• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 29
  • 2
  • Tagged with
  • 31
  • 31
  • 17
  • 13
  • 9
  • 8
  • 8
  • 8
  • 7
  • 7
  • 7
  • 6
  • 6
  • 6
  • 6
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Leilões de títulos públicos: caso dos títulos pós-fixados no Brasil

Araújo, Carolina Frota 25 August 2006 (has links)
Made available in DSpace on 2008-05-13T13:47:57Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2144.pdf: 379120 bytes, checksum: ec8d42e748cb4205710e34ecd8a9efe3 (MD5) Previous issue date: 2006-08-25 / O presente trabalho aborda a Teoria dos leilões de Títulos Públicos, visando analisar os formatos discriminatório e uniforme. Tem-se como objetivo mostrar que, apesar de teoricamente não haver superioridade de um formato em relação ao outro, expectativas dos agentes podem motivar alterações no formato adotado. Para isso utilizou-se a experiência brasileira ocorrida em 2002 com os títulos pós-fixados, mais especificamente com a LFT.
2

Mercado secundário de títulos públicos: microestrutura, liquidez e spread de compra e venda para o mercado de LTNs no Brasil

Sá Júnior, Euridson de 30 August 2007 (has links)
Made available in DSpace on 2010-04-20T20:56:58Z (GMT). No. of bitstreams: 3 EuridsondeSaJr30082007.pdf.jpg: 13049 bytes, checksum: 4808d05119bc6848b16b52b0b7252ea8 (MD5) EuridsondeSaJr30082007.pdf.txt: 162466 bytes, checksum: 25651c9d22035e3e69d261b34283c1b9 (MD5) EuridsondeSaJr30082007.pdf: 348637 bytes, checksum: 8818c6407c9130859dca82a7ec272a1f (MD5) Previous issue date: 2007-08-30T00:00:00Z / This work comprises two parts. First part, it discusses and compares liquidity and market microstructure aspects from government securities in some countries as Brazil, Chile, Mexico, Korea, Poland and United States. The analyses uses some microstructure dimensions like the liquidity from secondary market (bid and ask spread, turnover to average outstanding stock and most important maturity), the efficiency costs, infrastructure and transparency from primary and secondary market and the market security. The goal is to describe the microstructure of secondary markets from theses countries and to compare with the microstructure of Brazilian secondary markets. Despite of low tenor from government securities the Brazilian secondary market presents microstructure like those countries that suggested other reasons avoiding enlarge tenors from prefixed securities. The second part of this work examines the liquidity of the local secondary market for the Brazilian government securities between 2003 to 2006 and the determinants of realized bid-ask spreads for secondary market of the LTNs – Letras do Tesouro Nacional between 2005 to 2006. The spreads were calculated from daily basis with high frequency database for 30 minutes period and one-day period. Overall, the liquidity is an important determinant of the realized bid-ask spread for the LTN market. Specifically, the bid-ask spread decreases when the volume increases. The bid-ask spread increases in the remaining-time-to-maturity of LTN. LTNs up to 30 days tenor presented average bid-ask spreads around 1 cents of reais (1.89 bp) and LTNs with two years tenor presented average bid-ask spreads around 54 cents of reais (3.84 bp) for 30 minutes period and 81 cents of reais (5.72 bp) for one day period. The econometric tests were performed based on a model presented by Chakravarty e Sarkar (1999) applied to USA bonds markets for the years 1995 to 1997. The tests were estimated by Generalized Method of Moments (GMM) technique. Our estimation and evaluation of liquidity measures for the Brazilian government securities market reveal that the simple bid-ask spread is a useful measure for assessing and tracking liquidity. / Este trabalho está dividido em dois ensaios. O primeiro ensaio examina aspectos da liquidez do mercado secundário de títulos públicos no Brasil no período 2003 a 2006 e os determinantes do spread de compra e venda no mercado secundário de LTN - Letra do Tesouro Nacional no período 2005 a 2006. Os spreads foram calculados com base em dados diários de alta freqüência, para períodos de 30 minutos e de um dia. Em linhas gerais, a liquidez é um determinante importante no cálculo do spread. Especificamente os spreads diminuem quando os volumes ofertados aumentam. No caso dos prazos de vencimento, os spreads aumentam quando os prazos se ampliam. LTNs com prazos de vencimentos até 30 dias apresentaram spreads de 1 centavo de reais (1.89 bp) enquanto que LTNs com prazos acima de dois anos apresentaram spreads médios em torno de 54 centavos de reais (3.84 bp) para intervalos de 30 minutos e 81 centavos de reais (5.72 bp) para intervalos de um dia. Os testes econométricos foram realizados com base em um modelo apresentado por Chakravarty e Sarkar (1999) e aplicado ao mercado americano de bonds no período de 1995 e 1997. Os testes foram feitos utilizando-se a técnica do Método dos Momentos Generalizados (GMM). Os resultados confirmam o spread de compra e venda como medida importante no acompanhamento da liquidez. O segundo ensaio compara aspectos da liquidez e da microestrutura do mercado de títulos públicos em alguns paises como Brasil, Chile, México, Coréia, Singapura, Polônia e Estados Unidos. A análise utiliza algumas dimensões da microestrutura como a liquidez do mercado secundário (spread de compra e venda, giro do estoque de títulos e vencimentos mais negociados), os custos de eficiência, a estrutura e transparência do mercado primário e secundário e, por último, a segurança do mercado. O objetivo é comparar as características e o funcionamento dos mercados secundários desses paises e, confrontar com a realidade do mercado brasileiro face ao desenvolvimento da microestrutura. Apesar da falta de alongamento dos prazos dos títulos públicos, o mercado secundário no Brasil apresenta aspectos da microestrutura semelhantes aos paises em consideração o que sugere a existência de outros fatores fora a microestrutura que limitam o aumento dos prazos. Os resultados do primeiro ensaio ajudam nas comparações dos demais paises. Como resultado, encontramos que embora a liquidez do mercado secundário de títulos públicos no Brasil concentra-se em papéis de prazo menor, este fato provavelmente não se deve a questões de microestrutura do mercado.
3

Leilão de títulos do Banco Central: análise de um instrumento

Salomon, Marcelo Figueiredo 30 May 1995 (has links)
Made available in DSpace on 2010-04-20T20:18:29Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 1995-05-30T00:00:00Z / Trata de examinar qual o melhor mecanismo de leilão para a venda de títulos públicos. Utilizando a Teoria de Jogos como modelo teórico analisa-se os pontos de equilíbrio dos diversos mecanismos fazendo considerações sobre a substituição do atual leilão discriminatório utilizado pelo Banco Central do Brasil.
4

Efeitos da flexibilização monetária quantitativa no mercado de títulos públicos da inglaterra

Aragon, João Paulo de 30 May 2011 (has links)
Submitted by João Paulo Aragon (joao_aragon@hotmail.com) on 2011-08-16T14:28:17Z No. of bitstreams: 1 Dissertação final.pdf: 331471 bytes, checksum: 5666454d026b35c37808d4a61f9bb504 (MD5) / Approved for entry into archive by Vitor Souza (vitor.souza@fgv.br) on 2011-08-18T13:50:38Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Dissertação final.pdf: 331471 bytes, checksum: 5666454d026b35c37808d4a61f9bb504 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-09-20T20:53:19Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dissertação final.pdf: 331471 bytes, checksum: 5666454d026b35c37808d4a61f9bb504 (MD5) Previous issue date: 2011-05-30 / No Reino Unido, uma grande política monetária de compra de títulos públicos que ficou conhecida como Quantitative Easing foi realizada em 2009. Nesse estudo foram utilizados diversos dados diários de Gilts convencionais para tentar entender os efeitos que mudanças na oferta de Gilts tem na estrutura a termo dos mesmos. No dia das compras não foi possível mostrar que as compras tem alguma influência sobre a estrutura termo implícita (os 'efeitos de fluxo'). No entanto, no final do programa houve uma diminuição de até 40bps na estrutura termo implícita sendo que a maior parte dessa diminuição veio de compras do próprio ativo e uma parte um pouco menor de compras de ativos substitutos (os 'efeitos de estoque'). Além disso, as maiores diminuições apareceram justamente nos setores da curva onde governo concentrou as compras.
5

Um modelo de dois fatores para o cálculo do VaR de uma carteira de renda fixa / A 2-Factor Model for Value at Risk (VaR)

Veiga, Rafael Paschoarelli 30 July 2002 (has links)
Cálculo do VaR de uma Carteira de Renda Fixa composta por LTNs utilizando modelo de fatores. / Market risk monitoring through Value at Risk is a task undertaken by almost all financial institutions in Brasil due to the regulatory environment set by Banco Central. However, VaR calculations of a portfolio of investments can get quite complicated involving the calculation of matrixes. One must bear in mind that the matrix dimensions increases geometricaly as the number of assets of the portfolio increases. This reality is a fertile soil for researchers to find simpler methodologies for VaR calculations. The proposed framework in this work shows a simpler methodology for VaR calculations of fixed income portfolios of government securities.
6

Estudo da diferença entre as curvas de título público prefixada em reais interna e externa brasileira

Costa, Daniel Barros Rodrigues 17 January 2008 (has links)
Made available in DSpace on 2010-04-20T21:00:17Z (GMT). No. of bitstreams: 3 danielcosta.pdf.jpg: 11957 bytes, checksum: 9c70f79e4dfbefba6856c68044c195fb (MD5) danielcosta.pdf: 519458 bytes, checksum: d52d6447c9acaaf0d6e32ca4b33c975c (MD5) danielcosta.pdf.txt: 92216 bytes, checksum: 8a01949dc19662a5e29a2dd27de6a755 (MD5) Previous issue date: 2008-01-17T00:00:00Z / Since September 2005 Brazil government sells fixed reais debt on offshore market. Those bonds trade at a price significantly above similar onshore debt. This disparities remains if we consider the differences of costs and tax between onshore and offshore markets. In February 2006 Brazil government exempted foreign investor to pay income tax in local fixed income sovereign debt. This paper quantifies the difference between onshore and offshore brazilian local currency debt yield curve. The analysis is done assuming the point of view of the foreign investor after costs and taxes. We show that a large fraction of the variability of this difference is explained by demand for local currency (measured by exchange rate) and interest rate exposure (local market curve). With this model, we quantified the impact in onshore curve of the foreign investor income tax exemption to be 0.15%. Applying Granger’s causality test (GRANGER, 1969) it was not possible to refute that offshore fixed reais curve cause onshore one. / O governo brasileiro desde setembro de 2005 emite dívida prefixada em reais no mercado externo (offshore). Desde então, este títulos são negociados em taxas significativamente abaixo das taxas dos títulos semelhantes no mercado interno. Estas diferenças permanecem grandes depois de levarmos em consideração as diferenças de custos de impostos entre os dois mercados. Em fevereiro de 2006 o governo brasileiro isentou o investidor estrangeiro do pagamento de imposto de renda no lucro obtido na compra de títulos públicos no mercado interno. Neste trabalho quantificamos, na visão de um investidor estrangeiro, a diferença líquida (descontados custos e impostos) entre as curvas de títulos públicos brasileiros prefixados em reais do mercado interno e externo. Mostramos que esta diferença pode ser largamente explicada por fatores como demanda pela moeda local (representada pela taxa de câmbio reais contra dólar) e nível de taxa de juros (representada pela curva interna). Utilizando o modelo proposto quantificamos em 0.15% o impacto na curva interna da medida que liberou o investidor estrangeiro do pagamento de imposto de renda. Aplicamos teste de causalidade de GRANGER (1969) e não conseguimos rejeitar a hipótese de que a curva prefixada externa em reais causa a curva interna.
7

Dívida mobiliária federal: uma análise para obtenção de uma carteira ótima de endividamento

Barreto, Rafael Siqueira 03 December 2009 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Departamento de Economia, Mestrado em Economia do Setor Público, 2009. / Submitted by Albânia Cézar de Melo (albania@bce.unb.br) on 2011-06-03T13:53:34Z No. of bitstreams: 1 2009_RafaelSiqueiraBarreto.pdf: 2859131 bytes, checksum: 8345a46e46d6eda86e05d87c68024108 (MD5) / Approved for entry into archive by Daniel Ribeiro(daniel@bce.unb.br) on 2011-06-10T18:13:21Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2009_RafaelSiqueiraBarreto.pdf: 2859131 bytes, checksum: 8345a46e46d6eda86e05d87c68024108 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-06-10T18:13:21Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2009_RafaelSiqueiraBarreto.pdf: 2859131 bytes, checksum: 8345a46e46d6eda86e05d87c68024108 (MD5) / O presente trabalho tem como objetivo a obtenção de uma composição ótima para a dívida mobiliária federal – DMF, a qual proporcionaria a minimização dos juros pagos e de sua volatilidade. Particular ênfase foi conferida à análise da sensibilidade da estruturação ótima da dívida a variações na ponderação entre volatilidade e juros, combinados em uma função perda hipotética do Governo Federal. Neste contexto, buscou-se evidenciar em que medida alterações significativas nos percentuais dos papéis componentes da dívida pública (indexados à inflação, juros ou pré-fixados) ensejam variações em sua estrutura, que possam ser tomadas como correlações positivas ou negativas. Os resultados indicam que uma estruturação ótima da DMF pode, consistentemente, reduzir os encargos da dívida em um amplo escopo de cenários simulados por meio do emprego de análise de sensibilidade e simulações estocásticas. Uma restrição imposta foi que esta composição ótima não poderia afetar negativamente as condições para obtenção de superávit primário. Desta forma, a estruturação ótima da DMF seria um fator complementar ao superávit primário para se alcançar a sustentabilidade da dívida. A composição ótima obtida a partir de uma ampla gama de simulações indica a necessidade de um aumento na parcela indexada ao IPCA, representada pelos títulos NTN-B, e uma redução no montante vinculado à Selic, correspondente aos papéis LFT. Finalmente, o presente trabalho conclui pela relevância do estudo da composição da DMF, especialmente em cenários de baixa inflação e maior estabilidade macroeconômica como o atualmente vivenciado no Brasil, para minimização dos custos de rolagem da dívida. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT / This study aims to obtain an optimal portfolio for Brazil´s federal debt, which would provide the minimization of its interest charges and volatility. Particular emphasis was given on sensitivity analysis of optimal debt structure to variations in weighting between volatility and interest, combined in a hypothetical loss function of the Federal Government. In this context, it attempts to highlight to what extent significant changes in levels of different types of Government bonds (indexed to inflation, interest or nominal) may bring changes in its structure, which might be taken as positive or negative correlations. The results indicate that an optimal structure of the DMF can consistently reduce the debt burden in a broad scope of scenarios simulated through the use of sensitivity analysis and stochastic simulations. A restriction imposed was that this optimal composition could not adversely affect the conditions for obtaining a primary surplus. Thus, the optimal structure of the DMF would be a complementary factor to primary surplus in order to achieve debt sustainability. The optimum composition obtained from a wide range of simulations indicate the need for an increase in the share indexed to index inflation IPCA, represented by NTN-B bonds, and a reduction in the amount linked to domestic interest rate Selic, corresponding to LFT bonds. Finally, this paper concludes for the relevance to study the composition of the federal debt, especially in scenarios of low inflation and greater macroeconomic stability as currently experienced in Brazil, to minimize the costs of debt rollover.
8

Há evidências do modelo Fed no Brasil? Um estudo da relação entre inflação e mercado acionário

AMARAL JÚNIOR, João Bosco 17 February 2017 (has links)
Submitted by Pedro Barros (pedro.silvabarros@ufpe.br) on 2018-07-18T22:13:55Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 811 bytes, checksum: e39d27027a6cc9cb039ad269a5db8e34 (MD5) TESE João Bosco Amaral Júnior.pdf: 2261937 bytes, checksum: 5887a8bddfeb681c7b7562d7fb80434a (MD5) / Approved for entry into archive by Alice Araujo (alice.caraujo@ufpe.br) on 2018-07-20T17:35:27Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 811 bytes, checksum: e39d27027a6cc9cb039ad269a5db8e34 (MD5) TESE João Bosco Amaral Júnior.pdf: 2261937 bytes, checksum: 5887a8bddfeb681c7b7562d7fb80434a (MD5) / Made available in DSpace on 2018-07-20T17:35:27Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 811 bytes, checksum: e39d27027a6cc9cb039ad269a5db8e34 (MD5) TESE João Bosco Amaral Júnior.pdf: 2261937 bytes, checksum: 5887a8bddfeb681c7b7562d7fb80434a (MD5) Previous issue date: 2017-02-17 / CNPQ / Este trabalho tem o propósito de estudar um modelo de precificação mais conhecido na literatura estrangeira, especialmente, nos EUA. Trata-se do “modelo FED”, uma relação entre o retorno esperado da bolsa e do título público de longo prazo. Assim, por meio de uma análise de séries temporais, mostrou-se que há evidências de que o índice lucro preço está relacionado com o retorno do título nos termos propostos pelo modelo FED. O mesmo, entretanto, não pode ser dito a respeito do índice dividendo preço. Na sequência, o questionamento passa a ser o que tem levado uma variável real (o índice lucro preço) a apresentar uma relação estável com uma variável nominal (maior influência é a inflação). Nesse ponto, a literatura sobre o modelo FED se confunde com a literatura sobre os efeitos da inflação no mercado de ações. As principais hipóteses já estudadas são: a hipótese da ilusão inflacionária (HII), a hipótese tributária (HT), a hipótese proxy (HP) e a hipótese da causalidade reversa (HCR). Os testes empíricos produziram resultados opostos ao esperado o que leva a crer que a HII não deve ser a explicação mais apropriada. Apesar da legislação dar indícios, a HT se mostrou pouco provável diante da magnitude do “efeito despesa financeira”. A discussão sobre a HP se mostrou inconclusiva, apresentando evidências favoráveis e contrárias. Por fim, o estudo da HCR trouxe a impressão de que há uma chance dessa ser a explicação procurada, porém, se reconhece que a forma mais indicada de teste dessa hipótese seria a construção de um modelo macroeconômico com a presença de um setor financeiro. / This work has the purpose of studying a pricing model best known in foreign literature, especially in the US. This is the "FED model", a relationship between the yields of the stock market and long-term government securities. Thus, by performing a time-series analysis, it was shown that there is evidence that the earnings yield is related to the government bond yield in the terms proposed by the FED model. The same, however, cannot be said about the dividend yield. Further, the question becomes what has led a real variable (the stock market earnings yield) to have a stable relationship with a nominal variable (whose main influence is inflation). At this point, the FED Model literature is confused with the literature on the effects of inflation on the stock market. The main hypotheses raised are: the hypothesis of inflationary illusion (HII), the tax hypothesis (HT), the proxy hypothesis (HP) and the hypothesis of reverse causality (HCR). Empirical tests produced opposite results in relation to what was expected and that leads to the belief that HII should not be the most adequate explanation. Although the legislation gives indication, HT proved unlikely given the size of the “financial expense effect”. The discussion on the HP proved inconclusive, with favorable and contrary evidence. Finally, the study of HCR gave the impression that there is a chance this is the explanation sought, but it should be stressed that the most indicated way of test of the hypothesis would be the construction of a macroeconomic model with the presence of a financial sector.
9

Um modelo de dois fatores para o cálculo do VaR de uma carteira de renda fixa / A 2-Factor Model for Value at Risk (VaR)

Rafael Paschoarelli Veiga 30 July 2002 (has links)
Cálculo do VaR de uma Carteira de Renda Fixa composta por LTNs utilizando modelo de fatores. / Market risk monitoring through Value at Risk is a task undertaken by almost all financial institutions in Brasil due to the regulatory environment set by Banco Central. However, VaR calculations of a portfolio of investments can get quite complicated involving the calculation of matrixes. One must bear in mind that the matrix dimensions increases geometricaly as the number of assets of the portfolio increases. This reality is a fertile soil for researchers to find simpler methodologies for VaR calculations. The proposed framework in this work shows a simpler methodology for VaR calculations of fixed income portfolios of government securities.
10

Inflação futura: uma análise comparativa entre as expectativas do focus e as inflações implícitas nos títulos públicos

Weber, Marcelo 30 June 2011 (has links)
Submitted by Marcelo Do Nascimento (marcelonbr@gmail.com) on 2011-08-01T17:33:10Z No. of bitstreams: 1 Dissertacao MPFE – Marcelo N.docx: 2785544 bytes, checksum: dcb6889530d539d192ef162a813e0a53 (MD5) / Approved for entry into archive by Vera Lúcia Mourão (vera.mourao@fgv.br) on 2011-08-01T17:44:13Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Dissertacao MPFE – Marcelo N.docx: 2785544 bytes, checksum: dcb6889530d539d192ef162a813e0a53 (MD5) / Approved for entry into archive by Vera Lúcia Mourão (vera.mourao@fgv.br) on 2011-08-01T17:46:02Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Dissertacao MPFE – Marcelo N.docx: 2785544 bytes, checksum: dcb6889530d539d192ef162a813e0a53 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-08-01T17:50:59Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dissertacao MPFE – Marcelo N.docx: 2785544 bytes, checksum: dcb6889530d539d192ef162a813e0a53 (MD5) Previous issue date: 2011-06-30 / As expectativas de inflação medidas pelos agentes passaram a ser fundamentais após a implantação do regime de metas inflacionárias pelo Banco Central. Este trabalho procura verificar o poder preditivo da inflação estimada pelos agentes que contribuem para as expectativas do Relatório Focus e as inflações medidas pelo diferencial entre títulos pré-fixados e cupons de títulos indexados ao IPCA, as chamadas inflações implícitas ou compensatórias. Procura-se verificar qual das variáveis apresenta melhor capacidade de previsão da inflação realizada através da constituição de modelos de regressão linear. Também se busca mostrar a acuidade dessas variáveis em intervalos de tempos futuros de 3 (três) a 30 (trinta) meses. O trabalho revela que as inflações implícitas são melhores estimadores que as inflações medidas pelo Focus para períodos mais longos acima de 9 (nove) meses, porém o último tem maior poder preditivo para horizontes curtos de até 6 (seis) meses.

Page generated in 0.0565 seconds