• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 35
  • 1
  • Tagged with
  • 37
  • 29
  • 11
  • 8
  • 6
  • 5
  • 5
  • 5
  • 5
  • 5
  • 4
  • 4
  • 4
  • 3
  • 3
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Estudo sobre Acetilação da Isoniazida em Pacientes com Tuberculose Pulmonar e da sua Implicação na Redução ou Eliminação da Carga Bacilar no Escarro.

CHIABAI, M. J. 09 July 2013 (has links)
Made available in DSpace on 2016-08-29T15:34:54Z (GMT). No. of bitstreams: 1 tese_6639_Dissertação Versão Final - MJC.pdf: 4293081 bytes, checksum: fe22d24a5fc835a59369af97b0e8f1c1 (MD5) Previous issue date: 2013-07-09 / A N-acetiltransferase 2 é a principal enzima responsável pelo metabolismo e inativação da isoniazida no organismo humano. Mutações no gene NAT2 levam a 3 perfis genotípicos de acetilação que alteram os níveis séricos do fármaco: acetiladores lentos, intermediários e rápidos, o que pode alterar o desfecho terapêutico. O objetivo do estudo foi investigar se os diferentes perfis podem influenciar no tempo de negativação da cultura de escarro, e se existe correlação entre carga bacilar e gravidade da doença com tempo de conversão da cultura. A população de estudo foi composta por 62 pacientes, que tiveram seus DNAs sequenciados para identificação de mutações no gene NAT2 e seus perfis de acetilação determinados. A análise genotípica detectou 10 SNPs, sendo as mutações 341 T>C (39,65%) e 481 C>T (38,71%) as mais frequentes. A determinação das variantes alélicas identificou NAT2*5B (29,03%), NAT2*6A (23,39%) e NAT2*4 (24,19%) como os alelos mais frequentes e NAT2*5B/*5B como o genótipo mais frequente (20,4%). Dentre os 62 pacientes, foi possível correlacionar tempo de negativação da cultura e perfil de acetilação entre 43 deles, os quais 58,3% e 55,6% tiveram o genótipo lento com maior frequência no mês 1 e mês 3, respectivamente. Por meio de dados microbiológicos, a carga bacilar e a gravidade da doença também foram comparadas com o tempo de negativação, indicando que os pacientes com doença moderada ou avançada (76,7%) e aqueles com carga bacilar alta (60,4%) não tiveram associação estatística com o tempo de conversão da cultura. Por último, curvas de crescimento de isolados de M. tuberculosis de pacientes foram construídas para verificar possíveis diferenças na duração da fase lag entre os isolados, porém não foi observada diferença estatística entre elas. Com base nos resultados encontrados, verifica-se que não existe associação entre o perfil de acetilação do paciente, a carga bacilar, a gravidade da doença e o tempo de negativação da cultura de escarro.
2

Preparação e caracterização de materiais híbridos ferro-carbono e avaliação de suas propriedades catalíticas / Preparation and characterization of hybrid materials iron-carbon and evaluation of their catalytic properties

Vieira, Laís Helena e Sousa January 2016 (has links)
VIEIRA, Laís Helena e Sousa. Preparação e caracterização de materiais híbridos ferro-carbono e avaliação de suas propriedades catalíticas. 2016. 73 f. Dissertação (Mestrado em química)- Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2016. / Submitted by Elineudson Ribeiro (elineudsonr@gmail.com) on 2016-07-28T17:23:07Z No. of bitstreams: 1 2016_dis_lhsvieira.pdf: 2123891 bytes, checksum: da0ce124da9150e14a4fdae7482db7ed (MD5) / Approved for entry into archive by José Jairo Viana de Sousa (jairo@ufc.br) on 2016-08-02T14:37:49Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2016_dis_lhsvieira.pdf: 2123891 bytes, checksum: da0ce124da9150e14a4fdae7482db7ed (MD5) / Made available in DSpace on 2016-08-02T14:37:49Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2016_dis_lhsvieira.pdf: 2123891 bytes, checksum: da0ce124da9150e14a4fdae7482db7ed (MD5) Previous issue date: 2016 / The one pot hydrothermal carbonization method was used to prepare hybrid materials based on carbon and iron species. The as - prepared solids were appliedin glycerol acetylation with acetic acid reaction at 180 °C for 24 h. The glucose was used as carbon source whereas ferrous iron sulfate salt was the iron species precursor. The synthetized samples were labelled as xFe@C, being x the nominal iron (II) content in weight percentage (0, 1, 5, 10, 15 and 30 %wt). The hybrid materials were characterized through chemical composition, structure, morphology and texture, as well. X - ray diffraction (XRD) and Fourier transform infrared spectra (FTIR) techniques showed that the solids mostly amorphous had carboxylic acids and hydroxyls superficial functional groups. FTIR spectra exhibited band sassigned to be from carboxylic acids /carboxylate functional groups interacting with Fe2+/Fe3+species. SEM images indicated the formation of dense spheres possessing smooth surfaces with sizes varying from 1 to 7 μm. X-ray photoelectron spectroscopy confirmed the existence of the ionic Fe2+and Fe3+ species on the surface of the solids. The catalytic properties of the as - synthesized solids towards glycerol acetylation reaction with acetic acid were carried out using the following parameters: catalyst mass (25, 50, 75 and 100 mg), temperature (80, 100 and 120 °C) and the acetic acid/glycerol molar ratio (3:1, 6:1, 9:1). The solids possessing low iron content such as from 1Fe@C to 15Fe@C samples showed very low activity. On the other hand, increased iron contents as for 30Fe@C sample had a glycerol conversion of 20%. The main products o btained in the reaction were monoacetylglycerol (MAG), diacetylglycerol (DA G) and triacetylglycerol (TAG), being the byproducts formation negligible. The results obtained using the several parameters indicates that the catalyst performance depend ed on the amount of iron species, catalyst mass as well as the glycerol to acetic acid molar ratio. / O método de carbonização hidrotérmica em uma única etapa foi utilizado para preparar materiais híbridos à base de carbono e espécies de ferro Os sólidos como-preparados foram aplicados na reação de acetilação do glicerol com ácido acético a 180 °C durante 24 h A glicose foi usada como fonte de carbono enquanto o sal sulfato ferroso foi empregado como precursor das espécies de ferro. As reações foram conduzidas a 180 °C por 24 h As amostras preparadas foram denominadas de xFe@C, sendo x o teor nominal de ferro (II) em porcentagem de massa ( 0 1 5 10 15 30 % (m/m)) Os materiais foram caracterizados quanto à composição química estrutura, morfologia e textura As técnicas de difração de raios X (DRX) e a espectroscopia na região do infravermelho (FTIR) mostraram a formação de sólidos amorfos contendo grupos funcionais superficiais tais como ácidos carboxílicos e hidroxilas Os espectros de FTIR exibiram bandas assinaladas ao grupo ácido carboxílico/carboxilato os quais interagem com os íons Fe2+/Fe3+ As imagens de microscopia eletrônica de varredura dos materiais híbridos indicaram a formação de esferas densas com superfícies lisas de tamanhos da ordem de 1 – 7 µm A espectroscopia fotoelétrons excitados por raios X (XPS) confirmou a existência de espécies iônicas Fe2+ e Fe3+ na superfície do sólido A avaliação das propriedades catalíticas dos materiais na reação de acetilação de glicerol com ácido acético foi conduzida variando-se os seguintes parâmetros: massa do catalisador (25, 50, 75, 100 mg) temperatura (80 100 e 120 °C) bem como a razão molar de ácido acético/glicerol (3:1 6:1 9:1). As amostras que possuíam baixo teor de ferro tais como 1Fe@C a 15Fe@C apresentaram baixa atividade Por outro lado aumentando-se o teor de ferro tal como para a amostra 30Fe@C mostrou-se uma conversão de glicerol de 20% Os principais produtos formados nas reações envolvendo foram monoacetilglicerol (MAG) diacetiglicerol (DAG) e triacetilglicerol (TAG) de modo que formação de subprodutos foi negligenciada Assim com os resultados das variações dos parâmetros citados foi possível concluir que a atividade catalítica depende da quantidade de ferro e a massa de catalisador bem como a razão molar de glicerol/ácido acético.
3

Estudo das acetilações na histona H4 de Trypanosoma cruzi / Study of histone H4 acetylation in Trypanosoma cruzi

Nardelli, Sheila Cristina [UNIFESP] 28 July 2010 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2015-07-22T20:50:07Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2010-07-28 / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) / As histonas de Trypanosoma cruzi sao bastante divergentes quando comparadas aos demais eucariotos, principalmente na porcao N-terminal, onde ocorrem modificacoes pos traducionais, que sao reconhecidamente essenciais para o controle da expressao genica e da arquitetura da cromatina. Entre estas modificacoes estao as acetilacoes das lisinas 4, 10 e 14 da histona H4 (H4K4ac, H4K10ac e H4K14ac). Nesta tese mostramos que a H4K4ac, que e a modificacao mais abundante, esta enriquecida em areas de cromatina densamente compactada, enquanto H4K10ac e H4K14ac localizam-se em regioes de cromatina menos densa, preferencialmente na interface entre a eucromatina e a heterocromatina. H4K4ac diminui nas formas nao replicativas e H4K14ac H4K14ac aumenta durante G2 e mitose do ciclo de divisao celular das formas replicativas. H4K10ac e H4K14ac aumentam e H4K4ac diminui no reparo de quebras de dupla fita do DNA. Ao mesmo tempo a superexpressao da proteina TcRad51, essencial para o processo de reparo de DNA por recombinacao homologa causa aumento de H4K10ac e H4K14ac. Quando as lisinas 4, 10 e 14 sao substituidas separadamente por argininas (H4K4R, H4K10R e H4K14R) para evitar a acetilacao sao expressas, elas sao incorporadas na cromatina e diminuem os niveis de cada modificacao. A expressao de H4K4R tem uma distribuicao diferente das histonas endogenas e H4K14R causa diminuicao de crescimento, com celulas acumulando na fase de mitose. Os mutantes de H4K10 e H4K14 ainda apresentam maior mortalidade quando submetidos a radiacao ƒ× que causa quebra de dupla fita de DNA. Tambem mostramos que a proteina TcBDF2, uma proteina que contem bromodomineo, reconhece preferencialmente H4K10ac. A funcao da TcBD2 e desconhecida, mas verificamos que ela aumenta apos exposicao dos parasitas a luz UV, sugerindo que esteja participando no reparo de DNA. Esses dados juntos fornecem evidencias de que cada uma das acetilacoes da histona H4 tem um papel distinto no T. cruzi. A acetilacao em K4 estaria envolvida na montagem da xiii cromatina na fase de replicacao. Ja as modificacoes em K10 e K14 estariam envolvidas com processos especificos de remodelagem da cromatina durante os eventos de reparo e eventualmente transcricao do DNA. / The Trypanosoma cruzi histones are very distinct from other eukaryotes, mainly in the N-terminus, where post translational modifications occur, which are essential for gene expression regulation and chromatin architecture. Among these modifications we found that lysines 4, 10 and 14 of H4 histone are acetylated (H4K4ac, and H4K10ac H4K14ac). In this thesis we show that the H4K4ac, which is the most abundant modification, is enriched in densely packed chromatin, while H4K10ac and H4K14ac are located in less dense chromatin, preferentially at the interface between euchromatin and heterochromatin. H4K4ac decreases in trypomastigote, which is the infective and non-dividing form of the parasite whileH4K14ac increases during G2 and mitosis of the cell cycle in replicative forms. H4K10ac and H4K14ac increases during DNA repair of double stranded breaks while H4K4ac decreases after DNA damage. TcRad51, an essential protein in the homologous recombination pathway, when overexpressed, increases the H4K10ac and H4K14ac levels. When the lysines 4, 10 and 14 are individually replaced by arginine (H4K4R, H4K10R and H4K14R) to prevent the acetylation, they are still incorporated into chromatin and decrease the specific modification level. The H4K4R location is different from the endogenous H4K4ac and the H4K14R expression causes growth reduction, with cells accumulating in mitosis. Mutants H4K10R and H4K14R also have high mortality rates after ƒ× irradiation that causes DNA double-stranded breaks. We also showed that TcBDF2 protein contains a bromodomain that recognizes preferentially H4K10ac. Although the TcBD2 function is unknown, it is increased after UV light exposure, suggesting its involvement in DNA repair. These data together provide evidence that each H4 acetylation has a distinct role in T. cruzi. Probably K4 is involved in chromatin assembly during replication while K10 and K14 acetylation appears to be involved in chromatin remodelling during DNA repair and maybe DNA transcription. / TEDE / BV UNIFESP: Teses e dissertações
4

Alditol-profirinas o-acetiladas : modulação de regioquímica e grau de acetilação através do uso de lipases

Pereira, Marina Wagner January 2017 (has links)
Orientador : Profª. Drª. Alan Guilherme Gonçalves / Coorientadora : Profª. Drª. Sandra M. W. Barreira / Coorientadora : Profª. Drª. Stephanie Melissa Siu Ló / Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas. Defesa: Curitiba, 11/06/2016 / Inclui referências : f. [100-107] / Área de concentração: Insumos, medicamentos e correlatos / Resumo: Porfirinas são moléculas que constituem uma das principais classes de fotossensibilizadores, os quais têm utilização na clínica, especialmente na Terapia Fotodinâmica (TFD). O presente trabalho baseou-se na síntese quimioenzimática de glicoporfirinas (especificamente alditol-porfirinas) apresentando diferentes graus de O-acetilação da porção glicídica, bem como no controle regioquímico da introdução dos grupos O-acetila. Esta abordagem sintética pode proporcionar a melhoria das características fotofísicas destas moléculas, favorecendo a utilização das mesmas na TFD. No presente estudo, as reações de acetilação ou desacetilação química foram utilizadas para gerar glicoporfirinas completamente protegidas ou desprotegidas. Além disso, foram realizadas reações de acetilação ou desacetilação enzimática, através do uso da lipase imobilizada de Candida antarctica B (CAL-B, Novozym 435 ? Novozymes®), para geração de graus intermediários de acetilação. As reações de acetilação enzimática mostraram-se regiosseletivas, gerando uma única porfirina (diacetilada - posições 5 da porção glicídica) parcialmente acetilada. Já as reações de hidrólise enzimática originaram uma mistura de produtos, evidenciando uma baixa seletividade enzimática. As porfirinas sintetizadas neste trabalho foram: porfirina 5 (completamente acetilada, contendo dez grupamentos O-acetila); porfirina 6 (porfirina completamente desacetilada); porfirina 37 (contendo dois grupamentos O-acetila, regiosseletivamente inseridos nas hidroxilas primárias da porção glicídica). Também foi obtida uma mistura de porfirinas, contendo principalmente nove grupamentos O-acetila. As propriedades fotofísicas das porfirinas obtidas (fotoestabilidade e produção de 1O2) foram avaliadas, indicando que o grau de acetilação influencia significativamente estas propriedades. Palavras-chave: porfirina, glicoporfirina, reação enzimática. / Abstract: Porphyrins constitute one of the main classes of photosensitizers, which are used clinically in photodynamic therapy (PDT). The present study was based on the chemoenzymatic synthesis of glycoporphyrins (specifically alditol-porphyrins) in order to generate porphyrins having different degrees of O-acetylation of the glycidic moiety through regiochemical reactions. This approach can be considered a tool to obtain porphyrins with improved photophysical characteristics, favoring their usage in PDT. In the present study, chemical acylation and deacylation reactions were used to obtain completely protected or unprotected porphyrins, which served as starting materials for the enzymatic acylation reactions. The starting materials were then submitted to enzymatic acylation or deacylation using Candida antarctica lipase B (CAL-B, Novozym 435 - Novozymes®) for the generation of porphyrins having distinct degrees of acylation. Enzimatic acylation reactions showed regioselectivity, specifically originating a diacylated glycoporphyrin, while the enzymatic hydrolysis presented low regioselectivity, providing a porphyrin mixture. In sum, the porphyrins herein synthesize were: porphyrin 5 (completely acylated, with ten O-acyl groups); porphyrin 6 (completely deacylated); porphyrin 37 (with two O-acyl groups, placed at the primary hydroxyls of the sugar moiety). The mixture of porphyrins obtained through the deacylation reaction was predominantly compose by products with nine O-acyl groups. The photophysical properties of these compounds, including photostability evaluation and singlet oxygen production, were measured. It was found that the different acylation degrees shown by the porphyrins evaluated reflect into distinct photophysical properties. Key-words: porphyrin, glicoporphyrin, enzymatic reaction.
5

Acetilação Catalítica de Compostos PolIhidroxilados (Glicerina) com Obtenção de Ésteres de Glicerol

Lopes, Deyvid Victor de Morais 25 March 2015 (has links)
Submitted by Fabio Sobreira Campos da Costa (fabio.sobreira@ufpe.br) on 2015-05-12T14:04:11Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) dissertação-versão final- 06-05-14-Deyvid.pdf: 1918879 bytes, checksum: f515046dcca8d8938bacef3f71eefa2c (MD5) / Made available in DSpace on 2015-05-12T14:04:11Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) dissertação-versão final- 06-05-14-Deyvid.pdf: 1918879 bytes, checksum: f515046dcca8d8938bacef3f71eefa2c (MD5) Previous issue date: 2015-03-25 / Como parte do estudo sistemático do processo de acetilação catalítica do glicerol, visando à obtenção de produtos de interesse industrial, foram realizadas reações homogêneas com o anidrido acético, na molécula do glicerol em presença do catalisador acetato de sódio, solúveis no meio reacional. Experimentos realizados a 107ºC, 117ºC e 127ºC em reator de mistura (batelada) com refluxo sob pressão atmosférica, apresentaram rendimentos de até 90% em acetatos para tempos de operação realizados entre 30 e 150 minutos. Foi desenvolvida uma metodologia específica para o monitoramento analítico da reação a partir da avaliação do gradiente de eluição favorável a separação dos produtos, uma proporção de acetonitrila:água foi utilizada para a análise por cromatografia liquida de alta eficiência com detecção por índice de refração. Objetivando a quantificação do comportamento cinético destes grupos de reações, foram realizadas experiências com uma ativação prévia do anidrido acético em presença do catalisador com a adição posterior do glicerol. Um modelo cinético com base em mecanismo fenomenológico foi proposto no intuito da determinação da ordem de grandeza das constantes cinéticas de reação, apresentando um bom ajuste aos dados experimentais, com erro médio entre 3% a 4%.
6

Desenvolvimento e avaliação da tecnologia de produção de ésteres homogêneos de sacarídeos por acetilação catalítica

Romero Timóteo da Silva, Sílvio January 2007 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T18:06:52Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo7847_1.pdf: 2456746 bytes, checksum: 90f80c8e17f3c2af731f6e76ed93691d (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2007 / Como parte do estudo sistemático do processo de acetilação de sacarídeos, visando à obtenção de produtos de interesses industriais, realizou-se testes com monossacarídeos (glicose e frutose), dissacarídeos (sacarose). A sacarose compondo matéria prima abundante merece atenção especial como reagente de partida para acetilação em meio homogêneo. Em presença de catalisadores solúveis, acetato de sódio e hidróxido de sódio e do agente de acetilação, anidrido acético. Como produto principal das reações de acetilação da sacarose, o octacetato de sacarose, possuidor de propriedades características, indicando várias aplicações. O octaacetato de sacarose é usado tanto na construção de lâminas de vidro ou incorporado dentro das resinas sintéticas semelhantes como o octacetato de celulose, polimeriza como metacrilato de metila e acetato de polivinila, e entre outros usos para o octacetato de sacarose, prepara-se uma mistura de octacetato de sacarose, pentaacetato de glicose e tetraacetato de frutose produzida da acetilação catalítica da sacarose invertida, esta mistura tem gosto extremamente azedo, que como propriedade tem-se sugerido o uso como substituto para azedar e desnaturar o álcool, tendo se mostrado absolutamente inofensivo ao homem, outras aplicações o indicam como um dos ingredientes dos agentes de limpeza (detergentes) e em pequena quantidade compondo inseticidas. Objetivando a quantificação do comportamento cinético destes grupos de reações, em reator de mistura com refluxo à pressão atmosférica, apresentando hipóteses de modelo cinético com base em mecanismos específicos dos processos catalíticos homogêneos. Considerando a importância dos poliésteres de sacarose com as possíveis aplicações industriais: Estudou-se a síntese de poliésteres de sacarose utilizando catalisadores homogêneos xiii tradicionais, acetato de sódio, avaliando a influência de fatores na síntese do processo, com o desenvolvimento da modelagem cinética do processo de acetilação. Palavras Chaves: Acetilação catalítica, ésteres de sacarose, octacetato de sacaroseComo parte do estudo sistemático do processo de acetilação de sacarídeos, visando à obtenção de produtos de interesses industriais, realizou-se testes com monossacarídeos (glicose e frutose), dissacarídeos (sacarose). A sacarose compondo matéria prima abundante merece atenção especial como reagente de partida para acetilação em meio homogêneo. Em presença de catalisadores solúveis, acetato de sódio e hidróxido de sódio e do agente de acetilação, anidrido acético. Como produto principal das reações de acetilação da sacarose, o octacetato de sacarose, possuidor de propriedades características, indicando várias aplicações. O octaacetato de sacarose é usado tanto na construção de lâminas de vidro ou incorporado dentro das resinas sintéticas semelhantes como o octacetato de celulose, polimeriza como metacrilato de metila e acetato de polivinila, e entre outros usos para o octacetato de sacarose, prepara-se uma mistura de octacetato de sacarose, pentaacetato de glicose e tetraacetato de frutose produzida da acetilação catalítica da sacarose invertida, esta mistura tem gosto extremamente azedo, que como propriedade tem-se sugerido o uso como substituto para azedar e desnaturar o álcool, tendo se mostrado absolutamente inofensivo ao homem, outras aplicações o indicam como um dos ingredientes dos agentes de limpeza (detergentes) e em pequena quantidade compondo inseticidas. Objetivando a quantificação do comportamento cinético destes grupos de reações, em reator de mistura com refluxo à pressão atmosférica, apresentando hipóteses de modelo cinético com base em mecanismos específicos dos processos catalíticos homogêneos. Considerando a importância dos poliésteres de sacarose com as possíveis aplicações industriais: Estudou-se a síntese de poliésteres de sacarose utilizando catalisadores homogêneos xiii tradicionais, acetato de sódio, avaliando a influência de fatores na síntese do processo, com o desenvolvimento da modelagem cinética do processo de acetilação. Palavras Chaves: Acetilação catalítica, ésteres de sacarose, octacetato de sacaroseComo parte do estudo sistemático do processo de acetilação de sacarídeos, visando à obtenção de produtos de interesses industriais, realizou-se testes com monossacarídeos (glicose e frutose), dissacarídeos (sacarose). A sacarose compondo matéria prima abundante merece atenção especial como reagente de partida para acetilação em meio homogêneo. Em presença de catalisadores solúveis, acetato de sódio e hidróxido de sódio e do agente de acetilação, anidrido acético. Como produto principal das reações de acetilação da sacarose, o octacetato de sacarose, possuidor de propriedades características, indicando várias aplicações. O octaacetato de sacarose é usado tanto na construção de lâminas de vidro ou incorporado dentro das resinas sintéticas semelhantes como o octacetato de celulose, polimeriza como metacrilato de metila e acetato de polivinila, e entre outros usos para o octacetato de sacarose, prepara-se uma mistura de octacetato de sacarose, pentaacetato de glicose e tetraacetato de frutose produzida da acetilação catalítica da sacarose invertida, esta mistura tem gosto extremamente azedo, que como propriedade tem-se sugerido o uso como substituto para azedar e desnaturar o álcool, tendo se mostrado absolutamente inofensivo ao homem, outras aplicações o indicam como um dos ingredientes dos agentes de limpeza (detergentes) e em pequena quantidade compondo inseticidas. Objetivando a quantificação do comportamento cinético destes grupos de reações, em reator de mistura com refluxo à pressão atmosférica, apresentando hipóteses de modelo cinético com base em mecanismos específicos dos processos catalíticos homogêneos. Considerando a importância dos poliésteres de sacarose com as possíveis aplicações industriais: Estudou-se a síntese de poliésteres de sacarose utilizando catalisadores homogêneos xiii tradicionais, acetato de sódio, avaliando a influência de fatores na síntese do processo, com o desenvolvimento da modelagem cinética do processo de acetilação
7

Potencialização das atividades biológicas através de modificações estruturais do α-Bisabolol / Potentiation of the biological activities through structural modifications of ?-Bisabolol

Novaes, Leandro da Rocha 05 April 2013 (has links)
O (-)-?-bisabolol é um produto natural abundante na natureza, possui atividades biológicas reconhecidas, que o torna extremamente interessante para as indústrias de cosméticos e fármacos. Este trabalho tem como objetivo à preparação de novos compostos com possíveis aplicações biológicas, agregando valor ao produto natural. Durante as transformações procura-se trabalhar com metodologias ecologicamente corretas (Green Chemistry). O trabalho foi dividido em 4 (quatro) partes principais: oxidação, cicloadição, alquilação e acetilação. A oxidação alílica do (-)-?-bisabolol usando trióxido de cromo (CrO3) forneceu o Deodarone (tetraidro-2,2,6-trimetil-6-(4-metil-3-cicloexen-1-il)-4H-piran-4-ona) com 45,3% de rendimento. A cicloadição [1+2] entre diclorocarbeno e o (-)-?-bisabolol usando CETABr ou KF/Al2O3 originou o 4-(2,2-dicloro-3,3-dimetilciclopropil)-2- (7,7-dicloro-6-metilbiciclo[4.1.0]hept-3-il)-2-butanol com rendimentos de 92% e 97% respectivamente. A alquilação do álcool benzílico com o produto resultante da cicloadição gerou o 4-((2,2-bis(benzilóxi)-3,3-dimetilciclopropil)-2-(7,7- bis(benzilóxi))-6-metillbiciclo[4.1.0]heptan-3-il)butan-2-ol, o rendimento obtido foi de 92%. A epoxidação do (-)-?-bisabolol forneceu o Óxido de Bisabolol B: 1-metil- 1-[5-(4-metil-3-cicloexenil)tetraidro-2-furanil]etil álcool com rendimento de 30%. A acetilação do (-)-?-bisabolol utilizando DMAP ou ZnCl2 forneceu o 2-acetil-(S)-2- metil-2-((R)-4-metillciclohex-3-enil)hept-5-eno com rendimentos de 72,6% e 76,5% respectivamente. Os resultados obtidos foram bastante promissores e podem ser expandidos para trabalhar com outros grupos de moléculas com atividades biológicas. Todos os compostos foram caracterizados por RMN13C (apt). / The (-)-?-bisabolol is a natural product abundant in nature, it has recognized biological activities, which makes it very interesting for the cosmetic and pharmaceutical products. This work aims to prepare new compounds with potential biological applications, adding value to natural product. During the transformation we seek to work with eco-friendly methodologies (Green Chemistry). The work was divided into four (4) main parts: oxidation, cycloaddition, alkylation and acetylation. The allylic oxidation of (-)-?-bisabolol using chromium trioxide (CrO3) provided Deodarone (tetrahydro-2,2,6-trimethyl-6-(4-methyl-3- cicloexen-1-yl)-4H-pyran-4-one) with 45,3% yield. The cycloaddition [1+2] between dichlorocarbene and (-)-?-bisabolol using CETABr or KF/Al2O3 afforded the 4 - (2,2-dichloro-3 ,3-dimethylcyclopropyl) -2 - (7,7-dichloro-6-methylbicyclo [4.1.0] hept-3-yl)-2-butanol with yields of 92% and 97% respectively. Alkylation of benzyl alcohol with the product resulting from cycloaddition generated the 4-(2,2-bis (benzyloxi)-3,3-dimethylcyclopropil)-2-(7,7-bis(benzyloxi)) - 6 - methylbicycle[4.1.0] heptan-3-il)butan-2-ol, the yield was 92%. The epoxidation of (-)-?-bisabolol provided the Bisabolol Oxide B: 1-methyl-1-[5- (4-methyl-3-cicloexenil) tetrahydro- 2-furanyl] ethyl alcohol with yield of 30%. Acetylation of (-)-?-bisabolol using DMAP or ZnCl2 gave the 2-acetyl-(S)-2-methyl-2-((R)-4-metillciclohex-3-enyl) hept- 5-en with yields of 72,6% and 76,5% respectively. The results were very promising and can be expanded to work with others groups of molecules with biological activities. All compounds were characterized by RMN 13C (apt).
8

Estudo sobre acetilação da isoniazida em pacientes com tuberculose pulmonar e da sua implicação na redução ou eliminação da carga bacilar no escarro

Chiabai, Maria José 09 July 2013 (has links)
Submitted by Maykon Nascimento (maykon.albani@hotmail.com) on 2015-08-19T18:55:05Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 23148 bytes, checksum: 9da0b6dfac957114c6a7714714b86306 (MD5) Estudo sobre acetilacaoo da isoniazida em pacientes com Tuberculose pulmonar e da sua implicacao na reducao ou eliminacao da carga bacilar no escarro.pdf: 4242930 bytes, checksum: a16179fb880340385234f8f9fad6bdee (MD5) / Approved for entry into archive by Patricia Barros (patricia.barros@ufes.br) on 2015-08-20T16:11:14Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 23148 bytes, checksum: 9da0b6dfac957114c6a7714714b86306 (MD5) Estudo sobre acetilacaoo da isoniazida em pacientes com Tuberculose pulmonar e da sua implicacao na reducao ou eliminacao da carga bacilar no escarro.pdf: 4242930 bytes, checksum: a16179fb880340385234f8f9fad6bdee (MD5) / Made available in DSpace on 2015-08-20T16:11:14Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 23148 bytes, checksum: 9da0b6dfac957114c6a7714714b86306 (MD5) Estudo sobre acetilacaoo da isoniazida em pacientes com Tuberculose pulmonar e da sua implicacao na reducao ou eliminacao da carga bacilar no escarro.pdf: 4242930 bytes, checksum: a16179fb880340385234f8f9fad6bdee (MD5) Previous issue date: 2013 / A N-acetiltransferase 2 é a principal enzima responsável pelo metabolismo e inativação da isoniazida no organismo humano. Mutações no gene NAT2 levam a 3 perfis genotípicos de acetilação que alteram os níveis séricos do fármaco: acetiladores lentos, intermediários e rápidos, o que pode alterar o desfecho terapêutico. O objetivo do estudo foi investigar se os diferentes perfis podem influenciar no tempo de negativação da cultura de escarro, e se existe correlação entre carga bacilar e gravidade da doença com tempo de conversão da cultura. A população de estudo foi composta por 62 pacientes, que tiveram seus DNAs sequenciados para identificação de mutações no gene NAT2 e seus perfis de acetilação determinados. A análise genotípica detectou 10 SNPs, sendo as mutações 341 T>C (39,65%) e 481 C>T (38,71%) as mais frequentes. A determinação das variantes alélicas identificou NAT2*5B (29,03%), NAT2*6A (23,39%) e NAT2*4 (24,19%) como os alelos mais frequentes e NAT2*5B/*5B como o genótipo mais frequente (20,4%). Dentre os 62 pacientes, foi possível correlacionar tempo de negativação da cultura e perfil de acetilação entre 43 deles, os quais 58,3% e 55,6% tiveram o genótipo lento com maior frequência no mês 1 e mês 3, respectivamente. Por meio de dados microbiológicos, a carga bacilar e a gravidade da doença também foram comparadas com o tempo de negativação, indicando que os pacientes com doença moderada ou avançada (76,7%) e aqueles com carga bacilar alta (60,4%), não tiveram associação estatística com o tempo de conversão da cultura. Por último, curvas de crescimento de isolados de M. tuberculosis de pacientes foram construídas para verificar possíveis diferenças na duração da fase lag entre os isolados, porém não foi observada diferença estatística entre elas. Com base nos resultados encontrados, verifica-se que não existe associação entre o perfil de acetilação do paciente, a carga bacilar, a gravidade da doença e o tempo de negativação da cultura de escarro / N-acetyltransferase 2 is the main enzyme responsible for the metabolism and inactivation of isoniazid in humans. Mutations in the gene NAT2 lead to 3 profiles of acetylation genotype that modify serum levels of the drug: slow acetylators, intermediate and fast, which can change the therapeutic outcome. The aim of the study was to investigate whether different profiles can influence the time of negativation sputum culture, and if there is a correlation between bacterial load and disease severity with time to culture conversion. The study population comprised 62 patients who had their DNAs sequenced for identification of mutations in the gene NAT2 and to determine the acetylation. Genotypic analysis detected 10 SNPs, and SNPs 341 T>C (39.65%) and 481 C>T (38.71%) were the most frequent. The determination of allelic variants identified NAT2*5B (29.03%), NAT2*6A (23.39%) and NAT2*4 (24.19%) as alleles more frequent and NAT2*5B/5B as the most frequent genotype (20.4%). Among 62 patients, it was possible to correlate time of negative culture and acetylation profile of 43 them, which 58.3% and 55.6% had genotype slow with greater frequency in month 1 and months 3, respectively. Through microbiological data, the bacterial load and severity of disease were also compared with the time of negativation, indicating that patients with moderate or advanced disease (76.7%) and those with high bacterial load (60.4%) had no statistical association with the conversion time of culture. Finally, growth curves of strains of M. tuberculosis of patients were constructed to evaluate possible differences in the duration of the lag phase between the isolates, but there was no statistical difference between them. Based on these results, it is found that there is no association between the profile acetylation of the patient, bacterial load and the severity of the illness and the time of negative sputum cultures
9

Potencialização das atividades biológicas através de modificações estruturais do α-Bisabolol / Potentiation of the biological activities through structural modifications of ?-Bisabolol

Leandro da Rocha Novaes 05 April 2013 (has links)
O (-)-?-bisabolol é um produto natural abundante na natureza, possui atividades biológicas reconhecidas, que o torna extremamente interessante para as indústrias de cosméticos e fármacos. Este trabalho tem como objetivo à preparação de novos compostos com possíveis aplicações biológicas, agregando valor ao produto natural. Durante as transformações procura-se trabalhar com metodologias ecologicamente corretas (Green Chemistry). O trabalho foi dividido em 4 (quatro) partes principais: oxidação, cicloadição, alquilação e acetilação. A oxidação alílica do (-)-?-bisabolol usando trióxido de cromo (CrO3) forneceu o Deodarone (tetraidro-2,2,6-trimetil-6-(4-metil-3-cicloexen-1-il)-4H-piran-4-ona) com 45,3% de rendimento. A cicloadição [1+2] entre diclorocarbeno e o (-)-?-bisabolol usando CETABr ou KF/Al2O3 originou o 4-(2,2-dicloro-3,3-dimetilciclopropil)-2- (7,7-dicloro-6-metilbiciclo[4.1.0]hept-3-il)-2-butanol com rendimentos de 92% e 97% respectivamente. A alquilação do álcool benzílico com o produto resultante da cicloadição gerou o 4-((2,2-bis(benzilóxi)-3,3-dimetilciclopropil)-2-(7,7- bis(benzilóxi))-6-metillbiciclo[4.1.0]heptan-3-il)butan-2-ol, o rendimento obtido foi de 92%. A epoxidação do (-)-?-bisabolol forneceu o Óxido de Bisabolol B: 1-metil- 1-[5-(4-metil-3-cicloexenil)tetraidro-2-furanil]etil álcool com rendimento de 30%. A acetilação do (-)-?-bisabolol utilizando DMAP ou ZnCl2 forneceu o 2-acetil-(S)-2- metil-2-((R)-4-metillciclohex-3-enil)hept-5-eno com rendimentos de 72,6% e 76,5% respectivamente. Os resultados obtidos foram bastante promissores e podem ser expandidos para trabalhar com outros grupos de moléculas com atividades biológicas. Todos os compostos foram caracterizados por RMN13C (apt). / The (-)-?-bisabolol is a natural product abundant in nature, it has recognized biological activities, which makes it very interesting for the cosmetic and pharmaceutical products. This work aims to prepare new compounds with potential biological applications, adding value to natural product. During the transformation we seek to work with eco-friendly methodologies (Green Chemistry). The work was divided into four (4) main parts: oxidation, cycloaddition, alkylation and acetylation. The allylic oxidation of (-)-?-bisabolol using chromium trioxide (CrO3) provided Deodarone (tetrahydro-2,2,6-trimethyl-6-(4-methyl-3- cicloexen-1-yl)-4H-pyran-4-one) with 45,3% yield. The cycloaddition [1+2] between dichlorocarbene and (-)-?-bisabolol using CETABr or KF/Al2O3 afforded the 4 - (2,2-dichloro-3 ,3-dimethylcyclopropyl) -2 - (7,7-dichloro-6-methylbicyclo [4.1.0] hept-3-yl)-2-butanol with yields of 92% and 97% respectively. Alkylation of benzyl alcohol with the product resulting from cycloaddition generated the 4-(2,2-bis (benzyloxi)-3,3-dimethylcyclopropil)-2-(7,7-bis(benzyloxi)) - 6 - methylbicycle[4.1.0] heptan-3-il)butan-2-ol, the yield was 92%. The epoxidation of (-)-?-bisabolol provided the Bisabolol Oxide B: 1-methyl-1-[5- (4-methyl-3-cicloexenil) tetrahydro- 2-furanyl] ethyl alcohol with yield of 30%. Acetylation of (-)-?-bisabolol using DMAP or ZnCl2 gave the 2-acetyl-(S)-2-methyl-2-((R)-4-metillciclohex-3-enyl) hept- 5-en with yields of 72,6% and 76,5% respectively. The results were very promising and can be expanded to work with others groups of molecules with biological activities. All compounds were characterized by RMN 13C (apt).
10

Análise da acetilação de histona H3 e sua contribuição para a instabilidade genômica na leucoplasia oral e leucoplasia verrucosa proliferativa /

Barbeiro, Camila De Oliveira. January 2020 (has links)
Orientador: Andreia Bufalino / Resumo: As desordens potencialmente malignas orais (DPMOs) são apresentações clínicas que apresentam risco aumentado para o desenvolvimento de câncer na cavidade oral, seja ela uma lesão precursora definida ou mucosa clinicamente normal. Dentre as principais DPMOs, a leucoplasia oral (LO) se apresenta como uma placa branca não raspável de risco questionável, podendo ser homogênea ou não homogênea, cuja taxa de transformação maligna varia de 0,2% até 17,5%. Além disso, a LO apresenta os mesmos fatores de riscos que são observados no desenvolvimento de carcinoma espinocelular (CEC) oral, o qual é a principal neoplasia maligna que afeta a cavidade oral. Outra DPMO importante é a leucoplasia verrucosa proliferativa (LVP), a qual também se apresenta como uma placa branca não raspável, porém multifocal e possui um comportamento persistente e progressivo para malignidade, com taxa de transformação maligna de 70% até 100% dos casos. Diferente da LO, os fatores de risco como tabaco, álcool e noz de areca não parecem estar associados com o desenvolvimento da LVP. Adicionalmente, a LVP apresenta resposta inadequada a todas as modalidades de tratamento, sofre rápida disseminação pelos sítios orais e muitas vezes demonstra recorrência. Os graus de displasias identificados nas DPMOs são utilizados atualmente como preditores de risco para transformação maligna, no entanto diversos estudos têm mostrado que este não é um preditor fiel. Estudos recentes sugerem ainda que o infiltrado inflamatório asso... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: Oral potentially malignant disorders (OPMDs) are clinical presentations that present an increased risk of cancer development in the oral cavity, whether in a clinically definable precursor lesion or clinically normal oral mucosa. Among the main OPMDs, oral leukoplakia (OL) presents itself as a non-scratchable white plaque of questionable risk, which can be homogeneous or non-homogeneous, whose malignant transformation rate varies from 0.2% to 17.5%. In addition, OL has the same risk factors that are observed in the development of oral squamous cell carcinoma (OSCC), which is the main malignant neoplasm affecting the oral cavity. Another important OPMD is proliferative verrucous leukoplakia (PVL), which also presents itself as a white, non-scratchable, but multifocal plaque and has a persistent and progressive behavior for malignancy, with a malignant transformation rate of 70% to 100% of the cases. Unlike OL, risk factors such as tobacco, alcohol and areca nut do not appear to be associated with the development of PVL. Additionally, PVL has a poor response to all treatment modalities, suffers rapid dissemination through oral sites and often shows recurrence. The degree of epithelial dysplasia identified in OPMDs is currently used as a risk predictor for malignant transformation, however several studies have shown that it is not a reliable predictor. Recent studies also suggest that the inflammatory infiltrate associated with OPMD may be due to its etiology and clinical compor... (Complete abstract click electronic access below) / Mestre

Page generated in 0.0453 seconds