• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 86
  • 1
  • Tagged with
  • 90
  • 45
  • 43
  • 39
  • 35
  • 30
  • 27
  • 16
  • 16
  • 16
  • 14
  • 14
  • 13
  • 13
  • 12
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Da Desvalorização e dominação do mundo

Santos, Leandro dos 25 October 2012 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Sociologia Política, Florianópolis, 2010 / Made available in DSpace on 2012-10-25T02:05:48Z (GMT). No. of bitstreams: 1 277046.pdf: 448594 bytes, checksum: c0e92f92d06e3728de5665505dff0afa (MD5) / O fenômeno da racionalização e o atributo da racionalidade são enfatizados no pensamento sociológico como elementos fundamentais pelo qual se define a modernidade. O presente trabalho tem por objetivo refletir sobre os contornos do racionalismo ocidental, considerando nesse caso o racionalismo como um paradigma sóciocultural que informa uma visão ou imagem de mundo. Para tanto, nossa dissertação se concentra especialmente na contribuição de dois clássicos do assunto em questão, F. Nietzsche e M. Weber, em que se destacam respectivamente os conceitos de niilismo e desencantamento do mundo. Ambos os conceitos são avaliados num par de significados: o niilismo enquanto rejeição dos elementos mundanos e desvalorização dos valores supremos, e o desencantamento enquanto rejeição dos elementos mágicos e perda do sentido do mundo. Ao cabo desse exame, buscamos exprimir uma perspectiva de síntese do diagnóstico sobre o racionalismo ocidental pelo qual denominamos como o racionalismo da desvalorização e dominação do mundo. Ao final, como formulação alternativa a tal diagnóstico, elaboramos um posicionamento teórico que, tendo por referência os desenvolvimentos da perspectiva sistêmica e do pensamento complexo, denominamos como o racionalismo da cultivação do mundo. / The phenomenon of rationalization and the attribute of rationality are emphasized in the sociological thought as fundamental elements for which it defines the modernity. The general objective this work is to reflect about the contours of the western rationalism. The rationalism must be considered, in this case, while a socio-cultural paradigm that informs a vision or image of the world. To think the diagnosis of western rationalism, we concentrated the reflection on the significances of two concepts revealed for F. Nietzsche e M. Weber: nihilism and disenchantment of the world. Both concepts can be evaluated in a pair of definitions. Then, nihilism as 1) the rejection of the life and 2) the depreciation process of supreme values; and the disenchantment of the world as 1) the rejection of magical elements and 2) the loss of the world meaning. To the handle of this search, we try to set up a synthesis perspective which we call as the rationalism of the world mastery and depreciation. To the end, as an alternative formularization to the diagnosis of western rationalism, we elaborate a theoretical positioning that, taking for reference the developments of the systemic perspective and the complex thought, we call as the rationalism of the world cultivation.
2

Sobre a genealogia da moral de Nietzsche

Silva, Mayara Annanda Samarine Nunes da January 2013 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Filosofia, Florianópolis, 2013. / Made available in DSpace on 2014-08-06T17:31:58Z (GMT). No. of bitstreams: 1 321930.pdf: 544866 bytes, checksum: 9fceafe6128e94c97fffda8c79707f2c (MD5) Previous issue date: 2013 / Na presente dissertação, dedicamo-nos à análise do trabalho realizado por Friedrich Nietzsche em sua Genealogia da Moral - Uma Polêmica, destacando a ideia de transvaloração de todos os valores apresentada em tal obra. Acompanhamos o percurso do filósofo neste escrito, desde sua investigação a respeito da origem dos pares de conceitos "bom e ruim" e "bom e mau", até sua conclusão sobre a preferência do homem por "querer o nada a nada querer". Inicialmente analisamos os conceitos morais colocados em questão por Nietzsche, até alcançarmos os ideais que os fundamentam e constatarmos que eles estão a serviço de uma saúde fraca que luta agonicamente pela vida. Em seguida, elucidamos osmotivos e os perigos de uma disseminação de tal fraqueza entre oshomens que compõem o substrato cultural analisado na obra emquestão. Por fim, refletimos sobre duas ocorrências que emergem apartir deste movimento cultural, tornando possível uma transvaloraçãodos valores que pautam a moral investigada: a autoconscientização davontade de verdade e o niilismo.<br> / Abstract : In the thesis we dedicate the analysis of the work made by Friedrich Nietzsche in his On Genealogy of Morals - A Polemic, showing the idea of transvaluation of values emphasized in the composition. Followingthe philosopher's way in this thesis, since his investigations about thebeginning of pair conceptions "good and evil" and "good and bad", untilhis conclusions about the men preferences "to want nothing instead ofnothing to want". At first we studied the moral concepts as is shown byNietzsche until we reach the ideals that substantiate them and we noticethey are in service of a weak health that struggles for life. Then, we elucidate the reasons and the dangers of the dissemination of such weakness among men who compose the cultural substratum analyzed in the composition. Finally, we realize that two occurrences emerge from this cultural movement, they make a transvaluation of values (thatcompose the investigated moral) possible: the self-awareness of a will to truth and the nihilism.
3

O real em sua fabulação: a herança nietzschiana na hermenêutica filosófico de Gianni Vattimo

ULIANA, M. B. 25 April 2011 (has links)
Made available in DSpace on 2016-08-29T15:08:23Z (GMT). No. of bitstreams: 1 tese_4775_(Marcony Brandão Uliana).pdf: 955927 bytes, checksum: dfe27b9bd50c98a7484886df9a8ee56d (MD5) Previous issue date: 2011-04-25 / O presente trabalho aborda a herança de nitzschiana na hermanêutica filosófica- religiosa de Gianni Vattimo. Esta abordagem dar-se-á seguido o fio condutor da compreensão nitzscheana da fabulação do real e suas implicações no discurso pós- moderno da ética. Apresentaremos como caracterização fundamental a ser delineada no primeiro capitulo, as críticas ás categorias da modernidade, que se dirigem á subjetividade e ao historicismo, além da saída pela arte (com as noções de dionisíaco e apolíneo). Essa saída se dará tracejando o aspecto nilistico da vontade de poder , isto é seu alcance desestruturaste, encontrando uma forma mais acabada no projeto emancipativo do além- do- homem, cujo cerne repousa na decisão, com o momento de assunção de responsabilidade. No segundo capitulo, será abordada a relação entre secularização e cristianismo e papel a ser desempenhado por este na medição dos conflitos culturais, feita a partir da caritas, na idade da interpretação. O terceiro e último capitulo analisará o nexo entre a compreensão. O terceiro da fabulação do real, em seu núcleo niilistico, e a caracterização de um discurso ético pós-metafísico.
4

Entre o niilismo e a utopia: a dialética na poesia drummondiana

SANTOS, F. H. A. 03 February 2017 (has links)
Made available in DSpace on 2018-08-01T23:43:50Z (GMT). No. of bitstreams: 1 tese_10614_Dissertação - Fábio Henrique de Araújo Santos.pdf: 1188478 bytes, checksum: 6a67edfbb4f909d81b56ac5f7b2cd8ff (MD5) Previous issue date: 2017-02-03 / Esta pesquisa teve como objetivo analisar a dialética na obra poética do mineiro Carlos Drummond de Andrade, a partir da relação de contradição entre os conceitos de niilismo e utopia. A metodologia baseou-se numa seleção parcial de poemas ao longo de toda produção poética do poeta. Os resultados demonstraram a recorrência de poemas fortemente marcados por características niilistas e utópicas nas obras de Drummond, ratificando, desta forma, a dialética niilista/utópica ao longo de toda a produção poética drummondiana
5

O niilismo de Schopenhauer. / Le nihilisme de Schopenhauer

Jarlee Oliveira Silva Salviano 12 December 2001 (has links)
Notre dissertation a pretendu faire l´analyse de l´idée de négation de la Volonté chez Schopenhauer, en partant du concept de nihilisme, en tant qu´il se présente dans le cadre de la recéption de la philosophie kantienne, au début du XIX siècle. Le concept de nihilisme se présente comme un thème constant chez Nietzsche, qui est, sans doute, le plus remarquable critique de la pensée schopenhauerienne. Le concept de nihilisme, étudié ici, sera le centre de la critique de Nietzsche. Notre recherche se développe a partir de l´hypothèse suivante: le nihilisme de l´auteur du Monde comme Volonté et Répresentaton n´est pas absolu, mais rélatif. / Nosso trabalho pretendeu analisar a idéia da negação da vontade em Schopenhauer a partir do conceito de niilismo tal como se apresenta no contexto da recepção da filosofia kantiana no início do século XIX e que será uma temática constante na filosofia de Nietzsche, que se tornará o maior crítico do pensamento schopenhaueriano. Tal crítica se fará principalmente através deste conceito aqui estudado. A pesquisa se desenvolve a partir da hipótese de que o niilismo do autor de O mundo como vontade e representação não é absoluto, mas relativo.
6

Uma poética sobre NADA? : o niilismo em Augusto dos Anjos /

Vivaldo, Leonardo Vicente. January 2013 (has links)
Orientador: Antônio Donizeti Pires / Banca: Paulo Elias Allane Franchetti / Banca: Fabiane Renata Borsato / Banca: Adalberto Luis Vicente / Banca: Alexandre de Melo Andrade / Resumo: A concepção moderna de niilismo começou a desenvolver-se no final do século XIX e nas primeiras décadas do século XX, principalmente depois das teorizações do filósofo Friedrich Wilhelm Nietzsche - para quem o homem contemporâneo estaria vivendo em um período de constante decadência e de crise de valores (morais e metafísicos). O niilismo seria, portanto, um mediador entre conceitos ultrapassados e modernos: um estado intermediário que exporia a fratura entre uma velha e uma nova visão de mundo. O termo niilismo, que está ligado etimologicamente a ―nada‖, no latim nihil - daí, niilismo, se faz, portanto, duma questão muito mais antiga, e complexa, do que possa aparentar à primeira vista. Desta maneira, pensando o Nada como ―matéria‖ do niilismo, ou para o niilismo, esses termos parecem serem continuamente disseminados na poesia, e na crítica, sobre o poeta Augusto dos Anjos - sendo, muitas vezes, usados como sinônimos e nos mais variados sentidos. Contudo, convém se perguntar: o que seria, realmente, o Nada na poética de Augusto dos Anjos? Seria possível defini-lo? E mais: seria possível defini-lo como niilismo? O declínio do espírito oriundo do niilismo, manifestado não só pela obsessão pelo saber, mas, sobretudo, pela dissolução no Nada (angústia metafísica do homem moderno), parece ser o caminho que faz a poesia de Augusto dos Anjos - e o trajeto que este trabalho propõe / Abstract: The modern concept of nihilism began to develop itself in the late nineteenth century and early decades of the twentieth century, especially after the work of the philosopher Friedrich Wilhelm Nietzsche - to whom the contemporary man would be living in a period of steady decline and crisis of values (especially moral and metaphysical). Nihilism is therefore a mediator between outdated and modern concepts: an intermediate state that would expose a rift between the old and the new world view. The term nihilism, which is etymologically linked to "nothing", nihil in latin - hence, nihilism, it is therefore a much more ancient and complex question than might appear at first sight. Thus, thinking nothing as substance of nihilism, these terms always seem to have permeated the poetry, and criticism of the poet Augusto dos Anjos - being very often used as having the same meaning. Yet we must ask: what would be nothing in the poetry of Augusto dos Anjos? Would it be possible to define it? And more, could we define it as nihilism? The decline from the spirit arised by nihilism, expressed not only by an obsession for knowledge, but mainly by the metaphysical anguish of the modern man, seems to be the way which is made the poetry of Augusto dos Anjos - and the path that this work proposes / Mestre
7

A porta aberta da lei como decorrência nilista da constituição dogmática do direito

Silveira, Clóvis Eduardo Malinverni da January 2005 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Jurídicas. Programa de Pós-Graduação em Direito. / Made available in DSpace on 2013-07-16T02:36:32Z (GMT). No. of bitstreams: 1 222442.pdf: 741539 bytes, checksum: 282b21908432d4d5072347b71c351978 (MD5) / Discute, com base na filosofia de Friedrich Nietzsche, o problema da perda da função da lei enquanto regra ou enunciado dotado de força que garanta sua realização. Identifica o problema da insegurança e da instabilidade jurídica com o "niilismo passivo" ou cansaço, falta de meta e incapacidade humana de instaurar valores. Interpreta o niilismo jurídico como decorrência da constituição dogmática do ordenamento, ou seja, do fato de o direito ter sido, históricamente, estruturado e justificado sob bases transcendentes. Estuda a lógica da transcendência no direito, investigando os conceitos "liberdade", "igualdade perante a lei" e "responsabilidade", que culminam no "sujeito de direito", expressão da submissão incondicional do ser humano à lei mediante a fé cega e o hábito. Apresenta a visão direito como ideal ascético, ressaltando a tendência de todo ideal de levar ao niilismo passivo, em vista do desgaste dos discursos que justificam àquela estrutura conceitual. Alerta para a incompatibilidade entre a estrutura transcendente do direito e a realização dos seus objetivos declarados, quais sejam, a garantia da harmonia social e a segurança quanto à vigência de um conjunto sólido de valores que orientem positivamente o corpo social. Demonstra especial preocupação com a incapacidade social e individual de instituição de metas vivificantes e com a destruição quase irreversível do meio ambiente.
8

Niilismo e direito: Ordem e hermenêutica como filosofia jurídica ativa

MELLO, João Gabriel Soares de 31 January 2011 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T17:22:49Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo6709_1.pdf: 950438 bytes, checksum: a01b5387ef4c77a4e651920fe22b13eb (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2011 / Ministério Público de Pernambuco / O presente trabalho objetiva relacionar o fenômeno do niilismo e seus reflexos na teorização do direito. O niilismo é analisado na específica acepção que se lhe dá o filósofo alemão Friedrich Wilhelm Nietzsche. Já que a obra de Nietzsche se apresenta em caráter fragmentário, foi escolhida a interpretação que Gilles Deleuze faz do niilismo no âmbito desta, uma vez que o filósofo francês faz uso de conceitos precisos, explanando, inclusive, uma tipologia peculiar do fenômeno. Os tipos de niilismo, correlatos a determinadas épocas históricas, são relacionados com as teorias que refletiram sobre o direito para que se possam perceber os reflexos daqueles no pensamento jurídico. Toda essa reflexão leva a um questionamento fundamental sobre a contemporaneidade, a sua relação com o saber jurídico e sua capacidade de superar o niilismo. Segundo Deleuze, a superação do niilismo no pensamento se daria através de uma filosofia ativa, cujo conceito procura-se compreender. Um dos efeitos no saber jurídico da vigência de um interpretativismo geral na sociedade contemporânea Ocidental é a tentativa de recepção dos postulados da hermenêutica filosófica de Hans-Georg Gadamer para a compreensão do processo decisório de aplicação das normas jurídicas, realizada pela corrente de pensamento intitulada jurisprudência hermenêutica. Tenta-se, a partir daí, demonstrar que a jurisprudência hermenêutica ainda guarda parentescos com o modo teológico de pensamento, o que impossibilitaria a saída do ciclo vicioso do niilismo. Em contraste com essa corrente é apresentada a filosofia jurídica de Nelson Saldanha, a qual concebe o direito como ordem e hermenêutica, e que, pelas características a ela atinentes, revela-se uma filosofia ativa do direito, por isso mesmo capaz de superar o niilismo no pensamento jurídico
9

"Morte de Deus" e a fundamentação da cultura em Freud : articulações entre Niilismo e Metapsicologia / DEATH OF GOD AND THE FOUNDATION OF CULTURE IN FREUD: ARTICULATIONS BETWEEN NIHILISM AND METAPSYCHOLOGY (Inglês)

Leitão Júnior, Valton Miranda 26 March 2015 (has links)
Made available in DSpace on 2019-03-29T23:55:04Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2015-03-26 / This paper aims to articulate some issues to nihilism with Freudian metapsychology, with the backdrop of the historical-philosophical problem the death of God. So we left some ethical and epistemological considerations concerning the event "death of God", which according to Nietzsche is the cultural phenomenon that marks a kind of turning point in Western thought, to then take a reading of this phenomenon from the Freudian perspective. Therefore, it is here an attempt to follow the genesis of the notion of God in Freud, especially in his work Totem and Taboo (1912) then proceed to the question of why God's death in late modernity (Nietzsche's thesis) would have caused such perplexity in Western culture. This touches on the issue of the loss of ethical and ontological foundations for human life in the West, which led us to a question about the limits and the very foundation of man from its most sublime invention: God. For, this question, enter the Freudian hypothesis of the primitive parricide as a mythology trying to restore the Christian metaphysics in the tracks of historic Homo sapiens truth. Thus, the Freudian "scientific myth", has in its central concepts the ambivalence of feelings and the Death instinct resets at the heart of human life a vacuum of being and sense impossible to full rational representation, but that drove the genesis at the same time to the Man, Religion and Culture. What we deduce that the Death instinct (in its aggressive expression on primitive parricide) is the psychoanalytic concept that modern resizes the human character and allows a glimpse of a symbolic structure (the Unconscious) as a place of immanent determination of his craving for order and transcendence. Keywords: Nihilism. Metapsychology. Primitive parricide. God`s death. / Este trabalho pretende articular algumas questões referentes ao niilismo com a metapsicologia freudiana, tendo como pano de fundo a problemática histórico-filosófica da morte de Deus. Assim, partimos de algumas considerações éticas e epistemológicas referentes ao acontecimento morte de Deus , que segundo Nietzsche é o fenômeno cultural que marca uma espécie de inflexão no pensamento ocidental, para daí fazer uma leitura deste fenômeno a partir da perspectiva freudiana. Portanto, faz-se aqui uma tentativa de seguir a gênese da noção de Deus em Freud, sobretudo em sua obra Totem e Tabu (1912) para daí seguir a pergunta de porque a morte de Deus na modernidade tardia (tese nietzschiana) teria causado tamanha perplexidade na cultura ocidental. Isso toca na questão da perda dos fundamentos éticos e ontológicos para a vida humana no Ocidente, o que nos levou a uma interrogação sobre os limites e a fundação mesma do homem a partir de sua invenção mais sublime: Deus. Para, desta interrogação, introduzir a hipótese freudiana do parricídio primitivo como uma mitologia que tenta repor a metafísica cristã nos trilhos da verdade histórica do homo sapiens. Deste modo, o mito científico freudiano, tendo em seus conceitos centrais a ambivalência de sentimentos e a pulsão de morte, repõe no âmago da vida humana um vazio de ser e de sentido impossíveis de uma plena representação racional, mas que impulsionou a gênese a um só tempo do Homem, da Religião e da Cultura. Do que deduzimos que a Pulsão de morte (em sua expressão agressiva no parricídio primitivo) é o conceito psicanalítico que redimensiona modernamente o caráter humano e permite o vislumbre de uma estrutura simbólica (o Inconsciente) como lugar de determinação imanente de sua ânsia por ordem e transcendência. Palavras-chave: Niilismo. Metapsicologia. Parricídio primitivo. Morte de Deus.
10

Niilismo e cristianismo em Dostoiévski e Nietzsche / Nihilism and Christianism in Nietzsche and Dostoevsky

Amaral, Cassiano Clemente Russo do [UNESP] 07 August 2017 (has links)
Submitted by Cassiano Clemente Russo do Amaral (cassiano.russo155@gmail.com) on 2017-08-22T23:03:23Z No. of bitstreams: 1 Dissertação para repositório II.pdf: 1500022 bytes, checksum: 8668a1c5b10fb0c50afe27ff60bb0ba7 (MD5) / Approved for entry into archive by Monique Sasaki (sayumi_sasaki@hotmail.com) on 2017-08-23T18:28:26Z (GMT) No. of bitstreams: 1 amaral_ccr_me_mar.pdf: 1500022 bytes, checksum: 8668a1c5b10fb0c50afe27ff60bb0ba7 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-08-23T18:28:26Z (GMT). No. of bitstreams: 1 amaral_ccr_me_mar.pdf: 1500022 bytes, checksum: 8668a1c5b10fb0c50afe27ff60bb0ba7 (MD5) Previous issue date: 2017-08-07 / Neste trabalho, propomos uma leitura de interface entre Dostoiévski e Nietzsche à luz de temas como niilismo e cristianismo, tendo em vista uma possível relação entre os dois autores em um contexto de desmoronamento do solo metafísico expresso na formulação nietzschiana da morte de Deus, a qual, antes mesmo de Nietzsche, Dostoiévski já demostrava os sintomas desse acontecimento em seus livros, notadamente Memórias do Subsolo e Crime e Castigo, obras das quais é possível detectar a doença que contaminava a Europa e a Rússia do século XIX. Com estas palavras, nosso trabalho se situa numa zona limítrofe entre filosofia e literatura, com predominância do espírito dostoievskiano em suas páginas, sem menosprezar, contudo, a importância de Nietzsche para a discussão das páginas que se seguem. / In this work, we propose a reading of the interface between Dostoevsky and Nietzsche in the light of themes such as nihilism and Christianity, in view of a possible relationship between the two authors in a context of the collapse of the metaphysical soil expressed in the Nietzschean formulation of the death of God, which , Even before Nietzsche, Dostoevsky already demonstrated the symptoms of this event in his books, notably Memories from the Underground and Crime and Punishment, works of which it is possible to detect the disease that contaminated Europe and Russia of the nineteenth century. With these words, our work lies in a borderline between philosophy and literature, predominantly the Dostoevskian spirit in its pages, without neglecting, however, the importance of Nietzsche for the discussion of the pages that follow.

Page generated in 0.0766 seconds