• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 6
  • Tagged with
  • 6
  • 4
  • 4
  • 3
  • 3
  • 3
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Ganhos e perdas em investimentos: um estudo experimental sobre personalidades à luz da teoria do prospecto e do efeito disposição / Gains and losses on investments: an experimental study on personalities under the perspective of the prospect theory and disposition effect

Robson Braga 23 November 2015 (has links)
Esta tese, embasada nos pilares da teoria do prospecto (Kahneman & Tversky, 1979) e do efeito disposição (Shefrin & Statman, 1985), estuda o comportamento do investidor no mercado de ações frente a contextos de ganhos e perdas e os tipos de personalidade junguianos, de extroversão e introversão (Jung, 1971). Por meio de estratégia experimental, na qual os voluntários da pesquisa puderam tomar decisões de venda de ações em ambiente semelhante ao de uma plataforma real de negociação (home broker), é possível verificar se as pessoas tomam decisões que respeitam os valores de ganhos e perdas que elas mesmas definem para si. Compuseram a amostra da pesquisa 371 pessoas com experiência de pelo menos um ano como investidor no mercado de ações, às quais foram apresentadas quatro ações de empresas brasileiras listadas na Bolsa de Valores de São Paulo, sendo duas com forte movimento de alta e outras duas, de baixa. Os resultados dos testes de hipóteses realizados mostram que, em geral, as pessoas tomam decisões que desconsideram os ganhos e perdas que elas previamente estabelecem para si, manifestando comportamento que reforça o debate sobre aversão a perda e efeito disposição. Em se tratando dos tipos de personalidades, não há diferença significativa entre os resultados de pessoas introvertidas e extrovertidas, sinalizando que tais traços não são suficientes para explicar o desempenho dos investidores no mercado financeiro. Por outro lado, os sujeitos introvertidos declaram menor disposição a resultados negativos, ainda que na prática tomem perdas tanto quanto as pessoas extrovertidas. Isso fez com que fosse rejeitada a hipótese de que pessoas extrovertidas apresentam maior desvio aos valores dos ganhos e perdas autodefinidos para seus investimentos do que as pessoas introvertidas. Resultado semelhante é observado para a diferença de desempenho entre homens e mulheres. Elas declaram assumir perdas muito menores do que os homens, e exigem ganhar tanto quanto eles. No entanto, o desempenho obtido com suas decisões mostra que elas perdem tanto quanto eles e ganham bem menos do que gostariam. Em se tratando de mulheres introvertidas, os resultados obtidos evidenciam um desvio ainda maior entre os objetivos desejados e os resultados alcançados. Tais achados reforçam a controvérsia existente na literatura sobre diferença de gênero em decisões de investimentos e não permitem rejeitar a hipótese de inexistência de diferenças significativas nos resultados obtidos por homens e mulheres de mesmo perfil de personalidade em suas decisões de investimentos em ações. O desempenho dos investidores que utilizaram ordens programadas stop loss e gain também foi verificado, mostrando que não se pode rejeitar a hipótese de que os investidores que utilizam tais estratégias limitam as perdas e os ganhos aos valores previamente autodefinidos. Porém, a hesitação dos investidores em usar esse tipo de estratégia, faz com que eles obtenham perdas maiores do que admitiriam. Os achados aqui apresentados contribuem com novas evidências no campo das finanças comportamentais, especialmente sobre a relação entre os valores de perdas e ganhos autodefinidos e obtidos, estratégias operacionais na negociação com ações, os tipos de personalidade e o desempenho dos investidores. / Braga, R. (2015). Gains and losses on investments: an experimental study on personalities under the perspective of the prospect theory and disposition effect. PhD Thesis, Department of Accounting and Actuarial Sciences, School of Economics, Business Administration and Accounting, University of Sao Paulo, Sao Paulo. In this study, I investigate the investor behavior of the stock market in the context of gain and loss and the Jungian personality types: extraversion and introversion (Jung, 1971), based on the pillars of prospect theory (Kahneman & Tversky, 1979) and the disposition effect (Shefrin & Statman, 1985). Through experimental strategy, in which volunteers could take stock sale decisions in an environment similar to that of a real trading platform, I could verify whether people make decisions that respect the values of gains and losses they define for themselves. In the experiment, I present four shares of Brazilian companies listed on the Sao Paulo Stock Exchange, two of them with strong upward movements, and two with downward movements. The sample was composed by 371 people with at least one year of experience as investor in the stock market. The results from hypotheses tests show that, in general, people make decisions that disregard the gains and losses they previously set for themselves, manifesting behavior that reinforces the debate on disposition effect and loss aversion. Regarding to the types of personalities, there is no significant differences between the results of introverted and extroverted people, signaling that such traits are not enough to explain the performance of investors in financial markets. On the other hand, the introverted people tend to show less willingness for negative results, although in practice they take losses as much as the extroverted people. In this context, the hypothesis that extroverted people have higher deviations of self-defined gains and losses values, in comparison of introverted people, was rejected. A similar result is observed for the performance gap between men and women. Women declared they take on much smaller losses than men, and earn as much as they require. However, the performance achieved with their decisions shows that they lose as much as men and earn much less than they would like. When it comes to introverted women, the results obtained show an even greater deviation between the desired goals and results achieved. My findings reinforce the existing controversy in the literature about gender differences in investment decisions, showing that they do not allow the rejection of the hypothesis of lack of significant differences in results obtained by men and women with same personalities. I also investigate the performance of investors who used scheduled orders for selling. In this context, I find that hypothesis that investors who use scheduled orders with limited losses and gains in previously self-defined values cannot be rejected. However, investors \' hesitation in using this type of strategy allows them to obtain larger losses than they would admit. My findings provide new evidences in the field of behavioral finance, mostly related to the relationship between values of self-defined and obtained gains and losses, operational strategies on stock trading, the personality types and investors performance.
2

Ganhos e perdas em investimentos: um estudo experimental sobre personalidades à luz da teoria do prospecto e do efeito disposição / Gains and losses on investments: an experimental study on personalities under the perspective of the prospect theory and disposition effect

Braga, Robson 23 November 2015 (has links)
Esta tese, embasada nos pilares da teoria do prospecto (Kahneman & Tversky, 1979) e do efeito disposição (Shefrin & Statman, 1985), estuda o comportamento do investidor no mercado de ações frente a contextos de ganhos e perdas e os tipos de personalidade junguianos, de extroversão e introversão (Jung, 1971). Por meio de estratégia experimental, na qual os voluntários da pesquisa puderam tomar decisões de venda de ações em ambiente semelhante ao de uma plataforma real de negociação (home broker), é possível verificar se as pessoas tomam decisões que respeitam os valores de ganhos e perdas que elas mesmas definem para si. Compuseram a amostra da pesquisa 371 pessoas com experiência de pelo menos um ano como investidor no mercado de ações, às quais foram apresentadas quatro ações de empresas brasileiras listadas na Bolsa de Valores de São Paulo, sendo duas com forte movimento de alta e outras duas, de baixa. Os resultados dos testes de hipóteses realizados mostram que, em geral, as pessoas tomam decisões que desconsideram os ganhos e perdas que elas previamente estabelecem para si, manifestando comportamento que reforça o debate sobre aversão a perda e efeito disposição. Em se tratando dos tipos de personalidades, não há diferença significativa entre os resultados de pessoas introvertidas e extrovertidas, sinalizando que tais traços não são suficientes para explicar o desempenho dos investidores no mercado financeiro. Por outro lado, os sujeitos introvertidos declaram menor disposição a resultados negativos, ainda que na prática tomem perdas tanto quanto as pessoas extrovertidas. Isso fez com que fosse rejeitada a hipótese de que pessoas extrovertidas apresentam maior desvio aos valores dos ganhos e perdas autodefinidos para seus investimentos do que as pessoas introvertidas. Resultado semelhante é observado para a diferença de desempenho entre homens e mulheres. Elas declaram assumir perdas muito menores do que os homens, e exigem ganhar tanto quanto eles. No entanto, o desempenho obtido com suas decisões mostra que elas perdem tanto quanto eles e ganham bem menos do que gostariam. Em se tratando de mulheres introvertidas, os resultados obtidos evidenciam um desvio ainda maior entre os objetivos desejados e os resultados alcançados. Tais achados reforçam a controvérsia existente na literatura sobre diferença de gênero em decisões de investimentos e não permitem rejeitar a hipótese de inexistência de diferenças significativas nos resultados obtidos por homens e mulheres de mesmo perfil de personalidade em suas decisões de investimentos em ações. O desempenho dos investidores que utilizaram ordens programadas stop loss e gain também foi verificado, mostrando que não se pode rejeitar a hipótese de que os investidores que utilizam tais estratégias limitam as perdas e os ganhos aos valores previamente autodefinidos. Porém, a hesitação dos investidores em usar esse tipo de estratégia, faz com que eles obtenham perdas maiores do que admitiriam. Os achados aqui apresentados contribuem com novas evidências no campo das finanças comportamentais, especialmente sobre a relação entre os valores de perdas e ganhos autodefinidos e obtidos, estratégias operacionais na negociação com ações, os tipos de personalidade e o desempenho dos investidores. / Braga, R. (2015). Gains and losses on investments: an experimental study on personalities under the perspective of the prospect theory and disposition effect. PhD Thesis, Department of Accounting and Actuarial Sciences, School of Economics, Business Administration and Accounting, University of Sao Paulo, Sao Paulo. In this study, I investigate the investor behavior of the stock market in the context of gain and loss and the Jungian personality types: extraversion and introversion (Jung, 1971), based on the pillars of prospect theory (Kahneman & Tversky, 1979) and the disposition effect (Shefrin & Statman, 1985). Through experimental strategy, in which volunteers could take stock sale decisions in an environment similar to that of a real trading platform, I could verify whether people make decisions that respect the values of gains and losses they define for themselves. In the experiment, I present four shares of Brazilian companies listed on the Sao Paulo Stock Exchange, two of them with strong upward movements, and two with downward movements. The sample was composed by 371 people with at least one year of experience as investor in the stock market. The results from hypotheses tests show that, in general, people make decisions that disregard the gains and losses they previously set for themselves, manifesting behavior that reinforces the debate on disposition effect and loss aversion. Regarding to the types of personalities, there is no significant differences between the results of introverted and extroverted people, signaling that such traits are not enough to explain the performance of investors in financial markets. On the other hand, the introverted people tend to show less willingness for negative results, although in practice they take losses as much as the extroverted people. In this context, the hypothesis that extroverted people have higher deviations of self-defined gains and losses values, in comparison of introverted people, was rejected. A similar result is observed for the performance gap between men and women. Women declared they take on much smaller losses than men, and earn as much as they require. However, the performance achieved with their decisions shows that they lose as much as men and earn much less than they would like. When it comes to introverted women, the results obtained show an even greater deviation between the desired goals and results achieved. My findings reinforce the existing controversy in the literature about gender differences in investment decisions, showing that they do not allow the rejection of the hypothesis of lack of significant differences in results obtained by men and women with same personalities. I also investigate the performance of investors who used scheduled orders for selling. In this context, I find that hypothesis that investors who use scheduled orders with limited losses and gains in previously self-defined values cannot be rejected. However, investors \' hesitation in using this type of strategy allows them to obtain larger losses than they would admit. My findings provide new evidences in the field of behavioral finance, mostly related to the relationship between values of self-defined and obtained gains and losses, operational strategies on stock trading, the personality types and investors performance.
3

Afetividade, valores e referências morais: um estudo com jovens estudantes da rede pública estadual paulista / Affectivity, values and moral references: a study with young students of the state of São Paulo

Brigitte Ursula Stach-Haertel 14 March 2017 (has links)
Este estudo qualitativo de caráter exploratório está pautado em preceitos convergentes da Educação e da Psicologia tendo por objetivo identificar referências pessoais que influenciem os valores ético-morais adotados pelo público adolescente. A investigação teórico empírica perpassou pressupostos da educação em valores consonantes a prerrogativas da psicologia moral visando elencar características admiráveis apontadas pelos jovens participantes; o presente trabalho foi emoldurado por variáveis do escopo educativo assumindo-o como um campo privilegiado de interação entre as distintas gerações que venham a favorecer uma construção reflexiva de valores ético-morais a partir de princípios louváveis. Em função destas prerrogativas uma questão central norteou nossa pesquisa: que influências perpassam a constituição de referências éticas e morais da atual geração de adolescentes? Alunos do terceiro ano do Ensino Médio da rede pública estadual paulista atendidos por um programa socioeducativo de formação complementar participaram desta pesquisa; estes dezenove adolescentes de dezessete anos por ocasião da pesquisa revelaram especificidades de seu raciocínio moral respondendo a um questionário de oito questões compostas. A organização e a composição dos resultados demonstrou a singularidade e a complexidade de sua leitura de mundo impregnada pelo contexto e pelo momento histórico vivenciado: moradores do entorno do grande ABC paulista composto pelos municípios de Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano região considerada referência do movimento sindical brasileiro por ocasião do início das mobilizações de rua convocadas pelas redes sociais em Junho de dois mil e treze. A sistematização dos dados foi organizada por categorias de influências e significados resultantes da lógica singular a cada um dos participantes, doze do sexo masculino e sete do sexo feminino; tal disposição demonstrou que a confiança dedicada a outrem é um dos valores centrais à constituição dos princípios ético-morais entre estes jovens. Os resultados obtidos evidenciam a relevância do afeto bem como, e especialmente, da afetividade constituída a partir das relações pessoais próximas e significativas demonstrando a indubitabilidade da influência daqueles com quem são estabelecidos os laços humanos mais genuínos instaurando vínculos potencialmente constituintes das personalidades éticas. / This exploratory qualitative study is based on Educational and Psychological convergent precepts. Our central aim was to identify personal references that could influence moral and ethical values adopted by teenagers. An empirical such as theoretical investigation sought values education in the domain of Moral Psychology looking for a kind of inventory demonstrating admirable characteristics pointed out by nineteen adolescents in the age of seventeen residents of the great São Paulo ABC (reference of the Brazilian trade union movement). The scope was framed by educational influences looking for a kind of privileged ground of interaction between different generations that will hold a reflexive construction of ethical and moral values from about praiseworthy principles. In view of these prerogatives, a central question has guided our research: what kind of influences pass through the constitution of ethical and moral references of the present generation of adolescents? These youngsters third-year high school students by the São Paulo State Public School, twelve males and seven females, were also attended by a socio-educational program of complementary preparation. Composition and organization of them answers to a survey of eight compound questions revealed specificities about moral reasoning of these adolescents demonstrating the uniqueness and complexity way they assume their influences specially considering recent political marches. This data analysis was organized by categories analyzing influences and meanings which results from the singular moral judgment of each of these nineteen participants. Our central results demonstrated that trust committed to proximal others is one of the core values for the constitution of ethical-moral principles among these young people. Therefore out coming evidences confirmed affection relevance as well as, and especially, affectivity constituted from about close and significant personal relationships demonstrating the influence of those with whom the most genuine human bonds are established constituting potentially roots of ethical personalities.
4

Afetividade, valores e referências morais: um estudo com jovens estudantes da rede pública estadual paulista / Affectivity, values and moral references: a study with young students of the state of São Paulo

Stach-Haertel, Brigitte Ursula 14 March 2017 (has links)
Este estudo qualitativo de caráter exploratório está pautado em preceitos convergentes da Educação e da Psicologia tendo por objetivo identificar referências pessoais que influenciem os valores ético-morais adotados pelo público adolescente. A investigação teórico empírica perpassou pressupostos da educação em valores consonantes a prerrogativas da psicologia moral visando elencar características admiráveis apontadas pelos jovens participantes; o presente trabalho foi emoldurado por variáveis do escopo educativo assumindo-o como um campo privilegiado de interação entre as distintas gerações que venham a favorecer uma construção reflexiva de valores ético-morais a partir de princípios louváveis. Em função destas prerrogativas uma questão central norteou nossa pesquisa: que influências perpassam a constituição de referências éticas e morais da atual geração de adolescentes? Alunos do terceiro ano do Ensino Médio da rede pública estadual paulista atendidos por um programa socioeducativo de formação complementar participaram desta pesquisa; estes dezenove adolescentes de dezessete anos por ocasião da pesquisa revelaram especificidades de seu raciocínio moral respondendo a um questionário de oito questões compostas. A organização e a composição dos resultados demonstrou a singularidade e a complexidade de sua leitura de mundo impregnada pelo contexto e pelo momento histórico vivenciado: moradores do entorno do grande ABC paulista composto pelos municípios de Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano região considerada referência do movimento sindical brasileiro por ocasião do início das mobilizações de rua convocadas pelas redes sociais em Junho de dois mil e treze. A sistematização dos dados foi organizada por categorias de influências e significados resultantes da lógica singular a cada um dos participantes, doze do sexo masculino e sete do sexo feminino; tal disposição demonstrou que a confiança dedicada a outrem é um dos valores centrais à constituição dos princípios ético-morais entre estes jovens. Os resultados obtidos evidenciam a relevância do afeto bem como, e especialmente, da afetividade constituída a partir das relações pessoais próximas e significativas demonstrando a indubitabilidade da influência daqueles com quem são estabelecidos os laços humanos mais genuínos instaurando vínculos potencialmente constituintes das personalidades éticas. / This exploratory qualitative study is based on Educational and Psychological convergent precepts. Our central aim was to identify personal references that could influence moral and ethical values adopted by teenagers. An empirical such as theoretical investigation sought values education in the domain of Moral Psychology looking for a kind of inventory demonstrating admirable characteristics pointed out by nineteen adolescents in the age of seventeen residents of the great São Paulo ABC (reference of the Brazilian trade union movement). The scope was framed by educational influences looking for a kind of privileged ground of interaction between different generations that will hold a reflexive construction of ethical and moral values from about praiseworthy principles. In view of these prerogatives, a central question has guided our research: what kind of influences pass through the constitution of ethical and moral references of the present generation of adolescents? These youngsters third-year high school students by the São Paulo State Public School, twelve males and seven females, were also attended by a socio-educational program of complementary preparation. Composition and organization of them answers to a survey of eight compound questions revealed specificities about moral reasoning of these adolescents demonstrating the uniqueness and complexity way they assume their influences specially considering recent political marches. This data analysis was organized by categories analyzing influences and meanings which results from the singular moral judgment of each of these nineteen participants. Our central results demonstrated that trust committed to proximal others is one of the core values for the constitution of ethical-moral principles among these young people. Therefore out coming evidences confirmed affection relevance as well as, and especially, affectivity constituted from about close and significant personal relationships demonstrating the influence of those with whom the most genuine human bonds are established constituting potentially roots of ethical personalities.
5

Avaliação Fuzzy de Trocas Sociais entre Agentes com Personalidades / FUZZY EVALUATION OF SOCIAL EXCHANGES BETWEEN PERSONALITY-BASED AGENTS

Santos, André Vinícius dos 31 July 2008 (has links)
Made available in DSpace on 2016-03-22T17:26:07Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Andre-Vinicius.pdf: 1143939 bytes, checksum: 6c38530394bdd70a84905edf6570f0b9 (MD5) Previous issue date: 2008-07-31 / Piaget s Theory of Social Exchanges has been used as the basis for interaction analysis in Multiagent Systems. These interactions are understood as processes of service exchanges between pairs of agents followed by the the evaluation of those services by the agents involved in the processes, producing values of social exchanges. The values emerged form those evaluations are of qualitative nature, that is, subjective values influenced by different aspects related to the internal nature of the agents or effects of the external environment. One of these aspects is the behavioral analysis of the agents in the evaluation process according to their personality traits. In a social exchange process, an agent assigns a value to its investment for performing a service to another agent, and the latter gives a value for its satisfaction in having received such a service. Subsequently, values of debits and credits are also generated, allowing for future exchanges. In this context, this work considers that the agents may assume different personality traits, which lead them to different attitudes concerning the exchanges they choose to perform, the way they evaluate the exchanges or the ways they manage their debits and credits. In the literature, there are some studies on the evaluation of social exchange values, either representing exchange values as numerical intervals (range of values) to simulate their qualitative nature, or obtaining those values using functions over parameters of objective or subjective nature, used for evaluation of exchanged services. In this work, we consider a qualitative method for evaluating social exchanges, considering only the material values of investment and satisfaction, based on Fuzzy Logic. The Fuzzy Logic is justified in this context, since it aims to model the human reasoning and the decision-making in a complex, subjective, incomplete environment, considering uncertainty and inaccuracy. In this dissertation, a service is defined as a set of attributes, whose evaluation based on fuzzy logic, considering different factors of personality, allows us to infer about the fuzzy values of that service, either related to the investment value (by the agent that performs the service) or to the satisfaction value (by the agent that receives the service). The fuzzy equations of material equilibrium in the two stages of social exchanges are also analyzed / A Teoria das Trocas Sociais de Piaget tem sido utilizada como base para a análise de interações em Sistemas Multiagente. Estas interações são compreendidas como processos de trocas de serviços entre pares de agentes seguidos da avaliação destes serviços por parte dos agentes envolvidos, produzindo valores de trocas sociais. Os valores de trocas derivados desta avaliação são de natureza qualitativa, isto é, valores subjetivos influenciados por diferentes aspectos relacionados à natureza interna dos agentes ou efeitos externos do ambiente. Um destes aspectos é a análise comportamental dos agentes no processo de avaliação conforme seus traços de personalidade. Em um processo de troca social, um agente atribui um valor ao seu investimento na realização de um serviço para outro agente e este último atribui um valor de satisfação por ter recebido tal serviço. Posteriormente, são gerados valores de débitos e créditos, que permitirão a realização de trocas futuras. Neste contexto, o presente trabalho considera que os agentes assumem diferentes traços de personalidades, o que os induzem a diferentes atitudes referentes às trocas que optam por realizar, formas como avaliam as trocas ou ainda as formas como administram seus débitos e créditos. Na literatura, alguns trabalhos realizam a avaliação dos valores de trocas sociais, sejam representando os valores de trocas como intervalos numéricos (faixas de valores), para simular sua natureza qualitativa, ou obtendo-os através de funções sobre parâmetros de natureza objetiva ou subjetiva, utilizadas para avaliação dos serviços trocados. Neste trabalho, considera-se um método qualitativo para avaliação de trocas sociais, considerando somente os valores materiais de investimento e satisfação, com base na Lógica Fuzzy. A Lógica Fuzzy justificase neste contexto, pois tem como objetivo modelar de forma aproximada o raciocínio humano e a tomada de decisões em um ambiente complexo, subjetivo, incompleto, de incerteza e imprecisão. Nesta dissertação, define-se um serviço como um conjunto de atributos, cuja avaliação baseada na Lógica Fuzzy, considerando diferentes fatores de personalidades, permite inferir sobre os valores fuzzy desse serviço, sejam com relação ao valor de investimento (por parte do agente que faz o serviço) ou de satisfação (por parte daquele que recebe o serviço). As equações fuzzy de equilíbrio material nos dois estágios de trocas sociais são também analisadas
6

Uma arquitetura de Agentes BDI para auto-regulação de Trocas Sociais em Sistemas Multiagentes Abertos / SELF-REGULATION OF PERSONALITY-BASED SOCIAL EXCHANGES IN OPEN MULTIAGENT SYSTEMS

Gonçalves, Luciano Vargas 31 March 2009 (has links)
Made available in DSpace on 2016-03-22T17:26:22Z (GMT). No. of bitstreams: 1 dm2_Luciano_vargas.pdf: 637463 bytes, checksum: b08b63e8c6a347cd2c86fc24fdfd8986 (MD5) Previous issue date: 2009-03-31 / The study and development of systems to control interactions in multiagent systems is an open problem in Artificial Intelligence. The system of social exchange values of Piaget is a social approach that allows for the foundations of the modeling of interactions between agents, where the interactions are seen as service exchanges between pairs of agents, with the evaluation of the realized or received services, thats is, the investments and profits in the exchange, and credits and debits to be charged or received, respectively, in future exchanges. This evaluation may be performed in different ways by the agents, considering that they may have different exchange personality traits. In an exchange process along the time, the different ways in the evaluation of profits and losses may cause disequilibrium in the exchange balances, where some agents may accumulate profits and others accumulate losses. To solve the exchange equilibrium problem, we use the Partially Observable Markov Decision Processes (POMDP) to help the agent decision of actions that can lead to the equilibrium of the social exchanges. Then, each agent has its own internal process to evaluate its current balance of the results of the exchange process between the other agents, observing its internal state, and with the observation of its partner s exchange behavior, it is able to deliberate on the best action it should perform in order to get the equilibrium of the exchanges. Considering an open multiagent system, it is necessary a mechanism to recognize the different personality traits, to build the POMDPs to manage the exchanges between the pairs of agents. This recognizing task is done by Hidden Markov Models (HMM), which, from models of known personality traits, can approximate the personality traits of the new partners, just by analyzing observations done on the agent behaviors in exchanges. The aim of this work is to develop an hybrid agent architecture for the self-regulation of social exchanges between personalitybased agents in a open multiagent system, based in the BDI (Beliefs, Desires, Intentions) architecture, where the agent plans are obtained from optimal policies of POMDPs, which model personality traits that are recognized by HMMs. To evaluate the proposed approach some simulations were done considering (known or new) different personality traits / O estudo e desenvolvimento de sistemas para o controle de interações em sistemas multiagentes é um tema em aberto dentro da Inteligência Artificial. O sistema de valores de trocas sociais de Piaget é uma abordagem social que possibilita fundamentar a modelagem de interações de agentes, onde as interações são vistas como trocas de serviços entre pares de agentes, com a valorização dos serviços realizados e recebidos, ou seja, investimentos e ganhos na troca realizada, e, também os créditos e débitos a serem cobrados ou recebidos, respectivamente, em trocas futuras. Esta avaliação pode ser realizada de maneira diferenciada pelos agentes envolvidos, considerando que estes apresentam traços de personalidade distintos. No decorrer de processo de trocas sociais a forma diferenciada de avaliar os ganhos e perdas nas interações pode causar desequilíbrio nos balanços de trocas dos agentes, onde alguns agentes acumulam ganhos e outros acumulam perdas. Para resolver a questão do equilíbrio das trocas, encontrou-se nos Processos de Decisão de Markov Parcialmente Observáveis (POMDP) uma metodologia capaz de auxiliar a tomada de decisões de cursos de ações na busca do equilíbrio interno dos agentes. Assim, cada agente conta com um mecanismo próprio para avaliar o seu estado interno, e, de posse das observações sobre o comportamento de troca dos parceiros, torna-se apto para deliberar sobre as melhores ações a seguir na busca do equilíbrio interno para o par de agentes. Com objetivo de operar em sistema multiagentes aberto, torna-se necessário um mecanismo para reconhecer os diferentes traços de personalidade, viabilizando o uso de POMDPs nestes ambientes. Esta tarefa de reconhecimento é desempenhada pelos Modelos de Estados Ocultos de Markov (HMM), que, a partir de modelos de traços de personalidade conhecidos, podem inferir os traços aproximados de novos parceiros de interações, através das observações sobre seus comportamentos nas trocas. O objetivo deste trabalho é desenvolver uma arquitetura de agentes híbrida para a auto-regulação de trocas sociais entre agentes baseados em traços de personalidade em sistemas multiagentes abertos. A arquitetura proposta é baseada na arquitetura BDI (Beliefs, Desires, Intentions), onde os planos dos agentes são obtidos através de políticas ótimas de POMDPs, que modelam traços de personalidade reconhecidos através de HMMs. Para avaliar a proposta, foram realizadas simulações envolvendo traços de personalidade conhecidos e novos traços

Page generated in 0.0793 seconds