• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 700
  • 4
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 715
  • 291
  • 247
  • 108
  • 105
  • 103
  • 91
  • 90
  • 89
  • 83
  • 77
  • 75
  • 71
  • 66
  • 53
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Resfriamento de sementes de Crassostrea gigas (Thunberg, 1795) como subsídio ao manejo e à comercialização na região de Florianópolis, SC - Brasil

Robbs, Charles Patrick Kaufmann January 2001 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Aquicultura / Made available in DSpace on 2012-10-18T11:17:50Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2014-09-25T18:18:01Z : No. of bitstreams: 1 182128.pdf: 1280595 bytes, checksum: 9bac552600cdae899d1a5b1cbd146927 (MD5) / Sementes de crassostrea gigas foram mantidas a 4-7oC por um, dois e sete dias e cultivadas por oito meses e os dados de sobrevivência, altura e peso seco da carne foram comparados com um controle, que não sofreu resfriamento. Foram realizados dois cultivos idênticos com a espécie: um iniciado em Junho/99 e denominado "Verão" e outro iniciado em Dezembro/00 e denominado "Inverno". Em cada cultivo foram comparadas duas unidades (andares) da lanterna de cultivo: "superfície" e "fundo", localizadas a 0,5m e 1,5m de profundidade na coluna d'água, respectivamente. Para um mesmo cultivo, não foram encontradas diferenças estatísticas entre os tratamentos que sofreram resfriamento e o controle em nenhum dos parâmetros analisados, tanto nas unidades "superfície", quanto "fundo" demonstrando o potencial da técnica. A altura e o peso seco da carne finais no cultivo "Inverno" foram estatisticamente maiores (p<0,05) do que no cultivo "Verão". Não foi registrada diferença significativa com relação a sobrevivência entre os cultivos, em nenhuma das unidades das lanternas testadas. A temperatura no cultivo "Verão" variou de 18,1oC à 27,2oC e no cultivo "Inverno" variou de 27,2oC à 14,3oC. A salinidade variou entre 30,2# e 35,0#.
2

Cultivo da microalga Chlorella vulgaris em efluentes aquÃcolas e sua influÃncia na concentraÃÃo lipÃdica / Cultivation of microalgae Chlorella vulgaris in aquaculture effluents and its influence on lipid concentration

Jose William Alves da Silva 08 March 2013 (has links)
CoordenaÃÃo de AperfeiÃoamento de Pessoal de NÃvel Superior / As microalgas podem ser utilizadas como matÃria prima para a produÃÃo de biocombustÃveis em larga escala, em decorrÃncia da facilidade de cultivo, acentuada velocidade de crescimento, alto teor de Ãcidos graxos e produtividade maior que outras oleaginosas, sendo uma excelente alternativa aos combustÃveis fÃsseis. O experimento avaliou a utilizaÃÃo da microalga Chlorella vulgaris na fitorremediaÃÃo de efluentes aquÃcolas e sua produÃÃo lipÃdica. Foram realizados trÃs tratamentos, com seis repetiÃÃes cada, utilizando como meios de cultura o Guillard f/2 e efluentes da carcinicultura e piscicultura. O cultivo estacionÃrio foi realizado em um recipiente com volume Ãtil de 12 L e foi acompanhado, diariamente, por espectrofotometria a 680 nm, sendo a determinaÃÃo das concentraÃÃes de amÃnia, nitritos, nitratos e fosfatos realizada no inÃcio, meio e fim dos cultivos. A separaÃÃo das cÃlulas do meio de cultivo foi realizada por floculaÃÃo quÃmica, usando NaOH 2N e, depois de lavada, a biomassa foi seca em estufa com renovaÃÃo de ar a 60 ÂC por 24 h. O tratamento com efluente da carcinicultura apresentou uma produÃÃo de biomassa significativamente maior que os demais, com valor mÃdio de 0,91Â0,05 g L-1. Os compostos nitrogenados presentes nos efluentes atingiram remoÃÃo mÃdia de 76%, resultado considerado satisfatÃrio. O cultivo realizado com efluente de piscicultura apresentou melhor produtividade lipÃdica com 0,025 Â 0,002 g L-1 dia-1. Assim, a microalga C. vulgaris pode ser utilizada na fitorremediaÃÃo de efluentes aquÃcolas para a produÃÃo de biomassa e extraÃÃo de lipÃdios. / Microalgae can be used as feedstock for producing biofuels on a large scale, due to the ease of cultivation, strong growth rate, high content of fatty acids and higher productivity than other oils, making it an excellent alternative to fossil fuels. The study evaluated the use of microalgae Chlorella vulgaris in phytoremediation of aquaculture effluents and lipid evaluation. The microalgae was obtained in the algae bank Federal University of CearÃ. Were three treatments with six replicates, using as culture medium Guillard f / 2 and effluents of shrimp and fish farming. Cultivation was batch containers of 12 L and was observed daily by spectrophotometry at 680 nm, and determining the concentration of ammonia, nitrite, nitrate and phosphorus performed at the beginning, middle and end of crops. The separation of the cells from culture medium was performed by chemical flocculation using NaOH 2N. After washing, the biomass was dried in an oven with renovation of air at 60 ÂC for 24 hours and then quantified. Trea tment with effluent was, as biomass production, significantly higher than the others, showing an average weight of 0.91 Â 0.05 g L-1 . The effluent removed satisfactorily nitrogen compounds with a 76% removal of these compounds. The cultivation performed with tilapia effluent showed better lipid productivity with 0.025 Â 0.002 g L -1 day -1. The microalga C. vulgaris can be used for phytoremediation of aquaculture effluent, biomass and lipids.
3

Produção de siri-mole : sistemas de cultivo e potenciais métodos para indução da ecdise em callinectes ornatus

Tavares, Camila Prestes dos Santos, 1992- January 2017 (has links)
Orientador: Prof. Dr. Antonio Ostrensky / Coorientador: Ubiratã de Assis Teixeira da Silva / Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Zoologia. Defesa: Curitiba, 22/02/2017 / Inclui referências : f. 29-38 / Resumo: Os siris são importantes recursos pesqueiros em diversos países e reconhecidos pelo seu grande potencial para a aquicultura. Uma das formas mais lucrativa de comercialização é a sua venda como siri-mole. Esse termo se refere ao siri em estágio de muda ou ecdise, em que seu exoesqueleto está momentaneamente mole. A produção de siris-moles baseia-se fundamentalmente na captura e seleção de indivíduos em estágio de pré-muda, que são mantidos em sistemas de cultivo até que realizem a muda. Esses sistemas podem ser abertos, semifechados ou fechados. Em relação à produção de siri-mole em escala industrial, a opção pelo uso de sistemas fechados tem aumentado nos últimos anos, devido às várias vantagens que esse sistema oferece, em relação aos outros sistemas. O uso dos sistemas fechados no cultivo de siri-mole tende a aumentar no mundo todo devido à elevação dos preços de imóveis em zonas costeiras, a busca por maior eficiência no processo produtivo, o desenvolvimento de novas tecnologias de automação, o aumento da demanda, e a valorização do produto no mercado. Neste trabalho, além da realização de uma revisão bibliográfica acerca dos sistemas empregados para o cultivo de siri-mole utilizados no mundo e da descrição das principais técnicas de produção, foram avaliadas diferentes técnicas de indução da muda em Callinectes ornatus. O principal fator limitante da produção de siri-mole é a carência de fontes estáveis de siris em estágio de pré-muda. Por isso, técnicas de indução da muda em siris em estágio intermuda apresentam-se como uma alternativa para aumento da eficiência e redução de desperdício nessa cadeia produtiva. Para isso, siris em intermuda foram selecionados, e divididos em duas classes de tamanho (largura da carapaça): 1 (50-70mm) e 2 (<50mm). Após a seleção e a classificação, os animais eram dispostos individualmente em garrafas PET perfuradas, mantidas em caixas interligadas em um sistema de recirculação. Para a avaliação dos efeitos dessas técnicas de indução sobre as taxas de muda e de sobrevivência, os exemplares de cada classe foram divididos em quatro grupos experimentais. No grupo AQ (n=76), os siris foram submetidos à autotomia induzida de um dos quelípodos; no grupo AU (n=66), os animais foram submetidos à ablação unilateral do pedúnculo ocular; no grupo AB (n=66), foram ablacionados bilateralmente; enquanto o grupo C (n=70) foi utilizado como controle, sem nenhum tipo de intervenção. A maior frequência de indivíduos que passaram para o estágio de pré-muda e posteriormente para o de muda durante os 30 dias de duração do experimento foi registrada no grupo AB (32%), seguida pelo grupo AQ (16%). A frequência de muda de siris da classe 2 (28%) foi significativamente maior (p< 0,05) que em indivíduos da classe 1 (8%). O tempo médio até a muda dos animais do grupo AB foi mais curto (p< 0,05) quando comparado com outros grupos testados. Nenhum animal do grupo controle realizou a muda durante o experimento. As maiores taxas de mortalidade registradas foram de 55% e 25% em siris dos grupos AB e AQ, respectivamente. O período de maior mortalidade coincidiu com a o período de maior frequência de mudas. Os resultados aqui obtidos indicam que as técnicas de ablação bilateral do pedúnculo ocular e de autotomia de quelípodo são potencialmente capazes de induzir a muda de C. ornatus, porém apresentam eficácia limitada para a aplicação na produção comercial de siris-moles em larga escala. Palavras-chave: Aquicultura; Ablação; Autotomia; Ecdise; Recirculação. / Abstract: The swimming crabs are important fisheries resources in several countries and recognized for their potential for aquaculture. One of the most profitable forms of the commercialized swimming crabs is the soft-shell crab. This term refers to the swimming crab presenting a soft exoskeleton during a briefly period of time after molt. The production of soft-shell crab is based on capture and selection of animals during stage of premolt, which are kept in controlled captivity conditions until molting. These cultivation systems can be open, semi-closed or closed, according to the scale of technification adopted. In order to elevated the production of soft-shell crab to industrial scale, the use of closed systems has increased in recent years, due advantages offered by this system. Among this advantages include the increase in prices of properties in coastal zones, the search for greater efficiency in the productive process, the development of new automation technologies, and the valorization of the product in the market. In this work, in addition to a bibliographical review regarding the systems used in cultivation of soft-shell crabs used in the world and the description of the main production techniques (chapter 1), different techniques to induce molt in Callinectes ornatus were evaluated (chapter 2). The main limiting factor for soft-shell crab production is the lack of steady sources of crabs in premolt stage. Thus, methods to induced molt in intermolt swimming crabs emerge as an alternative to increase efficiency and reduce waste. Crabs at intermolt were selected and grouped into two size classes according to carapace width: 1 (50-70 mm) and 2 (<50 mm). After selection and classification, individuals were placed in perforated polyethylene terephthalate (PET) bottles, which were maintained in a recirculation system. Each class was divided into four experimental groups to assess the effects of the induced molt methods on molting occurrence and survival rates. In the AQ group (n=76), soft-shell crabs were induced to autotomy of the cheliped; the AU group (n=66) were subjected to unilateral eyestalk ablation; group AB (n=66) were bilaterally ablated; and the C group (n=70) was used as the control, without any intervention. The highest frequency of individuals who moved to the premolt stage and subsequently to the molt stage, during 30 days of experiment, was the AB group (32%), followed by the AQ (16%). The molting frequency of class 2 crabs (28%) was higher (p<0.05) than class 1 individuals (8%). The mean time until molting of the AB group animals was shorter (p<0.05) when compared to other tested groups. No animals in the control group molted during the experiment. The highest mortality rates were recorded in the AB and AQ groups (55% and 25%, respectively). The period of highest mortality coincided with the period of highest molting frequency. The present findings indicate that the bilateral eyestalk ablation and cheliped autotomy are potentially capable to induce the molt of C. ornatus, but have limited efficacy for commercial application in large-scale farming due high mortality rates. Keywords: Aquaculture; Ablation; Autotomy; Ecdysis, Recirculation System.
4

Alterações histológicas nas brânquias do camarão-da-amazônia macrobrachium amazonicum submetidos a diferentes concentrações de amônia total

Sponchiado, Dircelei January 2016 (has links)
Orientador : Prof. Dr. Eduardo Luís Cupertino Ballester / Coorientador : Prof. Dr. Milton Rönnau / Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor Palotina, Programa de Pós-Graduação em Aquicultura e Desenvolvimento Sustetável. Defesa: Palotina, 09/12/2016 / Inclui referências: f. 29-34 / Área de concentração : Produção de organismo aquáticos / Resumo: A aquicultura tem sido responsável pelo crescimento no fornecimento de pescado para consumo humano, e atualmente é uma atividade em ascensão. Entre as atividades de aquicultura, a carcinicultura de água doce ocupa lugar de destaque devido ao alto valor deste produto. O uso de espécies nativas na aquicultura vem sendo um requisito importante para a sustentabilidade e o desenvolvimento de sistemas de produção que causem menor impacto ao meio ambiente. No Brasil a espécie nativa de camarão de água doce com maior potencial para produção é o Macrobrachium amazonicum. Para que seja possível sua produção em cativeiro é necessário que as condições químicas e físicas da água estejam em equilíbrio, condições estas que podem ser rapidamente alteradas, em virtude da entrada exógena de nutrientes. A amônia é um composto nitrogenado comprovadamente tóxico, e que pode causar danos aos sistemas de produção. As brânquias são órgãos multifuncionais que estão em contato direto com o ambiente, constituindo o local de ligação e de depuração de contaminantes. As alterações causadas à estrutura branquial afetam diretamente os camarões. Portanto, o objetivo do trabalho foi verificar alterações nas brânquias de juvenis de M. amazonicum submetidos a diferentes concentrações de amônia total. Os camarões foram expostos a seis diferentes concentrações de amônia total (0, 5, 10, 20, 40 e 80 mg.L-1), com quatro repetições em um ensaio de curta duração (96 horas). Após a exposição às brânquias foram dissecadas, fixadas em uma solução de ALFAC, processadas rotineiramente pela técnica de Hematoxilina e Eosina (H.E), os cortes histológicos foram avaliados em microscópio óptico. As lesões observadas foram tumefação celular, infiltração de hemócitos, tumefação celular, espessamento e descamação da cutícula lamelar, necrose, fusão lamelar e hiperplasia e edema. Através dos índices de órgãos (Iorg) observou-se que quanto maior a concentração maior foi o dano causado a estrutura branquial, tendo os tratamentos de 0, 5, 10, 20, 40 e 80 mg.L-1 de amônia total, índices de órgão 3,7±1,9; 10,7±2,1; 17,3±2,9; 33,3±7,8; 34,0±6 e 50,5±6,1, respectivamente. Observou-se mortalidade de 100% dos animais no tratamento 80mg.L-1 de amônia total em 48 horas, para 40mg.L-1ocorreu também 100% de mortalidade em 72horas. Na concentração 20mg.L-1 os animais foram a óbito em 96 horas apresentando mortalidade média de 48%. As concentrações de 10 e 5 mg.L-1 apresentaram para 96 horas 10% de mortalidade. No grupo controle ocorreram 6% de mortalidade em 96 horas. Os resultados demonstraram que as brânquias de M. amazonicum sofreram alterações devido à exposição a níveis crescentes de amônia e que estas alterações foram agravadas pelo aumento da concentração e do tempo de exposição ao composto tóxico. Palavras-chave: Aquicultura, carcinicultura, toxicidade. / Abstract: Aquaculture has been responsible for growth in the supply of fish for human consumption, and is currently a rising activity. Among aquaculture activities, fresh water prawn farming occupies a prominent place due to the high value of this product. The use of native species in aquaculture has become an important requirement for the sustainability and development of production systems that cause less impact to the environment. In Brazil the species with the greatest potential for production is Macrobrachium amazonicum. However, to achieve good production results, chemical and physical conditions of water must be in equilibrium. Ammonia is a toxic nitrogen compound that may cause damage to production systems. The gills are multifunctional organs that are in direct contact with the environment, constituting the place of connection and purification of contaminants. Changes to the branchial structure directly affect the prawns. Therefore, the objective of this work was to verify changes in the gills of juveniles M. amazonicum submitted to different concentrations of total ammonia. Prawns were exposed to six different concentrations of total ammonia (0, 5, 10, 20, 40 and 80 mg.L-1), with 4 replicates per treatment in a short-term test (96 hours). The prawn after their death and at the end of the experimental period were collected for the dissection of the gills to perform the traditional protocol for the assembly of histological slides with the technique of eosin and hematoxylin (HE) staining, and it was later analyzed by microscopy optics with image capture. Gill analyzes revealed the following histological changes: cellular swelling, hemocyte infiltration, lamellar cuticle thickening and desquamation, necrosis, lamellar fusion and hyperplasia and edema. Through the organ indexes (Iorg), it was possible to observe that the higher the concentration, the greater the damage caused to the gill structure, and the treatments of 0, 5, 10, 20, 40 and 80 mg.L-1 of total ammonia nitrogen showed Iorg of 3.7±1.9; 10.7±2.1; 17.3±2.9; 33.3±7.8; 34.0±6 and 50.5±6.1, respectively. The results demonstrated that the gills of M. amazonicum were altered due to exposure to increasing levels of ammonia and that these alterations were aggravated by the increased concentration and time of exposure to the toxic compound. Keywords: Aquaculture, shrimp farming, toxicity.
5

Variabilidade genética de Piaractus mesopotamicus (Holmberg, 1887) (Ostariophysi: Characiformes: Characidae) de um programa de repovoamento do rio Paraná

Marques, Ana Karolina January 2015 (has links)
Orientadora : Profª. Drª. Carla Simone Pavanelli / Co-orientadora : Profª. Drª. Sandra Regina de Souza / Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor Palotina, Programa de Pós-Graduação em Aquicultura e Desenvolvimento Sustentável. Defesa: Palotina, 21/08/2015 / Inclui referências: f. 27-30 / Área de concentração : Impactos ambientais da atividade de Aquicultura / Resumo: Conservar a variabilidade genética de peixes ou demais organismos é fundamental para a viabilidade das mesmas a médio e em longo prazo. Os programas de repovoamento têm sido utilizados como forma de melhorar os estoques pesqueiros que diminuíram consideravelmente, sendo necessários investimentos para recuperação destes estoques. Porém, esta atividade não vem sendo monitorada de forma adequada através de avaliações genéticas, biológicas e de reprodução, que são ferramentas essenciais para um eficaz programa de repovoamento. Sendo de grande importância comercial, por se tratar de uma espécie de excelente aceitação no mercado consumidor, Piaractus mesopotamicus, o pacu, é uma das espécies de maior relevância na piscicultura no Brasil. Destaca-se pela qualidade de sua carne e bom desempenho em sistemas de cultivo. Por ser um peixe nativo e apresentar esses potenciais de produção, é uma das espécies mais utilizadas nos programas de repovoamento da bacia do rio Paraná. O objetivo deste trabalho foi estimar a variabilidade genética de matrizes e progênies de Piaractus mesopotamicus para um programa de repovoamento do rio Paraná, realizada pelo marcador nuclear de sequências internas simples repetidas (Inter Simple Sequence Repeat- ISSR) e o marcador mitocondrial (D-loop) região controle hipervariável. Dos resultados obtidos a diversidade haplotípica (0,633 ±0,048) e a nucleotídica (0,00397 ±0,00073) indicaram que as amostras estudadas apresentam variabilidade genética e o Índice de Fixação (FST) aponta que essas populações não apresentam estruturação genética. Palavras-chave: Marcadores moleculares, D-loop, ISSR. / Abstract: Conserving genetic variability of fish or other organisms is crucial to viability of them medium and long term. Restocking programs have been used in order to improve fish stocks that declined considerably, requiring investments for recovery these stocks. However, this activity has not being monitored properly through genetic, biological and breeding evaluations, which are essential tools for effective resettlement program. Very commercially important, because it is a species of great acceptance in consumer market, Piaractus mesopotamicus, pacu, is one of most relevant species in fish farming in Brazil. It stands out for quality of meat and good performance in farming systems. As a native fish which presents these potential of production, it is one of most commonly used species in restocking programs of the Paraná River basin. Our objective was to estimate the genetic variability of arrays and progeny Piaractus mesopotamicus for a Parana River restocking program, performed by nuclear marker of repeated simple internal sequences (Inter Simple Sequence Repeat ISSR) and mitochondrial marker (D-loop) region hypervariable control. Results obtained haplotype diversity (0.633 ± 0.048) and nucleotide (0.00397 ± 0.00073) indicated that samples studied had genetic variability and the fixation index (FST) pointed out these populations do not present genetic structuration. Keywords: Molecular markers, D-loop, ISSR.
6

Uso de Wetlands construídas no tratamento de efluentes de carcinicultura /

Biudes, José Francisco Vicente. January 2007 (has links)
Orientador: Antonio Fernando Monteiro Camargo / Banca: Wagner Cotroni Valenti / Banca: Luiz Edivaldo Pezzato / Banca: Sidnei Magela Thomaz / Banca: João Donato Scorvo Filho / Resumo: A tese está organizada em cinco capítulos. O capítulo I apresenta uma introdução geral, na qual são abordados os impactos ambientais da aqüicultura e o tratamento de efluentes por wetlands construídas. Os demais capítulos são referentes a experimentos desenvolvidos no Setor de Carcinicultura do CAUNESP, em Jaboticabal/SP, e no Laboratório de Pesquisa em Nutrição de Organismos Aquáticos da FMVZ da UNESP, em Botucatu/SP. Os principais objetivos destes capítulos foram: (Capítulo II) Avaliar as possíveis alterações provocadas pelo manejo efetuado para a manutenção de reprodutores de Macrobrachium rosenbergii nas características físicas e químicas da água utilizada nos viveiros de cultivo; (Capítulo III) Determinar a capacidade de uma wetland construída em tratar o efluente de viveiros de manutenção de reprodutores de M. rosenbergii, visando dimensionar a área da wetland necessária para o tratamento do efluente; (Capítulo IV) Avaliar a relação entre as remoções de nitrogênio e fósforo do efluente e a produtividade de Eichhornia crassipes em uma wetland construída, visando contribuir com informações para o manejo da biomassa da macrófita na wetland; (Capítulo V) Determinar a digestibilidade aparente, pela tilápiado- nilo (Oreochromis niloticus), da biomassa de E. crassipes produzida em wetlands construídas, visando avaliar a possibilidade do uso desta macrófita em dieta para a tilápia-do-nilo. Os resultados do Capítulo II permitem concluir que o manejo efetuado para a manutenção de reprodutores de M. rosenbergii entre as biomassas 71,5 g.m-2 e 127,0 g.m-2 provoca o aumento dos valores de pH, clorofila a, oxigênio dissolvido, material particulado em suspensão, nitrogênio e fósforo na água utilizada no viveiro de cultivo. No Capítulo III, concluiu-se que a área da wetland necessária para tratar o efluente do viveiro de reprodutores ...(Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Doutor
7

Crescimento de ostras Crassostrea gasar (Adanson, 1757) em diferentes sistemas de cultivo

Silva, Aline Thomasi da January 2015 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Aquicultura, Florianópolis, 2015. / Made available in DSpace on 2016-01-15T14:47:53Z (GMT). No. of bitstreams: 1 336711.pdf: 582019 bytes, checksum: 7b50dc130e2dd49d075cc47ca5311391 (MD5) Previous issue date: 2015 / A ostra nativa Crassostrea gasar tem grande potencial para cultivo, no entanto a literatura sobre este assunto ainda é escassa. O objetivo do trabalho foi comparar o crescimento da ostra C. gasar cultivada em dois sistemas de cultivo suspensos. Exemplares foram submetidos a seis tratamentos: Um suspenso flutuante (sempre submerso) e cinco suspensos fixos (submerso em marés maiores ou iguais a 0,9 m, a 0,7 m, a 0,5 m, a 0,3 m e a 0,1 m). O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com três repetições. Mensalmente, de cada unidade experimental, 30 ostras eram amostradas para a biometria. Foram aferidos peso vivo total (g), altura (mm), comprimento (mm) e largura (mm). Ao final de sete meses de cultivo, para todas as dimensões avaliadas, os melhores resultados foram obtidos nos tratamentos suspenso flutuante e suspenso fixo submerso em marés maiores ou iguais a 0,1 m, não havendo diferença estatística entre os mesmos. As ostras atingiram nestes tratamentos, respectivamente, médias de 16,72 ± 1,7 g e 16,41 ± 0,90 g de peso vivo total, e 45,96 ± 0,23 mm e 49,78 ± 2,15 mm de altura. Conclui-se que as ostras Crassostrea gasar apresentam melhor crescimento quando cultivadas em sistema flutuante e em nível de maré abaixo de 0,1 m.
8

Seleção e uso de probiótico autóctone em dieta para girinos de rã-touro

Pereira, Scheila Anelise January 2015 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Aquicultura, Florianópolis, 2015. / Made available in DSpace on 2016-01-15T14:50:05Z (GMT). No. of bitstreams: 1 336710.pdf: 2137586 bytes, checksum: 86eed8efe6681fe490176eaa75997f67 (MD5) Previous issue date: 2015 / A suplementação dietética de probióticos autónes na produção animal vem se consolidando como medida alternativa ao uso de antibióticos, os quais podem ocasionar problemas econômicos, sanitários e ambientais quando utilizados de forma indevida. Diante disto, o objetivo deste trabalho foi isolar e selecionar uma bactéria autóctone com potencial probiótico para rã-touro Lithobates catesbeianus e posteriormente suplementar este micro-organismo em dietas para girinos desta espécie. Inicialmente, foram isoladas 20 cepas de bactérias autóctones. Entretanto, apenas nove cepas foram selecionadas e submetidas aos testes in vitro. Ao final dos testes, contatou-se que a cepa de L. plantarum apresentou maior potencial probiótico dentre as avaliadas. Dessa forma, realizou-se a suplementação dietética deste micro-organismo em dietas comercial para girinos. O ensaio experimental foi composto por dois tratamentos: grupo sem suplementação e grupo suplementado com L. plantarum. Os animais que receberam dieta suplementada apresentaram maior ganho de peso, maior concentração de bactéria ácido-lática no intestino e menor conversão alimentar. A cepa L. plantarum foi capaz de produzir diversas enzimas digestivas, colonizar a ração e o trato intestinal dos girinos, mantendo-se em alta concentração 107 e 106 UFC·g-1, respectivamente. A cepa L. plantarum exibiu potencial probiótico para girinos de rã-touro.
9

Histopatologia e hibrização in situ de citocromo P450 (CYP2AU1) em ostras Crassostrea brasiliana expostas ao fenantreno

Reis, Isis Mayna Martins dos January 2014 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Aquicultura, Florianópolis, 2014. / Made available in DSpace on 2015-02-05T21:23:18Z (GMT). No. of bitstreams: 1 332350.pdf: 1934521 bytes, checksum: 93cfba87fe4f5c3f18fec10d91a5b259 (MD5) Previous issue date: 2014 / Atividades relacionadas á aquicultura marinha, tais como, a ostreicultura tem sido ameaçada em função do comprometimento da qualidade da água. O fenantreno é um dos hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPAs) mais abundantes e distribuídos no ambiente aquático. Bivalves expostos a este composto mostraram efeitos nos diferentes tecidos. Este estudo avaliou em laboratório, os efeitos e alterações moleculares e histológicas que o fenantreno exerce sobre a ostra Crassostrea brasiliana (Lamarck, 1819), ao longo de 10 dias de exposição nas concentrações de 100 e 1000 µg.L-1. Técnicas histológicas, histoquímicas, e a técnica de hibridização in situ (ISH) foram utilizadas para localizar os principais tecidos que apresentam transcrição do gene citocromo P450 (CYP2AU1). Foi realizada também a identificação sexual e do estádio reprodutivo dos animais. Independente da concentração de exposição ao fenantreno, os níveis de bioacumulação pelas ostras aumentou com o passar do tempo de exposição. Foram observadas alterações histológicas na glândula digestiva e no manto dos animais expostos por 10 dias a fenantreno. As ostras expostas à maior concentração de fenantreno apresentaram um aumento significativo de células mucosas (p<0,05) em relação ao controle e aquelas expostas a menor concentração de fenantreno tiveram uma maior atrofia na glândula digestiva. Quanto à localização dos transcritos do gene do CYP2AU1 observamos reação positiva na brânquia, glândula digestiva, manto, intestino e gônadas. Os resultados encontrados neste trabalho demonstraram que o uso da técnica de ISH foi eficaz para localizar os transcritos do CYP2AU1 em diferentes órgãos da ostra C. brasiliana, além da importância na identificação de possíveis alterações histopatológicas decorrentes da exposição a fenantreno.
10

Biotransformação de resíduos da carcinicultura em produtos de alto valor agregado / Shrimp waste biotransformation in high value added products

Ximenes, Júlio César Martins January 2015 (has links)
XIMENES, Júlio César Martins. Biotransformação de resíduos da carcinicultura em produtos de alto valor agregado. 2015. 131 f. Tese (doutorado em biotecnologia)- Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2015. / Submitted by Elineudson Ribeiro (elineudsonr@gmail.com) on 2016-04-05T19:00:26Z No. of bitstreams: 1 2016_tese_jcmximenes.pdf: 2037197 bytes, checksum: 1c3eea2a55ca400b3d0e6b8b6a881ea1 (MD5) / Approved for entry into archive by José Jairo Viana de Sousa (jairo@ufc.br) on 2016-05-23T18:05:00Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2016_tese_jcmximenes.pdf: 2037197 bytes, checksum: 1c3eea2a55ca400b3d0e6b8b6a881ea1 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-05-23T18:05:00Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2016_tese_jcmximenes.pdf: 2037197 bytes, checksum: 1c3eea2a55ca400b3d0e6b8b6a881ea1 (MD5) Previous issue date: 2015 / Shrimp farming is the fastest growing segment in aquiculture in the world. In Brazil, Ceara is the largest producer with 50 % of all production. Approximately 40 % of the shrimp weight is considered waste as the head, tail and bark, generating large amounts of waste that must be properly discarded. Thus, the reuse of shrimp farming waste through biotechnological resources emerges as an innovative alternative to reduce environmental pollution caused by that activity. This study aimed to perform a biotechnological process based on bacterial consortium capable to fermenting shrimp waste turning them into a liquor used in feed for Nile tilapia (Oreochromis niloticus) post-larvae in sex reversal process. Lactic acid bacteria strains used were identified by sequencing of the 16S rRNA, rpoA and pheS genes and biochemical tests involving the ability to ferment carbohydrates. For the consortium selection some studies were performed such as chemical kinetics use of Monod, Andrews and Levenspiel mathematical models to determine possible types of inhibition. To evaluate the liquor potential from fermentation as a supplement in feed for tilapia post-larvae were prepared feed diets with liquor inclusions of 15, 30 and 45 %, by monitoring the water quality and temperature parameters, dissolved oxygen, pH, salinity, total ammonia nitrogen, nitrite, nitrate and orthophosphate in addition to growth performance. For that, we evaluated the survival rate, specific growth rate, weight and length gain, feed conversion factor and selection by size. This work identified lactobacilli strains named Lact 7, Lact 8, Lact 9 and Lact 14 as belonging to Lactobacillus plantarum species, Lact 6 as L. futsaii and Lact 11 as Pediococcus acidilactici. As to fermentation kinetic parameters, Lact 6, Lact 7 and Lact 14 strains showed the best results and there was no evidence of inhibition by substrate or product. During shrimp heads fermentation Lact 6 and Lact 14 consortium produced the highest lactic acid yields, about 100 g.L-1. Liquor inclusions of 15 and 30 % provided the best results for survival, weight and length gain, specific growth rate and biomass of Nile tilapia post-larvae. Feed conversion did not differ between treatments, being slightly higher in treatment with 30 % of liquor. Nitrite, nitrate and orthophosphate increased significantly over the weeks, although concentrations have remained at acceptable levels and other parameters remained within the recommended during the tilapia development. The data from this study showed that it is technologically feasible to transform shrimp farming waste into added-value products by lactic fermentation. The resulting liquor fermentation, rich in protein, minerals and pigments can be incorporated in a proportion of up to 30% in tilapia feed, without causing, any impact the development of tilapia post-larvae and thus bringing economic benefits and proper disposition of shrimp farming waste. / A carcinicultura é o segmento da aquicultura que mais cresce no mundo. No Brasil, o Ceará é o maior produtor com 50% de toda a produção. Sabe-se que aproximadamente 40% do peso do camarão sejam considerados resíduos, como a cabeça, a cauda e a casca, gerando grandes quantidades de resíduos que devem ser descartados adequadamente. Assim, o reaproveitamento de resíduos da carcinicultura através de recursos biotecnológicos surge como uma alternativa inovadora para reduzir a poluição ambiental causada por essa atividade. O presente estudo teve por objetivo aperfeiçoar um processo biotecnológico baseado na utilização de consórcio bacteriano capaz de fermentar os resíduos da carcinicultura transformando-os em líquor para ser utilizado na alimentação de pós-larvas de Tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus) em fase de reversão sexual. As linhagens de bactérias láticas utilizadas foram identificadas através do sequenciamento dos genes RNAr 16S, rpoA e pheS e por testes bioquímicos envolvendo a habilidade de fermentar carboidratos. Para a seleção do consórcio foram realizados estudos de cinética química, modelos matemáticos de Monod, Andrews e Levenspiel para determinar possíveis tipos de inibição do processo de fermentação lática de cabeças de camarão. Para avaliar o potencial do líquor resultante da fermentação como suplemento na alimentação de pós-larvas de tilápia foram confeccionadas rações com inclusões de líquor na proporção de 15, 30 e 45 %, monitorando-se a qualidade da água e os parâmetros de temperatura, oxigênio dissolvido, pH, salinidade, nitrogênio amoniacal total, nitrito, nitrato e ortofosfato, além do desempenho zootécnico. Para tanto, foram avaliados a taxa de sobrevivência, taxa de crescimento específico, ganho em peso e comprimento, fator de conversão alimentar e seleção por tamanho. Como resultados deste trabalho foram identificadas linhagens de lactobacilos nomeadas Lact7, Lact8, Lact9 e Lact14 como pertencentes a espécie Lactobacillus plantarum, Lact6 como L. futsaii e Lact11 como Pediococcus acidilactici. Quantos aos parâmetros cinéticos da fermentação, as linhagens Lacts6, Lact7 e Lact14 apresentaram os melhores resultados e não houve indícios de inibição pelo substrato ou produto. Durante a fermentação das cabeças de camarão o consórcio formado pelas linhagens Lact6 e Lact14 produziram os mais altos rendimentos de ácido lático, cerca de 100 g.L-1. Inclusões do líquor resultante da fermentação lática dos resíduos de camarão nas proporções de 15 e 30 % proporcionaram os melhores resultados para sobrevivências, ganho em peso e comprimento, taxa de crescimento específico e biomassa de pós-larvas de Tilápia do Nilo. A conversão alimentar não diferiu entre os tratamentos. Nitrito, nitrato e ortofosfato aumentaram significativamente ao longo das semanas, embora as concentrações tenham se mantido em níveis aceitáveis, bem como os demais parâmetros se mantiveram dentro do recomendado durante o desenvolvimento da tilápia. Os dados desse estudo mostraram que é tecnologicamente viável transformar resíduos da carcinicultura em produtos de valor agregado por fermentação lática. O líquor resultante da fermentação, rico em proteínas, pigmentos e minerais pode ser incorporado na proporção de até 30% na ração, sem causar nenhum impactado no desenvolvimento de pós-larva da tilápia e portanto, trazendo benefícios econômicos e destinação apropriada para resíduos da carcinicultura.

Page generated in 0.0734 seconds