• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 1345
  • 22
  • 2
  • 1
  • Tagged with
  • 1401
  • 661
  • 409
  • 353
  • 328
  • 252
  • 238
  • 226
  • 187
  • 164
  • 164
  • 157
  • 129
  • 129
  • 124
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Masculinidade : os homens e o cuidado com a saúde Masculinidade : the men and the care with health

Costa, Maria Auxiliadora Garcia da 2001 (has links)
COSTA, Maria Auxiliadora Garcia da. Masculinidade : os homens e o cuidado com a saúde. 2001. 89 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2001. Submitted by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2011-11-08T12:40:12Z No. of bitstreams: 1 2001_dis_magcosta.pdf: 436134 bytes, checksum: 66253d81fe48580c7db9bf3eb40b3e3c (MD5) Approved for entry into archive by Eliene Nascimento(elienegvn@hotmail.com) on 2011-12-05T12:22:39Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2001_dis_magcosta.pdf: 436134 bytes, checksum: 66253d81fe48580c7db9bf3eb40b3e3c (MD5) Made available in DSpace on 2011-12-05T12:22:39Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2001_dis_magcosta.pdf: 436134 bytes, checksum: 66253d81fe48580c7db9bf3eb40b3e3c (MD5) Previous issue date: 2001 The present dissertation has the goal of discuss some questions about health and illness and their possible repercussions over masculinity, seen through the representations of men porter of illness in the prostate. It’s the result of an investigation of qualitative approach, centered on the subjective dimension of the process of getting ill and its repercussion over the definition/redefinition of the identity of the male gender. Were specially analyzed the repercussions that the experience of illness, while fragility status, can cause over man, about the behavior change, in the meaning of bringing a process of taking care of their health. The was centered in a group of people who were interviewed, came from the popular classes, searching for joining the symbolic dimension of the actions of the male subjects within their class material conditions, building a popular culture. The camp work was made from august to October, 1999, in a philanthropic public hospital in Fortaleza, using individual interviews semi structured. The analysis made started by the previous definitions of the topics for the elaboration of the interviews schedule, followed by the identification of the emergent categories from the informant speeches as a center of codification in thematic nucleus.Among the found results we can detach: that the work is determinant for health quality of the man in popular classes, it’s not illness therefore, that provokes repercussions over masculinity, but work is determinant, that illness does not represent a preoccupation related to the development of sexual activities, at least, not so much as the work relation represents, that the lack of attention on sickly sensations and on their own body men also don’t notice the prostate as an organ that has implication with sexual achievement and, at last, that health care notions is associated with extravagance in entertainment activities signing for a certain difficulty in taking care of health when it’s a young man. A presente dissertação tem por objetivo discutir algumas questões a respeito da saúde e da doença, e suas possíveis repercussões sobre a masculinidade, vistas através das representações de homens portadores de doenças na próstata. É resultado de uma investigação de abordagem qualitativa, centrada na dimensão subjetiva do processo de adoecer e sua repercussão sobre a definição/redefinição da identidade do gênero masculino. Analisaram-se, em especial, as repercussões que a experiência da doença, enquanto estado de fragilidade, podem provocar nos homens, em termos de mudança de comportamento, no sentido de ensejar um processo de cuidado para com a sua saúde. A investigação centrou-se em um grupo de entrevistados, oriundo das classes populares, buscando-se conjugar a dimensão simbólica das ações dos sujeitos masculinos com os condicionantes materiais de classe dos mesmos; considerando-se que há por parte dessas classes um compartilhar de representações próprias, constitutivas de uma cultura popular. O trabalho de campo foi realizado no período de agosto a outubro de 1999, num hospital público filantrópico de Fortaleza, utilizando-se entrevistas individuais semi-estruturadas. A análise empreendida partiu da definição prévia de temas para a elaboração do roteiro de entrevista, seguida da identificação das categorias emergentes no discurso dos informantes como eixo de codificação em núcleos temáticos. Dentre os resultados encontrados podemos destacar: que o trabalho é determinante da qualidade da saúde dos homens das classes populares, não sendo a doença, portanto, que provoca repercussões sobre a masculinidade e sim o trabalho; que a doença não parece representar uma preocupação em ralação ao exercício das atividades sexuais, pelo menos, não tanto quanto representa em relação ao trabalho; que, por não darem muita atenção às sensações doentias e ao próprio corpo, os homens também não percebem a próstata com um órgão que tem implicações no seu desempenho sexual; e, por fim, que a noção de cuidado com a saúde está associada aos excessos nas atividades do lazer, sinalizando para uma certa dificuldade em cuidar da saúde quando se é homem e jovem.
2

Organização textual-discursiva dos anúncios de turismo no Ceará

Sousa, Maria Margarete Fernandes de 2005 (has links)
SOUSA, Maria Margarete Fernandes de. Organização textual-discursiva dos anúncios de turismo no Ceará. 2005. 213f. - Tese (Doutorado) - Universidade Federal de Pernambuco, Pós Graduação em Letras, Pernambuco, 2005. Submitted by Hanna Sandy (nannybells@gmail.com) on 2016-09-16T14:23:07Z No. of bitstreams: 1 2005_tese_mmfsousa.pdf: 2953290 bytes, checksum: 9e6e6fda9126fddba4301f0aad26aa00 (MD5) Approved for entry into archive by Márcia Araújo (marcia_m_bezerra@yahoo.com.br) on 2016-09-19T22:34:01Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2005_tese_mmfsousa.pdf: 2953290 bytes, checksum: 9e6e6fda9126fddba4301f0aad26aa00 (MD5) Made available in DSpace on 2016-09-19T22:34:01Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2005_tese_mmfsousa.pdf: 2953290 bytes, checksum: 9e6e6fda9126fddba4301f0aad26aa00 (MD5) Previous issue date: 2005 Esta pesquisa analisa o gênero textual anúncio com o objetivo de identificar e descrever os traços textual-discursivos que são importantes para a construção dos sentidos dos textos pertencentes a esse gênero. Foram analisados os seguintes aspectos: a) a estrutura organizacional do anúncio; b) as sequencias textuais (descritiva, argumentativa e narrativa); c) os processos referenciais (anafórico e dêitico); e d) a inter-relação entre sequências textuais e a referenciação. Para analisar o aspecto da organização das informações nos textos, guiamo-nos por alguns autores da publicidade, tais como Hahn (1993), Vestergaard e Schroeder (2000), Gonzales (2003), dentre outros e percebemos que o gênero apresenta um padrão organizacional, como uma recorrência de cinco elementos: 1) título; 2) subtítulo; 3) corpo do texto; 4) slogan; e 5) assinatura. Destes, três elementos são constantes: título, corpo do texto e assinatura; e dois são flutuantes: subtítulo e slogan. Para analisar as sequências textuais, respaldamo-nos em Adam (1992) e verificamos que as sequências descritiva e argumentativa são as mais importantes formas de composição no referido gênero. A descritiva e a argumentativa aparecem, exclusivamente, em alguns anúncios. Na maioria, elas aparecem ou como dominantes ou como dominadas, pois os textos compõem-se pela combinação de sequências. A sequência narrativa ocorreu em um texto apenas, como dominante, e em um como dominada, todavia esta sequência tem função de argumento. Ou seja, a forma narrativa, quando empregada, tem o propósito também de persuadir o leitor. Para analisar os processos de referenciação, utilizamos a proposta de Cavalcante (2004b) e constatamos a grande participação das anáforas, em especial das indiretas, o que revela que estes processos são importantes na construção dos sentidos dos textos do gênero em estudo. Nos textos descritivos, predominou este tipo de anáfora e nos argumentativos, as anáforas correferenciais. A participação dos dêiticos, embora discreta, mostrou-se relevante para os propósitos argumentativos, em especial, os pessoais.
3

Violência de gênero : proposta de acolhimento em centros universitários de atendimento á saúde

Souza, Viviam Mara Pereira de 2017 (has links)
Orientadora: Profª Drª Liliana Muller Larocca Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação Mestrado Profissional em Enfermagem. Defesa: Curitiba, 22/06/2017 Inclui referências : f.101-111 Resumo: Esta dissertação abordou a Violência de Gênero na perspectiva de uma comunidade universitária, tendo como objetivo elaborar uma proposta de acolhimento a pessoas submetidas a este tipo de Violência, atendidas nos Centros de Atendimento à Saúde de uma grande universidade pública do sul do país. Foi inspirada pela Teoria de Intervenção Práxica de Enfermagem em Saúde Coletiva (TIPESC), proposta por Egry (1996), que está ancorada no Materialismo Histórico Dialético (MHD). Foram utilizadas como categorias analíticas as Dimensões Estrutural, Particular e Singular do Fenômeno. Para fundamentação teórica, foi realizada uma revisão de literatura na temática da Violência sob o enfoque de Gênero e suas implicações no processo do cuidado, por meio de acolhimento, pela equipe multidisciplinar de saúde, considerando neste contexto a atuação da Enfermeira. Como embasamento para a construção conjunta da proposta de acolhimento, foram realizadas entrevistas com 38 participantes, divididos em dois grupos: servidores e usuários dos serviços escolhidos. Os dados foram coletados entre julho e setembro de 2016 e organizados com o apoio do Software webQDA®. Os resultados evidenciaram Categorias Empíricas (Códigos Árvore) e suas respectivas Subcategorias (Nós e Subnós), que foram descritas como: O Fenômeno "Violência de Gênero" (Orientação em relação ao tema e Conceituação: naturezas e grupos vulneráveis); Reconhecimento da Violência de Gênero nos Espaços Universitários (Violência percebida e/ou vivenciada nos espaços universitários e Desenvolvendo uma proposta de acolhimento - Preparo da Equipe; Estrutura e Rotinas do Serviço e Áreas de Atuação) e Subjetividades da Violência de Gênero (Expressão de sentimentos envolvidos). A Proposta de Intervenção se concretizou por intermédio da confecção de um Caderno de Orientações para os servidores da saúde dos Centros de Atendimento à Saúde Universitários, o qual será disponibilizado nos serviços, para servir de norteador das ações de acolhimento a pessoas submetidas à Violência de Gênero quando se fizer necessário. Palavras-chave: Violência. Gênero. Violência de Gênero. Acolhimento. Enfermagem. Abstract: This dissertation approached Gender Violence from the perspective of a university community, aiming to elaborate a user embracement proposal for people subjected to this type of Violence, attended at the Health Care Centers of a large public university in the south of the country. It was inspired by the Theory of Practice Intervention in Collective Health Nursing (TIPESC), proposed by Egry (1996), which is anchored in Dialectical Historical Materialism (DHM). They were used as analytical categories for Structural Dimensions, Particular and Singular of the Phenomenon. For the theoretical foundation a literature review on the theme of Violence under the Gender approach and its implications in the care process, through a user embracement was made, by the multidisciplinary health team, considering the context of the action of the Nurse. As a basis for a joint construction of the user embracement proposal, interviews were conducted with 38 participants, divided into two groups: servers and users of the chosen services. The data were collected between july and september 2016 and organized with the support of the webQDA® Software. The results showed Empirical Categories (Tree Codes) and their respective Subcategories (Nodes and Subnodes), which are described as: The "Gender Violence" Phenomenon (Guidance in relation to the theme and Conceptualization: natures and vulnerable groups); Recognition of Gender Violence in University Spaces (Perceived and / or experienced violence in university spaces and Developing a user embracement proposal) and Subjectivities of Gender Violence (Expression of feelings involved). The Intervention Proposal was implemented by means of the preparation of a Guide Book for the health servants of the University Health Care Centers, which will be made available in the services, to serve as a guide for the actions of hosting people subjected to Gender Violence when it becomes necessary. Key Words: Violence. Gender. Gender Violence. User Embracement. Nursing.
4

As fissuras na construção do novo homem e da nova mulher

Silva, Cristiani Bereta da 2003 (has links)
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em História. Made available in DSpace on 2012-10-21T01:19:30Z (GMT). No. of bitstreams: 1 189869.pdf: 2749752 bytes, checksum: 6d6a03c404f9df78e0cc4cf8fb7535e0 (MD5) Investigação e análise sobre os investimentos na produção do novo no MST, em sua busca de transformação social e construção do "novo homem" e da "nova mulher". Este estudo é um exercício crítico de reflexão sobre a natureza dessas produções nas relações cotidianas, nas tentativas de se construir sujeitos. Busca investigar como as mudanças foram sendo construídas e, de que forma, foram investidas sobre as relações de trabalho, sociais, políticas e, também, afetivas de mulheres e homens, bem como homens e homens, mulheres e mulheres nas dobras do devir MST.
5

Ginger: um relato sobre existência performática

Saunders, Thomas Lopes 2017 (has links)
SAUNDERS, Thomas Lopes. Ginger: um relato sobre existência performática. 2017. 104f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Instituto de Cultura e Arte, Programa de Pós-graduação em Comunicação Social, Fortaleza (CE), 2017. Submitted by Programa de Pós-graduação em Comunicação Social Programa de Pós-graduação em Comunicação Social (secretaria.ppgcom.ica@gmail.com) on 2017-10-19T14:53:50Z No. of bitstreams: 1 2017_dis_tlsaunders.pdf: 1754127 bytes, checksum: 739a5be2e21a81c28b027c8213d80a92 (MD5) Approved for entry into archive by Gustavo Daher (gdaherufc@hotmail.com) on 2017-10-24T13:54:14Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2017_dis_tlsaunders.pdf: 1754127 bytes, checksum: 739a5be2e21a81c28b027c8213d80a92 (MD5) Made available in DSpace on 2017-10-24T13:54:14Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2017_dis_tlsaunders.pdf: 1754127 bytes, checksum: 739a5be2e21a81c28b027c8213d80a92 (MD5) Previous issue date: 2017 The relationship between the private and the public, potentially happens in the communicational processes (FLUSSER; 2007) of post-modernity (KELLNER; 2001) and contemporany (AGAMBEM; 2009). The social subjects, in these processes, are inserted in speeches (FOUCAULT; 1970) institutional and encoding (BOURDIEU; 1990). In order to decide issues as intimate form of positioning, the subject says to himself (BUTLER; 2015) Trying to understand the moral universe that orbits. The Body (PIRES, 2005) here is worked as a dialogical flow (FLUSSER; 2014) between academic theory, life and performance (GLUSBERG; 2013). The performance is the field of broad knowledge of experience between life and art (COHEN; 2011). The immersion of the researcher as a performer, happened from artistic research in autoperformance (VIEIRA; 2006) body art and performance art (COHEN; 2011). Unleashing autobiographical processes, media (KELLNER; 2001) and corporificantes. The initial premise of the work is to understand the relationship between sex/gender/sexuality and his speeches encoding/context (LAQUEUR, 2001) in the universe LGBTIQ+, its institutional mediatization and free virtual on the Internet (CASTELLS, 2001). Ginger through experiences with drag body (COELHO; 2012) invested academic research and performer in gender queer (SALIH; 2002). Ginger between performatividades (BUTLER, 1990), artistic performances and images arts (SANTOS 2011) there has been aesthetically (FOUCAULT, 1984) as a poetic image of herself. This work has proposed test text (FLUSSER, 2007) as a method of analysis. A relação entre o privado e o público, potencialmente acontece nos processos comunicacionais (FLUSSER; 2007) da pós-modernidade (KELLNER; 2001) e contemporaneidade (AGAMBEM; 2009). Os sujeitos sociais, nestes processos, estão inseridos em discursos (FOUCAULT; 1970) institucionalizantes e codificantes (BOURDIEU; 1990). A fim de deliberar questões íntimas como forma de posicionamento, o sujeito relata a si (BUTLER; 2015) tentando compreender o universo moral que orbita. O Corpo (PIRES; 2005) aqui é trabalhado como fluxo dialógico (FLUSSER; 2014) entre teoria acadêmica, vida e performance (GLUSBERG; 2013). A performance é o campo de conhecimento amplo de experiências entre vida e arte (COHEN; 2011). A imersão do pesquisador como performer, aconteceu a partir de pesquisa artística em autoperformance (VIEIRA; 2006), body art e performance art (COHEN; 2011). Desencadeando processos autobiográficos, midiáticos (KELLNER; 2001) e corporificantes. A premissa inicial do trabalho é compreender as relações entre sexo/gênero/sexualidade e seus discursos codificantes/contextuais (LAQUEUR; 2001) no universo LGBTQI+, sua midiatização institucional e virtual livre na Internet (CASTELLS; 2001). Ginger através de experiências com corpos drag (COELHO; 2012) investiu pesquisa acadêmica e performática em gênero queer (SALIH; 2002). Ginger, entre performatividades (BUTLER; 1990), performances artísticas e imagens performativas (SANTOS; 2011), existiu esteticamente (FOUCAULT; 1984) como imagem poética de si mesma. Este trabalho tem proposta ensaística (FLUSSER; 2007) como metodologia de análise.
6

"There is always the other side"

Fonseca, Maria Eduarda Rodrigues da 2016 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão, Programa de Pós-Graduação em Inglês: Estudos Linguísticos e Literários, Florianópolis, 2016. Made available in DSpace on 2016-09-16T14:01:01Z (GMT). No. of bitstreams: 1 340761.pdf: 441247 bytes, checksum: b968ad8044f29fecc0ca584ddf890d34 (MD5) Previous issue date: 2016 Abstract : This study presents a comparative analysis of Sasha Jensen and Antoinette Cosway, the protagonists of Jean Rhys novels Good Morning, Midnight (1939) and Wide Sargasso Sea (1966), respectively. Focusing on the two protagonists, the general objective of this research is to understand in what ways the main characters are presented as displaced in the narratives, discussing it mainly from the perspective of hybrid identities and gender. The specific objective of this research is to understand if and how their displacement can be considered a site for resisting imperialistic and oppressive male systems. Concerning the issue of displacement, the characters seem to portray conflicting views towards fixity and belonging, often questioning the relation between identity, place and language. Instances of the novels suggest that their gender affects the specific ways in which the characters experience displacement, bringing into light the discussion of intersectionality when relating gender, social class and displacement. In relation to resistance, it seems that both would rather remain in this in-between place than being assimilated by totalizing discourses that erase the complex formation of their identity.
O estudo em questão apresenta uma análise comparativa das personagens Sasha Jensen e Antoinette Cosway, protagonistas dos romances Bom dia, Meia-Noite (1939) e Vasto Mar de Sargaços (1966), respectivamente. Dando enfoque às protagonistas, o objetivo geral desta pesquisa é entender de quais maneiras elas são retratadas como deslocadas nas narrativas, considerando especificamente suas identidades híbridas e questões de gênero. O objetivo específico da análise reside em verificar se o deslocamento vivenciado pelas protagonistas pode ser considerado um local de resistência a forças opressoras masculinas e colonialistas. Considerando o deslocamento que as protagonistas vivenciam, ambas apresentam uma visão conflituosa com relação ao pertencimento, questionando-se com frequência sobre a relação entre identidade, lugar e linguagem. Momentos nas narrativas sugerem que o gênero das protagonistas influencia sua experiência de deslocamento, trazendo à tona a discussão sobre a intersecção entre gênero, classe social e deslocamento. Com relação a resistência, os romances parecem sugerir que as protagonistas preferem viver neste entre-lugar do que serem assimiladas por discursos que apagam a complexa formação de suas identidades.
7

Um ensaio sobre identificação racial e de gênero na Escolas Públicas Brasileiras

Salvador, Pedro Ivo Camacho Alves 2010 (has links)
SALVADOR, Pedro Ivo Camacho. Um ensaio sobre identificação racial e de gênero nas escolas públicas brasileiras. 2010. 47f. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós Graduação em Economia, CAEN, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2010. Submitted by Mônica Correia Aquino (monicacorreiaaquino@gmail.com) on 2013-07-11T19:31:05Z No. of bitstreams: 1 2010_dissert_picasalvador.pdf: 623885 bytes, checksum: 83ce951c5f0badf91f2121575f9e6a31 (MD5) Approved for entry into archive by Mônica Correia Aquino(monicacorreiaaquino@gmail.com) on 2013-07-11T19:31:20Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2010_dissert_picasalvador.pdf: 623885 bytes, checksum: 83ce951c5f0badf91f2121575f9e6a31 (MD5) Made available in DSpace on 2013-07-11T19:31:20Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2010_dissert_picasalvador.pdf: 623885 bytes, checksum: 83ce951c5f0badf91f2121575f9e6a31 (MD5) Previous issue date: 2010 Using data from Brazil Test, 2007, we analyze the gain of note when the student has the same race and / or gender of the teacher, attributing this phenomenon the name of racial identification and / or gender. Using a multivariate linear model, combining as control variables in the profile of students, teachers, schools, and parents of students, given the limitations of the model used, the results indicate that there is an improvement in the identification statement. In a second step, we analyzed for each Brazilian state, I understand that everyone has their own circumstances in this matter, and found a relationship between quality education and the proportion of racial minorities as students against the coefficients of racial identification. Given such evidence, we conclude that gender identification showed significant, though low in magnitude, while the racial identification has a relatively high magnitude, and that goes toward reducing the gap between the scores of ethnic groups. A partir de dados da Prova Brasil de 2007, analisamos o ganho de nota quando o aluno possui a mesma raça e/ou gênero do professor, atribuindo este fenômeno o nome de identificação racial e/ou gênero. Utilizando um modelo linear multivariado, combinando como controle variáveis do perfil dos alunos, professores, escolas, e pais dos alunos, dada as limitações do modelo empregado, os resultados indicam que há uma melhora na nota pela identificação. Em um segundo momento, fizemos uma análise para cada estado brasileiro, entendo que cada um possui sua idiossincrasia na presente matéria, e encontramos uma relação entre qualidade de ensino e a proporção das minorias raciais como alunos contra o os coeficientes da identificação racial. Em virtude desses indícios, concluímos que a identificação de gênero apresentou significância, porém em magnitude baixa, enquanto que a identificação racial apresenta uma magnitude relativamente alta, e que vai em direção à reduzir o hiato entre as notas dos grupos étnicos.
8

Identidades sob suspeita : uma arqueologia do sexo e do gênero no direito

Araujo, Dhyego Câmara de 2017 (has links)
Orientador : Prof. Dr. Ricardo Marcelo Fonseca Área de concentração: Direito do Estado Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Jurídicas, Programa de Pós-Graduação em Direito. Defesa: Curitiba, 24/03/2017 Inclui referências : f. 170-178 Resumo: As múltiplas e complexas relações entre o direito, gênero e sexualidade é o que guia a construção da presente dissertação. Tendo como referencial teórico fundamental o pensamento de Michel Foucault, e também de Judith Butler, a pesquisa que aqui se desenvolve busca compreender as problematizações que se colocam frente ao fenômeno jurídico ao lidar com as identidades LGBTI. A arqueogenealogia ocupa espaço privilegiado para o desenrolar do que aqui se pretende, na medida em que se mostra como método eficaz para a compreensão de um ordenamento jurídico heteronormativo. O trabalho possui como fio condutor a fabricação e formatação das identidades LGBTI sob o manto da suspeita, o que apenas se sustenta dentro de um contexto no qual a heterossexualidade posa como identidade coerente, estável e dotada de sentido em si mesma. Elegemos, para explicitação do que ora se pretende, dispositivo legal que proíbe homossexuais e homens que tiveram relações sexuais com outros homens nos últimos doze meses de doarem sangue. Assim, no primeiro capítulo, através do percurso arqueogenealógico do sexo e do gênero, pretendemos demonstrar, a partir do trinômio poder-saber-sujeito, como se deu a invenção de figuras como o homossexual e o heterossexual no interior do quadro da scientais sexualis. Tal procedimento visa a desnaturalização dessas subjetividades como autorreferentes para compreendê-las como efeito de relações de forças múltiplas. A desmistificação aqui realizada serve de apoio à denúncia de mecanismos de sujeição de identidades LGBTI baseadas em uma suposta metafísica da identidade, como o faz a regra jurídica sob a análise. Não se tratando os sujeitos de substância pressuposta, exsurgem como identidades-acontecimento. Trata-se no segundo capítulo de compreender os mecanismos disciplinares e biopolíticos arregimentados pela regra jurídica na construção de identidades LGBTI como portadores de um risco biológico para a população, ao mesmo tempo em que sustenta e reforça a ideia de uma heterossexualidade estritamente relacionada ao casamento monogâmico com fim procriativo. É no interior do dispositivo da sexualidade que vemos a matriz heterossexual conduzir os desígnios da governamentalização da vida. Partindo da noção de governo, o terceiro e último capítulo, busca relacioná-la às contracondutas críticas que lhe são correlatas necessárias. Emergem, assim, os direitos, não apenas como mecanismos de enclausuramento e fechamento identitário, mas como possibilidade de desestabilização e rearticulação constante de identidades-acontecimento por meio de suas reivindicações. Surge, assim, junto à política das identidades, uma política dos direitos, na qual estes não mais se apresentam como a finalidade última da política, mas entremeado em um processo que aponta para a abertura de outras formas de "emancipação", rearranjo e luta. PALAVRAS-CHAVE: Biopolítica; gênero; sexualidade; política dos direitos; identidade Abstract: The multiple and complex relationships between law, gender and sexuality guides the construction of this dissertation. The works of Michel Foucault and Judith Butler are the fundamental theoretical reference that we utilize to understand the problematizations that takes place before the legal phenomenon in dealing with LGBTI identities. Archaeogenealogy occupies a privileged space for the development of this research, insofar as it is an effective method for the understanding the heteronormative legal order. The work seeks to explore the fabrication and formatting of LGBTI identities under the mantle of suspicion, which only holds within a context in which heterosexuality poses as a coherent identity, stable and endowed with meaning in itself. We have chosen, for the sake of clarification of that objective, a legal provision prohibiting of donating blood homosexuals and men who have had sexual relations with other men in the last twelve months. Thus, in the first chapter, through the archaeogenealogy of sex and gender, we intend to demonstrate, from the trinomial power-knowledge-subject, the invention of figures such as the homosexual and the heterosexual within the framework of the scientia sexualis. This procedure aims to denaturalize these subjectivities as self-referential to understand them as an effect of multiple relations of forces. The demystification carried out here supports the denunciation of mechanisms for subjecting LGBTI identities based on a supposed metaphysics of identity, as does the legal rule under analysis. Rejecting the notion of a presupposed subject, it emerges as identity-event. The second chapter aims to understand the disciplinary and bio-political mechanisms regrouped by the legal rule in the construction of LGBTI identities as bearing a biological risk for the population, while sustaining and reinforcing the idea of a heterosexuality strictly related to monogamous marriage and a procreative purpose. Within the sexuality device we see the heterosexual matrix drives the governance of life. Starting from the notion of government, the third and last chapter seeks to relate it to the critical counter-conduits. Thus, rights emerge not only as mechanisms of enclosure and regulating identities, but as a possibility of destabilization and constant rearticulation of identities-event. Alongside a politics of identities arises a politics of rights. From this perspective, rights represents not an end in themselves but rather a tatical means, as an opening to other forms of "emancipation", rearcitulation, and struggle. KEYWORDS: Biopolitics; gender; sexuality; politics of rights; identity.
9

Linguagem e gênero no setting terapêutico

Grzybowski, Carlos Tadeu 5 November 2012 (has links)
No description available.
10

Razão, Honestidade e Sensibilidade: Novas Concepções sobre Masculinidade(s)

VICENTE, D. D. 15 August 2005 (has links)
Made available in DSpace on 2016-08-29T14:10:19Z (GMT). No. of bitstreams: 1 tese_471_.pdf: 717246 bytes, checksum: dd870c23c69522826599e65ac1b69e3b (MD5) Previous issue date: 2005-08-15 Os estudos sobre masculinidade vêm ganhando espaço em diversos campos das ciências humanas e naturais. Esse interesse nos homens, no entanto, é recente, se comparado às várias décadas em que a categoria de gênero foi estudada tendo como foco quase exclusivo as mulheres. Este estudo teve como objetivo verificar as concepções de masculinidade que homens e mulheres jovens, de Vitória-E.S., possuem. Também se procurou verificar se e como essas concepções se articulam com algumas características do liberalismo e do modo de produção capitalista ocidental e ainda como os modelos de masculinidade podem fortalecer essas características e serem fortalecidos por elas. Os dados foram coletados através de entrevistas semi-estruturadas realizadas com 20 participantes, sendo 10 homens e 10 mulheres de classe média, com idade entre 23 e 30 anos, com terceiro grau completo ou em curso. As entrevistas focalizaram diversos elementos que compõem o modelo hegemônico de masculinidade das sociedades ocidentais, como o caráter ativo do homem, a razão, a potência sexual e sua função de provedor. Os resultados foram agrupados em categorias elaboradas a partir da análise do conteúdo das entrevistas. Os resultados indicaram que as principais características presentes nas concepções sobre masculinidade foram a força, intimamente ligada ao suposto caráter ativo do homem, e a honestidade. Inexoravelmente articuladas entre si, ambas, apesar de aspectos positivos, estão ligadas a concepções retrógradas e essencialistas de superioridade masculina. Ao mesmo tempo, elementos tradicionalmente associados à masculinidade como a razão, a função de provedor e a potência sexual, mostram-se cada vez mais flexíveis. Conclui-se que várias das características que compõem as concepções identificadas articulam-se com práticas típicas do modo de funcionamento liberal capitalista, práticas essas muitas vezes pouco saudáveis, que levam a situações de exploração e dominação. Também se conclui que os dados evidenciaram uma busca por parte de homens e mulheres, por uma maior igualdade nas relações de gênero, mesmo que tal busca esteja cheia de contradições e ainda distante do que poderia ser considerado desejável.

Page generated in 0.0497 seconds