• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 17
  • 3
  • Tagged with
  • 20
  • 20
  • 15
  • 12
  • 9
  • 9
  • 9
  • 8
  • 7
  • 6
  • 6
  • 6
  • 5
  • 5
  • 5
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Previsão da curva de juros com análise de componentes principais utilizando matriz de covariâcia de longo prazo / Forecast of the interest curve with principal components analysis using long-term covariance matrix

Hugo Mamoru Aoki Hissanaga 25 August 2017 (has links)
Apesar da Análise de Componentes Principais (PCA) ser um dos métodos mais importantes na análise da estrutura a termo de taxa de juros, há fortes indícios de não ser adequada para estimar fatores da curva de juros quando há presença de dependência temporal e erros de medida. Para corrigir esses problemas é indicado utilizar a matriz de covariância de longo prazo, extraindo a correta estrutura de covariância presente nestes processos. Neste trabalho, mostramos que realizar a previsão fora da amostra da curva de taxa de juros com o método de Análise de Componentes Principais (PCA) utilizando como base a matriz de covarância de longo prazo (LRCM) parece ser mais acurada comparada a PCA com base na matriz de covariância amostral. / Although Principal Component Analysis (PCA) is one of the most common methods to estimate the structure of interest rate volatility, there are strong indications that it is not adequate to estimate interest rate factors when there is temporal dependence and measurement errors. To correct these problems it is necessary to use the longterm covariance matrix, to extract the correct covariance structure present in these processes. In this work, we show that performing the out-of-sample forecasting of the interest rate curve with the Principal Component Analysis (PCA) method based on the long-term covariance matrix (LRCM) seems to be more accurate compared to PCA based on sample covariance matrix.
2

Previsão da curva de juros com análise de componentes principais utilizando matriz de covariâcia de longo prazo / Forecast of the interest curve with principal components analysis using long-term covariance matrix

Hissanaga, Hugo Mamoru Aoki 25 August 2017 (has links)
Apesar da Análise de Componentes Principais (PCA) ser um dos métodos mais importantes na análise da estrutura a termo de taxa de juros, há fortes indícios de não ser adequada para estimar fatores da curva de juros quando há presença de dependência temporal e erros de medida. Para corrigir esses problemas é indicado utilizar a matriz de covariância de longo prazo, extraindo a correta estrutura de covariância presente nestes processos. Neste trabalho, mostramos que realizar a previsão fora da amostra da curva de taxa de juros com o método de Análise de Componentes Principais (PCA) utilizando como base a matriz de covarância de longo prazo (LRCM) parece ser mais acurada comparada a PCA com base na matriz de covariância amostral. / Although Principal Component Analysis (PCA) is one of the most common methods to estimate the structure of interest rate volatility, there are strong indications that it is not adequate to estimate interest rate factors when there is temporal dependence and measurement errors. To correct these problems it is necessary to use the longterm covariance matrix, to extract the correct covariance structure present in these processes. In this work, we show that performing the out-of-sample forecasting of the interest rate curve with the Principal Component Analysis (PCA) method based on the long-term covariance matrix (LRCM) seems to be more accurate compared to PCA based on sample covariance matrix.
3

Efeitos da flexibilização monetária quantitativa no mercado de títulos públicos da inglaterra

Aragon, João Paulo de 30 May 2011 (has links)
Submitted by João Paulo Aragon (joao_aragon@hotmail.com) on 2011-08-16T14:28:17Z No. of bitstreams: 1 Dissertação final.pdf: 331471 bytes, checksum: 5666454d026b35c37808d4a61f9bb504 (MD5) / Approved for entry into archive by Vitor Souza (vitor.souza@fgv.br) on 2011-08-18T13:50:38Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Dissertação final.pdf: 331471 bytes, checksum: 5666454d026b35c37808d4a61f9bb504 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-09-20T20:53:19Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dissertação final.pdf: 331471 bytes, checksum: 5666454d026b35c37808d4a61f9bb504 (MD5) Previous issue date: 2011-05-30 / No Reino Unido, uma grande política monetária de compra de títulos públicos que ficou conhecida como Quantitative Easing foi realizada em 2009. Nesse estudo foram utilizados diversos dados diários de Gilts convencionais para tentar entender os efeitos que mudanças na oferta de Gilts tem na estrutura a termo dos mesmos. No dia das compras não foi possível mostrar que as compras tem alguma influência sobre a estrutura termo implícita (os 'efeitos de fluxo'). No entanto, no final do programa houve uma diminuição de até 40bps na estrutura termo implícita sendo que a maior parte dessa diminuição veio de compras do próprio ativo e uma parte um pouco menor de compras de ativos substitutos (os 'efeitos de estoque'). Além disso, as maiores diminuições apareceram justamente nos setores da curva onde governo concentrou as compras.
4

Previsão da estrutura a termo de taxa de juros aplicando o Filtro de Kalman ao modelo Vasicek: o caso brasileiro

Hiroki, Marcelo 08 August 2014 (has links)
Submitted by marcelo hiroki (mhiroki@gmail.com) on 2014-09-03T02:41:10Z No. of bitstreams: 1 dissertacao_Marcelo_Hiroki_Final.pdf: 1600897 bytes, checksum: 3084ffc43e26c1311352b13d330264bf (MD5) / Approved for entry into archive by JOANA MARTORINI (joana.martorini@fgv.br) on 2014-09-03T12:07:14Z (GMT) No. of bitstreams: 1 dissertacao_Marcelo_Hiroki_Final.pdf: 1600897 bytes, checksum: 3084ffc43e26c1311352b13d330264bf (MD5) / Made available in DSpace on 2014-09-04T13:41:36Z (GMT). No. of bitstreams: 1 dissertacao_Marcelo_Hiroki_Final.pdf: 1600897 bytes, checksum: 3084ffc43e26c1311352b13d330264bf (MD5) Previous issue date: 2014-08-08 / This work aims to test the quality of forecasting of the two factor Vasicek Model coupled with the Kalman filter. Applied to an investment strategy, it runs with a Stop Loss criteria for periods in which the model does not fit the interest rates. Using BMF’s DI future contracts available for the period of 1st of March, 2007 to the 30th of May 2014, we simulated the strategy for different periods with different conditions, aiming on finding the optimal time series window that will lead to the model parameters that best fit the current term structure, also, it will be analyzed how long these parameters optimally estimate interest rate dynamic. The results were compared with the ones obtained from the vector autoregressive model of lag 1, indicating that Vasicek Model underperform compared to this model. The limitation of the two factor model on capturing the term structure dynamics does not allow the model to estimate the term structure at once denigrating the results. / Este trabalho tem o objetivo de testar a qualidade preditiva do Modelo Vasicek de dois fatores acoplado ao Filtro de Kalman. Aplicado a uma estratégia de investimento, incluímos um critério de Stop Loss nos períodos que o modelo não responde de forma satisfatória ao movimento das taxas de juros. Utilizando contratos futuros de DI disponíveis na BMFBovespa entre 01 de março de 2007 a 30 de maio de 2014, as simulações foram realizadas em diferentes momentos de mercado, verificando qual a melhor janela para obtenção dos parâmetros dos modelos, e por quanto tempo esses parâmetros estimam de maneira ótima o comportamento das taxas de juros. Os resultados foram comparados com os obtidos pelo Modelo Vetor-auto regressivo de ordem 1, e constatou-se que o Filtro de Kalman aplicado ao Modelo Vasicek de dois fatores não é o mais indicado para estudos relacionados a previsão das taxas de juros. As limitações desse modelo o restringe em conseguir estimar toda a curva de juros de uma só vez denegrindo seus resultados.
5

Mercado brasileiro: aplicação de análise de componentes principais no cálculo de VAR para carteiras de renda fixa

Jesus, Gustavo da Silva January 2005 (has links)
Made available in DSpace on 2010-04-20T21:00:25Z (GMT). No. of bitstreams: 3 gustavojesusturma2003.pdf.jpg: 18035 bytes, checksum: ad75b4365e3eebf1790c33bcdb8deebc (MD5) gustavojesusturma2003.pdf: 605902 bytes, checksum: 160b98851a3b23179aca8f315071115a (MD5) gustavojesusturma2003.pdf.txt: 117301 bytes, checksum: 789d9ae8c685eabeb432232e59c00594 (MD5) Previous issue date: 2006-01-30T00:00:00Z / The Value at Risk (VAR) approach in this work is performed based on the analysis of the yield curve using Principal Component Analysis (PCA). With this methodology, the movements of the yield curve can be decomposed in a small number of underlying factors: a ìShiftî factor that causes rates to rise or fall, a ìTwistî factor that allows the curve to steepen or flatten, and a third factor that changes the convexity of the yield curve. The movements are not correlated to the others. Combining these factors produces specific yield curve scenarios useful for estimating the market risk of rate-sensitive instruments. The worst (greatest) loss can be considered an intuitive and quick estimate of VAR, according to the desired confidence level. This work will show that the first factor in the Brazilian curve is not a pure parallel shift. Differently from what happens in studies of other countries, the first factor also twists the curve. / A abordagem do Value at Risk (VAR) neste trabalho será feita a partir da análise da curva de juros por componentes principais (Principal Component Analysis – PCA). Com essa técnica, os movimentos da curva de juros são decompostos em um pequeno número de fatores básicos independentes um do outro. Entre eles, um fator de deslocamento (shift), que faz com que as taxas da curva se movam na mesma direção, todas para cima ou para baixo; de inclinação (twist) que rotaciona a curva fazendo com que as taxas curtas se movam em uma direção e as longas em outra; e finalmente movimento de torção, que afeta vencimentos curtos e longos no mesmo sentido e vencimentos intermediários em sentido oposto. A combinação destes fatores produz cenários hipotéticos de curva de juros que podem ser utilizados para estimar lucros e perdas de portfolios. A maior perda entre os cenários gerados é uma maneira intuitiva e rápida de estimar o VAR. Este, tende a ser, conforme verificaremos, uma estimativa conservadora do respectivo percentual de perda utilizado. Existem artigos sobre aplicações de PCA para a curva de juros brasileira, mas desconhecemos algum que utilize PCA para construção de cenários e cálculo de VAR, como é feito no presente trabalho.Nesse trabalho, verificaremos que a primeira componente principal produz na curva um movimento de inclinação conjugado com uma ligeira inclinação, ao contrário dos resultados obtidos em curvas de juros de outros países, que apresentam deslocamentos praticamente paralelos.
6

Estrutura a termo da taxa de juros no Brasil e previsibilidade de ciclos econômicos

Ribeiro, Priscila Fernandes 15 March 2010 (has links)
Submitted by Andrea Rezende (andrea.rezende@fgv.br) on 2010-05-05T14:50:21Z No. of bitstreams: 1 Priscila_Fernandes_Ribeiro.pdf: 869577 bytes, checksum: 5075c7c64111494ff3e9926f7e95fee2 (MD5) / Made available in DSpace on 2010-05-05T14:50:21Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Priscila_Fernandes_Ribeiro.pdf: 869577 bytes, checksum: 5075c7c64111494ff3e9926f7e95fee2 (MD5) Previous issue date: 2010-03-15 / This work proposes characterize Yield Curve for Brazil by three factors, comparing two types of estimation methods: using State Space model, estimate it by Kalman Filter and Two Steps Least Squares. The factors are the dynamics represented by a Vector Autoregressive model, VAR (1), and the second estimation method is attributed a structure for the conditional variance. To compare the methods used, it is proposed an alternative way of comparison: using Markov processes, an econometric model of the joint dynamic relationship between the slope of yield curve and the economy to predict business cycles. / O objetivo deste trabalho é caracterizar a Curva de Juros Mensal para o Brasil através de três fatores, comparando dois tipos de métodos de estimação: Através da Representação em Espaço de Estado é possível estimá-lo por dois Métodos: Filtro de Kalman e Mínimos Quadrados em Dois Passos. Os fatores têm sua dinâmica representada por um Modelo Autorregressivo Vetorial, VAR(1), e para o segundo método de estimação, atribui-se uma estrutura para a Variância Condicional. Para a comparação dos métodos empregados, propõe-se uma forma alternativa de compará-los: através de Processos de Markov que possam modelar conjuntamente o Fator de Inclinação da Curva de Juros, obtido pelos métodos empregados neste trabalho, e uma váriavel proxy para Desempenho Econômico, fornecendo alguma medida de previsão para os Ciclos Econômicos.
7

[en] ESSAYS IN CURRENCY RISK AND MARKET MICROSTRUCTURE / [pt] ENSAIOS SOBRE RISCO DE TAXA DE CÂMBIO E MICROESTRUTURA DE MERCADO

SYLVIO KLEIN TROMPOWSKY HECK 18 February 2009 (has links)
[pt] Esta tese de doutorado compõe-se de três artigos, sendo dois em finanças empíricas e um em microestrutura de mercado. O primeiro artigo estuda de que forma movimentos nas curvas de juros futuros em Reais e Dólares Americanos negociados na BM&F estariam relacionados com duas medidas de prêmio de risco cambial, uma à priori, calculada com base nas expectativas de variação cambial três meses à frente apuradas pelo Focus-BC, e outra à posteriori, calculada sobre a variação cambial efetiva realizada nos mesmos três meses. Os resultados mostram que movimentos da curva de DI parecem mais correlacionados com a variação cambial efetiva do que com as expectativas coletadas entre os agentes. O segundo artigo é uma variação do modelo de Ang e Piazzesi (2003), e investiga a contribuição do mercado de câmbio sobre o prêmio a termo na curva de juros futuros em Reais no Brasil. Usa-se uma UIP no lugar de uma Regra de Taylor para modelar a dinâmica da taxa de curto prazo, o que nos permite substituir as variáveis macro usuais de inflação e produto pela expectativa de variação cambial e prêmio de risco cambial na especificação do prêmio a termo na curva. O terceiro artigo propõe um modelo de mercado interdealer em três estágios onde o processo de revelação de informação é modelado como um sinal ruidoso e invertido de forma seqüencial nos dois estágios de negociação no mercado inter-dealer que se seguem à transação inicial. As simulações realizadas sugerem que a diversificação de risco na economia diminui quanto maior a precisão do sinal nos dois estágios. / [en] In this thesis we discuss two empirical essays in finance and one in market microstructure. The first article studies the joint dynamics of the two most liquid term structure of interest rates traded at BM&F, one in Brazilian reais and the other in US dollars, and two currency risk premia measures. One currency risk premia measure is obtained using currency expectation surveys conducted by the Central Bank of Brazil, while the other will be residual from the three month forward premium traded each day and the effective currency observed on the liquidation date three months after. Results show that the term structures will explain some of the realized currency risk premia observed three months after. We see this as an evidence in favor of information in the curves more correlated to the effective currency movement in three months than the expected devaluation. The second article proposes and extension of the framework introduced by Ang and Piazzesi (2003) to accommodate a no- arbitrage term structure model with macro factors. We replace the usual inflation and output macro factors for two currency variables, the expected currency devaluation and the currency risk premia. Results here show a better fit when compared to existing models estimated for Brazil. The third article proposes an inter-dealer market model in three stages, where disclosure of information is modeled by noisy informative signals. Simulations show that dealers better informed will play strategically to avoid revealing information and the risk-sharing in the economy will be lower when we increase the precision of the informative signals.
8

[en] FISCAL POLICY RISK AND THE YIELD CURVE: AN ALTERNATIVE MEASURE / [pt] RISCO FISCAL E CURVA DE JUROS: UMA MEDIDA ALTERNATIVA

RENATA CARREIRO AVILA 07 August 2023 (has links)
[pt] Risco fiscal afeta a curva de juros no contexto de economias emergentes? Como medir adequadamente esse tipo de risco? Explorando o caso do Brasil, estimamos uma medida alternativa de risco fiscal com base em notícias, utilizando processamento de linguagem de texto. Encontramos que aumento em risco fiscal gera aumento em taxas de juros longas, no prêmio a termo e depreciação na taxa de câmbio. Os efeitos são robustos a uma série de especificações alternativas do índice de risco fiscal, sugerindo que se trata de um fenômeno relevante no cenário brasileiro. / [en] Does fiscal policy risk affect the yield curve in an emerging economy? How can we adequately measure this kind of uncertainty? Exploiting the case of Brazil, we estimate a novel, news-based measure of fiscal policy risk using natural language processing. We show that increases in fiscal policy risk are associated to increases in the levels of long maturities in the yield curve, in the term spread and to a depreciation of the exchange rate. The effects are robust to a series of alternative specifications of the text-based index, suggesting that fiscal risk is a relevant phenomenon in the Brazilian setting.
9

[en] IMMUNIZATION OF FIXED INCOME PORTFOLIOS / [pt] IMUNIZAÇÃO DE CARTEIRAS DE RENDA FIXA

MARCELO WEISKOPF 22 December 2003 (has links)
[pt] O Asset Liability Management (ALM) é uma ferramenta essencial para uma administração eficaz de bancos, seguradoras e fundos de pensão, principalmente no que diz respeito ao monitoramento e controle de riscos enfrentados por estas instituições. Dentre estes riscos, o de taxa de juros é uma das principais fontes de perda potencial para uma instituição financeira. Este trabalho tem como objetivo estudar formas de se controlar este tipo de risco. Para tal, será estudada a fundo a estratégia de imunização de carteiras. Esta estratégia consiste em montar uma carteira ótima de forma que a mesma seja imune a variações na taxa de juros, ou seja, independente das variações que ocorram nas taxas de juros, o valor da carteira não se altere. Dois modelos de imunização de carteiras de renda fixa propostos na literatura são estudados detalhadamente. Um utiliza a técnica de análise de componentes principais (ACP), imunizando a carteira na direção destes componentes. O outro modelo usa um método de minimização do risco estocástico. Em ambos, um exemplo ilustrativo é apresentado e uma aplicação prática é feita utilizando-se dados de um fundo de pensão no Brasil (este tipo de estratégia é de extremo interesse para fundos de pensão, que possuem longos fluxos de passivos e que desejam garantir que suas obrigações sejam sempre satisfeitas). Por fim, é feita uma análise dos resultados obtidos após a imunização. / [en] Asset Liability Management (ALM) is an important tool used in the administration of banks, insurance companies and pension funds, especially for monitoring and controlling the risk those institutions usually face. Among the various types of risk, the interest rate risk is one of the main sources of potential loss for a financial institution. This dissertation aims to study ways of controlling this type of risk. Thus, we will thoroughly study the strategy used for Asset Liability Management. This strategy consists in assembling an optimum portfolio in a way that it becomes unaffected by changes in the interest rates. A couple of immunization models for fixed rate portfolios are studied in detail. One of them employs the method of principal component analysis (PCA), immunizing the portfolio in the direction of those components. The other model minimizes the stochastic risk. In both of them, we present an example and use of the method in a Brazilian pension fund (this strategy is highly interesting to pension funds since they work with a long liability cash flow and want to certify their obligations will always be satisfied). Finally, we analyse the results obtained with the two methods.
10

[en] TERM STRUCTURE OF INTEREST RATES AND MACROECONOMIC DYNAMICS IN BRAZIL / [pt] ESTRUTURA A TERMO DA TAXA DE JUROS E DINÂMICA MACROECONÔMICA NO BRASIL

SAMER FATHI SHOUSHA 28 June 2006 (has links)
[pt] Existe uma relação muito próxima entre variáveis macroeconômicas e a estrutura a termo da taxa de juros no Brasil. Caracterizamos esta relação utilizando a recente abordagem de macro-finanças adaptada para o caso de uma economia emergente. Podemos concluir que (i) a curva de juros possui informações adicionais às de diversas variáveis com relação ao crescimento futuro da economia; (ii) o poder de previsão é crescente com a durabilidade dos bens e é decorrente essencialmente das expectativas de variações futuras na taxa de curto-prazo; (iii) as variáveis cíclicas da economia (hiato do produto, taxa de inflação e variação do câmbio nominal) explicam até 53% da variação das taxas; (iv) o restante das variações, representado por fatores não-observáveis, parece estar relacionado à variação da aversão ao risco internacional e das expectativas de inflação e (v) a noção de grande vulnerabilidade externa da economia brasileira no período estudado é corroborada pelo papel relevante da variação do câmbio nominal, que explica até 41% da variação das taxas. / [en] There is a close relationship between macroeconomic variables and the term structure of interest rates in Brazil. We characterize this relationship using the recent macro-finance approach adapted to the case of an emerging market economy.We find that (i) the yield curve have additional information about future economic growth; (ii) the forecasting power is increasing with the durability of goods and is essentially due to expected variations on short-term interest rates; (iii) cyclical variables (output gap, inflation rate and nominal exchange rate change) explain up to 53% of the variation in bond yields; (iv) the additional variation, represented by unobservable factors, seems to be related to the variation of international risk aversion and inflation expectations and (v) the notion of great external vulnerability of the brazilian economy during the period is confirmed by the strong role of the nominal exchange rate change, which explains up to 41% of the variation in bond yields.

Page generated in 0.0675 seconds