• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 954
  • 6
  • 4
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 1015
  • 475
  • 449
  • 346
  • 284
  • 215
  • 212
  • 135
  • 128
  • 105
  • 96
  • 89
  • 82
  • 79
  • 77
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Pesquisa de anticorpos anti-Leptospira spp, Toxoplasma gondii e Neospora caninum em cães recolhidos das ruas e albergados em canil privado de Avaré (SP)

Gonçalez, Claudia Cristina [UNESP] 30 January 2008 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:29:31Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2008-01-30Bitstream added on 2014-06-13T20:19:23Z : No. of bitstreams: 1 goncalez_cc_me_botfmvz.pdf: 205428 bytes, checksum: 2fb6019b694fb097be3be29e968d545e (MD5) / Universidade Estadual Paulista (UNESP) / O objetivo deste estudo foi investigar o perfil sorológico de 300 cães sem raças definidas, de diferentes faixas etárias e sexo para Leptospira spp, Toxoplasma gondii e Neospora caninum, expostos aos antígenos na cidade de Avaré (SP). Os cães estavam vivendo nas ruas e posteriormente foram levados a um canil privado com alimentação, vermifugação e assistência veterinária desde 2003, onde as amostras de soro foram obtidas. Pela proximidade com o homem, esses cães foram testados para três importantes doenças: leptospirose, toxoplasmose e neosporose caninas. O método diagnóstico utilizado para leptospirose foi a Prova de Soroaglutinação Microscópica (SAM). Os resultados indicaram a prevalência de 9,33% e o sorovar reagente de maior freqüência foi o bratislava 35,7%, cynopteri 17,9%, autumnalis 14,3%, copenhageni 10,7%, com igual proporção de 7,1% para os sorovares: icterohaemorrhagiae, canicola, hardjo e não reação para os sorovares : australis, djasiman, gryppotyphosa, pomona e pyrogenes. Foi utilizado o Método de Aglutinação Direta (MAD-AF) para o diagnóstico da toxoplasmose com 26% dos animais reagentes a toxoplasmose com títulos variando entre 16 e 256, os respectivos números são: 16 (3,33%), 64 (13,66%) e 256 (9%). Para o diagnóstico da neosporose canina utilizado Reação de Imunofluorescência Indireta (RIFI), somente 2 dos 300 cães testados mostraram anticorpos para Neospora caninum (0,66%) com diluições de 1:25 e 1:100. / The aim of this study was to investigate the serological profile of 300 mongrel dogs various ages and sex, from the city of Avaré (SP), to the antigens of Leptospira spp, Toxoplasma gondii and Neospora caninum. The dogs were living on the streets, and afterwards directed to a private kennel with food, since 2003, receiving vaccine, vermifuge and veterinarian assistance, and the serum samples were obtained in this place. Because of the man proximity, these dogs were tested to three important diseases: leptospirosis, toxoplasmosis and neosporosis. The diagnostic method run for leptospirosis was the Microscopic Aglutination Test (MAT). The results indicated a prevalence of 9,33%, and most frequent reactant serovars were bratislava (35,7%), cynopteri (17,9%), autumnalis (14,3%), copenhageni (10,7%), and 7,1% to all the following serovars: icterohaemorrhagiae, canicola e hardjo. It was no response to the serovars australis, djasiman, grippotyphosa, pomona and pyrogenes. It was used the Modified Agglutination test (MAT) for diagnosis of toxoplasmosis and 26% of animals were positive, with titers varying between 16 and 256, with the following results: 16 (3,33%), 64 (13,66%) and 256 (9%). Neosporosis was diagnosed by the Immunofluorescence antibody test (IFAT). Only two of the 300 tested dogs demonstrated Neospora caninum antibodies (0,66%), with positivity at 1:25 and 1:100 dilution.
2

Pesquisa de anticorpos anti-Leptospira spp, Toxoplasma gondii e Neospora caninum em cães recolhidos das ruas e albergados em canil privado de Avaré (SP) /

Gonçalez, Claudia Cristina. January 2008 (has links)
Orientador: Antonio Carlos Paes / Banca: Simone Baldini Lucheis / Banca: Luiz Florêncio Margatho / Resumo: O objetivo deste estudo foi investigar o perfil sorológico de 300 cães sem raças definidas, de diferentes faixas etárias e sexo para Leptospira spp, Toxoplasma gondii e Neospora caninum, expostos aos antígenos na cidade de Avaré (SP). Os cães estavam vivendo nas ruas e posteriormente foram levados a um canil privado com alimentação, vermifugação e assistência veterinária desde 2003, onde as amostras de soro foram obtidas. Pela proximidade com o homem, esses cães foram testados para três importantes doenças: leptospirose, toxoplasmose e neosporose caninas. O método diagnóstico utilizado para leptospirose foi a Prova de Soroaglutinação Microscópica (SAM). Os resultados indicaram a prevalência de 9,33% e o sorovar reagente de maior freqüência foi o bratislava 35,7%, cynopteri 17,9%, autumnalis 14,3%, copenhageni 10,7%, com igual proporção de 7,1% para os sorovares: icterohaemorrhagiae, canicola, hardjo e não reação para os sorovares : australis, djasiman, gryppotyphosa, pomona e pyrogenes. Foi utilizado o Método de Aglutinação Direta (MAD-AF) para o diagnóstico da toxoplasmose com 26% dos animais reagentes a toxoplasmose com títulos variando entre 16 e 256, os respectivos números são: 16 (3,33%), 64 (13,66%) e 256 (9%). Para o diagnóstico da neosporose canina utilizado Reação de Imunofluorescência Indireta (RIFI), somente 2 dos 300 cães testados mostraram anticorpos para Neospora caninum (0,66%) com diluições de 1:25 e 1:100. / Abstract: The aim of this study was to investigate the serological profile of 300 mongrel dogs various ages and sex, from the city of Avaré (SP), to the antigens of Leptospira spp, Toxoplasma gondii and Neospora caninum. The dogs were living on the streets, and afterwards directed to a private kennel with food, since 2003, receiving vaccine, vermifuge and veterinarian assistance, and the serum samples were obtained in this place. Because of the man proximity, these dogs were tested to three important diseases: leptospirosis, toxoplasmosis and neosporosis. The diagnostic method run for leptospirosis was the Microscopic Aglutination Test (MAT). The results indicated a prevalence of 9,33%, and most frequent reactant serovars were bratislava (35,7%), cynopteri (17,9%), autumnalis (14,3%), copenhageni (10,7%), and 7,1% to all the following serovars: icterohaemorrhagiae, canicola e hardjo. It was no response to the serovars australis, djasiman, grippotyphosa, pomona and pyrogenes. It was used the Modified Agglutination test (MAT) for diagnosis of toxoplasmosis and 26% of animals were positive, with titers varying between 16 and 256, with the following results: 16 (3,33%), 64 (13,66%) and 256 (9%). Neosporosis was diagnosed by the Immunofluorescence antibody test (IFAT). Only two of the 300 tested dogs demonstrated Neospora caninum antibodies (0,66%), with positivity at 1:25 and 1:100 dilution. / Mestre
3

“Sorria ,você está sendo vigiado!" performance de vigilância eletrônica em submissão social: uma análise crítico-queer

Bittencourt, Eneyle Maria Freitas de January 2008 (has links)
93f. / Submitted by Suelen Reis (suziy.ellen@gmail.com) on 2013-03-25T15:12:55Z No. of bitstreams: 1 Bittencourt%20Dissertacao%20seg.pdf: 682176 bytes, checksum: d74faf6f6b1dc47296e18dc47d5adfc9 (MD5) / Approved for entry into archive by Fatima Cleômenis Botelho Maria (botelho@ufba.br) on 2013-04-09T14:16:14Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Bittencourt%20Dissertacao%20seg.pdf: 682176 bytes, checksum: d74faf6f6b1dc47296e18dc47d5adfc9 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-04-09T14:16:14Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Bittencourt%20Dissertacao%20seg.pdf: 682176 bytes, checksum: d74faf6f6b1dc47296e18dc47d5adfc9 (MD5) Previous issue date: 2008 / Esta dissertação descreve o comportamento de pessoas sob vigilância eletrônica, mais especificamente dos moradores do Condomínio Vila Egípcia, situado no Caminho das Árvores, Salvador/BA, os quais têm ciência das câmeras de segurança e vigilância patrimonial por ele espalhadas. Trata do estudo de manifestações dessas performances, assim como da auto-vigilância que surge a partir de determinada estratégia de segurança eletrônica e descreve passos e posturas dessas pessoas, considerando, como performance, o seu comportamento. Sobre a contribuição desse estudo nas Artes Cênicas, a pesquisa se destaca como forma de trazer à luz estudos sobre performance, teoria queer, gênero, etnografia autoreflexiva,subjetivação e performatividade - diálogos que se entrecruzam na construção de cenas do cotidiano, quando se coloca em questão o olhar do outro. Os pontos de partida são a teoria queer e os estudos da performance, vias que possibilitaram a compreensão da alteração de comportamentos organizados estrategicamente para uma circulação pacífica, omissa e oculta no contexto urbano, virtual e social e tornaram possível o desenvolvimento do raciocínio e da análise realizada. Este trabalho re-significa procedimentos performativos ligados à cena contemporânea e contextualiza a performance em sua função teórica, na busca do entendimento da atitude de pessoas nas performances a que se refere aqui. Compreende também a auto-vigilância como afirmação e negação de pessoas inscritas em uma sociedade vigiada. A escrita performativa funciona, nesta dissertação, como possibilidade metodológica, cujo caráter de pertencimento ao objeto pesquisado constitui-se elemento fundante da análise das performances descritas e analisadas. / Salvador
4

Descentralização e financiamento das ações de vigilância sanitária: o caso da Bahia

Lessa, Tásio de Souza 10 June 2013 (has links)
Submitted by Hiolanda Rêgo (hiolandar@gmail.com) on 2013-06-10T18:47:37Z No. of bitstreams: 1 Dissertação_ICS_Tásio Lessa.pdf: 551691 bytes, checksum: 088b0ed2334d5e8b58f2f5bfdeb21463 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-06-10T18:47:37Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dissertação_ICS_Tásio Lessa.pdf: 551691 bytes, checksum: 088b0ed2334d5e8b58f2f5bfdeb21463 (MD5) / No Brasil, o processo de descentralização das ações de vigilância sanitária (Visa) para estados e municípios teve impulso a partir da NOB/96, quando foram definidos repasses financeiros. Na Bahia, tal processo ficou a cargo da Diretoria de Vigilância Sanitária e Ambiental, que descentralizou inicialmente as ações básicas de Visa para os municípios a partir do incentivo financeiro com a edição dessa norma. No segundo momento, após a criação da ANVISA, descentralizou algumas ações de média e alta complexidade das ações de visa com a adesão de alguns municípios ao Termo de Ajustes e Metas da ANVISA. O objetivo deste estudo é analisar a descentralização do financiamento das ações de vigilância sanitária do ente federal para o ente estadual baiano do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária no período de 1998 a 2008. Trata-se de um estudo de caso de caráter descritivo e exploratório, que utilizou a análise documental como principal estratégia para coleta e análise dos dados. Constatou-se postura ativa da Visa estadual no processo de descentralização, desenvolvendo no primeiro momento, ações básicas e de média e alta complexidade em caráter complementar aos municípios, que deveriam ser de fato supervisionados. Outro ponto importante é o aumento significativo dos aportes financeiros para a Visa, porém quando comparado com outras áreas (vigilância epidemiológica e assistência) esse montante é incipiente.
5

Análise da distribuição espacial da tuberculose no Distrito Federal, 2003 – 2007

Cárdenas, Roxana Elvira Ninamango 26 February 2010 (has links)
Dissertação (mestrado)-Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2010. / Submitted by Patrícia Nunes da Silva (patricia@bce.unb.br) on 2011-06-07T14:57:25Z No. of bitstreams: 1 2010_RoxanaElviraNinamangoCardenas.pdf: 2104495 bytes, checksum: 634859fa2a2bd3346c1fb4ba73051317 (MD5) / Approved for entry into archive by Patrícia Nunes da Silva(patricia@bce.unb.br) on 2011-06-07T14:57:45Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2010_RoxanaElviraNinamangoCardenas.pdf: 2104495 bytes, checksum: 634859fa2a2bd3346c1fb4ba73051317 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-06-07T14:57:45Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2010_RoxanaElviraNinamangoCardenas.pdf: 2104495 bytes, checksum: 634859fa2a2bd3346c1fb4ba73051317 (MD5) / Introdução. A tuberculose (TB) é historicamente um importante problema de saúde pública no mundo. No Brasil constitui uma ameaça à saúde da população, sendo que áreas de extrema pobreza ou de pouco acesso a serviços de saúde apresentam um aumento da incidencia. Por tanto, compreender sua distribuição em um território e seus determinantes é essencial para gerir um sistema de saúde com ações equitativas, visando diminuir as iniqüidades com a oferta de serviços de saúde. Objetivo Estudar a distribuição espacial da TB no Distrito Federal (DF), no período de 2003 a 2007 e identificar áreas de risco de adoecimento e possíveis determinantes sócio-econômicos. Métodos Estudo exploratório em que foram utilizados dados sobre incidência de TB coletados no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN), após processo de depuração de registros repetidos. Os coeficientes de incidência foram calculados segundo Região Administrativa (RA), grupo etário, sexo, forma clínica e situação de encerramento. A análise espacial baseou-se em técnicas exploratórias, utilizando o estimador Kernel para a visualização de áreas de maior densidade das residências de casos de TB. Foi investigada a dependência espacial dos Coeficientes de Incidência Médios (CIM) de TB pelo Índice de Moran. Para avaliar possíveis associações lineares entre o CIM e as variáveis socioeconômicas foi realizada uma análise de correlação e regressão linear com a construção de um Índice de Condições de Vida (ICV). Foram georrefrenciada a localização de Unidades de Saúde (US) do DF e as áreas de abrangência do Programa Saúde da Família (PSF) para o ano 2004. Resultados A análise descritiva da situação da TB detectou que o coeficiente de incidência no período foi de 18,4 casos para cada 100 mil habitantes, com 2.052 casos novos notificados. Desses, 71% eram de TB pulmonar e 40,1% tinham baciloscopia positiva. As regiões administrativas que contribuíram com o maior percentual de casos foram: Ceilândia (14,8%), Taguatinga (8,5%), Brasília (7,9%), Samambaia (7,1%) e Planaltina (6,6%). Entretanto, os maiores coeficientes de incidência médios (CIM) para o período apresentaram-se em São Sebastião, Varjão, Riacho Fundo II, Park Way e Estrutural (34,7; 26,1; 24,8; 21,5 e 20,2 casos / 100 mil hab., respectivamente). O critério de encerramento “cura” foi registrado em 76,5% dos casos. A sorologia para HIV foi realizada em 464 casos e foi positiva em 8,6%. Na análise espacial foi possível identificar áreas de adensamento de casos nas diferentes RAs para cada variável, sendo que houve maiores densidades na RA da Ceilândia (a área de maior população) e em São Sebastião, onde se encontra o Centro Penitenciário do DF (a “Papuda”) motivo pelo qual foi excluído. Os dados sugerem que a transmissão se dá em nível de distância peridomiciliar. Os índices de Moran não mostraram efeito de cluster. Foi observado que a sobreposição de USs, áreas de abrangência do PSF e casos incidentes não mostram coincidência espacial. Há uma correlação entre escolaridade e CIM, e entre o ICV e CIM. Conclusões. O DF não é heterogêneo em relação a sua distribuição espacial da incidência; apresentam concentrações nas cidades do Sudoeste do DF (Ceilândia, Samambaia e adjacências), há múltiplos focos provavelmente explicados pela história do povoamento. Alguns indicadores operacionais do controle da TB são melhores que no país como um todo. Contudo, para alcançar a meta de 85% de cura para casos são necessários esforços adicionais na atenção básica. A geração e qualidade de dados devem melhorar para atualizar bases cartográficas de modo a identificar micro-áreas prioritárias e carentes. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / Introduction. Tuberculosis (TB) has historically been an important public health problem worldwide. In Brazil it threatens the health of the population. Areas of extreme poverty or poor access to services have an increasing number of TB cases. The aim of this study is to describe the profile of tuberculosis from a set of epidemiological and operational indicators. Therefore, the study of spatial distribution and associated factors es relevant to health systems managing on order to promote social justice and equal access to health care. Objective. To investigate spatial distribution of TB at the Brazilian capital Federal District (FD) between 2003 and 2007, identifying risk areas for disease and possible social and economic correlates. Methods. Exploratory study using data on TB incidence from the Information System of Notifiable Diseases, after linkage process and purification of repeated records. The incidence rates of tuberculosis were calculated and broken down by Administrative Region (AR), age group, sex, clinical manifestation and discharge criterium. Spatial analysis was based on exploratory techniques (Kernel estimate) in order to have a visual picture of different density distribution of TB cases’ residence. Spatial dependence was investigated by means of the calculation of the Mean Incidence Rates (MIR), evaluated by the Moran indicator. Further possible associations were investigated by linear correlation conventional methods between MIR and social and economic variables. A Life Conditions Indicator (LCI) was created for this purpose. The geographical location of Primary Health Care Units (PHCU) was plotted together with the Family Health Program (FHP) coverage for 2004, and TB cases. Results. FD’s TB incidence rate was 18.4 cases per 100,000 inhabitants in the whole period with 2,052 new cases reported. Of these, 71% had pulmonary TB and 40,1% had positive BAAR. The AR which contributed with the largest percentages of cases were Gama (14.8%), Taguatinga (8.5%), Brasilia (7.9%), Samambaia (7.1%) and Planaltina (6.6%). However, the highest MIRs were at San Sebastião, Varjão, Riacho Fundo II, Park Way and Estrutural (34.7, 26.1, 24.8, 21.5 and 20.2 cases per 100 100,000 inh., respectively). Cure was reported as discharge criterium in 76.5% of cases. HIV test was performed in 464 cases being positive in 8.6% during the period. Spatial analysis identified hot spots (areas of greater density) of cases occurrence in different ARs for each variable. Hot spots were present at AR-Ceilândia, (the most populated satellite city at FD), and San Sebastião, where is located the Penitentiary Center of the FD (known as "Papuda”). This center was excluded from further analysis. Data suggest that TB transmission occurs at a short distance surrounding the patients’ dwellings. Moran indicators failed to reveal space clustering effect. Overposition of layers regarding PHCUs, FHP coverage and TB cases did not show correspondence in the maps. Linear correlation was present between educational level and MIR. Also the LCI was correlated to MIR. Conclusions. FD is heterogeneous regarding spatial distribution of TB cases. In spite of a great concentration in South-Western areas (Ceilândia, Samambaia and sorrounding cities), there are multiple foci probably related to the history of Brasilia – FD population process. Some of the operational indicators of TB control are better in the FD than in the whole country, although “cure” does not reach the national goal of 85%. Additional control, efforts are necessary particularly at the primary health care level. Data generation and quality need to improve in order to update cartographic bases to identify microareas with greater priority.
6

Proposta de critérios para câmeras de vigilância em aplicações de CFTV indoor para fins de identificação forense de suspeitos / Proposal of criteria for surveillance cameras in indoor CCTV applications for forensic identification of suspects

Bezerra, Rodrigo Albernaz 17 February 2012 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Elétrica, 2012. / Submitted by Elna Araújo (elna@bce.unb.br) on 2012-07-04T00:07:16Z No. of bitstreams: 1 2012_RodrigoAlbernazBezerra.pdf: 3686566 bytes, checksum: dbe92751ac8e67a671db49eaa83c702d (MD5) / Approved for entry into archive by Jaqueline Ferreira de Souza(jaquefs.braz@gmail.com) on 2012-07-18T12:13:55Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2012_RodrigoAlbernazBezerra.pdf: 3686566 bytes, checksum: dbe92751ac8e67a671db49eaa83c702d (MD5) / Made available in DSpace on 2012-07-18T12:13:55Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2012_RodrigoAlbernazBezerra.pdf: 3686566 bytes, checksum: dbe92751ac8e67a671db49eaa83c702d (MD5) / Os sistemas de CFTV utilizados em ambientes orgânicos, empresas privadas, órgãos do governo ou condomínios residenciais, apresentam certas deficiências técnicas que inviabilizam o reconhecimento facial de suspeitos quando da ocorrência de crimes. Esses sistemas falham em fornecer imagens com qualidade suficiente para que a face de uma pessoa possa ser reconhecida com segurança na esfera forense (identificação criminal). Dentre os principais problemas encontrados nesses sistemas podem ser enumerados o uso de equipamentos mal dimensionados, posicionamento inadequado das câmeras de vigilância, geração de imagens com baixa resolução e condições de iluminação ambientais não controladas. Não há no Brasil norma técnica específica que subsidie projetos e instalações de sistemas de CFTV. A atividade probatória criminal do Estado, materializada através dos exames periciais, busca auxiliar as denúncias direcionadas pelo Ministério Público e a atuação jurisdicional do Poder Judiciário, no combate às atividades criminosas. Entretanto, a utilização de imagens coletadas em sistemas de CFTV para fins probatórios tem pouco contribuído na solução dos crimes, em virtude das deficiências que esses sistemas apresentam. A proposta deste trabalho é propor critérios mínimos necessários para o dimensionamento de projetos de câmeras de vigilância de sistemas de CFTV, em aplicações indoor, de forma que as imagens geradas apresentem qualidade suficiente para permitir o reconhecimento facial de indivíduos. Foram tratadas como critérios as condições de posicionamento das câmeras (altura e ângulo), de iluminação ambiental, de resolução espacial das imagens e distância mínima para fins de reconhecimento facial. Adicionalmente foi tratada uma sistemática de auditoria para os arquivos gerados em sistemas de CFTV, de forma a robustecer a prova (manter a cadeia de custódia) gerada para adequada apreciação pelo Judiciário. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT / CCTV systems used in organic environments, private companies, government agencies or residential condominiums, present certain technical deficiencies that prevent the face recognition of suspects when a crime occurs. These systems fail to provide images with sufficient quality for the reliable face recognition in forensic sphere (criminal identification). Among the main problems encountered in these systems can be enumerated the wrong sized equipment, improper placement of surveillance cameras, imaging with low resolution and lighting conditions uncontrolled environmental. There is no technical standard in Brazil to subsidize specific projects and installations of CCTV systems. Evidential criminal justice, materialized through technical expertise, seeks to assist the work performed by prosecutors and court actions of the judiciary in combating criminal activities. However, the use of images collected from CCTV systems for evidential purposes has little contribution to solve the crimes, due to the CCTV systems technical deficiencies. The goal of this work is to propose minimum criteria for the design of projects of CCTV surveillance cameras equipment, in indoor applications, so they can provide face images of suspects of crimes with sufficient quality to enable face recognition activity. It will be discuss in these criteria the conditions for positioning of the cameras (height and angle), environmental lighting conditions, spatial resolution of images and minimum distance for face recognition. Additionally, a systematic audit files system for CCTV was treated, in order to strengthen the proof (to maintain chain of custody) generated for adequate consideration by the judiciary.
7

Identificação bioquímica e caracterização molecular de bactérias corineformes e nocardioformes de origem ambiental / Phenotypic and molecular characterization of environmental Corineforms Nocardioforms bacteria

Baio, Paulo Victor Pereira January 2007 (has links)
Made available in DSpace on 2014-12-05T18:34:07Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) 126.pdf: 4674442 bytes, checksum: cc5837dc7103e17302c1970357051e19 (MD5) Previous issue date: 2007 / Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde / Os produtos que requerem a característica de esterilidade tais como medicamentos injetáveis, soros, vacinas entre outros, devem ser submetidos ao ensaio de esterilidade bacteriana e fungica. Nesse estudo avaliamos metodologias de identificação fenotípica e molecular para identificação de bastonetes Gran positivos irregulares - bactérias corineformes e nocardioformes
8

Produtos hemoderivados no contexto da vigilância sanitária / Plasma derivatives products in sanitary surveillance context

Adati, Marisa Coelho January 2006 (has links)
Made available in DSpace on 2014-12-05T18:34:10Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) 96.pdf: 3045449 bytes, checksum: c0c8bb9525e0cdee1e1ebfe3f9ea4136 (MD5) Previous issue date: 2006 / Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde / Este trabalho fundamentou-se na análise dos lotes de medicamentos hemoderivados no período de janeiro de 2000 a dezembro de 2004. Do Sistema de Gerenciamento de Amostras do INCQS foram selecionados 3.100 lotes de amostras de medicamentos hemoderivados assim distribuídas: 31,6 por cento (n=980) de Albumina Humana; 28,7 por cento (n=890) de Fator VIII; 21,4 por cento (n=662) de Imunoglobulina Humana; 8,3 por cento (n=257) de Fator IX; 7,1 por cento (n=220) de Imunoglobulinas Específicas e 2,9 por cento (n=91) de Complexo Protrombínico. A classe de Imunoglobulinas Específicas compreendeu: Imunoglobulina anti-Rho(D), anti-Hepatite B, antitetânica, anti-rábica e anti-varicela zoster. As amostras foram recebidas para análise oriundas dos seguintes segmentos: apreensões realizadas pelos Estados de Pernambuco, Santa Catarina, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul, Empresas, LACENs, FUNASA e Portos, Aeroportos e Fronteiras de Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo. Quanto à modalidade de análise, 92,3 por cento (n=2859) foi representada pela análise controle, 5,9 por cento (n=183) pela análise fiscal, 1,4 por cento (n=44) pela de orientação e 0,4 por cento (n=14) pela análise prévia. Da internalização dos produtos hemoderivados importados 40,0 por cento (n=1243) ocorreu pelo Aeroporto de Brasília, 26,9 por cento (n=835) pelo Aeroporto de São Paulo, 25,2 por cento (n=780) pelo Rio de Janeiro, 0,13 por cento (n=04) por Minas Gerais e 0,07 por cento (n=02) por Amazonas. Dos medicamentos hemoderivados referentes à série histórica estudada 12 por cento (n=03) corresponderam à produção nacional e 88 por cento (n=22) à internacional. Quanto aos detentores de registro dos produtos no país, 20 por cento (n=03) foram nacionais e 80 por cento (n=12) detentores de registro de produtos importados. / This work was based in the plasma derivative products’ analysis from January 2000 to December 2004. 3.100 plasma derivative samples were selected from INCQS’ “Sistema de Gerenciamento de Amostras” and were distributed as of: 31,6% (n=980) of Human Albumin; 28,7% (n=890) of Factor VIII; 21,4% (n=662) of Human Immunoglobulin; 8,3% (n=257) of Factor IX; 7,1% (n=220) of Specific Immunoglobulins and 2,9% (n=91) of Prothrombin Complex. The specific immunoglobulins classes contained: anti-Rho(D) Immunoglobulin, anti-hepatitis B, antitetannus, anti-rabies and antivaricella-zoster. The samples submitted to analysis came from: apprehension carried out by Pernambuco, Santa Catarina, Rio de Janeiro and Rio Grande do Sul states, Lacens, Funasa and harbours, airports and frontiers of Brasilia, Rio de Janeiro and São Paulo. As type of analysis, 92,3% (n=2859) was represented by control analysis; 5,9% (n=183) by fiscal analysis; 1,4% (n=44) by orientation; 0,4% (n=14) by preliminary analysis. About the internalization of plasma derivative imported products, 40,0% (n=1243) occurred through Brasilia’s airport; 26,9% (n=835) through São Paulo’s; 25,2% (n=780) through Rio de Janeiro’s; 0,13% (n=04) through Minas Gerais´s and 0,07% (n=02) through Amazonas´s. About the studied historical series of the plasma derivatives products, 12% (n=03) corresponded to national production and 88% (n=22) to international. About the registers detentors in the country, 20% (n=03) were national and 80% (n=12) detain imported products. About the 15 plasma derivatives products detentors in the country, 02 (two) [A and B] imported all the 06 (six) plasma derivatives above mentioned; 02 (two) [C and D] imported 05 (five) types of medicines; another 02 (two) [E and F] imported 04 (four) types of medicines and the others [G and O] from 03 (three) to 01 (one) types of medicines. From 2000 to 2004, national plasma was benefited to plasma derivatives from Octapharma and LFB, the winners of the international licitatory process in 2001. By that time, Octapharma and LFB company benefited plasma derivatives products 273 and 84 lots, respectively. Finally, about the plasma derivatives analyzed, included in this quantity the samples was benefited with national raw material, 99,1% were considered satisfactory and 0,9% unsatisfactory. The unsatisfactory results were: view inspection, solubility, stability and chemistry essay, pyrogen test, toxicity test. The results presented, imply in consolidate a systematic quality monitoring permanent with the finality of evaluate the conformity concerning the guarantee, effectiveness safety of the plasma derivates medicines like one of Sanitary Surveillance tools.
9

Produção de materiais de referência para ensaios de proficiência em microbiologia de alimentos / Production of reference materials for proficiency tests in food microbiology

Rosas, Carla de Oliveira January 2009 (has links)
Made available in DSpace on 2015-02-20T12:56:11Z (GMT). No. of bitstreams: 2 65.pdf: 798759 bytes, checksum: 0340b33fb91b688bb55db1893f628f46 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2009 / Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde / No Brasil é restrita a oferta de ensaios de proficiência (EP) na área de microbiologia de alimentos. Além disso, os altos custos diminuem a participação regular de laboratórios públicos e privados nesses ensaios. É de grande importância o incentivo da participação de laboratórios brasileiros em EP. Os materiais de referência (MR)utilizados para essa proposta devem apresentar características de homogeneidade e estabilidade que assegurem a distribuição de unidades com propriedades semelhantes, próximas a um valor padrão. A produção de MR destinados a ensaios microbiológicos é dificultada pela instabilidade natural dos microrganismos. O presente estudo avaliou a técnica de liofilização no preparo de MR para EP nos ensaios de detecção de Salmonella sp. e enumeração de B. cereus em leite. Foram preparados lotes de materiais contendo apenas um microrganismo e lotes mistos contendo Salmonella sp. e B. cereus em uma mesma matriz. Foram determinadas as concentrações de inóculo utilizadas no preparo dos diferentes lotes de MR e padronizados os procedimentos de contaminação da matriz. Para monitorar a qualidade dos materiais produzidos foram estabelecidos ensaios de controle, dentre eles o teste da homogeneidade e da estabilidade em longo e curto prazo. A técnica de liofilização se mostrou adequada como processo de dessecação para os MR produzidos. Os microrganismos se mantiveram estáveis à temperatura de estoque de -20ºC, no entanto, apresentaram perdas de viabilidade, quando estocados a temperaturas de 25ºC e 35ºC. Das bactérias estudadas B. cereus apresentou, em média, maior resistência às condições de dessecação. A padronização da técnica de produção desses MR propiciará a geração de materiais na área de microbiologia de alimentos, que poderão ser utilizados em futuros EP, com custos de participação mais acessíveis aos laboratórios nacionais. / No Brasil é restrita a oferta de ensaios de proficiência (EP) na área de microbiologiade alimentos. Além disso, os altos custos diminuem a participação regular delaboratórios públicos e privados nesses ensaios. É de grande importância o incentivoda participação de laboratórios brasileiros em EP. Os materiais de referência (MR)utilizados para essa proposta devem apresentar características de homogeneidade eestabilidade que assegurem a distribuição de unidades com propriedadessemelhantes, próximas a um valor padrão. A produção de MR destinados a ensaiosmicrobiológicos é dificultada pela instabilidade natural dos microrganismos. Opresente estudo avaliou a técnica de liofilização no preparo de MR para EP nosensaios de “detecção de Salmonella sp.” e “enumeração de B. cereus” em leite.Foram preparados lotes de materiais contendo apenas um microrganismo e lotesmistos contendo Salmonella sp. e B. cereus em uma mesma matriz. Foramdeterminadas as concentrações de inóculo utilizadas no preparo dos diferentes lotesde MR e padronizados os procedimentos de contaminação da matriz. Para monitorara qualidade dos materiais produzidos foram estabelecidos ensaios de controle, dentreeles o teste da homogeneidade e da estabilidade em longo e curto prazo. A técnica deliofilização se mostrou adequada como processo de dessecação para os MRproduzidos. Os microrganismos se mantiveram estáveis à temperatura de estoque de-20ºC, no entanto, apresentaram perdas de viabilidade, quando estocados atemperaturas de 25ºC e 35ºC. Das bactérias estudadas B. cereus apresentou, emmédia, maior resistência às condições de dessecação. A padronização da técnica deprodução desses MR propiciará a geração de materiais na área de microbiologia dealimentos, que poderão ser utilizados em futuros EP, com custos de participação maisacessíveis aos laboratórios nacionais.
10

Validação do ensaio de endotoxina bacteriana (LAL) para o soro antibotrópico pelo método cromogênico cinético / Validation of bacterial endotoxin test (LAL) for the antibothropic serum by

Fingola, Fernando Faria January 2011 (has links)
Made available in DSpace on 2015-03-16T14:27:32Z (GMT). No. of bitstreams: 2 33.pdf: 500377 bytes, checksum: bc016b7b61ad66b4f4a8b88148fedd5d (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2011 / Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde / A busca por novas metodologias visando a substituição de métodos in vivo por métodos in vitro, vem ao longo dos anos se tornando um grande desafio cada vez maior entre pesquisadores e cientistas, em particular na área de controle de qualidade de produtos sujeitos à Vigilância Sanitária. No que se refere ao controle de qualidade de soros antiofídicos, o único ensaio preconizado pelas Farmacopéias oficiais para a detecção de contaminantes pirogênicos é o teste de pirogênio realizado em coelhos. Em nosso trabalho, dentre os diversos soros antiofídicos produzidos no Brasil, propusemos a validação da determinação de endotoxina no soro antibotrópico pelo método Quantitativo Cromogênico em Limulus (QCL-cinético). O ensaio de endotoxina bacteriana (LAL) pelo método QCL-cinético é específico para detecção de endotoxina de bactérias Gram negativas. A escolha do soro antibotrópico se deveu ao fato de ser a serpente do gênero Bothrops a maior causadora de acidentes ofídicos em nosso país e consequentemente o soro com maior freqüência de análises no Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS) para controle de sua qualidade. A validação do ensaio envolveu a determinação de parâmetros de desempenho exigidos pela ANVISA, FDA e USP. O coeficiente de correlação (r) da curva-padrão de endotoxina (E. coli 055: B5 Endotoxin), de 0.005 EU/mL a 50 EU/mL, em todos os experimentos, ficou entre -0,998 e -1,000; a recuperação da endotoxina adicionada à amostra (0,5 EU/mL) na diluição de trabalho (1:10) em todos os experimentos obedeceu ao critério de recuperação, ou seja, entre 50 a 200%. O coeficiente de variação (C.V. < 15%) no parâmetro de precisão nas 6 determinações foi de 12,6%; 5,6%; 9,6%; 13,8%; 9,9% e 11,4%. A exatidão (80 a 120%) nas 6 determinações apresentou os seguintes resultados: 103,1%; 103,1%, 110,5%; 114,3%; 103,7% e 90,7%. A concentração Limite de Endotoxina (CLE) para o soro antibotrópico a partir da validação passa a ser ≤ 2,9 EU/mL. / A busca por novas metodologias visando a substituição de métodos in vivo por métodos in vitro, vem ao longo dos anos se tornando um grande desafio cada vez maior entre pesquisadores e cientistas, em particular na área de controle de qualidade de produtos sujeitos à Vigilância Sanitária. No que se refere ao controle de qualidade de soros antiofídicos, o único ensaio preconizado pelas Farmacopéias oficiais para a detecção de contaminantes pirogênicos é o teste de pirogênio realizado em coelhos. Em nosso trabalho, dentre os diversos soros antiofídicos produzidos no Brasil, propusemos a validação da determinação de endotoxina no soro antibotrópico pelo método Quantitativo Cromogênico em Limulus (QCL-cinético). O ensaio de endotoxina bacteriana (LAL) pelo método QCL-cinético é específico para detecção de endotoxina de bactérias Gram negativas. A escolha do soro antibotrópico se deveu ao fato de ser a serpente do gênero Bothrops a maior causadora de acidentes ofídicos em nosso país e consequentemente o soro com maior freqüência de análises no Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS) para controle de sua qualidade. A validação do ensaio envolveu a determinação de parâmetros de desempenho exigidos pela ANVISA, FDA e USP. O coeficiente de correlação (r) da curva-padrão de endotoxina (E. coli 055: B5 Endotoxin), de 0.005 EU/mL a 50 EU/mL, em todos os experimentos, ficou entre -0,998 e -1,000; a recuperação da endotoxina adicionada à amostra (0,5 EU/mL) na diluição de trabalho (1:10) em todos os experimentos obedeceu ao critério de recuperação, ou seja, entre 50 a 200%. O coeficiente de variação (C.V. <15%) no parâmetro de precisão nas 6 determinações foi de 12,6%; 5,6%; 9,6%; 13,8%; 9,9% e 11,4%. A exatidão (80 a 120%) nas 6 determinações apresentou os seguintes resultados: 103,1%; 103,1%, 110,5%; 114,3%; 103,7% e 90,7%. A concentração Limite de Endotoxina (CLE) para o soro antibotrópico a partir da validação passa a ser ≤ 2,9 EU/mL. A metodologia foi considerada validada intralaboratorialmente após o cumprimento dos parâmetros de desempenho.

Page generated in 0.0385 seconds