• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 41
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 1
  • Tagged with
  • 43
  • 43
  • 13
  • 12
  • 7
  • 7
  • 7
  • 7
  • 6
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
31

Viabilidade do DNA-HPV extraido e coletado no meio UCM de material desnaturado em diferentes tempos de estocagem / Recovery of DNA for the detection of HPV from clinical cervical specimens stored for up to two years in Universal Collection Medium (UCM) with denaturing reagent

Campos, Elisabete Aparecida, 1961- 31 July 2007 (has links)
Orientadores: Jose Antonio Simões, Sophie Françoise Mauricette Derchain / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas / Made available in DSpace on 2018-08-09T07:56:09Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Campos_ElisabeteAparecida_M.pdf: 376476 bytes, checksum: 5cb1313dd5ebc4ab5d963f22dad4830d (MD5) Previous issue date: 2007 / Resumo: Objetivo: Avaliar a recuperação e estabilidade do DNA para detecção do papillomavírus humano (HPV) através da Reação em Cadeia da Polimerase (PCR) utilizando amostras estocadas por até 24 meses em Universal Collection Medium (UCM) com reagente desnaturante. Métodos: Sessenta amostras de citologia da cérvix uterina positivas para HPV, - que foram coletadas em UCM com resultado de Papanicolaou NIC 2 e NIC 3 entre os anos de 2003 e 2005 e que foram estocadas - foram utilizadas para este estudo. Todas as amostras haviam sido congeladas a ¿20°C após a adição do reagente desnaturante (0,05% de azida sódica + solução de NaOH) e da retirada da alíquota necessária para a realização do teste de Captura¿Híbrida 2 (CH 2) para identificação do DNA-HPV. O tempo de estocagem das amostras utilizadas foi de 6, 12 e 24 meses (20 amostras para cada tempo de estocagem). A extração do DNA foi realizada de acordo com protocolo específico para este tipo de material. A técnica de PCR foi realizada para confirmação da presença e da integridade do DNA através da detecção da ß-globina humana utilizando-se primers de consenso G73 e G74, e a detecção do DNA-HPV foi realizada utilizando-se os primers de consenso PGMY09 e PGMY11. Resultados: O DNA extraído do material desnaturado foi recuperado em 57 das 60 (95%) amostras estudadas. O DNA-HPV só não pôde ser detectado por PCR em uma destas amostras recuperadas. Conclusão: A recuperação e a estabilidade do DNA-HPV foi excelente após dois anos de estocagem do material cervical colhido em UCM com reagente desnaturan / Abstract: Objective: To evaluate the recovery and stability of DNA for the detection of HPV by Polymerase Chain Reaction (PCR) from clinical specimens stored for up to 24 months in Universal Collection Medium (UCM) with denatured reagent. Materials and methods: Sixty stores HPV-positive cervical smears collected from women with CIN 2 or CIN 3 diagnosis at Pap smear cytology between 2003 and 2005 were utilized to study. All samples were stored at ¿20°C after add of the denaturing reagent (sódica azida 0,05% and solution NaOH) and removing the aliquot required for carrying out the hybrid capture 2 assay for the identification of HPV-DNA, the samples were stored for 6, 12 or 24 months (20 samples for each storage time). DNA-HPV extraction was performed according to a protocol specifically designed for this type of material. The presence and quality of DNA was confirmed by human ß-globin detection using the consensus primers G73 and G74 and HPV was detected using the consensus primers PGMY09 and PGMY11 through the technique of PCR. Results: The DNA extracted from the denatured material was recovered in 57 out of 60 (95%) of the samples studied. DNA-HPV failed to be detected in one of the recovered samples. Conclusions: The recovery and stability of DNA-HPV from cervical samples stored for up to two years in UCM were excellent / Mestrado / Ciencias Biomedicas / Mestre em Tocoginecologia
32

Conduta expectante para mulheres com diagnostico histologico de NIC 2

Guedes, Ana Claudia 29 July 2005 (has links)
Orientadores: Luiz Carlos Zeferino, Sylvia Michelina Fernandes Brenna / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas / Made available in DSpace on 2018-08-05T02:57:30Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Guedes_AnaClaudia_D.pdf: 139207 bytes, checksum: e90f74673c9eab6caf07ac631112c52b (MD5) Previous issue date: 2005 / Resumo: O objetivo deste estudo foi avaliar as taxas de regressão, progressão, persistência e recidiva da neoplasia intra-epitelial cervical grau 2 (NIC 2) através do tratamento expectante. Foi realizado um ensaio clínico randomizado em mulheres com diagnóstico de NIC 2, selecionadas no Ambulatório de Patologia do Trato Genital Inferior do Hospital Maternidade Leonor Mendes de Barros, Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, no período de outubro 2002 a janeiro de 2005. O tamanho amostral foi calculado em 90 mulheres. Elas foram alocadas em dois grupos de 45 cada, um para tratamento expectante e outro para tratamento imediato com cirurgia de alta freqüência. Nesta tese estamos mostrando apenas os resultados parciais de 70 casos (40 de conduta expectante e 30 de CAF), como estudo de coorte, com enfoque no seguimento das mulheres sem tratamento. Os critérios de inclusão foram mulheres com diagnóstico histopatológico (biópsia) de NIC 2, independentemente do resultado da citologia. Foram excluídas as mulheres com diagnóstico de carcinoma na citologia, sorologia positiva para HIV, qualquer situação de imunossupressão, mulheres histerectomizadas, mulheres já tratadas anteriormente por lesões pré-neoplásicas do colo do útero. A porcentagem de regressão espontânea total da NIC 2 foi de 45%, de regressão parcial foi de 34% e de persistência foi 8%. A progressão para NIC 3 ocorreu em 13% e não houve um único caso de evolução para carcinoma escamoso. A média de idade das mulheres com regressão foi aproximadamente 30,6 anos, e daquelas em que a doença persistiu ou progrediu foi de 38,1 anos (p 0,03). A taxa de subdiagnóstico de NIC 3 pela colposcopia foi de 37%. Concluímos que existe regressão espontânea da NIC 2 e que a conduta expectante pode ser adotada em casos individualizados, principalmente em pacientes jovens com desejo de engravidar / Abstract: The aim of this study was to evaluate rates of regression, progression, persistence and relapse of cervical intraepithelial neoplasia grade 2 (CIN 2) in expectant follow-up. This was a clinical trial randomized study, which included women with CIN 2, attending the outpatient service of Cervical Pathology of Maternity Hospital Leonor Mendes de Barros, State Health Department, São Paulo, SP, in the period from october 2002 to january 2005. The calculated sample size was 90 women. Women were randomized to two groups of 45 patients each, one of then to be expectant follow-up and one to LLETZ. This report includes the partial results of 70 cases (40 expectant follow-up and 30 LLETZ), with focus in the group of the expectant follow-up. The inclusion criteria were women with biopsy-confirmed CIN 2, regardless of the cytologic diagnosis. The exclusion criteria were cytological diagnosis of carcinoma, HIV infection, imunossupression, previous hysterectomy and previous treatment for cervical intraepithelial neoplasia. Total regression was observed in 45% of cases, partial regression in 34% and persistence in 8%. The results showed progression to CIN 3 in 13% of cases and no progression to squamous carcinoma was observed. The mean age of women with regression was 30.6 years and for those with progression or persistence it was 38.1 years.The rate of underdiagnose for CIN 3 was 37% when only colposcopy was used. Concluded It was spontaneous regression of CIN 2, and the expectant follow-up could be used. Individualizing the cases can offer a better outcome for the women, mainly for younger / Doutorado / Tocoginecologia / Doutor em Tocoginecologia
33

Proposta de protocolo de enfermagem para prevenção do risco do tromboembolismo em pacientes oncológicos /

Veiga, Alessandro Gabriel Macedo. January 2013 (has links)
Orientador: Izolete Aparecida Thomazini Santos / Coorientador: Celso Roberto Passeri / Banca: Meliza Goi Roscani / Banca: Cleuza Camilo Atique / Resumo: O tromboembolismo venoso (TEV) é uma patologia grave de alta incidência mundial, e, quando não diagnosticada precocemente e tratada adequadamente, pode evoluir causando sérias complicações como a trombose venosa profunda (TVP) e a embolia pulmonar (EP). Em pacientes oncológicos essas afecções são responsáveis por altas taxas de morbidade e mortalidade. Foi realizado um estudo observacional, descritivo e retrospectivo, para avaliar os prontuários de pacientes com suspeita de diagnóstico de trombose venosa profunda no Hospital Amaral Carvalho no ano de 2011. Nesse estudo, obtivemos 118 pacientes com suspeita de TVP, estes foram divididos em dois grupos, sendo G1 grupo de pacientes em tratamento clínico e G2, grupo de pacientes em tratamento cirúrgico, com idade variando de 04 a 91 anos. Destes, trinta e oito pacientes tiveram o diagnóstico de TVP confirmado por exame US-Doppler, considerado padrão ouro. A evolução da TVP se deu nos membros inferiores e superiores. As principais comorbidades apontadas foram hipertensão, diabetes e problemas cardiovasculares. Percebeu-se também recorrência e reinternações devido à evolução da TVP. Durante a realização do presente estudo, demonstrou-se principalmente que pacientes hospitalizados com câncer têm um alto risco para evolução ao tromboembolismo venoso e, muitas vezes, este risco pode ser diminuído com o uso de tromboprofilaxia farmacológica ou prevenção mecânica. Diante disso, o estudo contribui para proposta de protocolo na prevenção do tromboembolismo venoso profundo em pacientes oncológicos. Por intermédio desta proposta, o profissional da enfermagem se sentirá mais preparado para avaliar e prevenir a evolução da intercorrência durante o tratamento oncológico, assim como estará estruturado e apto a pontuar o grau de risco durante os encontros da Comissão de Tromboembolismo Venoso / Abstract: Venous thromboembolism (VTE) is a severe disease with high incidence worldwide, and, if it is not diagnosed early and properly treated, VTE can evolve and cause serious complications such as deep vein thrombosis (DVT) and pulmonary embolism (PE). In cancer patients these diseases are responsible for high morbidity and mortality rates. We conducted an observational, descriptive and retrospective study to evaluate the medical records of patients with suspected deep venous thrombosis at Amaral Carvalho Hospital in 2011. For this study, we obtained 118 patients with suspected DVT, which were divided into two groups; G1, group of patients in clinical treatment and G2 the group of patients in surgical treatment, aged 04 - 91 years. Among these, thirty-eight patients were diagnosed with DVT confirmed by using US-Doppler exam, considered as gold standard. The evolution of DVT occurred in lower and upper limbs. The major comorbidities identified were; hypertension, diabetes and cardiovascular problems. It was also perceived recurrence and readmission due to the evolution of DVT. During the present study, it was shown that especially patients hospitalized with cancer have a high risk for evolution to venous thromboembolism and, often, this risk can be decreased by the use of pharmacological thromboprophylaxis or mechanical prevention. Thus, the estudy contributes to the proposed protocol for the prevention of deep venous thromboembolism in cancer patients. Through this proposal, the nursing professional will feel better prepared to assess and prevent the development of complications during cancer treatment, as well as structured and will be able to score the degree of risk during the meetings of the Venous Thromboembolism Committee / Mestre
34

A pílula mágica e o (pré)conceito : a realidade e o impacto da leucemia mielóide crônica na vida do paciente /

Lombardo, Mariela Santos. January 2014 (has links)
Orientador: Antônio de Pádua Pithon Cyrino / Coorientador: Paula de Oliveira Montandon Hokama / Banca: Maria da Graça de Andrade / Resumo: O advento das drogas alvo específicas para o tratamento da Leucemia Mielóide Crônica (LMC) em 2001, talvez venham marcar mais alguns "dias de glória" na história do "combate" ao câncer. Esses são medicamentos fruto de alta tecnologia médica e prometem um melhor controle da LMC com reduzidos efeitos colaterais, por referência àqueles da quimioterapia convencional. O câncer é uma doença crônica temida e estigmatizada em nossa sociedade que, geralmente, produz um impacto no corpo físico e psíquico de seu portador. Todavia, cada vez mais o câncer vem sendo reconhecido como uma doença controlável e que pode dar uma longa sobrevida a seu portador, permitindo lhes manterem seus projetos de vida e suas atividades rotineiras em diferentes dimensões da vida cotidiana. Os mitos e crenças em torno do câncer assumem um caráter singular por referência às outras doenças crônico-degenerativas, com uma percepção de imprevisibilidade no portador e em sua familiar. Esse estudo buscou compreender a experiência de adoecimento e o impacto da LMC na vida diária, bem como a percepção do portador sobre o processo de adoecimento, seu tratamento e a repercussão da doença em sua vida de relação. Foram realizadas sete entrevistas semiestruturadas com duas mulheres e cinco homens portadores de LMC. A análise temática de conteúdo dos dados produzidos foi orientada por uma adaptação da proposta de Bardin. Verificamos que as experiências de adoecimento são inicialmente percebidas por meio de manifestações corporais variadas e, no geral, pouco intensas, mas suficientes para que alguns dos sujeitos buscassem esclarecê-las. O diagnóstico da LMC provocou um impacto na vida dos sujeitos, marcando um antes e um depois, provocado por diferentes mudanças no cotidiano: o tratamento de longa duração (embora mais leve que uma quimioterapia), a rotina de visitas ao hospital para consultas e exames, perturbações e transformações ... / Abstract: The advent of specific drug target for the treatment of Chronic Myeloid Leukemia (CML) in 2001, maybe will score a few more "glory days" in the history of "fighting" cancer. These drugs are the result of high medical technology and promise a better control of the CML with reduced side effects, by reference to those of conventional chemotherapy. Cancer is a chronic disease feared and stigmatized in our society that generally impacts the physical and mental body of its bearer. However, cancer has been recognized even more as a manageable disease and that it can take a long survival to its carrier, allowing them to maintain their life goals and their routine activities in different dimensions of everyday life. The myths and beliefs around cancer take on a singular character by reference to other chronic diseases, with a perception of unpredictability in the carrier and his family. This study investigated the experience of illness and the impact of CML in daily life as well as the perception of the carrier on the disease process, treatment and the impact of the disease in its life relationship. Seven semi-structured interviews with two women and five men with CML were performed. A thematic content analysis of the data produced was guided by an adaptation of the proposed Bardin. We found that experiences of illness are initially perceived by various physical manifestations and, in general, rather weak, but sufficient for some subjects seek to clarify them. The diagnosis of CML caused an impact on the lives of the subjects, marking a before and an after, caused by different changes in everyday life: the long-term treatment (although lighter than chemotherapy), routine visits to the hospital for appointments and tests, disturbances and changes in work relationships, personal and family. Subjects found different explanations for such misfortune, some of them linked to previously work and products used ... / Mestre
35

Análise da frequencia do polimorfismo rs12979860 C/T no gene IL28B em pacientes acometidos por câncer gástrico /

Moura, Kelly Cristina Rodrigues de. January 2015 (has links)
Orientador: Adriana Camargo Ferrasi / Banca: Maria Inês de Campos Moura Pardini / Banca: Juliana Garcia de Oliveira / Resumo: O câncer gástrico é um dos tipos de câncer mais comum e está associado com uma alta frequência de mortalidade. Embora nas últimas décadas tenha ocorrido um decréscimo na incidência mundial, o prognóstico desta patologia permanece ruim, principalmente quando o diagnóstico é feito em estágios avançados. A etiologia é complexa e multifatorial, onde a combinação de fatores genéticos e ambientais parecem estar envolvidos na carcinogênese e progressão da doença. Desta forma, o objetivo deste estudo foi determinar a frequência do polimorfismo rs12979860 C/T no gene IL28B em amostras de carcinoma gástrico provenientes de dois estados brasileiros, São Paulo e Ceará, associando às características clínicas e epidemiológicas desses pacientes. Os resultados demonstraram que 29,7% dos pacientes apresentam o genótipo CC, enquanto a frequência dos indivíduos heterozigotos e (CT) e homozigotos (TT) foram 56,3% e 9%, respectivamente. Em comparação com dados descritos na literatura e do dBSNP de populações usadas como controle, a frequência do alelo T foi mais alta nos pacientes acometidos por câncer gástrico (tumor difuso: 45,5%, tumor intestinal: 39%, literatura: 11 a 35 e dBSNP: 36%). Ainda neste contexto, encontramos uma significante menor frequência do genótipo CC entre os pacientes acometidos por tumores difusos (22,7%), quando comparados aos indivíduos saudáveis (44 a 51%). Nos casos provenientes da população cearense o alelo C foi significativamente mais elevado no tipo intestinal (67%) quando comparado ao tipo difuso (50%), ressaltando a maior frequência do alelo T nos casos difusos. Analisando-se a frequência do polimorfismo rs12979860 C/T e a genotipagem de Helicobacter pylori foi observada uma forte associação entre o genótipo e a infecção pela bactéria CagA+, onde pacientes portadores da cepa mais patogênica (CagA+) apresentaram frequência maior do genótipo menos protetor (TT), principalmente no... / Abstract: Gastric cancer is one of the most common types of cancer and is associated with a high mortality rate. Although in recent decades there has been a decrease in the global incidence, prognosis of this condition remains poor, especially when the diagnosis is made in advanced stages. The etiology is complex and multifactorial, where the combination of genetic and environmental factors appear to be involved in carcinogenesis and progression of the disease. Thus, the aim of this study was to determine the frequency of the polymorphism rs12979860 C / T in the IL28B gene in gastric carcinoma samples from two Brazilian states, São Paulo and Ceará, associating the clinical and epidemiological characteristics of these patients. The results showed that 29.7% of patients present with the CC genotype, while the frequency of heterozygotes and (TC) and homozygous (TT) were 56.3% and 9%, respectively. Compared to data reported in the literature and used as control populations of dbSNP, the frequency of the T allele was higher in patients affected by gastric cancer (diffuse tumor: 45.5%, intestinal tumor: 39%, literature: 11-35 and dbSNP: 36%). Also in this context, we found a significant lower frequency of the CC genotype among patients affected by diffuse tumors (22.7%) when compared to healthy subjects (44-51%). In cases from Ceará population the C allele was significantly higher in the intestinal type (67%) compared to the diffuse type (50%), emphasizing the greater frequency of the T allele in diffuse cases. Analyzing the frequency of polymorphism rs12979860 C / T and genotyping of Helicobacter pylori was observed a strong association between genotype and infection with CagA + bacteria, where patients with the most pathogenic strain (CagA +) had a frequency higher than genotype less protective (TT), particularly in diffuse histotype (p = 0.001). In addition, this same allele was significantly associated with the occurrence of metastases in ... / Mestre
36

Métodos de seleção de atributos e análise de componentes principais: um estudo comparativo / Methods of attribute selection and principal component analysis: a comparative study

Souza, Jovani Taveira de 28 April 2017 (has links)
Capes / A neoplasia é um grande desafio para os pesquisadores devido a sua alta complexidade. Apesar dos avanços em diagnósticos, os estudos apontam que, além da análise de dados, são necessários métodos que otimizem e auxiliem o processo de tomada de decisão. Neste sentido, a redução de dimensionalidade de dados tem contribuído significativamente, auxiliando nesse processo, devido à quantidade de genes (atributos), ser muito ampla comparada ao número de amostras (classes). Este trabalho, portanto, visa fornecer um estudo comparativo entre dois métodos de redução de dimensionalidade, aplicados em três bases de dados no domínio de expressão gênica: LungCancer-Michigan, LungCancer-Ontario e LungCancerHarvard, todas relacionadas ao câncer de pulmão. Os métodos aplicados foram: Seleção de Atributos e Análise de Componentes Principais (PCA), ambos usados como uma etapa de pré-processamento na Mineração de Dados. Os algoritmos de classificação escolhidos foram: Naive Bayes, SVM, J48, 1-NN, 3-NN, 5-NN e 7-NN. Foi utilizado o Weka como software para procedimentos de análise. Uma série de experimentos foi realizada para avaliar a acurácia e aplicabilidade dos algoritmos para ambos os métodos. Como resultado, foram evidenciados avanços significativos nas taxas de acerto (acurácia) dos classificadores envolvendo os métodos empregados, utilizando como critério de avaliação a Validação Cruzada. A abordagem Wrapper, do método de Seleção de Atributos, obteve os melhores resultados para as três bases de dados analisadas. O método de Análise de Componentes Principais, mesmo apresentando taxa de acerto inferior, não pode ser descartado. Os algoritmos Naive Bayes, SVM e 1-NN foram os que apresentaram melhor desempenho dentre as bases. Foram denotados os atributos (genes) que apresentaram maior frequência nas bases de dados. Portanto, a partir dos subconjuntos escolhidos, estes podem ser submetidos a análises específicas, no intuito de direcionar diagnósticos mais precisos. / Neoplasm is a major challenge for researchers because of its high complexity. Despite advances in diagnosis, studies point out that in addition to data analysis, methods to optimize and aid the decision-making process are necessary. In this sense, the dimensionality reduction of data has contributed significantly, helping in this process, due to the large number of genes (attributes) compared to the number of samples (classes). This work, therefore, aims to provide a comparative study between two methods of dimensionality reduction, applied to three databases in the field of gene expression: LungCancer-Michigan, LungCancer-Ontario and LungCancer-Harvard, all related to lung cancer. The methods applied were: Attribute Selection and Principal Component Analysis (PCA), both used as a pre-processing step in Data Mining. The classification algorithms chosen were Naive Bayes, SVM, J48, 1-NN, 3-NN, 5-NN and 7-NN. Weka was used as a software for analyses procedures. A series of experiments was performed to evaluate the accuracy and applicability of the algorithms for both methods. As a result, significant advances in the hit rate (accuracy) of the classifiers involving the methods were evidenced, using Cross-Validation as the assessment criterion. The Wrapper approach, from the Attribute Selection method, obtained the best results for the three analyzed databases. The Principal Component Analysis method, even presenting lower hit rate, could not be ruled out. The Naive Bayes, SVM and 1-NN algorithms presented the best performance within the databases. The attributes (genes) which presented the highest frequency in the databases were denoted. Therefore, from the chosen subsets, these can be submitted to specific analyzes in order to direct more precise diagnoses.
37

Osteossarcoma canino : estudo histopatologico, imunoistoquimico e da atividade proliferativa / Canine osteosarcoma: a study on hystopathology, immunohistochemistry and proliferative activity

Cavalcanti, Josemara Neves 15 February 2007 (has links)
Orientador: Eliane Maria Ingrid Amstalden / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas / Made available in DSpace on 2018-08-08T21:39:33Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Cavalcanti_JosemaraNeves_D.pdf: 3609104 bytes, checksum: 434c28eb652f05aaf48e1669c6773623 (MD5) Previous issue date: 2007 / Resumo: O osteossarcoma destaca-se por ser o sarcoma mais comum dentre os tumores ósseos malignos, na espécie canina, e pelo seu alto potencial de agressividade. Do ponto de vista histológico é um tumor de padrão celular heterogêneo, que se caracteriza pela produção de matriz osteóide e/ou osso imaturo por osteoblastos. Apenas dois estudos sistemáticos, relativos ao osteossarcoma canino, foram identificados na literatura nacional. Um deles refere-se a dados epidemiológicos e o outro aborda achados clínico-morfológicos. Estudos objetivando a avaliação dos aspectos histogenéticos e do índice de proliferação celular não foram ainda descritos na literatura nacional. A proposta deste estudo foi determinar a diferenciação dos diversos elementos celulares constituintes do osteossarcoma canino e avaliar o índice de proliferação celular destes tumores, correlacionando-os com seus diferentes subtipos morfológicos, utilizando-se de imunomarcadores, tais como: vimentina, osteocalcina, proteína S -100, 1A4, HHF35, AE1/AE3, CD31, CD34 e Ki-67. Foi realizado estudo retrospectivo de 65 casos de cães portadores de osteossarcoma, os quais foram avaliados clinicamente quanto ao sexo, raça, idade e localização topográfica das lesões. Os tumores foram classificados quanto ao subtipo histológico em osteoblásticos pouco produtivos ou osteoblásticos produtivos (de acordo com a quantidade de osteóide produzido), condroblásticos, fibroblásticos, do tipo células gigantes, telangiectásicos e indiferenciados. Cães machos, da raça Rottweiler, com idade média de 7,4 anos, foram mais freqüentemente afetados por osteossarcoma. Em 77,4 % dos casos as lesões ocorreram no esqueleto apendicular (fêmur). Os subtipos histológicos identificados foram: osteoblásticos (47,7%), fibroblásticos (23,1%), condroblásticos (21,5 %), do tipo células gigantes (4,7%), telangiectásicos (1,5%) e indiferenciados (1,5%). Em 98,2 % dos osteossarcomas houve reatividade para vimentina. Imunorreatividade à osteocalcina ocorreu em células osteoblásticas, condroblásticas e fibroblásticas de 91% dos osteossarcomas. Proteína S-100 foi expressa em 79,7% dos tumores, tendo ocorrido em todos os tumores condroblásticos. Proporção significativa de osteossarcomas reagiu positivamente aos anticorpos 1A4 e HHF35. Todos os osteossarcomas foram negativos para AE1/AE3e para CD31 e CD34. A imunomarcação com Ki-67 revelou alto índice de proliferação celular em osteossarcomas osteoblásticos pouco produtivos. Os osteossarcomas caninos são constituídos por diversificada população de células, representadas por elementos osteoblásticos, condroblásticos, miofibroblásticos e mioblásticos, os quais possivelmente, originam-se de uma única célula mesenquimal pluripotente ou de osteoblastos imaturos, que sofrem diferenciação diversificada. Osteossarcomas osteoblásticos pouco produtivos apresentaram índice expressivo de proliferação celular, o qual pode estar correlacionado a um caráter de agressividade mais acentuado / Abstract: Osteosarcoma is the most common of all malignant canine bone tumors and has a high aggressiveness potential. From the histological point of view it is a tumor with a heterogeneous cell pattern that is characterized by the production of bone matrix and/or immature bone by osteoblasts. Systematic studies with a clear objective to evaluate histogenetic aspects and the cellular proliferation index in canine osteosarcomas have not yet been published. The objective of this study was to determine the differentiation of the constituting cellular elements and evaluate the cellular proliferation index of these tumors correlating them with their different morphological subtypes, using markers such as: vimentin, osteocalcin, S-100 protein, 1A4, HHF53, factor VIII, AE1/AE3, CD31, CD34 and Ki-67. A retrospective study was performed using 65 cases of canine osteosarcoma, clinically evaluated according to sex, breed, age and topography of the lesions. Tumors were classified according to their histological subtype: moderately productive osteoblastic tumor, productive tumor (both according to the production of osteoid matrix), chondroblastic tumor, fibroblastic tumor, giant cell tumor, telangiectatic tumor and undifferentiated tumors. Males from the Rottweiler breed with an average age of 7,4 years were more frequently affected by osteosarcoma. In 77,4% of cases, the lesions were on the appendicular skeleton (femur). The Identified histological subtypes were: osteoblastic (47,7%), fibroblastic (23,1%), chondroblastic (21,5 %), giant cell (4,7%), telangiectatic (1,5%) and undifferentiated (1,5%). In 98,2% of all tumors there was vimentin reactivity. Immunoreactivity to osteocalcin occurred in osteoblastic, chondroblastic and fibroblastic cells of 91% of all osteosarcomas. The S-100 protein was expressed in 79,7% of all tumors, and in 100% of the chondroblastic tumors. A significant proportion of osteosarcomas reacted positively to the 1A4 and HHF35 antibodies. All osteosarcomas were negative for AE1/AE3 and CD31 and CD34 testing. Marking essays with Ki-67 revealed a high cell proliferation index in moderately productive osteoblastic osteosarcomas. Canine osteosarcomas are constituted by a diverse cell population, composed of osteoblastic, chondroblastic, myofibroblastic and mioblastic elements, which are probably originated from a single pluripotent mesenchymal cell or from immature osteoblasts that go thru a differentiation process. Moderately productive osteoblastic osteosarcoma presented a considerably high cell proliferation index that may relate to a more aggressive behavior / Doutorado / Ciencias Biomedicas / Doutor em Ciências Médicas
38

Avaliação do rastreamento do câncer do colo do útero na estratégia de saúde da família no município de Amparo, São Paulo, Brasil / Assessment of the cervical cancer screening in the family health strategy in Amparo, São Paulo State, Brazil

Vale, Diama Bhadra Andrade Peixoto do, 1978- 16 August 2018 (has links)
Orientador: Luiz Carlos Zeferino / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas / Made available in DSpace on 2018-08-16T19:33:51Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Vale_DiamaBhadraAndradePeixotodo_M.pdf: 6577919 bytes, checksum: 70e533105be682a7083418f3bad0b3a0 (MD5) Previous issue date: 2010 / Resumo: O rastreamento do câncer do colo do útero no Brasil não tem sido efetivo em reduzir as altas taxas de incidência e mortalidade desta neoplasia, apesar de o Ministério da Saúde ter estabelecido há mais de 20 anos as normas definindo a população-alvo e a periodicidade dos controles. A territorialização e o cadastramento das famílias pelo Programa de Saúde da Família favorecem a ruptura com o padrão oportunístico do rastreamento e com a identificação das mulheres que nunca fizeram o exame citológico ou estão há mais de três anos sem fazê-lo. Este estudo analisou se o rastreamento do câncer do colo do útero avançou no sentido de seguir as recomendações vigentes, ao longo de sete anos de implantação do Programa de Saúde da Família em Amparo, município do interior de São Paulo, referência em ações de atenção básica. Os objetivos foram verificar a variação da frequência dos exames realizados em função do intervalo desde o último controle, do grupo etário, da cobertura das ações de rastreamento e dos exames realizados em excesso. O estudo foi longitudinal e retrospectivo. Os sujeitos foram todas as mulheres usuárias do Sistema Único de Saúde que realizaram o exame citológico de rastreamento de janeiro de 2001 a dezembro de 2007. Para análise estatística, foi utilizado o teste de qui-quadrado modificado por Cochran-Armitage para tendência. A periodicidade anual manteve-se alta no período do estudo, variando entre 51,2% e 59,7% do total dos controles realizados. Houve aumento estatisticamente significante, ainda que discreto, em números relativos, dos exames realizados com intervalo de dois anos ou mais desde o último controle, como também houve redução das mulheres realizando exame pela primeira vez. A distribuição de exames tendeu a aumentar no grupo etário 40-59 anos e a diminuir no grupo etário com mais de 60 anos. Os percentuais de exames em excesso variaram de 61,2% a 65,5%. Concluindo, a qualificação do rastreamento do câncer do colo do útero foi discreta e não modificou o padrão oportunístico dos controles. O Programa da Saúde da Família, ainda que possa ser uma estratégia com potencial para organizar o rastreamento do câncer do colo do útero no Brasil, não mostrou impactos evidentes neste sentido. Os agentes comunitários de saúde, componentes das equipes de saúde da família, podem atuar no sentido de identificar as mulheres-alvo que não estão realizando regularmente os controles periódicos. Portanto é essencial capacitá-los para cumprir este papel / Abstract: Cervical cancer screening in Brazil has failed to reduce the high incidence and mortality rates associated with this disease despite the fact that the Brazilian Ministry of Health established regulations defining the target population and the periodicity of screening tests over 20 years ago. The territorial distribution and the registration of families in the Family Health Program should interrupt the opportunistic screening pattern, identifying women who have never been screened or who were last screened over three years previously. This study evaluated whether any progress had been achieved in cervical cancer screening in terms of compliance with the current recommendations over the period of seven years since implementation of the Family Health Program in Amparo, a township in the state of São Paulo and a reference in primary healthcare. The objectives of this longitudinal, retrospective study were to analyze the variation in the frequency of testing in accordance with the interval since previous screening, age group, the coverage provided by the screening actions and the extent of unwarranted testing. The subjects consisted of all the women using the Brazilian National Health Service who had been submitted to a cervical smear test between January 2001 and December 2007. The Cochran-Armitage test for trend was used in the statistical analysis. Annual periodicity remained high throughout the observation time of the study, ranging from 51.2% to 59.7% of the total number of screening tests performed. There was a statistically significant increase in the tests performed within an interval of two years or more since the previous screening; however, this increase was modest in relative numbers. In addition, a reduction was found in the number of women undergoing testing for the first time. The distribution of tests according to age group showed a tendency towards an increase in the 40-59 year age group and a decrease in the over-60s age group. The percentage of unwarranted tests ranged from 61.2% to 65.5%. In conclusion, the improvement in cervical cancer screening was slight and was insufficient to alter the opportunistic pattern of screening. Although Brazil?s Family Health Program has the potential to organize cervical cancer screening in the country, there is no evidence of any significant change at this moment. The community healthcare agents working in the Family Health Program teams could implement measures for identifying target women who are not being submitted to regular screening; hence they should be trained to perform this role / Mestrado / Oncologia Ginecológica e Mamária / Mestre em Ciências da Saúde
39

Homocisteína vitamina B12 e ácido fólico como biomarcadores de triagem no diagnóstico precoce e monitoramento do câncer gástrico / Homocystein vitamin b12 and folic acid as biocardants of trial in early diagnosis and monitoring of gastric cancer

ALCÂNTARA, Fernanda Farias de 11 October 2018 (has links)
Submitted by JACIARA CRISTINA ALMEIDA DO AMARAL (jaciaramaral@ufpa.br) on 2018-11-05T17:28:58Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) PROJETO DE MESTRADO FERNANDA FARIAS DE ALCÂNTARA.pdf: 1138273 bytes, checksum: 8a0c741f6de9fa8fefac60fbbc74ae4b (MD5) / Approved for entry into archive by JACIARA CRISTINA ALMEIDA DO AMARAL (jaciaramaral@ufpa.br) on 2018-11-05T17:30:47Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) PROJETO DE MESTRADO FERNANDA FARIAS DE ALCÂNTARA.pdf: 1138273 bytes, checksum: 8a0c741f6de9fa8fefac60fbbc74ae4b (MD5) / Made available in DSpace on 2018-11-05T17:30:48Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) PROJETO DE MESTRADO FERNANDA FARIAS DE ALCÂNTARA.pdf: 1138273 bytes, checksum: 8a0c741f6de9fa8fefac60fbbc74ae4b (MD5) Previous issue date: 2018-10-11 / CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico / O câncer gástrico nas últimas décadas vem apresentando uma queda em número de casos, o que muito se deve ao progresso no que tange a saúde sanitária, e ao maior acesso da população a políticas educacionais. No entanto, continua sendo a terceira causa de morte a nível mundial entre homens e mulheres. Tais mortes, geralmente estão vinculadas ao diagnóstico tardio. O presente estudo pretende pelas dosagens de homocisteína, vitamina B12 e ácido fólico, montar um perfil de biomarcadores de triagem, os quais possam ser inseridos na rotina comum de exames, visando o diagnóstico célere da doença. Foram analisadas 207 amostras de caso controle e 207 de pacientes com câncer gástrico, em ambos foram realizadas as dosagens bioquímicas de homocisteína, ácido fólico e vitamina B12, pareadas em relação a idade, localização do tumor, sub-tipo, classificação tumoral, infecção por EBV (Epstein-Barr Vírus), e Helicobacter pilory. Para dosagem da tríade, foram utilizadas técnicas quimioluminescência, e as demais variáveis foram obtidas pelas informações hospitalares. Como resultados, foram encontradas diferenças significativas entre as médias da tríade dos pacientes com câncer em relação ao controle, em todas as variáveis pareadas. Em conclusão, nosso estudo mostrou que a análise da tríade (homocisteína, vitamina b12 e ácido fólico) tem seu valor no diagnóstico do câncer gástrico, podendo futuramente ser um eficaz marcador de triagem para este tipo de câncer. / Gastric cancer in the last decades has shown a decrease in the number of cases, which is much due to the progress in sanitary health, and the greater access of the population to educational policies. However, it remains the third leading cause of death worldwide between men and women. Such deaths are usually linked to late diagnosis. The present study intends to establish a profile of screening biomarkers by the homocysteine, vitamin B12 and folic acid dosages, which can be inserted in the routine routine of examinations, aiming the rapid diagnosis of the disease. A total of 207 control and 207 cases of gastric cancer patients were analyzed, both of which were biochemical measurements of homocysteine, folic acid and vitamin B12, matched in relation to age, tumor location, subtype, tumor classification, EBV (Epstein-Barr Virus), and Helicobacter pylori. For the triad dosage, chemiluminescence techniques were used, and the other variables were obtained by hospital information. As results, significant differences were found between the means of the triad of cancer patients in relation to the control, in all paired variables. In conclusion, our study showed that the triad analysis (homocysteine, vitamin b12 and folic acid) has its value in the diagnosis of gastric cancer, and may in the future be an effective marker of screening for this type of cancer. / UFPA - Universidade Federal do Pará
40

Desenvolvimento de software e hardware para diagnóstico e acompanhamento de lesões dermatológicas suspeitas para câncer de pele

Oselame, Gleidson Brandão 28 August 2014 (has links)
O câncer é responsável por cerca de 7 milhões de óbitos anuais em todo o mundo. Estima-se que 25% de todos os cânceres são de pele, sendo no Brasil o tipo mais incidente em todas as regiões geográficas. Entre eles, o tipo melanoma, responsável por 4% dos cânceres de pele, cuja incidência dobrou mundialmente nos últimos dez anos. Entre os métodos diagnósticos empregados, cita-se a regra ABCD, que leva em consideração assimetria (A), bordas (B), cor (C) e diâmetro (D) de manchas ou nevos. O processamento digital de imagens tem mostrado um bom potencial para auxiliar no diagnóstico precoce de melanomas. Neste sentido, o objetivo do presente estudo foi desenvolver um software, na plataforma MATLAB®, associado a um hardware para padronizar a aquisição de imagens, visando realizar o diagnóstico e acompanhamento de lesões cutâneas suspeitas de malignidade (melanoma). Utilizou-se como norteador a regra ABCD para o desenvolvimento de métodos de análise computacional. Empregou-se o MATLAB como ambiente de programação para o desenvolvimento de um software para o processamento digital de imagens. As imagens utilizadas foram adquiridas de dois bancos de imagens de acesso livre. Foram inclusas imagens de melanomas (n=15) e imagens nevos (não câncer) (n=15). Utilizaram-se imagens no canal de cor RGB, as quais foram convertidas para escala de cinza, aplicação de filtro de mediana 8x8 e técnica de aproximação por vizinhança 3x3. Após, procedeu-se a binarização e inversão de preto e branco para posterior extração das características do contorno da lesão. Para a aquisição padronizada de imagens foi desenvolvido um protótipo de hardware, o qual não foi empregado neste estudo (que utilizou imagens com diagnóstico fechado, de bancos de imagem), mas foi validado para a avaliação do diâmetro das lesões (D). Utilizou-se a estatística descritiva onde os grupos foram submetidos ao teste não paramétrico para duas amostras independentes de Mann-Whitney U. Ainda, para avaliar a sensibilidade (SE) e especificidade (SP) de cada variável, empregou-se a curva ROC. O classificador utilizado foi uma rede neural artificial de base radial, obtendo acerto diagnóstico para as imagens melanomas de 100% e para imagens não câncer de 90,9%. Desta forma, o acerto global para predição diagnóstica foi de 95,5%. Em relação a SE e SP do método proposto, obteve uma área sob a curva ROC de 0,967, o que sugere uma excelente capacidade de predição diagnóstica, sobretudo, com baixo custo de utilização, visto que o software pode ser executado na grande maioria dos sistemas operacionais hoje utilizados. / Cancer is responsible for about 7 million deaths annually worldwide. It is estimated that 25% of all cancers are skin, and in Brazil the most frequent in all geographic regions type. Among them, the melanoma type, accounting for 4% of skin cancers, whose incidence has doubled worldwide in the past decade. Among the diagnostic methods employed, it is cited ABCD rule which considers asymmetry (A), edges (B), color (C) and diameter (D) stains or nevi. The digital image processing has shown good potential to aid in early diagnosis of melanoma. In this sense, the objective of this study was to develop software in MATLAB® platform, associated with hardware to standardize image acquisition aiming at performing the diagnosis and monitoring of suspected malignancy (melanoma) skin lesions. Was used as the ABCD rule for guiding the development of methods of computational analysis. We used MATLAB as a programming environment for the development of software for digital image processing. The images used were acquired two banks pictures free access. Images of melanomas (n = 15) and pictures nevi (not cancer) (n = 15) were included. We used the image in RGB color channel, which were converted to grayscale, application of 8x8 median filter and approximation technique for 3x3 neighborhood. After we preceded binarization and reversing black and white for subsequent feature extraction contours of the lesion. For the standardized image acquisition was developed a prototype hardware, which was not used in this study (that used with enclosed diagnostic images of image banks), but has been validated for evaluation of lesion diameter (D). We used descriptive statistics where the groups were subjected to non-parametric test for two independent samples Mann-Whitney U test yet, to evaluate the sensitivity (SE) and specificity (SP) of each variable, we used the ROC curve. The classifier used was an artificial neural network with radial basis function, obtaining diagnostic accuracy for melanoma images and 100% for images not cancer of 90.9%. Thus, the overall diagnostic accuracy for prediction was 95.5%. Regarding the SE and SP of the proposed method, obtained an area under the ROC curve of 0.967, which suggests an excellent diagnostic ability to predict, especially with low costs, since the software can be run in most systems operational use today.

Page generated in 0.3451 seconds