• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 7
  • Tagged with
  • 7
  • 6
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Cisteína-proteinases em promastigotas de Leishmania (Viannia) braziliensis

Rebello, Karina Mastropasqua January 2008 (has links)
Made available in DSpace on 2016-04-04T12:35:28Z (GMT). No. of bitstreams: 2 karina_rebello_ioc_mest_2008.pdf: 6872283 bytes, checksum: a0cb112c96e6862c0ff341afeb28dbf5 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2008 / Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil / No presente trabalho foram detectadas cisteína-proteinases (CPs) em promastigotas infectivas de Leishmania (Viannia). braziliensis. A estratégia de purificação consistiu na associação do método de extração por Triton X-114 com cromatografia em coluna de Concanavalina A-Sepharose, seguida por outra de DEAE-Sephacel. No ensaio das cromatografias, observamos um pico majoritário de atividade enzimática na presença do substrato pEFLpNan (165 x 10³² \03BCM de pNan/minuto) para cerca de 10¹0 parasitas, coincidentes com o pico majoritário da proteína eluído da coluna de troca iônica. A análise por SDS-PAGE do material eluído da coluna de troca iônica mostrou quatro principais bandas de proteínas com massas moleculares relativas de 63, 43, 30 e 27 kDa. Os ensaios da atividade enzimática após eletroforese mostraram que as bandas de 63 kDa e 43 kDa, hidrolisam substratos como gelatina em pH 7,0 e são sensíveis à presença de E-64. Além disso, as duas enzimas são capazes de hidrolisar o substrato pEFLpNan: 63 kDa (2,2 ± 0,3 \03BCM de pNan/minuto) e 43 kDa (0,05 ± 0,2 \03BCM de pNan/minuto), e são inibidas por 10\03BCM E-64 (47 % e 36 % respectivamente). Os ensaios de reconhecimento imunológico utilizando um anti-soro policlonal específico contra cisteína-proteinase B [anti-CPB de L. (L.) mexicana] revelaram que as enzimas de 63 kDa são reconhecidas por este anti-soro. Os experimentos de aglutinação, citometria de fluxo e imunocitoquímica utilizando esse mesmo antisoro revelaram que homólogos de CPBs estão localizados na superfície da membrana de promastigotas. Além disso, a incubação dos promastigotas com fosfolipase C (PLC) reduziu o número de células positivas pra os homólogos de CPB. Os anti-soros anti-CRD (cross reactive determinat) e anti-CPB reconhecem bandas de 63kDa e 43 kDa do sobrenadante das células tratadas com PLC em ensaios de immunoblotting sugerindo que isoformas destas proteínas são ancoradas por glicosilfostatidilinositol (GP (GPI) à membrana plasmática. Também observamos que os homólogos de CPBs são presos a membrana por âncora GPI e se concentram em plataformas lipídicas. Nós observamos que as proteínas homólogas a CPB não permanecem estáveis na superfície da membrana quando os parasitas são mantidos em culturas sucessivas, assim como a atividade enzimática total sobre o substrato pEFLpNan é alterada. Mostramos ainda através da técnica RT-PCR em tempo real um aumento da transcrição de cpb de L. (V.) braziliensis quando os parasitas foram submetidos a culturas sucessivas. De uma forma geral os dados apresentados suportam a hipótese de que o parasita estudado apresentam CPs de membrana ativas, além de homólogos de CPB intracelulares. / It was detected cysteine-pro teinases (CPs) in infective Leishmania (Viannia) braziliensis promastigotes . The purification strategy c onsisted of an association of Triton X-114 extraction method with chromatography in Concanavalin A-Sepharose column, followed by chromatography in DEAE-Sephacell column. In the assay pf chromatographic fractions, we observed a peak of enzymatic activity against the pEFLpNan substrate (165 x 10 -32 μM of pNan/minute) in over 10 10 parasites, coincident with the ma jor protein peak eluted from the column. SDS-PAGE analysis of the material eluted from the ionic exchange column showed four main protein bands with relative molecular mass of 63 , 43, 30 and 27 kDa. Gelatin-SDS-PAGE assays indicated that the 43kDa and the 63kDa bands can hydrolyze gelatin at neutral pH and are sensitive to E-64. Also, both enzymes can hydrolyze pEFLpNan substrate: 63 kDa (2,2 ± 0,3 μM of pNan/minute) and 43 kDa (0,05 ± 0,2 μM of pNan/minute) bei ng both inhibited by E-64 (47 % and 36 % inhibition, respectively) . Immunological recognition assays , with a specific polyclonal antibody against CPB from L. (L.) mexicana , showed that bands of 63 kDa and 43 kDa are recognized in the fractions of the ionic exchange column. Aggl utination, flow cytometry and immunocytochemistry assays performed with an ti-CPB antiserum revealed that homologous of CPB are located on the promastigote membrane surface. Moreover, the incubation of promastigotes with phospholipase C reduced th e number of CPBs homologues-positive cells. Both anti-cross-reacting determinant (CRD) a nd anti-CPB antisera recognized 63kDa and 43kDa bands in the supernatant of phospholipase C-treat ed cells, suggesting that isoforms of these proteins are attached to the plasma membra ne by glycosylphosphatidylinositol (GPI)-anchors. Also, our data suggest that GPI-anchored CPBs are present in the detergent - resistant lipid rafts. We observed that the CPB homologues do not remain stable on the membrane surface when the parasites are maintained under successive cultur es; also, the total enzymatic activity over the substrate pEFLpNan is altered. We add itionally showed by real-time RT-PCR that L. (V). braziliensis cpb genes are active and their relative expression is increased throughout the successive cultures. Thus, the presented data support the hypothesis of that studied parasite presents CPs of membrane active, beyond homologous of intracellular CPB.
2

Estudo experimental comparativo do enxerto homólogo pulmonar tratado pelo processo L-Hydro com o homoenxerto pulmonar a fresco / L-Hydro treated homologous pulmonary graft vs. pulmonary homograft fresco: an experimental, comparative study

Nei Antonio Rey 16 September 2008 (has links)
Os substitutos valvares possuem grande importância pela freqüência da sua utilização e porque de seu bom desempenho depende o sucesso do procedimento cirúrgico realizado. Vários substitutos valvares têm sido empregados, todos com complicações inerentes ao material utilizado, como trombose, calcificação, degeneração, dificuldade de esterilização, custo, complexidade de produção, etc. Buscando disponibilizar homoenxertos preservados de maneira mais simples e econômica, avaliamos uma nova forma de preservação utilizando o polietileno-glicol, método L-Hydro. Este método consiste na extração controlada de substâncias antigênicas e de incorporação de um agente antinflamatório e anti-trombótico. Em dez carneiros jovens substituímos o Tronco Pulmonar, em sete por homoenxertos pulmonares tratados pelo processo L-Hydro e em três por homoenxertos pulmonares a fresco, implantados ortotopicamente e seguidos por 320 dias. Os carneiros foram avaliados por exames laboratoriais e ecocardiográficos. Ao cabo dos 320 dias foram sacrificados, quando se procedeu à avaliação hemodinâmica, radiológica, macroscópica e por microscopia óptica e eletrônica, de varredura e transmissão. Os resultados foram analisados pelo teste t de Student de amostras independentes para os dados contínuos, pela análise de variância para as medidas repetidas e pelo teste exato de Fischer para os dados categóricos. Na evolução clínica e nos exames laboratoriais não conseguimos estabelecer diferenças significativas entre os dois grupos. O ecocardiograma revelou diferença quanto ao gradiente médio pulmonar, significativa aos 10 meses de seguimento, maior no grupo controle do que no grupo L-Hydro. A avaliação radiológica e macroscópica não estabeleceu diferenças. Na avaliação microscópica, óptica e eletrônica, células de revestimento e intersticiais foram encontradas nos dois grupos igualmente. O porcentual de revestimento celular calculado nos dois grupos foi semelhante. Nódulos de celularidade foram observados somente no grupo de homoenxertos a fresco. Em conclusão, estes dados indicam que os dois grupos apresentaram desempenho clínico e hemodinâmico semelhante. Ao ecocardiograma o grupo L-Hydro apresentou melhor desempenho; apresentou também evidências histológicas de repopulação celular intersticial e endotelial. Na análise macro e microscópica, óptica e eletrônica, o grupo L-Hydro apresentou macroscopia, estrutura histológica e ultraestrutural semelhante ao homoenxerto afresco, à exceção de nódulos de maior celularidade intersticial, presentes apenas no homoenxerto a fresco / Valve substitutes are highly important in account of their frequent use and since the success of a surgical procedure depends on their good performance. A variety of valve substitutes have been used, all presenting complications pertaining to their materials, such as thrombosis, calcification, degeneration, sterilization difficulties, cost, production complexity, etc. In an effort to make available homografts preserved in a simpler and less costly way, we evaluated a new preservation form using polyethyleneglycol, the LHydro method. This method consists in the controlled extraction of antigenic substances and the incorporation of an anti-inflammatory and anti-thrombotic agent. We substituted the pulmonary trunk in ten ovines, seven received LHydro treated pulmonary homografts and three received pulmonary homografts fresco, orthotopically implanted and followed-up for 320 days. Ovines where evaluated by means of laboratory tests and echocardiographic exams. At the end of the 320 days, they were euthanized, and hemodynamic, radiology, macroscopic, optic and electronic microscopic, scanning and transmission evaluations were performed. Results were analyzed by Student t test of independent samples for continuous data, by variance analysis of repeated measures, and by Fischer exact test for categorical data. We couldnt establish relevant differences in clinical evolution and laboratory tests between both groups. Echocardiogram revealed a difference in the pulmonary medium gradient, which was significant at the 10 months followup, higher in the control group than in the L-Hydro group. Radiologic and macroscopic evaluations didnt established differences. In the optic and electronic microscopic evaluation, liner and interstitial cells were equally found in both groups. The cell liner percent calculated in both groups was similar. Cellularity nodules were observed only in the homograft fresco group. In conclusion, these data indicate that both groups presented similar clinical and hemodynamic performances. The L-Hydro groups echocardiogram presented a better performance. It also presented histological evidences of interstitial and endothelial cell repopulation. In the macro and optic and electronic microscopic analysis, group L-Hydro presented macroscopy, histological structure and ultra-structural similar to the homograft fresco group, with the exception of nodules with higher interstitial cellularity, present only in the homograft fresco group.
3

Estudo experimental comparativo do enxerto homólogo pulmonar tratado pelo processo L-Hydro com o homoenxerto pulmonar a fresco / L-Hydro treated homologous pulmonary graft vs. pulmonary homograft fresco: an experimental, comparative study

Rey, Nei Antonio 16 September 2008 (has links)
Os substitutos valvares possuem grande importância pela freqüência da sua utilização e porque de seu bom desempenho depende o sucesso do procedimento cirúrgico realizado. Vários substitutos valvares têm sido empregados, todos com complicações inerentes ao material utilizado, como trombose, calcificação, degeneração, dificuldade de esterilização, custo, complexidade de produção, etc. Buscando disponibilizar homoenxertos preservados de maneira mais simples e econômica, avaliamos uma nova forma de preservação utilizando o polietileno-glicol, método L-Hydro. Este método consiste na extração controlada de substâncias antigênicas e de incorporação de um agente antinflamatório e anti-trombótico. Em dez carneiros jovens substituímos o Tronco Pulmonar, em sete por homoenxertos pulmonares tratados pelo processo L-Hydro e em três por homoenxertos pulmonares a fresco, implantados ortotopicamente e seguidos por 320 dias. Os carneiros foram avaliados por exames laboratoriais e ecocardiográficos. Ao cabo dos 320 dias foram sacrificados, quando se procedeu à avaliação hemodinâmica, radiológica, macroscópica e por microscopia óptica e eletrônica, de varredura e transmissão. Os resultados foram analisados pelo teste t de Student de amostras independentes para os dados contínuos, pela análise de variância para as medidas repetidas e pelo teste exato de Fischer para os dados categóricos. Na evolução clínica e nos exames laboratoriais não conseguimos estabelecer diferenças significativas entre os dois grupos. O ecocardiograma revelou diferença quanto ao gradiente médio pulmonar, significativa aos 10 meses de seguimento, maior no grupo controle do que no grupo L-Hydro. A avaliação radiológica e macroscópica não estabeleceu diferenças. Na avaliação microscópica, óptica e eletrônica, células de revestimento e intersticiais foram encontradas nos dois grupos igualmente. O porcentual de revestimento celular calculado nos dois grupos foi semelhante. Nódulos de celularidade foram observados somente no grupo de homoenxertos a fresco. Em conclusão, estes dados indicam que os dois grupos apresentaram desempenho clínico e hemodinâmico semelhante. Ao ecocardiograma o grupo L-Hydro apresentou melhor desempenho; apresentou também evidências histológicas de repopulação celular intersticial e endotelial. Na análise macro e microscópica, óptica e eletrônica, o grupo L-Hydro apresentou macroscopia, estrutura histológica e ultraestrutural semelhante ao homoenxerto afresco, à exceção de nódulos de maior celularidade intersticial, presentes apenas no homoenxerto a fresco / Valve substitutes are highly important in account of their frequent use and since the success of a surgical procedure depends on their good performance. A variety of valve substitutes have been used, all presenting complications pertaining to their materials, such as thrombosis, calcification, degeneration, sterilization difficulties, cost, production complexity, etc. In an effort to make available homografts preserved in a simpler and less costly way, we evaluated a new preservation form using polyethyleneglycol, the LHydro method. This method consists in the controlled extraction of antigenic substances and the incorporation of an anti-inflammatory and anti-thrombotic agent. We substituted the pulmonary trunk in ten ovines, seven received LHydro treated pulmonary homografts and three received pulmonary homografts fresco, orthotopically implanted and followed-up for 320 days. Ovines where evaluated by means of laboratory tests and echocardiographic exams. At the end of the 320 days, they were euthanized, and hemodynamic, radiology, macroscopic, optic and electronic microscopic, scanning and transmission evaluations were performed. Results were analyzed by Student t test of independent samples for continuous data, by variance analysis of repeated measures, and by Fischer exact test for categorical data. We couldnt establish relevant differences in clinical evolution and laboratory tests between both groups. Echocardiogram revealed a difference in the pulmonary medium gradient, which was significant at the 10 months followup, higher in the control group than in the L-Hydro group. Radiologic and macroscopic evaluations didnt established differences. In the optic and electronic microscopic evaluation, liner and interstitial cells were equally found in both groups. The cell liner percent calculated in both groups was similar. Cellularity nodules were observed only in the homograft fresco group. In conclusion, these data indicate that both groups presented similar clinical and hemodynamic performances. The L-Hydro groups echocardiogram presented a better performance. It also presented histological evidences of interstitial and endothelial cell repopulation. In the macro and optic and electronic microscopic analysis, group L-Hydro presented macroscopy, histological structure and ultra-structural similar to the homograft fresco group, with the exception of nodules with higher interstitial cellularity, present only in the homograft fresco group.
4

Sutura química por polietilenoglicol na regeneração do nervo facial em ratos após neurotmese / Polyethylene glycol-fusion in facial nerve regeneration in rats after neurotmesis

Sílvia Bona do Nascimento 07 November 2017 (has links)
INTRODUÇÃO: O nervo facial (NF) desempenha um papel importante em diversas funções fisiológicas do organismo e controla a musculatura da mímica facial, responsável por transmitir sentimentos e emoções. O tratamento padrão-ouro para reconstrução do NF após trauma com secção é a anastomose término-terminal com cola de fibrina, que na maioria dos casos ainda produz resultados subótimos. Por isso, objetivou-se testar o efeito de uma nova técnica de reconstrução usando um protocolo de fusão axonal por polietilenoglicol (PEG), denominada sutura química, utilizando parâmetros eletrofisiológicos e histomorfométricos. MÉTODOS: Ratos Wistar foram divididos em 4 grupos. Após transecção do ramo mandibular do NF, o grupo controle foi submetido a anastomose dos cotos neurais com microssuturas. O grupo 2 foi tratado com microssuturas mais a sutura química. A sutura química consistiu de lavagem dos cotos neurais com solução de Krebs hipotônica contendo azul de metileno antes das microssuturas. Depois da sutura, seguiu-se a lavagem com solução de PEG e, por último, aplicação de solução de Krebs contendo cálcio. O grupo 3 recebeu microssuturas mais a solução com azul de metileno. E o grupo 4 foi tratado com microssuturas mais a solução de PEG. Os potenciais de ação musculares compostos (PAMCs) foram avaliados no pré-operatório e após 3 e 6 semanas das intervenções. A análise histomorfométrica foi realizada após 6 semanas. RESULTADOS: Os animais submetidos à sutura química apresentaram maior amplitude e menor duração dos PAMCs 3 e 6 semanas após a cirurgia em comparação com todos os demais grupos; na análise histológica, apresentaram maior contagem axonal e maior diâmetro axonal. CONCLUSÕES: A sutura química produziu recuperação mais intensa do NF após secção e sutura quando comparada à sutura isoladamente, pela avaliação eletrofisiológica e histomorfométrica, e pode ser útil em situações clinicas nas quais haja secção seguida de reparo neural imediato / BACKROUND: The gold standard treatment for traumatic transection of the FN continues to be end-to-end anastomosis using fibrin glue, which often yields unsatisfying results. OBJECTIVE: To test the outcome of a novel method of polyethylene glycol (PEG)-fusion on FN transection using electrophysiological and histophormometric parameters. METHODS: Wistar rats were divided into 4 groups. After FN transection, the control group was submitted to end-to-end anastomosis with microsutures. Group 2 was submitted to microsutures plus the PEG-fusion protocol. This protocol consisted in bathing nerve stumps with a calcium-free Krebs solution containing methylene blue (MB) before suturing. After suturing, the repaired nerve received a PEG solution followed by a calcium-containing Krebs solution. Group 3 received microsutures plus the MB solution and group 4 received microsutures plus the PEG solution. Compound muscle action potentials (CMAPs) were recorded before the intervention and 3 and 6 weeks afterwards. Histomorphometric analysis was done at 6 weeks time. RESULTS: The PEG-fusion protocol yielded larger CMAP amplitude, smaller CMAP duration at 3 and 6 weeks and a larger axon count and axon diameter. Between the other groups, no significant difference was seen. CONCLUSION: PEG-fusion produces better FN recovery after transection, when considering electrophysiological and histomorphometric analysis and may be of use in clinical scenarios of FN cut-severance followed by immediate repair
5

Sutura química por polietilenoglicol na regeneração do nervo facial em ratos após neurotmese / Polyethylene glycol-fusion in facial nerve regeneration in rats after neurotmesis

Nascimento, Sílvia Bona do 07 November 2017 (has links)
INTRODUÇÃO: O nervo facial (NF) desempenha um papel importante em diversas funções fisiológicas do organismo e controla a musculatura da mímica facial, responsável por transmitir sentimentos e emoções. O tratamento padrão-ouro para reconstrução do NF após trauma com secção é a anastomose término-terminal com cola de fibrina, que na maioria dos casos ainda produz resultados subótimos. Por isso, objetivou-se testar o efeito de uma nova técnica de reconstrução usando um protocolo de fusão axonal por polietilenoglicol (PEG), denominada sutura química, utilizando parâmetros eletrofisiológicos e histomorfométricos. MÉTODOS: Ratos Wistar foram divididos em 4 grupos. Após transecção do ramo mandibular do NF, o grupo controle foi submetido a anastomose dos cotos neurais com microssuturas. O grupo 2 foi tratado com microssuturas mais a sutura química. A sutura química consistiu de lavagem dos cotos neurais com solução de Krebs hipotônica contendo azul de metileno antes das microssuturas. Depois da sutura, seguiu-se a lavagem com solução de PEG e, por último, aplicação de solução de Krebs contendo cálcio. O grupo 3 recebeu microssuturas mais a solução com azul de metileno. E o grupo 4 foi tratado com microssuturas mais a solução de PEG. Os potenciais de ação musculares compostos (PAMCs) foram avaliados no pré-operatório e após 3 e 6 semanas das intervenções. A análise histomorfométrica foi realizada após 6 semanas. RESULTADOS: Os animais submetidos à sutura química apresentaram maior amplitude e menor duração dos PAMCs 3 e 6 semanas após a cirurgia em comparação com todos os demais grupos; na análise histológica, apresentaram maior contagem axonal e maior diâmetro axonal. CONCLUSÕES: A sutura química produziu recuperação mais intensa do NF após secção e sutura quando comparada à sutura isoladamente, pela avaliação eletrofisiológica e histomorfométrica, e pode ser útil em situações clinicas nas quais haja secção seguida de reparo neural imediato / BACKROUND: The gold standard treatment for traumatic transection of the FN continues to be end-to-end anastomosis using fibrin glue, which often yields unsatisfying results. OBJECTIVE: To test the outcome of a novel method of polyethylene glycol (PEG)-fusion on FN transection using electrophysiological and histophormometric parameters. METHODS: Wistar rats were divided into 4 groups. After FN transection, the control group was submitted to end-to-end anastomosis with microsutures. Group 2 was submitted to microsutures plus the PEG-fusion protocol. This protocol consisted in bathing nerve stumps with a calcium-free Krebs solution containing methylene blue (MB) before suturing. After suturing, the repaired nerve received a PEG solution followed by a calcium-containing Krebs solution. Group 3 received microsutures plus the MB solution and group 4 received microsutures plus the PEG solution. Compound muscle action potentials (CMAPs) were recorded before the intervention and 3 and 6 weeks afterwards. Histomorphometric analysis was done at 6 weeks time. RESULTS: The PEG-fusion protocol yielded larger CMAP amplitude, smaller CMAP duration at 3 and 6 weeks and a larger axon count and axon diameter. Between the other groups, no significant difference was seen. CONCLUSION: PEG-fusion produces better FN recovery after transection, when considering electrophysiological and histomorphometric analysis and may be of use in clinical scenarios of FN cut-severance followed by immediate repair
6

Influência dos polimorfismos do gene IL-28B na resposta à terapia com interferon peguilado e ribavirina em pacientes tratados por hepatite C crônica / Influence of IL-28B gene polymorphisms in the response to pegylated interferon and ribavirin therapy in patients with chronic hepatitis C

Luciane Lilian Cristina Patricio Martins 19 August 2014 (has links)
Introdução: Estima-se que a infecção pelo vírus da hepatite C (VHC) acometa 3% da população global constituindo a maior causa de cirrose hepática e hepatocarcinoma. Nos pacientes infectados pelo genótipo 1 do VHC, a terapia em vida real com interferon peguilado (PEG-IFN) e ribavirina (RBV) resulta em 30% a 50% de resposta virológica sustentada (RVS). Este desfecho é determinado por fatores de associados ao VHC (carga viral, genótipo, quasispécies), características do hospedeiro (etnia, gênero, fatores genéticos, comorbidades, adesão) e fatores ligados aos medicamentos. Estudos de associação genética ampla (GWAS) têm demonstrado que a presença dos polimorfismos (SNP) no gene da interleucina 28B (IL-28B) associam-se a resposta à terapia baseada em interferon. Os SNPs rs12979860, rs8099917 e rs12980275 têm sido amplamente estudados e pacientes com o perfil favorável têm maiores chances de alcançar a RVS ou a eliminação espontânea do VHC. Objetivos: Avaliar a frequência relativa e a influência dos polimorfismos rs12979860 (C > T), rs8099917 (T > G) e rs12980275 (A > G) no gene IL-28B em brasileiros portadores de infecção crônica pelo VHC tratados com PEGIFN/ RBV em uma casuística de pacientes atendidos pelos médicos do Ambulatório de Hepatites DMIP/LIM-47 e avaliar retrospectivamente a possibilidade de predição de resposta à partir do perfil IL-28B na população estudada. Materiais e Métodos: Após aprovação ética, foram selecionados 171 pacientes com coleta retrospectiva e sistematizada das informações de interesse. O DNA destes pacientes foi purificado e foram desenhados primers e sondas específicas para a genotipagem dos SNPs através da técnica de reação em cadeia de polimerase em tempo real. Resultados: entre os SNPs selecionados na análise univariada rs12979860 e rs12980275 associaram-se com RVS (p < 0,05). rs8099917 não teve associação com RVS. Na análise multivariada apenas rs12980275 manteve associação com RVS (p < 0,05). Conclusão: Ao contrário do descrito na Literatura Internacional nos pacientes brasileiros apenas o pouco estudado SNP rs12980275 associou-se à RVS / Introduction: Currently, infection with hepatitis C virus (HCV) affects 3% of people worldwide, and is the major cause of chronic hepatitis C, liver cirrhosis and hepatocellular carcinoma. In patients infected by genotype 1 of HCV, 30%- 50% of patients achieve sustained virological response, when they are treated with pegylated interferon (PEG-IFN) and ribavirin (RBV). This outcome is determined by VHC factors (mutations, genotype, quasispecies), host factors (gender, ethnic, genetic factors, comorbidities, adherence to treatment) and factors related to drugs. Genome wide association studies (GWAS) demonstrated that the presence of polymorphisms in interleukin 28B gene (IL- 28B) are associated with response to interferon based therapy. SNPs rs12979860, rs8099917 and rs12980275 have been widely studied and patients with the favorable profile are more likely to achieve SVR. Objectives: To evaluate the relative frequency and influence of the polymorphisms rs12979860 (C > T), rs8099917 (T > G) and rs12980275 (A > G) in Brazilian patients treated for chronic hepatitis C with PEG-IFN/RBV, and to evaluate, retrospectively, the prediction of the response possibility from IL-28B profile in the selected patients. Material and Methods: It was selected 171 patients. Medical history was evaluated retrospectively. A real time polymerase chain reaction assay was realized in order to analyze the polymorphisms. Results: In univariate analysis the polymorphisms rs12979860 and rs12980275 were associated with SVR (p < 0,05). The SNP rs8099917 was not associated with SVR. Multivariate analysis revealed that only rs12980275 maintained an association with SVR (p < 0,05). Conclusion: It is described on international literature that rs12979860 is strongly associated with SVR, however in Brazilian patients only the less studied SNP rs12980275 was associated with SVR
7

Influência dos polimorfismos do gene IL-28B na resposta à terapia com interferon peguilado e ribavirina em pacientes tratados por hepatite C crônica / Influence of IL-28B gene polymorphisms in the response to pegylated interferon and ribavirin therapy in patients with chronic hepatitis C

Martins, Luciane Lilian Cristina Patricio 19 August 2014 (has links)
Introdução: Estima-se que a infecção pelo vírus da hepatite C (VHC) acometa 3% da população global constituindo a maior causa de cirrose hepática e hepatocarcinoma. Nos pacientes infectados pelo genótipo 1 do VHC, a terapia em vida real com interferon peguilado (PEG-IFN) e ribavirina (RBV) resulta em 30% a 50% de resposta virológica sustentada (RVS). Este desfecho é determinado por fatores de associados ao VHC (carga viral, genótipo, quasispécies), características do hospedeiro (etnia, gênero, fatores genéticos, comorbidades, adesão) e fatores ligados aos medicamentos. Estudos de associação genética ampla (GWAS) têm demonstrado que a presença dos polimorfismos (SNP) no gene da interleucina 28B (IL-28B) associam-se a resposta à terapia baseada em interferon. Os SNPs rs12979860, rs8099917 e rs12980275 têm sido amplamente estudados e pacientes com o perfil favorável têm maiores chances de alcançar a RVS ou a eliminação espontânea do VHC. Objetivos: Avaliar a frequência relativa e a influência dos polimorfismos rs12979860 (C > T), rs8099917 (T > G) e rs12980275 (A > G) no gene IL-28B em brasileiros portadores de infecção crônica pelo VHC tratados com PEGIFN/ RBV em uma casuística de pacientes atendidos pelos médicos do Ambulatório de Hepatites DMIP/LIM-47 e avaliar retrospectivamente a possibilidade de predição de resposta à partir do perfil IL-28B na população estudada. Materiais e Métodos: Após aprovação ética, foram selecionados 171 pacientes com coleta retrospectiva e sistematizada das informações de interesse. O DNA destes pacientes foi purificado e foram desenhados primers e sondas específicas para a genotipagem dos SNPs através da técnica de reação em cadeia de polimerase em tempo real. Resultados: entre os SNPs selecionados na análise univariada rs12979860 e rs12980275 associaram-se com RVS (p < 0,05). rs8099917 não teve associação com RVS. Na análise multivariada apenas rs12980275 manteve associação com RVS (p < 0,05). Conclusão: Ao contrário do descrito na Literatura Internacional nos pacientes brasileiros apenas o pouco estudado SNP rs12980275 associou-se à RVS / Introduction: Currently, infection with hepatitis C virus (HCV) affects 3% of people worldwide, and is the major cause of chronic hepatitis C, liver cirrhosis and hepatocellular carcinoma. In patients infected by genotype 1 of HCV, 30%- 50% of patients achieve sustained virological response, when they are treated with pegylated interferon (PEG-IFN) and ribavirin (RBV). This outcome is determined by VHC factors (mutations, genotype, quasispecies), host factors (gender, ethnic, genetic factors, comorbidities, adherence to treatment) and factors related to drugs. Genome wide association studies (GWAS) demonstrated that the presence of polymorphisms in interleukin 28B gene (IL- 28B) are associated with response to interferon based therapy. SNPs rs12979860, rs8099917 and rs12980275 have been widely studied and patients with the favorable profile are more likely to achieve SVR. Objectives: To evaluate the relative frequency and influence of the polymorphisms rs12979860 (C > T), rs8099917 (T > G) and rs12980275 (A > G) in Brazilian patients treated for chronic hepatitis C with PEG-IFN/RBV, and to evaluate, retrospectively, the prediction of the response possibility from IL-28B profile in the selected patients. Material and Methods: It was selected 171 patients. Medical history was evaluated retrospectively. A real time polymerase chain reaction assay was realized in order to analyze the polymorphisms. Results: In univariate analysis the polymorphisms rs12979860 and rs12980275 were associated with SVR (p < 0,05). The SNP rs8099917 was not associated with SVR. Multivariate analysis revealed that only rs12980275 maintained an association with SVR (p < 0,05). Conclusion: It is described on international literature that rs12979860 is strongly associated with SVR, however in Brazilian patients only the less studied SNP rs12980275 was associated with SVR

Page generated in 0.0784 seconds