• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 99
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 100
  • 64
  • 48
  • 43
  • 42
  • 39
  • 28
  • 27
  • 20
  • 18
  • 16
  • 16
  • 13
  • 13
  • 12
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Reflexão ética do discurso jurídico da laicidade: limites e perspectiva

Batista Neto, Dilson Cavalcanti January 2012 (has links)
110 p. / Submitted by Simone Silva (simogui@ufba.br) on 2013-01-31T16:13:30Z No. of bitstreams: 1 DILSON CAVALCANTI BATISTA NETO - Dissertação.pdf: 685604 bytes, checksum: 58f9db8c5b2f45cd379c2cbcb828148d (MD5) / Approved for entry into archive by Simone Silva(simogui@ufba.br) on 2013-01-31T16:14:17Z (GMT) No. of bitstreams: 1 DILSON CAVALCANTI BATISTA NETO - Dissertação.pdf: 685604 bytes, checksum: 58f9db8c5b2f45cd379c2cbcb828148d (MD5) / Made available in DSpace on 2013-01-31T16:14:17Z (GMT). No. of bitstreams: 1 DILSON CAVALCANTI BATISTA NETO - Dissertação.pdf: 685604 bytes, checksum: 58f9db8c5b2f45cd379c2cbcb828148d (MD5) Previous issue date: 2012 / Este trabalho visa discutir o conceito de laicidade através de uma investigação interdisciplinar. Isto é, abandona uma perspectiva somente formal da laicidade a fim de propor uma crítica ética do tema, já que sem os limites impostos pela ética, o direito resvala num tecnicismo desconectado com os valores comuns. O Estado laico só poderá garantir a tolerância na esfera pública política quando o seu discurso promover o respeito mútuo entre cosmovisões. Os contornos do discurso jurídico laico possuem um caráter não-totalitário, que significa a não-rejeição a priori do discurso religioso ou do discurso naturalista. Um Estado totalitário, por sua vez, pressupõe o rebaixamento dos grupos minoritários a uma categoria de sub-cidadãos. O principal objetivo é contribuir para uma salutar relação entre o discurso religioso e naturalista na esfera pública e evitar que a sacralização de valores políticos constitua um obstáculo à compreensão das transformações sociais. Propõe, portanto, limites éticos tanto à esfera pública (proibição do uso abusivo do argumento ad hominem), quanto ao discurso jurídico da laicidade (dever de verificação do “projeto” e tradução). Incentiva, num segundo momento, que os participantes de cada grupo assuma limites para suas próprias ações, como o compromisso com a não-violência, o abandono do “fundamentalismo militante” violento. Em contrapartida, o Estado laico deve proteger o “fundamentalismo crença”, ou seja, aquele que não questiona suas próprias doutrinas, mas, em compensação, não utiliza de meios violentos para a propagação da sua fé. / Salvador
2

O real em sua fabulação: a herança nietzschiana na hermenêutica filosófico de Gianni Vattimo

ULIANA, M. B. 25 April 2011 (has links)
Made available in DSpace on 2016-08-29T15:08:23Z (GMT). No. of bitstreams: 1 tese_4775_(Marcony Brandão Uliana).pdf: 955927 bytes, checksum: dfe27b9bd50c98a7484886df9a8ee56d (MD5) Previous issue date: 2011-04-25 / O presente trabalho aborda a herança de nitzschiana na hermanêutica filosófica- religiosa de Gianni Vattimo. Esta abordagem dar-se-á seguido o fio condutor da compreensão nitzscheana da fabulação do real e suas implicações no discurso pós- moderno da ética. Apresentaremos como caracterização fundamental a ser delineada no primeiro capitulo, as críticas ás categorias da modernidade, que se dirigem á subjetividade e ao historicismo, além da saída pela arte (com as noções de dionisíaco e apolíneo). Essa saída se dará tracejando o aspecto nilistico da vontade de poder , isto é seu alcance desestruturaste, encontrando uma forma mais acabada no projeto emancipativo do além- do- homem, cujo cerne repousa na decisão, com o momento de assunção de responsabilidade. No segundo capitulo, será abordada a relação entre secularização e cristianismo e papel a ser desempenhado por este na medição dos conflitos culturais, feita a partir da caritas, na idade da interpretação. O terceiro e último capitulo analisará o nexo entre a compreensão. O terceiro da fabulação do real, em seu núcleo niilistico, e a caracterização de um discurso ético pós-metafísico.
3

"Cabeça, sim, cauda, não!" : um estudo antropológico sobre os evangélicos na Assembléia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul

Pedde, Valdir January 2005 (has links)
Partindo das motivações das igrejas evangélicas de viés pentecostal para seu envolvimento no campo político-partidário, bem como suas estratégias para efetivá-lo, pesquisamos a prática parlamentar dos representantes das Igrejas Assembléia de Deus, Universal do Reino de Deus e do Evangelho Quadrangular, na Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul. Esta tese defende a idéia de que, entre outros aspectos, é a cosmologia magicista e messiânica dessas instituições religiosas que lhes tem possibilitado sua integração no campo político. Quanto mais uma denominação for portadora de uma concepção cosmológica magicista, e crendo ser portadora de uma “mensagem especial”, mais facilmente consegue movimentar-se do discurso religioso para o político. Em outras palavras, quanto mais a cosmologia de algumas denominações estiver fundada em uma racionalidade técnico-prática, mais sucesso obterá nos pleitos por elas disputados. Este estudo dará oportunidade para avaliar as relações entre religião e política no Rio Grande do Sul, em parte também no Brasil, assim como discutir as teorias da secularização.
4

"Cabeça, sim, cauda, não!" : um estudo antropológico sobre os evangélicos na Assembléia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul

Pedde, Valdir January 2005 (has links)
Partindo das motivações das igrejas evangélicas de viés pentecostal para seu envolvimento no campo político-partidário, bem como suas estratégias para efetivá-lo, pesquisamos a prática parlamentar dos representantes das Igrejas Assembléia de Deus, Universal do Reino de Deus e do Evangelho Quadrangular, na Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul. Esta tese defende a idéia de que, entre outros aspectos, é a cosmologia magicista e messiânica dessas instituições religiosas que lhes tem possibilitado sua integração no campo político. Quanto mais uma denominação for portadora de uma concepção cosmológica magicista, e crendo ser portadora de uma “mensagem especial”, mais facilmente consegue movimentar-se do discurso religioso para o político. Em outras palavras, quanto mais a cosmologia de algumas denominações estiver fundada em uma racionalidade técnico-prática, mais sucesso obterá nos pleitos por elas disputados. Este estudo dará oportunidade para avaliar as relações entre religião e política no Rio Grande do Sul, em parte também no Brasil, assim como discutir as teorias da secularização.
5

Niilismo e direito: Ordem e hermenêutica como filosofia jurídica ativa

MELLO, João Gabriel Soares de 31 January 2011 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T17:22:49Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo6709_1.pdf: 950438 bytes, checksum: a01b5387ef4c77a4e651920fe22b13eb (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2011 / Ministério Público de Pernambuco / O presente trabalho objetiva relacionar o fenômeno do niilismo e seus reflexos na teorização do direito. O niilismo é analisado na específica acepção que se lhe dá o filósofo alemão Friedrich Wilhelm Nietzsche. Já que a obra de Nietzsche se apresenta em caráter fragmentário, foi escolhida a interpretação que Gilles Deleuze faz do niilismo no âmbito desta, uma vez que o filósofo francês faz uso de conceitos precisos, explanando, inclusive, uma tipologia peculiar do fenômeno. Os tipos de niilismo, correlatos a determinadas épocas históricas, são relacionados com as teorias que refletiram sobre o direito para que se possam perceber os reflexos daqueles no pensamento jurídico. Toda essa reflexão leva a um questionamento fundamental sobre a contemporaneidade, a sua relação com o saber jurídico e sua capacidade de superar o niilismo. Segundo Deleuze, a superação do niilismo no pensamento se daria através de uma filosofia ativa, cujo conceito procura-se compreender. Um dos efeitos no saber jurídico da vigência de um interpretativismo geral na sociedade contemporânea Ocidental é a tentativa de recepção dos postulados da hermenêutica filosófica de Hans-Georg Gadamer para a compreensão do processo decisório de aplicação das normas jurídicas, realizada pela corrente de pensamento intitulada jurisprudência hermenêutica. Tenta-se, a partir daí, demonstrar que a jurisprudência hermenêutica ainda guarda parentescos com o modo teológico de pensamento, o que impossibilitaria a saída do ciclo vicioso do niilismo. Em contraste com essa corrente é apresentada a filosofia jurídica de Nelson Saldanha, a qual concebe o direito como ordem e hermenêutica, e que, pelas características a ela atinentes, revela-se uma filosofia ativa do direito, por isso mesmo capaz de superar o niilismo no pensamento jurídico
6

"Cabeça, sim, cauda, não!" : um estudo antropológico sobre os evangélicos na Assembléia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul

Pedde, Valdir January 2005 (has links)
Partindo das motivações das igrejas evangélicas de viés pentecostal para seu envolvimento no campo político-partidário, bem como suas estratégias para efetivá-lo, pesquisamos a prática parlamentar dos representantes das Igrejas Assembléia de Deus, Universal do Reino de Deus e do Evangelho Quadrangular, na Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul. Esta tese defende a idéia de que, entre outros aspectos, é a cosmologia magicista e messiânica dessas instituições religiosas que lhes tem possibilitado sua integração no campo político. Quanto mais uma denominação for portadora de uma concepção cosmológica magicista, e crendo ser portadora de uma “mensagem especial”, mais facilmente consegue movimentar-se do discurso religioso para o político. Em outras palavras, quanto mais a cosmologia de algumas denominações estiver fundada em uma racionalidade técnico-prática, mais sucesso obterá nos pleitos por elas disputados. Este estudo dará oportunidade para avaliar as relações entre religião e política no Rio Grande do Sul, em parte também no Brasil, assim como discutir as teorias da secularização.
7

Entre a fé e a polícia: o espiritismo no Rio de Janeiro (1890-1909) / Between faith and police: spiritualism in Rio de Janeiro (1890-1909)

Adriana Gomes 26 February 2013 (has links)
A presente dissertação aborda a inserção do espiritismo de Allan Kardec no Brasil, sobretudo no Rio de Janeiro, a partir da concepção amalgamadora e de circularidade do universo religioso do brasileiro em conciliação com as ideias da modernidade europeia. Nesse bojo, com o advento da Proclamação da República e a secularização do Estado, práticas espíritas foram criminalizadas através do Código Penal de 1890 e reafirmadas no Regulamento Sanitário de 1904, em favor da saúde pública. As propostas centrais da dissertação são a construção das especificidades do espiritismo no Brasil diferenciando-o da origem francesa pela ênfase na vertente religiosa da Doutrina Espírita e a sua legitimação, sob o vislumbre de sair do caso de desordem pública, forjada nas argumentações de liberdade de culto e de consciência salvaguardadas na Constituição de 1891. Para tanto, foram analisados os discursos dos periódicos Echo DAlém Túmulo, que circulou na Bahia, O Apóstolo, o Jornal do Commercio e o Reformador, que circularam na capital federal, além de processos criminais que envolveram espíritas, também, na cidade do Rio de Janeiro. / This dissertation addresses the inclusion of Allan Kardec's Spiritism in Brazil, especially in Rio de Janeiro, from conception syncretism and circularity of the Brazilian religious universe in conciliation with the ideas of European modernity. In bowl, with the advent of the Proclamation of the Republic and the secularization of the state, spiritualistic practices were criminalized by the Penal Code of 1890 and reaffirmed at the Health Regulations, 1904, in favor of public health. The central thesis proposals are the construction of the specifics of spiritualism in Brazil differentiating the origin of the French emphasis on the religious aspect of Spiritism and its legitimacy under the glimpse out of the case of public disorder, forged in the arguments of freedom of worship and conscience safeguarded in the Constitution of 1891. Therefore, we analyzed the speeches of journals Echo D' Além Túmulo, which circulated in Bahia, O Apóstolo, o Jornal do Commercio and the Reformador, which circulated in the federal capital, in addition to criminal charges involving spiritualists also in the city of Rio de Janeiro.
8

Extra corpus nulla salus

Pich, Santiago January 2009 (has links)
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas, Florianópolis, 2009. / Made available in DSpace on 2012-10-24T20:31:35Z (GMT). No. of bitstreams: 1 267244.pdf: 3252103 bytes, checksum: 6460bbdfd18eab6559bf63bbbdae55d0 (MD5) / O neopentecostalismo é o movimento religioso brasileiro de maior expressão na alta modernidade. As análises sociológicas realizadas sobre ele a partir da segunda metade da década de 1990 se pautam, via de regra, muito mais pelo julgamento a partir de princípios teológicos, que por uma sincera tentativa de compreender essa manifestação religiosa como uma genuína expressão da modernidade. Compreendemos o neopentecostalismo como um movimento religioso que, paralelamente, afirma a modernidade e se afirma na modernidade. Nos valendo do conceito de secularização como operador de passagem de forças transcendentes para o plano imanente, concebemos a modernidade como um período histórico que sacraliza a imanência. Nesse contexto, identificamos a política, a economia e biomedicina como terrenos privilegiados em que esse processo se materializa. A modernidade é, assim entendemos, um período em que o religioso permanece presente na esfera pública sob outras roupagens, e que se orienta por um telos de cura imanente do ser humano e do mundo. A partir desses pressupostos, sustentamos a hipótese de que o neopentecostalismo re-institucionaliza na esfera religiosa os registros da economia e da cura dos indivíduos, e localiza a salvação na tensão entre a imanência e a transcendência, dando primazia à imanência. As idéias que fundamentam esse processo se encontram nos dois principais registros teológicos neopentecostais: a teologia da guerra espiritual e a teologia da prosperidade. O corpo é o espaço atravessado pelos diferentes vetores teológicos do neopentecostalismo, e nele se realiza a salvação imanente. Dessa maneira situamos nosso objeto de estudo: a multivocalidade do corpo no registro da cura como salvação imanente no neopentecostalismo brasileiro, com o qual nos confrontamos em perspectiva interdisciplinar. Como fontes empíricas para a nossa pesquisa nos valemos tanto de procedimentos etnográficos realizados na Catedral da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) da cidade de Florianópolis - SC, quanto da produção bibliográfica do líder da IURD, Edir Macedo, e da auto-biografia de um ex-pastor da IURD. A partir da nossa relação com o objeto, identificamos no projeto Homo Sacer do filósofo italiano Giorgio Agamben um instigante e original horizonte interpretativo para as diversas expressões do corpo no neopentecostalismo brasileiro. Constatamos que a entrada do fiel na igreja pressupõe a entrega (e a captura) da sua vida ao poder absoluto do Soberano que ali reina, e às mãos dos especialistas religiosos que governam esse espaço. O templo neopentecostal é um campo, no qual toda e qualquer intervenção sobre o corpo torna-se possível. A identificação do fiel com o corpo doutrinário neopentecostal também leva o indivíduo a sacralizar o agir com vistas à produção, a operosidade, por objetivar a glorificação de Deus. O dinheiro, enquanto potência divina imanentizada e fruto do agir produtivo, é o mais importante sacrifício que deve ser feito, mediando as relações entre o humano e o divino. Nos perguntamos, se a relação com o corpo a partir da devoção à produção e da entrega da vida a um poder absoluto de vida e morte, não podem sinalizar, no limite da subjetivação absoluta brechas para a expressão da subjetividade. Neopentecostalism is the most important brazilian religious movement of the late modernity. Sociological analysis on that religious expression produced from the second half of the 1990 decade are more frequently judgments based on theological conceptions, than attempts to comprehend it as an genuine expression of modernity. We conceive neopentecostalism as an religious movement, which reinforce modernity, as much as reinforce itself in the modernity. Using secularization concept as an operator which enable transferring forces from transcendence to immanence, we conceive modernity as a historical period that sacralize immanence. On that context, we identify politics, economics and biomedicine as most proper fields in which that process became real. Modernity is, so our understanding, as a historical period in which the religious assumed different faces and is oriented by a telos of immanent cure of the human being and the world. Based on those presupposes, we defend the hypothesis that neopentecostalism reintroduce the vectors of economics and healing of individuals in religious field, as well as localize salvation in the tension between immanence and transcendence, focusing, nevertheless, on immanence. The ideas which base that process are located in the two theological constructs: the theology of spiritual battle and the health and wealth gospel. The body is transverse by of both theologies and in it occurs the immanent salvation. So we delimitate our research object: the multiplicity of expressions of body in the brasilian pentecostalism in the process of integral cure as immanent salvation, assuming our relationship with the research object interdisciplinary. As empirical basis we use also ethnographical procedures accomplished in the International Church of God Kingdom's Cathedral (ICGK) in Florianópolis - SC, as well as the large bibliography produce by the leader of ICGK, Edir Macedo, and an autobiography of a formed pastor. Based on our confrontation with the research object, we conceive the project Homo Sacer of Italian philosopher Giorgio Agamben, as a instigated and original interpretation horizon for the different body expressions in brasilian neopentecostalism. We evidenced that entrance of an individual in a neopentecostal church implicates offering (and capturing) its life to absolute power of Sovereign that reigns in that place, as well to the hands of the religious agents that govern the church. Neopentecostal temple is a field, in which every intervention on body is possible. The follower identification with neopentecostal doctrinal principles leads individual to sacralize productive acting, operosity, because is oriented to glorificate God. Money, as a immanent divine power and result of productive acting, is the most important sacrifice which is to do, mediating relationship between God and the human beings. We ask ourselves, if the relationship with the body based on the devotion to production and the unconditional offer of itself to an absolute power of life and dead, could be, in the limit of total subjetivation, a gap for subjectivity.
9

Ascensão ou queda das grandes religiões : conflitos entre discursos nas relações internacionais

Campos, Marcella Pontes de 16 August 2012 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Relações internacionais, 2012. / Submitted by Elna Araújo (elna@bce.unb.br) on 2012-12-03T17:13:41Z No. of bitstreams: 1 2012_MarcellaPontesCampos.pdf: 1153030 bytes, checksum: 7882c0426450aa880c64dfd49740f544 (MD5) / Rejected by Leandro Silva Borges(leandroborges@bce.unb.br), reason: Rejeitado on 2012-12-03T18:11:43Z (GMT) / Submitted by Elna Araújo (elna@bce.unb.br) on 2012-12-03T18:14:48Z No. of bitstreams: 1 2012_MarcellaPontesCampos.pdf: 1153030 bytes, checksum: 7882c0426450aa880c64dfd49740f544 (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2012-12-05T14:25:28Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2012_MarcellaPontesCampos.pdf: 1153030 bytes, checksum: 7882c0426450aa880c64dfd49740f544 (MD5) / Made available in DSpace on 2012-12-05T14:25:28Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2012_MarcellaPontesCampos.pdf: 1153030 bytes, checksum: 7882c0426450aa880c64dfd49740f544 (MD5) / A religião influencia a política internacional. Se ela está em franca ascensão ou plena decadência nas relações internacionais é uma questão em debate. Como conseqüência, discute-se também se a religião deve ou não ser considerada como um elemento importante para o estudos dos fenômenos que marcam o século XXI. Essa dissertação é um estudo exploratório sobre a influência da religião na política internacional e tem por objetivo apresentar os dois principais discursos a respeito desse tema. A medida em que o mundo se modernizou, houve declínio ou ascensão da religião? Os últimos anos testemunharam sua saída da esfera privada para influenciar a vida pública ou marcam o início de uma nova era? Depois de apresentar os discursos, exemplifico-os com a Revolução Iraniana. Se, por um lado, há quem argumente que o islamismo foi uma força motora dos eventos de 1978-79, uma vez que há reversão do processo de secularização; por outro lado, há quem afirme que o islamismo foi usado como uma retórica vazia e que a secularização continua no Irã. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Religion influences international politics. Whether this influence is on the rise or fall in international relations is a matter of debate. Another debate is whether religion should or should not be regarded as an important element in studies of phenomena that characterize the twenty-first century. This thesis is an exploratory study on the influence of religion in international politics and aims to present two major discourses on the subject. With the modernization of the world, was there a rise or a decline in the great religions? In recent years, have we witnessed its departure from the private sphere to influence public life or is it the beginning of a new era? After presenting the different discourses, I exemplify them with the case of the Iranian Revolution. On the one hand, some argue that Islam was the driving force behind the events of 1978-79, given that there is reversal of the process of secularization; on the other hand, it can also be said that Islam was used as empty rhetoric, since the secularization in Iran goes full steam.
10

O real em sua fabulação: a herança nietzscheana na hermenêutica filosófico-religiosa de Gianni Vattimo

Uliana, Marcony Brandão 25 April 2012 (has links)
Made available in DSpace on 2016-12-23T14:09:36Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Marcony Brandao Uliana.pdf: 898987 bytes, checksum: 79162747173f5f11b13bb4937ae68e9a (MD5) Previous issue date: 2012-04-25 / This work addresses the Nietzschean legacy in Gianni Vattimos philosophical and religious hermeneutics.This approach will be undertaken by following the thread of the Nietzschean understanding of the fabulation of the real and its implications in postmodern discourse ethics. We present as a fundamental characterization, to be outlined in the first chapter, the critique of the categories of modernity that are addressed to subjectivity and historicism, beyond its egress in art (with notions of the Dionysian and Apollonian).This egression will be carried out by tracing the nihilistic aspect of the will of power, namely its deconstructive capacity, finding a more successful form in the emancipatory project of the "beyond-the-human", at the core of which is decision-making as a moment of accepting responsibility. The second chapter will look at the relationship between secularization and Christianity and the role to be played by Christianity in the mediation of accomplished with caritas, in the Age of cultural conflicts, through caritas, in the Age of Interpretation. The third and final chapter will analyze the link between the understanding of the fabulation of the real at its nihilistic heart, and the characterization of a post-metaphysical ethics discourse / O presente trabalho aborda a herança nietzscheana na hermenêutica filosófico-religiosa de Gianni Vattimo. Esta abordagem dar-se-á seguindo o fio condutor da compreensão nietzscheana da fabulação do real e suas implicações no discurso pós-moderno da ética. Apresentaremos como caracterização fundamental, a ser delineada no primeiro capítulo, as críticas às categorias da modernidade, que se dirigem à subjetividade e ao historicismo, além da saída pela arte (com as noções de dionisíaco e apolíneo). Essa saída se dará tracejando o aspecto niilístico da vontade de poder, isto é, seu alcance desestruturante, encontrando uma forma mais acabada no projeto emancipativo do além-do-homem, cujo cerne repousa na decisão, com o momento de assunção de responsabilidade. No segundo capítulo, será abordada a relação entre secularização e cristianismo e o papel a ser desempenhado por este na mediação dos conflitos culturais, feita a partir da caritas, na Idade da Interpretação. O terceiro e último capítulo analisará o nexo entre a compreensão da fabulação do real, em seu núcleo niilístico, e a caracterização de um discurso ético pós-metafísico

Page generated in 0.078 seconds