• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 64
  • Tagged with
  • 65
  • 65
  • 17
  • 12
  • 11
  • 11
  • 10
  • 9
  • 8
  • 8
  • 8
  • 8
  • 7
  • 7
  • 7
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
11

Microhimenopteros parasitoides de Cochliomyia hominivorax Coq. (Diptera: Calliphoridae) : ocorrencia e aspectos da relação hospede-hospedeiro

Silveira, Gerson Augusto Ribeiro 03 April 1991 (has links)
Orientador : Crodowaldo Pavan / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-13T22:33:07Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Silveira_GersonAugustoRibeiro_M.pdf: 3437467 bytes, checksum: 6ba4587ffc9c1a10628a0eeb67230ece (MD5) Previous issue date: 1991 / Mestrado / Genetica / Mestre em Biologia
12

Diversidade e potencial zoonótico de parasitos de Didelphis albiventris Lund, 1841 (Marsupialia: Didelphidae)

Antunes, Gertrud Müller January 2005 (has links)
Didelphis albiventris, gambá-de-orelha-branca, é um marsupial de hábitos crepusculares e noturnos que se alimenta de frutos, insetos, pequenos répteis e anfíbios, filhotes de aves e pequenos mamíferos. Com a destruição de seu “habitat” natural devido às queimadas e desmatamentos, esses animais têm-se aproximado, cada vez mais, das regiões peridomiciliar e domiciliar, onde procuram abrigo e alimentos. Com o objetivo de conhecer a diversidade de parasitos de D. albiventris e relatar os que apresentam potencial zoonótico, foram examinados 30 exemplares desta espécie, através de necropsia, para coleta de ectoparasitos da superfície externa do corpo e helmintos dos órgãos e conteúdos estomacal e intestinal. Os sifonápteros foram removidos da superfície externa dos animais, conservados em álcool etílico a 70°GL, clarificados em líquido de Nesbitt, desidratados em etanol, diafanizados em creosoto de Faya e montados em lâminas com bálsamo do Canadá para identificação. Os carrapatos foram removidos da superfície externa dos animais, conservados em álcool etílico a 70°GL e identificados ao estereomicroscópio, segundo chaves específicas de Aragão & Fonseca (1961) e Guimarães et al (2001). Os helmintos foram recolhidos com auxílio de estiletes e pinças, clarificados em lactofenol e montados entre lâminas e lamínulas com bálsamo do Canadá para identificação ao microscópio. Do total de animais examinados, 70% estavam infestados com pulgas das espécies Polygenis (Neopolygenis) atopus, Polygenis (Polygenis) rimatus, Polygenis (Polygenis) roberti roberti, Polygenis (Polygenis) sp., Craneopsylla minerva minerva e Ctenocephalides felis felis, todas essas registradas pela primeira vez sobre D. albiventris e, exceto C. felis felis, são também registradas pela primeira vez no estado do Rio Grande do Sul. Carrapatos foram encontrados em 43,33% dos animais examinados, representados pelas espécies Ixodes loricatus, Amblyomma aureolatum e Amblyomma sp, sendo A. aureolatum registrado pela primeira vez parasitando D. albiventris no Brasil. Os helmintos encontrados foram: Filo Nematoda - Capillaria spp. (esôfago, traquéia, faringe e pulmão), Didelphostrongylus hayesi (pulmão), Turgida turgida (estômago), Gnathostoma sp. (estômago e fígado), Travassostrongylus orloffi, Viannaia hamata e Trichuris minuta no intestino delgado e Trichuris didelphis, Cruzia tentaculata e Aspidodera raillieti no intestino grosso; Classe Trematoda – Echinostoma revolutum, Plagiorchis didelphidis, Rhopalias coronatus, R. baculifer, Brachylaema migrans e Didelphodiplostomum variabile, todos no intestino delgado; Classe Cestoda – exemplares da família Diphyllobotriidae, no intestino delgado; e Filo Acanthocephala – Hamanniella microcephala e Centrorhynchus sp., ambos no intestino delgado. Dos helmintos encontrados, os que apresentam potencial zoonótico segundo a literatura são T. turgida, Gnathostoma sp., Capillaria spp., B. migrans, E. revolutum e Família Diphyllobotriidae. Além disso, os sifonápteros e ixodídeos encontrados são potenciais vetores de patógenos que infectam humanos. D. albiventris, portanto, apresenta grande diversidade parasitária, incluindo espécies que podem potencialmente atingir o homem, alertando para a importância destes marsupiais na disseminação de doenças entre animais e humanos.
13

Nemátodeos gasrointestinais de bovinos de corte com resistência à moxidectina /

Condi, Giane Kamimura. January 2008 (has links)
Orientador: Alessandro Francisco Talamini do Amarante / Banca: Alexandre Securon Borges / Banca: Reinaldo Silva / Resumo: O Brasil apresenta o maior rebanho comercial de bovinos do mundo, porém, esta produtividade é afetada pelo parasitismo por nematódeos gastrintestinais. Para o controle desses parasitas são empregadas drogas anti-helmínticas, dentre elas as lactonas macrocíclicas, últimas drogas lançadas no mercado. No entanto, o uso freqüente de antihelmínticos tem contribuído para o surgimento de populações de parasitas resistentes. O presente estudo objetivou avaliar a eficácia da moxidectina em uma propriedade onde existia a suspeita da presença de Oesophagostomum spp. com resistência à moxidectina. Avaliou-se também a precisão do teste de redução da contagem de ovos nas fezes (R-OPG) em comparação com os dados obtidos pelo teste controlado (necropsia dos animais após o tratamento). No trabalho foram utilizados 20 bovinos jovens, os quais foram mantidos juntos com os bovinos da propriedade com suspeita de resistência à moxidectina. Os animais antes de serem colocados na propriedade foram tratados com fosfato de levamisol, a fim de entrarem livres de infecções por nematódeos. Os animais se infectaram naturalmente com as espécies de parasitos presentes na fazenda e quando as contagens de ovos por grama de fezes (OPG) foram superiores a 250, os animais foram distribuídos em dois grupos, por sorteio. Um grupo (n=10) foi tratado com moxidectina 1% (0,2 mg/kg; Cydectin®, Fort Dodge) e o outro foi o controle (n=10). Amostras fecais de cada animal foram colhidas no dia do tratamento, três, sete, 10 e 14 dias depois da aplicação para a determinação do número de OPG e para realização de coproculturas. Decorridos 14 dias do tratamento, todos os animais foram sacrificados para obtenção, quantificação e identificação dos nematódeos gastrintestinais. Os dados obtidos indicaram a presença de resistência anti-helmíntica... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: Não disponível. / Mestre
14

Estudo da helmintofauna do lagarto Tupinambis merianae Dumeril e Bibron, 1839 (Reptilia: Squamata, Teiidae) procedentes do arquipélago de Fernando de Noronha, Pernambuco, Brasil e relação com a fauna endêmica de lagartos do arquipélago /

Ramalho, Ana Carolina de Oliveira. January 2008 (has links)
Orientador: Reinaldo José da Silva / Banca: Lucia Helena O'Dwyer de Oliveira / Banca: Mônica Regina Vendrame Amarante / Resumo: O presente estudo relata a ocorrência de helmintos na espécie exótica Tupinambis merianae, e nas espécies endêmicas Trachylepis atlantica e Amphisbaena ridleyi procedentes do arquipélago de Fernando de Noronha, Estado do Pernambuco, Brasil. Ao todo nove espécies de helmintos foram identificadas, principalmente, no trato digestivo e órgãos acessórios, com as seguintes prevalências (P) e intensidade média de infecção (IMI): T. merianae - Diaphanocephalus galeatus (P=96%; IMI=20,5), Spinicauda spinicauda (P=100%; IMI=197,8) e Oochoristica iguanae (P=20%; IMI=4,4); T. atlantica - Moaciria alvarengai (P=20%; IMI=1,0), S. spinicauda (P=92%; IMI=22,1), Mesocoelium monas (P=4%; IMI=3,0), Platynosomum sp. (P=8%; IMI=7,0) e Oochoristica travassosi (P=24%; IMI=1,7); e A. ridleyi - Aplectana albae (P= 96%; IMI= 143,4), Thelandros alvarengai (P=8%; IMI=1,0), M. monas (P=44%; IMI=2,8), Platynosomum sp. (P=36%; IMI= 13,8) e Oochoristica travassosi (P=56%; IMI=2,6). Em T. merianae foi observado que mais de 80% dos animais possuíam associação entre duas espécies de helmintos. Em T. atlântica o parasitismo foi monoespecífico em 50% dos animais, mas a associação entre dois parasitas também foi alta (41.7%). Em A. ridleyi houve maior dispersão de associação, foi observado desde parasitismo monoespecífico até associação entre 5 parasitas. A helmintofauna observada neste trabalho permite concluir que helmintos podem ser carreados com seus hospedeiros quando introduzidos numa nova localidade, e também que os helmintos introduzidos podem infectar os animais endêmicos dessa nova localidade. / Abstract: This study reports the occurrence of helminths in the introduced specie Tupinambis merianae, and in the endemic species Trachylepis atlantica and Amphisbaena ridleyi from Fernando de Noronha archipelago, State of Pernambuco, Brazil. Nine species of helminths were found mainly in the digestive tract and accessory organs, with the follow prevalence (P) and mean infection intensity (MII): T. merianae - Diaphanocephalus galeatus (P=96%, IMI=20.5), Spinicauda spinicauda (P=100%, IMI=197.8) and Oochoristica iguanae (P=20%, MII=4.4); T. atlantica - Moaciria alvarengai (P=20%, MII=1.0), S. spinicauda (P=92%, MII=22.1), Mesocoelium monas (P=4%, MII=3.0), Platynosomum sp. (P=8%, MII=7.0) and Oochoristica travassosi (24%, MII=1.7); and A. ridleyi - Aplectana albae (P= 96%, MII= 143.4), Thelandros alvarengai (P=8%, MII=1.0), M. monas (P=44%, MII=2.8), Platynosomum sp. (P=36%; MII= 13.8) and O. travassosi (P=56%; MII=2.6). In T. merianae was observed that more than 80% of the animals had association between 2 helminth species. In species T. atlantica the parasitism was monospecific in 50% of specimens, but association between 2 parasites also was high (41.7%). In A. ridleyi there was greater dispersion of association, and monospecific parasitism until association among 5 parasites were observed. The helminth fauna observed allowed to conclude that helminthes can be carried together with their host when they are introduced in a new geographical place and also that these introduced helminthes can infect endemic or native hosts. / Mestre
15

Aspectos epidemiológicos das parasitoses gastrintestinais de suínos naturalizados de criações familiares do Distrito Federal / Epidemiological findings of gastrintestinal parasitosis in naturalized swine of subsistance herds on Distrito Federal

Aguiar, Patrícia Coutinho 12 1900 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, 2009. / Submitted by Allan Wanick Motta (allan_wanick@hotmail.com) on 2010-06-18T17:52:30Z No. of bitstreams: 1 2009_PatriciaCoutinhoAguiar.pdf: 3113968 bytes, checksum: 9d73100417d54c79e7420ff23260e5a3 (MD5) / Approved for entry into archive by Daniel Ribeiro(daniel@bce.unb.br) on 2010-06-21T19:10:21Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2009_PatriciaCoutinhoAguiar.pdf: 3113968 bytes, checksum: 9d73100417d54c79e7420ff23260e5a3 (MD5) / Made available in DSpace on 2010-06-21T19:10:21Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2009_PatriciaCoutinhoAguiar.pdf: 3113968 bytes, checksum: 9d73100417d54c79e7420ff23260e5a3 (MD5) Previous issue date: 2009-12 / O presente trabalho relata os dados de um levantamento parasitológico em suínos de criações familiares de Núcleos Rurais do Distrito Federal realizado entre fevereiro e julho de 2009. Foram obtidas 130 amostras divididas em três grupos etários (menor que seis meses; entre sete e 12 meses e acima de 12 meses). As fezes foram obtidas diretamente da ampola retal e examinadas, utilizando os exames direto, flutuação fecal (Willis e McMaster modificado), sedimentação (espontânea e centrifugação água-éter) e coprocultura. Observaram-se as seguintes prevalências: 27,69% para Ascaris suum; 36,92% para Strongyloides ransomi; 45,38% para ovos do tipo Strongyloidea; 14,39% para Trichuris suis; 3,79% para Metastrongylus spp.; 71,17% para coccídeos e 77,64 % para Balantidium coli. Ao exame quantitativo, obteve-se 0-10.110 opg para Ascaris suum; 0-27.350 opg para Strongyloides ransomi; 0-7.550 opg para ovos do tipo Strongyloidea; 0-3200 opg para Trichuris suis; 0-100 opg para Metastrongylus spp.; 0-41.300 oopg para coccídeos e 0-400 cpg para Balantidium coli. ___________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The present research reports the data of a parasitological survey in pigs from subsistence swineherds from ten Rural Centers of Distrito Federal, Brasília, Brazil, in the period of February to July of 2009. A total of 130 samples were obtained and separated in three age groups (less than six months; among seven and twelve months; and more than twelve months old). The fecal samples were taken from the rectum and examined using direct test, faecal flotation (Willis and modified McMaster), sedimentation (spontaneous and water-ether centrifugation) and faecal culture. The prevalence of each species were: 27,69% to Ascaris suum; 36,92% to Strongyloides ransomi; 45,38% to eggs of Strongyloidea; 14,39% to Trichuris suis; 3,79% to Metastrongylus spp.; 71,17% to coccidian, and 77,64 % to Balantidium coli. For the quantitative test, the results were 0-10.110 opg to Ascaris suum; 0-27.350 opg to Strongyloides ransomi; 0-7.550 opg to eggs of Strongyloidea; 0-3200 opg to Trichuris suis; 0-100 opg to Metastrongylus spp.; 0-41.300 oopg to coccidia e 0-400 cpg to Balantidium coli.
16

Identificação e controle de trematódeos de vesícula biliar em Callithrix penicillata naturalmente parasitados

Melo, Denise Sampaio Vaz de 12 1900 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, 2008. / Submitted by Diogo Trindade Fóis (diogo_fois@hotmail.com) on 2009-09-15T12:17:32Z No. of bitstreams: 1 2008_DeniseSampaioVazdeMelo.pdf: 5966954 bytes, checksum: 2c6d15e00a6c545ff23851c911fa7cc5 (MD5) / Approved for entry into archive by Luanna Maia(luanna@bce.unb.br) on 2009-09-15T12:30:24Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2008_DeniseSampaioVazdeMelo.pdf: 5966954 bytes, checksum: 2c6d15e00a6c545ff23851c911fa7cc5 (MD5) / Made available in DSpace on 2009-09-15T12:30:24Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2008_DeniseSampaioVazdeMelo.pdf: 5966954 bytes, checksum: 2c6d15e00a6c545ff23851c911fa7cc5 (MD5) Previous issue date: 2008-12 / No presente experimento foram utilizados 43 calitriquídeos da espécie Callithrix penicillata, pertencentes ao Centro de Primatologia da Universidade de Brasília. Esses animais ficam separados em 20 viveiros com dois ou três exemplares cada, tendo sido esta a unidade experimental adotada. Exames histopatológicos de dois animais que vieram a óbito no final de 2006, revelaram a presença de estruturas semelhantes às de trematódeo no tecido hepático. Exames de fezes do grupo experimental mostraram que 40% eram positivos para ovos de Platynosomum spp. Os calitriquídeos que foram a óbito durante o período experimental (n=9), foram necropsiados, exemplares de trematódeos foram colhidos da vesícula biliar e posteriormente identificados como P. illiciens (Braun, 1901) Kossack, 1910. Todos os animais do plantel foram submetidos a tratamento com praziquantel na dosagem de 40mg/kg. Exames de fezes realizados pós tratamento continuaram detectando ovos de Platynosomum spp. Com base nos resultados obtidos confirma-se o diagnóstico de P. illiciens, e sugere-se que outro princípio ativo seja testado, assim como medidas de manejo adequadas, sobretudo visando o controle do hospedeiro intermediário, sejam adotadas. _________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / In this experiment were used 43 marmosets, of the specie Callithrix penicillata, belonging to the Primatology Center of the Universidade de Brasília. These animais are distributed in 20 cages, with two or three specimens each cage. Histopatological exams from two marmoset that died at the end of 2006 revealed the presence of trematode structures in the liver tissue. Faecal examinations of the remaining animals showed that 40% were carriers of Platynosomum spp. eggs. The marmosets that died during the experimental period (n=9) were necropsied and from the biliary bladder were collected some trematode’s specimens that were identified a Platynosomum illiciens (Braun, 1901) Kossack, 1910. All marmosets were treated with praziquantel at 40 mg/kg. The post-treatment faecal exams still revealed the presence of Platynosomum eggs. Based on obtained results its suggested the test of other active principle, and the adoption of management measures that involve manly the control of intermediate host.
17

Recuperação de larvas infectantes (L3), em sistemas de pastejo de ovinos isolado, combinado e alternado com bovinos, no período das águas / Recuperation of infected larvae (L3), in sheepalone, alternated and combined pasture with casttle, at the rain period

Torres, Sônia Emília Figueirêdo de Araújo 08 1900 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, 2008. / Submitted by Suelen Silva dos Santos (suelenunb@yahoo.com.br) on 2009-10-05T18:36:06Z No. of bitstreams: 1 2008_SoniaEmiliaFigueiredoAraujoTorres.pdf: 2635700 bytes, checksum: dcf908856a55b36dba478242fa6e7e15 (MD5) / Approved for entry into archive by Gomes Neide(nagomes2005@gmail.com) on 2010-06-23T22:44:15Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2008_SoniaEmiliaFigueiredoAraujoTorres.pdf: 2635700 bytes, checksum: dcf908856a55b36dba478242fa6e7e15 (MD5) / Made available in DSpace on 2010-06-23T22:44:15Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2008_SoniaEmiliaFigueiredoAraujoTorres.pdf: 2635700 bytes, checksum: dcf908856a55b36dba478242fa6e7e15 (MD5) Previous issue date: 2008-08 / Este trabalho teve como objetivo avaliar os efeitos de diferentes manejos de pastejos sobre a carga parasitária na pastagem. O período experimental foi de 99 dias, de janeiro a abril de 2008 em área de oito hectare com capim Panicum maximum vr Tanzânia, subdividida em 17 piquetes, para avaliar os sistemas de manejo: isolado, alternado e combinado de ovinos com bovinos. O pastejo adotado foi o rotacionado com sete dias de ocupação e 21 dias de descanso, com taxa de lotação de dois UA/ha. Foram utilizados, 20 bovinos de corte sendo 13 machos e sete fêmeas com mesma faixa etária e peso médio de 200 kg, 30 borregos com peso médio de 22 kg e 15 ovelhas adultas, ambos da raça Santa Inês. No pastejo alternado e combinado foram utilizados 16 animais "testes", 10 ovinos e seis bovinos, no isolado (ovino) 10 borregos e 15 ovelhas, no isolado (bovinos). Além da pastagem, os ovinos foram suplementados com 200g/animal/dia e os bovinos com 2.060 g. A água e sal mineral foram fornecidos a vontade. Antes do início do experimento todos os animais foram desverminados As coletas do capim para recuperação da L3 foram realizadas semanalmente no pré e pós-pastejo dos piquetes. Em geral, correlações médias foram encontradas entre o nível de entrada e de saída da mesma larva. Houve um aumento no nível de infecção dependendo do ciclo de pastejo. Em todos os sistemas de manejo a ordem decrescente de larvas foi Haemonchus spp, Trichostrongylus , Strongiloides spp, Cooperia spp, e Oesophagostomum spp, sendo que o sistema de pastejo combinado foi o que apresentou melhor resultado com menor grau de contaminação na pastagem. ______________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The aim of this study was to evaluate the effect of different pasture management systems on the parasitic load in sheep. The experimental period was 99 days, from January to April of 2008 in an eight ha area of Panicum maximum cv. Tanzânia, subdivided in 17 pickets, to evaluate the following sheep farming systems: sheep alone, alternate and combined with cattle. The pasture system was rotational with seven days use and 21 days rest. There were two animal units per hectare. Twenty cattle and thirty lambs were used (average weight of 22 kg) as well as 15 adult sheep, both Saint Ines breed. For the alternate and combined grazing groups ten lambs and six cattle were used while in the sheep alone group ten lambs and 15 adult sheep. The sheep also received 200g/day concentrate feed and the cattle 2kg. Water and mineral salt were supplied ad libitum. At the start of the experiment all the animals were dewormed. Grass was collected weekly for recovery of L3 at entry and exit of animals from the pastures. In general, medium sized correlations were found between larva level at entry and exit from the pasture. There was an increase in worm load depending on the pasture cycle. The recuperation of larvae showed a decreasing order of occurrence for Haemonchus spp, Trichostrongylus , Strongiloides spp, Cooperia spp, e Oesophagostomum spp, with the combined pasture showing the least degree of pasture contamination.
18

Analise do DNA mitocondrial em populações de Cochiomyia hominivirasc (Diptera:calliphoridae), do Estado de São Paulo

Infante Vargas, Maria Elena 19 July 2018 (has links)
Orientador: Ana Maria Lima de Azeredo Espin / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-19T15:44:17Z (GMT). No. of bitstreams: 1 InfanteVargas_MariaElena_M.pdf: 4960989 bytes, checksum: bbd1be1219131d471da018d2f116092e (MD5) Previous issue date: 1994 / Mestrado / Genetica / Mestre em Ciências Biológicas
19

Efeitos da riboflavina associada à luz ultravioleta na inativação de Babesia bigemina em sangue bovino mantido sob refrigeração e avaliação de parâmetros hematológicos e bioquímicos /

Reis, Rafael de Oliveira. January 2011 (has links)
Resumo: Com o objetivo de verificar possíveis alterações hematológicas e bioquímicas que ocorrem no sangue bovino obtido de animal hígido e parasitado com Babesia bigemina, quando conservado em bolsas plásticas contendo Citrato-fostato-dextrose-adenina (CPDA-1) e os efeitos da Riboflavina e radiação ultravioleta na inativação de Babesia bigemina. Na primeira etapa o grupo I foi formado por bolsas plásticas contendo sangue proveniente de bovinos saudáveis e o grupo II foi formado por bolsas plásticas contendo sangue de bovinos parasitados com Babesia bigemina. Foi determinado Contagem total de hemácias e leucócitos, Concentração da Hemoglobina, Volume Globular, Proteína Plasmática Total, Fibrinogênio, Sódio, Potássio e Lactato a cada três dias durante 21 dias. Na segunda etapa foi realizado Esfregaço Sanguíneo Corado, Reação de Imunofluorescência Indireta e Reação em Cadeia da Polimerase quantitativa antes e após aplicação da Riboflavina e radiação ultravioleta, em seguida, o sangue foi inoculado em bezerros esplenectomizados. Esses exames foram repetidos nos dias sete, 14 e 21 pós-inoculação. O sangue conservado apresentou redução da contagem de hemácias e leucócitos, da Concentração da Hemoglobina, Volume Globular, Proteína Plasmática Total, Fibrinogênio e Sódio e ocorreu um aumento na concentração de Potássio e Lactato no decorrer de 21 dias. Observou-se que o sangue armazenado em bolsas plásticas sofre alterações hematológicas e bioquímicas após 21 dias de conservação. A Babesia bigemina não foi eliminada pela adição da Riboflavina e exposição à luz ultravioleta. Novos estudos devem ser realizados para verificar a eficácia desta técnica na inativação de patógenos que podem ser transmitidos por meio da transfusão sanguínea / Abstract: The aim of this study was to verify the possible hematological and biochemical alterations that occur in bovine blood obtained from healthy animals and from the ones infected with Babesia bigemina when kept in plastic bags with CPDA-1, and to verify the effectiveness of the treatment with Riboflavin in the inactivation of the Babesia sp. In the first part of the experiment, group I was formed by plastic bags with blood obtained from healthy bovines and group II by plastic bags with blood obtained from bovines infected with Babesia bigemina. In both groups the Red Blood Cells Count, Hemoglobin Concentration, Packed Cell Volume, Total Plasma Protein, Fibrinogen, White Blood Cells, Sodium, Potassium and Lactate was determined every three days, during 21 days. In a second phase the stained blood smear, indirect immunofluorescence reaction and quantitative Polimerase Chain Reaction to diagnose before and after the treatment with Riboflavin and ultraviolet radiation. The blood was inoculated in esplenectomized bovine. These exams were repeated on the days 7, 14 and 21 after the inoculation. In both groups the preserved blood presented reduction in the number of Erythrocytes, Leukocytes, Hemoglobin Concentration, Packed Cell Volume, Total Plasma Protein, Fibrinogen and Sodium and an increase of the Potassium and Lactate concentration occurred in the period of 21 days. The results were considered statistically significant (p<0,01). This way it was observed that the blood preserved in plastic bags suffers hematological and biochemical alterations after 21 days of conservation. Babesia bigemina was not eliminated by the treatment with Riboflavin and ultraviolet radiation / Orientador: Raimundo Souza Lopes / Coorientador: Pedro Paulo Pires / Banca: Regina Kiomi Takahira / Banca: Elizabeth Moreira dos Santos Schmidt / Banca: Advaldo Henrique da Fonseca / Banca: Cecília Braga Laposy / Doutor
20

Farmacocinética e eficácia endectocida de uma nova formulação contendo doramectina 3,5% em bovinos /

Righi, Thalita Silveira. January 2013 (has links)
Orientador: Alvimar José da Costa / Banca: Gilson Pereira de Oliveira / Banca: Claudio Alexandro Sakamoto / Resumo: Uma nova formulação medicamentosa contendo doramectina 3,5%, administrada vias subcutânea e intramuscular, na dose de 1mL/50kg de peso corporal (700 μg/kg), foi avaliada em quatro experimentos. No primeiro experimento foram determinados parâmetros farmacocinéticos em plasma de bovinos machos e fêmeas. Quanto à atividade carrapaticida, foram conduzidos dois ensaios, um utilizando bovinos com infestação experimental e outro com animais naturalmente parasitados por Rhipicephalus (Boophilus) microplus. A eficácia anti-helmíntica da referida formulação foi avaliada em 12 bovinos necropsiados portadores de nematodioses gastrintestinais (infecção natural). Para a determinação dos parâmetros farmacocinéticos, as amostras de plasma foram examinadas por meio de cromatografia líquida de ultra eficiência. Os resultados obtidos mostraram que não houve interferência da via de administração nos parâmetros Cmax, AUC (0-t), AUC (t- ), AUC (0- ) e MRT. Valor de T1/2 el foi significativamente superior quando a nova formulação foi administrada via subcutânea. A concentração plasmática máxima, foi atingida mais rapidamente nos animais tratados via intramuscular. A eficácia antiixodídica da nova formulação doramectina 3,5% (stall test) alcançou índices superiores a 95% em 21 datas experimentais. A ivermectina 3,15% e a moxidectina 10% atingiram percentuais de eficácia acima de 90%, em 30 e 11 datas, respectivamente. O número de teleóginas desprendidas dos grupos tratados com doramectina 3,5% e moxidectina 10%, não diferiram estatisticamente (P>0,05) ao longo de todo o experimento. Estas duas formulações foram estatisticamente superiores (P<0,05) à ivermectina 3,15% em 27 e 16 datas pós-tratamento. Os efeitos deletérios da doramectina 3,5% sobre a performance reprodutiva de teleóginas, foram estatísticamente... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: A new drug formulation containing 3.5% doramectin, administered subcutaneous or intramuscular dose of 1mL/50kg body weight (700 mg / kg) was evaluated in four experiments. In the first experiment were determined in plasma pharmacokinetic parameters of male and female cattle. Regarding the activity ticks were conducted two experiments, one using experimental infestation with cattle and other animals with naturally parasitized by Rhipicephalus (Boophilus) microplus. The anthelmintic efficacy of this formulation was evaluated in 12 cattles with necropsied nematodiosis gastrointestinal (natural infection). For the determination of pharmacokinetic parameters, plasma samples were analyzed by liquid chromatography ultra efficiency The results showed that there was no interference route of administration of the parameters Cmax, AUC (0-t), AUC (t- ) AUC (0 - ) and MRT. Value T1/2 el was significantly higher when the new formulation was administered subcutaneously. The maximum plasma concentration was reached earlier in the animals treated intramuscularly. The efficacy of anti-ixodídica new formulation doramectin 3.5% (stall test) levels reached greater than 95% in 21 experimental days. The moxidectin and ivermectin 3.15% percentage reached 10% efficiency above 90% in dates 30 and 11 respectively. The number of detached ticks groups treated with 3.5% doramectin and moxidectin 10%, not statistically different (P> 0.05) throughout the experiment. These two formulations were significantly higher (P <0.05) at 3.15% ivermectin in dates 27 and 16 post-treatment. The deleterious effects of doramectin 3.5% on the reproductive performance of engorged females were statistically superior (P <0.05) at the 3.15% ivermectin. A new formulation and doramectin 1% significantly reduced (P <0.05), scores of females... (Complete abstract click electronic access below) / Mestre

Page generated in 0.1543 seconds