• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 1149
  • 18
  • 8
  • 6
  • 3
  • Tagged with
  • 1203
  • 752
  • 379
  • 292
  • 244
  • 237
  • 199
  • 197
  • 186
  • 168
  • 136
  • 117
  • 108
  • 107
  • 103
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Fluidez de papéis na poética de Emily Dickinson

Marques, Mariana da Silva 2010 (has links)
A presente dissertação visa o estudo da poética de Emily Dickinson sob o ponto de vista da construção e desconstrução de papéis e identidades sexuais. Serão abordadas questões relacionadas com a diferença sexual: sendo a sexualidade feminina negada numa cultura falocrática, bem como o papel de poeta negado à mulher, defender-se-à a correlação entre sexualidade e textualidade, por outras palavras, a afirmação do feminino na ordem do simbólico através da construção de uma sexualidade fluida (não convencional). Por outro lado, defender-se-à a possibilidade de a escrita transcender binarismos, possibilitando a desestabilização das definições de masculinidade/ feminilidade, isto é, a fluidez de papéis.
2

A sexualidade na adolescencia: os valores hierarquicos e igualitarios na construcao da identidade e das relacoes afetivo-sexuais dos adolescentes

Pereira, Claudia de Paulo. 2002 (has links) (PDF)
Mestre -- Escola Nacional de Saude Publica, Rio de Janeiro, 2002.
3

Percepção da sexualidade em mulheres submetidas à histerectomia total e subtotal The perception of sexuality in women subjected to radical hysterectomy and subtotal

Faleiros, Nayara de Paula [UNIFESP] 22 February 2011 (has links)
Made available in DSpace on 2015-07-22T20:50:34Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2011-02-22. Added 1 bitstream(s) on 2015-08-11T03:07:20Z : No. of bitstreams: 1 Publico-004.pdf: 961533 bytes, checksum: 7e39a60244233dc32e03db2f5d362076 (MD5) A histerectomia é uma das cirurgias mais freqüentemente realizada em diversos países, incluindo-se o Brasil. Apesar disso, ainda há controvérsias sobre os possíveis efeitos psicológicos que podem ser desencadeados na sexualidade feminina a partir desta intervenção. Sintomas depressivos, sentimentos de perda da feminilidade, frigidez e mudança na imagem corporal - perceber-se oca, vazia, com um buraco – e interferência na vida afetivo-conjugal são alguns dos aspectos referidos em estudos pertinentes a essa temática. Outra questão muito discutida se relaciona às possíveis diferenças no pós-operatório entre a histerectomia total e a subtotal. O objetivo da presente pesquisa foi mapear, qualitativamente, os períodos pré-operatório e pós-operatório (após três meses e após seis meses) de cada paciente participante, verificando as possíveis diferenças na percepção das mesmas em sua sexualidade e corporeidade. Para tanto, utilizamos como instrumentos a entrevista individual e os testes FSFI (Índice de Função Sexual Feminina) e Questionário de Sexualidade Feminina de McCoy. Como resultado, verificamos que o alívio nos sintomas vividos no pré-operatório trouxe uma melhoria na qualidade de vida das pacientes, inclusive no que tangia a sexualidade. O pós-operatório de três meses foi considerado um momento de transição, em que apareceram algumas sensações de estranheza corporal que se dissiparam gradualmente. As pacientes não atribuíram ao útero uma força simbólica de representante da feminilidade, o que lhes favoreceu no período pós-operatório. Os escores dos testes apresentaram uma tendência à melhoria da vida sexual das pacientes no pós-operatório. Como conclusão, podemos dizer que o caráter multifatorial da sexualidade ficou em evidência, na medida em que percebemos a conjunção de fatores que operaram nas conseqüências da histerectomia. Novos estudos sobre o tema são importantes na validação desses resultados. Hysterectomy is one of the most performed surgeries in many contries, including Brazil. Nevertheless, there is still controversy about the possible psychological effects that can be triggered in female sexuality from this intervention. Depressive symptoms, feelings of loss of femininity, frigidity, change in body image (perceiving themselves hollow, empty, with a hole), and affective interference in conjugal life are some of the aspects found in studies relevant to the topic. Another important issue is related to possible differences in postoperative outcome between total and subtotal hysterectomy. The aim of this research was to investigate the possible effect of preoperative and postoperative (3 and 6 months after surgery) hysterectomy on patients’s sexuality and corporeality. Patients were submitted individual interviews and to Female Function Index (FSFI) and Female Sexuality Questionnaire Mccoy. Symptom relief in preoperative period improved the quality of patient’s life, including sexuality. Three months after postoperative period, strange body sensation was reported which gradatively disappeared. The postoperative period was improved as patients did not attribute to the uterus the source of feminility. A tendency of improvement of sexual life in postoperative period was observed. In conclusion, sexuality has a multifactorial nature and not restricted to a single factor, as hysterectomy. Additional studies are warranted to validate these results. TEDE BV UNIFESP: Teses e dissertações
4

Imagens do diverso

Leite, Amanda Mauricio Pereira 25 October 2012 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, Florianópolis, 2010 Made available in DSpace on 2012-10-25T00:37:51Z (GMT). No. of bitstreams: 1 287010.pdf: 4685547 bytes, checksum: 11a745aee340e2b758a83fc3c2599664 (MD5) Tomemos dois pontos: a) educação, b) Paradas da Diversidade. Pergunta: há ligação entre eles? Jogando com espectros imagéticos, composições fotográficas, notícias, acontecimentos e experiências esta dissertação desejar pensar as imagens do diverso que habitam o campo educacional. Ao romper com a elaboração de uma escrita una para, propositalmente, estabelecer diálogo entre as partes, quer mirar o (des)conhecido e escutar o incomunicável. Para tanto, questões relativas ao corpo, gênero, sexualidades e diversidade são (re)visitadas. Assim se questiona o campo secreto da educação # campo do silenciamento # onde as diferenças são, de fato, caladas, ignoradas e até mesmo negadas. Como estas imagens se atravessam e nos atravessam? De que forma os jogos cambiantes de diferentes discursos são construídos na guerrilha das linguagens? O que as composições imagéticas comunicam para além do que nos é visível? O dito, o não-dito e o impossível presentes no mesmo enquadre. Esta pesquisa indaga se a partir de imagens não convencionais de um evento (Parada da Diversidade) pode-se produzir diferenças e reconhecer, por deslocamento, o diverso ao educar fazendo gênero.
5

A sexualidade na adolescência: os valores hierárquicos e igualitários na construção da identidade e das relações afetivo-sexuais dos adolescentes The sexuality in the adolescence

Pereira, Claúdia de Paulo 2002 (has links)
Made available in DSpace on 2012-09-06T01:11:43Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) 633.pdf: 914007 bytes, checksum: e9804ceb889bf89dea18ff58be35df4e (MD5) Previous issue date: 2002 Esta pesquisa teve como objetivo compreender de que forma os valores hierárquicos e igualitários que referem-se ao masculino e ao feminino operam na constituição da identidade e das relações afetivo-sexuais dos adolescentes. Partindo de uma perspectiva relacional de gênero e considerando o contexto em que se dão os relacionamentos afetivo-sexuais na contemporaneidade, foram realizadas oito entrevistas com adolescentes de ambos os sexos que estudam no bairro do Carangola e freqüentam a unidade de saúde. As entrevistas permitiram perceber a coexistência de valores hierárquicos, que caracterizavam o masculino como superior ao feminino e de valores igualitários, que admitem as diferenças sem hierarquias. Esta coexistência traz contradições nítidas nos discursos dos jovens, nas quais o conteúdo igualitário é enunciado mais claramente e o hierárquico surge nas entrelinhas.Embora, em sua maioria, os jovens entrevistados tenham práticas afetivo-sexuais que baseiam-se em valores dignificantes e humanizantes, estes reconhecem a existência, na sociedade e entre seus pares, da dissociação amor e sexo e da violência entre pares, o que pode ser compreendido como uma masculinização no conceito de igualdade. A contribuição que este trabalho pretende trazer aos profissionais que atuam com adolescentes é apontar para a importância do empoderamento pessoal (personal empowerment) dos adolescentes, no sentido de ajudá-los a preservarem os valores humanizantes e dignificantes
6

Mitos em relação a retirada do utero em mulheres hospitalizadas no periodo pre-operatorio

Sbroggio, Adriana Magrin Rivera 2004 (has links)
Orientadores : Aloisio Jose Bedone, Maria Jose Martins Duarte Osis Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas Made available in DSpace on 2018-08-03T23:29:49Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Sbroggio_AdrianaMagrinRivera_M.pdf: 1766897 bytes, checksum: fee152a1b2d9fb76d465cf7208e6e88d (MD5) Previous issue date: 2004 Resumo: Objetivos é Identificar os mitos quanto ao significado da perda do útero em mulheres hospitalizadas no período pré-operatório da cirurgia de histerectomia. Sujeitos e Métodos: Realizou-se um estudo do tipo qualitativo em amostra proposital de dez mulheres que estavam hospitalizadas no período pré-operatório com indicação cirúrgica de histerectomia. Foram utilizados uma ficha de caracterização para a coleta de informações pessoais e um roteiro semi-estruturado com perguntas de partida e de aprofundamento, ambos pré-testados. Nas entrevistas, que foram gravadas mediante autorização das mulheres, foi seguido o roteiro abordando os principais temas: as funções do útero e seu significado; útero e feminilidade; útero, sexualidade e imagem corporal e relacionamento conjugal. As entrevistas foram transcritas e realizou-se a análise temática do conteúdo. Resultados Nas falas das mulheres, os mitos mais recorrentes em relação ao útero referiram-se à perda da feminilidade, frigidez, a não serem mais as mesmas, à possibilidade da mudança na imagem corporal, à interferência na vida afetiva e sexual (ficar oca, vazia, ter um buraco) e à percepção do companheiro a seu respeito. Conclusão: As mulheres apresentaram mitos quanto à retirada do útero, relacionados à sua identidade social de gênero e à falta de conhecimento sobre seu corpo, órgãos e suas funções. Apresentou-se a necessidade de atuar educativamente junto a essas mulheres para criar oportunidades de reflexão sobre esses mitos e assimilação de informações científicas Abstract: Objective: To Identify the myths regarding the loss of the womb between the women hospitalized in the pre-surgery period from the surgery of hysterectomy. Subjects and method: It was carried out a study of the qualitative kind in a sample proposed of ten women that were hospitalized in the pre-surgery with indication of hysterectomy surgery. It was utilized an application of characterization to collects (research) of personal information and a script was structured with questions to start and deepening the questions, both pre-tested. The interviews were recorded by the authorization of the women interviewed, followed the script approaching the main themes: the functions of the womb and its meaning; womb and femininity; womb, sexuality and corporal image and conjugal relationship. The interviews were transcribed and carried out itself analysis the theme of the content. Results: The myths regarding the womb more common in women's speech, referred to the loss of femininity, frigidity, they will not be the same person as they were before, the possibility of a change in the corporal image, the interference in the sexual and affectionate life (stayed hollow, empty, have a hole) and their companion's perception about them. Conclusion: The women present myths regarding the loss of the womb, related to theirs social identity of gender, lack of knowledge of their body, the body organs and theirs functions. Presents itself the need of a leaming educational process for those women, to create opportunities of reflection about those myths and assimilation of scientific information Mestrado Ciencias Biomedicas Mestre em Tocoginecologia
7

Sexualidade em transformação : sobre os usos dos corpos e dos prazeres na contemporaneidade Sexuality in transformation: on the uses of bodies and pleasures in the contemporaneity (Inglês)

Queiroz, Cristiane Holanda 20 May 2016 (has links)
Made available in DSpace on 2019-03-29T23:47:34Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2016-05-20 The main objective of this work is to think about the transformations in sexuality in our days from the dissemination of medical and biological discourses on health. For this, we took as reference the researches of the French philosopher Michel Foucault in The will to knowledge, the first volume of his History of Sexuality. In line with Foucault, therefore, to consider sexuality as a power and knowledge deployment that was organized in modernity, forging what we know as sexual identities, we draw attention to its historical character, justifying, thus, the possibility of speaking in possible changes. The mutation process that we focused on our questions concerns to a displacement of sexuality as the foundation of the understanding we have about ourselves to the new forms of investment in the bodies and pleasures through worries with a healthy life. Thus, sexuality starts to be positioned, along with nourishment, physical exercise etc., as another viable route to obtain health. In order to seek confrontations with these normalization processes we turned to psychoanalysis, given its undeniable cultural relevance and ability to put itself critically. Although created in the deployment sexuality context, we understand that the theory of Sigmund Freud can not be reduced to a sexual science, which has as the most important characteristic to determine pathological behaviors. Consequently, the questioner condition of psychoanalysis served us to discuss how we are dealing with sexuality today, given the prevalence of the care of the body as a central aspect of what we are. We followed then in three ways: we verified which are the current power investments in sexuality, we identified new subjective experiences that are being built and investigated forms of opposition to normalization through psychoanalysis. Finally, we commented our position on the contemporary transformations in sexuality as reconfigurations in power relations and in subjectivities production without affirming, thus, the overcoming of the deployment of sexuality. Keywords: deployment of sexuality, body, health, subjectivity, psychoanalysis. O principal objetivo deste trabalho é pensar a respeito das transformações na sexualidade em nossos dias a partir da difusão de discursos médico-biológicos sobre a saúde. Para isto, tomamos como referência as pesquisas do filósofo francês Michel Foucault em A vontade de saber, o primeiro volume de sua história da sexualidade. Em consonância com Foucault, portanto, ao considerarmos a sexualidade como um dispositivo de poder e saber que se organizou na modernidade, forjando o que conhecemos como identidades sexuais, chamamos a atenção para seu caráter histórico, justificando, assim, a possibilidade de falarmos em possíveis mudanças. O processo de mutação que enfocamos em nossos questionamentos diz respeito a um deslocamento da sexualidade como fundamento da compreensão que temos a respeito de nós mesmos para novas formas de investimentos nos corpos e nos prazeres através de preocupações com uma vida saudável. Deste modo, a sexualidade começa a ser posicionada, juntamente com a alimentação, a prática de exercícios físicos etc., como mais um caminho viável para a obtenção da saúde. A fim de buscarmos confrontações a esses processos de normalização recorremos à psicanálise, tendo em vista sua inegável relevância cultural e capacidade de colocar-se criticamente. Ainda que criada no contexto do dispositivo de sexualidade, compreendemos que a teoria de Sigmund Freud não pode ser reduzida a uma ciência sexual, que tem como característica mais relevante a determinação de comportamentos patológicos. Consequentemente, a condição questionadora da psicanálise nos serviu para discutirmos o modo como estamos tratando da sexualidade atualmente, haja vista a prevalência do cuidado com o corpo como um aspecto central daquilo que somos. Seguimos, então, por três caminhos: verificamos quais os atuais investimentos do poder na sexualidade, identificamos as novas experiências subjetivas que estão sendo construídas e investigamos formas de oposição à normalização por meio da psicanálise. Por fim, comentamos sobre nosso posicionamento relativo às transformações contemporâneas na sexualidade como reconfigurações nas relações de poder e na produção das subjetividades, sem afirmarmos, assim, uma superação do dispositivo de sexualidade. Palavras-chave: dispositivo de sexualidade, corpo, saúde, subjetividade, psicanálise.
8

Educação em sexualidade, sexualidade e gênero: desafios para professoras(es) do ensino infantil Education in sexuality, sexuality and gender: challenges for teachers (s) in early childhood education

Borges, Rita de Cassia Vieira [UNESP] 16 February 2017 (has links)
Submitted by RITA DE CASSIA VIEIRA BORGES Borges (ritacvborges@hotmail.com) on 2017-03-23T22:52:32Z No. of bitstreams: 1 Dissertação_Versão Definitiva_23.03.pdf: 4025981 bytes, checksum: ae2591f6ed2a09f2d65e6493ab14369d (MD5) Approved for entry into archive by Luiz Galeffi (luizgaleffi@gmail.com) on 2017-03-24T16:50:48Z (GMT) No. of bitstreams: 1 borges_rcv_me_arafcl.pdf: 4025981 bytes, checksum: ae2591f6ed2a09f2d65e6493ab14369d (MD5) Made available in DSpace on 2017-03-24T16:50:48Z (GMT). No. of bitstreams: 1 borges_rcv_me_arafcl.pdf: 4025981 bytes, checksum: ae2591f6ed2a09f2d65e6493ab14369d (MD5) Previous issue date: 2017-02-16 Esta pesquisa apresenta uma investigação sobre as concepções das(os) professoras(es) e funcionárias do Ensino Infantil sobre sexo, sexualidade e educação em sexualidade no tocante à orientação do trabalho pedagógico frente às manifestações da sexualidade das(os) alunas(os). O processo investigativo foi desenvolvido em um Centro de Educação Infantil Municipal (CEIM), localizado em uma cidade do interior do Estado de São Paulo que atende crianças nas faixas etárias entre 4 meses a 3 anos e 11 meses de idade, originárias de famílias de classe média baixa. Por meio do método de observação in loco, buscou-se identificar, inicialmente, as práticas de cuidados diários e a linguagem utilizada entre as professoras e a equipe de apoio, bem como destas para com as crianças. Na sequência, foram aplicadas entrevistas semiestruturadas contendo questões abertas que, com a devida anuência das participantes, foram gravadas, transcritas e analisadas qualitativamente, agregando-se dados quantitativos quando possível. Reconhecendo gênero como forma primária de dar significado às relações de poder, cujo processo de construção se inicia na infância; compreendendo a centralidade da Escola na socialização de meninos e meninas; considerando a transversalidade dos temas sexualidade, gênero e violências, optou-se por desenvolver esta pesquisa junto ao lócus referido, tendo em vista o favorecimento deste contexto para a proximidade entre profissionais, crianças e famílias, além das potencialidades de cooperação destes em ações promotoras da ressignificação de crenças e valores constitutivos e constituídos nas relações sociais. The present research aimed to investigate the conception of teachers of a childhood education center, about sex, sexuality and sexual education, and how it guides their pedagogical work while dealing with the students sexuality manifestations. The investigated process was developed in a Municipal Childhood Educational Center (MCEC), locate in a city from the interior of State of São Paulo, which serves children in the age range between 4 months and 3 years and 11 months, from lower middle class families. For that, observation in loco method was adopted, aiming to identify the daily care practices, as well as to notice the language used between the educators and the others school professionals and between them and children. In sequence, it was applied a semi structured interview, with open questions, which, with the participants approval, were recorded and, than, ttranscribed and qualitatively analyzed, aggregating quantitative data, when possible. Considering Gener as the primary way to significate power relationships, which construction process begins in childhood; understanding the centrality of School in girls and boys socialization; considering the issues trasversatility – sexuality, gender and violence – it was opted to develop this work in childhood education field, considering this context as favorable because of the proximity between professionals, child and their families, as well as their possibility to cooperate to promote actions that can reframe constitutive and constituted beliefs and values in social relationships.
9

Quem inventou o sexo? Experiências cotidianas de crianças e professoras acerca de gênero e sexualidade

Diniz, Cassianne Campos 11 August 2014 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Antropologia, Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social, 2014. Submitted by Cristiane Mendes (mcristianem@gmail.com) on 2014-12-02T16:40:35Z No. of bitstreams: 1 2014_CassianneCamposDiniz.pdf: 920241 bytes, checksum: a0d59c1fa19cdb6d3e175cbae75dea85 (MD5) Approved for entry into archive by Raquel Viana(raquelviana@bce.unb.br) on 2014-12-02T17:50:37Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2014_CassianneCamposDiniz.pdf: 920241 bytes, checksum: a0d59c1fa19cdb6d3e175cbae75dea85 (MD5) Made available in DSpace on 2014-12-02T17:50:37Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2014_CassianneCamposDiniz.pdf: 920241 bytes, checksum: a0d59c1fa19cdb6d3e175cbae75dea85 (MD5) Esta dissertação é o resultado de uma pesquisa etnográfica realizada em contexto escolar e das experiências de encontro que vivenciei junto com as professoras e as crianças no referido contexto. As crianças pesquisadas eram, principalmente, crianças púberes e as suas professoras eram todas mulheres. Durante a etnografia pude apreender o aprendizado das crianças acerca de gênero e sexualidade, bem como pude compreender como as experiências vivenciadas por elas evidenciavam seus saberes sobre o referido assunto. O foco da dissertação é apresentar as lições aprendidas por mim sobre aprendizado, sexualidade, pesquisa com crianças e sensibilidades à medida que evidencio as ações, sentimentos e pensamentos de crianças e suas professoras acerca dos corpos púberes e sexuados das crianças. Nesse sentido, realizo reflexões acerca da noção de que a expressão corporificada do saber das crianças pode ser compreendida a partir das suas experiências cotidianas e por meio de suas dúvidas. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT This dissertation is the result of an ethnographic study in a school context and encounter experiences that I experienced with the teachers and children in that context. The children surveyed were mainly pubescent children and their teachers were all women. During the ethnography I could apprehend the children's learning about gender and sexuality, as well as I could understand how their own experiences were visible on their knowledge on that subject. The focus of the dissertation is to present lessons learned by me about learning, sexuality, research with children, and sensibilities while I show actions, feelings and thoughts of children and their teachers about children's pubescent and sexed bodies. In this sense, I reflect on the notion that the embodied expression of children's knowledge can be understood from their everyday experiences and through their doubts.
10

Escolha de vida religiosa consagrada, sexualidade e suas vicissitudes

Gomes, Nilvete Soares 2014 (has links)
Made available in DSpace on 2014-09-30T02:01:30Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000461635-Texto+Completo-0.pdf: 936336 bytes, checksum: 58f7dc0a52012169e932586ff40e755f (MD5) Previous issue date: 2014 This Master thesis consists of two studies presented through articles formats. One article has a theoretical nature and the other refers to an empirical study. The overall objective of this study was to understand the sexuality process and its vicissitudes in consecrated religious life choice of young women. The theoretical paper presents a non systematic literature review discussing theoretical concepts about sexuality and its vicissitudes through consecrated religious life choice. The empirical article is an exploratory cross-sectional qualitative research, which aimed to investigate the sexuality process and its vicissitudes in religious life of young people who choose to follow the consecrated religious pathway and impasses that underlie this choice. Therefore, semi-structured interviews were carried out considering the topics: sexuality meaning for religious; experience of sexuality within the family - life story; being a woman-a woman in the consecrated religious life; experiences of caring relationships; impasses in sexual experience among religious; vocation - religious vocation; motivations for choosing and staying in the consecrated religious life.From the content of the reports it was found that the choice of sexuality in religious life is not for the young among the greatest challenges . However sexuality expressed in feelings and attitudes in fraternal relations of everyday life these young people the crossing underlies this phenomenon which reveals difficulties of sexuality lived in its broad sense. Conflicts are observed though their speech, therefore another signification in what refers to religious life and sexuality is also observed. Women interviewed pointed as a significant challenge that comes through religious life the difficulty in fraternal relations. Esta dissertação é composta de dois estudos apresentados na forma de artigos. Um dos artigos é de caráter teórico e o outro é um artigo empírico. O objetivo geral do trabalho foi compreender o processo de sexualidade e suas vicissitudes na escolha de vida religiosa consagrada em mulheres jovens. O artigo teórico apresenta uma revisão assistemática da literatura que objetivou discutir, a partir de teóricos, acerca da sexualidade e suas vicissitudes no cenário da vida religiosa consagrada. O artigo empírico caracterizou-se como uma pesquisa qualitativa, transversal, exploratória cujo objetivo foi investigar o processo de sexualidade e suas vicissitudes na vida das jovens religiosas que fizeram a escolha pela vida religiosa consagrada e quais impasses subjazem a esta escolha. Para tanto, foram realizadas entrevistas semi-estruturadas, considerando os seguintes tópicos: significado da sexualidade para as religiosas; vivência da sexualidade no contexto familiar – história de vida; ser mulher- ser mulher na vida religiosa consagrada; experiências de relacionamentos afetivos; impasses na vivência da sexualidade entre as religiosas; vocação – vocação religiosa; motivações para escolha e permanência na vida religiosa consagrada.A partir do conteúdo dos relatos constatou-se que a sexualidade na escolha de vida religiosa não se constitui, para as jovens, entre os maiores desafios. Porém, a sexualidade expressa em sentimentos e atitudes nas relações fraternas do cotidiano dessas jovens, subjaz o atravessamento desse fenômeno que revela dificuldades da sexualidade vivida no seu sentido amplo. As falas demonstram conflitos, mas também ressignificação por parte destas jovens mulheres no que se refere à vida religiosa e à sexualidade. Entretanto, foi predominante nas falas das religiosas que um significativo desafio que circunscreve e atravessa a escolha de vida religiosa consagrada é a dificuldade das relações fraternas.

Page generated in 0.1134 seconds