• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 9168
  • 17
  • 7
  • 2
  • Tagged with
  • 9194
  • 9194
  • 9194
  • 7528
  • 1626
  • 1322
  • 1104
  • 1084
  • 990
  • 955
  • 908
  • 889
  • 759
  • 752
  • 682
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

A televisão pública brasileira na contemporaneidade : o caso da TVU da UFMT

Bezerra, Nilo Alves 24 February 2012 (has links)
Submitted by Valquíria Barbieri (kikibarbi@hotmail.com) on 2017-11-08T19:41:40Z No. of bitstreams: 1 DISS_2012_Nilo Alves Bezerra.pdf: 1388497 bytes, checksum: 79ed31443932bdaeb59e3572664bf11f (MD5) / Approved for entry into archive by Jordan (jordanbiblio@gmail.com) on 2017-12-15T14:36:50Z (GMT) No. of bitstreams: 1 DISS_2012_Nilo Alves Bezerra.pdf: 1388497 bytes, checksum: 79ed31443932bdaeb59e3572664bf11f (MD5) / Made available in DSpace on 2017-12-15T14:36:50Z (GMT). No. of bitstreams: 1 DISS_2012_Nilo Alves Bezerra.pdf: 1388497 bytes, checksum: 79ed31443932bdaeb59e3572664bf11f (MD5) Previous issue date: 2012-02-24 / O avanço tecnológico trouxe novas ferramentas para a comunicação de massa. A imagem digital, a internet e os dispositivos móveis alteraram a forma de comunicar. A televisão, que revolucionou o mundo no século passado vem perdendo sua hegemonia, mas ainda é o meio de maior abrangência de atuação. O profissional da comunicação televisiva deve se adequar à nova forma de comunicação audiovisual, mais interativa e com multiprogramação. A profusão de novas emissoras de televisão também muda a cultura de massa, agora mais segmentada. Nesta pesquisa é feita uma análise de como a TV pública, mais especificamente a TV UNIVERSIDADE da UFMT, enfrenta esse novo panorama verificando quais os maiores problemas e as novas possibilidades para cumprir seu papel na contemporaneidade. / Technological advancement has brought new tools for mass communication. The digital image, the Internet and mobile devices have changed the way people communicate. Television, which revolutionized the world in the last century is losing its hegemony, but is still the larger scale of operation. The communications professional television must conform to the new form of audiovisual, more interactive and multiprogramming. The profusion of new television stations also changes the mass culture, now more targeted. This research is an analysis of how public TV, specifically the TV UNIVERSITY UFMT, facing this new situation, by checking that the major problems and new possibilities to fulfill their role in contemporary society.
2

O percurso de gramaticalizaÃÃo de à que: um estudo pancrÃnico

JoÃo Bosco Figueiredo Gomes 16 April 2008 (has links)
nÃo hà / à notÃrio o uso crescente, tanto no portuguÃs brasileiro quanto no portuguÃs europeu, da expressÃo à que dita âexpletivaâ. Mas hà divergÃncias, entre os lingÃistas, em relaÃÃo à origem, natureza e funÃÃo dessa expressÃo. Este trabalho consiste num relato de uma investigaÃÃo empÃrica do carÃter multifuncional do à que, desenvolvida com o objetivo de descrever e explicar os diferentes usos, bem como suas origens, os processo(s)/mecanismos e propriedades formais e funcionais que caracterizam a emergÃncia dessa expressÃo como relativos a um processo de gramaticalizaÃÃo. No paradigma funcionalista em que se abriga o estudo da gramaticalizaÃÃo, esta pesquisa analisa, pancronicamente, dados amostrais do Corpus MÃnimo de Textos Escritos da LÃngua Portuguesa â COMTELPO, que reÃne textos portugueses do SÃculo XII ao SÃculo XVIII e textos das 1 e 2 metades do SÃculo XIX e XX do portuguÃs do Brasil e do portuguÃs europeu, classificados segundo o gÃnero e o perÃodo da histÃria do portuguÃs. Utiliza o programa SPSS para o cÃlculo de freqÃÃncia e correlaÃÃo dos indÃcios. Os resultados empÃricos parecem comprovar a hipÃtese de que, por meio de um processo de gramaticalizaÃÃo, o à que segue a trajetÃria espaÃo > texto, partindo de significados mais concretos para outros mais abstratos no texto, resultante da reanÃlise do uso original trecentista de à o que em à que. Quanto à emergÃncia da expressÃo, registrou-se, nos dados da amostra relativa ao SÃculo XVI, a primeira ocorrÃncia do à que em posiÃÃo inicial. Na posiÃÃo medial, a expressÃo à que ocorre a partir do SÃculo XVII, em frases declarativas e exclamativas, e somente na 1 metade do SÃculo XIX, em frases interrogativas. Estabelecido esse percurso, a anÃlise dos dados referentes Ãs sincronias dos SÃculos XIX e XX revela que a expressÃo à que acumula as funÃÃes de marcador de Ãnfase e de marcador epistÃmico de asseveraÃÃo, e realiza-se por meio dos tipos denominados, neste trabalho, como: marcador enfÃtico-explicativo, marcador enfÃtico-contrastivo e marcador enfÃtico-interrogativo. / The increasing use of the expression à que, considered âexpletive,â both in Brazilian Portuguese and European Portuguese is conspicuous. Nevertheless, there are divergences among linguists in relation to its origin, nature, and function. This work is a report of an empirical investigation of the multifunctional feature of à que, aiming at describing and explaining its different uses, origins, processes and mechanisms, as well as the formal and functional properties that characterize the emergence of this expression as relative to a grammaticalization process. Within the functionalist paradigm, by which grammaticalization is sheltered, this research panchronically analyzes sample data of the Corpus MÃnimo de Textos Escritos da LÃngua Portuguesa â COMTELPO, that gathers Portuguese texts from the 12th to 18th centuries, and texts of the first and second halves of the 19th and 20th centuries in Brazilian and European Portuguese, which were classified according to genre and period of the Portuguese language. The SPSS program was used for frequency calculation and correlation of evidences. The empirical results seem to prove the hypothesis that through a process of grammaticalization, à que follows the path space > text, moving from more concrete meanings to more abstract ones within the text, resulting from the reanalysis of the original, 13th-century transition from à o que to à que. In relation to the emergence of the expression, the first occurrence of à que in initial position was registered in the data of the 16th-century sample. The expression à que starts to occur in middle position of declarative statements and exclamations in the 17th century, and only in the first half of the 19th century, it occurs in interrogative sentences. Once this pathway was established, the data analysis that refers to the synchronizations of the 19th and 20th centuries reveal that the expression à que accumulates the function of emphasis marker and epystemic asseveration marker, and occurs through the types termed in this work as: emphatic-explicative marker, emphatic-contrastive marker, and emphatic-interrogative marker.
3

Gêneros textuais no livro didático de português: problemas de abordagem

Barros, Daniela Samira da Cruz 17 September 2007 (has links)
Submitted by Renata Lopes (renatasil82@gmail.com) on 2016-11-01T11:10:25Z No. of bitstreams: 1 danielasamiradacruzbarros.pdf: 394312 bytes, checksum: 62fecd1caedd4376c3d9b32e92401f75 (MD5) / Rejected by Adriana Oliveira (adriana.oliveira@ufjf.edu.br), reason: Favor verificar palavras chave na autorização on 2016-12-15T13:19:38Z (GMT) / Submitted by Renata Lopes (renatasil82@gmail.com) on 2016-12-15T13:22:43Z No. of bitstreams: 1 danielasamiradacruzbarros.pdf: 394312 bytes, checksum: 62fecd1caedd4376c3d9b32e92401f75 (MD5) / Approved for entry into archive by Adriana Oliveira (adriana.oliveira@ufjf.edu.br) on 2016-12-15T13:24:49Z (GMT) No. of bitstreams: 1 danielasamiradacruzbarros.pdf: 394312 bytes, checksum: 62fecd1caedd4376c3d9b32e92401f75 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-12-15T13:24:49Z (GMT). No. of bitstreams: 1 danielasamiradacruzbarros.pdf: 394312 bytes, checksum: 62fecd1caedd4376c3d9b32e92401f75 (MD5) Previous issue date: 2007-09-17 / Este trabalho tem por objetivo investigar de que forma os gêneros textuais têm sido efetivamente tratados nos manuais didáticos de Língua Portuguesa no contexto do Ensino Fundamental. Após análise de alguns livros recomendados pelo Programa Nacional do Livro didático (PNLD), optamos por focalizar a abordagem utilizada pela coleção Português Paratodos, de Ernani Terra e Floriana Cavallete, por tratar-se de material realmente adotado em escolas da rede pública de Três Rios, RJ. Tal pesquisa baseia-se em alguns conceitos-chave das teorias de gêneros, seguindo-se principalmente a perspectiva sócio-discursiva de Bakhtin, os aportes da sócio-retórica de Swales e a discussão sobre a transposição didática do gênero empreendida pelo Grupo de Genebra (Dolz e Schneuwly, em particular). Recorre-se também a estudos sobre a própria questão do uso do livro didático no ensino-aprendizagem de Português. Em constante diálogo com esses enquadres teóricos, a presente análise aponta problemas de abordagem dos gêneros nos livros pesquisados, mas sugere também propostas alternativas. / This research aims at investigating how text genres have been effectively approached in Portuguese textbooks in Brazil. After analyzing some books which were recommended by the National Program of Textbooks (PNLD), we decided to focus on the series Português Paratodos, by Ernani Terra and Floriana Cavallete, since it has been really adopted by public schools located in Três Rios, RJ. This study relies on some basic concepts from genre theory, mainly sociointeracionist and sociorhetorical perspectives (Bakhtin and Swales), and on the matter of pedagogical implications as discussed by Dolz and Schneuwly. We also investigated some studies on the use of textbooks for the learning and teaching of Portuguese. Proposing an articulation between these theories, our research points out problems observed in the textbooks analyzed and also suggests some alternative approaches.
4

Transcaetano: trilogia cê mais recanto

Teixeira, Pedro Bustamante 27 March 2015 (has links)
Submitted by Renata Lopes (renatasil82@gmail.com) on 2016-05-10T11:20:58Z No. of bitstreams: 1 pedrobustamanteteixeira.pdf: 1351209 bytes, checksum: a69acd9277a58ed58549dfadbf47d9af (MD5) / Approved for entry into archive by Adriana Oliveira (adriana.oliveira@ufjf.edu.br) on 2016-06-15T12:45:24Z (GMT) No. of bitstreams: 1 pedrobustamanteteixeira.pdf: 1351209 bytes, checksum: a69acd9277a58ed58549dfadbf47d9af (MD5) / Made available in DSpace on 2016-06-15T12:45:24Z (GMT). No. of bitstreams: 1 pedrobustamanteteixeira.pdf: 1351209 bytes, checksum: a69acd9277a58ed58549dfadbf47d9af (MD5) Previous issue date: 2015-03-27 / CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / Entre os anos de 2006-2013, o compositor Caetano Veloso, depois de mais de quarenta anos de carreira, vive uma nova fase autoral ao se juntar aos jovens da Banda Cê. Nesse período, o artista inverte as expectativas e, ao invés de produzir a geração do seu filho mais velho, o músico, cantor e compositor, Moreno Veloso, se deixa produzir por ela. A tese discute este momento do artista através da análise dos seus três discos com a Banda Cê, Cê, Zii e Zie e Abraçaço, e do disco Recanto da cantora Gal Costa, todo ele de canções inéditas do compositor. Partindo da premissa de que não há como se ler canção sem se considerar o seu aspecto musical, recorre-se na tese a uma série de abordagens, literária, histórica, sociológica, antropológica, musical, para se analisar as canções e os discos desse período que revelam, nesse movimento de troca com uma nova geração, o esforço continuado do artista para estar no mundo em presença. Enfim, conclui-se que para além do monumento Caetano, ressurge, em meio aos jovens da geração de seu filho, Moreno Veloso, o artista que compõe, escreve, canta, pensa, que discute com um pensamento singular, tropicalista, os grandes temas do Brasil na contemporaneidade. / Between the years 2006-2013, the composer Caetano Veloso, after a career of more than forty years, is experiencing a new phase as an author after having joined the youth of Cê Band (Banda Cê). During this period, he reversed expectations and, instead of being the inspiration for the young generation of his eldest son, the musician, singer and composer Moreno Veloso, the artist allows himsel to be inspired by it. The thesis discusses this phase of the artist through the analysis of his three latest albums with Banda Cê, intitled Cê, Zii e Zie and Abraçaço, and the album Recanto of the singer Gal Costa, being the last totally composed of unreleased songs of Caetano Veloso. Assuming that there is no way to read a song without considering its musical aspect, the thesis uses a number of approaches – literary, historical, sociological, anthropological, musical – to analyze the songs and albums of this period, which reveal, in this movement of exchange with the new generation, the continued effort of the artist to be a presence in the present world. Finally, it is concluded that, reaching beyond the “monument” Caetano Veloso, the composer rearises among the youth of the generation of his son, Moreno Veloso, as an artist who composes, writes, sings, thinks, discussing with a singular thought, tropicalista, the great themes of contemporaneous Brazil.
5

A metamorfose em Lygia: processos de metamorfose nos contos de Lygia Fagundes Telles

Silva, Vera Maria Tietzmann 13 September 1984 (has links)
Submitted by Liliane Ferreira (ljuvencia30@gmail.com) on 2018-11-19T10:45:20Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Dissertação - Vera Maria Tietzmann Silva - 1984.pdf: 67160085 bytes, checksum: f3ecabdeeee49c59676e22d07f101008 (MD5) / Approved for entry into archive by Luciana Ferreira (lucgeral@gmail.com) on 2018-11-19T11:34:35Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Dissertação - Vera Maria Tietzmann Silva - 1984.pdf: 67160085 bytes, checksum: f3ecabdeeee49c59676e22d07f101008 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-11-19T11:34:35Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Dissertação - Vera Maria Tietzmann Silva - 1984.pdf: 67160085 bytes, checksum: f3ecabdeeee49c59676e22d07f101008 (MD5) Previous issue date: 1984-09-13 / (Sem resumo em outra língua) / O mito tem sido há séculos um dos fatores de permanente apelo em literatura . Os temas míticos, de forma clara ou velada, insinuam-se em prosa e verso na obra de grandes literat os . Partindo da hipótese de que os escritores tendem a manter uma invariante semântica em toda sua obra, pretende-se demonstrar que a maioria dos contos de Lygia Fagundes Telles reprisa o tema mítico da metamorfose. O "corpus" estudado compreende 55 contos da autora e o tema em análise abrange a metamorfose ovidiana (física), goetheana (comportamental) e teleológica (a morte como transformação final) . A argumentação faz-se do geral para o particular, situando primeiramente o tema da metamorfose no panorama literário; depois, genericamente, na obra da autora; discriminando , finalmente, cada aspecto que o tema assume nos diferentes grupos de contos . A parte introdut6ria inclui um esboço de estudo sobre a metamorfose textual, tarefa minuciosa a que a autora se entrega antes de reeditar suas narrativas. A metamorfose física dos personagens verifica-se em poucos contos , sendo mais sugerida do que explicitada . Compre ende zoomorfismo e antropomorfismo, bem como outras manifestações metamórficas (decadência por velhice ou doença, nanismo, " duplos" de personagens, a metamorfose meta·fórica) ._ A metamorfose comportamental , mais freqUente que a física, inclui processos de degradação e melhora . A degradação deve-se geralmen~ te a causas sociais (queda ou ascensão na escala social) ou emocionais (excesso ou carência de amor) e pode apresentar-se encoberta ou revelar - se numa epifania . Consideramos alterações comportamentais todos os estádios da loucura e do comportamento anti-social . Os processos de melhora compreendem a expiação e os ritos iniciatór ios . A morte como a metamorfose final relaciona a transformação ao mito da imortalidade através das dicotomias morte/amor, morte/tempo e morte/re ssurreição . Finda a pesquisa, confirma-se a hipótese inicial de que na contística de Lygia Fagundes Telles prevalece uma invariante semântica, expressa, principalmente, pelo tema mítico da metamorfose.
6

teste1

silva, joao 25 January 2017 (has links)
Submitted by Adriana Oliveira (adriana.oliveira@ufjf.edu.br) on 2017-08-14T20:59:06Z No. of bitstreams: 1 Resolução 16 - 2016-CSPP-Homologações.pdf: 1437503 bytes, checksum: a83d3448ad3f59282c04935352e19cc3 (MD5) / Approved for entry into archive by Adriana Oliveira (adriana.oliveira@ufjf.edu.br) on 2017-08-14T21:01:41Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Resolução 16 - 2016-CSPP-Homologações.pdf: 1437503 bytes, checksum: a83d3448ad3f59282c04935352e19cc3 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-08-14T21:01:41Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Resolução 16 - 2016-CSPP-Homologações.pdf: 1437503 bytes, checksum: a83d3448ad3f59282c04935352e19cc3 (MD5) Previous issue date: 2017-01-25 / teyte / teste
7

Inserindo dispositivos relacionais: táticas artísticas para desacelerar

Damé, Paulo Renato Viegas 22 August 2007 (has links)
Made available in DSpace on 2016-12-08T16:19:02Z (GMT). No. of bitstreams: 1 A.pdf: 82520 bytes, checksum: bbe9ef2a89a6bff03fb74f123be483d2 (MD5) Previous issue date: 2007-08-22 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / Esta dissertação está organizada de forma a abordar e refletir questões relacionadas à desaceleração. Na tentativa de compreender os processos criativos em arte, reconhecemos a importância de reinventar as múltiplas articulações entre a proposta, o propositor e o espectador. Proponho como tática artística para desacelerar, o trabalho de inserção da Pedra 42. Ele é aqui apresentado como um dispositivo relacional. Este trabalho gera encontros, instaura acontecimentos e provoca intervalos no espaço/tempo dos indivíduos que têm o seu "caminho" atravessado por este objeto. São pausas que têm como intuito promover uma desaceleração no indivíduo. Pedra 42 é das propostas desenvolvidas, a mais referencial para esta reflexão, uma vez que com ela foi possível concretizar diferenças entre espectador e aquilo que agora é denominado não-expectador. O público que ignora a inserção é chamado de não-expectador, porque não tem expectativas. O não-expectador pode converter-se em expectador ao se deparar com a pedra. Nesse encontro, a descontinuidade no fluxo dessas pessoas pode manifestar-se das formas mais diversas. Assim, ao invés de espectadores, há manipuladores, que agem direto sobre as propostas inseridas, colocando-as em outro lugar, ou recolhendo-as para si, tornando-se co-autores ou até mesmo colecionadores/curadores destes objetos
8

Reflexões sobre a noção de teatro de grupo

Oliveira, Valéria Maria de 15 December 2005 (has links)
Made available in DSpace on 2016-12-08T16:52:03Z (GMT). No. of bitstreams: 1 VALERIA MARIA DE OLIVEIRA.pdf: 625170 bytes, checksum: 7cb1c4fe0c5b07231dbdf14d0abf9c10 (MD5) Previous issue date: 2005-12-15 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / Esta dissertação foi desenvolvida como resultado de estudo para o curso de Mestrado em Teatro da Universidade do Estado de Santa Catarina. O objetivo deste trabalho foi refletir sobre modos de organização da atividade teatral e identificar noções de Teatro de Grupo. Parte-se da experiência da Commedia dell arte, considerada aqui como uma das precursoras do grupo teatral permanente. Pos teriormente, aborda-se a proposta de trabalho de André Antoine na sua companhia Théâtre Libre.Também faz-se referências às experiências de t trabalho grupal de J erzy Grotowski , de Eugênio Barba e do grupo Living Theat re. A partir desse universo, se delimitam idéias relacionadas à noção contemporânea de teatro de grupo, que remetem ao grupo como lugar de encontro, à utilização de zonas marginai s , e à cr ação de projetos pedagógicos . O trabalho também reflete sobre a experiência de teatro de grupo no Brasil . Nes e sentido faz referência a grupos como Lume e Galpão. Por fim, essa dissertação identifica características operacionais, e elementos dos discursos coletivos , que permitem delimitar a exis tência de uma noção de Teat ro de Grupo que funciona como parâmetro para jovens realizadores teatrais.
9

Espaço cênico : representação simbólica e pós-modernidade.

Gómez, Máximo José 01 March 2004 (has links)
Made available in DSpace on 2016-12-08T16:52:03Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Maximo DISSERTACAO.pdf: 646025 bytes, checksum: 8189670601af4adff348235ef3054241 (MD5) Previous issue date: 2004-03-01 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / O tema deste trabalho se relaciona de forma direta com minhas preocupações como diretor teatral, já que a prática desta função me impõe uma aproximação às diferentes linguagens que conformam o espetáculo teatral, sendo o espaço o lugar onde essas linguagens se articulam. O papel do diretor vai além do exercício de um olhar exterior que se limita a enfocar o desenvolvimento das ações do ator. A função do diretor está mais próxima de ser uma tarefa que outorga coerência ao conjunto de signos que se fazem presentes no processo espetacular. Esse conjunto de signos determinado pela articulação dos diferentes elementos - luz, som, cenário, texto, ator, etc - aparece nas idéias do projeto inicial, embora só adquiram uma forma mais acabada através do processo de construção (ensaios), e que é confrontada cada vez que se expõe ao público. O longo processo de construção, acomodação e reajuste de um espetáculo, que segundo Meyerhold, não termina na estréia, mas sim no momento em que o espetáculo sai de cartaz, se sustenta num elemento que não pode deixar de ser considerado desde o princípio deste processo: o espaço cênico A escolha do espaço, isto é, a determinação do modo como o conjunto de signos vai ser espacializado , define o rumo dos sentidos do espetáculo. O sentido final vai ser construído pelo público, que tem uma participação ativa da leitura semântica do espetáculo. Portanto, o conceito de espaço, não pode ficar restrito à idéia de cenário, imagem freqüente quando se fala de espaço no teatro
10

A Plagiocombinação como estrategia dramatúrgica na cibercultura

Salvatti, Fábio Guilherme 13 April 2004 (has links)
Made available in DSpace on 2016-12-08T16:52:03Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Fabio Salvatti.pdf: 1589932 bytes, checksum: 7720857b47df0d9e7a28e6e36fe1d95c (MD5) Previous issue date: 2004-04-13 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / A plagiocombinação, estratégia de produção artística através da reconfiguração de obras preexistentes prefigurada pelo músico Tom Zé, vem sendo cada vez mais freqüente na contemporaneidade. O advento da criação da rede mundial de computadores, o grande volume de troca de informações que dele resulta e as novas relações culturais que derivam desse ciberespaço estão diretamente associados a essa freqüência. A recorrência da plagiocombinação e os novos desafios e possibilidades propostos pela cibercultura aos artistas contemporâneos mostram a necessidade da revisão do conceito de autoria e da legislação que lhe dá suporte. Ao pôr em crise esse conceito, o artista-plagiocombinador está exercendo um ato político de profundas implicações ideológicas. O propósito deste trabalho é examinar o mecanismo da plagiocombinação e seus vínculos com a cibercultura, sublinhando, sobretudo, o caráter ideológico da opção por essa estratégia. Para auxiliar no mapeamento das características da plagiocombinação, três peças estreadas na cidade de Curitiba, entre 1997 e 2001, foram selecionadas como corpo de análise. São elas R , de Fernando Kinas; Estou te escrevendo de um país distante , de Felipe Hirsch; e Arrastom , de Adriano Esturilho.

Page generated in 0.0725 seconds