• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 326
  • 10
  • 10
  • 10
  • 9
  • 7
  • 4
  • 2
  • 1
  • Tagged with
  • 338
  • 338
  • 139
  • 135
  • 50
  • 45
  • 38
  • 36
  • 31
  • 31
  • 27
  • 27
  • 27
  • 23
  • 23
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
21

Estimativa do estoque florestal potencial a partir dos dados do Inventário Florestal Nacional / Estimating potential forest storage with data from the National Forest Inventory

Biondo, Leandro Meneguelli 22 September 2016 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Florestal, 2016. / Submitted by Raquel Almeida (raquel.df13@gmail.com) on 2017-06-26T14:31:43Z No. of bitstreams: 1 2016_LeandroMeneguelliBiondo.pdf: 13518045 bytes, checksum: f2e098238d5da6fe12c36017c9cfa2ca (MD5) / Approved for entry into archive by Patrícia Nunes da Silva (patricia@bce.unb.br) on 2017-07-09T13:16:24Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2016_LeandroMeneguelliBiondo.pdf: 13518045 bytes, checksum: f2e098238d5da6fe12c36017c9cfa2ca (MD5) / Made available in DSpace on 2017-07-09T13:16:24Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2016_LeandroMeneguelliBiondo.pdf: 13518045 bytes, checksum: f2e098238d5da6fe12c36017c9cfa2ca (MD5) Previous issue date: 2017-07-09 / Utilizando métodos com dados de campo e de sensoriamento remoto ambiental, interpolou-se o Inventário Florestal Nacional (IFN) para indivíduos com DAP>=10cm, com geoestatística e inclusão de informações de RADAR orbital. Desenvouveu-se estimativas do estoque florestal potencial da Caatinga no estado do Ceará. Utilizados RADAR e sensores ópticos, reamostrando os dados de 20x20 km a até 500 m de resolução. Os resultados da modelagem por krigagem foram comparados com as informações de campo e foi utilizada máscara para filtro de Índice de Degradação Florestal por Radar (RFDI) nas estimativas de biomassa em áreas de interesse. Analizou-se geometrias de vegetação do PROBIO e imóveis rurais do Cadastro Ambiental Rural (CAR). Com a biomassa do Ceará estimada em 340 milhões de toneladas, encontrou-se a média de 33,8 ton/ha para “Savana Estepe Arborizada”, tipologia mais comum da Caatinga. Valores para outras tipologias comuns foram estimados, com 27,5 ton/ha para “Savana Estepe Parque", 25,9 ton/ha para “Savana Estepe” enquanto áreas de “Floresta Estacionária SemiDecidual baixa 30” ou “Floresta Savana e Estacionária” indicaram vegetação densa, com mais de 70 ton./ha. Analisados 21.784 imóveis rurais de maio do CAR com área declarada em 2,8 milhões de hectares, ou 19,0% do estado. Na krigagem da biomassa, 28,6% estavam em imóveis rurais. A concentração de biomassa nos registros foi separada de acordo com tipo de imóvel, distribuídas com 53,3% em 21.275 propriedades rurais, 41,7% nos 507 assentamentos e 5,0% em 2 áreas de comunidades tradicionais. O método automatiza a estimativa de biomassa e aplicação de máscara de vegetação em todo o Ceará. Concluiu-se que este método deve ser considerado no uso do IFN com índices de vegetação. Particularmente objetivando estimar estoque florestal espacialmente correlacionado, auxiliando estudos de distribuição territorial de florestas e planejamento de recuperação ambiental. / Data from forest inventories and remote sensing was interpolated with the intention of spatially estimating forest storage on unvisited field areas. Using data from trees of 10cm or greater DBH (Diameter at Breast Height) for biomass estimation as part of the potential forest storage, processed with geostatistics and orbital RADAR derived information. The remote sensing together with kriging of the IFN (national forest inventory) to rescale the information from 20km to 500m resolution. Results from kriging were compared to field data and then a filter mask of PALSAR was applied in order to remove areas of low forest density from spatial estimatives. The information was then overlapped with rural properties registry from Rural Environmental Registry (CAR). The results showed a total of 340 million tonnes of biomass on Ceara State, with an average 33.8ton/ha for the most common vegetation typology (Arborized Savannah) and other common typologies ranging between 25.9 and 70.0 ton/ha. With 21.784 rural properties and 2.8 million hectares declared. Accounting for 19.0% of Ceara area, containing 28.6% of estimated biomass. The biomass average was distributed as 53.3% on 21.275 private registries, 41.7% on 507 settlements of agrarian reform and 5.0% on two traditional communities areas. This led to conclude that it is possible and feasible to use the discrete IFN data associated to geostatistics and vegetation indexes on forest storage spatial estimates. The results shown in this work might help future studies on territorial distribution and planning of forest or environmental managing and recovery.
22

Padrões ecológicos da comunidade zooplanctônica antes e após a construção de um reservatório hidrelétrico tropical

Py-Daniel, Sarah Sampaio 20 February 2017 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Ecologia, Programa de Pós-Graduação em Ecologia, 2017. / Submitted by Raquel Almeida (raquel.df13@gmail.com) on 2017-06-28T17:10:43Z No. of bitstreams: 1 2017_SarahSampaioPy-Daniel.pdf: 1974517 bytes, checksum: 128c4991dc11443948643c8c7da83ca0 (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2017-08-22T17:46:20Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2017_SarahSampaioPy-Daniel.pdf: 1974517 bytes, checksum: 128c4991dc11443948643c8c7da83ca0 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-08-22T17:46:20Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2017_SarahSampaioPy-Daniel.pdf: 1974517 bytes, checksum: 128c4991dc11443948643c8c7da83ca0 (MD5) Previous issue date: 2017-08-22 / Esta dissertação avaliou alguns padrões ecológicos correspondentes à comunidade zooplanctônica ao longo do monitoramento da formação do reservatório Serra do Facão, no rio São Marcos (julho de 2007 a junho de 2010). O rio São Marcos, pertencente à bacia do rio do Prata, apresentava uma vazão média de 1.290,8 m3 /s e agora possui uma área inundada de 232,370 km2 com capacidade de gerar 210 megawatts de energia. A comunidade zooplanctônica (cladócero, copépode, rotífero e tecameba) e as variáveis ambientais limnológicas foram coletadas bimestralmente na área de influência da usina hidrelétrica, desde montante da área de remanso do reservatório até 1 km jusante do canal de fuga da usina (16 pontos amostrais). Os principais resultados evidenciam que (1) os valores encontrados para concordância entre grupos e para sincronia populacional podem variar ao longo das campanhas de amostragem, principalmente, entre as fases da implantação da barragem (antes e após a formação do reservatório hídrico); (2) nenhum dos grupos taxonômicos analisados foi indicativo entre si (concordantes) inviabilizando o uso de grupos susbtitutos no monitoramento do reservatório; (3) a redução da resolução numérica e taxonômica se apresentou satisfatória independente da fase de implantação em que o reservatório se encontra, o que pode otimizar o tempo das análises das amostras do monitoramento ambiental; (4) as flutuações populacionais dos grupos zooplanctônicos apresentaram baixa sincronia ao longo do tempo podendo chegar à assincronia, porém (5) a regulação destas flutuações não são decorrentes das variações ambientais e nem da dispersão populacional, o que inviabiliza a redução do esforço amostral e a predição da comunidade zooplanctônica com base nesses dois mecanismos. / This dissertation evaluated some ecological patterns correspondent to zooplanktonic community along monitoring of the construction of Serra do Facão reservoir in São Marcos river (2007 July to 2010 June). São Marcos river, belonging to Prata river basin, had an average flow of 1.290,8 m³/s and now have a flooded area of 232,370 km² with capacity to generate 210 megawatts of energy. Zooplanktonic community (cladocera, copepod, rotifer and testate amoebae) and limnological environmental variables were bimonthly collected in the area of hydroelectric power plant influence, from upstream of the reservoir to 1km downstream of power plant’s escape channel (16 points). The most relevant results showed that (1) the values observed for concordance between groups and for populational synchronization can vary over sampling campaigns, mostly between dam’s construction phases (before and after hydric reservoir formation); (2) none of analyzed taxonomic groups were indicative among themselves (concordant) making it impossible to use surrogates groups on reservoir monitoring; (3) the reduction of numerical and taxonomic resolution was satisfactory independent of which phase the reservoir formation was, which optimizes the analyses time in environmental samples; (4) population fluctuations of zooplanktonic groups presented low synchrony over time which could reach to asynchrony, however (5) regulation of this fluctuations is neither due to environmental variations, nor to populational dispersion, which make impossible reduction of sample effort and prediction of zooplanctonic community based on these two mechanisms.
23

Análise multitemporal de vegetação em ecossistemas de áreas úmidas utilizando séries temporais derivadas do sensor modis na Ilha do Bananal – Tocantins

Rezende Filho, José Roberto Gonçalves de 28 February 2017 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de Geografia, Programa de Pós-graduação, 2017. / Submitted by Raquel Almeida (raquel.df13@gmail.com) on 2017-07-11T19:20:59Z No. of bitstreams: 1 2017_JoséRobertoGonçalvesdeRezendeFilho.pdf: 7880125 bytes, checksum: a1dea249205ed56486aa509fd0ee2c69 (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2017-08-07T22:01:51Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2017_JoséRobertoGonçalvesdeRezendeFilho.pdf: 7880125 bytes, checksum: a1dea249205ed56486aa509fd0ee2c69 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-08-07T22:01:51Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2017_JoséRobertoGonçalvesdeRezendeFilho.pdf: 7880125 bytes, checksum: a1dea249205ed56486aa509fd0ee2c69 (MD5) Previous issue date: 2017-08-07 / O sensoriamento remoto permite estudar os fenômenos da superfície terrestre em diversas escalas espaciais e temporais. A constante transformação dos ecossistemas, de forma abrupta ou contínua e de origem humana ou natural, cria a necessidade do desenvolvimento de técnicas que tenham a capacidade de detectar essas mudanças, identificar suas causas e monitorar o processo. Este trabalho se volta para as análises de séries temporais contínuas, que podem ser usadas no monitoramento de ecossistemas já que a continuidade dos dados permite traçar um perfil para o comportamento sazonal de cada fitofisionomia. O trabalho tem como objetivo desenvolver uma metodologia para identificação de padrões sazonais e classificação de alvos do uso do território e de áreas alagadas da Ilha do Bananal, estado do Tocantins, a partir do comportamento fenológico identificado nas séries temporais contínuas do sensor MODIS. A partir de então, o desenvolvimento da metodologia foi fracionado em quatro fases principais agrupando etapas temáticas sequenciais de acordo com seu escopo conceitual da seguinte forma: 1) Aquisição de dados do sensor MODIS; 2) Tratamento de Ruído; 3) Construção do Hipercubo Espectro-Temporal; e 4) Classificação e Teste de Acurácia. Para validação da classificação foram utilizados ponto de controle interpretados visualmente com base em imagens Landsat, a partir dos quais se calculou o índice Kappa. O filtro de mediana demonstrou a capacidade de eliminar picos ao mesmo tempo em que preserva os dados. Foi realizada uma classificação para áreas alagáveis – cujo Kappa foi de 0,8 – e uma para o uso da terra – cujo 2 Kappa foi de 0,648. A partir dos mapeamentos foi possível extrair informações sobre os ciclos de inundação e evolução da paisagem na região da Ilha do Bananal. / Remote sensing allows us to study the phenomena of the earth's surface at various spatial and temporal scales. The constant transformation of ecosystems, abruptly or continuously and human induced or from natural origin, creates the need to develop techniques that are able to detect these changes, identify their causes, and monitor the process. This paper turns to the analysis of continuous time series, which can be used in the monitoring of ecosystems, given that the continuity of data allows tracing a profile for the seasonal behavior of each phytphysiognomy. This study’s objective is the development a methodology to identify seasonal patterns and classify land use targets and flooded areas in the Bananal Island, Tocantins state, from the phonologic behavior identified on continuous time series form NODIS sensor. From then on, the methodology development was fractioned in four main stages grouped in thematic sequential steps according to its conceptual scope as follows: 1) Acquisition of MODIS sensor data; 2) Noise Reduction; 3) Construction of the SpectralTemporal Hypercube; and 4) Classification and Accuracy Test. For the classification’s validation it was employed control point visually interpreted based on Landsat images, from which the kappa index was calculated. The median filter demonstrated the capacity of eliminating peaks while preserving the data. It was performed one classification for flooded areas – whose kappa was 0,8 – and one for land use – whose kappa was 0,648. From the mappings, it was possible to extract information regarding the flooding cycles and the landscape development for the Bananal island region.
24

Estudo da variação da descarga sólida em suspensão da sub-bacia do Riacho Fundo - Lago Paranoá, Brasília - DF

Aquino, Igor Guedes de 18 August 2017 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Geociências, Programa de Pós-Graduação em Geociências Aplicadas, 2017. / Submitted by Gabriela Lima (gabrieladaduch@gmail.com) on 2017-12-05T11:29:54Z No. of bitstreams: 1 2017_IgorGuedesdeAquino.pdf: 4717561 bytes, checksum: 982793ab9d6a6ac1dd08a05e1136b618 (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2018-01-24T14:19:13Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2017_IgorGuedesdeAquino.pdf: 4717561 bytes, checksum: 982793ab9d6a6ac1dd08a05e1136b618 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-01-24T14:19:13Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2017_IgorGuedesdeAquino.pdf: 4717561 bytes, checksum: 982793ab9d6a6ac1dd08a05e1136b618 (MD5) Previous issue date: 2018-01-24 / A preocupação com a quantidade e qualidade de água disponível para consumo tem sido cada vez mais presente, dado o crescimento urbano e populacional. Brasília - Distrito Federal- é uma cidade que cresceu além do planejado e já possui situação frágil por estar localizada em uma região de nascentes. Além disso, atualmente a cidade passa por uma crise hídrica que culminou no abastecimento emergencial de um reservatório que não foi planejado para este fim durante sua construção, o Lago Paranoá. Nesse contexto, o monitoramento de sedimentos torna-se uma ferramenta importante do ponto de vista de planejamento, para evitar a diminuição da vida útil do Lago Paranoá para abastecimento. Entretanto, o monitoramento efetivo da quantidade de sedimentos só foi iniciado em 2012 e por dificuldades técnicas não se sabe de fato a quantidade que é exportada para o lago, já que os eventos de cheia não têm sido acompanhados corretamente, tanto em termos de vazão, quanto quantidade de sedimentos, estando os dados restritos a cota de 1,20 m. Assim, esse trabalho objetivou contribuir com o estudo sedimentométrico do Córrego Riacho Fundo, afluente do Lago Paranoá e historicamente o principal exportador de sedimentos de toda a bacia. Para isso, a vazão foi medida por método acústico com o M9 e foi utilizado um amostrador automático ISCO 6712, para amostragem de água e sedimentos, com coleta em um ponto fixo e variando de acordo com a cota, a 40 cm de profundidade da superfície d’água. Também foi feito monitoramento simultâneo da turbidez, com sonda multiparamétrica flutuando, igualmente. Os resultados alcançados aqui permitiram elaborar uma nova curva-chave, com vazões medidas entre 0,9 e 2,83 m de cota. Apesar de não ter sido possível estabelecer uma curva-chave de sedimentos, devido à dispersão dos dados, foi acompanhada parte considerável dos eventos em cotas altas, entre 1,40 e 3,79 m. A turbidez teve boa correlação com os sedimentos, tendo coeficiente de correlação R² = 0,92. Outro componente dos sedimentos foi analisado, a composição mineral dos sedimentos suspensos. O uso do amostrador automático permitiu identificar uma diversidade de minerais que não foi identificada em outros estudos na região. / The concern about the quantity and quality of water available for consumption has been increasingly present, given the urban and populational growth. Brasília - Federal District - is a city that has grown beyond planned and already has a fragile situation due to its location in a region of water springs. Furthermore, currently the city undergoes a water crisis that culminated in the emergency supply by a reservoir that was not planned for this purpose during Brasilia`s construction, the Lake Paranoá. In this context, sediment monitoring becomes an important tool from a planning point of view, to avoid a reduction in the useful life of Lake Paranoá for supply. However, the effective monitoring of the amount of sediment only started in 2012 and due to technical difficulties, the amount exported to the lake is not known, since flood events have not been correctly kept up, in terms of flow rate and amount of sediments, with the data being restricted to a height of 1.20 m. Thus, this work aimed to contribute to the sedimentometric study of the Riacho Fundo stream, affluent of Lake Paranoá and historically the main exporter of sediments of the entire basin. For this purpose, the flow was measured by the acoustic method with the M9 and an automatic sampler ISCO 6712 was used for water and sediment sampling, with collection at a fixed point and varying according to the height, at 40 cm of depth from water surface. Also, simultaneous monitoring of the turbidity was carried out, with a floating multiparameter probe, likewise. The results obtained here allowed to elaborate a new rating curve, with measured flows between 0.9 and 2.83 m of quota. Although it was not possible to establish a key sediment curve, due to the dispersion of the data, a considerable part of the events was observed at high levels, between 1.40 and 3.79 m. The turbidity had a good correlation with the sediments, with R² = 0.92. Another component of the sediments was analyzed: the mineral composition of the suspended sediments. The use of the automatic sampler allowed identifying a diversity of minerals not identified in other studies in the region.
25

Estimativa de séries anuais de evapotranspiração real e vazão em bacias sem monitoramento fluviométrico com base nas hipóteses de budyko / Estimative of annual actual evapotranspiration and streamflow series at ungauged basins based on budyko hypothesis

Otsuki, Rodrigo Gomes 29 May 2015 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, 2015. / Submitted by Fernanda Percia França (fernandafranca@bce.unb.br) on 2016-01-04T15:31:02Z No. of bitstreams: 1 2015_RodrigoGomesOtsuki.pdf: 2983930 bytes, checksum: 75b9dabfd6d872620ae648e6e48ce1c8 (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana(raquelviana@bce.unb.br) on 2016-01-07T16:48:58Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2015_RodrigoGomesOtsuki.pdf: 2983930 bytes, checksum: 75b9dabfd6d872620ae648e6e48ce1c8 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-01-07T16:48:58Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2015_RodrigoGomesOtsuki.pdf: 2983930 bytes, checksum: 75b9dabfd6d872620ae648e6e48ce1c8 (MD5) / A estimativa de variáveis hidrológicas em bacias sem monitoramento consiste em um dos grandes desafios da Hidrologia. Budyko, climatologista russo, estudou o comportamento da água na natureza e apresentou ideias conhecidas como hipóteses de Budyko. Com base nessas hipóteses foram desenvolvidos diversos métodos que permitem o cálculo de séries de evapotranspiração (E) e vazão (Q) a partir de dados de precipitação (P) e evapotranspiração potencial (E0). O presente trabalho avaliou o desempenho da equação de Fu, uniparamétrica (ω) e baseada nas ideias de Budyko, na estimativa das séries de longo período e anuais de E e Q, em bacias com e sem monitoramento. A metodologia foi aplicada a bacias do semiárido cearense e sub-bacias do rio São Francisco com características climáticas distintas. Para cada bacia, foram calibrados parâmetros ω para as escalas temporais de longo período e anual, tendo sido encontrados resultados semelhantes para as duas escalas. Foram desenvolvidos modelos regionais do parâmetro ω para as duas regiões estudadas, para as escalas temporais anual e de longo período. Os modelos regionais foram elaborados com base em características físicas e climatológicas das bacias, além de técnicas de regionalização como o método dos mínimos quadrados ponderados (WLS). Na escala média de longo período, foram obtidos coeficientes Nash-Sutcliffe (NS) médios elevados, em torno de 0,90 para E e 0,80 para Q nas bacias do semiárido cearense. Para as sub-bacias do rio São Francisco, obteve-se coeficientes médios NS iguais a 0,72 e 0,88 na predição de E e Q, respectivamente. Para a escala anual, os resultados em geral foram inferiores à escala de longo período. Para a predição de E anual, 88% das bacias cearenses apresentaram NS superior a 0,50 e 63% acima de 0,90. Para Q anual, 80 % das bacias apresentaram NS superiores a 0,50, sendo 30% acima de 0,70. Na predição das séries anuais de E das sub-bacias do rio São Francisco, 60% dos NS foram acima de 0,50 e 30% acima de 0,70. Na predição das séries anuais de Q, apenas 56% apresentaram NS positivos. / Estimating hydrological variables at ungauged basins is one the greatest challenges in Hydrology. Budyko, Russian climatologist, studied the water behavior in nature and presented ideas known as the Budyko hypotheses. Based on these hypotheses, several methods have been proposed, allowing the calculation of actual evapotranspiration (E) and streamflow (Q) based on precipitation (P) and potential evapotranspiration (E0). This study explored the use of the Fu’s equation, a uni-parametric model based upon Budyko’s ideas, in the estimation of long-term averages and annual time series of E and Q in gauged and ungauged basins. Two different and heterogeneous regions in Brazil were chosen to evaluate the methodology, one in mostly semiarid basins in the state of Ceará, and the other in more diversified climatic conditions in the São Francisco River basin. For each basin, the solely ω parameter of the Fu equation was calibrated for long-term and annual time scales, and results for both scales were similar. Regional regression models of the parameter ω were developed for the two studied regions for both time scales so one can use the equation for ungauged basins. This study was based on physical and climatological characteristics of the basins as well as Weighted Least Squares (WLS) regionalization techniques. For the long-term scale, the average Nash-Sutcliffe (NS) coefficients were high, being approximately 0,90 for E and 0,80 for Q for the Ceará basins. The estimated average NS coefficients for the São Francisco river subbasins were approximately 0,72 and 0,88 for E and Q, respectively. Regarding the annual scale, results were in general lower than those obtained for the long-term scale. For the prediction of annual E of the Ceará, 88% of the basins had NS greater than 0.50 and 63% had NS greater than 0,90. For the prediction of Q annual series, 80% of the basins had NS greater than 0.50 among which 30% were greater than 0.70. For the prediction of annual E series of the São Francisco sub-basins, 60% of the results were greater than 0.50 and 30% greater than 0,70. On the other hand, on the prediction of annual Q series, only 56% of the São Francisco sub-basins had positive NS.
26

Imagens multitemporais ALOS/PALSAR baseada em orientação a objeto na discriminação da cobertura da terra

Beneditti, Cristina Aparecida [UNESP] 30 August 2010 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:22:25Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2010-08-30Bitstream added on 2014-06-13T19:07:52Z : No. of bitstreams: 1 beneditti_ca_me_prud.pdf: 3065249 bytes, checksum: b10d04069c7a91011443ee9fcf72ab9c (MD5) / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / Sensores ópticos são amplamente utilizados para mapeamento da cobertura da terra em escala local e pequenas regiões, com uma ampla variedade de aplicações, incluindo planejamento urbano, inventario agrícola e florestal, gerenciamento de bacias hidrográficas e monitoramento ambiental. Mapeamento de cobertura da terra com dados da banda L SAR tem focado primariamente em florestas e área úmidas de regiões tropical e boreal, com ênfase no monitoramento de desmatamento tropical e reflorestamento. No inicio de 2006, aquisições sistemáticas do ALOS PALSAR tem fornecido conjunto de dados multisazonais com alta resolução (12,5m), com potencial para substituir ou complementar os conjuntos de dados ópticos para mapeamento de cobertura da terra em regiões que a cobertura de nuvens é menos problemática, mas ainda um limitante para a variação sazonal da cobertura da terra. Este estudo avalia a utilização de dados PALSAR multitemporal, combinados com modelo digital de superfície (DSM) derivado do ALOS PRISM, para o mapeamento da cobertura da terra em uma região central do estado de São Paulo, Brasil. A área de estudo (22.5ºS 47.8 ºW) está situada na região oeste do reservatório de Barra Bonita, próximo a confluência dos rios Tietê e Piracicaba, com elevações variando entre 300 e 1000m. Os usos da terra dominante são agricultura ( cana de açúcar, cítricas e gramíneas) e florestal (eucaliptos). A vegetação natural é restrita a vegetação riparia, mata na front da cuesta e macrofitas aquáticas sazonais. Áreas urbanas presente na região são São Pedro e Aguas de São Pedro. Duas cenas PALSAR no modo Fine-Beam Single-polarization (FBS) (08 de abril de 2008 e 09 de janeiro de 2009... / Optical sensors are widely used for land cover mapping at local and small region scales, for a wide variety of applications including urban planning, forest and crop inventory, watershed management, and environmental monitoring. Land cover mapping with L-band SAR data has focused primarily on forest and wetland areas in tropical and boreal regions, with particular emphasis on monitoring tropical deforestation and regrowth. Beginning in 2006, systematic acquisitions of ALOS PALSAR have provided multi-season, near-global data sets at high (12.5 m) resolution, with the potential to substitute for or complement optical data sets for land cover mapping in regions where cloud cover is less problematic, but still limiting for seasonally varying land cover. This study evaluates the utility of multi-temporal PALSAR data, combined with a digital surface model (DSM) derived from ALOS PRISM, for land cover mapping at a site in central São Paulo state, Brazil. The study area (22.5ºS 47.8 ºW) is situated at the west end of the Barra Bonita Reservoir, at the entrance point of the Tietê River, with elevations ranging from about 300 to 1000 m. Dominant land uses are agriculture (sugar cane, citrus, pasture) and forestry (eucalyptus). Natural vegetation is largely restricted to riparian forest, forests on steep slopes, and seasonal aquatic macrophytes. Urban areas include the cities of São Pedro and Águas de São Pedro. Two PALSAR Fine-Beam Single-polarization (FBS) mode scenes (8 April 2008 and 9 January 2009... (Complete abstract click electronic access below)
27

Estudo curitibano de investigação do ambiente e reprodução (CUIDAR) : avaliação da exposição gestacional a desreguladores endócrinos ambientais

Souza, Michele Bertoncello January 2016 (has links)
Orientador : Prof. Dr. Anderson Joel Martino Andrade / Coorientador : Profª. Drª. Rosana Nogueira de Morais / Dissetação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Fisiologia. Defesa: Curitiba, 29/08/2016 / Inclui referências : f. 74-84 / Área de concentração : Fisiologia endócrina / Resumo: Nas ultimas décadas houve um aumento marcante na produção de produtos químicos industriais e, apesar de inúmeros benefícios, essas substancias também passaram a representar um desafio do ponto de vista de contaminação ambiental e saúde publica. A exposição a múltiplas substancias por diferentes vias faz da quantificação desses agentes em amostras biológicas (biomonitoramento) uma estratégia essencial para a avaliação da situação real de exposição e riscos a saúde humana. Dentre as substancias químicas que mais causam preocupação estão os desreguladores endócrinos, especialmente quando a exposição ocorre durante períodos críticos de susceptibilidade, como a gestação. Neste contexto, o estudo Curitibano de Investigação do Ambiente e Reprodução (CUIDAR) foi delineado como um estudo coorte gestacional no âmbito do programa de saúde maternoinfantil da cidade de Curitiba (Mãe Curitibana), com o objetivo de avaliar a exposição de gestantes a desreguladores endócrinos ambientais, possíveis preditores de exposição, bem como a relação entre tais exposições e desfechos endócrinos e reprodutivos em recemnascidos. Esta dissertação apresenta os resultados da fase piloto deste estudo, com 50 gestantes recrutadas no inicio da gestação em três unidades de saúde de Curitiba. Os seguintes critérios de inclusão foram utilizados: consentimento livre e esclarecido de gestantes moradoras de Curitiba, <16 semanas de gestação, idade entre 18 e 40 anos e gestação classificada como baixo risco. Foram aplicados questionários sobre os hábitos de vida familiares no inicio, metade e final da gestação e ao nascimento. Para as analises de desreguladores endócrinos por cromatografia liquida acoplada a espectrometria de massas foram utilizadas amostras urinarias do inicio da gestação e, adicionalmente, um "pool" constituído de alíquotas de 3 amostras representativas de todo o período gestacional: a primeira, a mediana e a ultima amostra coletadas. Foram quantificados 9 parabenos, 7 fenois e 24 metabolitos de ftalatos. Após o parto, os recem-nascidos do sexo masculino e feminino foram submetidos a um exame físico para avaliação genital e de medidas antropométricas, incluindo a distancia anogenital, marcador externo do ambiente androgênico pré-natal. Realizamos a analise de estatística descritiva para as concentrações urinarias maternas dos analitos analisados e examinamos as possíveis associações entre tais concentrações e fatores socio-demograficos e ligados ao estilo de vida. Nossos resultados mostraram um perfil de exposição distinto nas gestantes do CUIDAR em relação a estudos conduzidos em outros países, com concentrações urinarias menores de parabenos, porem concentrações maiores de diversos desreguladores endócrinos de preocupação toxicológica, como o bisfenol A, o triclosan e metabolitos de vários ftalatos anti-androgenicos, como o di-iso-butil ftalato (DiBP), o Di-n-butil ftalato (DBP) e o di-2-etilhexil ftalato (DEHP). Alem disso, detectamos a presença de metabolitos do di-iso-pentil ftalato (DiPeP), um ftalato não reportado em estudos de biomonitoramento em outros países, em todas as gestantes do CUIDAR. Nossos resultados confirmaram muitos dos preditores de exposição dos analitos mensurados, incluindo associações entre uso de produtos de cuidado pessoal e parabenos e fenois, índice de massa corporal e uso de plásticos e BPA e a relação de ftalatos com uso de garrafas plásticas, filmes plásticos, esmalte para unhas e alguns fatores dietéticos. O exame físico foi realizado em apenas 19 recém-nascidos, de forma que não foi possível examinar a relação das medidas antropométricas obtidas com as concentrações urinarias de desreguladores endócrinos. Nossos dados demonstram que estudos de biomonitoramento e epidemiologia reprodutiva devem ser priorizados no Brasil, a fim de entendermos o perfil de exposição da nossa população, possíveis impactos sobre a saúde, definição de estudos toxicológicos prioritários, bem como para a adoção de medidas de saúde publica e educação para minimizar a exposição a agentes químicos ambientais. Palavras chave: Biomonitoramento, Desreguladores endócrinos, Parabenos, Fenóis, Ftalatos, Saúde materno-infantil. / Abstract: In the last decades, there has been a significant increase in the production of industrial chemicals that, despite several benefits, represent a challenge for the environment and pulic health. Quantification of chemicals in biological samples (biomonitoring) represent one of the best alternatives to estimate human exposure and health risks, especially considering the real scenario of multiple chemicals and routes of exposure. Endocrine disrupting chemicals are among the substances that cause most significant health concerns, particularly for exposure dutring critical windows of susceptibility, such as gestation. The Curitiba Reproductive and Environment Study (CARES) was designed as a gestational cohort within the framework of maternal health care program of Curitiba (Mae Curitibana) to determine the esposure of pregnant women to environmental endocrine disruptors, predictors of exposure, and possible endocrine and reproductive outcomes in newborns. This dissertation presents the pilot phase results with 50 women in early pregnancy in three health care units of Curitiba. The following inclusion criteria were used: free consenting pregnant women residing in Curitiba, < 16 weeks pregnancy, 18-40 years old, low risk pregnancies. Questionnaires on lifestyle habits were administered at the beginning, mid, and late gestation and following birth. For the analysis of endocrine disruptors through liquid chromatography/mass spectrometry, we used maternal urinary samples collected in early pregnancy and, additionally, a pool of 3 aliquots of samples representing the whole gestational period: first, median and last urine samples collected by participants. We quantified 9 parabens, 7 phenols, and 24 phthalate metabolites. After birth, male and female newborbns were submitted to a physical exam consisting of genital evaluation and anthropometric measurements, including the anogenital distance, an external marker of prenatal androgenic environment. We conducted descriptive statistics on maternal urinary concentrations of the analytes and examine possible associations between such concentrations and sociodemographic and lifestyle factors. Our results indicate a different exposure profile in CARES participants in relation to populations studies in other countries, with lower urinary concentrations of parabens, but higher concentrations of several endocrine disruptors of toxicological concern, including bisphenol A, triclosan, and metabolites of several antiandrogenic phthalates, such as di-iso-butyl phthalate (DiBP), di-n-butyl phthalate (DBP), and di-2(ethylhexil) phthalate (DEHP). In addition, we detected in all CARES participants the presence of di-iso-pentyl phthalate (DiPeP), a phthalate ester that is not reported in biomonitoring studies in other countries. Our results confirmed many predictors of exposure of the measured chemicals, including the associations between the use of personal care products and concentrations of parabens and phenols, body mass index and use of plastics and bisphenol A, and the relationship between phthalates and the use of plastic bottles, plastic films, nail polish, and some dietetic factors. The physical exam was performed in 19 newborns, precluding the analysis of associations between anthropometric measurements and urinary concentrations of endocrine disruptors. Overall, our results indicate that biomononitoring and reproductive epidemiology studies should be prioritized in Brazil to increase our understanding of the profile of chemical exposures in Brazilian populations, possible health outcomes associated with such exposures, and to set priorities in animal toxicology studies, public health policies and education programs to minimize exposure. Keywords: Biomonitoring, Endocrine Disruptors, Parabens, Phenols, Phthalates, Maternalchild health.
28

Construção e calibração de amostrador passivo para determinação de ozônio troposférico

Garcia, Gabriel [UNESP] 03 April 2009 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:29:07Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2009-04-03Bitstream added on 2014-06-13T19:38:06Z : No. of bitstreams: 1 garcia_g_me_araiq.pdf: 720834 bytes, checksum: e19349ecd4bfbb9a08ff4ee78015990a (MD5) / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / Entre os compostos poluentes mais comuns presentes em ambientes abertos e fechados, o ozônio é considerado um dos mais agressivos à saúde humana, e de acordo com estudos realizados pela CETESB sua tendência geral no ambiente tem sido de aumentar sua concentração. Este trabalho descreve o desenvolvimento de novo amostrador passivo para determinação de ozônio troposférico em estudos ambientais. O amostrador passivo construído possui características que possibilitam utilização de menor tempo de amostragem, somente 8 horas. Seu desempenho foi avaliado pela comparação com método ativo, através de amostragens acompanhadas com analisador de ozônio. Os desvios de exatidão e precisão foram respectivamente ± 10,2 % e ± 8,6 %, e os limites de detecção e quantificação foram respectivamente 3,8 ppb e 8,6 ppb. A curva analítica construída apresentou coeficiente angular de 0,88 e coeficiente de correlação (r) de 0,957. O amostrador foi então empregado em estudos de mapeamentos e monitoramentos simultâneos da concentração de ozônio, em escala municipal, com locais de amostragem na cidade de Araraquara, e em escala regional, abrangendo ampla área territorial, com um local de amostragem em cada cidade: Bauru, São José do Rio Preto, Presidente Prudente, Sorocaba e Ribeirão Preto. Após 10 meses de amostragens os resultados comprovaram bom desempenho do amostrador em mapeamentos e monitoramentos simultâneos, identificando locais de pico de concentração do poluente e avaliando o perfil da variação da concentração do poluente ao longo do período do estudo. Este tipo de trabalho pode ajudar a entender melhor o problema e servir como parâmetro importante para auxiliar a CETESB a incluir novos centros de monitoramento, e também a pesquisadores a direcionar suas pesquisas na busca de entendimento mais abrangente do problema inclusive sobre sua ação na saúde da população. / Among the most common pollutants in open and closed environments, ozone is considered one of the most aggressive to human health, according to studies performed by CETESB its general trend in the environment the increasing of its concentration. This paper describes the development of new passive sampler for determination of tropospheric ozone in environmental studies. The passive sampler constructed has features that allow use of small time of sampling, only 8 hours. Its performance was evaluated by comparison with active method, by an ozone analyzer monitoration. The deviations of accuracy and precision were respectively ± 10.2% and ± 8.6%, and the limits of detection and quantification were respectively 3.8 ppb and 8.6 ppb. The analytical curve showed slope constructed of 0.88 and correlation coefficient (r) of 0,957. The sampler was then used in studies of simultaneous mapping and monitoring the concentration of ozone, at municipal level, with sampling locations in the city of Araraquara, and at the regional scale, covering large geographical area with a place of sampling in each city: Bauru , São José do Rio Preto, Presidente Prudente, Ribeirão Preto and Sorocaba. After 10 months the sampling results confirmed the good performance of the sampler in mapping and monitor simultaneously, identifying peak concentration local of the pollutant and evaluating the profile of variation of the concentration of the pollutant over the period of study. This type of work can help better understand the problem and can be an important parameter to help CETESB include new centers for monitoring, and the researchers to direct further studies toward the problem understanding, including its action on the health of population.
29

Análise das imagens do satélite RapidEye para discriminação de classes de cobertura vegetal do Cerrado

Silva, Lílian da Rocha da 26 March 2015 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Geociências, 2015. / Submitted by Ana Cristina Barbosa da Silva (annabds@hotmail.com) on 2015-05-07T15:40:09Z No. of bitstreams: 1 2015_LiliandaRochadaSilva.pdf: 9988497 bytes, checksum: 4ad9cbb8abd29ed63ff627555da9eb03 (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2015-05-12T13:20:32Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2015_LiliandaRochadaSilva.pdf: 9988497 bytes, checksum: 4ad9cbb8abd29ed63ff627555da9eb03 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-05-12T13:20:32Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2015_LiliandaRochadaSilva.pdf: 9988497 bytes, checksum: 4ad9cbb8abd29ed63ff627555da9eb03 (MD5) / A discriminação de classes de cobertura vegetal e o monitoramento da expansão da fronteira agrícola no bioma Cerrado têm sido conduzidos principalmente com base em imagens ópticas de satélites com resolução espacial moderada. O uso dessas imagens tem apresentado certa dificuldade por causa da elevada sazonalidade climática e da acentuada dinâmica espacial e temporal das atividades agrícolas. O lançamento do satélite RapidEye, com tamanho de pixel de 5 metros e periodicidade diária (off nadir), trouxe novas perspectivas para o mapeamento e monitoramento da cobertura vegetal do Cerrado. Esta pesquisa objetivou analisar o potencial das imagens RapidEye para discriminar as seguintes classes de cobertura vegetal natural e antrópica do bioma Cerrado: formações florestais, formações savânicas, formações campestres, culturas agrícolas e pastagens cultivadas. Os objetivos específicos incluíram a definição das três bandas mais apropriadas para geração de composições coloridas RGB para interpretação visual; a definição da banda espectral mais favorável para discriminação das classes espectrais acima mencionadas; a definição de classes de cobertura vegetal passíveis de serem discriminadas pelas imagens do satélite RapidEye; e o desempenho da técnica de segmentação por crescimento de regiões seguida de uma nova proposta de classificação semi-automática baseada nos parâmetros estatísticos da tabela de atributos da segmentação, para discriminar as classes de cobertura vegetal consideradas. Análises estatísticas de coeficiente de correlação por Pearson e Optimum Index Factor (OIF), análise de variância (ANOVA), análise de agrupamento hierárquico (cluster analysis) e análise da matriz de confusão indicaram que: a composição colorida RGB mais apropriada é a que envolve as bandas 1 (faixa espectral do azul), 3 (vermelho) e 5 (infravermelho próximo); as bandas 3 e 4 (red-edge) foram as que demonstraram maior potencial para discriminar as classes de cobertura vegetal e natural; é possível discriminar, no mínimo, dois grandes grupos espectrais, um grupo composto por formações florestais e savânicas e o outro grupo composto por formações campestres, culturas agrícolas e pastagens cultivadas; e a nova técnica de segmentação seguida de classificação semi-automática mostrou uma alta acurácia para mapeamentos das cinco classes espectrais consideradas nesse estudo. / The discrimination of land cover classes and the monitoring of expansion of agricultural frontiers in the Cerrado biome have been conducted mainly based on optical satellite images with moderate spatial resolutions. The use of these images has presented some difficulty because of the high seasonality and strong spatial and temporal dynamics of agricultural activities. The launch of the RapidEye satellite, with pixel size of 5 meters and daily repeat-pass (off nadir), brought new perspectives for mapping and monitoring the vegetation cover of the Cerrado. This paper analyzes the potential of RapidEye images to discriminate the following land use and land cover (LULC) classes: forestlands, shrublands, grasslands, croplands and cultivated pastures. The specific objectives included the definition of the three most appropriate bands to generate RGB color composites for visual interpretation; defining the most favorable spectral bands for discrimination of the above spectral classes; the definition of LULC classes that can be discriminated by the RapidEye satellite images; and the performance of the new technique based on image segmentation by growing region and followed by the semi-automatic classification based on the statistical parameters available in the attribute table of segmentation to discriminate the considered LULC classes. The Pearson correlation coefficient, the Optimum Index Factor (OIF), the analysis of variance (ANOVA), the hierarchical cluster analysis and the results of confusion matrix showed that: the most appropriated RGB color composite was the one involving the spectral bands 1 (blue) 3 (red) and 5 (near infrared); bands 3 and 4 (red-edge) were the ones that showed the highest potential to discriminate the LULC classes; it is possible to distinguish at least two major spectral groups, the group composed by forestlands and shurblands and the group composed by the grasslands, croplands and cultivated pastures; and the new segmentation technique followed by semi-automatic classification showed high accuracy for mapping the five spectral classes considered in this study.
30

Avaliação da Taxa de Dose Devido Aos Granitos Ornamentais Em Ambientes Públicos e Privados Na Cidade do Recife-Pernambuco-Brasil

ROCHA, Edílson Accioly 24 February 2012 (has links)
Submitted by Eduarda Figueiredo (eduarda.ffigueiredo@ufpe.br) on 2015-03-13T14:18:47Z No. of bitstreams: 2 Tese de Edílson Accioly Rocha DEN.pdf: 1596183 bytes, checksum: 5c48ada23f5aa98cbff7c93b2656823a (MD5) license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-03-13T14:18:47Z (GMT). No. of bitstreams: 2 Tese de Edílson Accioly Rocha DEN.pdf: 1596183 bytes, checksum: 5c48ada23f5aa98cbff7c93b2656823a (MD5) license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) Previous issue date: 2012-02-24 / FADE / A humanidade vem utilizando objetos de granito indiscriminadamente. Sabe-se hoje que o “granito” apresenta radionuclídeos naturais emissores de radiação gama, produzidos pelo decaimento das séries do urânio e do tório acompanhados de 40K, que quando provocam doses acima do limite internacionalmente aceito pelos órgãos governamentais de 1,0 mSv.a-1 para pessoas do público, podem causar danos aos seres vivos. O objetivo deste estudo foi avaliar a exposição à radiação gama a que os indivíduos estão expostos, quando presentes em ambientes internos com “granito” ornamental utilizado como material de revestimento em pisos, paredes e também como matéria-prima para vários utensílios, tais como: móveis, objetos de arte e de decoração, encontrados em ambientes públicos e privados da cidade do Recife. Os granitos foram monitorados por meio da utilização de dosímetros termoluminescentes, CaSO4:Dy, conhecido comercialmente por TLD-900, que foram fixados nos objetos de estudo e posteriormente lidos no Laboratório de Monitoramento Individual Externo do Centro Regional de Ciências Nucleares do Nordeste (CRCN-NE). Com este estudo, espera-se contribuir para o monitoramento ambiental, e naturalmente, para uma utilização mais segura dos objetos construídos com essa matéria-prima. As faixas de taxas de doses anuais detectadas nos granitos ornamentais nas residências, no edifício público, no restaurante, nos laboratórios, no hospital, no hotel e na copa do departamento monitorado, foram de respectivamente: 0,1 a 18,5 mSv.a-1; 1,9 a 7,5 mSv.a-1 ; 0,2 a 11,8 mSv.a-1; 0,5 a 8,3 mSv.a-1; 1,7 a 11,6 mSv.a-1 ; 0,4 a 4,9 mSv.a-1 e de 1,3 a 6,6 mSv.a-1 . Os resultados obtidos neste estudo revelaram taxas de doses bastante diversificadas e frequentemente superiores aos limites recomendados internacionalmente para pessoas do público, mostrando a necessidade de serem feitas avaliações radiométricas nos granitos ornamentais, antes da sua utilização em ambientes internos. O trabalho foi realizado entre os anos de 2007 e 2011.

Page generated in 0.127 seconds