• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 18
  • Tagged with
  • 18
  • 18
  • 9
  • 8
  • 8
  • 7
  • 7
  • 5
  • 5
  • 4
  • 3
  • 3
  • 2
  • 2
  • 2
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Autonomia na Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE

Brotti, Maria Gorete 2000 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico. Made available in DSpace on 2012-10-17T11:43:43Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2014-09-25T18:29:58Z : No. of bitstreams: 1 173849.pdf: 5212619 bytes, checksum: 416516cf74e3a95e645d34befe1eb70d (MD5) Este estudo tem como objetivo analisar o processo de transição para a autonomia da UNIOESTE, segundo a percepção dos seus professores e dirigentes. Para tanto, procura-se: (a) conhecer os principais aspectos conceituais e os fundamentos macrossocietários que sustentam a autonomia universitária; (b) caracterizar a percepção dos professores e dirigentes sobre a questão da autonomia universitária em geral e, em particular, a autonomia da UNIOESTE; (c) analisar os reflexos imediatos do processo de autonomia na gestão administrativa da UNIOESTE, bem como no âmbito do ensino, pesquisa e extensão; (d) identificar os fatores dificultadores e facilitadores da implementação do pleno exercício da autonomia na UNIOESTE. A pesquisa caracteriza-se como estudo exploratório-descritivo e classifica-se como um estudo de caso. A abordagem adotada é predominantemente qualitativa, tendo uma perspectiva de corte transversal. A população-alvo é composta pelos professores e dirigentes da UNIOESTE, denominados informantes-chave. Os dados primários foram coletados por meio de um roteiro de entrevista semi-estruturada aplicada in loco a 17 informantes-chave. Os dados foram tratados de forma qualitativa. Para isso, construíram-se categorias a partir das variáveis definidas nas questões de pesquisa representadas no roteiro para as entrevistas.
2

Autonomia e avaliação institucional na Universidade do Amazonas

Braga, Aluísio Augusto de Queiroz 2002 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico. Programa de Pós-Graduação em Administração. Made available in DSpace on 2012-10-19T19:53:23Z (GMT). No. of bitstreams: 1 185939.pdf: 371207 bytes, checksum: 98cd7ad3c2b563e2b24c885004a0ab09 (MD5) A visão que têm os docentes da Universidade Federal do Amazonas, sobre a autonomia universitária e a avaliação institucional é mostrada, neste trabalho, a partir de uma pesquisa que ouviu mais de treze por cento (13%) do corpo docente, em todas as unidades acadêmicas.Um breve estudo sobre a universidade, sua evolução e institucionalização, bem como a revisão da literatura pertinente aos temas de avaliação institucional e autonomia universitária servem de referência e balizam a abordagem com os professores entrevistados, no contexto geral da universidade e, especificamente, em relação à Universidade do Amazonas. A análise dos resultados que detalha a percepção que os docentes têm sobre os temas, permite que, além desse conhecimento, sejam também retiradas algumas conclusões e recomendações que podem ser utilizadas, pela administração universitária, quer seja, para solidificar conceitos a respeito da autonomia universitária ou para aprimorar seus processos internos de avaliação.
3

Fatores que interferem no exercicio da autonomia das Universidades Federais Brasileiras : o caso da Universidade Federal de Viçosa

Reis, Adolfo Egidio 1996 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Socio-Economico Made available in DSpace on 2012-10-16T11:26:38Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2016-01-08T21:17:22Z : No. of bitstreams: 1 103342.pdf: 1970598 bytes, checksum: 3beb3d36e275aefba58af2c725fd9d91 (MD5) A análise da autonomia universitária, o seu entendimento, as condições atuais para sua prática e os fatores impeditivos ou dificultadores do seu exercício são os aspectos abordados nesta pesquisa. A população do estudo abrange os dirigentes da U.F.V., especialmente os da área acadêmica. Constata-se que a centralização do poder decisório é o principal entrave ao exercício da autonomia da U.F.V., seguido pela interferência de outros órgãos governamentais e a falta de segurança no processo decisório.
4

A direção e suas funções no processo da administração universitária

Martins, Eliseu Diógenes 1981 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico. Curso de Pós-Graduação em Adiministração. Made available in DSpace on 2012-10-16T21:38:58Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2016-01-08T13:58:45Z : No. of bitstreams: 1 214463.pdf: 15384079 bytes, checksum: 5440c0bc844d2e34b44e7f7ee9e2fb3a (MD5)
5

Autonomia, participação popular e educação em contexto de reforma do Estado

Santos, Maria Rosimary Soares dos. 2007 (has links)
Orientador: Cândido Giraldez Vieitez Banca: Célia Aparecida F. Tolentino Banca: Sônia Aparecida Alem Marrach Banca: César Augusto Minto Banca: Carlos Bauer de Souza Resumo: O objetivo central deste trabalho consistiu em investigar os dilemas sobre a configuração do público no Estado capitalista, desenvolvendo a tese de que, com o ajuste estrutural neoliberal, as práticas de participação popular, como o Orçamento Participativo (OP), e as formas de protagonismo possibilitadas pela autonomia universitária passam a estar submetidas a tensões, entre, de um lado, o transformismo operado para produzir as melhores condições para a reprodução do padrão hegemônico de poder do capital e legitimar uma ordem social em que os direitos sociais universais são paulatinamente desconstruídos e, de outro, as lutas que forjam práticas autônomas que possam afirmar o público contra a esfera privada-mercantil. Através da pesquisa bibliográfica buscou-se explicitar e analisar as ressignificações promovidas pela nova esquerda ou pela esquerda pós-moderna em conceitos e categorias importantes como democracia, revolução e reforma social, participação, sociedade civil e esfera pública. O que tem se apresentado como um projeto político de transformação radical das sociedades contemporâneas configura uma estratégia política que naturaliza o capitalismo, descartando qualquer possibilidade de ruptura e superação de seu projeto de dominação e de sociabilidade. A tese indaga sobre o caráter e a natureza de projetos de participação social ou popular, como os orçamentos participativos de entes que a Constituição Federal afirmou como autônomos - município e universidade - no contexto das profundas transformações engendradas pelo ajuste estrutural neoliberal em curso nas duas últimas décadas do século XX e no início do XXI. A investigação não se restringiu aos OPs, mas os incorporou como parte do objeto de pesquisa, no exame dos dilemas e tensões da autonomia e da participação social... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) Abstract: The central objective of this work consisted of investigating the dilemma on the configuration of the public in the capitalist State, developing the thesis of that, with the neoliberal structural adjustment, practical of popular participation, as Participative Budgets (OP), and the forms of protagonism made possible by the university autonomy start to be submitted the tensions, enters, of a side, the operated transformismo to produce the best conditions for the reproduction of the hegemonic standard of being able of the capital and to legitimize a social order where the universal social rights gradually are desconstruídos and, of another one, the fights that they forge practical autonomous worker that they can affirm the public against the private-mercantile sphere. Through the bibliographical research one searched to explicitar and to analyze the ressignificações promoted for the new left or the after-modern left in concepts and important categories as democracy, revolution and social reform, participation, civil society and public sphere. What if it has presented as a project politician of radical transformation of the societies contemporaries configures a strategy politics that naturalizes the capitalism, discarding any possibility of rupture and overcoming of its project of domination and sociability. The thesis inquires on the character and the nature of projects of social or popular participation, as the participative budgets of beings who the Federal Constitution affirmed as independent - city and university - in the context of the deep transformations produced for the neoliberal structural adjustment in course in the two last decades of century XX and in the beginning of the XXI. The inquiry was not restricted to the OPs, but it incorporated them as part of the research object, in the examination of the dilemma and tensions of the autonomy and... (Complete abstract click electronic access below) Doutor
6

Reforma e autonomia universitaria na Universidade Nacional da Colombia 1964-1993

Serrano Zalamea, Mariana 2001 (has links)
Orientador : Pedro Laudinor Goergen Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação Made available in DSpace on 2018-07-27T23:56:50Z (GMT). No. of bitstreams: 1 SerranoZalamea_Mariana_M.pdf: 9066932 bytes, checksum: 4b60092c8776efd07ff945ad46379af1 (MD5) Previous issue date: 2001 Mestrado
7

Autonomia, participação popular e educação em contexto de reforma do Estado

Santos, Maria Rosimary Soares dos [UNESP] 6 July 2007 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:33:29Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2007-07-06Bitstream added on 2014-06-13T19:04:29Z : No. of bitstreams: 1 santos_mrs_dr_mar.pdf: 824552 bytes, checksum: 3bc76a862109dee92f47c216cf26450b (MD5) O objetivo central deste trabalho consistiu em investigar os dilemas sobre a configuração do público no Estado capitalista, desenvolvendo a tese de que, com o ajuste estrutural neoliberal, as práticas de participação popular, como o Orçamento Participativo (OP), e as formas de protagonismo possibilitadas pela autonomia universitária passam a estar submetidas a tensões, entre, de um lado, o transformismo operado para produzir as melhores condições para a reprodução do padrão hegemônico de poder do capital e legitimar uma ordem social em que os direitos sociais universais são paulatinamente desconstruídos e, de outro, as lutas que forjam práticas autônomas que possam afirmar o público contra a esfera privada-mercantil. Através da pesquisa bibliográfica buscou-se explicitar e analisar as ressignificações promovidas pela nova esquerda ou pela esquerda pós-moderna em conceitos e categorias importantes como democracia, revolução e reforma social, participação, sociedade civil e esfera pública. O que tem se apresentado como um projeto político de transformação radical das sociedades contemporâneas configura uma estratégia política que naturaliza o capitalismo, descartando qualquer possibilidade de ruptura e superação de seu projeto de dominação e de sociabilidade. A tese indaga sobre o caráter e a natureza de projetos de participação social ou popular, como os orçamentos participativos de entes que a Constituição Federal afirmou como autônomos - município e universidade - no contexto das profundas transformações engendradas pelo ajuste estrutural neoliberal em curso nas duas últimas décadas do século XX e no início do XXI. A investigação não se restringiu aos OPs, mas os incorporou como parte do objeto de pesquisa, no exame dos dilemas e tensões da autonomia e da participação social... The central objective of this work consisted of investigating the dilemma on the configuration of the public in the capitalist State, developing the thesis of that, with the neoliberal structural adjustment, practical of popular participation, as Participative Budgets (OP), and the forms of protagonism made possible by the university autonomy start to be submitted the tensions, enters, of a side, the operated transformismo to produce the best conditions for the reproduction of the hegemonic standard of being able of the capital and to legitimize a social order where the universal social rights gradually are desconstruídos and, of another one, the fights that they forge practical autonomous worker that they can affirm the public against the private-mercantile sphere. Through the bibliographical research one searched to explicitar and to analyze the ressignificações promoted for the new left or the after-modern left in concepts and important categories as democracy, revolution and social reform, participation, civil society and public sphere. What if it has presented as a project politician of radical transformation of the societies contemporaries configures a strategy politics that naturalizes the capitalism, discarding any possibility of rupture and overcoming of its project of domination and sociability. The thesis inquires on the character and the nature of projects of social or popular participation, as the participative budgets of beings who the Federal Constitution affirmed as independent - city and university - in the context of the deep transformations produced for the neoliberal structural adjustment in course in the two last decades of century XX and in the beginning of the XXI. The inquiry was not restricted to the OPs, but it incorporated them as part of the research object, in the examination of the dilemma and tensions of the autonomy and... (Complete abstract click electronic access below)
8

Instituições de ensino superior do Sistema ACAFE e autonomia universitária

Siewerdt, Maurício José 25 October 2012 (has links)
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, Florianópolis, 2010 Made available in DSpace on 2012-10-25T08:36:19Z (GMT). No. of bitstreams: 1 281512.pdf: 1436342 bytes, checksum: 45ca0f7d5af1193bd6c0d23957c00955 (MD5) Nesta tese apresento os resultados de um estudo sobre os efeitos do modelo de gestão das Universidades da Associação Catarinense das Fundações Educacionais - ACAFE sobre o trabalho de seus docentes. Fenômeno emergente a partir da década de 1960 em Santa Catarina, a ACAFE foi protagonista na expansão do ensino superior neste Estado. A alternativa encontrada pela classe dominante catarinense para a reprodução da força de trabalho em nível superior foi por meio do ensino pago, e com professores subordinados ao regime de trabalho celetista em instituições municipais fundacionais públicas de direito privado, aglutinadas em torno da ACAFE. Procurou-se responder à seguinte questão: admitindo-se que possamos trocar uma suposta mercadoria educação por uma mercadoria dinheiro, é possível este intercâmbio particular escapar, volitiva e autonomamente, à lógica das relações mercantis em geral? Como eixo teórico foi empregado o conceito de autonomia relativa em György Lukács como contraposição às crenças na volitividade do individualismo burguês e sua razão pragmática. Defendo a tese que o trabalho docente nas Fundações do Sistema ACAFE é determinado por uma herança articulada à crença, do poder econômico e político regional, na eficiência do modelo empresarial da administração e gerenciamento destas IES, e que resultaria da agilidade e flexibilidade interna e externa em bases autossustentáveis. Entretanto, com a concessão desenfreada para a implantação de IES particulares pelo CNE a partir da década de 1990, implicando no aumento da concorrência intrassetorial, as IES ACAFE, que gozavam até então do monopólio da oferta de seus serviços, acabaram subordinadas à Lei do Valor; nestas condições, a relativa autonomia administrativa às leis que regem o ser do capital é, necessariamente, inversamente proporcional à realização da autonomia da instituição e da atividade docente. Conclui-se que esta concorrência põe tanto os dirigentes, quanto os professores, das IES ACAFE na condição de reféns do mercado, implicando na exacerbação da customização dos serviços e na intensificação do já precário estado do trabalho docente.
9

Tensões institucionais e trabalho acadêmico

Zanella, Clenia Maria 2001 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação. Made available in DSpace on 2012-10-19T06:42:45Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2014-09-25T21:15:27Z : No. of bitstreams: 1 177847.pdf: 13013073 bytes, checksum: fdd8819d333560ff16e69159ded83d9f (MD5) O presente estudo objetiva refletir a universidade com relação aos problemas que enfrenta, desde a burocracia que emperra as suas funções, controla as suas atividades e estrangula aquilo que denominamos autonomia, esta entendida como o direito à criação no espaço-tempo universitário, até sua reconceituação, propondo uma universidade aberta que exercite prioritariamente a pesquisa e a produção. O objetivo da autonomia é assegurar a liberdade de crítica e a livre produção e transmissão do conhecimento. A liberdade acadêmica é o corolário da liberdade de consciência, é o meio mais seguro de fazer avançar a ciência em todos os domínios do conhecimento. Este trabalho pedagógico se refere às relações dos docentes com o aluno, com o saber e/ou conhecimento mediados pelos meios de trabalho e pautados em determinadas finalidades educativas. Conforme a natureza dessa relação de trabalho, estabelece-se um determinado nível de autonomia pedagógica. A detentora dessa autonomia é a comunidade a quem cabe a auto gestão das atividades e funções da Universidade. Enfim, só há uma saída para buscar desenvolver a autonomia: através da produção do conhecimento, da participação, da socialização da produção e do trabalho interdisciplinar.
10

A plenitude da autonomia financeira e o ciclo orçamentário das universidades públicas do estado do Paraná

Pires, José Santo Dal Bem 2001 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção. Made available in DSpace on 2012-10-18T08:57:50Z (GMT). No. of bitstreams: 1 184910.pdf: 525188 bytes, checksum: 4cec0828fa2bfdcf99995c9bc568b9e5 (MD5) Este trabalho constitui uma reflexão acerca de um conjunto de questões fundamentais relacionadas à autonomia financeira e ao ciclo orçamentário das universidades públicas do Estado do Paraná, em especial da Universidade Estadual de Maringá. Tem como objetivo contribuir para o pleno exercício da autonomia financeira das universidades públicas paranaenses, propondo premissas básicas para o aperfeiçoamento do ciclo orçamentário dessas instituições. Para tanto, preocupou-se em: (a) analisar o ciclo orçamentário vigente nas universidades públicas do Estado do Paraná, descrevendo suas atividades, modos operativos e informativos, como instrumento de gestão universitária; (b) sugerir premissas básicas para melhoria do ciclo orçamentário que contribuam para que as universidades públicas exerçam a autonomia financeira na sua plenitude; (c) evidenciar a percepção dos professores e dirigentes sobre a questão da autonomia financeira e orçamentária, em especial, a da UEM; (d) identificar os fatores dificultadores e facilitadores para implantação do pleno exercício da autonomia financeira e orçamentária na UEM. A pesquisa caracteriza-se como estudo exploratório-descritivo e classifica-se como estudo de caso. Seus resultados revelam que a autonomia financeira cada vez mais está se tornando um elemento imprescindível para o futuro das universidades públicas paranaenses, principalmente num momento em que o modelo de gestão do setor público encontra-se exaurido e com acentuada escassez de recursos financeiros. Esse cenário exige das universidades repensarem sua estrutura organizacional visando a encurtar os caminhos do processo decisório, lento e moroso, incompatível com as necessidades atuais. A pesquisa descreve todo o ciclo orçamentário, desde o planejamento até a prestação de contas e revela a percepção de professores e dirigentes sobre a questão da autonomia financeira das universidades públicas do Estado do Paraná

Page generated in 0.1077 seconds