• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 11
  • Tagged with
  • 11
  • 11
  • 6
  • 5
  • 4
  • 4
  • 4
  • 3
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Parametro da resposta imunologica em individuos com exposição ocupacional a compostos organoclorados

Silveira, Josiane Perin 15 December 1995 (has links)
Orientador: Mary Luci Souza Queiroz / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas / Made available in DSpace on 2018-07-20T22:52:54Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Silveira_JosianePerin_M.pdf: 2900540 bytes, checksum: 55f0f2037f67a65e1cc1726ba61582d8 (MD5) Previous issue date: 1995 / Resumo: Este trabalho faz parte de um projeto maior intitulado "Projeto Integrado de Estudo da Hemotoxidade do Benzeno e Pesticidas", um estudo multidisciplinar que visa uma avaliação sistêmica de funcionários e ex-funcionários das Empresas Químicas e Siderúrgicas de Cubatão, São Paulo, Brasil. Estudamos um grupo de trabalhadores expostos aos compostos organoclorados. Avaliamos a imunidade inespecífica através da atividade fagocitária e lítica de neutrófilos e a imunidade humoral através dos níveis séricos das imunoglobulinas. A função hepática e a dosagem dos níveis sangüíneos de hexaclorobenzeno (HCB) foram realizadas por um outro grupo dentro deste projeto. Todos os indivíduos avaliados apresentaram níveis detectáveis de HCB no sangue, sendo que este foi utilizado como o indicador biológico de exposição. Nossos resultados demonstraram redução significativa na atividade lítica de neutrófilos frente aos antígenos Candida albicans e Candida pseudotropicalis. Este fato pode estar relacionado a um desequilíbrio nos mecanismos anti-oxidantes da célula provocada pelos compostos organoclorados, levando a uma condição tóxica e conseqüente redução na atividade funcional da mesma. Observamos também, um aumento nos níveis séricos de IgG e IgM que foi associada com a alteração hepática destes trabalhadores. Estes resultados indicaram que o estudo da função lítica de neutrófilos e os níveis séricos das imunoglobulinas, constituem indicadores sensíveis de efeitos tóxicos dos compostos organoclorados na população exposta / Abstract: This work is part of a larger project intitled "Integrated Project for the Study of the Hematotoxicity of Benzene and Pesticides", which is a multidisciplinary study for the systemic evaluation of workers and ex-workers of the Empresa Química de Cubatão, São Paulo, Brazil. We have studied in a group of workers exposed to chlorinated compounds the inespecific immune response, as measured by the evaluation of the engulfment and killing capabilities of the neutrophils, and humoral immune response, as measured by the levels of immunoglobulins in serumo Hepatic function and the blood levels of hexachlorobenzene (HCB), which was chosen as a biological indicator of exposure, were determinated by other scientists in the group. Ali the workers studied had detectable levels of HCB in the blood. Our results demonstrated a significant reduction in the litic activity of the neutrophils in the presence of both antigens, Candida albicaons and Candida pseudotropicalis. These findings might be related to a derangement in the qntioxidant mechanisms of the cell caused by the chlorinated compounds. This would lead to a toxic condition with consequent reduction. in the functional activity of the cell. The have also observed an increase in the levels of IgG and IgM in the serum, which was associated with the changes in hepatic function observed in these workers. The results indicate that the study of the litic function of the cell and the serum levels of immunoglobulins provide a sensitive functional indicator of the toxic effects of chlorinated compounds in exposed populations / Mestrado / Mestre em Farmacologia
2

Niveis de glutationa reduzida e atividade da catalase, superoxido dismutase e glicose-6-fosfato desidrogenase em individuos expostos ao vapor de mercurio

Penna, Socrates Calvoso 11 December 1995 (has links)
Orientador: Sara T. O. Saad / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas / Made available in DSpace on 2018-07-20T23:31:52Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Penna_SocratesCalvoso_M.pdf: 1533281 bytes, checksum: cdfffc6e3a39d75a7ea87e1312700fae (MD5) Previous issue date: 1995 / Resumo: O Mercúrio (Hg) é empregado em diversas atividades humanas. A exposição primária ao metal ocorre através da alimentação contaminada e da liberação de mercúrio pelo amálgama dentário. A exposição ocupacional ao vapor de mercúrio, substância inodora e incolor, é hoje a via mais freqüente de intoxicação. O Hg associa-se fortemente aos grupamentos sulfidrilas (SH) presentes nas proteínas da membrana plasmática, enzimas, substâncias de baixo peso molecular, como a cisteína e glutationa, também pode formar ligações covalentes com o enxofre. Quando se liga aos eritrócitos, atua como um agente oxidante. O presente estudo teve o objetivo de avaliar o sistema antioxidativo eritrocitário através da medida da atividade da Superóxido Dismutase, Catalase e Glicose-6-Fosfato-Desidrogenase e da concentração da Glutationa Reduzida nos seguintes grupos de trabalhadores: Grupo 1 (Expostos) - 16 trabalhadores, sendo 14 do sexo masculino e 2 do feminino, expostos ao vapor de Hg por um período variá~el de 0.5 a 8 anos (3.37 :I: 2.40) na faixa etária de 18 a 48 anos (32:1: 8.86), e que apresentaram concentração urinária de Hg de 1.6 a 35 (10.73:1: 9.88) 1l9/g creatinima. Grupo 2 (Afastados) - 7 trabalhadores do sexo masculino(M) trabalhadores com idade variando de 42 a 61 (46.42:1: 8.61) anos afastados da exposição ocupacional há pelo menos 6 meses e que ficaram expostos ao metal por um período de 4 a 10 anos, apresentaram uma concentração urinária do metal 5.0 -19.1 1l9/g creatinima. Grupo 3 (controle Normais) - constituídos de 8 técnicos e alunos (6 do sexo masculino e 2 do sexo feminino) do Departamento de Hematologia e Farmacologia da FCM-UNICAMP, com idade variando de 22 a 45 anos, possuidores de próteses dentárias conténdo Hg , não expostos ocupacionalmente ao metal. Nestes indivíduos não foi avaliada a concentração urinária do Hg. Em todos os grupos foi realizado hemograma completo e no G1 também levamos a efeito a análise da presença de corpos de Heinz. Nossos resultados demonstram que a atividade da SOD do G1 e G2 apresentou-se igual à do grupo G3. Por outro lado, a atividade da Catalase do G1 está aumentada sigmificativamente quando comparada ao G2 e teve uma forte tendência de aumento quando comparada ao G3. Já os níveis de GSH estiveram reduzidos significativamente no grup? G1, mas normal no G2, quando comparados ao G3. Assim os resultados apresentados neste trabalho indicam que níveis urinários de mercúrio dentro do Limite de Tolerância Biológica podem comprometer o sistema antioxidante eritrocitário / Abstract: Mercury (Hg) is used in different human activities. The primary exposition to this metal has its origin from the ingestion of contaminated food and odontologic amalgam. The occupational exposure is the most frequent via in cantamination. Mercury tightly binds to sulfidric groups (SH) presenting cell membrane proteins, enzymes, and low molecular weight substances such as cistein and gluthation. It can form cavalent bonds with sulphur and acts as an oxidant agent when it binds to erythrocytes. The purpose of this study is to investigate the erythrocyte antioxidative system by measurement of Catalase, Superoxide Dismutase (SOD) , Gluthation (GSH) and Glicose-6-Phosphate Dehydrogenase activities in the following groups: Group 1 (EXPOSED)- 16 workers, 14 men and 2 women, exposed to mercury vapors over a period of 0.5 - 8 (3.37 :t 2.40) years. These individuais had 18-48 (32 :t 8.86) years and presented urinary concentrations of mercury lower than the Limit of Biological Tolerance (LBT) 35 - 1.6 (10.73 :t 9.88) ~g/g creatinin. Group 2 (No-EXPOSED)- 7 (M) workers with 42 - 61 ( 46.42 :t 8.61) years without occupational exposed ave r a period of 6 months. They were previously exposed to Hg for 4 to 10 years and presented urinary concentration of mercury of 5.0-19.1 ~g/g creatinin.' Group.3 (Normal controls)- composed by technicians and students, 6 men and 2 women, from the Department of Hematology and Pharmacalogy of the State University of Campinas, with 22 - 45 years. They had dental prothesis containing Hg and were not occupationally exposed to this metal. There were no urinary concentrations of mercury in these individuais. Hematologic analysis was carried out in ali the previous groups besides the detection of Heinz bodies. Our results demonstrate that the activity of SOD in exposed and non-exposed individuais presented the same values of the contrai group. Conversely the Catalase activity demonstrated an increasement in group 1 when compared with group 3 and a significantly augmented when compared to group 2. The levels of GSH were significantly reduced in group 1 and normal in group 2. We conclude that the urinary levels of mercury inside the Limit of Biological Tolerance can affect the erytrocyte antioxidant system / Mestrado / Mestre em Farmacologia
3

Exposição ocupacional e organoclorados em industria quimica de Cubatão - Estado de São Paulo : avaliação do efeito clastogenico pelo teste de Micronucleos

Augusto, Lia Giraldo da Silva 27 October 1995 (has links)
Orientador: Carmino Antonio de Souza / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas / Made available in DSpace on 2018-07-21T08:14:12Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Augusto_LiaGiraldodaSilva_D.pdf: 5311339 bytes, checksum: 6b74571453edc9cc0f1015fc6c5ca3ef (MD5) Previous issue date: 1995 / Resumo: Inicialmente se caracterizou a exposição ocupacional ao conjunto de organoclorados produzidos pela Unidade Química de Cubatão-UQC, que funcionou, de 1967 a 1993, produzindo tetracloreto de carbono e percloroetileno, cujo resíduo de fabricação era o hexaclorobenzeno-HCB. Até 1976, a empresa produziu, também, o pentaclorofenol. Em 1992, o Programa de Saúde do Trabalhador de Santos, da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, avaliou clinicamente vinte e um (21) homens dessa fábrica, dos quais, cinco (5) apresentavam esteatose hepática. A partir desta constatação, iniciou-se, no HEMOCENTRO da Universidade Estadual de Campinas-UNICAMP, uma avaliação sistemática de funcionários e ex-funcionários daquela empresa, dentro do "Projeto Integrado de Estudo da Hemotoxicidade do Benzeno e Pesticidas". O ambiente da UQC foi interditado por medida judicial em junho de 1993. Nesse momento, a empresa contava com cerca de cento e cinqüenta (150) funcionários, diretamente empregados O hexaclorobenzeno, por ser bioacumulado no organismo humano e ter lenta excreção, foi utilizado como indicador biológico de exposição ao conjunto de organoclorados da UQC. Os níveis séricos de HCB foram determinados no Instituto Adolfo Lutz de São Paulo, Seção de Aditivos e Pesticidas Residuais. Foram comparados os níveis séricos de HCB de cento e setenta e nove (179) funcionários e ex-funcionários, dez (10) empregados de empreiteiras na área da UQC, dezoito (18) familiares de funcionários e trinta e seis (36) empregados de outras empresas do parque industrial de Cubatão: os funcionários e ex-funcionários da UQC mostraram ter níveis séricos de HCB significativamente maior do que os não funcionários. Dos cento e setenta e nove (179) funcionários e ex-funcionários, oitenta e cinco (85) foram avaliados clínica e toxicologicamente. O nível sérico de HCB mostrou, nesses casos, uma correlação positiva significante em relação ao tempo de trabalho na empresa. Embora haja um risco generalizado de exposição aos organoclorados na UQC, os setores de produção mostraram ser os de maior risco. Foi possível definir um gradiente de risco ocupacional e ambiental dentro da empresa. Para avaliar o efeito clastogênico da exposição ocupacional aos organociorados no interior da UQC, foi realizado o teste de micronúcleos, utilizando-se linfócitos periféricos estimulados pela fitoemaglutinina, com citocinese bloqueada pela citocalasina B. O método foi padronizado no laboratório de histocompatabiüdade-HLA, do HEMOCENTRO da UNICAMP. Foram avaliados quarenta e um (41) homens expostos a organociorados da UQC e vinte e oito (28) controles, no período de 1993 a 1994 Observou-se um aumento significativo na freqüência de micronúcleos nos expostos quando comparados com os controles A freqüência de micronúcieos não variou significativamente em função da idade, tempo de trabalho e dos níveis séricos de HCB. O hábito de fumar não interferiu na freqüência de micronúcleos, tanto nos expostos como nos controles O resultado da investigação mostrou que a exposição múltipla ao tetracloreto de carbono, percloroetileno, hexaclorobenzeno e pentaclorofenol, produziu um efeito clastogênico nos linfócitos periféricos de funcionários e ex-funcionários da UQC. A International Agency for Research on Cancer-IARC classifica estes compostos químicos como cancerígenos para animais e como é conhecida a associação entre agente clastogênico e carcinogênese, o resultado obtido na presente investigação é contribuição importante para o conhecimento do efeito clastogênico dessas substâncias, em humanos. Finalmente, foram também avaliadas as queixas clínicas dos indivíduos estudados e constatou que as principais foram; as neuropsicológicas (76,4%), osteomusculares (44,7%), gastrintestinais (42,3%), dermatologicas ( 38,8%), imunológicas (27,0%) e hepáticas (17,6%), confirmando os dados da na literatura especializada, sobre o dano à saúde, prdcados por essas substâncias. / Abstract: A study of occupational exposure to organochiorinated substances was initially carried out at chemical unity of Cubatão (Unidade Química de Cubatão-UQC). This industry operated from 1967 to 1993, producing carbon tetrachloride as well as perchlroethylene It is known that the residual waste of these agents is the hexachlorobenzene. Until 1976, this industry has also produced pentachlorophenol. But only in 1992 the occupational public health service examined 23 workers from UQC which five of them suffered from fat liver. Based on such important evidences, a research involving both workers and ex-workers was made at UNICAMP University. In June of 1993 the UQC area was isolated due to judicial measures. At the time, there have been a number of 150 employers working there It is known that hexachlorobenzene produces a biocumulative effect on the human organism and it also has the characteristic of being slowly excreted. Because such peculiar characteristic this substance was used as biological indicator in the measurement of the multiple environmental exposition at UQC. The serum blood levels of hexachlorobenzene were examinated at 'Adolfo Lutz Institute' in São Paulo. (Residual Pesticides Section). There had been checked and compared the serun blood levels of both 179 workers and ex- workers as well as 10 other workers from a Restaurant Services and Construction Company in the area of UQC and 18 relatives of UQC workers and another 36 workers from different industries of the specific area. The workers and ex-workers presented higher levels of hexachlorobenzene in their blood rather than those who were not employers of the UQC as well as their relatives. From these 179 (workers and ex-workers from UQC), 85 voluntary men taken under medical and toxicological examination. In all these particular cases, it seemed to have a very close connection between serum blood levels of HCB and the lenghth of exposure. Moroever, the manufacturing realms are considered to be of great risk, it was Although all of realms are considered to be of great risk, it was possible to stablish the different of risk both on occupational and environmental exposure at UQC. In order to evaluate the clastogenical effect of occupational exposure to organochlorinated substances at UQC the 'Micronucleus Test' was emplayed Such test consist of a process involving peripherical lymphocytes which are estimulated by phitohemoaglutinine together with blocked cytokinesis bv a cytocalasin B. This process was patherned at 'Laboratório de Histocompatibilidade-HLA' of the UNlCAMP's HEMOCENTRO. From 1993 to 1994, a number of 41 men were exposed to organochlorinated substances and 28 who were not exposed to the same substances were taken under examination. During that period it was observed an increase in the amount of micronucleus on those men who had been exposed to harmful substances. On the other hand, those men who hadn't been exposed, presented small amounts of micronucleus. The frequency of micronucleus didn't changed a lot despite the age, period of work or serum biood levels of hexachlorobenzene,. The habit of smoking didn't interfer with the occurrence of micronucleus in both exposed and not exposed workers. This research showed that a multiple exposure to carbon tetrachloride, perchloroethylene, hexachlorobenzene and pentachlorophenol, produced a clastogenical effect on peripheral lymphocytes of workers at UQC area. These industrial agents are classified by IARC (International Agency for Research on Cancer), as being carcinogenic to animals Il's also important to remember that clatogenicity is surely linked to carcinogenic effect.That is why this research should be considered as a useful contribution to the acknowlegment of the genetoxic effect of these compounds, concerning human beings. As a final step, the author assessed the main clinical complaints of all individuals taken under research were: neuropsychologic (76,4%); muscular-skeletal (44,7%); gastroentestinal (42,3%); dermatologic (38,8%), immunologic (27,0%), hepatic (17,6%) reinforcing the known data from the toxic effect from these substances. / Doutorado / Doutor em Clínica Médica
4

Funçao celular em individuos com exposição ocupacional ao mercurio

Perlingeiro, Rita de Cassia Ramos 18 July 2018 (has links)
Orientador : Mary Luci de Souza Queiroz / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas / Made available in DSpace on 2018-07-18T04:16:41Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Perlingeiro_RitadeCassiaRamos_M.pdf: 1651770 bytes, checksum: bea0208a672bbf631cd5480e7a18d721 (MD5) Previous issue date: 1993 / Resumo: Neste trabalho investigamos alguns efeitos do mercúrio sobre o sistema imunológico. Foram estudados 51 trabalhadores expostos ao metal, assim como 51 indivíduos não-expostos (grupo controle). Os níveis urinários de mercúrio, determinados pelo método de absorção atômica, foram utilizados como índices biológicos de exposição. Foram estudadas a capacidade fagocitária e lítica de neutrófilos frente à Candida albicans e Candida pseudotropicalis, atividade quimiotática de neutrófilos e a capacidade proliferativa de linfócitos em resposta ao mitógeno fitohemaglutinina (PHA). O estudo da função esplênica foi efetuado através da contagem de hemácias com irregularidades de superfície (pits). Foi realizada uma 2ª avaliação destes parâmetros (intervalo de 6 meses). nos trabalhadores remanescentes, após uma melhoria efetuada nas condições de higiene da firma. Inicialmente, noventa e dois porcento dos trabalhadores estudados apresentavam níveis urinários de mercúrio abaixo dos limites de tolerância biológica (até 50 ug/g de creatinina). Após o intervalo de 6 meses, observamos, nos mesmos trabalhadores, uma redução significativa nestes níveis (p<0,05). Os nossos resultados na 1ª avaliação demonstraram que não houve alteração na capacidade fagocitária de neutrófilos frente aos 2 antígenos. Por outro lado, a atividade lítica apresentou-se reduzida em relação às duas espécies de Candida. Na 2ª avaliação, a atividade litica frente ao antígeno C.pseudotropicalis não. apresentou redução significativa em relação ao 1ª estudo. Por outro lado, em relação ao antígeno C.albicans, estas atividade apresentou-se ainda mais reduzida nesta 2ª avaliação, sendo essa tendência reforçada pela correlação linear observada entre tempo de exposição e atividade litica frente a este segundo antígeno. A atividade fagocitária manteve-se normal em relação aos dois antígenos. Foi também observada uma redução significativa na atividade quimiotática de neutrófilos, a qual manteve-se reduzida na 2ª avaliação. Não houve alteração significativa na capacidade proliferativa de linfócitos em resposta à PHA em presença de soro AB normal. No entanto, quando os linfócitos foram incubados em presença de soro autólogo, observamos uma redução na capacidade linfoproliferativa. A contagem de hemácias com irregularidades de superfície apresentou-se normal nestes trabalhadores (abaixo de 2%). Estes resultados indicam que níveis urinários de mercúrio considerados seguros no campo profissional não previnem o trabalhador exposto de efeitos tóxicos no sistema imunológice / Abstract: In this work some effects of mercury on the immune response were investigated. Fifty one male workers of a mercury producing plant were studied, as well as fifty one non-exposed controls. To monitor exposure we used urinary mercury levels (HgU), determined by the atomic absorption method. Phagocytosis and killing of Candida albicans and Candida pseudotropicalis by neutrophils, chemotaxis of neutrophils, lYmphocyte proliferation in the presence of the mitogen phytohemagglutinin(PHA) and the quantitation of red blood cell surface "pits" were measured.After improvement in the hygiene conditions in the factory, a new evaluation was performed, six months later, in the same workers. In the first evaluation, the results of mercury urinary concentrations .showed that 92% of the workers studied was below the threshold level value of 50ug/g of creatinine. After six months, these results were still lower (p<O.05) The results obtained in the first evaluation demonstrated that the phagocytic function of neutrophils in mercury-exposed workers did not differ from that of the controls. On the other hand, lysis of C. albicans and C.pseudotropicalis by neutrophils was significantly decreased. After 6 months, a greater impairment in the ability of neutrophils to kill Cpndi~a albicans was observed. The killing of Candida pseudotropicalis presented no changes, as compared to the previous evaluation . We also observed in the exposed group a significant impairment in the chemotaxis of neutrophils. This activity presented no changes, as compared to the previous evaluation. Blast lymphocyte transformation had no significant alterations, as compared to controls, when lymphocytes were incubated with AB serum. However, incubation of lymphocytes with autologous serum resulted in supression of the proliferation. The counting of pitted erythrocytes was not altered in these workers (below 2%). The relatively low level mercury absorption effects manifested by immunossupression indicates that immune dysfunction is a sensitive indicator of mercury exposure / Mestrado / Mestre em Farmacologia
5

Um olhar sobre o perfil respiratorio de trabalhadores da industria naval do Rio de Janeiro visando a necessidade de avaliacao para beneficio previdenciario

Alves, Luiz Carlos Correa. January 2000 (has links) (PDF)
Mestre -- Escola Nacional de Saude Publica, Rio de Janeiro, 2000.
6

Reprocessamento e reutilização de cânulas de perfusão / Reprocessing and reuse of perfusion cannulas

Alzira Maria da Silva Martins 12 September 2005 (has links)
Os procedimentos utilizados para reprocessamento e reuso de artigos médicos de uso único não estão normalizados nem avaliados quanto a segurança. Os objetivos deste estudo foram: (i) determinar o tempo de esterilização e aeração de cânulas de perfusão em ambiente industrial; (ii) avaliar os níveis de resíduos de óxido de etileno, concentração de endotoxinas e resistência a tração de cânulas de perfusão após reprocessamento e reuso em ambiente hospitalar. No ambiente industrial as cânulas foram submetidas á esterilização com 450mg/L de 10% de óxido de etileno e 90% de CO2 por um período de 2 horas a uma temperatura de 45 a 55° C, umidade entre 30 e 90% aeração com 26 trocas de ar por hora com temperatura de 35°C. No ambiente hospitalar a cânula aramada TF 36460 foi utilizada em procedimento cirúrgico com circulação extracorpórea; lavada com água potável, desinfecção com detergente enzimático, enxague com água potável, embalada em papel grau cirúrgico e reprocessada por óxido de etileno com concentração de 500mg/L de 12% de óxido de etileno e 88% de Freon com tempo de exposição de 240 minutos, temperatura de 53°C, umidade entre 40-60% e aeração em temperatura ambiente. No ambiente industrial o tempo necessário para redução de 12 ciclos logarítmicos (SAL 10-6), foi de 120 minutos, no ambiente hospitalar foi de 240 minutos. O tempo de aeração variou de 19 a 28 horas na área industrial; e no ambiente hospitalar foi de 28 horas. No segundo reuso a cânula apresentou residual de óxido de etileno de 83,09 ppm; acima do limite especificado (&#8804;_25ppm). Os testes de resistência a tração e determinação da concentração de endotoxinas foram realizados até o quarto reuso não apresentando resultados fora dos limites especificados. O procedimento de reuso nas condições atuais realizado em ambiente hospitalar foi reprovado, pois não atendeu aos requisitos de residual de óxido de etileno descritos na portaria Brasileira Interministerial n&#176; 482. / The procedures used during reprocessing of disposables have not been normalized, nor assessed for safety. The objective of this study is to assess sterility, residual rate of ethylene oxide, pyrogenicity and resistance to traction results observed in perfusion cannulas after the sterilization process in industrial environments and after reprocessing and reuse in the hospital environment. In the industrial environment, the cannulas were submitted to sterilization with 450mg/L of EtO and 90% of CO2 during a period of 2 hours and at a temperature of 45-55°C, humidity ranging from 30 to 90% and aeration of 26 air changes per hour at a temperature of 35°C. For the hospital environment, we selected the TF 36460 wired cannula, and after using it on a surgical procedure with extracorporeal circulation, it was washed with clean water, disinfected with enzymatic detergent, rinsed with clean water, wrapped in surgical paper and reprocessed in 500mg/L ethylene oxide of 12% EtO and 88% Freon and exposed for 240 minutes at a temperature of 53°C, humidity ranging from 40 to 60% and aeration at room temperature. In the industrial environment, the time needed for decreasing 12 logarithm cycles (10-6) was 120 minutes, while in the hospital environment it was 240 minutes. The aeration time ranged between 19 and 28 hours in the industrial area, while in the hospital environment it took 28 hours. In the second reuse the cannula presented residual of ethylene oxide of 83,09 ppm; above of the specified limit (&#8804;25_ppm). The physical test and endotoxins concentration had been carried through until for reuse not presented results out of specified. The currently procedure of reuse in the hospital is disapproved therefore does not take care of the limits of ethylene oxide residues, recommended by Interministerial Brazilian regulation 482.
7

Reprocessamento e reutilização de cânulas de perfusão / Reprocessing and reuse of perfusion cannulas

Martins, Alzira Maria da Silva 12 September 2005 (has links)
Os procedimentos utilizados para reprocessamento e reuso de artigos médicos de uso único não estão normalizados nem avaliados quanto a segurança. Os objetivos deste estudo foram: (i) determinar o tempo de esterilização e aeração de cânulas de perfusão em ambiente industrial; (ii) avaliar os níveis de resíduos de óxido de etileno, concentração de endotoxinas e resistência a tração de cânulas de perfusão após reprocessamento e reuso em ambiente hospitalar. No ambiente industrial as cânulas foram submetidas á esterilização com 450mg/L de 10% de óxido de etileno e 90% de CO2 por um período de 2 horas a uma temperatura de 45 a 55° C, umidade entre 30 e 90% aeração com 26 trocas de ar por hora com temperatura de 35°C. No ambiente hospitalar a cânula aramada TF 36460 foi utilizada em procedimento cirúrgico com circulação extracorpórea; lavada com água potável, desinfecção com detergente enzimático, enxague com água potável, embalada em papel grau cirúrgico e reprocessada por óxido de etileno com concentração de 500mg/L de 12% de óxido de etileno e 88% de Freon com tempo de exposição de 240 minutos, temperatura de 53°C, umidade entre 40-60% e aeração em temperatura ambiente. No ambiente industrial o tempo necessário para redução de 12 ciclos logarítmicos (SAL 10-6), foi de 120 minutos, no ambiente hospitalar foi de 240 minutos. O tempo de aeração variou de 19 a 28 horas na área industrial; e no ambiente hospitalar foi de 28 horas. No segundo reuso a cânula apresentou residual de óxido de etileno de 83,09 ppm; acima do limite especificado (&#8804;_25ppm). Os testes de resistência a tração e determinação da concentração de endotoxinas foram realizados até o quarto reuso não apresentando resultados fora dos limites especificados. O procedimento de reuso nas condições atuais realizado em ambiente hospitalar foi reprovado, pois não atendeu aos requisitos de residual de óxido de etileno descritos na portaria Brasileira Interministerial n&#176; 482. / The procedures used during reprocessing of disposables have not been normalized, nor assessed for safety. The objective of this study is to assess sterility, residual rate of ethylene oxide, pyrogenicity and resistance to traction results observed in perfusion cannulas after the sterilization process in industrial environments and after reprocessing and reuse in the hospital environment. In the industrial environment, the cannulas were submitted to sterilization with 450mg/L of EtO and 90% of CO2 during a period of 2 hours and at a temperature of 45-55°C, humidity ranging from 30 to 90% and aeration of 26 air changes per hour at a temperature of 35°C. For the hospital environment, we selected the TF 36460 wired cannula, and after using it on a surgical procedure with extracorporeal circulation, it was washed with clean water, disinfected with enzymatic detergent, rinsed with clean water, wrapped in surgical paper and reprocessed in 500mg/L ethylene oxide of 12% EtO and 88% Freon and exposed for 240 minutes at a temperature of 53°C, humidity ranging from 40 to 60% and aeration at room temperature. In the industrial environment, the time needed for decreasing 12 logarithm cycles (10-6) was 120 minutes, while in the hospital environment it was 240 minutes. The aeration time ranged between 19 and 28 hours in the industrial area, while in the hospital environment it took 28 hours. In the second reuse the cannula presented residual of ethylene oxide of 83,09 ppm; above of the specified limit (&#8804;25_ppm). The physical test and endotoxins concentration had been carried through until for reuse not presented results out of specified. The currently procedure of reuse in the hospital is disapproved therefore does not take care of the limits of ethylene oxide residues, recommended by Interministerial Brazilian regulation 482.
8

Aspectos gerais da neurotoxicidade associada com a exposição a substâncias químicas na indústria do petróleo / General aspects of neurotoxicity associated with an exhibitor of chemicals in the petroleum industry

Gérson de Pinho Vianna 22 August 2005 (has links)
A indústria do petróleo possui extensa variedade de riscos ocupacionais em virtude da diversidade de atividades necessárias, seja na extração em águas profundas ou em outros locais isolados como em florestas e desertos, seja no processo de refino cada vez mais assemelhado à petroquímica. Para tanto, os trabalhadores desta indústria possui praticamente todos os riscos ocupacionais, ou seja, físico, químico, biológico. A base energética da sociedade atual é o petróleo não havendo fonte de energia alternativa economicamente viável para a sustentação da economia e indústria nos dias atuais, portanto, mecanismos eficazes de gerenciamento do risco devem ser perseguidos continuamente. Com avanço da higiene ocupacional, legislações modernas e restritivas aos riscos, a exposição ocupacional deste setor tem diminuído de forma bastante representativa nos últimos anos, e valores de limites de tolerância de várias substâncias cada vez menores tem obrigado à equipe de saúde ocupacional a desenvolverem estudos mais aprimorados. Conceitos de biomarcadores de exposição há muito é utilizado, porém falta definição de parâmetros para avaliação do Sistema Nervoso. Vários estudos indicam que exposições a baixas concentrações podem acarretar em dano à saúde, especialmente aos indivíduos que possuem uma susceptibilidade aumentada. Outro fator que merece atenção é a exposição a baixas concentrações de múltiplos agentes concomitantemente, que pode acarretar em efeito sinérgico para agressão aos mais variados órgãos e sistemas e para isso são necessários os biomarcadores de efeitos. Este trabalho visa discutir o papel dos biomarcadores de efeito precoce de neurotoxicidade de modo a preservar a saúde e qualidade de vida dos trabalhadores envolvidos no processo de produção. / The Oil industry has activities in forests, seas, deserts, cities, trough the extraction and transportation of crude oil and posterior transformation into products for consumers. This transformation occurs trough refinement Then people who work in oil companies are submitted to all of the occupational\'s risks, that is, physic , chemic and biological. In our society there is no economically practicable alternative source of energy yet, to support economy and industry, therefore efficient mechanisms of risk\'s management should be always pursuited. The improvement of legislation and occupational\'s hygiene have been reducing contact with chemist\'s products in last years and lesser Threshold Limit Values has been encouraging the occupational\'s health staff to develop better controls. Biomarker\'s conceptions are being used for a long time, but there is a lack of standards\' definition to evaluate the nervous system. Many papers indicate that exposures to low concentrations can cause health injury specially in individuals that have an increased susceptibility. Another fact that deserves attention is the exposure to low concentrations of multiple chemists\' substances concomitantly, which can cause an enlargement of the aggression of many organs and systems. The goal of this study is to discuss the role of the biomarkers of neurotoxicities, to preserve health and quality of life of the individuals who work at the production\'s process.
9

Aspectos gerais da neurotoxicidade associada com a exposição a substâncias químicas na indústria do petróleo / General aspects of neurotoxicity associated with an exhibitor of chemicals in the petroleum industry

Vianna, Gérson de Pinho 22 August 2005 (has links)
A indústria do petróleo possui extensa variedade de riscos ocupacionais em virtude da diversidade de atividades necessárias, seja na extração em águas profundas ou em outros locais isolados como em florestas e desertos, seja no processo de refino cada vez mais assemelhado à petroquímica. Para tanto, os trabalhadores desta indústria possui praticamente todos os riscos ocupacionais, ou seja, físico, químico, biológico. A base energética da sociedade atual é o petróleo não havendo fonte de energia alternativa economicamente viável para a sustentação da economia e indústria nos dias atuais, portanto, mecanismos eficazes de gerenciamento do risco devem ser perseguidos continuamente. Com avanço da higiene ocupacional, legislações modernas e restritivas aos riscos, a exposição ocupacional deste setor tem diminuído de forma bastante representativa nos últimos anos, e valores de limites de tolerância de várias substâncias cada vez menores tem obrigado à equipe de saúde ocupacional a desenvolverem estudos mais aprimorados. Conceitos de biomarcadores de exposição há muito é utilizado, porém falta definição de parâmetros para avaliação do Sistema Nervoso. Vários estudos indicam que exposições a baixas concentrações podem acarretar em dano à saúde, especialmente aos indivíduos que possuem uma susceptibilidade aumentada. Outro fator que merece atenção é a exposição a baixas concentrações de múltiplos agentes concomitantemente, que pode acarretar em efeito sinérgico para agressão aos mais variados órgãos e sistemas e para isso são necessários os biomarcadores de efeitos. Este trabalho visa discutir o papel dos biomarcadores de efeito precoce de neurotoxicidade de modo a preservar a saúde e qualidade de vida dos trabalhadores envolvidos no processo de produção. / The Oil industry has activities in forests, seas, deserts, cities, trough the extraction and transportation of crude oil and posterior transformation into products for consumers. This transformation occurs trough refinement Then people who work in oil companies are submitted to all of the occupational\'s risks, that is, physic , chemic and biological. In our society there is no economically practicable alternative source of energy yet, to support economy and industry, therefore efficient mechanisms of risk\'s management should be always pursuited. The improvement of legislation and occupational\'s hygiene have been reducing contact with chemist\'s products in last years and lesser Threshold Limit Values has been encouraging the occupational\'s health staff to develop better controls. Biomarker\'s conceptions are being used for a long time, but there is a lack of standards\' definition to evaluate the nervous system. Many papers indicate that exposures to low concentrations can cause health injury specially in individuals that have an increased susceptibility. Another fact that deserves attention is the exposure to low concentrations of multiple chemists\' substances concomitantly, which can cause an enlargement of the aggression of many organs and systems. The goal of this study is to discuss the role of the biomarkers of neurotoxicities, to preserve health and quality of life of the individuals who work at the production\'s process.
10

Avaliação da disponibilidade de informações toxicológicas de produtos químicos utilizados no Brasil / Assessment of the available toxicological information of chemical products in use in Brazil

Clovis Sanchez 18 December 2002 (has links)
Durante o ciclo de vida dos produtos químicos, é possível que estes sejam lançados no ambiente ou ainda que sejam absorvidos por indivíduos de uma população, podendo ocorrer danos ambientais ou alterações no estado de saúde desses indivíduos expostos. Por haver a possibilidade de riscos à saúde é imprescindível investigá-los nas diversas situações possíveis de exposição, a fim de estabelecer, quando necessário, medidas preventivas ou emergenciais, visando a proteção da população e das demais espécies presentes nos compartimentos ambientais. Um dos requisitos básicos para o processo de avaliação de risco é a identificação dos perigos que os produtos químicos podem oferecer à saúde devido suas propriedades químicas e fisico-químicas. Este estudo teve como finalidade realizar um levantamento sobre a existência de informações relativas à toxicidade e comportamento no ambiente de produtos químicos fabricados, importados e ou com capacidade de produção no Brasil maior que 500 toneladas por ano, os quais não estão sendo objeto de investigação nos principais programas atualmente existentes no mundo destinados à avaliação de risco de substâncias químicas. O método proposto por este estudo possibilitou uma análise crítica da falta de informação sobre dados de produção ou importação de produtos químicos utilizados no Brasil, além de possibilitar o levantamento sobre a existência de informações toxicológicas para produtos químicos fabricados em larga escala no país. Como resultado, foi constatado que apenas 3,9 % de 461 produtos químicos possuem as informações necessárias para o processo de avaliação inicial de risco. / Chemical products during their life cycle may be absorbed by individuals of the population, consequent1y causing environmental damage or interfering in the health of the exposed individuals. Due to the possibility of health risks, it is imperative to evaluate these risks in all possible situations. If needed, prevention and emergency measures, aiming at protecting the population and the species present in the environment, should be established. A basic requirement for risk assessment is the hazard presented to health by chemical products due to their physic-chemical properties. The objective of this paper was to raise the available data related to the toxicity and the impact on the environment of high volume chemicals manufactured, imported or with a production capacity in Brazil greater than 500 t/year, that are not included in the major world programs of risk assessment. The methodology used in this paper enabled a critical analysis of the lack of data on production or imports of chemicals used in Brazil, in addition to the screening of toxicological information for high production volume chemicals produced in Brazil. As a result, it was found that only 3,9% of the 461 chemicals have the information required for a initial risk assessment.

Page generated in 0.1033 seconds