• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 20
  • Tagged with
  • 20
  • 20
  • 18
  • 18
  • 10
  • 10
  • 7
  • 5
  • 5
  • 5
  • 5
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Hemipelvectomia: análise perioperatória e de sobrevida em 35 casos

Couto, Alfredo Guilherme Haack January 2016 (has links)
Submitted by Ana Lúcia Torres (bfmhuap@gmail.com) on 2017-09-25T13:14:49Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Mestrado Alfredo Haack versão banca (1).pdf: 9768094 bytes, checksum: 3bdb2e65d438668333f45e16b3d76845 (MD5) / Approved for entry into archive by Ana Lúcia Torres (bfmhuap@gmail.com) on 2017-09-25T13:14:58Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Mestrado Alfredo Haack versão banca (1).pdf: 9768094 bytes, checksum: 3bdb2e65d438668333f45e16b3d76845 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-09-25T13:14:58Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Mestrado Alfredo Haack versão banca (1).pdf: 9768094 bytes, checksum: 3bdb2e65d438668333f45e16b3d76845 (MD5) Previous issue date: 2016 / Universidade Federal Fluminense. Hospital Universitário Antonio Pedro / Fundamentos: Hemipelvectomia (externa ou interna) é uma cirurgia ortopédica de grande porte, indicada em sarcomas pélvicos primários do osso ou de tecidos conectivos. Devido à perda significativa de sangue e fluidos, extenso trauma tecidual, distúrbios da coagulaçã o e dor intensa pós-operatória, os cuidados perioperatórios e a anestesia são desafiadores. Objetivo: Analisar variáveis perioperatórias e as estimativas de sobrevida em cirurgias de hemipelvectomia. Métodos: Estudo retrospectivo de 35 pacientes consecutivos, submetidos a hemipelvectomia no Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva entre 2000 e 2013. Foram analisadas variáveis perioperatórias. Realizada análise descritiva dos dados, expressos em médias±desvios-padrão e medianas. Para análise da sobrevida foram construídas curvas de Kaplan-Meier e realizada análise de regressão de Cox para identificar os preditores independentes de sobrevida. Resultados: Hemipelvectomia externa realizada em 23 (65,7%) pacientes. Dados pré-operatórios: mediana de idade 40 anos; peso mediano 70 kg; sexo masculino 68,5%; radioterapia pré-operatória 28,6%; quimioterapia pré-operatória 17,1%; tabagismo 42,8%; hipertensão arterial 25,7%; diabetes mellitus 5,7%; doença coronariana aterosclerótica 2,8%; asma 2,8%; insuficiência renal crônica 2,8%; refluxo gastroesofágico 2,8%; metástase pulmonar 11,4%; e depressão 5,7%. Anestesia geral combinada com regional realizada em 31 (88,57%) pacientes. Dados intraoperatórios: 23 (65,7%) pacientes apresentaram instabilidade hemodinâmica e medicamentos vasopressores foram necessários em 12 (34,2%); 6 (17,1%) apresentaram distúrbios da coagulaçã o. A mediana de infusão de cristaloides foi 3500 mL e a administração de coloides ficou entre 500 -1500 mL. Vinte pacientes (57,1%) receberam concentrado de hemácias e 4 (1,4%) necessitaram de outros hemoderivados. Trinta e três (94,2%) pacientes foram extubados na sala de operaçã o. Dados do pós-operatório: dor aguda intensa em 31,4% dos casos; 40% desenvolveram dor crônica. Dezessete pacientes (48,5%) foram transfundidos. Um paciente (2,8%) desenvolveu insuficiência renal aguda, 2 (5,7%) apresentaram distúrbios neurológicos, 1 (2,8%) apresentou arritmias e 9 (25,7%) apresentaram complicações de ferida operatória. A mediana do tempo de internaçã o após a cirurgia foi 6 dias. A média de sobrevida após a cirurgia foi 30,5±4,9 meses. Na análise bivariada, apenas estágio avançado da doença teve significância como preditor independente para morte (p=0,001, HR=6,0, IC95% para HR =2,03–17,6). Na análise multivariada ao nível de 5%, apenas os estágios avançados 3 e 4 da doença foram fator de risco independente para taxa de sobrevida reduzida. Conclusões: O tempo cirúrgico, o volume de fluidos e transfusões sanguíneas e o tempo até a alta foram menores quando comparados aos previamente reportados. A hemipelvectomia externa foi mais prevalente e apresentou menor sobrevida que a interna. Estágio avançado da doença foi preditor significativo para redução da sobrevida após hemipelvectomia / indicated in primary pelvic sarcomas of the bone or connective tissues. Due to significant loss of blood and fluids, extensive tissue trauma, coagulation disorders and severe postoperative pain, perioperative care and anesthesia are challenging. Objective: To analyze perioperative variables and survival estimates in hemipelvectomy surgeries.Methods: Retrospective study of 35 consecutive patients undergoing hemipelvectomy at Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva between 2000 and 2013. Perioperative variables were analyzed. Descriptive data analysis was conducted. Data are expressed as mean±standard deviation and medians. For survival analysis, Kaplan-Meier curves were constructed and Cox regression analysis was performed to identify independent predictors of survival. Results: External hemipelvectomy was conducted in 23 (65.7%) patients. Preoperative data: median age 40 years; median weight 70 kg; males 68.5%; preoperative radiotherapy 28.6%; preoperative chemotherapy 17.1%; smoking 42.8%; hypertension 25.7%; diabetes mellitus 5.7%; atherosclerotic coronary artery disease 2.8%; asthma 2.8%; chronic renal failure 2.8%; gastroesophageal reflux 2.8%; lung metastasis 11.4%; and depression 5.7%. General anesthesia combined with regional anesthesia was employed in 31 (88,57%) patients. Intraoperative data: 23 (65.7%) patients presented hemodynamic instability and vasopressor agents were required in 12 (34.2%); 6 (17.1%) had coagulation disorders. The crystalloid infusion median was 3500 mL and colloids administration was between 500 - 1500 mL. Twenty patients (57.1%) received packed red blood cells and 4 (1.4%) of them required other blood products. Thirty-three (94.2%) patients were extubated in the operating room. Postoperative data: intense acute pain in 31.4% of cases; 40% developed chronic pain. Seventeen patients (48.5%) were transfused. One patient (2.8%) developed acute renal failure, 2 (5.7%) presented neurological disorders, 1 (2.8%) had arrhythmias and 9 (25.7%) had operative wound complications. Median length of hospital stay after surgery was 6 days. Mean survival after surgery was 30.5±4.9 months. In the bivariate analysis, only advanced stage of the disease had significance as an independent predictor of death (p=0.001, HR=6.0, 95% CI for HR=2.03-17.6). In the multivariate analysis at the level of 5%, only advanced stage of the disease (3 and 4) was an independent risk factor for reduced survival rate. Conclusions: Operation time, fluid and blood transfusion volumes and length of hospital stay before discharge were smaller than previous reports. External hemipelvectomy was more predominant and presented shorter survival than internal hemipelvectomy. Advanced disease stage was significant predictor for reduced survival after hemipelvectomy
2

Registro nacional de operações não cardíacas: aspectos clínicos, cirúrgicos, epidemiológicos e econômicos / National registry of non-cardiac surgery: clinical, surgical, epidemiological aspects and economical opportunities

Pai Ching Yu 29 June 2010 (has links)
Anualmente são realizadas mais de 234 milhões de cirurgias no mundo com taxas de morbi e mortalidade relativamente elevadas. Os dados nacionais disponíveis de registros de operações não cardíacas são escassos e deficientes. O objetivo do nosso estudo foi avaliar o perfil epidemiológico dos pacientes submetidos a operações não cardíacas e a sua evolução nos últimos anos no Brasil. Selecionamos a partir do banco de dados de DATASUS, as informações de sistema público de saúde em caráter nacional para descrição epidemiológica de operações não cardíacas realizadas no país. As variáveis estudadas foram: número total de internações, gasto total por internação, gasto com transfusões sanguíneas, número de óbitos e tempo de internação hospitalar. O período estudado compreendeu os anos de 1995 a 2007. No período de 13 anos, foram realizadas 32.659.513 operações não cardíacas no país e houve um incremento de 20,42% no número de procedimentos realizados. De forma semelhante, os gastos hospitalares relacionados a estas cirurgias apresentaram aumento importante neste período (~ 200%), com gasto anual superior a 2 bilhões de reais. As despesas relacionadas às transfusões sanguíneas no perioperatório tiveram um aumento superior a 100%, com um gasto anual acima de 17 milhões de reais ao ano. A mortalidade hospitalar encontrada é bastante elevada no nosso país, com média de 1,77% e o aumento registrado foi mais de 30% no período. A única variável que apresentou redução ao longo dos últimos anos foi o tempo de internação hospitalar, com a média de permanência de 3,83 dias. Concluímos que há uma tendência no aumento de intervenções cirúrgicas no país. Apesar do aumento dos gastos hospitalares relacionados a estas cirurgias, a taxa de mortalidade encontrada ainda é bastante elevada. Estudos futuros são necessários para maior investigação e elaboração de estratégias complementares para melhorar os resultados cirúrgicos / Worldwide, there were performed about 234 millions of surgeries annually with a relatively high surgical morbidity and mortality. Registry and information about non-cardiac operations in Brazil are scarce and deficient. The purpose of our study was to describe the epidemiological data of non-cardiac surgeries performed in Brazil in the last years. This is a retrospective cohort study that investigated the time-window from 1995 to 2007. We collected information from DATASUS, a national public health system database. The variables studied were: number of surgeries, in-hospital expenses, blood transfusion related costs, length of stay and case fatality rates. There were 32.659.513 non-cardiac surgeries performed in Brazil in thirteen years. An increment of 20.42% was observed in the number of surgeries in this period. The cost of these procedures has increased tremendously in the last years. The increment of surgical cost was almost 200% and the yearly cost of surgical procedures to public health system was superior to 1.2 billions of dollars (2 billions of reais). The cost of blood transfusion had an increment superior to 100% and annually approximately 10 millions of dollars (17 millions of reais) were spent in perioperative transfusion. Actually, in 2007, the surgical mortality in Brazil was 1.77% and it had an increment of 31.11% in the period of 1995 to 2007. The length of stay was the unique variable which had a reduction of its numbers in the period. In average, the mean time of surgical hospitalization was 3.83 days. We concluded that the volume of surgical procedures has increased substantially in Brazil through the past years. The expenditure related to these procedures and its mortality has also increased as the number of operations. Better planning of public health resource and strategies of investment are needed to supply the crescent demand of surgery in Brazil
3

A experiência cirúrgica de ressecção do câncer colorretal e suas consequências na perspectiva do paciente / The experience of surgical resection of colorectal cancer and its consequences on the patient\'s perspective

Talita Tavares Della Motta 10 September 2013 (has links)
Trata-se de um estudo de abordagem qualitativa sob a perspectiva antropológica, que teve como objetivo apreender os sentidos da experiência cirúrgica de ressecção do câncer colorretal (CCR) e suas consequências na perspectiva do paciente. Utilizou-se o referencial teórico da antropologia interpretativa e o método etnográfico para apreender a experiência de treze pacientes em tratamento cirúrgico por CCR, que foram entrevistados em dois momentos, no pré e pós-operatórios, na unidade de internação de um hospital terciário. A coleta de dados ocorreu no período de junho a dezembro de 2012, por meio de entrevistas semiestruturadas gravadas em áudio, observações participantes e anotações em um diário de campo, cujos dados foram analisados por meio da análise de conteúdo indutiva. Os dados foram decodificados em dois núcleos temáticos, denominados de \"Esperança de cura pelo tratamento cirúrgico\" e \"Busca de confirmação de cura pela cirurgia\". No primeiro núcleo temático, da experiência de adoecimento relatada pelos pacientes foram extraídos os principais aspectos como o momento do aparecimento dos sintomas e do problema, a busca por atendimento à saúde e a suspeita do câncer, a notícia do diagnóstico oncológico, as expectativas e preocupações sobre o tratamento cirúrgico indicado, as consequências, os insucessos dos tratamentos prévios e a possibilidade da estomia intestinal. Com a interpretação destes dados verificamos que, independente dos acontecimentos, os pacientes buscam agregar informações, comportamentos e fatos para a manutenção da esperança de cura com a ressecção do CCR e consideram a estomia intestinal como uma necessidade para a possibilidade de cura. No segundo núcleo temático abordamos a experiência com o tratamento cirúrgico, no qual emergiram as expectativas em relação à ressecção do CCR, a utilização de estratégias de enfrentamento como redes de apoio, suporte profissional e atitudes otimistas na busca por confirmação de cura do câncer com a cirurgia e a estomia intestinal determina a gravidade do seu problema de saúde, contudo conseguem voltar a pensar em projetos de vida futuros. Com a interpretação destes dois núcleos temáticos, apreendemos que a cirurgia é considerada a única chance de cura para conseguirem retomar a sua vida familiar e cotidiana, e para tanto, buscam superar o estigma do câncer e todos os acontecimentos decorrentes do tratamento cirúrgico e do ambiente hospitalar, com canalização dos seus esforços para manter a esperança de que tudo dará certo. No pós-operatório, os pacientes buscam pistas sobre o sucesso da cirurgia e a sua evolução clínica passa a ser o indicativo da obtenção de cura para a nova chance de vida e surge a preocupação de aprendizagem dos cuidados com a estomia intestinal. Os resultados deste estudo poderão contribuir na melhoria do planejamento da assistência perioperatória ao paciente com CCR, com atendimento das suas necessidades / This is a qualitative study from the perspective of anthropology, which aimed to understand the meanings of the experience of surgical resection of colorectal cancer (RCC) and its impact on the patient\'s perspective. The theoretical framework of interpretive anthropology and ethnographic method to capture the experience of thirteen patients in surgical treatment for RCC has been used, who were interviewed on two occasions, before and after surgery, in the inpatient unit of a tertiary hospital. Data collection occurred from June to December 2012, through semi-structured interviews recorded on audio, participant observations and notes in a diary, and data were analyzed using inductive content analysis. The data were decoded in two thematic groups, called \"Hope for healing through surgical treatment\" and \"Seeking confirmation f the cure by surgery.\" \". In the first thematic group, the experience of illness reported by patients, the main aspects such as time of onset of symptoms and the problem were extracted, the search for health care and suspicion of cancer, the news of the cancer diagnosis, expectations and concerns about surgical treatment indicated, the consequences of the failure of previous treatments and the possibility of permanent intestinal ostomy. With the interpretation of these data it was found that regardless the events, patients seek to add information, facts and behaviors to maintain hope of cure with resection of RCC and consider the intestinal ostomy a necessity for the possibility of healing. In the second thematic group the experience with surgical treatment in which emerged the expectations for resection of RCC was addressed, the use of coping strategies such as support networks, professional support and optimistic attitudes in seeking confirmation of curing cancer with ostomy surgery and determine the severity of the health problem, however patients can think about future life plans again. With the interpretation of these two theme groups, we can see that the surgery is considered the only chance of cure and this way patients will be able to have their family life back, and therefore, they seek to overcome the stigma of cancer and all events resulting from surgical treatment and hospital environment, thus, channeling their efforts to keep the hope that everything will be alright. Postoperatively, patients seek clues about the success of surgery and clinical evolution becomes the target of achieving cure for the new chance of life and the concern of ostomy care occurs. The results of this study will contribute to the improvement of perioperative care planning for patients with RCC, with their needs attended
4

A experiência cirúrgica de ressecção do câncer colorretal e suas consequências na perspectiva do paciente / The experience of surgical resection of colorectal cancer and its consequences on the patient\'s perspective

Della Motta, Talita Tavares 10 September 2013 (has links)
Trata-se de um estudo de abordagem qualitativa sob a perspectiva antropológica, que teve como objetivo apreender os sentidos da experiência cirúrgica de ressecção do câncer colorretal (CCR) e suas consequências na perspectiva do paciente. Utilizou-se o referencial teórico da antropologia interpretativa e o método etnográfico para apreender a experiência de treze pacientes em tratamento cirúrgico por CCR, que foram entrevistados em dois momentos, no pré e pós-operatórios, na unidade de internação de um hospital terciário. A coleta de dados ocorreu no período de junho a dezembro de 2012, por meio de entrevistas semiestruturadas gravadas em áudio, observações participantes e anotações em um diário de campo, cujos dados foram analisados por meio da análise de conteúdo indutiva. Os dados foram decodificados em dois núcleos temáticos, denominados de \"Esperança de cura pelo tratamento cirúrgico\" e \"Busca de confirmação de cura pela cirurgia\". No primeiro núcleo temático, da experiência de adoecimento relatada pelos pacientes foram extraídos os principais aspectos como o momento do aparecimento dos sintomas e do problema, a busca por atendimento à saúde e a suspeita do câncer, a notícia do diagnóstico oncológico, as expectativas e preocupações sobre o tratamento cirúrgico indicado, as consequências, os insucessos dos tratamentos prévios e a possibilidade da estomia intestinal. Com a interpretação destes dados verificamos que, independente dos acontecimentos, os pacientes buscam agregar informações, comportamentos e fatos para a manutenção da esperança de cura com a ressecção do CCR e consideram a estomia intestinal como uma necessidade para a possibilidade de cura. No segundo núcleo temático abordamos a experiência com o tratamento cirúrgico, no qual emergiram as expectativas em relação à ressecção do CCR, a utilização de estratégias de enfrentamento como redes de apoio, suporte profissional e atitudes otimistas na busca por confirmação de cura do câncer com a cirurgia e a estomia intestinal determina a gravidade do seu problema de saúde, contudo conseguem voltar a pensar em projetos de vida futuros. Com a interpretação destes dois núcleos temáticos, apreendemos que a cirurgia é considerada a única chance de cura para conseguirem retomar a sua vida familiar e cotidiana, e para tanto, buscam superar o estigma do câncer e todos os acontecimentos decorrentes do tratamento cirúrgico e do ambiente hospitalar, com canalização dos seus esforços para manter a esperança de que tudo dará certo. No pós-operatório, os pacientes buscam pistas sobre o sucesso da cirurgia e a sua evolução clínica passa a ser o indicativo da obtenção de cura para a nova chance de vida e surge a preocupação de aprendizagem dos cuidados com a estomia intestinal. Os resultados deste estudo poderão contribuir na melhoria do planejamento da assistência perioperatória ao paciente com CCR, com atendimento das suas necessidades / This is a qualitative study from the perspective of anthropology, which aimed to understand the meanings of the experience of surgical resection of colorectal cancer (RCC) and its impact on the patient\'s perspective. The theoretical framework of interpretive anthropology and ethnographic method to capture the experience of thirteen patients in surgical treatment for RCC has been used, who were interviewed on two occasions, before and after surgery, in the inpatient unit of a tertiary hospital. Data collection occurred from June to December 2012, through semi-structured interviews recorded on audio, participant observations and notes in a diary, and data were analyzed using inductive content analysis. The data were decoded in two thematic groups, called \"Hope for healing through surgical treatment\" and \"Seeking confirmation f the cure by surgery.\" \". In the first thematic group, the experience of illness reported by patients, the main aspects such as time of onset of symptoms and the problem were extracted, the search for health care and suspicion of cancer, the news of the cancer diagnosis, expectations and concerns about surgical treatment indicated, the consequences of the failure of previous treatments and the possibility of permanent intestinal ostomy. With the interpretation of these data it was found that regardless the events, patients seek to add information, facts and behaviors to maintain hope of cure with resection of RCC and consider the intestinal ostomy a necessity for the possibility of healing. In the second thematic group the experience with surgical treatment in which emerged the expectations for resection of RCC was addressed, the use of coping strategies such as support networks, professional support and optimistic attitudes in seeking confirmation of curing cancer with ostomy surgery and determine the severity of the health problem, however patients can think about future life plans again. With the interpretation of these two theme groups, we can see that the surgery is considered the only chance of cure and this way patients will be able to have their family life back, and therefore, they seek to overcome the stigma of cancer and all events resulting from surgical treatment and hospital environment, thus, channeling their efforts to keep the hope that everything will be alright. Postoperatively, patients seek clues about the success of surgery and clinical evolution becomes the target of achieving cure for the new chance of life and the concern of ostomy care occurs. The results of this study will contribute to the improvement of perioperative care planning for patients with RCC, with their needs attended
5

Risco de recuperação cirúrgica retardada: análise conceitual e estudo caso-controle / Risk for delayed surgical recovery: conceptual analysis and case/control study

Rembold, Simone Martins January 2017 (has links)
Submitted by Fabiana Gonçalves Pinto (benf@ndc.uff.br) on 2018-03-21T14:32:13Z No. of bitstreams: 1 Tese_SIMONE REMBOLD_CD.pdf: 2158470 bytes, checksum: 463adc5818fd090d5064c3f581434224 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-03-21T14:32:13Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Tese_SIMONE REMBOLD_CD.pdf: 2158470 bytes, checksum: 463adc5818fd090d5064c3f581434224 (MD5) Previous issue date: 2017 / Doutorado Acadêmico em Ciências do Cuidado em Saúde / A identificação de fatores de risco durante todo o período perioperatório propicia a identificação dos pacientes mais vulneráveis a complicações e que se beneficiariam de intervenções específicas. O diagnóstico de enfermagem Risco de recuperação cirúrgica retardada da NANDA International reúne fatores de risco cirúrgico, entretanto, por ser uma terminologia recente, não há estudos disponíveis sobre sua aplicação na prática. Os objetivos do estudo foram analisar o conceito do diagnóstico de enfermagem Risco de recuperação cirúrgica retardada, visando à sua clarificação e estabelecimento de definições operacionais; e verificar quais fatores de risco apresentam maior chance de estar associados aos casos de recuperação cirúrgica retardada quando comparados aos pacientes sem recuperação cirúrgica retardada. Inicialmente foi conduzida a análise do conceito do diagnóstico de acordo com o modelo proposto por Walker e Avant. Posteriormente realizou-se estudo caso controle, onde 71 casos foram comparados com 168controles. Os critérios para determinação dos casos foram: prolongamento do tempo de internação pós-operatório, reinternação, reoperação e evidência de interrupção da cicatrização da ferida operatória. A associação entre os fatores de risco com a ocorrência de recuperação cirúrgica retardada foi verificada pela aplicação do teste Qui-quadrado (χ2), quando havia grande número de observações. Aqueles fatores com pequeno número de observações foram testados pelo teste exato de Fischer. Os fatores de risco com maiores chances de associação ao retardo da recuperação foram subnutrição (OR=8,0), cirurgias infectadas (OR=7,64), delirium (OR=6,48), resposta emocional pós-operatória (OR=5,21), complicações intraoperatórias (OR=4,81), cirurgias contaminadas (OR=4,61), transfusão de hemoderivados (OR=4,25), dor (OR=3,68), anemia (OR=3,13), mobilidade prejudicada (OR=2,59), procedimento cirúrgico prolongado (OR=2,89). A identificação dos fatores de risco possibilita a tomada de decisão sobre as melhores intervenções de enfermagem para uma recuperação em um tempo mínimo e uma assistência segura. / The identification of risk factors throughout the perioperative period allows the identification of patients who are most vulnerable to complications and who would benefit from specific interventions. The nursing diagnosis Risk for delayed surgical recovery of NANDA International cluster surgical risk factors, however, because it is a recent terminology, there are no studies available on its practical application. The objectives were to analyze the concept of nursing diagnosis Risk for delayed surgical recovery, aiming at its clarification and establishment of operational definitions; and to verify which risk factors present a greater chance of being associated to the cases of delayed surgical recovery when compared to the patients without delayed surgical recovery.: Initially the analysis of the diagnosis concept was conducted according to the model proposed by Walker and Avant. Subsequently a case control study was carried out, where 71 cases were compared with 168 controls. The criteria for determining the cases were: prolongation of the postoperative hospitalization time, rehospitalization, reoperation and evidence of interruption of wound healing. The association between risk factors and the occurrence of delayed surgical recovery was verified by the Chi-square test (χ2) and Fisher's exact test. The risk factors with higher odds of association with recovery were malnutrition (OR = 8.0), infected surgeries (OR = 7.64), delirium (OR = 6.48), and postoperative emotional response (OR = 5.21), intraoperative complications (OR = 4.81), contaminated surgeries (OR = 4.61), transfusion of blood products (OR = 4.25), pain (OR = 3.68), anemia (OR= 3.13), impaired mobility (OR = 2.59), prolonged surgical procedure (OR = 2.89). The identification of the risk factors allows decision making on the best nursing interventions for a safe care and a recovery in a minimum time.
6

Educação pós-operatória: construção e validação de uma tecnologia educativa para pacientes submetidos à cirurgia ortognática / Post-operative education: construction and validation of an educational technology for patients undergoing orthognathic surgery

Cristina Silva Sousa 13 December 2011 (has links)
A cirurgia ortognática consiste na correção de deformidades dentofaciais e visa à melhora do paciente no sentido estético, funcional e anatômico da estrutura da face. Dado o aumento da prevalência desta modalidade cirúrgica e a carência de informações destinadas ao paciente submetido a esse procedimento, este estudo teve por objetivo a construção e a validação de um material educativo. A trajetória metodológica envolveu cinco fases: revisão integrativa sobre as complicações cirúrgicas; busca na Internet sobre blogs e comunidades virtuais de pacientes submetidos a cirurgia ortognática para conhecer a população e sua necessidade de informação; realização de um grupo focal com pacientes submetidos a cirurgia ortognática para levantamento das necessidades de educação perioperatória; informação dos juízes sobre orientação feita ao paciente; construção do material educativo e validação do conteúdo técnico junto a juízes quanto a pertinência e categorias de avaliação de um material educativo aplicando a técnica Delphi; e posteriormente a clareza de conteúdo foi validada junto aos pacientes em pós-operatório de cirurgia ortognática. Os resultados referentes ao conhecimento da população demonstraram a necessidade de informação dos internautas quanto à: dúvidas e medos relativos ao procedimento, recuperação, alteração da estética facial, arrependimento após procedimento. No grupo focal, os pacientes expuseram dificuldades vivenciadas pelo edema facial e parestesia, discutiram tempo de recuperação da cirurgia, questões de autoimagem, resultados estéticos e propuseram melhor momento para entrega do material. Na primeira rodada da técnica Delphi, os juízes citaram orientações pertinentes ao período perioperatório, destacando-se: higiene oral, parestesia, edema facial, dificuldade respiratória e mastigatória, alteração da voz e movimentos musculares pós-operatórios e dieta liquida. A segunda rodada da técnica Delphi consistiu na avaliação do material educativo pelos juízes, que resultou 38,2% (84) concordo e 61,3% (135) concordo totalmente para as seis categorias do instrumento. Realizadas as correções sugeridas pelos juízes um novo material foi submetido à avaliação na terceira rodada da técnica Delphi e obtidos 30,9% (68) concordo e 68,6% (151) concordo totalmente, dando como finalizado esta fase. Submetido ao paciente para avaliar compreensão, obteve-se 33,8% (176) concordo e 59,6% (310) concordo totalmente, sem sugestões para alterações do texto e foi mantido o material apresentado. Conclui-se que a construção do material educativo é um processo que envolve profissionais e público alvo para alcançar níveis elevados de aceitação e aderência do material, sendo que este deve ser utilizado como forma complementar de orientação ao paciente. / The orthognathic surgery consists of correcting dental facial deformities and aims to improve esthetical, functional and anatomical features of the structure of the patients face. Given the increased prevalence of this surgical modality and a lack of information available to patients undergoing this procedure, this study presents the construction and validation of educational material. The methodological trajectory involved five phases: integrative review on surgical complications; search on the internet on blogs and virtual communities of patients undergoing orthognathic surgeries aiming to know the population and its need of information; a focal group with patients undergoing the procedure to identify the need of perioperative education; experts information concerning guidance provided to patients; construction of educational material and validation of technical content by experts concerning the relevance and categories of validation of education material using the Delphi technique; clarity of content was validated with patients in the postoperative period. The results concerning knowledge of the population show the need to inform Internet users about doubts and fear related to the procedure, recovery, changes in facial esthetics, regret after the procedure. Patients exposed in the focal group the difficulties experienced given the facial edema and paresthesia, discussed time of surgery recovery, self-image issues, aesthetical results and suggested the most opportune time to provide the material. In the first round of the Delphi technique, experts cited guidance related to the perioperative period and the following stood out: oral care, paresthesia, facial edema, difficulty breathing and chewing, changes in voice and muscle movements after the surgery and liquid diet. The second round of the Delphi technique consisted of the evaluation of the educational material by experts: 38.2% (84) agreed and 61.3% (135) totally agreed with the instruments six categories. The material with the corrections suggested by the experts was submitted to evaluation in the third round of the Delphi technique and 30.9% (68) agreed and 68.6% totally agreed with it and this phase was completed. When the instrument was submitted to patients to evaluate understanding, 33.8% (176) agreed and 59.6% (310) totally agreed; no suggestions to change the text were suggested and this was considered the final version. The conclusion is that the construction of educational material is a process that involves professionals and the target public to achieve high levels of acceptance and adherence to material, which should be used as an adjuvant to guidance provided to patients.
7

Revisão integrativa da pesquisa em enfermagem em centro cirúrgico no Brasil: trinta anos após o SAEP / Integrative review from nursing research at surgical centers in Brasil: thirty years after SAEP

Rosa Maria Pelegrini Fonseca 30 April 2008 (has links)
O presente estudo teve como objetivo geral sintetizar a contribuição das pesquisas produzidas pela enfermagem brasileira em centro cirúrgico. Trata-se de revisão integrativa da literatura nacional, dos artigos no período de 1978 a 2006 e indexados nas bases de dados: LILACS, DEDALUS e SCIELO. Para a coleta de dados foi elaborado um formulário. Foram localizados 56 artigos sendo que a maioria dos autores 58 (40.85%) atuando na área do ensino. Os artigos foram classificados pelo título em seis temas sendo 06 (10,71%) artigos enfocam a visita pré-operatória (VP); 29 (51,78%) dos artigos referem-se à assistência de enfermagem no período transoperatório (PTI); 12 (21,43%) à assistência em sala de recuperação anestésica (SRPA); 01 (1,79%) à visita pós operatória(VPO); 05(8,93%) à construção ou validação de instrumento (CVI); 03 (5,36%) à percepção do paciente (PP). A VP é vista como uma estratégia importante na obtenção de dados para a realização do procedimento anestésico cirúrgico sem expor o paciente a riscos e danos. O PTI aborda diversos aspectos que envolve o paciente como: a ansiedade, medo, participação da família no processo assistencial e os diagnósticos de enfermagem. Com relação SRPA fica caracterizado que é indispensável a presença do enfermeiro na prevenção das complicações. A VPO aparece como uma fase muito incipiente o enfermeiro de CC. A necessidade de se registrar a assistência de enfermagem perioperatória prestada ao paciente por meio de um instrumento estruturado objetiva dar seqüências a esta, documentá-la, facilitar a pesquisa e servir como meio de comunicação entre os setores. Quanto à PP, os pacientes se sentem seguros quando compreendem as orientações recebidas. O tratamento cordial e atencioso é percebido pelo paciente cirúrgico durante todas as fases do SAEP, mesmo estando em uma situação de desconforto, seja emocional ou fisiológica. Isso vem a confirmar a importância da assistência humanizada e individualizada. Os conteúdos dos artigos abordaram as fases do SAEP, as dificuldades e facilidades encontradas na prestação da assistência ao paciente cirúrgico. Fica evidente que a maior dificuldade está relacionada ao número insuficiente de enfermeiros que trabalham no CC e na SRPA em relação ao número de cirurgias programadas. Os objetivos foram alcançados e os 30 anos de pesquisa no Brasil, vêm contribuindo num ritmo crescente para a construção do conhecimento e influenciando positivamente o enfermeiro para o bom desempenho da assistência ao paciente cirúrgico e família / The present study had as a general objective to synthesize the contribution of the researches produced by Brazilian nursing for surgical centers. It\'s a matter of the integrative review of national literature, articles from 1978 to 2006 and indexed at the LILACS, DEDALUS and SCIELO databases. A form was elaborated to extract the data. There were found 56 articles in which most of the authors - 58 (40.85%) - act on education. Articles were classified on titles, divided on six themes in which 06 (10.71%) are focused the pre-operation visit (VP); 29 (51.78%) refer to nursing assistance at transoperating period (PTI); 12 (21.43%) to assistance at anesthesia recovering room (SRPA); 01 (1.79%) to pos operating visit (VPO); 05 (8.93%) to instruments construction or validation (CVI); 03 (5.36%) to patient\'s perception (PP). The VP is seemed as an important strategy to fulfill surgical anesthesia procedures without exposing the patient to risks and damages. The PTI approaches several aspects that involve the patient, such as: anxiety, fear, family participation during the assistance process and the nursing diagnosis. Regarding SRPA it is characterized that the presence of the nurse is indispensable to prevent complications. The VPO appears as a very incipient phase to the surgical center nurse. The necessity of registering the perioperating nursing assistance given to the patient through a structured instrument means to give sequence to this, document it, facilitate the research and serve as media between the sectors. As for the PP patient feel safe when they comprehend the given orientations. Cordial and thoughtful treatment is perceived by the surgical patient during all phases of SAEP, even in an uncomfortable situation, emotional or physiological. It confirms the importance of humanized and individualized assistance. The articles contents approach the phases of SAEP, the difficulties and facilities during the assistance to the surgical patient. It is evident that the major difficult is related to the insufficient number of nurses that work at a surgical center and at the SRPA comparing to the number of surgeries programmed. The objectives were reached and the 30 years of researches in Brazil have been contributing in a crescent rhythm to the knowledge building and positively influencing the nurse to a better assistance performance to the surgical patient and the family
8

Revisão integrativa da pesquisa em enfermagem em centro cirúrgico no Brasil: trinta anos após o SAEP / Integrative review from nursing research at surgical centers in Brasil: thirty years after SAEP

Fonseca, Rosa Maria Pelegrini 30 April 2008 (has links)
O presente estudo teve como objetivo geral sintetizar a contribuição das pesquisas produzidas pela enfermagem brasileira em centro cirúrgico. Trata-se de revisão integrativa da literatura nacional, dos artigos no período de 1978 a 2006 e indexados nas bases de dados: LILACS, DEDALUS e SCIELO. Para a coleta de dados foi elaborado um formulário. Foram localizados 56 artigos sendo que a maioria dos autores 58 (40.85%) atuando na área do ensino. Os artigos foram classificados pelo título em seis temas sendo 06 (10,71%) artigos enfocam a visita pré-operatória (VP); 29 (51,78%) dos artigos referem-se à assistência de enfermagem no período transoperatório (PTI); 12 (21,43%) à assistência em sala de recuperação anestésica (SRPA); 01 (1,79%) à visita pós operatória(VPO); 05(8,93%) à construção ou validação de instrumento (CVI); 03 (5,36%) à percepção do paciente (PP). A VP é vista como uma estratégia importante na obtenção de dados para a realização do procedimento anestésico cirúrgico sem expor o paciente a riscos e danos. O PTI aborda diversos aspectos que envolve o paciente como: a ansiedade, medo, participação da família no processo assistencial e os diagnósticos de enfermagem. Com relação SRPA fica caracterizado que é indispensável a presença do enfermeiro na prevenção das complicações. A VPO aparece como uma fase muito incipiente o enfermeiro de CC. A necessidade de se registrar a assistência de enfermagem perioperatória prestada ao paciente por meio de um instrumento estruturado objetiva dar seqüências a esta, documentá-la, facilitar a pesquisa e servir como meio de comunicação entre os setores. Quanto à PP, os pacientes se sentem seguros quando compreendem as orientações recebidas. O tratamento cordial e atencioso é percebido pelo paciente cirúrgico durante todas as fases do SAEP, mesmo estando em uma situação de desconforto, seja emocional ou fisiológica. Isso vem a confirmar a importância da assistência humanizada e individualizada. Os conteúdos dos artigos abordaram as fases do SAEP, as dificuldades e facilidades encontradas na prestação da assistência ao paciente cirúrgico. Fica evidente que a maior dificuldade está relacionada ao número insuficiente de enfermeiros que trabalham no CC e na SRPA em relação ao número de cirurgias programadas. Os objetivos foram alcançados e os 30 anos de pesquisa no Brasil, vêm contribuindo num ritmo crescente para a construção do conhecimento e influenciando positivamente o enfermeiro para o bom desempenho da assistência ao paciente cirúrgico e família / The present study had as a general objective to synthesize the contribution of the researches produced by Brazilian nursing for surgical centers. It\'s a matter of the integrative review of national literature, articles from 1978 to 2006 and indexed at the LILACS, DEDALUS and SCIELO databases. A form was elaborated to extract the data. There were found 56 articles in which most of the authors - 58 (40.85%) - act on education. Articles were classified on titles, divided on six themes in which 06 (10.71%) are focused the pre-operation visit (VP); 29 (51.78%) refer to nursing assistance at transoperating period (PTI); 12 (21.43%) to assistance at anesthesia recovering room (SRPA); 01 (1.79%) to pos operating visit (VPO); 05 (8.93%) to instruments construction or validation (CVI); 03 (5.36%) to patient\'s perception (PP). The VP is seemed as an important strategy to fulfill surgical anesthesia procedures without exposing the patient to risks and damages. The PTI approaches several aspects that involve the patient, such as: anxiety, fear, family participation during the assistance process and the nursing diagnosis. Regarding SRPA it is characterized that the presence of the nurse is indispensable to prevent complications. The VPO appears as a very incipient phase to the surgical center nurse. The necessity of registering the perioperating nursing assistance given to the patient through a structured instrument means to give sequence to this, document it, facilitate the research and serve as media between the sectors. As for the PP patient feel safe when they comprehend the given orientations. Cordial and thoughtful treatment is perceived by the surgical patient during all phases of SAEP, even in an uncomfortable situation, emotional or physiological. It confirms the importance of humanized and individualized assistance. The articles contents approach the phases of SAEP, the difficulties and facilities during the assistance to the surgical patient. It is evident that the major difficult is related to the insufficient number of nurses that work at a surgical center and at the SRPA comparing to the number of surgeries programmed. The objectives were reached and the 30 years of researches in Brazil have been contributing in a crescent rhythm to the knowledge building and positively influencing the nurse to a better assistance performance to the surgical patient and the family
9

Educação pós-operatória: construção e validação de uma tecnologia educativa para pacientes submetidos à cirurgia ortognática / Post-operative education: construction and validation of an educational technology for patients undergoing orthognathic surgery

Sousa, Cristina Silva 13 December 2011 (has links)
A cirurgia ortognática consiste na correção de deformidades dentofaciais e visa à melhora do paciente no sentido estético, funcional e anatômico da estrutura da face. Dado o aumento da prevalência desta modalidade cirúrgica e a carência de informações destinadas ao paciente submetido a esse procedimento, este estudo teve por objetivo a construção e a validação de um material educativo. A trajetória metodológica envolveu cinco fases: revisão integrativa sobre as complicações cirúrgicas; busca na Internet sobre blogs e comunidades virtuais de pacientes submetidos a cirurgia ortognática para conhecer a população e sua necessidade de informação; realização de um grupo focal com pacientes submetidos a cirurgia ortognática para levantamento das necessidades de educação perioperatória; informação dos juízes sobre orientação feita ao paciente; construção do material educativo e validação do conteúdo técnico junto a juízes quanto a pertinência e categorias de avaliação de um material educativo aplicando a técnica Delphi; e posteriormente a clareza de conteúdo foi validada junto aos pacientes em pós-operatório de cirurgia ortognática. Os resultados referentes ao conhecimento da população demonstraram a necessidade de informação dos internautas quanto à: dúvidas e medos relativos ao procedimento, recuperação, alteração da estética facial, arrependimento após procedimento. No grupo focal, os pacientes expuseram dificuldades vivenciadas pelo edema facial e parestesia, discutiram tempo de recuperação da cirurgia, questões de autoimagem, resultados estéticos e propuseram melhor momento para entrega do material. Na primeira rodada da técnica Delphi, os juízes citaram orientações pertinentes ao período perioperatório, destacando-se: higiene oral, parestesia, edema facial, dificuldade respiratória e mastigatória, alteração da voz e movimentos musculares pós-operatórios e dieta liquida. A segunda rodada da técnica Delphi consistiu na avaliação do material educativo pelos juízes, que resultou 38,2% (84) concordo e 61,3% (135) concordo totalmente para as seis categorias do instrumento. Realizadas as correções sugeridas pelos juízes um novo material foi submetido à avaliação na terceira rodada da técnica Delphi e obtidos 30,9% (68) concordo e 68,6% (151) concordo totalmente, dando como finalizado esta fase. Submetido ao paciente para avaliar compreensão, obteve-se 33,8% (176) concordo e 59,6% (310) concordo totalmente, sem sugestões para alterações do texto e foi mantido o material apresentado. Conclui-se que a construção do material educativo é um processo que envolve profissionais e público alvo para alcançar níveis elevados de aceitação e aderência do material, sendo que este deve ser utilizado como forma complementar de orientação ao paciente. / The orthognathic surgery consists of correcting dental facial deformities and aims to improve esthetical, functional and anatomical features of the structure of the patients face. Given the increased prevalence of this surgical modality and a lack of information available to patients undergoing this procedure, this study presents the construction and validation of educational material. The methodological trajectory involved five phases: integrative review on surgical complications; search on the internet on blogs and virtual communities of patients undergoing orthognathic surgeries aiming to know the population and its need of information; a focal group with patients undergoing the procedure to identify the need of perioperative education; experts information concerning guidance provided to patients; construction of educational material and validation of technical content by experts concerning the relevance and categories of validation of education material using the Delphi technique; clarity of content was validated with patients in the postoperative period. The results concerning knowledge of the population show the need to inform Internet users about doubts and fear related to the procedure, recovery, changes in facial esthetics, regret after the procedure. Patients exposed in the focal group the difficulties experienced given the facial edema and paresthesia, discussed time of surgery recovery, self-image issues, aesthetical results and suggested the most opportune time to provide the material. In the first round of the Delphi technique, experts cited guidance related to the perioperative period and the following stood out: oral care, paresthesia, facial edema, difficulty breathing and chewing, changes in voice and muscle movements after the surgery and liquid diet. The second round of the Delphi technique consisted of the evaluation of the educational material by experts: 38.2% (84) agreed and 61.3% (135) totally agreed with the instruments six categories. The material with the corrections suggested by the experts was submitted to evaluation in the third round of the Delphi technique and 30.9% (68) agreed and 68.6% totally agreed with it and this phase was completed. When the instrument was submitted to patients to evaluate understanding, 33.8% (176) agreed and 59.6% (310) totally agreed; no suggestions to change the text were suggested and this was considered the final version. The conclusion is that the construction of educational material is a process that involves professionals and the target public to achieve high levels of acceptance and adherence to material, which should be used as an adjuvant to guidance provided to patients.
10

Uso do índice tornozelo-braquial como preditor de eventos cardiovasculares no pós-operatório de cirurgias não cardíacas / Ankle-brachial index estimating cardiac complications after general surgery

Gabriel Assis Lopes do Carmo 25 April 2014 (has links)
A avaliação perioperatória é uma etapa importante antes de encaminhar o paciente para a realização de uma operação. Algoritmos e escores podem ajudar durante este processo de estratificação de risco e na tomada de decisões. Entretanto, a maior parte deles foram descritos e desenvolvidos em um contexto diferente que pode não representar a realidade médico atual. O índice tornozelo-braquial (ITB) é capaz de quantificar o risco cardiovascular na população em geral. É um método barato e passível de ser realizado ambulatorialmente e poderia ser útil antes da realização de procedimentos cirúrgicos. O trabalho atual é um estudo observacional e prospectivo que avaliou pacientes de risco cardiovascular perioperatório intermediário a alto antes de serem submetidos a cirurgias não cardíacas. O ITB foi aferido em todos os pacientes. Um valor <=0,9 foi considerado alterado, definindo o grupo portador de doença arterial periférica. Os demais pacientes constituíram o grupo controle. Traçados eletrocardiográficos e dosagem sérica de troponina foram obtidos em todos os pacientes nas primeiras 72 horas após o procedimento. Todos os pacientes foram seguidos por um período de 30 dias, sendo o desfecho primário um combinado de eventos cardiovasculares (mortalidade cardiovascular, síndrome coronariana aguda, elevação isolada de troponina, insuficiência cardíaca descompensada, choque cardiogênico, arritmias instáveis, parada cardíaca não fatal, edema agudo de pulmão, acidente vascular cerebral e doença arterial periférica descompensada). Foram avaliados 132 pacientes (61,3% do sexo masculino; idade média 65,4 anos). Durante o período de acompanhamento especificado 57,9% dos pacientes com ITB <= 0,9 apresentaram o desfecho primário vs 25,7% no grupo controle (p=0,011). Após análise multivariada por regressão logística, o odds ratio (OR) para a ocorrência desta complicação foi de 7,4 (IC 95% 2,2-25,0, p=0,001) e o valor de P para o teste de Hosmer-Lemeshow foi de 0,626. A elevação isolada de troponina foi o principal evento encontrado (78,9%). Análise de desfecho secundário mostrou um OR de 13,4 para a ocorrência de elevação isolada de troponina após regressão logística (IC 95% 3,0-59,9, p=0,001) com o valor de P do teste de Hosmer-Lemeshow de 0,922. Concluímos então que, no período perioperatório, a presença de ITB anormal está associado a pior prognóstico cardiovascular, principalmente devido à elevação isolada de troponina / Perioperative evaluation is an important step before referring a patient to surgery. Scores and algorithms can help during this process. However, most of them were developed in different context that may not represent the actual medical scenario. The ankle-brachial index (ABI) can quantify cardiovascular risk in general population. It is inexpensive and easy to perform in office care and could be useful before surgery. This is a prospective and observational study that evaluated intermediate to high cardiovascular risk patients referred for general surgery. ABI were performed in all patients before surgery. A value <= 0.9 was considered abnormal and defined the peripheral artery disease group, and the remaining patients constituted the control group. Troponin-I and electrocardiogram were provided in the first 72 hours. All patients were followed for 30 days and primary endpoint was a composite of cardiovascular events (cardiovascular mortality, acute coronary syndrome, isolated troponin elevation, decompensated heart failure, cardiogenic shock, unstable arrhythmias, non fatal cardiac arrest, pulmonary edema, stroke and peripheral artery disease decompensation). We evaluated 132 patients (61.3% male; mean age 65.4 years). During the specified period 57.9% of patients with ABI <= 0.9 had a cardiovascular event vs 25.7% in the control group (p=0.011). After logistic regression, the odds ratio (OR) was 7.4 (CI 95% 2.2-25.0, p=0.001) and Hosmer-Lemeshow P=0.626. Isolated troponin elevation was the main event (78.9%). Secondary analysis revealed an OR of 13.4 for the occurrence of secondary endpoint after logistic regression (CI 95% 3.0-59.9, p=0.001) and Hosmer-Lemeshow P = 0.922. In conclusion, in the perioperative setting, an abnormal ankle-brachial index is associated with a worse cardiovascular prognosis, especially due to isolated troponin elevation

Page generated in 0.1191 seconds