• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 1249
  • 16
  • 4
  • 2
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 1278
  • 799
  • 356
  • 310
  • 270
  • 262
  • 155
  • 154
  • 151
  • 130
  • 127
  • 112
  • 110
  • 107
  • 95
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Análise das estratégias para emancipação municipal: um estudo comparado entre distritos emancipados e não emancipados

Souza, Romilda Assunção January 2015 (has links)
Submitted by Puentes Torres Antônio (antoniopuentes@hotmail.com) on 2016-03-08T20:11:35Z No. of bitstreams: 1 Dissertação Romilda Assunção.pdf: 4557662 bytes, checksum: e1fc101d08292badc58f7430093f1591 (MD5) / Approved for entry into archive by Jose Neves (neves@ufba.br) on 2016-07-22T18:48:10Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Dissertação Romilda Assunção.pdf: 4557662 bytes, checksum: e1fc101d08292badc58f7430093f1591 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-07-22T18:48:10Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dissertação Romilda Assunção.pdf: 4557662 bytes, checksum: e1fc101d08292badc58f7430093f1591 (MD5) / RESUMO O estudo procura analisar os argumentos e as estratégias utilizadas no processo de emancipação do distrito de Apuarema e identificar as questões que impossibilitaram a emancipação do distrito Stela Dubois, ambos pertencentes ao município de Jaguaquara, na Bahia, até 1989. A pesquisa foi baseada em análise comparativa entre os distritos, considerando a leitura da bibliografia pertinente ao tema, entrevistas não estruturadas, questionários, reportagens de jornais, estatísticas municipais e os requisitos exigidos pela legislação pertinente para a criação de novos municípios. Para além dos requisitos legais exigidos, procurou-se entender as condicionantes políticas que, paralelamente às questões formais, definem as regras do jogo em um processo emancipacionista, uma vez que o espaço da política é condicionado pelo jogo de interesses entre deputados estaduais, o governador do estado e as lideranças locais que influenciam as decisões a favor e contra as emancipações municipais, tudo isso em ambiente político democrático e com tendência à descentralização política do Estado federado. A escolha destes distritos para a realização da pesquisa foi motivada pelo fato da ocorrência de manifestações públicas organizadas pela comissão local de emancipação. Da pesquisa, observou-se que o distrito Stela Dubois pode não ter sido emancipado por fortes disputas internas entre os agentes interessados na emancipação, bem como pela inclusão de distritos sem emenda ou projetos de emancipação, ao bel prazer dos deputados interessados em incluir qualquer distrito no bojo das emancipações. Além disso, a linha dura adotada pelo governador do estado na época inviabilizou as emancipações, inclusive, de distritos emancipáveis. Já no caso do distrito de Apuarema, emancipado no processo imediatamente anterior, houve a flexibilidade do governador do estado, que era favorável as emancipações. Palavras-chave: Município; Emancipação; Política; Território. / ABSTRACT The study analyses the arguments and strategies used in the emancipation process of the district of Apuarema and aims to identify the issues that forbid the emancipation of the district of Stela Dubois, both belonging to Jaguaquara (Bahia) until 1989. The research was based on a comparative analysis between districts considering the relevant scientific literature, unstructured interviews, questionnaires, newspaper reports, municipal statistics and the legislation requirements for the creation of new municipalities. In addition to the legal requirements one searched to understand the political constraints that define the rules of a emancipation process instead often formal questions, since the political space is conditioned by the interplay of interests between state representatives, the state governor and local leaders who influence decisions for and against the municipal emancipation, developed in a democratic political environment that trends to political decentralization of the federative state. The choice of these districts to conduct the study was motivated by the occurrence of relevant public events organized by the local committee of emancipation. The research showed that Stela Dubois district may not have been emancipated due to strong internal disputes among agents in the emancipation and the inclusion of districts without amendment or emancipation projects, at the whim of the members involved to include any district in the bulge of emancipation. In addition, the harshness of the state governor during the process prevented the emancipation of districts completely able to acquire the goal. In the case of Apuarema, emancipated in the previous process, and the efforts of deputies involved in the process that favoured the process, there was also more flexibility of the state governor, being favourable to the emancipation. Keywords: Municipalities; Emancipation; Politics; Territory
2

Limites e possibilidades para o desenvolvimento territorial: um estudo comparativo entre os municípios baianos de Pintadas e Serra Preta de 1988 à 2008.

COSTA, Arnobson Dos Santos January 2009 (has links)
Submitted by Puentes Torres Antônio (antoniopuentes@hotmail.com) on 2016-07-22T13:47:54Z No. of bitstreams: 1 ARNOBSON.pdf: 1627258 bytes, checksum: ee11ef72f9ba5800fe6ba8cf8f64d0bf (MD5) / Approved for entry into archive by Jose Neves (neves@ufba.br) on 2016-07-27T14:36:09Z (GMT) No. of bitstreams: 1 ARNOBSON.pdf: 1627258 bytes, checksum: ee11ef72f9ba5800fe6ba8cf8f64d0bf (MD5) / Made available in DSpace on 2016-07-27T14:36:09Z (GMT). No. of bitstreams: 1 ARNOBSON.pdf: 1627258 bytes, checksum: ee11ef72f9ba5800fe6ba8cf8f64d0bf (MD5) / O presente trabalho buscou realizar um estudo sobre os municípios baianos de Serra Preta e Pintadas, a partir da constituição de 1988, com vistas ao desenvolvimento territorial, onde estes passaram a ter novas atribuições e autonomias: política, administrativa e financeira. O município é um espaço dialeticamente contraditório, ele é o lugar do aprendizado, da cidadania e da democracia – do exercício do direito político e do acesso às políticas publicas, ao mesmo tempo, é nele que resistem e tem visibilidade os redutos da “política clientelista”, do populismo, e das oligarquias. Escolhemos os municípios baianos de Pintadas e Serra Preta, com o objetivo de refletir comparativamente sobre as ações institucionais, com vistas ao desenvolvimento territorial. Para isto, fizemos uma abordagem sobre o conceito de território, analisamos a formação e evolução dos municípios no Brasil, enfocamos os conteúdos do território, ou seja, o potencial endógeno local disponível às instituições municipais, no sentido de promover o desenvolvimento territorial local, enfocamos também as estratégias institucionais territoriais, ou seja, os variados procedimentos políticos utilizados pelos governos locais e sociedade civil para viabilizar a melhoria na qualidade de vida da população mais carente. Um enfoque especial foi dado à participação cidadã no poder local e a importância do Capital Social como principal recurso do território e agente promotor do desenvolvimento territorial. O resultado deste estudo é que a permanência do clientelismo, do coronelismo e do assistencialismo no município de Serra Preta constitui-se como fortes elementos retrógrados de práticas de desenvolvimento, enquanto em Pintadas a formação do Capital Social possibilitou a ruptura com heranças e modelos autoritários de formas de governar e permitiu ao município estabelecer formas de gestão participativa, tornando-os criativos na busca de alternativas para superação dos problemas sociais. / ABSTRACT 9 This study attempts to make a study of the municipalities of Bahia and Sierra Black Painted from the 1988 constitution, aimed at territorial development, where they had new powers and autonomy: political, administrative and financial. The city is a space dialectically contradictory, it is the place of learning, citizenship and democracy - the exercise of political rights and access to public policies at the same time, it is resisting and has visibility into the strongholds of the "patronage politics "populism, and oligarchy. We chose the cities of Bahia and Serra Painted Black, with the aim of reflecting on the comparatively institutional actions aimed at territorial development. For this, we made an approach to the concept of territory, we analyze the formation and evolution of the municipalities in Brazil, we focus on the contents of the territory, ie the local potential available to local municipal institutions to promote the local territorial development, we focused also territorial institutional strategies, ie, the various political procedures used by local governments and civil society to enable better quality of life of the needy population. Special attention is given to citizen participation in local government and importance of social capital as the main resource of the territory and promoter of regional development. The result of this study is that the permanence of the patronage of Colonel and welfare in the municipality of Serra Preta is as strong backward elements of development practices, while Painted in the formation of social capital enables the rupture with authoritarian legacies and models forms of government and allowed the municipality to establish forms of participatory management, making them creative in finding alternatives to overcome social problems. KEY WORDS: Planning, Development, Municipalities and institution.
3

A promoção da saúde no território Jardim Guanabara em Fortaleza – a espiritualidade como caminho

Silva, Max Cid Castelo Branco da 14 June 2017 (has links)
SILVA, M.C.C.B. A promoção da saúde no território Jardim Guanabara em Fortaleza – a espiritualidade como caminho. 2017. 150 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2017. / Submitted by Saúde Pública (msp@ufc.br) on 2017-08-24T19:11:57Z No. of bitstreams: 1 2017_dis_mccbsilva.pdf: 1524325 bytes, checksum: e9685539194b963bd67459514fde78dc (MD5) / Approved for entry into archive by Erika Fernandes (erikaleitefernandes@gmail.com) on 2017-08-25T11:58:05Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2017_dis_mccbsilva.pdf: 1524325 bytes, checksum: e9685539194b963bd67459514fde78dc (MD5) / Made available in DSpace on 2017-08-25T11:58:05Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2017_dis_mccbsilva.pdf: 1524325 bytes, checksum: e9685539194b963bd67459514fde78dc (MD5) Previous issue date: 2017-06-14 / In this research we sought to reflect on the promotion of health in the territory, going through this path through spirituality - a place where the Popular Education in Health, with the qualitative approach and the methodology of the History of Life as a background. It focuses here the research of Health Promotion through spirituality, manifested through the practices of subjects who pray, bless, prescribe teas and herbs ancestrally used locally, and activate what the researcher calls Spiritual Experiences of Care and Healing (EECC). When entering the capture of the knowledge of the women who live and provide this kind of service in the Jardim Guanabara neighborhood in Fortaleza, it was concluded that by choosing spirituality as a way, it welcomes the power of popular culture and its production of knowledge about spirituality, focusing The subject in a more complete way, as being of biopsychosocial and spiritual dimensions. Focusing on the Spiritual Experience of Care and Healing, lived centrally by the mourners, a name that has been preserved historically and given to the coproducing subjects of health in the place that use the spiritual path, it was also concluded that the people who engage in this kind of Care and healing, are not so culturally colonized by the one-sidedness of the biological dimension, though they consider it alongside others, particularly the spiritual one. It was verified that when the Multiprofessional Residency in Family and Community Health (RMSFC) sought to enable a dialogue between the parents and the Basic Health Unit, the population welcomed this dialogic field, and health professionals, especially physicians, used this service Cooperatively. However, professionals who might be expected to be closer to the local culture after leaving RMSFC, and for lack of special treatment of this issue, were left with difficulties regarding interreligious dialogue and In the Health Unit has ended. It can also be concluded that, as health co-producers in the area, the rezadeiras have a wealth of understanding about the local daily life and its continuous transformations, and by giving a place of subject (not of object, in the service) To those who seek them, this perspective brings some empowerment to people's power to think in a more holistic way. The mourners, therefore, offer visibility to the unique experiences of transcendence, including those that include mediumship, and in dealing with knowledge about spirituality from the point of view of popular culture, offer a vision that expands as a total social fact (MAUSS, 1974) . It contemplates the collaboration of the areas of anthropossocial sciences and spiritist science, which calls itself the philosophical and religious aspect, as a collection that supports complex knowledge that associates physical healing with psychosocial and spiritual health. / Nesta pesquisa buscou-se refletir sobre a promoção da saúde no território, percorrendo esta via por meio da espiritualidade – lugar onde medra o olhar da Educação Popular em Saúde, tendo como pilar a abordagem qualitativa e como metodologia a História de Vida. Concentra-se aqui a investigação da Promoção da Saúde através da espiritualidade, manifestada através das práticas de sujeitos que rezam, benzem, receitam chás e ervas ancestralmente utilizada no local, e ativam o que o pesquisador chama de Experiências Espirituais de Cuidado e Cura (EECC). Ao adentrar a captura dos saberes das mulheres que moram e prestam este tipo de atendimento no bairro Jardim Guanabara, em Fortaleza, concluiu-se que ao elegerem a espiritualidade como caminho, acolhe a potência da cultura popular e sua produção de saber sobre espiritualidade, focalizando o sujeito de modo mais inteiro, como ser de dimensões biopsicossociais e espirituais. Ao focalizar a Experiência Espiritual de Cuidado e Cura, vivenciada centralmente pelas rezadeiras, nome que se conservou historicamente e que é dado aos sujeitos coprodutores de saúde no lugar que utilizam a via espiritual, concluiu-se também que as pessoas que acorrem a este tipo de cuidado e cura, não são tão colonizadas culturalmente pela unilateralidade da dimensão biológica, embora a considerem junto a outras, em particular a espiritual. Constatou-se que quando a Residência Multiprofissional em Saúde da Família e Comunidade (RMSFC) buscou viabilizar um diálogo das rezadeiras com a Unidade Básica de Saúde, a população acolheu esse campo dialógico, e os profissionais de saúde, sobretudo os médicos, utilizaram desse serviço de maneira cooperativa. No entanto, profissionais que se poderia supor serem mais próximos da cultura local, após a saída da RMSFC, e por falta de tratamento especial a essa questão, deixaram-se levar por dificuldades no que diz respeito ao diálogo inter-religioso e a participação das rezadeiras na Unidade de Saúde findou. Pode-se concluir, ainda, que as rezadeiras, como co-produtores de saúde no lugar, detêm um acervo de compreensões sobre o cotidiano local e suas transformações continuadas, e ao darem um lugar de sujeito (e não de objeto, no atendimento) aos que as procuram, essa perspectiva realiza certo empoderamento à potência das pessoas de se pensarem de maneira mais holística. As rezadeiras, portanto, oferecem visibilidade às experiências singulares de transcendência, inclusive as que incluem mediunidade, e ao lidar com saberes sobre espiritualidade do ponto de vista da cultura popular, ofertam uma visão que se amplia, como fato social total (MAUSS, 1974). Contempla-se a colaboração das áreas de ciências antropossociais e da ciência espírita, que chama a si o aspecto filosófico e religioso, como acervo que embasa saberes complexos que associam a cura física com a saúde psicossocial e espiritual.
4

Polos de produção de biodiesel e a integração empresa-agricultor camponês: o modelo de desenvolvimento territorial rural do PNPB / Poles for biodiesel production and peasant-farmer commercial integration: the rural territorial development model PNPB

Maia, Carlos Roberto da Silva January 2017 (has links)
MAIA, Carlos Roberto da Silva. Polos de produção de biodiesel e a integração empresa-agricultor camponês: o modelo de desenvolvimento territorial rural do PNPB. 2017. 201f. Tese (Doutorado em Geografia)-Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2017. / Submitted by Erandi Araujo (erandiaraujo@gmail.com) on 2017-10-20T17:38:55Z No. of bitstreams: 1 2017_tese_crsmaia.pdf: 3407274 bytes, checksum: 67a88f33ee2636da573f057d569bc906 (MD5) / Approved for entry into archive by Jairo Viana (jairo@ufc.br) on 2017-10-26T19:04:40Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2017_tese_crsmaia.pdf: 3407274 bytes, checksum: 67a88f33ee2636da573f057d569bc906 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-10-26T19:04:40Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2017_tese_crsmaia.pdf: 3407274 bytes, checksum: 67a88f33ee2636da573f057d569bc906 (MD5) Previous issue date: 2017 / The energy insecurity stemming from the inflection of the 1 trillion and 260 billion barrels of oil world stock over the next 50 years and the environmental issue of fossil fuel consumption has led countries and corporations to invest in businesses related to biomass energy exploration, For the production of agrofuels: ethanol and agrodiesel. They are part of the movement to diversify the world energy matrix and consolidate the energy biotrade. As a result, financial capital has redefined the international division of labor, based on the new pattern of primary-export specialization, deepening the "foreignization" of land for the appropriation of agroenergy resources, via "flexible crops" and "commoditization" of nature . Peripheral economies have, if adjusted to this context, commercialize their arable land and enable the exploitation of agrofuels by national and foreign capital, with the creation of governmental mandates and institutional markets. In Brazil, the expansion of the agribusiness of energy over the peasant territories has been a strategy for the social inclusion of peasant agriculture, Rural Territorial Development (RDT) and reduction of regional inequalities. The National Program for the Production and Use of Biodiesel (PNPB), implemented in 2004, is an expression of this reality, similar to the agrodiesel markets of Europe and other countries, differentiating itself as the first national agricultural program to include agriculture Peasant in thesis, as an actor and social goal of inclusion. However, the program has been distorted by its political concept, since in practice it has benefited only the Agroindustrial Soy Complex in the country. With the objective of revealing this reality, the present study analyzed the meaning of social inclusion proposed by the DTR model, based on the Poles of Agrodiesel Production and the agroindustrial integration of the peasant to Petrobrás Bicombustíveis (PBio) in the territories of the Inhamuns and the Central Hinterland In the semi-arid region of Ceará. Fieldwork among the public actors, peasants, coordinators and technicians of EMATERCE and PBio in the northeastern semi-arid region of the Quixadá, Quixeramobim, Santa Quitéria, Monsenhor Tabosa and Itatira districts showed that PNPB has not reached its Social ends and is constituted in a productive subordination half and the institutionalized subjection of the peasantry income of the land to the capital. / A insegurança energética derivada da inflexão no estoque mundial de petróleo de 1 trilhão e 260 bilhões de barris nos próximos 50 anos e a questão ambiental relativa ao consumo de combustíveis fósseis, tem induzido países e corporações a investir em negócios relacionados à exploração energética da biomassa, para produção de agrocombustíveis: etanol e agrodiesel. Eles figuram em meio ao movimento de diversificação da matriz energética mundial e de consolidação do biotrade de energia. Em função disso, o capital financeiro tem redefinido a divisão internacional do trabalho, a partir do novo padrão de especialização primário-exportador, aprofundando a “estrangeirização” de terras para a apropriação de recursos agroenergéticos, via “cultivos flexíveis e “commoditização” da natureza. Economias periféricas têm assim, se ajustado a esse contexto, comercialização suas terras agricultáveis e viabilizando a exploração de agrocombustíveis pelo capital de nacional e estrangeiro, com a criação de mandatos governamentais e mercados institucionais. No Brasil neodesenvolvimentista, a expansão do agronegócio de energia sobre os territórios camponeses, tem se dado assim, como estratégia para a inclusão social da agricultura camponesa, o Desenvolvimento Territorial Rural (DTR) e a redução das desigualdades regionais. O Programa Nacional de Produção e uso do Biodiesel (PNPB), implementado no ano de 2004, é uma expressão dessa realidade, semelhante aos mercados de agrodiesel da Europa e doutros países, diferenciando-se por ser o primeiro programa agrícola nacional a incluir a agricultura camponesa em tese, como ator e meta social de inclusão. Entretanto, o programa tem se desvirtuado do seu conceito político, pois na prática tem beneficiado apenas ao Complexo Agroindustrial da Soja no país. Com o objetivo de revelar essa realidade, a presente pesquisa analisou o sentido da inclusão social proposta pelo modelo de DTR, baseado nos Polos de Produção de Agrodiesel e na integração agroindustrial do camponês à Petrobrás Bicombustíveis (PBio) nos territórios dos Inhamuns e do Sertão Central no semiárido cearense. O trabalho de campo junto aos atores públicos, agricultores camponeses, coordenadores e técnicos da EMATERCE e da PBio no semiárido nordestino, atuantes nos municípios de Quixadá, Quixeramobim, Santa Quitéria, Monsenhor Tabosa e Itatira, permitiu constatar que o PNPB não tem atingido aos seus fins sociais e se constituído num meio subordinação produtiva e a sujeição institucionalizada da renda camponesa da terra ao capital.
5

Aspectos da Apropriação e Ocupação do Espaço na Microbacia Rio de Ouro, Jacobina – Bahia e suas repercussões socioambientais

Costa, Arnobson dos Santos January 2009 (has links)
Submitted by Edileide Reis (leyde-landy@hotmail.com) on 2014-10-15T11:58:08Z No. of bitstreams: 1 Arnobson dos Santos Costa.pdf: 1627258 bytes, checksum: ee11ef72f9ba5800fe6ba8cf8f64d0bf (MD5) / Approved for entry into archive by Rodrigo Meirelles (rodrigomei@ufba.br) on 2015-05-30T14:00:13Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Arnobson dos Santos Costa.pdf: 1627258 bytes, checksum: ee11ef72f9ba5800fe6ba8cf8f64d0bf (MD5) / Made available in DSpace on 2015-05-30T14:00:13Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Arnobson dos Santos Costa.pdf: 1627258 bytes, checksum: ee11ef72f9ba5800fe6ba8cf8f64d0bf (MD5) / O presente trabalho buscou realizar um estudo sobre os municípios baianos de Serra Preta e Pintadas, a partir da constituição de 1988, com vistas ao desenvolvimento territorial, onde estes passaram a ter novas atribuições e autonomias: política, administrativa e financeira. O município é um espaço dialeticamente contraditório, ele é o lugar do aprendizado, da cidadania e da democracia – do exercício do direito político e do acesso às políticas publicas, ao mesmo tempo, é nele que resistem e tem visibilidade os redutos da “política clientelista”, do populismo, e das oligarquias. Escolhemos os municípios baianos de Pintadas e Serra Preta, com o objetivo de refletir comparativamente sobre as ações institucionais, com vistas ao desenvolvimento territorial. Para isto, fizemos uma abordagem sobre o conceito de território, analisamos a formação e evolução dos municípios no Brasil, enfocamos os conteúdos do território, ou seja, o potencial endógeno local disponível às instituições municipais, no sentido de promover o desenvolvimento territorial local, enfocamos também as estratégias institucionais territoriais, ou seja, os variados procedimentos políticos utilizados pelos governos locais e sociedade civil para viabilizar a melhoria na qualidade de vida da população mais carente. Um enfoque especial foi dado à participação cidadã no poder local e a importância do Capital Social como principal recurso do território e agente promotor do desenvolvimento territorial. O resultado deste estudo é que a permanência do clientelismo, do coronelismo e do assistencialismo no município de Serra Preta constitui-se como fortes elementos retrógrados de práticas de desenvolvimento, enquanto em Pintadas a formação do Capital Social possibilitou a ruptura com heranças e modelos autoritários de formas de governar e permitiu ao município estabelecer formas de gestão participativa, tornando-os criativos na busca de alternativas para superação dos problemas sociais.
6

Implicações socioespaciais decorrentes da industrialização nos municípios de Camaçari e Dias D’ávila

Andrade, Maria da Conceição Borges January 2008 (has links)
Submitted by Edileide Reis (leyde-landy@hotmail.com) on 2014-10-20T13:20:15Z No. of bitstreams: 1 Maria da Comceiçao Andrade.pdf: 3785882 bytes, checksum: 48fdbe1db6e5d3593632b4166df46c98 (MD5) / Approved for entry into archive by Jose Neves (neves@ufba.br) on 2016-07-22T19:49:37Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Maria da Comceiçao Andrade.pdf: 3785882 bytes, checksum: 48fdbe1db6e5d3593632b4166df46c98 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-07-22T19:49:37Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Maria da Comceiçao Andrade.pdf: 3785882 bytes, checksum: 48fdbe1db6e5d3593632b4166df46c98 (MD5) / Os municípios de Camaçari e Dias d’Ávila têm atraído, desde os anos 1970, empreendimentos industriais de capital intensivo e inovação tecnológica que provocaram a reestruturação territorial que se acelerou, durante a última década, em decorrência dos benefícios engendrados pela “guerra fiscal”. Tal reestruturação logrou flexibilizar a economia baiana com a diversificação produtiva orientada para para bens de consumo final dotados de maior valor adicionado. Tal fenômeno alterou a estrutura do Pólo Industrial de Camaçari, cuja dinâmica espacial é comandada remotamente por atores econômicos exógenos que refuncionalizaram aqueles territórios municipais e incrementaram as atividades econômicas da Região Metropolitana de Salvador, conforme os seus próprios interesses. Fundamentandose no conceito de verticalidade e na categoria “território usado”, esta dissertação tem como alvo identificar as dinâmicas da reestruturação produtiva decorrentes dos empreendimentos industriais que resultaram em alterações sócio-espaciais materializadas nos territórios de Camaçari e Dias d’Ávila que, refuncionalizados por meio das redes de empresas transnacionais pautadas na produção flexível, estão articulados aos mercados globais. / ABSTRACT The municipalities of Camaçari and Dias d’Ávila have attracted, since 1970s, industrial enterprises of intensive capital and technological innovations tahat had provoked the territorial reorganization that were accelerated, during the last decade, due the benefits created by the “fiscal war”. This re-struturation provoked the flexibilization the Bahia’s economy with a production diversification, oriented toward the final consumption goods with bigger added value. This phenomenon changed the Industrial Pole of Camaçari, that spatial dynamics are faraway commanded by economic actors who, according to theirs interests, impose new functions to the Metropolitan Region of Salvador. Grounded on the concept of “verticality” and the category “used territory”, this dissertation aims to identify the resulted dynamics of the productive restruturation provoked by new industrial enterprises, whose effects are materialized on the social-spatial changes in the Camaçari and Dias d’Ávila’s’ territories that, refunctionalized by transnational networks companies based in the flexible production. Thus the municipalities are articulated with the global markets.
7

O papel do zoneamento participativo na gestão ambiental territorial : caso de análise dos municípios de Mitú - Colômbia e São Gabriel da Cahoeira-Brasil

León Rincón, Ana Cevelyn 27 July 2014 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Pós-Graduação em Geografia, 2014. / Submitted by Ana Cristina Barbosa da Silva (annabds@hotmail.com) on 2014-10-21T18:25:39Z No. of bitstreams: 1 2014_AnaCevelynLeonRincon.pdf: 3376939 bytes, checksum: 0826a46b259de0705ab8a0cc75e787b0 (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2014-10-24T11:23:32Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2014_AnaCevelynLeonRincon.pdf: 3376939 bytes, checksum: 0826a46b259de0705ab8a0cc75e787b0 (MD5) / Made available in DSpace on 2014-10-24T11:23:32Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2014_AnaCevelynLeonRincon.pdf: 3376939 bytes, checksum: 0826a46b259de0705ab8a0cc75e787b0 (MD5) / Este trabalho tem como propósito analisar o papel do zoneamento participativo como instrumento de gestão ambiental territorial a partir das experiências dos Municípios de Mitú-Colômbia e São Gabriel da Cachoeira-Brasil. Ressalta-se o intuito de contribuir ao amadurecimento do debate conceptual sobre gestão ambiental e gestão territorial, aspectos que constituem o marco teórico, e que são abordados na pesquisa como conceitos atrelados entre si. Em termos metodológicos caracteriza-se por ser uma pesquisa de natureza qualitativa com enfoque fenomenológico. Tal caráter permite a construção do ideário normativo e valoriza as experiências de aplicação assim como as vivências dos atores locais, permitindo deste modo a análise do zoneamento na sua fase prática (ideário versus realidade). A título de resultados, aponta-se que o zoneamento participativo cumpre um papel fundamental na gestão ambiental territorial ao gerar pactos sociais para o uso do território. Nesse contexto são apresentadas as cinco essências que caracterizam este instrumento, as que se consideram como uma oportunidade para estandardizar conceptos e subsidiar à gestão pública na aplicação deste tipo de zoneamentos. / __________________________________________________________________________ ABSTRACT / The main purpose of this research is to analyze the key role of participative zoning asan instrument of territorial environmental management in the case of the municipalities ofMitú in Colombia and São Gabriel da Cachoeira in Brazil. There is a stand out effort tocontribute to the development of the conceptual discussions about environmental andterritorial management. These aspects establish the theoretical frame and are approached inthe research as interrelated issues. In methodological terms the research is characterized bybeing of qualitative nature with a phenomenological focus. This characteristic allows theconstruction of the normative ideologies and values the experiences of application, as well aslocal actor´s life experiences. In this way the analysis of zoning is allowed in it`s practicalphase (ideology vs. reality). One of the findings of the research is that participative zoning hasa key role in the environmental territorial management since it creates a social deal for theuses of the territory. In this context, the five essential characteristics of this instrument arepresent, considering it as an opportunity to standardized concepts and assist the publicmanagement in implementing this kind of zoning. __________________________________________________________________________ RESUMEN / Este trabajo tiene como propósito analizar el papel de la zonificación participativacomo instrumento de gestión ambiental territorial, a partir de las experiencias de losMunicipios de Mitú-Colombia y San Gabriel de la Cachoeira-Brasil. Se resalta el interés encontribuir a la madurez del debate conceptual sobre gestión ambiental y gestión territorial,aspectos que constituyen el marco teórico y que son abordados en la investigación comoconceitos interrelacionados. En términos metodológicos la investigación se caracteriza por serde naturaleza cualitativa con enfoque fenomenológico. Tal carácter permite la construccióndel ideário normativo y valora las experiencias de aplicación así como las vivencias de losactores locales, permitiendo de ese modo, el análisis de la zonificación en su fase práctica(ideário versus realidad). A título de resultados, se resalta que la zonificación participativacumple un papel fundamental en la gestión ambiental territorial al generar pactos socialespara el uso del territorio. En este contexto son presentadas las cinco esencias que caracterizaneste instrumento, las que son consideradas como una oportunidad para estandarizar conceitosy subsidiar a la gestión pública en la aplicación de este tipo de zonificaciones.
8

O ciberespaço como categoria geográfica

Silva, Guilherme Carvalho da 24 July 2013 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de Geografia, 2013. / Submitted by Albânia Cézar de Melo (albania@bce.unb.br) on 2013-09-13T13:38:29Z No. of bitstreams: 1 2013_GuilhermeCarvalhoSilva.pdf: 882436 bytes, checksum: 5c1bfbd852f13b991544b86d9af3e0c3 (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2013-09-27T12:28:34Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_GuilhermeCarvalhoSilva.pdf: 882436 bytes, checksum: 5c1bfbd852f13b991544b86d9af3e0c3 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-09-27T12:28:34Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_GuilhermeCarvalhoSilva.pdf: 882436 bytes, checksum: 5c1bfbd852f13b991544b86d9af3e0c3 (MD5) / O desenvolvimento de tecnologias de informação e comunicação que proporcionam a comunicação massiva e a troca de informações de modo rápido e com potencial global, tem levado à criação de novos horizontes de realidade no mundo contemporâneo. A convergência dessas tecnologias por meio da internet possibilita a interconexão entre porções descontínuas do espaço terrestre, instituindo uma nova categoria de análise dentro dos estudos geográficos denominada de ciberespaço. Nesse sentido, o presente trabalho analisou o ciberespaço enquanto objeto e categoria de estudos para a geografia, inicialmente abordando uma definição do mesmo a partir do trajetória histórica das tecnologias de informação e comunicação que permitiram o desenvolvimento material do ciberespaço. Foi realizada uma análise de trabalhos referenciais sobre o ciberespaço dentro de estudos geográficos, bem como uma avaliação de como as questões suscitadas por uma filosofia da técnica contribuem para os estudos deste objeto. Ponderações sobre o tamanho do ciberespaço e das plataformas e suportes de acesso ao mesmo foram efetivadas com o objetivo de construir um referencial acerca da problemática das dimensões do ciberespaço. Na sequência, a pesquisa se deteve na condução de aproximações entre o espaço geográfico e o ciberespaço, ao abordá-lo enquanto um espaço virtual e ao mesmo tempo atual, onde o desenvolvimento técnico ganha primazia na remodelação de formas de se viver e perceber o espaço contemporâneo. Os pressupostos territoriais do ciberespaço foram revelados ao se analisar a perspectiva da inclusão digital e sua associação aos domínios do mercado, a cibercultura e a questão urbana, bem como o desenvolvimento dos artefatos tecnológicos hodiernos e a problemática da propriedade e da privacidade no ambiente do ciberespaço. Além disso, questões atuais foram trabalhadas de modo a se construir um referencial empírico acerca das problemáticas territoriais instauradas pelo advento do ciberespaço. Uma tipologia territorial foi definida, bem como as práticas territoriais existentes no ciberespaço. Exemplos de ações territoriais foram levantadas e avaliadas como o monitoramento e controle de cidadãos por parte de governos e corporações e as repercussões de movimentos políticos como os da “Primavera Árabe” e de grupos como o Wikileaks. Ao final, diferenças entre uma internet amplamente indexada – surface web – e não indexada – deep web – foram discutidas com foco na abordagem do anonimato e da criptografia como estratégias políticas de ação territorial no ciberespaço, além de uma análise do uso de moedas eletrônicas como alternativa aos sistemas monetários atuais tendo o ciberespaço como espaço de ação. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / The development and massive deployment of information and communications technology provided an unprecedented exchange of ideas in a global scale at a rapid pace and has led to the creation of new reality horizons in the contemporary world. The convergence of these technologies through the internet promotes the possibility of interconnection between discontinuous portions of terrestrial space, establishing a new category of analysis within the geographical studies called cyberspace. In this sense, this dissertation analyzes the cyberspace as a geographic object and study category, initially approaching a definition of it from the historical trajectory of information technologies and communication equipment that allowed the cyberspace development. A study of reference works on cyberspace within geographical studies was performed, and an assessment of how the issues raised by a philosophy of technology contributes to the study of this object. Reflections about the cyberspace, the size of mediatic access platforms were effected, aiming to build a reference about the cyberspace problematic dimensions. Further, the research flowed in conducting approaches between geographic space and cyberspace, to approach it as a virtual space and at the same time actual space, where technical development gains primacy in the remodeling of ways to live and perceive the contemporary space. The cyberspace territorial presuppositions were revealed when analyzing the digital inclusion perspective and their association to market domains, the cyberculture and urban issues, as well as the contemporary technological artifacts development and the problematics of property and privacy in cyberspace environment. In addition, current issues have been made so as to build an empirical referential of territorial problems brought about by the advent of cyberspace. A territorial typology was defined, as well as some territorial practices existing in cyberspace. Examples of territorial actions were raised and evaluated like governments and corporations monitoring and controlling citizens and the repercussions of political movements such as the "Arab Spring" and groups like Wikileaks. Finally, the differences between the indexed and broadly non-indexed internet – surface and deep web, respectively – were discussed with focus on anonymity and encryption as political strategies of territorial action in cyberspace, and an analysis of electronic currencies usage as a current monetary systems alternative with cyberspace as an action space.
9

A cidade no rio : conflitos socioambientais na área estuarina do rio Capibaribe, Pernambuco, Brasil

Mendonça, Emmanuele Ribeiro de 31 January 2012 (has links)
Submitted by Marcelo Andrade Silva (marcelo.andradesilva@ufpe.br) on 2015-03-05T12:28:45Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) erm.pdf: 3655954 bytes, checksum: 46ec8888f127bc432682c2312d3da415 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-03-05T12:28:45Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) erm.pdf: 3655954 bytes, checksum: 46ec8888f127bc432682c2312d3da415 (MD5) Previous issue date: 2012 / DAAD / A presente pesquisa pondera em torno da temática dos conflitos socioambientais. Esses conflitos são explicados por Martinez-Alier (2011) como lutas desempenhadas quando o ônus de determinada atividade danosa ao ambiente é direcionado aos pobres, que protestam e resistem. Nas áreas estuarinas urbanas se processam diversos conflitos socioambientais, dentre eles, estão os que envolvem o acesso e uso da água. Estes se manifestam numa dinâmica complexa, que implica num conjunto de relações sociais, como de classe e gênero. O objetivo deste trabalho é, portanto, analisar os processos que condicionam os conflitos socioambientais em torno da água na área estuarina do rio Capibaribe, na cidade do Recife, Estado de Pernambuco, Brasil. O estuário do rio Capibaribe é totalmente inserido na cidade do Recife, uma metrópole, sujeitando-se aos processos de degradação ambiental da urbanização brasileira. Isto afeta prioritariamente as populações de baixa renda que ocupam os manguezais na cidade, construindo seus territórios de vivência. As comunidades Caranguejo e Tabaiares são exemplos disto, uma vez que convivem desde meados do século XX com a precariedade do saneamento básico. Assim, essas comunidades compõem o referencial empírico deste trabalho. Para a realização da análise, foi realizada uma abordagem qualitativa de pesquisa, permeada pela interdisciplinaridade. Em vista disso, a pesquisa foi desenvolvida segundo a estratégia da Triangulação de Métodos, que permitiu a combinação de diversas técnicas de coleta e tratamento dos dados. Deste modo, foi analisado o contexto histórico e geográfico da área onde se processam os conflitos relacionados ao acesso e uso da água, bem como a identificação dos atores sociais, dos agentes naturais e do tipo de conflito (Latente ou Manifesto). Neste processo foi percebido que esses conflitos estavam encadeados a outros, numa rede complexa. Essa descoberta coloca em evidência o caráter dialético dos conflitos socioambientais, da mesma forma a dinâmica territorial na cidade capitalista. Isto foi possível mediante o enfoque dialético e politizador da análise, tendo em vista a totalidade dos fenômenos. A pesquisa revelou também aspectos importantes da dimensão das relações sociais de gênero nesses conflitos, tema que, até o momento, tem sido pouco desenvolvido no Brasil. A mulher tem destaque na dinâmica desses conflitos socioambientais, visto que a água é sua ferramenta de trabalho. Assim sendo, ela é atingida pela precariedade do saneamento básico de modo peculiar.
10

Pluriatividade na agricultura familiar no território da Mata Sul de Pernambuco

ALENCAR, Maria Magaly Colares de Moura 15 January 2013 (has links)
Submitted by Israel Vieira Neto (israel.vieiraneto@ufpe.br) on 2015-03-05T13:54:54Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) DISSERTAÇÃO_MARIA_MAGALY_COLARES_DE_MOURA_ALENCAR.pdf: 3255102 bytes, checksum: 04bbad8db09f92f1dddcabfa9242517c (MD5) / Made available in DSpace on 2015-03-05T13:54:54Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) DISSERTAÇÃO_MARIA_MAGALY_COLARES_DE_MOURA_ALENCAR.pdf: 3255102 bytes, checksum: 04bbad8db09f92f1dddcabfa9242517c (MD5) Previous issue date: 2013-01-15 / CNPq / Este trabalho teve por objetivo analisar o processo de conformação da Pluriatividade no Território Rural da Mata Sul de Pernambuco. Para tanto, adotou-se a perspectiva teórico-metodológica lefebvreana, segundo a qual para se compreender a realidade é necessário um esforço de, teoricamente embasado, conhecer a temporalidade das relações sociais que contribuem para a construção de um fenômeno social. Para a realização deste estudo, além de pesquisas bibliográficas, foram realizadas pesquisas de campo onde se aplicou entrevistas que objetivavam averiguar a existência de agricultores pluriativos.O que se verificou foi a renda das famílias agricultoras é formada por várias fontes de renda, indicando a existência de pluriatividade. Entre as atividades realizadas para a complementação de renda incluem-se atividades agrícolas e não agrícolas, sendo as últimas predominantes. A inserção das famílias nestas atividades dá-se de maneira informal e muitas vezes precarizadas. Foi possível constatar que a pluriatividade é presente na realidade na região enquanto um produto que foi se conformando ao longo da constituição do Agricultor Familiar local. Conclui-se que a pluriatividade exerce papel importante para o processo de reprodução familiar e para a permanência destes agricultores no campo.

Page generated in 0.0941 seconds