• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 357
  • 8
  • 3
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 376
  • 206
  • 101
  • 71
  • 57
  • 52
  • 51
  • 50
  • 48
  • 46
  • 45
  • 36
  • 36
  • 36
  • 35
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Importância dos haplótipos do gene da globolina Beta-s na hemoglobinopatia sc / Importance of beta-S haplotypes on SC hemoglobinopathy

Silva, Ana Isabel Malva [UNIFESP] January 2008 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2015-12-06T22:54:37Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2008 / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) / Introdução: Estudos anteriores em população brasileira de pacientes com anemia falciforme detectaram maior freqüência do haplótipo Bantu (70%) em pacientes com anemia falciforme na região Sudeste e de haplótipo Benin (51%) na Bahia. Entretanto, indivíduos com hemoglobinopatia SC (HbSC) da região Sudeste, apresentaram alta freqüência do haplótipo Benin (57%). Esta discrepância na freqüência dos haplótipos β S sugere que diferentes mecanismos podem estar envolvidos nesta distribuição, desde uma provável miscigenação devido à migração interna, como uma diminuição do número de indivíduos Bantu, devido a uma maior gravidade da doença. Objetivo: Para uma melhor elucidação dos mecanismos envolvidos na diferença de haplótipos observada entre portadores de HbSS e HbSC, tivemos como objetivo analisar o haplótipo do gene da globina beta em crianças portadoras de HbSC e compará-lo aos obtidos em indivíduos adultos com a mesma hemoglobinopatia. Casuística: 60 crianças e adolescentes com HbSC provenientes do ambulatório de Hemato-Pediatria do Hospital São Paulo e/ou da triagem neonatal para diagnóstico de hemoglobinopatias. Dados laboratoriais de 28 adultos com HbSC analisados anteriormente neste Serviço. Métodos: A identificação dos haplótipos foi feita por PCR seguida de digestão com enzimas específicas, segundo proposto por Sutton et al. (1989). Resultados: Dos sessenta cromossomos estudados para o haplótipo β s , observou-se a presença do haplótipo Bantu (56,7%) em 34 pacientes, Benin em 25 pacientes (41,7%) e Senegal em 1 paciente (1,6%). Quanto ao haplótipo β c , o haplótipo I foi observado em 54 pacientes (90%), o haplótipo II e o haplótipo III (5%) em 3 pacientes cada. Como resultado da análise do genótipo, pôde-se observar 55% (33/60) de Bantu/I, 35% (21/60) de Benin/I, 5% (3/60) de Benin/II e 1,6% (1/60) dos respectivos genótipos: Bantu/III, Benin/III e Senegal/III. A análise comparativa dos genótipos entre crianças/adolescentes e adultos mostrou maior freqüência do genótipo Bantu/I no primeiro grupo (p=0,04). Discussão e Conclusão: As informações obtidas neste estudo são relevantes já que apontam para uma maior prevalência, na infância, do haplótipo Bantu, diferentemente dos indivíduos adultos que apresentaram haplótipo Benin. Com isso, pode-se sugerir que indivíduos com HbSC e haplótipo β S Bantu possuam um quadro clínico mais grave do que os com haplótipo Benin. / Introduction: Previous studies in Brazilian population have shown higher frequency of Bantu haplotype (70%) in patients with sickle cell anemia (SCA) in Southeast region whereas in Bahia (Noertheast) the SCA patients had more Benin haplotype (51%). However, studies in patients with SC hemoglobinopathy (HbSC) from Southeast region showed a higher frequency of Benin haplotype (57%). The different frequency of haplotypes observed in the same region (Southeast) suggest that some mechanisms may be involved on the haplotype distribution in our population, as miscegenation, secondary to internal migration, or lower Bantu patients due to higher severity of this manifestation. Objective: Our aim was to identify the frequency of beta globin haplotypes in children and teenagers with SC disease comparing to previous analysis of adults with HbSC to understand the mechanisms involved in the haplotype difference observed in these population. Methods: We studied 60 children and teenagers with SC disease from the outclinic patients and/or from the neonatal screening Service of Hospital São Paulo. Laboratorial data from 28 adults with HbSC, previously studied, were also analyzed. The haplotype identification was realized by PCR and digestion following the protocol of Sutton et al. (1989). Results: The analyses of the β S haplotype showed: Bantu in 34 (56.7%) patients, Benin in 25 (41.7%) and Senegal in 1 pacient (1.6%). Regarding the β c haplotype, the I haplotype was observed in 54 pacients (90%), the II and III haplotypes were seen in 3 patients each (5%). The genotypes observed were 55% (33/60) of Bantu/I, 35% (21/60) of Benin/I, 5% (3/60) of Benin/II e 1,6% (1/60) of the following genotypes: Bantu/III, Benin/III and Senegal/III. The comparative analyses between children/teenagers and adults showed higher frequency of Bantu/I genotype in the first group (p=0.04). Discussion and Conclusion: The results obtained in this study are relevant because they showed a higher prevalence of Bantu haplotype in children than in adults. This can suggest that HbSC patients with Bantu haplotype may have worse clinical manifestation than patients with Benin haplotype. / BV UNIFESP: Teses e dissertações
2

Construção e validação de um guia abreviado do protocolo de acolhimento com classificação de risco em pediatria / Development and validation of an abbreviated guide to protocol the host with risk classification in pediatrics

Veras, Joelna Eline Gomes Lacerda de Freitas January 2011 (has links)
VERAS, Joelna Eline Gomes Lacerda de Freitas. Construção e validação de um guia abreviado do protocolo de acolhimento com classificação de risco em pediatria. 2011. 187 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2011. / Submitted by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2013-12-19T12:35:10Z No. of bitstreams: 1 2011_dis_jeglfveras.pdf: 13771654 bytes, checksum: f78ce59bf069478a0be1add0bb69b494 (MD5) / Approved for entry into archive by denise santos(denise.santos@ufc.br) on 2013-12-19T12:45:36Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2011_dis_jeglfveras.pdf: 13771654 bytes, checksum: f78ce59bf069478a0be1add0bb69b494 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-12-19T12:45:36Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2011_dis_jeglfveras.pdf: 13771654 bytes, checksum: f78ce59bf069478a0be1add0bb69b494 (MD5) Previous issue date: 2011 / The host with the risk rating (ACCR) to pediatric patients in emergency departments is a strategy adopted by the Ministry of Health to organize the service in accordance with the degree of complexity. The role of nurses in this sector is to accept the patient, identify emergencies and emergencies based on the evaluation criteria established by protocols and give priority to serious cases. However, the conflicting environment of the emergency services more difficult for nurses use protocols, evaluation of the child. The purpose of this study is to obtain a tool able to accurately assess the risk of patients quickly and reliably, to be used as an aid to the protocols. He had intended to construct and validate an abbreviated guide ACCR pediatric protocol in Fortaleza-CE. This is a research methodology developed in two stages: the instrument and content validation. The first abbreviated version of the guide was developed in light of the contents of the protocol in pediatric ACCR of Fortaleza, and followed the structural orientation of the instrument Paediatric Triage Tool (abridged version of scale Australian pediatric screening). Was assessed by nine judges, four teachers / researchers expert in psychometrics, content and so-called judges, five nurses with clinical experience in risk rating - technical judges, selected by experts classification system adopted. We used the strategy of "Subject Search" in the Platform Lattes for selection of judges and content, it was considered the social networks through sampling network technicians to select the judges. For validation of appearance, the court ruled the 25 (100%) items, clear and understandable by the concordance of 77.8%. We also analyzed the relevance of the items (Complaints and Major Signs and Symptoms) regarding classification of risk in the colors red, orange, yellow, green and blue, and considered to be the content of 23 (92%) of 25 items pertaining to related risk rating. Regarding the adequacy of risk indicators (airway/breathing, circulation/hemodynamics, level of consciousness, pain, elimination/hydration) the content of items 5 (100%) say they are relevant in the opinion of the judges (N=9; 100%), characterizing the risk indicators as appropriate to the contents of the "main complaints" and "Signs and Symptoms" related. For the content validation of the relevance of short items in the guide, 17 (68%) were considered relevant, and 8 (32%) not relevant by judges. However, it was deemed appropriate to carry out assessment of the relevance of items and the instrument as a whole, by applying the calculation of the Content Validity Index (CVI) CVI and obtained equal to 0.98. And there is therefore no need to remove the 8 items with less than 80% agreement. In the second abbreviated version of the Guide, there were changes to the layout, structure and content of items, suggestion of judges. It was concluded, they earned a valuable instrument that can accurately measure the degree of clinical complexity of the child, and reliable for us in providing emergency services, nurses, reduce the evaluation time of the child and reduce the chances of error. / O acolhimento com classificação de risco (ACCR) a pacientes pediátricos nos serviços de emergência é uma estratégia adotada pelo Ministério da Saúde para organizar o atendimento conforme o grau de complexidade. A função do enfermeiro neste setor é acolher o paciente, identificar urgências e emergências com base na avaliação de critérios estabelecidos por protocolos e dar prioridade aos casos mais graves. Sendo assim, o estudo teve como objetivo construir e validar um guia abreviado do protocolo de ACCR em pediatria do município de Fortaleza-CE. Trata-se de uma pesquisa metodológica desenvolvida em duas etapas: elaboração do instrumento e validação de conteúdo. A elaboração da primeira versão do guia abreviado desenvolveu-se com base no conteúdo do protocolo ACCR de pediatria de Fortaleza, além de outros instrumentos, tais como: Paediatric Triage Tool, Canadian Paediatric Triage and Acuity Scale (PaedCTAS) e Manchester Triage System (MTS), entre outros. Apresenta-se em material com trinta células de um quadro, subdivididas em cinco colunas e sete linhas. A primeira linha identifica os tópicos das colunas através de cinco indicadores de risco denominados vias aéreas/respiração, circulação/hemodinâmica, nível de consciência, dor, eliminação/hidratação. Cada indicador de risco foi subdividido em duas colunas referentes a queixas principais e sinais e sintomas. A primeira versão do guia abreviado foi submetido à avaliação por nove juízes, sendo quatro docentes/pesquisadores experts em psicometria, denominados juízes de conteúdo selecionados por meio da pesquisa por “Assunto” na Plataforma Lattes e, cinco enfermeiros residentes em Fortaleza, com experiência clínica em classificação de risco – juízes técnicos, selecionados por meio da amostragem por bola de neve. Todos os juízes atingiram pontuação acima do mínimo exigido no sistema de classificação de experts adotado. Na validação de aparência, os juízes consideraram os 25 (100%) itens, claros e compreensíveis com um percentual de concordância de 77,8%. Dos 25 itens (queixas principais e sinais e sintomas), 23 (92%), foram considerados pertinentes à classificação de risco relacionada nas cores vermelha, laranja, amarelo, verde e azul. Todos os juízes (N=9; 100%) caracterizaram os indicadores de risco como adequados ao conteúdo dos itens (queixa principal e sinais e sintomas). Para a validação de conteúdo quanto à relevância dos itens no guia abreviado, 17 (68%) foram considerados relevantes e, 8 (32%) não relevantes pelos juízes. No entanto, julgou-se oportuno realizar avaliação do grau de relevância dos itens e do instrumento como um todo, por meio da aplicação do cálculo do Índice de Validade de Conteúdo (IVC) e obteve-se IVC geral do instrumento igual a 0,98 e o IVC dos itens variando de 1 a 0,888889. Não havendo, portanto, necessidade de retirar os 8 itens com concordância inferior a 80%. Por sugestão dos juízes, foram feitas alterações no layout, estrutura e conteúdo dos itens, chegando-se, assim, à versão final do guia abreviado. Concluiu-se, que se obteve um instrumento válido, capaz de medir corretamente o grau de complexidade clínica da criança e, confiável para utilização nos serviços de emergência garantindo, aos enfermeiros, reduzir o tempo de avaliação da criança e reduzir as chances de erro.
3

Efetividade do escore clínico neural TB no diagnóstico rápido da tuberculose pulmonar em serviço de referência / Effectiveness of neural TB clinical score in the rapid diagnosis of pulmonary tuberculosis in a reference center

Libório, Mariana Pitombeira January 2013 (has links)
LIBÓRIO, Mariana Pitombeira. Efetividade do escore clínico neural TB no diagnóstico rápido da tuberculose pulmonar em serviço de referência. 2013. 91 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2013. / Submitted by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2014-06-03T16:49:36Z No. of bitstreams: 1 2013_dis_mplibório.pdf: 1254814 bytes, checksum: 99f1e58391dc236df25ca0c3d6cbaaba (MD5) / Approved for entry into archive by denise santos(denise.santos@ufc.br) on 2014-06-03T16:50:20Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_dis_mplibório.pdf: 1254814 bytes, checksum: 99f1e58391dc236df25ca0c3d6cbaaba (MD5) / Made available in DSpace on 2014-06-03T16:50:20Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_dis_mplibório.pdf: 1254814 bytes, checksum: 99f1e58391dc236df25ca0c3d6cbaaba (MD5) Previous issue date: 2013 / Objectives: Mainly in regions with the greatest TB burden in the world, there is still a delay for patients to receive the results of the diagnostic exams. Researchers from Rede Brasileira de Tuberculose developed and evaluated the performance of a diagnostic test for pulmonary TB: Neural TB clinical score. The objective of the present work is to evaluate the effectiveness of the Neural TB clinical score in the rapid diagnose of pulmonary tuberculosis in a reference unit. Methods: A pragmatic clinical essay with diagnostic intervention in the second half of the project was conducted. We recruited 351 patients aged 18 years or older, suspected of having pulmonary TB, and we applied the Neural TB clinical score to them. In the first phase of the essay, patients followed the routine of the Hospital. In the second phase, patients had collection of sputum samples for baciloscopy anticipated according to their classification by the score. T-Student test and Mann Whitney test were used to compare two independent subpopulations. Results were considered significant if p value < 0,05. Prevalence ratio and 95% confidence interval were calculated. Kappa index was used to measure conformity between the clinical score and pulmorary TB diagnostic. Results: Neural TB clinical score showed sensitivity of 75,9%, specificity of 48,8% and accuracy of 55% when compared to the diagnostic realised through sputum baciloscopy, sputum culture or clinical-radiological diagnostic altogether. The use of Neural TB clinical score was able to reduce time between patient screening and detection of organisms in a sputum sample slide in 1 day (from 3.2 to 2.6 days; p < 0.001). Although time until beginning the treatment was reduced 4 days in average when compared to the baseline group (from 8.2 to 4 days), this difference was not statistically significant (p = 0.166). Conclusion: The clinical score may be a useful tool for the detection of pulmonary tuberculosis cases. Because it is simple, it does not require expensive or complex equipment for its execution. As it is used by a trained professional, the questionnaire may produce information about referrals or test requests for the respiratory symptomatic patient, or even help in the decision of starting treatment. / Objetivos: Principalmente nas regiões com maior carga de TB no mundo, ainda existe grande demora no recebimento dos exames diagnósticos de TB pelos pacientes. Pesquisadores da Rede Brasileira de Tuberculose desenvolveram e avaliaram o desempenho de um teste diagnóstico para TB pulmonar: escore clínico Neural TB. O objetivo desse trabalho foi avaliar a efetividade do escore clínico Neural TB no diagnóstico rápido de tuberculose pulmonar em unidade de referência. Métodos: Foi realizado um ensaio clínico pragmático, que recebeu intervenção diagnóstica na segunda metade do projeto. Foram recrutados 351 pacientes com 18 anos de idade ou mais, com suspeita de TB pulmonar e aplicado o escore clínico Neural TB. Na primeira fase do estudo, os pacientes seguiram a rotina do Hospital. Na segunda fase, os pacientes tinham a coleta do escarro para baciloscopia antecipada de acordo com a classificação pelo escore clínico. Para comparação entre duas subpopulações independentes foram utilizados o teste T-Student e o teste de Mann Whitney. Os resultados foram considerados significantes para um valor de p < 0,05. Foi calculada Razão de prevalência e intervalo de confiança de 95%. A concordância entre Escore e diagnóstico de TB pulmonar foi realizada pelo Índice de Kappa. Resultados: Quando comparado ao diagnóstico realizado através da baciloscopia do escarro, cultura do escarro ou diagnóstico clínico-radiológico em conjunto, o escore clínico Neural TB apresentou sensibilidade de 75,9%, especificidade de 48,8% e acurácia de 55%. O uso do escore clínico Neural TB foi capaz de diminuir o tempo entre a triagem e a leitura da lâmina por baciloscopia em 1 dia (de 3,2 para 2,6 dias; p < 0,001). Apesar de diminuir o tempo para início do tratamento em média 4 dias com relação ao grupo baseline (de 8,2 para 4 dias), essa diferença não foi estatisticamente significante (p = 0,166). Conclusões: O escore clínico pode ser uma ferramenta útil na detecção de casos de TB pulmonar. Por sua simplicidade, não necessita de equipamentos caros e complexos para sua execução. Ao ser utilizado por um profissional treinado, o questionário poderá gerar informações sobre encaminhamentos ou pedidos de exames na abordagem do paciente sintomático respiratório, ou ainda ajudar na decisão sobre início do tratamento.
4

Triagem familiar ampliada para o gene da hemoglobina S / Broder model of family triage to the hemoglobin S gene

Bandeira, Flavia Miranda Gomes de Constantino January 2006 (has links)
Made available in DSpace on 2012-05-07T14:40:38Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) 000003.pdf: 1461143 bytes, checksum: bf5c26f12e6dd903592863c2a4cc1881 (MD5) Previous issue date: 2006 / Objetivou-se determinar a prevalência de síndromes falciformes em familiares selecionados a partir de casos índice, com particular interesse em determinar o número de afetados adicionais detectados pelo modelo de triagem familiar ampliado. Utilizou-se um estudo de corte transversal de base populacional, realizado em familiares dos casos-índice identificados pela triagem neonatal no Recife, região metropolitana do Recife e em algumas cidades do interior do estado de Pernambuco. Foram estudados os membros familiares dos casos-índice recrutados a partir da listagem fornecida pelo Programa de Triagem Neonatal de Pernambuco alocados em núcleos definidos como: 1) núcleo reduzido (NR): constituído de pai, mãe e irmãos; 2) núcleo de primeiro grau (N1): constituído de avós, tios e primos de primeiro grau; 3) núcleo de segundo grau (N2): filhos dos primos de primeiro grau; 4) núcleo ampliado (NA): NR+N1+N2 e 5) núcleo ampliado de primeiro grau (NA1): NR+N1. Foram coletadas de agosto de 2004 a junho de 2005, informações e amostras de sangue periférico de 463 membros familiares pertencentes a 21 casos-índice. A mediana de idade foi de 22 anos onde 81,5 por cento desconheciam o que era anemia falciforme. Destes, 90,5 por cento eram do Recife e região metropolitana. O gene HBB*S esteve presente em 114 indivíduos. A freqüência deste gene foi maior no NR (69 por cento), mas também elevada no N1 (22,8 por cento). De fato, o NA1 resultou na detecção de 69 portadores adicionais (cerca de 172 por cento de casos adicionais). Também ocorreu um incremento de 73 por cento na média comparando o NR com o N1. Esses resultados indicam que um número relevante de indivíduos portadores do gene HBB*S seria detectado com a ampliação do NR através da inclusão do N1. Observou-se que 53,3 por cento da população estudada, estava na faixa considerada reprodutiva e 80 por cento das pessoas que carregavam o gene HBB*S já tinham gerado filhos. Os resultados permitem as seguintes recomendações: 1) A triagem para hemoglobinopatias deve permanecer de maneira universal no estado de Pernambuco. 2) A triagem familiar ampliada, para identificação de portadores de síndrome falciforme deve ser estendida para os familiares até o primeiro grau. 3) É recomendável que ações educativas sobre as síndromes falciformes ocorram de forma sistemática em Pernambuco. 4) É necessário o envolvimento dos atores do sistema de atenção básica à saúde no tocante a multiplicação do conhecimento sobre estas síndromes.
5

Respostas auditivas de estado estável por ruído branco modulado em amplitude em triagem auditiva neonatal

Gomes Pinto, Danielle 31 January 2010 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T22:56:45Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo1306_1.pdf: 679378 bytes, checksum: e08a8853f8f88592625b740babac0780 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2010 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / Introdução: Atualmente existem técnicas sedimentadas para avaliação da função auditiva em neonatos: o exame de Emissões Otoacústicas (EOA) e o exame de Potenciais Evocados Auditivos de Tronco Encefálico (PEATC). Estas técnicas podem ser utilizadas em protocolos de diagnóstico ou de triagem (JCIH, 2007). Recentemente, uma técnica baseada nas Respostas Auditivas de Estado Estável (RAEE) foi introduzida, na bateria de exames passívies de aplicação na avaliação auditiva de neonatos. Esta técnica tem importantes vantagens em relação aos PEATC transientes, em especial para aplicações audiométricas. Ela vem sendo utilizada principalmente em audiometria tonal fisiológica. Picton et al (2004) e Sávio e Perez- Abalo (2008) sugeriram o uso das RAEE em triagem auditiva. Um dos estímulos possíveis é o ruído branco modulado em amplitude (RBMA). A principal vantagem deste tipo de estímulo é que necessita de um tempo significativamente mais curto para obtenção da resposta. A principal desvantagem é a que este estímulo não proporciona uma avaliação específica de freqüência. Objetivo: O presente estudo tem como objetivo avaliar o uso das RAEE por RBMA (RAEERBMA) como ferramenta de triagem auditiva em neonatos. Métodos: Foram avaliados 30 recém-nascidos advindos da Maternidade do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco, dos quais 50%(n=15) apresentavam indicadores de risco para perda auditiva, houve também alto índice de prematuridade 30% (n=9) e baixo peso 33,5% (n=10) . Foram realizados exames de EOA transientes e RAEERBMA. O resultado dos testes de EOA transientes foi considerado como padrão na comparação. O exame de RAEE foi obtido com estímulos de 40 dBSPL. Nos neonatos que falharam foram aplicados estímulos de 50, 60 e 70 dBSPL, até que fosse obtida resposta. Resultados: Foi observada a correlação entre os achados de passa e falha do exame de EOAT e a presença e ausência de respostas para o exame de RAEE, testaram-se 4 intensidades para o estímulo de RAEE e foi analisado o tempo de teste do exame de RAEE. Para a intensidade de 50 dB SPL houve uma correlação de 100% entre os achados. O tempo de teste para o exame de RAEE variou de 30 segundos a 13 minutos (média de 5 e mediana de 4 minutos). O índice de falha na triagem foi alto (10%), provavelmente por tratar-se de crianças com presença de indicadores de risco e fatores correlacionados a presença de indicadores como prematuridade e baixo peso. Conclusão: Estes achados sugerem que os RAEE por RBMA podem ser usados para triagem auditiva em neonatos. É necessária a realização de estudos com um maior número de sujeitos
6

Estudo da efetividade do programa de triagem auditiva neonatal de um hospital universitário do Recife

Ramos Cavalcanti de Albuquerque, Renata 31 January 2009 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T23:14:09Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo4049_1.pdf: 858082 bytes, checksum: e60558bb7fa47b5a939eb77a7fba2597 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2009 / A triagem auditiva neonatal universal (TANU) tem por objetivo avaliar todos os neonatos para se chegar a um diagnóstico de perda auditiva o mais cedo possível, para que haja intervenção imediata, visando o desenvolvimento global e de linguagem oral infantil. O objetivo do trabalho foi avaliar os dois primeiros anos de implantação do programa de triagem auditiva neonatal, do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco (HCUFPE). Este estudo caracterizou-se por ser observacional, descritivo e transversal. Os dados foram coletados a partir da leitura e digitação dos formulários da TAN do HC-UFPE. Participaram 1686 neonatos e lactentes atendidos no programa de triagem auditiva neonatal no período do estudo. As principais variáveis foram: (1) número de neonatos nascidos no Hospital das Clínicas; (2) número de neonatos e lactentes que realizaram a triagem auditiva; (3) resultado da TAN; (4) número de neonatos e lactentes que retornaram ao re-teste; (5) resultado do re-teste; (6) idade na qual o neonato e lactente realizaram a triagem e re-teste; (7) intervalo entre a triagem auditiva e o re-teste, e (8) presença e ausência de indicadores de risco. Participaram do programa de TAN 31,5% e 65,2% dos neonatos nascidos no primeiro e no segundo ano de implantação do programa, respectivamente. Na análise do resultado na TAN, 18,1% e 42,6% dos neonatos e lactentes obtiveram FALHA como resultado no primeiro e segundo ano, respectivamente. Compareceram ao re-teste 17,4% e 29,9% dos neonatos e lactentes no primeiro e no segundo ano, respectivamente. A análise entre o resultado da TAN e a presença ou ausência de indicador de risco para perda auditiva indicou que 96,1% e 74,3% dos neonatos e lactentes possuíam um ou mais indicador de risco, no primeiro e segundo ano, respectivamente. O programa de triagem auditiva neonatal não pode ser considerado efetivo, pois, não atinge os indicadores de qualidade recomendados pelo JCIH (2000). Entretanto, verifica-se um aumento do número de bebês triados ao longo do tempo, caminhando para alcançar à universalidade
7

ATIVIDADE DE EXTRATOS ETANÓLICOS SOBRE O CONTROLE IN VITRO DE COLLETOTRICHUM MUSAE

CARMINATE, B. 23 February 2015 (has links)
Made available in DSpace on 2018-08-01T23:26:46Z (GMT). No. of bitstreams: 1 tese_7931_43 - Dissertação - Bruna Carminate.pdf: 1092429 bytes, checksum: 857332b75697b83e69f85ae61fe300d5 (MD5) Previous issue date: 2015-02-23 / O Brasil é o segundo maior produtor mundial de frutas. O Estado do Espírito Santo está entre os maiores produtores de banana (Musa spp.) e contribui consideravelmente para exportação desta fruta. No entanto a produção tem sido afetada pela ocorrência de doenças pós-colheita, afetando a qualidade e quantidade dos frutos disponíveis para exportação e consumo local. Diversas doenças afetam a qualidade das frutas na fase pós-colheita, como a antracnose, doença ocasionada pelo fungo Colletotrichum musae no fruto de banana, que representa o mais grave problema em pós-colheita desta fruta. A utilização de fungicidas de origem vegetal poderá constituir um método alternativo e promissor no controle de doenças, pois além de serem de fácil obtenção e baixo custo, minimizam os problemas de toxicidade apresentados pelos produtos químicos sintéticos. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar a atividade de extratos vegetais de Eugenia astringens Cambess, Licania tomentosa e Vernonia polyanthes Less no controle in vitro do fungo fitopatogênico C. musae. O extrato etanólico foi obtido a partir de folhas e sementes de E. astringens, folhas de L. tomentosa e folhas e flores de V. polyanthes por maceração e realizado a triagem fitoquímica. Os compostos do metabolismo secundário encontrados foram alcalóides, saponina, flavonóis, fenóis e taninos, esteróides, terpenos e cumarinas. Todos extratos testados apresentaram atividade significativa no crescimento do C. musae. O extrato mais ativo foi o obtido da folha de Licania tomentosa e reduziu em 60% o crescimento radial micelial do fungo. Os extratos testados apresentam alternativa promissora no controle da antracnose de banana pós-colheita.
8

Detecção de doença de Fabry em amostras de sangue impregnadas em papel filtro e sua possível aplicação em programas de triagem

Tsao, Marilyn January 2007 (has links)
A doença de Fabry é um erro inato do metabolismo causado pela deficiência da enzima α-galactosidase A. Esta proteína é codificada por um gene localizado na região Xq21.33-Xq22, sendo uma doença lisossômica de depósito ligada ao cromossomo X. É uma doença rara, com freqüência estimada de 1 caso para 40.000 indivíduos masculinos. Os sinais clínicos são causados pelo acúmulo de glicoesfingolipídeos, predominantemente globotriaosilceramida. O acúmulo de globotriaosilceramida leva a complicações vasculares e insuficiência renal, entre outros sinais e sintomas. Apesar de ser uma doença ligada ao X, a doença de Fabry pode afetar mulheres e apresenta uma grande variabilidade na expressão clínica, o que dificulta o diagnóstico da doença e causa uma subestimativa da sua prevalência. Este estudo teve como objetivo principal avaliar a acurácia do ensaio enzimático da α- galactosidase A em amostras de sangue impregnado em papel filtro. Este método, que pode ser usado em triagens populacionais para a doença de Fabry, foi comparado com o método padrão de confirmação diagnóstica, a medida da atividade da α-galactosidase A em plasma. O objetivo secundário foi estimar através desse método a freqüência da doença de Fabry em pacientes brasileiros, do sexo masculino, que estavam recebendo hemodiálise. Para avaliar a acurácia do método, foram estudados 22 controles positivos e 124 controles negativos. Verificamos uma sensibilidade de 100%, especificidade de 90,3% (IC95%: 84,1 a 94,7%), valor preditivo positivo de 64,7% (IC95%: 48,6 a 80,2%) e valor preditivo negativo de 100%. No estudo de prevalência da doença de Fabry em pacientes em tratamento com hemodiálise, foram incluídos 1712 pacientes do sexo masculino, com confirmação do diagnóstico em três casos (freqüência de 0,18% - IC95% 0,05 a 0,48% - quase 100 vezes superior a estimada na população em geral). Concluímos que a medida da atividade da α-galactosidase A em amostra de sangue impregnado em papel filtro apresenta acurácia suficiente para ser utilizado na triagem de pacientes com suspeita de doença de Fabry, incluindo triagem de grupos de alto risco como é o caso dos pacientes em hemodiálise. / Fabry disease is an inborn error of metabolism caused by the deficiency of α- galactosidase A. This protein is encoded by a gene mapped on the Xq21.33-Xq22 region, being an X-linked lysosomal storage disorder. It is a rare disease, with an estimated incidence of 1 case in each 40.000 males. Clinical features are caused by the accumulation of a glycosphingolipids, predominantly globotriaosylceramide. The accumulation of globotriaosylceramide leads to vascular complications and renal insufficiency, among other signs and symptoms. Despite being X-linked, Fabry disease can affect women, and has a great variability in clinical expression, which brings difficulty to the diagnosis and leads to underestimates of its prevalence. This study had the main objective of establishing the accuracy of the assay of α- galactosidase A activity in dried blood filter paper samples. This method, which could be used in screening for Fabry disease, was compared to the standard diagnostic method, the assay of α-galactosidase A activity in plasma samples. The secondary objective was to estimate, with this method, the prevalence of Fabry disease in a sample of Brazilian males patients receiving hemodyalisis. To evaluate the accuracy of the method, it was studied 22 patients with Fabry disease and 124 controls without Fabry disease. On the accuracy studies we observed a sensitivity of 100%, specificity of 90.3% (CI95%: 84.1 to 94.7%), positive predictive value of 64.7% (CI95%: 48.6 to 80.2%) and negative predictive value of 100%. On the study of prevalence of Fabry disease in male patients in hemodyalisis, we found three affected cases among 1712 patients investigated. The prevalence on this group of patients was estimated as 0.18% (CI95%: 0.05 a 0.48%) – almost 100 times the expected in the general population. From these results, we conclude that the assay of α-galactosidase A activity in dried blood filter paper has enough accuracy to be used in the screening of Fabry disease, including the screening of high-risk groups patients as the ones on hemodyalisis.
9

Desenvolvimento e avaliação de software para uso no acolhimento com classificação de risco em pediatria / Development and evaluation of software for use in hosting with risk classification in pediatrics

Felipe, Gilvan Ferreira 28 December 2016 (has links)
FELIPE, G. F. Desenvolvimento e avaliação de software para uso no acolhimento com classificação de risco em pediatria. 2016. 152 f. Tese (Doutorado em Enfermagem) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016. / Submitted by Erika Fernandes (erikaleitefernandes@gmail.com) on 2017-04-24T12:53:12Z No. of bitstreams: 1 2016_tese_gffelipe.pdf: 8720448 bytes, checksum: 1a6f261493852226fb512ec577354b99 (MD5) / Approved for entry into archive by Erika Fernandes (erikaleitefernandes@gmail.com) on 2017-04-24T12:53:45Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2016_tese_gffelipe.pdf: 8720448 bytes, checksum: 1a6f261493852226fb512ec577354b99 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-04-24T12:53:45Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2016_tese_gffelipe.pdf: 8720448 bytes, checksum: 1a6f261493852226fb512ec577354b99 (MD5) Previous issue date: 2016-12-28 / Risk classification (RC) is a relevant strategy for assessing and stratifying the risk and vulnerabilities of patients treated at emergency and emergency units, enabling to identify which cases require immediate assistance and which can wait for safe care. In addition, the recognition of technological evolution, especially in the computational field, stimulates the idea that the use of such technologies in the daily life of health services can contribute to improving the quality and safety of the service provided. The objective was to develop and evaluate a software about the process of RC in pediatrics. Methodological study developed in three stages: Step 1 - Software development; Step 2 - Evaluation of the technical quality and functional performance of the software through the analysis of the characteristics covered by ISO / IEC 25010, carried out by eight specialists in the area of informatics and 13 in the area of nursing; and Step 3 - Evaluation of the agreement of the software in relation to the printed protocol, performed by three nurses with experience in RC. Data analysis was performed using descriptive statistics using absolute and relative frequencies and inferential statistics using the Kendall coefficient of agreement (W), with the aid of Microsoft Office software Excel®, Statistical Package for Social Sciences (SPSS) version 20.0 and R. The ethical aspects were respected and the study was approved by the Research Ethics Committee of the Federal University of Ceará and received approval on opinion nº 1,327,959 / 2015 . For the development of the proposed software, we used the prescriptive process model of software engineering called Incremental Model, the language used for the development was CSharp (C #) and the database chosen was Microsoft® SQL Server® 2008 R2. The results obtained from the evaluation of the software developed for this study reveal that it was adequate in all characteristics analyzed and was indicated as very appropriate and / or completely appropriate by more than 70.0% of the evaluations of the specialists in computer science, as follows: functional adequacy - 100.0%; Reliability - 82.6%; Usability - 84.9%; Performance efficiency - 93.4%; Compatibility - 85.0%; Security - 91.7%; Maintainability - 95.0%; and portability - 87.5%, as well as by the nursing specialists: functional adequacy - 96.2%; Reliability - 88.5%; Usability - 98.7%; Performance efficiency - 96.2%; Compatibility - 98.1%; Security - 100.0%. The results of the risk classification generated by the use of the software, when compared to those generated from the use of the printed protocol, indicated a total agreement by two judges (W = 1,000; p <0.001) and very high agreement by another one (W = 0.992, p <0.001). The results allowed to conclude that the Software for ACCR in Pediatrics, developed in this study, was considered adequate in relation to technical quality and functional performance. In addition, the software presented high agreement in comparison with the printed protocol, currently used to perform the ACCR in the city of Fortaleza, evidencing its potential safety for the assistance of the nurses involved in conducting the RC in pediatrics. / O Acolhimento com Classificação de Risco (ACCR) é uma relevante estratégia para a avaliação e estratificação do risco e das vulnerabilidades de pacientes atendidos em unidades de urgência e emergência, possibilitando identificar quais casos necessitam de assistência imediata e quais podem aguardar atendimento com segurança. Além disso, o reconhecimento da evolução tecnológica, sobretudo em âmbito computacional, estimula a ideia de que o uso de tais tecnologias no cotidiano dos serviços de saúde pode contribuir para melhoria da qualidade e da segurança do serviço prestado. Objetivou-se desenvolver e avaliar um software acerca do processo de ACCR em pediatria. Estudo metodológico desenvolvido em três etapas: Etapa 1 – Desenvolvimento do software; Etapa 2 – Avaliação da qualidade técnica e do desempenho funcional do software por meio da análise das características abordadas pela ISO/IEC 25010, realizada por oito especialistas da área de informática e 13 da área de enfermagem; e Etapa 3 – Avaliação da concordância do software em relação ao protocolo impresso, realizada por três enfermeiros com experiência em ACCR. A análise dos dados obtidos foi realizada por meio de estatística descritiva, utilizando-se os valores de frequência absoluta e frequência relativa, e de estatística inferencial, por meio do uso do coeficiente de concordância de Kendall (W), com auxílio dos softwares Microsoft Office Excel®, Statistical Package for the Social Sciences (SPSS) versão 20.0 e R. Os aspectos éticos foram respeitados e o estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Ceará, tendo recebido aprovação no parecer nº 1.327.959/2015. Para desenvolvimento do software proposto, utilizou-se o modelo de processo prescritivo da engenharia de software chamado Modelo Incremental, a linguagem utilizada para o desenvolvimento foi a CSharp (C#) e o banco de dados escolhido para ser utilizado foi o Microsoft® SQL Server® 2008 R2. Os resultados alcançados a partir da avaliação do software desenvolvido para este estudo revelam que ele se mostrou adequado em todas as características analisadas, tendo sido indicado como muito apropriado e/ou completamente apropriado por mais de 70,0% das avaliações dos especialistas em informática, conforme segue: adequação funcional – 100,0%; confiabilidade – 82,6%; usabilidade – 84,9%; eficiência de desempenho – 93,4%; compatibilidade – 85,0%; segurança – 91,7%; manutenibilidade – 95.0%; e portabilidade – 87,5%, bem como pelos especialistas em enfermagem: adequação funcional – 96,2%; confiabilidade – 88,5%; usabilidade – 98,7%; eficiência de desempenho – 96,2%; compatibilidade – 98,1%; segurança – 100,0%. Os resultados da classificação de risco gerados com o uso do software, ao serem comparados com os gerados a partir do uso do protocolo impresso, indicaram concordância total em dois juízes (W=1,000; p<0,001) e concordância muito alta em outro (W=0,992; p<0,001). Os resultados permitiram concluir que o Software para ACCR em Pediatria, desenvolvido neste estudo, foi considerado adequado em relação à qualidade técnica e ao desempenho funcional. Além disso, o referido software apresentou elevada concordância em comparação com o Protocolo impresso, atualmente utilizado para a realização do ACCR no município de Fortaleza, evidenciando sua potencial segurança para o auxílio dos enfermeiros envolvidos na condução da classificação de risco em pediatria.
10

Detecção de doença de Fabry em amostras de sangue impregnadas em papel filtro e sua possível aplicação em programas de triagem

Tsao, Marilyn January 2007 (has links)
A doença de Fabry é um erro inato do metabolismo causado pela deficiência da enzima α-galactosidase A. Esta proteína é codificada por um gene localizado na região Xq21.33-Xq22, sendo uma doença lisossômica de depósito ligada ao cromossomo X. É uma doença rara, com freqüência estimada de 1 caso para 40.000 indivíduos masculinos. Os sinais clínicos são causados pelo acúmulo de glicoesfingolipídeos, predominantemente globotriaosilceramida. O acúmulo de globotriaosilceramida leva a complicações vasculares e insuficiência renal, entre outros sinais e sintomas. Apesar de ser uma doença ligada ao X, a doença de Fabry pode afetar mulheres e apresenta uma grande variabilidade na expressão clínica, o que dificulta o diagnóstico da doença e causa uma subestimativa da sua prevalência. Este estudo teve como objetivo principal avaliar a acurácia do ensaio enzimático da α- galactosidase A em amostras de sangue impregnado em papel filtro. Este método, que pode ser usado em triagens populacionais para a doença de Fabry, foi comparado com o método padrão de confirmação diagnóstica, a medida da atividade da α-galactosidase A em plasma. O objetivo secundário foi estimar através desse método a freqüência da doença de Fabry em pacientes brasileiros, do sexo masculino, que estavam recebendo hemodiálise. Para avaliar a acurácia do método, foram estudados 22 controles positivos e 124 controles negativos. Verificamos uma sensibilidade de 100%, especificidade de 90,3% (IC95%: 84,1 a 94,7%), valor preditivo positivo de 64,7% (IC95%: 48,6 a 80,2%) e valor preditivo negativo de 100%. No estudo de prevalência da doença de Fabry em pacientes em tratamento com hemodiálise, foram incluídos 1712 pacientes do sexo masculino, com confirmação do diagnóstico em três casos (freqüência de 0,18% - IC95% 0,05 a 0,48% - quase 100 vezes superior a estimada na população em geral). Concluímos que a medida da atividade da α-galactosidase A em amostra de sangue impregnado em papel filtro apresenta acurácia suficiente para ser utilizado na triagem de pacientes com suspeita de doença de Fabry, incluindo triagem de grupos de alto risco como é o caso dos pacientes em hemodiálise. / Fabry disease is an inborn error of metabolism caused by the deficiency of α- galactosidase A. This protein is encoded by a gene mapped on the Xq21.33-Xq22 region, being an X-linked lysosomal storage disorder. It is a rare disease, with an estimated incidence of 1 case in each 40.000 males. Clinical features are caused by the accumulation of a glycosphingolipids, predominantly globotriaosylceramide. The accumulation of globotriaosylceramide leads to vascular complications and renal insufficiency, among other signs and symptoms. Despite being X-linked, Fabry disease can affect women, and has a great variability in clinical expression, which brings difficulty to the diagnosis and leads to underestimates of its prevalence. This study had the main objective of establishing the accuracy of the assay of α- galactosidase A activity in dried blood filter paper samples. This method, which could be used in screening for Fabry disease, was compared to the standard diagnostic method, the assay of α-galactosidase A activity in plasma samples. The secondary objective was to estimate, with this method, the prevalence of Fabry disease in a sample of Brazilian males patients receiving hemodyalisis. To evaluate the accuracy of the method, it was studied 22 patients with Fabry disease and 124 controls without Fabry disease. On the accuracy studies we observed a sensitivity of 100%, specificity of 90.3% (CI95%: 84.1 to 94.7%), positive predictive value of 64.7% (CI95%: 48.6 to 80.2%) and negative predictive value of 100%. On the study of prevalence of Fabry disease in male patients in hemodyalisis, we found three affected cases among 1712 patients investigated. The prevalence on this group of patients was estimated as 0.18% (CI95%: 0.05 a 0.48%) – almost 100 times the expected in the general population. From these results, we conclude that the assay of α-galactosidase A activity in dried blood filter paper has enough accuracy to be used in the screening of Fabry disease, including the screening of high-risk groups patients as the ones on hemodyalisis.

Page generated in 0.0906 seconds