• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 394
  • 5
  • 4
  • 4
  • 4
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • Tagged with
  • 401
  • 47
  • 41
  • 37
  • 31
  • 29
  • 27
  • 26
  • 24
  • 24
  • 24
  • 22
  • 22
  • 22
  • 21
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Efeito da derrota social sobre a progressão do glioma C6 inoculado no cérebro de ratos

Anjos, Marcos Antonio dos January 2002 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas. Programa de Pós-Graduação em Neurociências. / Made available in DSpace on 2012-10-20T01:09:47Z (GMT). No. of bitstreams: 0 / Neste estudo foi avaliado o efeito da derrota social sobre a progressão tumoral de células de glioma C6 inoculadas no cérebro de ratos. Os animais foram divididos em 4 grupos: inoculados com salina (grupo S, controle), inoculados com glioma C6 (grupo I), inoculados com glioma e depois submetidos a dupla derrota social (grupo I/D) e derrotados e depois inoculados com glioma (grupo D/I). Após 15 dias da inoculação, os animais foram avaliados quanto à progressão tumoral, sobrevivência, atividade motora (teste de campo aberto) e parâmetros imunológicos (níveis séricos de IgG contra glioma C6 e contagem sanguínea de linfócitos, granulócitos e monócitos). A progressão tumoral nos grupos inoculado e depois derrotado (I/D) e derrotado e depois inoculado (D/I) aumentou 69% e 41%, respectivamente, em relação ao grupo inoculado (I); o grupo I/D apresentou uma progressão tumoral 19% maior do que o grupo D/I. A atividade motora dos animais dos grupos I/D e D/I foi reduzida em 52% e 26%, respectivamente. Os animais I/D e D/I sofreram uma redução da sobrevivência de 34% e de 16%, respectivamente, quando comparados ao grupo I. Os níveis séricos de IgG contra glioma C6 foram aumentados nos animais inoculados com glioma (grupos I, I/D e D/I); entretanto no grupo I/D este aumento foi menor. No grupo I/D também mostrou uma redução no número de linfócitos e de granulócitos. Em conclusão, os resultados indicaram que a derrota social em ratos aumentou a progressão tumoral de glioma e reduziu a sobrevivência e alguns parâmetros da resposta imune dos animais observadas no modelo experimental proposto.
2

Modulação do ritmo alfa individual pela condição dos olhos e pela luminosidade em seres humanos

Bertuzzo, Matheus Mangini January 2017 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Neurociências, Florianópolis, 2017. / Made available in DSpace on 2017-10-17T03:24:35Z (GMT). No. of bitstreams: 1 347985.pdf: 2289573 bytes, checksum: c244adf736b6e1b7b02f69fcac637aea (MD5) Previous issue date: 2017 / O ritmo alfa, predominante em situação de repouso com os olhos fechados (OF), é modulado com a abertura dos olhos (OA). Este efeito, inicialmente atribuído à estimulação sensorial visual também foi observado no escuro, evidenciando uma modulação do ritmo alfa independente da luminosidade. Esta modulação se mostrou vinculada a estados de processamento interno e processos atencionais. Embora classicamente o ritmo alfa esteja inserido na faixa entre 8 a 12/13 Hz, é crescente a consideração de que Frequências Individuais de Alfa (IAF), definidas pelo Pico Individual de Alfa (IAP) ou pela Frequência de Gravidade, podem caracterizar de maneira mais eficaz o ritmo alfa de cada indivíduo. O presente estudo teve como objetivo investigar a contribuição da condição do olho e da luminosidade na modulação do ritmo individual de alfa em humanos. A EEG de 20 voluntários foi registrada em situação de repouso diante a 2 protocolos experimentais. No protocolo 1, a condição dos olhos (OA e OF) alternava em intervalos de 30 segundos enquanto o participante permanecia 5 minutos na mesma condição de iluminação (claro ou escuro); no protocolo 2, a condição de iluminação alternava enquanto o participante permanecia na mesma condição dos olhos. Os registros foram adquiridos em 20 canais posicionados de acordo com o Sistema Internacional 10-20. Os processos de desartefatagem, pré-processamento e análise espectral foram realizados através do Matlab. A análise de amplitude (potência média absoluta, PM, e potência relativa, PR) e frequência (Dominante, FD, e Centro de Gravidade, CG) foi baseada no IAF, delimitado a partir do pico de maior potência no espectro dentro da faixa de 7.5 e 12.5 Hz durante a condição de OF no claro para cada canal. O mesmo IAF foi utilizado nas demais condições. A PM foi reduzida pela abertura dos olhos nas regiões posteriores do escalpo, em ambas as condições de iluminação. A PM da sub-banda IAF Alfa2 foi modulada especificamente pela modulação da condição dos olhos, enquanto que a modulação da iluminação afetou de forma mais expressiva a IAF Alfa3. A PR mostrou-se menos seletiva na discriminação dos efeitos do que a PM. A FD foi reduzida pela luminosidade mais restritamente nas regiões frontais e o CG sofreu maior influência por parte dos protocolos experimentais. Os protocolos 1 e 2 mostraram-se complementares na caracterização das modulações dos olhos e da luz, discriminando o posicionamento mental dos indivíduos e desencadeando modulações no IAP, PM, PR e CG, mas não na FD. Os resultados obtidos pela análise com os métodos IAF e BF não apresentaram discrepância. Assim, a análise através do método IAF mostrou-se eficiente para identificar as modulações exercidas pelas condições dos olhos e da luz, ressaltando as características individuais do ritmo alfa.<br> / Abstract : The alpha rhythm, predominantly at resting situations with eyes closed (EC), is modulated with eyes opening (EO). This effect, initially attributed to visual sensorial stimulation was also observed in the dark. This modulation was linked to internal processing states and attentional process. Although classically the alpha rhythm is found at 8 to 12/13 Hz frequency range, the consideration of Individual Alpha Frequencies (IAF), defined by the Individual Alpha Peak (IAP) or by the Frequency of Gravity, can characterize the alpha rhythm of each subject more efficiently. The present study attempt to investigate the contributions of the eye and the light conditions in the human individual alpha rhythm modulation. The EEG of 20 volunteers was recorded in a resting situation exposed in two experimental protocols. At protocol 1, eyes condition (EO and EC) was alternated every 30 seconds interval while the participant was kept during 5 minutes at the same illumination condition (light or dark); however, at protocol 2, illumination condition was alternated while the participant kept the same eyes conditions. Twenty channels positioned according to the 10-20 International System were recorded. The artifact removal process, pre-processing and spectral analysis were made throw Matlab. The amplitude analysis (absolute mean power, MP, and relative power, RP) and frequency (dominant, DF, and gravity center, GC) were based on IAF, delimited from the higher power peak in the spectrum within the 7.5 ? 12.5 Hz frequency range during the light EC condition for each channel. The same IAF was set for the other conditions. The MP was reduced by the eyes opening at posterior scalp areas, at both light and dark conditions. The IAF Alpha2 MP was modulated specifically by the eyes condition modulation, while the illumination modulation most effectively affected the IAF Alpha3 MP. The RP was shown less selective on effect discrimination than MP. The DF was reduced by illumination at frontal scalp sites, and the GC was most influenced by the experimental protocols. Protocols 1 and 2 were complementary in eye and light modulation characterization, discriminating the mental position of individuals and triggering IAP, MP, RP and GC modulation, but not DF. The results obtained by the analysis with the IAF and BF methods were not discrepant. Thus, IAF method analysis was efficient to identify modulations exerted by eye and light modulations, emphasizing the individual characteristics of the alpha rhythm.
3

O problema da consciência : a abordgem neurocientífica do problema-corpo /

Massmann, Diogo Fernando. January 2012 (has links)
Orientador:Alfredo Pereira Júnior / Coorientador: Mariana C. Broens / Banca: Leonardo Ferreira Almada / Banca: Maria Eunice quilici Gonzalez / Resumo: Este trabalho tem o objetivo de tematizar o problema mente-cérebro (o tradicional problema mente-corpo) e o problema da consciência quando abordados pela neurociência. Para realizar tal objetivo, primeiramente, procuramos formular os dois problemas partindo do problema mente-corpo tradicional segundo a perspectiva cartesiana. A partir disso, buscamos mostrar como que o problema mente-corpo tradicional deu origem ao problema mente-cérebro contemporâneo, bem como, o modo como o problema mente-cérebro contemporâneo se liga ao problema da consciência. Ainda neste capítulo, apresentamos algumas teses do dualismo da propriedade emergente, bem como, alguns de seus argumentos. Na segunda parte, focamos na perspectiva neurocientífica destes problemas, dando atenção principal para as teorias da consciência de Crick e Koch, Edelman e Tononi. Finalmente, nos atentamos nas teorias filosóficas materialistas, a saber, na teoria da identidade tipo/tipo e ocorrência/ocorrência, no reducionismo interteórico e no materialismo eliminativo. Nesta parte, expomos as hipóteses e os argumentos concernentes a essas três perspectivas filosóficas / Abstract: This work is a study of neuroscience approaches to the mind-brain problem and the problem of consciousness. Firstly, we formulate these two problems by taking the traditional Cartesian mind-body problem as a starting-point. On this basis we attempt to show how the traditional mind-body problem gave origin to the contemporary mind-brain problem, as well as how the mind-brain problem is connected to the problem of consciousness. We also present some claims and relevant arguments regarding the dualism of emergent properties. In the second part of the work we focus on the neuroscience perspective on these problems, giving principal attention to the theories of consciousness of Crick and Koch, Edelman, and Tononi. Finally, we examine materialist philosophical theories, specifically, the type/type and occurrence/occurrence theory of identity, intertheoretic reductionism, and eliminative materialism / Mestre
4

O problema da consciência: a abordgem neurocientífica do problema-corpo

Massmann, Diogo Fernando [UNESP] January 2012 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:25:19Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2012Bitstream added on 2014-06-13T20:53:05Z : No. of bitstreams: 1 massmann_df_me_mar.pdf: 495957 bytes, checksum: a24520917937e3951da6b3641a8a66fb (MD5) / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / Este trabalho tem o objetivo de tematizar o problema mente-cérebro (o tradicional problema mente-corpo) e o problema da consciência quando abordados pela neurociência. Para realizar tal objetivo, primeiramente, procuramos formular os dois problemas partindo do problema mente-corpo tradicional segundo a perspectiva cartesiana. A partir disso, buscamos mostrar como que o problema mente-corpo tradicional deu origem ao problema mente-cérebro contemporâneo, bem como, o modo como o problema mente-cérebro contemporâneo se liga ao problema da consciência. Ainda neste capítulo, apresentamos algumas teses do dualismo da propriedade emergente, bem como, alguns de seus argumentos. Na segunda parte, focamos na perspectiva neurocientífica destes problemas, dando atenção principal para as teorias da consciência de Crick e Koch, Edelman e Tononi. Finalmente, nos atentamos nas teorias filosóficas materialistas, a saber, na teoria da identidade tipo/tipo e ocorrência/ocorrência, no reducionismo interteórico e no materialismo eliminativo. Nesta parte, expomos as hipóteses e os argumentos concernentes a essas três perspectivas filosóficas / This work is a study of neuroscience approaches to the mind-brain problem and the problem of consciousness. Firstly, we formulate these two problems by taking the traditional Cartesian mind-body problem as a starting-point. On this basis we attempt to show how the traditional mind-body problem gave origin to the contemporary mind-brain problem, as well as how the mind-brain problem is connected to the problem of consciousness. We also present some claims and relevant arguments regarding the dualism of emergent properties. In the second part of the work we focus on the neuroscience perspective on these problems, giving principal attention to the theories of consciousness of Crick and Koch, Edelman, and Tononi. Finally, we examine materialist philosophical theories, specifically, the type/type and occurrence/occurrence theory of identity, intertheoretic reductionism, and eliminative materialism
5

Aristóteles para Neurociência: Proposta de um modelo conceitual para o estudo da cognição / Aristotle and Neuroscience: proposition of a conceptual model for the study of Cognition

Rabello, Guilherme Malzoni da Motta [UNIFESP] January 2014 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2015-12-06T23:46:37Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2014 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / O objetivo desse trabalho e propor um modelo conceitual para a NeuroCiência Cognitiva baseado na Filosofia de Aristoteles. Toda Ciência depende de uma base conceitual para o seu desenvolvimento. No caso da NeuroCiência, esses conceitos necessariamente devem abranger dois campos distintos: de um lado a descricao de fenomenos puramente biologicos, de outro o entendimento de caracteristicas propriamente animais e humanas. Atualmente a neuroCiência tem dificuldade de transitar entre esses dois niveis e Aristoteles pode ajudar a fornecer a base conceitual necessaria. Com isso em mente, o pensamento aristotelico E analisado concentrando-se no tratado De Anima. A partir dessa analise e possivel determinar que o processo cognitivo para Aristoteles e baseado em alguns conceitos chave, sobretudo: percepcao, Senso Comum, imaginacao intelecto e razao. Em seguida, uma analise da neuroCiência e feita para mostrar os campos nos quais essa abordagem poderia ser util. Apos uma apresentacao da neuroCiência, a tese se concentra em descrever algumas questoes pertinentes nos campos de percepcao, visao e memoria e aprendizagem. Por fim, um e modelo proposto a partir dos conceitos analisados no Capitulo 1 e aplicado aos problemas reais discutidos no Capitulo 2 da neuroCiência cognitiva / The goal of the thesis is to propose a conceptual model for cognitive neuroscience based on the philosophy of Aristotle. Every Science depends on its conceptual base for its development. In neuroscience’s case, these concepts must necessarily encompass two distinct fields: on one hand the description of purely biological phenomena, on the other hand the understanding of characteristics properly animal or human. Currently , neuroscience has difficulties to move between these two levels of understanding and de scription. It is argued that Aristotle could help to provide the necessary conceptual framework to solve this problem. With that in mind we analyze Aristotelian thought, then approach neuroscience to show which of its fields could profit from Aristotle. An d final, a conceptual model is proposed and applied to real problems of cognitive neuroscience. / BV UNIFESP: Teses e dissertações
6

Envolvimento dos receptores B1 e B2 das cininas no extravasamento plasmático induzido pela bradicinina e desArg9-bradicinina na dura-máter de ratos

Waltrick, Pablo Tortato January 2004 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas. Programa de Pós-Graduação em Neurociências. / Made available in DSpace on 2012-10-21T11:54:24Z (GMT). No. of bitstreams: 1 205352.pdf: 611236 bytes, checksum: 755a196b2b760ba77d2dc06af0f7c8be (MD5) / Envolvimento dos receptores B1 e B2 das cininas no extravasamento plasmático (EP) induzido pela bradicinina (BK) e desArg9-bradicinina (DABK) na dura-máter (DM) de ratos. Os resultados mostraram que a BK e DABK aumentam o EP na DM de ratos, mas não aumentaram no cerebelo e no córtex. Esta verificação foi possível graças à utilização de antagonistas seletivos de receptores B1 e B2, [Leu]8desArg9-BK e HOE 140, respectivamente. A administração de LPS provoca o aumento no EP na DM. Entretanto, não foi observada indução de receptores B1 nos animais pré-tratados com esta toxina e injetados com o agonista B1, sugerindo que o efeito da DABK foi independente do pré-tratamento com LPS. Além disso, a administração da BK pode mediar a liberação de SP, através da utilização do antagonista seletivo de receptores NK1, o RP 67580. Sugerindo que a BK pode aumentar o EP na DM tanto pela ativação direta dos receptores B2, quanto pela estimulação de neurônios sensoriais que liberam SP. O pré-tratamento L-NAME, não alterou o EP induzido pelos agonistas de receptores B1 e B2 na DM de ratos. Mostrando que neste estudo do EP na DM parece não estar havendo participação direta do NO. O CAP induziu um aumento no EP na DM de ratos, porém em animais pré-tratados com CAP e que em seguida foi administrada a BK, não foi verificada alteração significante no EP na DM, quando comparado ao grupo tratado com BK. Seria necessária a realização de mais estudos, para verificação de uma possível estimulação da liberação de SP, por parte da DABK, como ficou demonstrado no grupo tratado com BK e inibido com o RP 67580. Além disso, verificou-se a necessidade de mais grupos experimentais com animais pré-tratados com LPS em associação a diferentes doses de DABK, para verificar um possível aumento na expressão de receptores B1, por parte do LPS. E em experimentos futuros seria interessante a realização de estudos de biologia molecular para caracterização da expressão dos receptores B1 na dura-máter de ratos, através da utilização de técnicas como o PCR.
7

Efeito antidepressivos da administração aguda e crônica da agmatina

Zeidan, Mariana Palaia January 2004 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas. Programa de Pós-Graduação em Neurociências. / Made available in DSpace on 2012-10-21T13:14:38Z (GMT). No. of bitstreams: 1 204605.pdf: 393174 bytes, checksum: 6b12ea677555df93b2a3b6cfae09aeb1 (MD5)
8

Estudo de transporte sinaptossomal de glutamato em camundongos que não expressam a proteína prion celular

Thais, Maria Emília Rodrigues de Oliveira January 2004 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências Biológicas. Programa de Pós-Graduação em Neurociências. / Made available in DSpace on 2012-10-21T16:25:57Z (GMT). No. of bitstreams: 0
9

Prejuízo cognitivo-emocional de camundongos submetidos ao modelo da síndrome da dor complexa regional tipo I

Barros, Wellinghton de Medeiros January 2017 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Neurociências, Florianópolis, 2017. / Made available in DSpace on 2018-01-09T03:20:46Z (GMT). No. of bitstreams: 1 348738.pdf: 2585535 bytes, checksum: 12588ee430228802e35aa2470c4029bb (MD5) Previous issue date: 2017 / A Síndrome da Dor Complexa Regional tipo I (SDCR-I) é um grave problema de saúde e caracteriza-se como uma condição clínica dolorosa, incapacitante e muitas vezes crônica. Embora a dor seja a queixa mais comum de pacientes com dores crônicas, eles também apresentam outras importantes comorbidades associadas como comprometimentos cognitivos, ansiedade e depressão. Além disso, sabemos que o hipocampo é uma estrutura encefálica chave no processamento mnemônico, influenciando não só a formação de memórias, como também os aspectos emocionais e a dor. Nesse sentido, este estudo visa avaliar o componente cognitivo-emocional em animais adultos jovens (6 meses) e de meia idade (12 meses) submetidos ao modelo de SDCR-I através da avaliação da dor, memória espacial, ansiedade e depressão, bem como da participação do hipocampo e da medula espinal e de mediadores inflamatórios, como o fator de necrose tumoral alfa (TNF-a) e o fator neurotrófico derivado do cérebro (BDNF) no componente cognitivo-emocional. Para isto, camundongos C57BL/6 machos (6 e 12 meses de idade) foram divididos em grupos: controle (grupo ? não lesionado) e DPIC (Dor Pós-Isquemia Crônica ? grupo lesão). O grupo controle teve a colocação de 5 anéis elásticos cortados na articulação do tornozelo da pata traseira direita, durante 3 h. O grupo DPIC sofreu lesão isquêmica por compressão pela colocação dos 5 anéis elásticos na articulação do tornozelo da pata traseira direita por 3 h. Após os anéis foram cortados reestabelecendo o fluxo sanguíneo e promovendo aumento da lesão por Isquemia-Reperfusão (IR). Os animais foram avaliados por 16 dias a fim de verificar se o modelo proposto reproduziria os sinais da SDCR-I como nocicepção (testes de alodínia mecânica e hiperalgesia térmica ao frio), edema, hipertermia (aumento da temperatura da pata), capacidade locomotora (Campo Aberto), comportamento tipo-ansioso (testes do labirinto em cruz elevado ? LCE), comportamento tipo-depressivo (testes da suspensão da Cauda e Splash Test), memória espacial (teste do Y-maze). No 17º dia os animais foram eutanasiados e o hipocampo e a medula espinal foram coletados para quantificação das concentrações de TNF-a e BDNF. A lesão provocada pela IR da pata de camundongos com 6 ou 12 meses de idade produziu os sinais da SDCR-I (alodínia mecânica observada no teste do von Frey; hiperalgesia térmica ao frio observada no teste da placa fria; edema e aumento de temperatura da pata), bem como os comportamentos relacionados a ansiedade (alterações no número de entrada e do tempo de permanência nos braços abertos no teste do LCE) e depressão (aumento do tempo de imobilidade no teste de suspensão da cauda e comportamento de anedonia no Splash Test) e o déficit de memória espacial de curta duração (teste do Y-maze). Além disto, os animais adultos jovens e de meia idade submetidos ao IR apresentam aumento das concentrações de TNF-a e BDNF na medula espinal e de TNF-a no hemisfério esquerdo do hipocampo e redução do BDNF no hemisfério esquerdo e aumento no hemisfério direito do hipocampo dos camundongos adultos jovens, fato este que pode explicar as respostas comportamentais apresentadas. Coletivamente, esses dados confirmam que os camundongos adultos jovens e meia idade com SDCR-I apresentam além da dor, déficit de memória espacial, ansiedade e depressão. Estas alterações estão associadas, pelo menos em parte, ao desiquilíbrio nas concentrações de TNF-a e BDNF na medula espinal e no hipocampo dos animais com SDCR-I. / Abstract : Complex Regional Pain Syndrome (CRPS-I) is a serious health problem and is characterized as a painful, disabling and often chronic clinical condition. Although pain is the most common complaint of patients with chronic pain, they also have other important associated comorbidities such as cognitive impairments, depression and anxiety. In addition, we know that the hippocampus is a key brain structure in mnemonic processing, influencing not only memory formation, but also emotional aspects and pain. In this sense, this study aims to evaluate the cognitive-emotional component in young and aged animals submitted to the CRPS-I model through the evaluation of pain, spatial memory, anxiety and depression, as well as the participation of hippocampus and spinal cord and inflammatory mediators, such as the Tumor necrosis factor alpha (TNF-a) and brain-derived neurotrophic factor (BDNF) in the cognitive-emotional component. For this, male C57BL/6 mice (6 and 12 months of age) were divided into groups: control (Sham group) and CPIP (Chronic Post-Ischemia Pain - injured group). The control group had 5 elastic o-rings cut at the ankle joint of the right hind paw for 3 h. The CPIP group suffered ischemic compression injury by placing the 5 elastic o-rings at the ankle joint of the right hind paw for 3 h. After it, the o-rings were cut reestablishing blood flow and promoting ischemia-reperfusion injury (IR). The animals were evaluated for 16 days in order to verify if the proposed model would reproduce the signs and symptoms of CRPS-I as nociception (mechanical allodynia and cold hyperalgesia tests), edema, hyperthermia (temperature increasing in the paw), locomotor capacity (Open Field), anxiety-like behaviour (Elevated Plus Maze test ? EPM), depressive-like behaviour (Tail Suspension test and Splash Test), spacial memory (Y-maze). On the 17th day the animals were euthanized and the hippocampus and spinal cord were collected for quantification of TNF-a and BDNF concentrations. The injury caused by the IR of the paw of young adult and middle age mice produced the signs of CRPS-I (mechanical allodynia observed in the von Frey test, cold thermal hyperalgesia observed in the cold plate test, edema and increase in paw temperature), as well as anxiety-like behaviors (changes in number and length of stay in the open arms in the PM test), and depressive-like (increased immobility time in the tail suspension test and anhedonia behavior in the Splash Test) and the deficit in short memory (Y-maze test). In addition, it was observed that young adult and middle age animals submitted to IR presented increased concentrations of TNF-a and BDNF in the spinal cord and increased concentration of TNF-a in the left hemisphere of the hippocampus and reduction of BDNF in the left hemisphere and increase in the right hemisphere of the hippocampus of young adult mice, a fact that may explain the behavioral responses presented. Collectively, these data confirm that the young adult and middle age mice with CRPS-I present in addition to pain, spatial memory deficit, anxiety and depression. These changes are associated, at least in part, with imbalance in TNF-a and BDNF concentrations in the spinal cord and hippocampus of the animals with CRPS-I.
10

Análise do mecanismo de ação antinociceptiva do extrato etanólico obtido das raízes da Humirianthera ampla Miers

Luiz, Ana Paula January 2007 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas. Programa de Pós-Graduação em Neurociências. / Made available in DSpace on 2012-10-23T14:21:08Z (GMT). No. of bitstreams: 1 240100.pdf: 2254185 bytes, checksum: 0e7d3dd47b086a9a16802fe4dcabc348 (MD5) / Investigação da ação antinociceptiva do extrato etanólico obtido das raízes da Humirianthera ampla Miers em modelos de nocicepção química, mecânica e térmica em camundongos. E subseqüente avaliação do possível envolvimento dos sistemas glutamatérgico, opióide, serotoninérgico, adenosinérgico, bem como da via L-arginina-óxido nítrico na sua atividade antinociceptiva.

Page generated in 0.0652 seconds