção de biomassa, para o acúmulo de macronutrientes na biomassa da parte aérea e realizaram-se testes para caracterização da estirpe bacteriana fixadora de nitrogênio, simbionte ao Lupinus albescens. Como recomendação para semeadura testou-se espaçamentos de 17, 34 e 51 cm entre linhas e 4, 8,12, 16 e 20 plantas por metro linear. A fauna edáfica foi utilizada como bioindicador para avaliar possíveis melhorias no ambiente edáfico com o uso da espécie. Foram comparadas suas características populacionais (abundância, riqueza, índice de diversidade e de eqüitabilidade de Shannon) entre área de revegetação com Lupinus albescens há 3 anos (T3), revegetação com Lupinus albescens há 1 ano (T1), área de ocorrência natural de Lupinus albescens (TN), campo nativo (CN) e solo arenizado (SA). Com o mesmo objetivo avaliou-se o conteúdo de carbono, de macronutrientes e de alumínio nas profundidades de 0 a 5 e 5 a 10 cm nestes mesmos tratamentos, mais campo nativo não pastejado há 3 anos (CN3). Os resultados mostraram eficiência na produção de biomassa e acúmulo de macronutrientes na parte aérea de Lupinus albescens. Em relação à bactéria simbionte observou-se rápida colonização e produção de ácidos orgânicos. Não foi possível estabelecer uma combinação entre espaçamento entre linhas e número de plantas por metro linear mais adequado ao cultivo do Lupinus albescens devido à alta variabilidade genética da espécie. A análise isolada do espaçamento entre linhas mostrou que o espaçamento de 17 cm entre linhas foi mais eficiente para produção de massa seca e acúmulo de macronutrientes no tecido vegetal. Para produção de sementes, os espaçamentos de 34 e 51 cm entre linhas foram mais eficientes. Já o número e peso de nódulos de Fixação Biológica do Nitrogênio não foram influenciados pelo espaçamento entre linhas. Em relação ao estudo comparativo com indicadores de recuperação observou-se que a fauna edáfica responde mais rapidamente à revegetação que as características químicas do solo. Os tratamentos com vegetação (T3, T1, TN, CN) apresentaram maiores valores de abundância comparativamente ao solo arenizado (SA). SA apresentou maior índice de diversidade devido à maior equitabilidade entre grupos. Notou-se a tendência de dominância de determinados grupos. Nos tratamentos com vegetação predominaram Hymenoptera e Collembola. No SA, predominaram Hymenoptera e Coleoptera. Em relação aos conteúdos de macronutrientes e carbono no solo, também se observou maiores valores nos tratamentos vegetados quando em comparação ao solo arenizado. O tratamento T1 apresentou efeito residual da adubação nitrogenada. O tratamento TN destacou-se em conteúdo de potássio, cálcio e magnésio. O tratamento SA apresentou as menores médias para macronutrientes e carbono do solo, apresentando maior média para conteúdo de alumínio. Esta análise foi eficiente para caracterizar o efeito da cobertura vegetal e da arenização, demonstrando a dificuldade de recuperação deste compartimento nos solos arenosos da região. Os fatores classe textural, presença ou ausência de cobertura vegetal, período de tempo com cobertura vegetal e tipo de manejo desta foram os mais decisivos para as características químicas avaliadas. A revegetação com Lupinus albescens como estratégia de recuperação de solos arenosos é viável por seu potencial para produção de massa seca e ciclagem de nutrientes. Contudo, devido à baixa resiliência do ecossistema local, seus resultados, principalmente em relação a incremento em carbono e macronutrientes do solo são sentidos lentamente.
7

Plantio de espécies nativas e uso de poleiros artificiais na restauração de uma área pertubada de cerrado sentido restrito em ambiente urbano no Distrito Federal, Brasil

Oliveira, Fabiola Ferreira 04 1900 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Ecologia, Programa de Pós-Graduação em Ecologia, 2006. / Submitted by leandro spinola (l.spinolafla@gmail.com) on 2009-11-21T00:43:06Z No. of bitstreams: 1 Dissertacao_Fabiola_Ferreira_Oliveira.pdf: 3607830 bytes, checksum: 9c502de762bccf7e78454baa60827c26 (MD5) / Approved for entry into archive by Carolina Campos(carolinacamposmaia@gmail.com) on 2009-11-24T19:39:13Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Dissertacao_Fabiola_Ferreira_Oliveira.pdf: 3607830 bytes, checksum: 9c502de762bccf7e78454baa60827c26 (MD5) / Made available in DSpace on 2009-11-24T19:39:13Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dissertacao_Fabiola_Ferreira_Oliveira.pdf: 3607830 bytes, checksum: 9c502de762bccf7e78454baa60827c26 (MD5) Previous issue date: 2006-04 / O bioma Cerrado está sujeito a altas taxas de desmatamento e de conversão do uso da terra, sendo a urbanização, um dos processos que contribui para a modificação desta paisagem, pois reduz consideravelmente a vegetação nativa e impossibilita que processos naturais dos ecossistemas ocorram efetivamente. O objetivo geral do presente estudo foi avaliar um plantio de espécies nativas e a instalação de poleiros artificiais na restauração de uma área perturbada de Cerrado sentido restrito na zona urbana do Distrito Federal, Brasil. O primeiro capítulo desta dissertação refere-se à avaliação de um plantio de espécies nativas na restauração de uma área perturbada de 75 x 90 m (6.750 m2), situada dentro dos limites do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), a qual era originalmente coberta por Cerrado sentido restrito, mas que atualmente é dominada por Brachiaria sp. Antecipadamente ao plantio, foi realizada a remoção das braquiárias (mantendo-se plantas e plântulas nativas que estavam rebrotando ou regenerando naturalmente), visando diminuir a competição com as mudas as quais seriam plantadas e ainda, revolveu-se superficialmente o solo para minimizar sua possível compactação. Para o plantio, realizado em novembro de 2004, foram selecionadas 19 espécies nativas do bioma, dentre as quais nove ocorrem em ambientes savânicos (Astronium fraxinifolium, Bowdichia virgilioides, Caryocar brasiliense, Dipteryx alata, Eugenia dysenterica, Hancornia speciosa, Hymenaea stigonocarpa, Solanun lycocarpum e Tabebuia caraiba) e dez, em ambientes florestais (Anadenanthera colubrina, Anadenanthera peregrina, Copaifera langsdorffii, Genipa americana, Hymenaea courbaril, Inga cylindrica, Myracrodruon urundeuva, Myroxylum peruiferum, Ormosia stipularis e Tibouchina stenocarpa). Um total de 886 indivíduos foi plantado (cerca de 46 por espécie), todos a partir de mudas (com idades entre 5 e 10 meses), exceto indivíduos de S. lycocarpum que foram semeados. A disposição dos indivíduos (unidades amostrais) na área foi segundo o modelo de anéis hexagonais para 19 espécies, com espaçamento 3 x 3 m. Ao solo de cada cova vii adicionaram-se 0,1 Kg de calcário, 1 Kg de esterco e 0,15 Kg de adubo químico (NPK 4-14- 8). Metade do total de indivíduos de cada espécie foi coroado. Todos os indivíduos foram mensurados mensalmente até novembro de 2005 e, para todas as espécies, avaliaram-se a sobrevivência e o crescimento (em altura e em diâmetro). Essas variáveis foram testadas para cada espécie e comparadas entre os grupos de ambiente, além de serem examinadas quanto à sazonalidade e ao coroamento. Para a maioria das espécies, a sobrevivência foi superior a 80%, sendo que C. langsdorffii, G. americana, H. courbaril e M. peruiferum apresentaram valores de 100%. De modo geral, as espécies florestais exibiram maior crescimento que as savânicas. Embora o coroamento tenha mostrado pouco efeito na sobrevivência e no crescimento dos indivíduos, o que pode estar relacionado à retirada das braquiárias previamente existentes no local; diferenças significativas foram observadas entre as estações chuvosa e seca, sendo que somente B. virgilioides cresceu significativamente mais na seca. Esses resultados supostamente refletem diferentes estratégias de alocação de biomassa para crescimento das espécies separadamente e por grupo de ambiente em resposta à sazonalidade. A utilização de plantio consorciado de espécies florestais e savânicas mostrou-se promissora para a restauração dessa área. No segundo capítulo, avaliou-se o efeito da utilização de poleiros artificiais e de plantio de espécies nativas no aumento da riqueza de espécies e da densidade de plântulas estabelecidas espontaneamente no local. Vinte unidades amostrais circulares de 1 m de raio foram alocadas, em uma área experimental em que haviam sido plantadas 886 mudas pertencentes a 19 espécies nativas do Cerrado (área utilizada para estudo do Capítulo 1), a partir de um sorteio para obter a coordenada de cada unidade, que considerou um valor entre zero e a medida total da largura da área e outro entre zero e a medida total do comprimento do mesmo local. Outras 20 unidades foram implantadas em uma área perturbada de Cerrado sentido restrito adjacente à área plantada com espécies nativas (denominada área sem plantio). Em ambas as áreas, foram sorteadas dez dentre as 20 viii unidades amostrais e, em cada uma destas foi instalado um poleiro de madeira com altura de 3 m. Doze meses após a implantação dos experimentos no campo, avaliou-se em cada unidade amostral circular, o efeito do plantio no estabelecimento de todas as plântulas. Além disso, foi avaliado o possível efeito do plantio e dos poleiros artificiais no estabelecimento de plântulas oriundas de sementes dispersas por aves. Estas plântulas foram contadas e identificadas. No total foram registradas 17 espécies e uma média de 27,2 plântulas.m-². A maioria das espécies, em ambas as áreas, foi de herbáceas autocóricas de caráter ruderal. Apenas quatro espécies eram arbóreas, sendo Byrsonima crassifolia e Miconia sp., relativamente freqüentes. A instalação de poleiros e o plantio tiveram efeito significativo no número de espécies e de indivíduos de plântulas ornitocóricas estabelecidas, ainda que a densidade fosse relativamente baixa. Desta forma, conclui-se que o plantio de mudas nativas e o uso de poleiros artificiais contribuem na aceleração da restauração de áreas perturbadas de Cerrado sentido restrito, podendo ser aplicadas em condições semelhantes às deste estudo. Contudo, a realização de estudos em maiores períodos de tempo poderiam melhor avaliar estes efeitos nos processos de dispersão e de estabelecimento. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT / The Cerrado region currently is subject to fast deforestation and to high rates of land use change. Increasing urbanization contributes to losses of the natural landscape, considerably reducing native vegetation and diversity, and thus impeding natural processes in remaining fragments. The objective of this study was to evaluate the effect of a planting of native species and of bird perching structures for the restoration of a perturbed area of Cerrado sensu stricto in the urban area of the Federal District, Brazil. The first chapter of this Master dissertation evaluates a planting of native species from Cerrado for the restoration of a 75 x 90 m (6,750m2) perturbed area of the National Institute of Meteorology (INMET), originally covered by Cerrado sensu stricto, nowadays dominated by Brachiaria sp. Before the planting, the Brachiaria sp. was removed (native plants that had regenerated were maintained) to decrease the competition with juvenile plants, and the surface of the soil was raked to decreaseits compactation. The planting had been conducted in November 2004. Nineteen native species from Cerrado were chosen for the planting, nine species were from savanna (Astronium fraxinifolium, Bowdichia virgilioides, Caryocar brasiliense, Dipteryx alata, Eugenia dysenterica, Hancornia speciosa, Hymenaea stigonocarpa, Solanun lycocarpum, and Tabebuia caraiba) and ten from forest physionomies (Anadenanthera colubrina, Anadenanthera peregrina, Copaifera langsdorffii, Genipa americana, Hymenaea courbaril, Inga cylindrica, Myracrodruon urundeuva, Myroxylum peruiferum, Ormosia stipularis, and Tibouchina stenocarpa). A total of 886 juvenile plants (approximately 46 per species) were planted as young individuals (age varing between 5-10 months), except for those of S. lycocarpum which were planted from seeds. The distribution of individuals (sample units) was in hexagonic rings for 19 species, with distances of 3 by 3 m to adjacent plants. In each planting hole (0,3 m wide, 0,6 m deep), 0,1 kg of chalk, 1 kg manure and 0,15 kg of chemical fertilizer (4-14-8 NPK) were added prior to planting. At half of the individuals, all x spontaneous vegetation was cleared regularily. Survival and growth were recorded monthly from December 2004 until November 2005. Values were analysed separately for each species, and plants from the two groups of Cerrado physiogomies were compared. Additionally, the weeding and the different growth patterns of the plants during the two seasons (rainy/dry season) were analysed. For the majority of the species, survival was above 80%, with C. langsdorffii, G. americana, H. courbaril and M. peruiferum showing maximum survival. Forest species in general showed faster growth than savanna species. While the weeding did not lead to higher survival and growth rates of the individuals, probably because the Brachiaria sp. removal, growth patterns clearly differed between the rainy and dry season, with only B. virgilioides growing significantly more during the dry season. These results reflect different allocation strategies and growth characteristics of the species from the two different vegetation physiognomies. When planted for recuperation of degraded Cerrado systems, a mixture of species with different growth properties seems advantageous. In the second chapter, the planting of native species and additional perching structures were studied concerning their possible influence on increasing the plant species richness and the density of naturally established seedlings. Twenty circular experimental areas (2 m diameter) were placed at random at a site where approximately 886 plants of 19 Cerrado species had been planted. Other 20 experimental areas were established in an adjacent perturbed Cerrado site without trees. In each of the two sites, one wood perch (height 3 m) was randomly assigned to ten of the experimental areas. Twelve months after the planting and the installation of perches procedures, the effect of the planting on total seedling establishment was evaluated as well the effect of the planting and the artificial perches on the establishment of seedlings dispersed by birds. Seedlings from newly dispersed seeds were identified and counted. A total of 17 species was found, with an average of 27,2 seedlings per m². Ruderal autochoric herbs constituted the greatest proportion of seedlings in all areas. Only four species were trees and xi seedlings of Byrsonima crassifolia and Miconia sp. were relatively frequent. Both the perching structures and the native species planting had a significant effect on richness and on number of established seedlings of ornithochoric species, despite the low overall numbers. However, studies over longer periods seem to be interesting for a more thorough evaluation of dispersal and establishment processes.
8

Plantas nativas indesejáveis : suas conseqüências sobre a produção animal e métodos de controle / Undesirable native plants : its consequences upon animal production and methods of control

Crancio, Leonardo Araripe January 2005 (has links)
A eficiência de diferentes métodos de controle de plantas indesejáveis já foi avaliada através de inúmeros estudos, porém, raramente inserem, neste contexto, o desempenho animal. Este trabalho tem como objetivo aportar conhecimento na referida área. Ele traz referências sobre o estado da arte no controle de plantas nativas indesejáveis, bem como de plantas tóxicas nativas do Rio Grande do Sul. O experimento foi conduzido com bovinos, numa pastagem natural na região da Serra do Sudeste (RS), de 15 de março a 8 de julho de 2003. Os tratamentos foram: testemunha (T); roçada de primavera (RP); roçada de outono (RO) e controle químico (Q), todos em duas ofertas de forragem, média (8%) e alta (14%). O delineamento utilizado foi de blocos completamente casualizados. Os tratamentos constituíram um esquema fatorial 4 x 2, com 2 repetições. Os parâmetros avaliados foram ganho médio diário (kg/an/dia), ganho de peso vivo por área (kg/ha) e taxa de acúmulo de forragem (kgMS/ha/dia). Submeteu-se os dados à análise de variância e teste F pelo pacote estatístico SAS (SAS, 2001). Ao detectar-se, entre os métodos de controle, diferenças ao nível de 10%, as médias foram comparadas pelo teste de Tukey, a 10 % de significância. Não houve interação entre níveis de oferta e métodos de controle. O tratamento 14 % apresentou menor perda de peso por hectare, não havendo diferença no ganho médio diário entre os níveis. Para os métodos de controle, não houve diferença entre as variáveis estudadas indicando que todos os métodos proporcionaram igual desempenho animal. / The efficience of different methods of control has been evaluated by numerous studies, however, animal performance is rarely included. Consequently, the purpose of this paper is to add knowledge in that area. This brings references about the state of the art in undesirable plants control, as well as toxic native plants from Rio Grande do Sul. The experimental part was carried in native pasture of Serra do Sudeste (RS) region, from march 15 to july 8, 2003. Treatments were: controling (T); spring clipping (P); autumn clipping (O) and chemical controling (Q), all using two herbage allowances, medium (8%) and high (14%). The parameters evaluated were individual animal performance (kg/an/day), liveweight gain per area (kg/ha) and herbage accumulation rate (kg DM/ha/day). SAS package was used for statistical analysis, using Tukey test at 10% significance. No interaction was detected between herbage allowance levels and methods of control. Concerning herbage allowance levels, the 14% treatment presented less of loss weight per hectare, with no differences in animal performance between herbage allowance. Concerning methods of control, no differences were detected indicating that all studied methods had the same performance when animal production is used as indicator.
9

Plantas nativas indesejáveis : suas conseqüências sobre a produção animal e métodos de controle / Undesirable native plants : its consequences upon animal production and methods of control

Crancio, Leonardo Araripe January 2005 (has links)
A eficiência de diferentes métodos de controle de plantas indesejáveis já foi avaliada através de inúmeros estudos, porém, raramente inserem, neste contexto, o desempenho animal. Este trabalho tem como objetivo aportar conhecimento na referida área. Ele traz referências sobre o estado da arte no controle de plantas nativas indesejáveis, bem como de plantas tóxicas nativas do Rio Grande do Sul. O experimento foi conduzido com bovinos, numa pastagem natural na região da Serra do Sudeste (RS), de 15 de março a 8 de julho de 2003. Os tratamentos foram: testemunha (T); roçada de primavera (RP); roçada de outono (RO) e controle químico (Q), todos em duas ofertas de forragem, média (8%) e alta (14%). O delineamento utilizado foi de blocos completamente casualizados. Os tratamentos constituíram um esquema fatorial 4 x 2, com 2 repetições. Os parâmetros avaliados foram ganho médio diário (kg/an/dia), ganho de peso vivo por área (kg/ha) e taxa de acúmulo de forragem (kgMS/ha/dia). Submeteu-se os dados à análise de variância e teste F pelo pacote estatístico SAS (SAS, 2001). Ao detectar-se, entre os métodos de controle, diferenças ao nível de 10%, as médias foram comparadas pelo teste de Tukey, a 10 % de significância. Não houve interação entre níveis de oferta e métodos de controle. O tratamento 14 % apresentou menor perda de peso por hectare, não havendo diferença no ganho médio diário entre os níveis. Para os métodos de controle, não houve diferença entre as variáveis estudadas indicando que todos os métodos proporcionaram igual desempenho animal. / The efficience of different methods of control has been evaluated by numerous studies, however, animal performance is rarely included. Consequently, the purpose of this paper is to add knowledge in that area. This brings references about the state of the art in undesirable plants control, as well as toxic native plants from Rio Grande do Sul. The experimental part was carried in native pasture of Serra do Sudeste (RS) region, from march 15 to july 8, 2003. Treatments were: controling (T); spring clipping (P); autumn clipping (O) and chemical controling (Q), all using two herbage allowances, medium (8%) and high (14%). The parameters evaluated were individual animal performance (kg/an/day), liveweight gain per area (kg/ha) and herbage accumulation rate (kg DM/ha/day). SAS package was used for statistical analysis, using Tukey test at 10% significance. No interaction was detected between herbage allowance levels and methods of control. Concerning herbage allowance levels, the 14% treatment presented less of loss weight per hectare, with no differences in animal performance between herbage allowance. Concerning methods of control, no differences were detected indicating that all studied methods had the same performance when animal production is used as indicator.
10

Respostas fisiológicas e morfológicas de mudas de landi (Calophyllum brasiliense cambess) a diferentes doses de glyphosate

Medeiros, Gessica Hashimoto de 03 March 2017 (has links)
As plantas daninhas se tornaram indesejáveis em áreas de plantio comercial florestal por competir por água, luz e nutrientes com as espécies florestais causando prejuízos, devido a isso devem ser controladas. Geralmente as áreas de empresas de plantio florestal são muito vastas, assim, o método de controle de plantas invasoras mais eficaz é o químico. O glyphosate é o herbicida mais utilizado para o controle de plantas daninhas devido ao fato de ser não-seletivo, possuir ação sistêmica, largo espectro de ação e custo relativamente baixo. Porém se não for aplicado de forma correta o produto poderá causar danos a espécies não-alvos. Esses danos dependerão das doses de glyphosate e da suscetibilidade da cultura. O Calophyllum brasiliense Cambess é uma espécie nativa de grande distribuição geográfica, possui madeira nobre e tem sido usada para reflorestamento em áreas alagadas. Nos últimos anos vem crescendo o interesse de empresas florestais por essa espécie. Assim, objetivou-se quantificar os efeitos morfológicos e fisiológicos de doses de glyphosate em mudas de Calophyllum brasililense Cambess. O experimento foi realizado na Universidade Federal do Tocantins, campus de Gurupi. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado (DIC) com 5 tratamentos (180, 360, 540 e 720 g e.a. L-1 de glyphosate Roundup Original® + testemunha sem aplicação) e 10 repetições, sendo cada planta uma repetição. Realizou-se análises morfológicas de toxicidade visual (7 em 7 DAA), altura e diâmetro (10 em 10 DAA), biomassa (MSC, MSF, MSR e MST), volume de raiz e área foliar (ao final do experimento) e análises fisiológicas utilizando equipamento IRGA para a avaliação de trocas gasosas: fotossíntese (A), condutância estomática (gs), transpiração (E) e carbono interno (Ci), sendo calculadas a eficiência instantânea do uso da água (EUA) e eficiência instantânea da carboxilação (EiC) através dos dados das trocas gasosas. Na menor dose (180 g e.a. L-1) as plantas foram se recuperando dos efeitos causados pelo glyphosate de modo que ao final do experimento os parâmetros fisiológicos se igualaram estatisticamente a testemunha. Porém as demais doses (360, 540 e 720 g e.a. L-1) afetaram significativamente tanto na morfologia quanto na fisiologia da espécie. / Weeds have become undesirable in commercial forest plantation areas because they compete for water, light and nutrients with forest species causing damage, due to this they must be controlled. Generally the areas of forest planting companies are very vast, thus, the most effective method of controlling invasive plants is the chemical. Glyphosate is the herbicide most used for weed control because it is non-selective, has a systemic action, broad spectrum of action and relatively low cost. However, if it is not applied correctly the product may cause damage to non-target species. These damages will depend on the doses of glyphosate and the susceptibility of the crop. Calophyllum brasiliense Cambess is a native species of great geographic distribution, has noble wood and has been used for reforestation in flooded areas. In recent years the interest of forest companies by this species has grown. Thus, the objective was to quantify the morphological and physiological effects of doses of glyphosate on calophyllum brasililense Cambess. The experiment was carried out at the Federal University of Tocantins, Gurupi campus. The experimental design was a completely randomized (DIC) with 5 treatments (180, 360, 540 and 720 g a.i. L-1 of glyphosate Roundup Original® + control without application) and 10 replicates, each plant being a repetition. Morphological analyzes of visual toxicity (7 in 7 DAA), height and diameter (10 in 10 DAA), biomass (MSC, MSF, MSR and MST), root volume and leaf area (at the end of the experiment) and physiological analyzes (A), stomatal conductance (gs), transpiration (E), and internal carbon (Ci). The instantaneous efficiency of water use (U) and instantaneous efficiency of carboxylation ( EiC) through gas exchange data. At the lowest dose (180 g a.i. L-1) plants were recovering from the effects caused by glyphosate so that at the end of the experiment the physiological parameters were statistically matched to the control. However, the other doses (360, 540 and 720 g a.i. L-1) significantly affected both the morphology and the physiology of the species.

Page generated in 0.0464 seconds