• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 2503
  • 27
  • 13
  • 12
  • 12
  • 11
  • 9
  • 8
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 2
  • 2
  • 2
  • Tagged with
  • 2604
  • 616
  • 311
  • 310
  • 293
  • 291
  • 267
  • 258
  • 247
  • 223
  • 184
  • 183
  • 182
  • 171
  • 161
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Avaliação dos impactos econômicos do potencial de desenvolvimento da mitilicultura no município de Ubatuba-SP /

Gelli, Valéria Cress. January 2007 (has links)
Orientador: Maria Inez Espagnoli Geraldo Martins / Banca: José Jorge Gebara / Banca: João Batista Kochenborger Fernandes / Resumo: A maricultura vem sendo desenvolvida no litoral de Ubatuba-SP de uma forma organizada, responsável e sustentada, porém está desestimulada ¬pela morosidade no processo de regularização. Através de entrevistas aplicadas foi possível caracterizar a mitilicultura. O município conta com 53 produtores, distribuídos em 16 praias, do mexilhão Perna perna e destes, 11 produzem experimentalmente a vieira Nodipecten nodosus. O sistema de cultivo adotado no município é em espinhei ou "Iong line" sendo que todos os mitilicultores foram capacitados pelo Instituto de Pesca da Agência Paulista Tecnológica dos Agronegócios da Secretaria Estadual de Agricultura e Abastecimento. Os principais entraves da atividade são: sementes, mão de obra especializada, roubo, local de manipulação em terra, acesso ao crédito, certificação sanitária do produto, regularização das áreas e obtenção do certificado de aqüicultor. O ordenamento da atividade em nível federal, estadual e municipal é recente e de difícil aplicação. O espaço destinado à implantação da aqüicultura de baixo impacto é de 2000m2 de lâmina de água para produção do mexilhão P. perna, porém nenhum produtor utiliza totalmente esta área. Por este motivo, utilizou-se os dados de questionários aplicados para a caracterização da tecnologia, produção e mercado e foi prospectada a ocupação total desta fazenda. A avaliação econômica desta situação apresentou-se economicamente viável com período de recuperação de capital de 3,35 anos, período recuperação de capital econômico de 4,17 anos, valor presente líquido de R$ 72.589,20, relação beneficio custo de 2,38, taxa interna de retorno de 29% por ano e custo operacional total de R$ l,42/kg . O número de 78 áreas aquícolas de baixo impacto para a implantação da maricultura foi estimado utilizando-se os dados dos pontos demarcados por Gelli e Marques...(Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: Mariculture has been developed in an organized, responsible and sustainable way on the coast of Ubatuba, São Paulo State. However, it is hindered by the slowness of the legalization processo Through interviews it has been possible to characterize the mariculture. The municipality has 53 mussel (Perna Perna) farmers distributed along 16 beaches, 11 of whom experimentally farm the scallop Nodipecten nodosus.The long-line farming system has been adopted here, and ali the mitili farmers have been trained by the Fishing Institute of the State Secretary for Agriculture/s Paulista Technology Agency. The main impediments to the activity are seed, specialized manual labor, theft, areas where soi! is moved, access to credit, hygiene certification of the product, legalization of areas, and obtaining a farming certificate.. Regulation of the activity at federal, state and municipal levels is recent and therefore difficult to apply. The surface area of water assigned for low impact aquaculture is 2,000 m2 for the production of the mussel P. perna. However, none of the farmers use this total area. For this reason data from questionnaires on the characterization of technology, production and market was used, based on using the whole area of this farm. Under these conditions it showed itself to be economically viable, with a payback period in 3.35 years, payback period economic in 4.17 years, a net present value of R$ 72,589.20, a benefit-cost ratio of 2.38, an internal return rate of 29% per year, and a total operational cost of R$ 1.42. The number of 78 low-impact areas for establishing aquaculture was estimated using demarcation data points by Gelli and Marques (2001), and th€ practical experience of fishermen and mussel farmers from specific meetings held for this purpose. Thus, in the first phase of implementation of the planned activity, 390 jobs could be created in the municipality ...(Complete abstract, click electronic access below) / Mestre
2

Fontes alternativas de volumosos na dieta de ovinos

Menezes, Adriana Morato de 12 December 2009 (has links)
Dissertação (mestrado)—Unversidade de Brasília, Faculdade Agronomia e Medicina Veterinária, 2009. / Submitted by Thaíza da Silva Santos (thaiza28@hotmail.com) on 2011-02-11T21:55:39Z No. of bitstreams: 1 2009_AdrianaMoratodeMenezes.pdf: 1720084 bytes, checksum: 94305e2e5936411a090a11a50705eeae (MD5) / Approved for entry into archive by Daniel Ribeiro(daniel@bce.unb.br) on 2011-02-16T00:31:36Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2009_AdrianaMoratodeMenezes.pdf: 1720084 bytes, checksum: 94305e2e5936411a090a11a50705eeae (MD5) / Made available in DSpace on 2011-02-16T00:31:36Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2009_AdrianaMoratodeMenezes.pdf: 1720084 bytes, checksum: 94305e2e5936411a090a11a50705eeae (MD5) / O objetivo deste estudo foi avaliar o desempenho, biometria e ultrassonografia in vivo, bem como características quantitativas e não constituintes da carcaça de cordeiras alimentadas com diferentes fontes de volumoso. Foram usadas 24 cordeiras Santa Inês confinadas, com 6 meses de idade e peso médio de 26,35±0,20 kg distribuídos em delineamento inteiramente ao acaso. As rações continham feno de coast-cross (FCC), feno da parte aérea de mandioca (PAM), subproduto da lavoura de ervilha desidratado (ERV) e saccharina (SAC). As borregas foram alimentadas com dietas isoprotéicas e isoenergéticas, com proporções fixas de volumoso (60%) e de concentrado (40%). Os animais foram adaptados a dieta e as instalações por 7 dias. As borregas ficaram confinadas por 45 dias, em baias individuais, onde foram pesadas e realizada a biometria no inicio do experimento e depois foram pesadas e medidas a cada 15 dias, o controle do consumo de alimento foi feito três vezes por semana. Os animais foram submetidos a um período de jejum alimentar de 24 horas antes do abate. As meias carcaças direitas foram pesadas e seccionadas em cortes comerciais: costela, lombo, paleta, fralda, pescoço e pernil, que foram pesadas individualmente. Apesar do baixo desempenho, os animais ganharam peso e mantiveram com alto escore corporal na época de escassez de alimento. As dietas apresentaram diferenças para ganho médio de peso e consumo. A SAC foi melhor que os demais tratamentos. As medidas biométricas não foram diferentes entre os tratamentos, possivelmente pela homogeneidade dos animais. Os animais no tratamento ERV obtiveram peso de carcaça quente (14,36 kg) e fria (14,01 kg) superiores, peso de pernil, fralda, pescoço, vísceras torácicas fígado e perímetro de pernil. O subproduto de ervilha apresentou melhores resultados juntamente com a saccharina podendo substituir volumosos tradicionais. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The aim of this study was to evaluate performance, biometrics and in vivo ultrasound measurements as well as carcass and non-carcass constituents of lambs fed with different sources of forage. Twenty four, six month old Santa Inês female lambs were randomly allocated to four experimental diets and housed in individual stalls. They weighed on average 26,35±0,20 kg. The diets were Coast cross hay (FCC), Cassava hay (PAM), dehydrated subproduct of pea crop (ERV) and Saccharine (SAC). The diets were isoproteic and isoenergetic with fixed levels of forage (60%) and concentrate (40%). Diet adaptation was 7 days with 45 days on experiment. Weighing and bioemtric measurements were taken every fortnight and diet consumption three times a week. At the end of the experiment the animals underwent a 24 fast and slaughtered. Half carcasses were separated in commercial cuts and weighed. Although performance was low animals on all diets gained weight and maintained body score in a period of feed shortage. Biometic measurements were not different (P>0,05) between treatments, due to the animals being homogeneous. Animals on different diets showed different weight gains and diet consumption, animals on SAC showing the best performance. Animals on ERV had heaviest hot (14.36 kg) and cold (14.01 kg) carcasses, as well as leg, rib, neck, thoracic viscera and liver weights as well as leg perimeter. Pea subproduct and saccharine can substitute traditional forages during the dry season with animals.
3

Desempenho e consumo voluntário de borregas em sistema de integração lavoura-pecuária na seca / Performance and voluntary intake of ewe lambs in integrated crop livestock systems during the dry season

Macedo, Brummel Assunção Oliver 24 May 2011 (has links)
Tese (doutorado)–Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, 2009 / Submitted by Washington da Silva Chagas (washington@bce.unb.br) on 2011-03-18T16:44:52Z No. of bitstreams: 1 2009_BrummelAssuncaoOliverMacedo.pdf: 64057546 bytes, checksum: 358acb93528ae7ffec82345075e5b766 (MD5) / Rejected by Daniel Ribeiro(daniel@bce.unb.br), reason: O arquivo pdf não abre, diz estar danificado. on 2011-03-19T17:52:40Z (GMT) / Submitted by Washington da Silva Chagas (washington@bce.unb.br) on 2011-04-05T23:36:57Z No. of bitstreams: 1 2009_BrummelAssuncaoOliverMacedo.pdf: 64057546 bytes, checksum: 358acb93528ae7ffec82345075e5b766 (MD5) / Rejected by Daniel Ribeiro(daniel@bce.unb.br), reason: Arquivo pdf danificado. on 2011-04-06T01:02:23Z (GMT) / Submitted by Washington da Silva Chagas (washington@bce.unb.br) on 2011-04-06T23:55:36Z No. of bitstreams: 1 2009_BrummelAssuncaoOliverMacedo.pdf: 64057546 bytes, checksum: 358acb93528ae7ffec82345075e5b766 (MD5) / Rejected by Daniel Ribeiro(daniel@bce.unb.br), reason: Arquivo PDF danificado. Rever. on 2011-04-11T23:47:26Z (GMT) / Submitted by Washington da Silva Chagas (washington@bce.unb.br) on 2011-04-18T22:28:39Z No. of bitstreams: 1 2009_BrummelAssuncaoOliverMacedo.pdf: 64057546 bytes, checksum: 358acb93528ae7ffec82345075e5b766 (MD5) / Approved for entry into archive by Patrícia Nunes da Silva(patricia@bce.unb.br) on 2011-05-24T16:59:33Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2009_BrummelAssuncaoOliverMacedo.pdf: 64057546 bytes, checksum: 358acb93528ae7ffec82345075e5b766 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-05-24T16:59:33Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2009_BrummelAssuncaoOliverMacedo.pdf: 64057546 bytes, checksum: 358acb93528ae7ffec82345075e5b766 (MD5) / O objetivo do trabalho foi avaliar o desempenho de borregas a pasto, no período seco, submetidas aos seguintes tratamentos: 1- Brachiaria humidicola estabelecida com milho; 2- Brachiaria humidicola diferida; 3- Panicum maximum cv aruana estabelecido com milho; 4- Panicum maximum cv. aruana diferido. Foram utilizadas 32 borregas mestiças Santa Inês x Ille de France, com idade entre três e seis meses e peso médio inicial de 22±4,47 kg. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado com 32 parcelas e duas repetições por tratamentos. A produtividade do milho em grão foi estimada em 5,9 ± 1,1 t/ha no plantio com B.humidicola e 4,1 ± 0,7 t/ha no plantio com Panicum maximum cv aruana. A estimativa de produção de silagem ficou em 33,8 ± 6,0 t/ha (matéria natural) para a área estabelecida com B. humidicola e 31,3 ± 6,0 t/ha para o tratamento P. maximum cv aruana. Não houve diferença entre os tratamentos (P>0,05) quanto os teores de proteína bruta, fibra em detergente neutro e fibra em detergente ácido, durante todo o período experimental. A disponibilidade média de matéria seca no pré-pastejo foi de 3191, 3562, 3048 e 6565 kg/ha para os tratamentos, Brachiaria humidicola estabelecida com milho, Brachiaria humudicola diferida, Panicum maximum estabelecido com milho e Panicum maximum diferido, respectivamente. O ganho de peso médio diário das borregas foi de 108,5 ± 28,94; 38,5 ± 18,90; 89,5 ± 30,40 e 37,4 ± 4,58 g/dia, para os tratamentos braquiaria com milho, braquiaria diferida, aruana com milho e aruana diferido, respectivamente. Sendo que os tratamentos estabelecidos com milho apresentaram melhores desempenhos do que os diferidos (P<0,05). Não houve diferença significativa para o consumo voluntário (P>0,05) que em média foi de 591,8 ± 175,44 gMS/animal/dia. A digestibilidade da matéria seca para o tratamento braquiária humidicula estabelecida com milho e diferida foram de 43,7 ± 9,2 e 44,9 ± 6,9 %, respectivamente e para os tratamento aruana estabelecido com milho e aruana diferido foram de 51,1 ± 8,45 e 37,4 ± 4,58, respectivamente. Sendo que o tratamento aruana estabelecido com milho apresentou maior digestibilidade da matéria seca que o tratamento diferido, sendo sua digestibilidade semelhante aos tratamentos com braquiaria (P<0,05). O sistema de integração lavoura-pecuária proporcionou. maiores ganhos de peso entre as borregas no período da seca e não houve aumento das enzimas séricas (GGT e AST) durante o período experimental. ______________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The objective of the study was to evaluate the performance of lambs at pasture, during the dry season. The following treatments were used: 1- Brachiaria humidicola with corn, 2- deferred Brachiaria humidicola, 3-Panicum maximum cv aruana with corn, 4- deferred Panicum maximum cv aruana. Thirty two crossbred Santa Inês x Ille de France ewe lambs aged between three to six months and weighing 22 ± 4.47 kg. The experimental design was completely randomized with two replicates per treatment. Each pasture held four animals and eigth pastures for each treatments were used. The corn grain yield was 5.9 ± 1.1 t/ha cultivated with Brachiaria humidicola and 4.1 ± 0.7 t/ha cultivated with Panicum maximum cv aruana. The yield of silage was 33.8 ± 6.0 t/ha (natural state) for Brachiaria humidicola and 31.3± 6.0 t/ha for Panicum maximum cv aruana. There was no difference between the treatments (P > 0.05) in terms of crude protein (CP), neutral detergent fiber (NDF) and acid detergent fiber (ADF), over the experiment. The availability of dry matter before grazing was 3191, 3562, 3048, 6565 kg/ha for the treatments : Brachiaria humidicola with corn, deferred Brachiaria humidicola, Panicum maximum cv aruana with corn and deferred Panicum maximum cv aruana, respectively. The daily weight gain for the ewes lambs was 108.5 ± 28.94; 38.5 ± 18.90; 89.5 ± 30.40 e 37.4 ± 4.58 g/day for the treatments: Brachiaria humidicola with corn, deferred Brachiaria humidicola, Panicum maximum cv aruana with corn and deferred Panicum maximum cv aruana, respectively. The treatments with corn improved performance compared to the deferred treatments (P<0.05). No significant differences were found between treatments for voluntary intake (P>0.05). The average being 591.8 ± 175.44 g DM/animal/day. The dry matter digestibility for Brachiaria humidicola with corn and deferred was 43.7 ± 9.2 and 44.9 ± 6.9 %, for Panicum maximum cv aruana with corn and with out corn was 51.1 ± 8.45 and 37.4 ± 4,58 %. The treatment Panicum maximum cv aruana showed a higher digestibility compared with deferred Panicum, and it digestibility did not differ of Brachiaria (P<0.05). Integrated system showed higher weight gain in ewe lambs during the dry season and the serum level of hepatic enzymes did not increase over the experimental period.
4

Toxicidade do efluente de uma fazenda de cultivo de camarão marinho Litopanaeus vannamei e do metabissulfito de sódio em juvenis de Mysidopsis juniae.

Aragão, Janise Sales January 2006 (has links)
ARAGÃO, J. S. Toxicidade do efluente de uma fazenda de cultivo de camarão marinho Litopanaeus vannamei e do metabissulfito de sódio em juvenis de Mysidopsis juniae. 2006. 74 f. : Dissertação (Mestrado em Ciências Marinhas Tropicais) - Universidade Federal do Ceará, Instituto de Ciências do Mar, Fortaleza, 2006. / Submitted by Solange Gomes (solagom@yahoo.com.br) on 2013-06-10T16:41:53Z No. of bitstreams: 1 2006_dis_saragão.pdf: 482603 bytes, checksum: 7e6218dee3cbb622d1e47cf448bc6529 (MD5) / Approved for entry into archive by Nadsa Cid(nadsa@ufc.br) on 2013-07-15T17:36:17Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2006_dis_saragão.pdf: 482603 bytes, checksum: 7e6218dee3cbb622d1e47cf448bc6529 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-07-15T17:36:17Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2006_dis_saragão.pdf: 482603 bytes, checksum: 7e6218dee3cbb622d1e47cf448bc6529 (MD5) Previous issue date: 2006 / Shrimp represents the most important aquaculture product in many countries. However there are considerable ecological costs associated with this activity and the introduction of effluents into receiving water without any treatment have attracted considerable attention. These effluents contained organic matter, nitrate, nitrite, phosphates and other substances that could be considered as potent contaminants, such as the sodium metabisulphite used to prevent the melanosis during harvesting phase. The aim of the present work was to evaluate the toxicity of water samples collected at the supplying and draining composite facilities from a Litopenaeus vannamei shrimp farm using the acute toxicity test with Mysidopsis juniae, and also to evaluated sodi um metabisulphite toxicity using the same assay. The ecotoxiclogical analyses were performed in accordance to standardized methods (CETESB L5.251 from may, 1992). It was conducted 8 water collections on april, june, july, november and december 2005, and january and february, 2006 at both the supplying and draining composite facilities. The tested concentrations from these effluents were 6.25, 12.5, 25, 50 and 100%. Despites the evaluation of sodium metabisulp hite toxicity itself, the reduction of this toxicity by aeration in the presence and absence of Ca(OH)2 during 24 hours was also assessed at sodium metabisulphite concentrations of 10, 30, 100, 300 and 1000 mg/L. The results showed measurable toxicity only in one sample from the supplying composite (LC 50 of 82.49% on 02/16/06), while for the draining composite four among eight tested samples were considered toxic with LC 50 ranging from less than 6.25% on 04/14/05 to 100% on 01/17/06. A water sample collected at the harvesting tank containing sodium metabisulphite led all tested organism to death immediately after exposition at all tested concentrations, and it was not possible to determine its LC 50 (less than 6.25%). The LC 50 for sodium metabisulphite fresh solution was 38.2 ± 4.7mg/L. After 24 hours, the toxicity was not altered both in the absence or in the presence of Ca(OH) 2, and the obtained LC 50 were 36.8 ± 5.6 mg/L and 44.4 ± 3.2. mg/L, respectively. When the metabisulphite solution was aerated, the toxicity was reduced by three times (LC 50 of 150.7 ± 8.5 mg/L). The addition of Ca(OH) 2 in the presence of aeration e liminated the toxicity in three out of five experiments, and in the remaining two experiments, the toxicity was significantly reduced, and the obtained LC 50 were 209.8 and 669.4 mg/L. Thus, present data showed that the toxicity in the draining composite was increased, what suggested a contaminants load from the shrimp farm. However this contamination is quite variable and occasional. On the other hand, M. juniae was very sensitive to sodium metabisulphite when compared to other described crustaceans, and moreover the addition of Ca(OH) 2 to sodium metabisulphite solution in the presence of aeration for 24 hours partially removed its toxicity. / O camarão é o produto mais importante do setor pesqueiro mundial. Uma das grandes preocupações dos impactos negativos desta atividade está relacionada com a descarga dos efluentes dos viveiros diretamente no ambiente sem nenhum tipo de tratamento. Esses efluentes possuem matéria orgânica, nitrito, nitrato, fosfatos e outras substâncias que podem ser consideradas contaminantes potenciais, como o metabissulfito de sódio usado para evitar a ocorrência de melanose no camarão logo após a despesca. O objetivo desse trabalho foi avaliar a toxicidade de amostras de água no sistema de abastecimento e de drenagem de uma fazenda de cultivo de camarão marinho Litopenaeus vannamei utilizando o teste de toxicidade aguda com Mysidopsis juniae, além da toxicidade do metabissulfito de sódio no mesmo bioensaio. A metodologia utilizada foi modificada da norma L5.251 de 1992, descrita pela CETESB. Foram realizadas 8 coletas nos meses de abril, junho, julho, novembro e dezembro de 2005 e janeiro e fevereiro de 2006 na comporta de abastecimento e drenagem da fazenda. As concentrações testadas foram de 6,25; 12,5; 25; 50 e 100%. Além da toxicidade do metabissulfito de sódio, foi avaliada também a redução da toxicidade desse composto após 24 horas do preparo com e sem aeração, na presença e na ausência de Ca(OH)2, cujas concentrações foram 10, 30, 100, 300 e 1000 mg/L. Os resultados mostraram toxicidade em apenas uma das amostras do abastecimento (CL50 de 82,49% para o dia 16/02/06), enquanto que na drenagem, foi observada toxicidade em 4 das 8 amostras testadas (CL50 variando de < 6,25% para o dia 14/04/05 a 100% para o dia 17/01/06). A amostra coletada no tanque de metabissulfito de sódio causou letalidade em todos os indivíduos em todas as concentrações testadas imediatamente após a sua adição, não sendo possível, portanto, calcular sua CL 50, que foi menor que a menor concentração testada (6,25%). Já para o metabissulfito de sódio a CL50 foi de 38,2 ± 4,7 mg/L. Após 24 horas de preparo, a toxicidade do composto não sofreu alteração tanto na ausência (CL50 = 36,8 ± 5,6 mg/L) quanto na presença de Ca(OH)2 (CL50 = 44,4 ± 3,2 g/L). Já na presença da aeração, essa toxicidade foi reduzida (CL50 = 150,7 ± 8,5mg/L). quando os tratamentos foram concomitantes, aeração na presença de Ca(OH) 2, não observou-se toxicidade em três dos cinco experimentos realizados. Enquanto que nos dois experimentos, onde foi possível calcular a CL50, esses valores foram de 209,8 e 669,4 mg/L, o que indica uma acentuada redução da toxicidade deste composto. Sendo assim, os resultados sugerem um aumento de toxicidade na drenagem, apesar desta toxicidade ter sido bastante variável e ocasional. Quanto ao metabissulfito de sódio, pode-se concluir que o M. juniae mostrou-se bastante sensível a esse composto quando comparado a outros crustáceos e que o tratamento químico através da adição de Ca(OH) 2 na presença de aeração foi parcialmente eficiente na remoção da toxicidade.
5

Das instabilidades da música: o que vem de fora na composição musical

André Silva Pereira de Oliveira Ribeiro 27 April 2012 (has links)
O objetivo deste trabalho é criar possibilidades para o que o vem de fora da composição musical seja um plano de criação em que se convive lado-a-lado uma sensibilidade artística e um pensamento em pleno estado de criação. O exame das circunstâncias em que se dá este pensamento vem por meio de um percurso, diremos, um tanto errático, onde se pretende por em relevo as forças que afetam a nossa sensibilidade, nossas criações, e que por assim dizer, tornam o pensamento um fluxo criativo. Tentamos entrever alguns momentos relativos a sua formação e papel nos processos criativos composicionais. Com efeito, o pensamento enquanto parte de um plano de criação será sempre um pensamento que se constrói por um fora, de onde opera ligações com o universo sonoro e, assim, dá consistência às nossas ideias musicais. Mas, ele não o faz sem algum esforço ou sem o reconhecimento das instabilidades que o permeiam e determinam sua natureza um tanto instável. Assim, por último, o que se constrói aqui é um pensamento das instabilidades da música. / The objective of this work is to create possibilities for what comes out of the musical composition that to be a plan of creation in which it lives side by side an artistic sensibility and thought in a full state of creation. The examination of the circumstances in which occurs this thought comes through a journey, shall we say, somewhat erratic, which aims to bring into relief the forces that affect our sensitivity, our creations, and as it were, become a thought creative flow. We try to discern a few moments in what concerns its constitution and role in the compositional processes. Indeed, the thought as part of a plan of creation is always thought that is constructed by an outside, where it operates connections with the universe of sound and thus gives consistency to our musical ideas. But he does so without any effort or without recognition of the instabilities that underlies and determines its nature somewhat unstable. So, finally, what is built here is a thought of the instabilities in the music.
6

Das instabilidades da música: o que vem de fora na composição musical

Ribeiro, André Silva Pereira de Oliveira 27 April 2012 (has links)
O objetivo deste trabalho é criar possibilidades para o que o vem de fora da composição musical seja um plano de criação em que se convive lado-a-lado uma sensibilidade artística e um pensamento em pleno estado de criação. O exame das circunstâncias em que se dá este pensamento vem por meio de um percurso, diremos, um tanto errático, onde se pretende por em relevo as forças que afetam a nossa sensibilidade, nossas criações, e que por assim dizer, tornam o pensamento um fluxo criativo. Tentamos entrever alguns momentos relativos a sua formação e papel nos processos criativos composicionais. Com efeito, o pensamento enquanto parte de um plano de criação será sempre um pensamento que se constrói por um fora, de onde opera ligações com o universo sonoro e, assim, dá consistência às nossas ideias musicais. Mas, ele não o faz sem algum esforço ou sem o reconhecimento das instabilidades que o permeiam e determinam sua natureza um tanto instável. Assim, por último, o que se constrói aqui é um pensamento das instabilidades da música. / The objective of this work is to create possibilities for what comes out of the musical composition that to be a plan of creation in which it lives side by side an artistic sensibility and thought in a full state of creation. The examination of the circumstances in which occurs this thought comes through a journey, shall we say, somewhat erratic, which aims to bring into relief the forces that affect our sensitivity, our creations, and as it were, become a thought creative flow. We try to discern a few moments in what concerns its constitution and role in the compositional processes. Indeed, the thought as part of a plan of creation is always thought that is constructed by an outside, where it operates connections with the universe of sound and thus gives consistency to our musical ideas. But he does so without any effort or without recognition of the instabilities that underlies and determines its nature somewhat unstable. So, finally, what is built here is a thought of the instabilities in the music.
7

Macro e micropatógenos em mexilhões Perna perna (Linnaeus, 1758) e implicações na mitilicultura catarinense

Schaefer, Ana Lúcia Carneiro January 2015 (has links)
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Aquicultura, Florianópolis, 2015. / Made available in DSpace on 2016-01-15T14:48:29Z (GMT). No. of bitstreams: 1 336714.pdf: 2973331 bytes, checksum: caef325de6eef5128af12261f4ca8afb (MD5) Previous issue date: 2015 / O incremento da mitilicultura catarinense gerou a necessidade da identificação dos patógenos que acometem o cultivo de Perna perna nos municípios de Palhoça, Florianópolis, Governador Celso Ramos e Penha. Durante o período de julho de 2010 a junho de 2011 foram coletados 720 animais em cada local de cultivo, totalizando 2.880 mexilhões. Do total coletado, a metade (1.440) foi observada ao estereomicroscópio onde foram realizadas as coletas do turbelário Urastoma cyprinae e dos copépodes Pseudomyicola spinosus e Monstrilla sp., que após serem tratados através dos protocolos de Microscopia Eletrônica de Varredura e clarificação com Polyvinil-Lactophenol foram medidos e fotografados ao microscópio de contraste diferencial de fase (DIC) e tratados para histologia de cortes seriados, que auxiliaram nas identificações das espécies e gênero. Os outros mexilhões (1.440) tiveram seus tecidos processados conforme os protocolos de Histologia Clássica e da OIE: Monocamadas de hemócitos, Imprint e Cultivo em Meio de Tioglicolato de Ray. Através das análises dos cortes histológicos foi identificada a presença dos protozoários Ancistrocoma sp. e Nematopsis sp. e dos metazoários Tylocephalum sp., Urastoma cyprinae, Pseudomyicola spinosus, Monstrilla sp. e Bucephalus margaritae, já através dos protocolos da OIE, foi verificado que as doenças de notificação obrigatória não estão presentes nos cultivos de mexilhão de Santa Catarina. Dos patógenos registrados por esta pesquisa, o Cestoda Tylocephalum sp. é responsável pela ocorrência de infiltração hemocitária e o Trematoda Bucephalus margaritae, pelo alto índice de mexilhões de sexo indeterminado e castração parasitária.
8

Construção participativa de um referencial sócio-técnico para criação agroecológica de galinha (Gallus domesticus)

Sales, Marcia Neves Guelber January 2001 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Agroecossistemas / Made available in DSpace on 2012-10-19T10:31:32Z (GMT). No. of bitstreams: 0 / A construção deste referencial sócio-técnico apóia-se em referências da literatura como a permacultura e a agricultura natural; nas [normas] de produção orgânica; e na produção de conhecimentos e informações sobre a criação de [galinhas] em [sistemas agroecológicos]. Este estudo procura fazer aportes a esta construção, a partir da utilização do enfoque sistêmico e de [metodologias participativas] como a pesquisa-ação na implantação, por um grupo de agricultores familiares, de uma criação agroecológica de galinhas. O trabalho descreve e analisa as fases de concepção, implantação e os primeiros resultados de um projeto associativo de criação de galinhas e de beneficiamento dos [ovos "orgânicos"] produzidos. Apresenta os resultados a partir de uma leitura sócio-cultural do processo, com a análise dos comportamentos e das atitudes dos agricultores ao longo de uma transição para a agroecologia. Faz a análise da atividade de criação a partir das estruturas do sistema, e verifica a multifuncionalidade da galinha e os benefícios da interação animal-vegetal nas propriedades. Para a produção de informações realiza também um experimento sobre o desempenho de uma linhagem comercial de galinhas de postura em sistema intensivo de criação a pasto, e verifica sua adaptação neste ambiente através da observação do [comportamento] e da produção de ovos.
9

Desenvolvimento da criação de larvas de Chironomus sp. (Diptera) e Branchiura sowerbyi (Annelida) para alimentação de peixes de água doce

Rech, Karine Cristiane January 2011 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Aquicultura, Florianópolis, 2011 / Made available in DSpace on 2012-10-25T19:33:28Z (GMT). No. of bitstreams: 1 297511.pdf: 834440 bytes, checksum: 4f02562edbca6ca63105d1e8826c88b1 (MD5) / O presente trabalho tem por objetivo desenvolver métodos para a criação de larvas de Chironomus sp. (Diptera) e Branchiura sowerbyi (Annelida). Para o estabelecimento dos métodos, os organismos foram capturados em ambiente natural e transportados para o laboratório, onde diferentes condições foram testadas para avaliação do seu crescimento. Para Chironomus sp. foram testadas a temperatura, o tipo de sedimento e o tipo e o nível de alimentação, sendo que ao final do experimento foram determinadas a sobrevivência e a biomassa. Para Branchiura sowerbyi a influência da densidade e do tipo de alimentação sobre a ovoposição, eclosão de juvenis e sobrevivência dos reprodutores foram analisadas. Os resultados obtidos nos estudos realizados com Chironomus sp. revelaram que as melhores condições para a emergência e reprodução destes organismos ocorreram em sedimentos arenosos e sob temperatura de 25ºC. As larvas apresentaram melhor crescimento e sobrevivência quando alimentadas com ração para peixes ornamentais ou ração para frangos, independentemente do nível de alimentação utilizado. Os estudos com Branchiura sowerbyi mostraram melhor reprodução da espécie em condição de maior densidade e alimentação com ração comercial para frangos, para a qual foi registrada maior ovoposição e produção de jovens. Os resultados deste estudo podem ser usados para o futuro desenvolvimento de métodos de produção em massa dessas espécies para sua utilização como alimento vivo para peixes de água doce.
10

Efeito de altas temperaturas no crescimento e nas respostas fisiológicas ao estresse de juvenis de robalo-flecha (Centropomus undecimalis)

Silva, Virgínia Naide January 2016 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Aquicultura, Florianópolis, 2016. / Made available in DSpace on 2016-09-20T05:05:27Z (GMT). No. of bitstreams: 1 341446.pdf: 810406 bytes, checksum: 5d06d885ebacfd8ae47062f30a19f559 (MD5) Previous issue date: 2016 / Os efeitos de altas temperaturas (28, 31, 34 e 37 °C) sobre o crescimento, sobrevivência e respostas fisiológicas de juvenis de robalo-flecha (Centropomus undecimalis) foram investigados nesse trabalho. Os tratamentos foram feitos em triplicatas e eram constituídos de quatro sistemas de recirculação independentes, cada um composto por três tanques de 150 L. Os animais (peso inicial de 3,4 g) criados durante 30 dias foram alimentados quatro vezes diariamente até a saciedade aparente. Além da biometria inicial realizaram-se mais duas biometrias, aos 15 e 30 dias de experimento. A composição centesimal dos peixes não sofreu influência dos tratamentos. Amostras de tecidos foram coletadas para análises de proliferação celular (fosfohistona H3) e estresse (glicose, cortisol e Hsp 70). De acordo com os resultados não houve relação entre o incremento de temperatura e a proliferação celular em brânquia e coração. Entre os tratamentos, não houve diferença significativa nos resultados dos parâmetros bioquímicos sanguíneos, cortisol e glicose. Já as respostas imuno-histoquímicas ao estresse térmico (Hsp 70) apresentaram diferenças significativas entre a temperatura mais alta e os outros tratamentos. A sobrevivência e os parâmetros zootécnicos foram afetados significativamente pela temperatura. O aumento da temperatura resultou em 71,3% de mortalidade dos animais criados a 37 °C. Os resultados sugerem que a temperatura ideal para a criação de juvenis de robalo-flecha está acima dos 28 °C e não deve ultrapassar os 34 °C. Tendo como base uma análise de regressão do ganho de peso, a temperatura mais adequada foi 31,9 °C.<br> / Abstract : The effects of high temperatures (28, 31, 34 and 37 °C) on growth, survive and physiological responses of common snook (Centropomus undecimalis) juveniles were investigated. Treatments were performed in triplicate and consisted of four independent recirculating systems, each comprised of three 150-L tanks. Animals (initial weight 3.4 ± 0.54 g) were reared for 30 days and fed a commercial diet four times a day to apparent satiation. Samples (for growth parameters and tissue collection) were taken at the beginning and after 15 and 30 days of the experiment. The proximate composition of the fish whole body was not influenced by the treatments. Tissue samples were collected for the analyses of cell proliferation (phosphohistone H3) and stress responses (glucose, cortisol and Hsp 70). Results showed no influence of increasing temperature and cell proliferation in gills and heart. Among the treatments, there was no significant difference in the results of blood biochemical parameters, cortisol and glucose. However, the immunohistochemical response to heat stress (Hsp 70) had significant differences between the highest temperature and the other treatments. Survival and growth parameters were significantly affected by temperature. Increasing temperature to 37 °C resulted in 71.3% of mortality. The overall results suggest that the ideal temperature for rearing common snook juveniles is above 28 °C and should not exceed 34 °C. Based on a regression analysis of weight gain, the most suitable temperature was 31.9 °C.

Page generated in 0.0606 seconds