• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 708
  • 22
  • 10
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 751
  • 402
  • 163
  • 118
  • 107
  • 98
  • 96
  • 96
  • 87
  • 86
  • 80
  • 68
  • 67
  • 64
  • 64
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Os chamados superdotados : a produção de uma categoria social na sociedade capitalista

Osowski, Cecília Irene 1989 (has links)
Neste trabalho foram discutidas, criticamente, as principais idéias e as posições sobre a questão da distribuição dos dotes, em especial a nível de Brasil. Foi feita uma análise crítica da teoria dos dotes de Platão, situando as idéias desses filófoso, no contexto social da Grécia Clássica dos séculos V e IV a.C. Relacionando dotes “versus” força de trabalho, sob uma abordagem marxista, foi examinado o processo de produção dos chamados superdotados na sociedade capitalista, sendo discutidas das funções político-ideológicas que exercem nessa sociedade. Nesse enfoque, foi abordada a qualificação/desqualificação do trabalhador e sua relação coma criação dos chamados superdotados, as mediações que exercem, por exemplo, como gestores, e como o exército industrial de reserva e a categoria social dos chamados superdotados (os eleitos) podem representar as duas faces de uma mesma moeda. Desta forma, foram aprofundadas e recolocadas idéias subjacentes à defesa da necessidade de oferecer-lhes uma educação especial e foi possível questionar a afirmação de que eles seriam os líderes de uma nova civilização. This work discusses and criticizes the main ideas and stands upon the distribution of endowments, specially in relation to Brazil. A critical analysis was made of Platós endowment theory, placing the ideas of that philosopher in the social context of ancient Greece in the 5th and 4th centuries b.C. By confronting endowments and labor force in the light of a Marxist approach, it was examined the process of production of the so-called gifted ones in the capitalistic society. It was discussed the political-ideological function they have in this type of society. Within this view, the qualification/unqualification of the worker was examined as well as its relation to the creation of the so-called gifts ones, the mediation they practice (for instance, as managers), and in what way the reserve industrial army and social category of the so-called gifted (the elected ones) can represent the two sides of one coin. Thus it was possible to carefully examine and restore ideas underlying to the advocacy it the need of offering these people a special education. And it was possible to question that says they would be the leaders of a new civilization.
2

Escola, estrangeiro e violencia cultural : uma contribuição para o entendimento de neocolonialismo cultural

Studer, Caren Elisabeth 1989 (has links)
Orientador : Jose Dias Sobrinho Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação Made available in DSpace on 2018-07-14T03:53:26Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Studer_CarenElisabeth_M.pdf: 5735795 bytes, checksum: b7a6e6f610f3715c2467e82503c108cd (MD5) Previous issue date: 1989 Mestrado
3

Os chamados superdotados : a produção de uma categoria social na sociedade capitalista

Osowski, Cecília Irene 1989 (has links)
Neste trabalho foram discutidas, criticamente, as principais idéias e as posições sobre a questão da distribuição dos dotes, em especial a nível de Brasil. Foi feita uma análise crítica da teoria dos dotes de Platão, situando as idéias desses filófoso, no contexto social da Grécia Clássica dos séculos V e IV a.C. Relacionando dotes “versus” força de trabalho, sob uma abordagem marxista, foi examinado o processo de produção dos chamados superdotados na sociedade capitalista, sendo discutidas das funções político-ideológicas que exercem nessa sociedade. Nesse enfoque, foi abordada a qualificação/desqualificação do trabalhador e sua relação coma criação dos chamados superdotados, as mediações que exercem, por exemplo, como gestores, e como o exército industrial de reserva e a categoria social dos chamados superdotados (os eleitos) podem representar as duas faces de uma mesma moeda. Desta forma, foram aprofundadas e recolocadas idéias subjacentes à defesa da necessidade de oferecer-lhes uma educação especial e foi possível questionar a afirmação de que eles seriam os líderes de uma nova civilização. This work discusses and criticizes the main ideas and stands upon the distribution of endowments, specially in relation to Brazil. A critical analysis was made of Platós endowment theory, placing the ideas of that philosopher in the social context of ancient Greece in the 5th and 4th centuries b.C. By confronting endowments and labor force in the light of a Marxist approach, it was examined the process of production of the so-called gifted ones in the capitalistic society. It was discussed the political-ideological function they have in this type of society. Within this view, the qualification/unqualification of the worker was examined as well as its relation to the creation of the so-called gifts ones, the mediation they practice (for instance, as managers), and in what way the reserve industrial army and social category of the so-called gifted (the elected ones) can represent the two sides of one coin. Thus it was possible to carefully examine and restore ideas underlying to the advocacy it the need of offering these people a special education. And it was possible to question that says they would be the leaders of a new civilization.
4

Psicologia social e ideologia: a inserção de um novo/velho conceito e suas consequências para a analise dos fenômenos psico-sociais

Soares, Jorge Coelho 1980 (has links)
Submitted by Beatriz_ Estagiaria (marcianb@ig.com.br) on 2012-04-12T18:20:32Z No. of bitstreams: 1 000015234.pdf: 6383017 bytes, checksum: 2eb255e2fd3379fcdb3c94e515388fbd (MD5) Made available in DSpace on 2012-04-12T18:20:48Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000015234.pdf: 6383017 bytes, checksum: 2eb255e2fd3379fcdb3c94e515388fbd (MD5) The aim of this paper is te examine the recent appearance of the concept of ideology and the transformations it has undergone -however the fundamental objective being to suggest area of study within Psychology, mainly Social Psychology, where the application of this type of analysis could better elucidate a series of behavioural phenomena. Up to now almost nothing is known of the ideological phenomena in those areas. At the end of the paper severe criticism are presented as regards the way Social Psychology is manifested in Brazil, via USA, be it either at the methodological level or, particularly regarding the phenomena studied by Social Psychology. Here in Brazil what has become evident is not only the absence and acceptance of interdisciplinary focuses, but also the dissociation of such phenomena from their historical political contexts. It has also be suggested thay a new area of preferential studies be created for Social Psychology-Social Psychology of the Proletariat -so that in a not distant future a theoretical referential to be established, may truly reflect and comprehend the social dynamics of this class, devoid of classes compromise, a reflex of the dominant ideology to which such a class is traditionally submitted. O presente trabalho teve por objetivo examinar o surgimento do conceito de ideologia e as transformações que vem sofrendo desde então, tendo como objetivo fundamental sugerir áreas de estudo dentro da Psicologia, particularmente da Psicologia Social, onde a aplicação desta categoria de análise poderia lançar uma luz mais esclarecedora e satisfatória sobre uma série de fenômenos de comportamento, áreas estas que até agora persistem em ignorar os fenômenos ideológicos. Ao final do trabalho foram formuladas críticas severas à maneira pela qual a Psicologia Social vem se realizando no Brasil via EUA, quer a nível metodológico, quer particularmente quanto aos fenômenos por ela estudados. Entre nós se patenteia a ausência e aceitação de enfoques interdisciplinares, bem como a dissociação de tais fenômenos do contexto histórico-político onde ocorrem. Sugeriu-se também a criação entre nós de uma nova área de estudos preferencial para a Psicologia Social - Psicologia Social do proletariado - visando estabelecer, num futuro próximo, um referencial teórico capaz de refletir e compreender realmente a dinâmica social desta classe, isento de comprometimentos classistas, reflexo da ideologia dominante à qual tal classe é tradicionalmente submetida.
5

Ambiguidade Como Recurso da Publicidade: Análise de Propagandas das Havaianas.

FONSECA, R. B. 14 October 2013 (has links)
Made available in DSpace on 2016-08-29T15:08:55Z (GMT). No. of bitstreams: 1 tese_6924_Dissertação Renata Barreto Completa.pdf: 2052160 bytes, checksum: 856ed977d37af1cf65929307e8793f90 (MD5) Previous issue date: 2013-10-14 Nesta pesquisa, busca-se analisar o uso das ambiguidades em anúncios das sandálias Havaianas, veiculados no site Havaianas-Site Oficiai, pela perspectiva da Produção de Sentido. Para a construção de um referencial sobre a ambiguidade, apresentam-se os estudos de Ullmann (1964), Lopes (1975), Lyons (1979) e Hankamer & Aissen (1984). Para aprofundar essa discussão, por um viés discursivo, apresenta-se a obra de Haroche (1992). Assume-se o ponto de vista teórico de Mari (1991), para quem a ambiguidade é vista como a bifurcação de leituras au- conduzem a dimensões referenciais distintas. A escolha da marca Havaianas levou em consideração o emprego criativo das ambiguidades, aumentando as possibilidades discursivas. Parte-se da hipótese de que o uso das ambiguidades é evitado no discurso publicitário, pois esse recurso ainda é visto como um desvio, podendo comprometer a recepção dos anúncios. Por outro lado, quando a ambiguidade é associada ao uso de clichês, torna mais fácil a recepção dos mesmos, por trabalhar com um sentido que já está legitimado pelo uso coletivo. Para tratar dos clichês, têm-se os estudos de Parente (1999). Objetiva-se, também, apresentar como o discurso publicitário se constitui, tendo a tese de Rabelo (1987) e as obras de Sandmann (2001) e Carrascoza (2002) como referência. São apresentados os estudos de Casaqui (2007) sobre a marca Havaianas e seu reposicionamento no mercado por meio das estratégias de marketing. Como o discurso publicitário é ideológico, a obra de Fiorin (1997) é referência, por tratar das questões de ideologia. Como procedimento metodológico, será realizada análise semiótica, com os estudos de Santaella (1996), pois se constatou que o linguístico e o imagético asseguram a ambiguidade nos anúncios. Na publicidade, a cor é um aspecto fundamental, recorrendo-se à obra de Farina (2000) para tratar das cores. Feitas as análises, constatou-se que a duplicidade de sentidos é proposital, funciona como "isca" para prender o leitor, obrigando-o a um trabalho mental para compreender a mensagem. Há sempre um apelo ao aspecto lúdico da linguagem Dara conduzir ao reconhecimento do produto veiculado. Também se observou que os anúncios trabalham de um lado com clichês e do outro com um sentido mais literal, para referir-se diretamente à marca Havaianas. Os anúncios utilizam a rede semântica associativa, visando à retomada e posterior fixação da marca. Observou- se que o uso da ambiguidade serviu para aproximar o texto do leitor. Essa identidade provocada também pelo clichê trouxe para os anúncios analisados leveza, soltura, humor e graciosidade.
6

A construção ideológica do sujeito de direito

Roepke, André de Sousa 2002 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Jurídicas. Programa de Pós-Graduação em Direito. Made available in DSpace on 2012-10-19T13:49:46Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2014-09-26T02:03:57Z : No. of bitstreams: 1 187652.pdf: 5995339 bytes, checksum: dfefef67fea402f18f922ec0726e8874 (MD5) Análise do processo de formação da figura do sujeito de direito no âmbito da modernidade, descrevendo os principais elementos culturais utilizados na sua formação, bem como atentando para os interesses concretos que flexionaram o seu surgimento. Promove ainda uma problematização do sujeito de direito, feita a partir do papel ideológico por este desempenhado no processo de reprodução do mundo moderno.
7

Discutindo o ideologico no fim do seculo XX

Cademartori, Luiz Henrique Urquhart 1993 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciencias Juridicas Made available in DSpace on 2012-10-16T06:16:41Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2016-01-08T18:27:56Z : No. of bitstreams: 1 94454.pdf: 3049881 bytes, checksum: 88f4424623734859e10305a40fdca53b (MD5) O presente trabalho propõe-se investigar de forma sumária e num primeiro momento, a origem e alguns dos posteriores desdobramentos seguidos pelas teorias sobre a ideologia. Para tal fim, inicialmente será feito um resumido levantamento das duas principais correntes de pensamento que desenvolvem este tema (marxismo e liberalismo). Em primeiro lugar, estudar-se-á o uso marxista do termo, desde a sua redefinição realizada por Karl Marx, passando, de forma breve pelos principais seguidores da corrente marxista e as mudanças que o termo ideologia sofre através deles. A segunda corrente a ser estudada é o liberal e para tal objetivo usar-se-á como autores-guia Norberto Bobbio e secundariamente Roy Macridis. No que diz respeito ao primeiro autor, inicialmente será especificado o tipo de liberalismo na Itália e a participação de Bobbio dentro desse contexto. A seguir serão mostrados alguns dos autores liberais que sobre o tema da ideologia se debruçam, através de um levantamento esquematicamente realizado por Bobbio no seu dicionário de Política. A brevidade das análises feitas nessa primeira parte do trabalho justifica-se pela razão de não serem elas o objetivo central deste. Tais constatações serão usadas apenas como forma de contextualizar o tema de forma mais clara e a partir daí trilhar, na segunda parte, o seu objetivo principal, qual seja, o de questionar o problema da ideologia como forma de tentar compreender os atuais rumos do controle social e as suas formas de ação. Começando pelo estudo da ideologia em Kelsen e a seguir, usando como autores básicos Claude Lefort e Luís Alberto Warat, tentar-se-á estabelecer um diálogo entre estes. Pela via reflexiva de Lefort, será observada a superação do discurso sobre a ideologia, dando passagem à tematização a respeito do político e os caminhos da democracia; em Luís Warat, as reflexões a respeito das novas formas de controle social que já não obedecem os mesmos parâmetros da ideologia na modernidade.
8

Uma visão do incesto em Juan Rulfo

Figliolo, Gustavo Javier 5 December 2013 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão, Programa de Pós-Graduação em Literatura, Florianópolis, 2010 Made available in DSpace on 2013-12-05T22:04:44Z (GMT). No. of bitstreams: 1 285328.pdf: 665232 bytes, checksum: f6327474e62fcd4af8908965ed1224c4 (MD5) Esta pesquisa tem por objetivo analisar o romance #Pedro Páramo#, de Juan Rulfo, através de uma leitura crítica para com as temáticas de incesto e paternidade constituintes da obra. Visivelmente, o incesto ocupa um lugar central na obra do escritor, de mãos dadas com a idéia de pecado e do sentimento de culpa, imagem carregada de uma densa atmosfera religioso-espiritual. Da mesma forma, temos a imagem do patriarca a ser obedecido, como regulador de um sistema social universal e hegemônico. Para tanto, será analisada a estilística de Juan Rulfo, cuja semântica ideológica forja a narrativa de seu Jalisco natal. Nosso enbasamento teórico estará dado pelas teorias de Freud e Lévi-Strauss a respeito do incesto, contestadas pela teoria feminista pós-estruturalista com base em algumas idéias de Michel Foucault e Jacques Lacan. The purpose of this research is to make an analysis of Juan Rulfo.s novel #Pedro Páramo#, through a critical review of incest and paternity as component of the work. Notoriously, incest has a central rule in the writer.s work, together with the idea of sin and guilt, images set in a dense religious-spiritual atmosphere. In the same way, there exists an image of the patriarch to be obeyed as the ruler of a universal hegemonic social system. So, there will be analyzed Juan Rulfo.s style, whose ideological semantics forges his Jalisco.s narrative. Our theoretical source of analysis will be set on Freud.s and Lévi-Strauss. theses on incest, refuted by pos-structuralist feminist theory with some ideas of Michael Foucault and Jacques Lacan.
9

Veja e a criminalização da política: mídia e direito entre a ideologia do consenso e o estranhamento do mundo

Cordoville Efrem de Lima Filho, Roberto 31 January 2009 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T17:22:39Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo6356_1.pdf: 1276109 bytes, checksum: 834f34971effa0e6064c4a363b2c23fe (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2009 Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico O que leva um ministro do Supremo Tribunal Federal a ser aclamado como um herói pela revista semanal de maior circulação do país? O presente trabalho intenta responder esta e outras perguntas a ela irmanadas e que dizem respeito à construção histórica de uma cumplicidade estrutural material e simbólica entre os meios de comunicação de massa e o Poder Judiciário, ou, em outros termos, entre o campo midiático e o campo jurídico. Em sua primeira parte, composta por três capítulos e intitulada Ideologia do Consenso , investiga-se a existência de uma homologia entre os campos em questão. São traçadas então as posições de seus/suas agentes, as correlações de força internas e externas, assim como os seus mecanismos de legitimação, de dominação e suas hegemonias homólogas. Na segunda parte, intitulada Estranhamento do Mundo , arquiteta-se o encadeamento entre a midiatização da corrupção e a do STF. Perquire-se a presença da corrupção nos meios de comunicação, em afinidade ao aparecimento do crime nos folhetins e ao processo de massificação da sociedade. Infere-se dos meandros entre a mídia e o crime, a constituição de um movimento simbólico que desloca a política daquilo convencionalmente delineado como campo político para o crime e a corrupção. A criminalização da política faz-se na deslegitimação da política e na imbricada legitimação das tomadas de decisão midiáticas e jurídicas, neutralizadas, engendrando um estranhamento dos sujeitos à política e, conseqüentemente, ao mundo
10

O sujeito na gestão paradoxante em Organismos Internacionais

Salimon, Mário Ibraim 12 April 2016 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Programa de Pós-Graduação em Administração, 2016. Submitted by Fernanda Percia França (fernandafranca@bce.unb.br) on 2016-07-04T13:46:17Z No. of bitstreams: 1 2016_MárioIbraimSalimon.pdf: 1950625 bytes, checksum: 41d523595773d321a707303e3303d953 (MD5) Approved for entry into archive by Ruthléa Nascimento(ruthleanascimento@bce.unb.br) on 2017-03-21T14:34:22Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2016_MárioIbraimSalimon.pdf: 1950625 bytes, checksum: 41d523595773d321a707303e3303d953 (MD5) Made available in DSpace on 2017-03-21T14:34:22Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2016_MárioIbraimSalimon.pdf: 1950625 bytes, checksum: 41d523595773d321a707303e3303d953 (MD5) Este estudo analisa relações de trabalho em Organismos Internacionais (OI) e busca, como objetivo geral, entender que tipos de sujeito emergem no presente contexto, em que trabalhadores são chamados a inovar e ser eficientes em organizações gerencialistas com condições cada vez mais precárias de trabalho. Para atender aos objetivos específicos, o autor caracteriza os OI em função das representações deles formadas pelos trabalhadores e das relações de trabalho neles vigentes; identifica, no discurso dos sujeitos, indicadores da ideologia gerencialista e de gestão paradoxante; e busca manifestações que caracterizem os tipos de sujeito produzidos pela gestão paradoxante. Realizou-se pesquisa qualitativa e descritiva, baseada em estudo transversal de casos. A abordagem foi construtivista e o modo de análise indutivo. O estudo se vale de análises de discurso baseadas em pesquisa documental, entrevistas e anotações de campo. Onze sujeitos associados a 20 diferentes OI foram ouvidos, sendo os resultados analisados a partir de três categorias, baseadas nos objetivos específicos. Constatou-se que a maioria dos entrevistados se frustrou ao adentrar uma dessas organizações, trocando a visão idealizada que tinham por uma imagem de agências que trabalham em função delas próprias, a um custo incompatível com o benefício que geram. Confirmaram-se práticas de precarização laboral orientada à viabilização da instrumentalização mútua entre governo local e OI. As análises indicam que o gerencialismo foi amplamente assimilado pelos OI e que as formações discursivas próprias da ideologia que o embasa estão profundamente imbricadas no pensamento e na ação dos atores desse setor. Encontraram-se indicadores dos sete paradoxos de gestão propostos por Gaulejac. Os sujeitos emergentes da gestão paradoxante são predominantemente defensivos, adotando tanto estratégias coletivas como individuais. No primeiro caso, encontraram-se indicadores de cinismo viril e de recurso ao realismo econômico. As defesas individuais incluem racionalização por meio de discurso teleológico, recalque e clivagem. Também emergiram sujeitos de transgressão, como decorrência da incompatibilidade entre as metas culturais propostas pelas organizações e os meios disponíveis para seu alcance. This study analyses labor relations in International Development Agencies (IDA) and aims at understanding the types of subject that emerge from the present managerialist organization, marked by pressures for efficiency and innovation in a context of growing precarization and scarcity. In order to attain specific objectives, the research defines IDAs in terms of their representations in the subjects’ psyches and the labor relations developed therein; identifies indicators of managerialist ideology and paradoxal management; and searches for manifestations that would characterize the types of subject emerging from paradoxal management. The study is qualitative and descriptive in nature. The approach was constructivist and the analytical mode, inductive, based on critical discourse analysis. 11 subjects associated with 20 different organizations have been interviewed, with results being organized in three different categories based on the specific objectives of this research. Findings show that most of the interviewees have been frustrated after entering an IDA, changing their positive views of such organizations for one that portrays them as self-oriented and too costly for the value they are able to return to society. Labor precarization and mutual instrumentalization between government and IDAs have been confirmed, as well as the embedding of managerialist discourse in subjects’ verbalizations and practice. Indicators of Gaulejac’s seven management paradoxes have also been found. The subject that emerges from paradoxal management is predominantly defensive, adopting both collective and individual defense strategies. In the first case, findings show indicators of virile cynicism and the resource to economic realism. Individual defense strategies found in the study include rationalization via teleological discourse, repression and splitting of the Ego. Transgressive subjects also emerged in the interviews as a result of incompatibilities between cultural goals proposed by the organization and the available means for their attainment.

Page generated in 0.0565 seconds