• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 8
  • Tagged with
  • 8
  • 8
  • 6
  • 5
  • 4
  • 3
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Avaliação de programas de seleção para a caprinocultura leiteira brasileira / Evaluation of breeding programs for dairy goats in brazil

Santos, Leonardo Hunaldo dos January 2013 (has links)
SANTOS, Leonardo Hunaldo dos. Avaliação de programas de seleção para a caprinocultura leiteira brasileira. 2013. 73 f. Tese (doutorado em Zootecnia)- Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2013. / Submitted by Elineudson Ribeiro (elineudsonr@gmail.com) on 2016-04-19T17:20:06Z No. of bitstreams: 1 2013_tese_lhsantos.pdf: 1042914 bytes, checksum: 92dff913eaa1c7133c61e04af515a85b (MD5) / Approved for entry into archive by José Jairo Viana de Sousa (jairo@ufc.br) on 2016-05-25T22:50:40Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_tese_lhsantos.pdf: 1042914 bytes, checksum: 92dff913eaa1c7133c61e04af515a85b (MD5) / Made available in DSpace on 2016-05-25T22:50:40Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_tese_lhsantos.pdf: 1042914 bytes, checksum: 92dff913eaa1c7133c61e04af515a85b (MD5) Previous issue date: 2013 / This work aimed to evaluate the feasibility of a national breeding program for dairy goats. The genetic and economic gains for two selection schemes, one traditional that represents the overall Brazilian situation and the other using the progeny test, as proposed by the Breeding Program for Dairy Goats (CAPRAGENE) of Embrapa Goats and Sheep were compared. The economic impact of the use of bucks of the nucleus in commercial was evaluated in the traditional scheme. It was also examined the effects of intensity use of young breeding test for the scheme with progeny testing. Analyses were performed in ZPLAN, which uses a deterministic approach to estimate the genetic and economic gains for breeding programs. The traditional scheme with bucks selected in the nucleus of milk production and reproductive traits from their dams and the selection of does made with the same information for themselves and their dams, had no economic viability, not covering the costs of physical and human infrastructure for maintenance of the breeding program. The scheme using progeny tests of young bucks presented viability, with considerable genetic gains for the selection objective and the individual traits that make up this goal. The economic returns of the program outweigh the costs of the same, with a return on investment of about 20%. In this scheme, the trait of greater economic impact was milk yield followed by somatic cell count. The traditional scheme would only allow investment returns of the breeding program with high levels (>60%) for use of nucleus bucks commercial flocks. It is possible that this has no practical feasibility, principally due to the low use of artificial insemination in Brazil. The amount of use of young bucks should be between 10% and 15%. Major uses not promote substantial monetary gains to the selection objective and reduce the genetic profit the important traits as milk yield. / Com o presente trabalho objetivou-se avaliar a viabilidade de um programa nacional de melhoramento genético de caprinos leiteiros. Foram comparados os ganhos genéticos e econômicos para dois esquemas de seleção, sendo um tradicional que representa a situação geral nacional e outro utilizando o teste de progênie, conforme proposto pelo Programa de Melhoramento Genético de Caprinos Leiteiros (CAPRAGENE) coordenado pela Embrapa Caprinos e Ovinos. Em seguida, foi verificado no esquema tradicional de seleção, o impacto econômico da alteração na porcentagem de utilização de reprodutores do rebanho núcleo no estrato comercial. Averiguou-se também os efeitos da intensidade de utilização dos reprodutores jovens em teste para o esquema com teste de progênie. As análises foram realizadas utilizando o ZPLAN, que utiliza um enfoque determinístico para estimar os ganhos genéticos e econômicos para programas de melhoramento genético. O esquema de seleção tradicional, com a seleção de reprodutores do núcleo feita com base em informações reprodutivas e de produção leiteira das mães e a seleção das matrizes feitas com suas próprias informações e de suas mães, não apresentou viabilidade econômica, não cobrindo os custos com a infraestrutura física e humana para manutenção do programa de melhoramento genético. O esquema utilizando testes de progênie de reprodutores jovens apresentou viabilidade, com consideráveis ganhos genéticos para o objetivo de seleção e para as características individuais que compõem este objetivo. Os retornos econômicos do programa superou os custos do mesmo, com um retorno de investimento de cerca de 20%. Neste esquema, a característica de maior impacto econômico foi a produção de leite, seguida pela contagem de células somáticas. O esquema tradicional somente permitiria retornos de investimento do programa de melhoramento com altos níveis (>60%) de uso de reprodutores do núcleo no estrato comercial. É possível que isto não tenha viabilidade prática, principalmente devido ao baixo uso de inseminação artificial no Brasil. A intensidade de utilização dos reprodutores jovens deve estar entre 10% e 15%. Acima desses valores não se constituem ganhos monetários consideráveis ao objetivo de seleção, além da redução do lucro genético de características importantes como produção de leite.
2

Caracterização epidemiológica de agentes virais em caprinos leiteiros no Semiárido da Paraíba, Nordeste do Brasil. / Epidemiological characterization of viral agents in dairy goats in the semi-arid region of Paraíba, Northeast Brazil.

SILVA, Maria Luana Cristiny Rodrigues. 05 September 2018 (has links)
Submitted by Johnny Rodrigues (johnnyrodrigues@ufcg.edu.br) on 2018-09-05T23:15:15Z No. of bitstreams: 1 MARIA LUANA CRISTINY RODRIGUES SILVA - TESE PPGMV 2012..pdf: 1371315 bytes, checksum: 08a377eebdf25947c07fbd829c5e814e (MD5) / Made available in DSpace on 2018-09-05T23:15:15Z (GMT). No. of bitstreams: 1 MARIA LUANA CRISTINY RODRIGUES SILVA - TESE PPGMV 2012..pdf: 1371315 bytes, checksum: 08a377eebdf25947c07fbd829c5e814e (MD5) Previous issue date: 2012 / Capes / O objetivo do presente trabalho foi determinar indicadores epidemiológicos para infecções virais em caprinos leiteiros no semiárido da Paraíba. Foram determinadas as prevalências de propriedades positivas (focos) e de animais soropositivos, bem como foram identificados fatores de risco associados às infecções por Herpesvírus caprino 1 (CpHV-1), Pestivírus, vírus da Língua Azul (LA) e lentivírus de pequenos ruminantes (LVPR). No total, foram amostradas de 1.034 a 1.092 fêmeas caprinas adultas procedentes de 110 propriedades leiteiras localizadas no Munícipio de Monteiro, microrregião do Cariri Ocidental, Estado da Paraíba, no período de novembro de 2009 a agosto de 2011. Para cada doença, foi realizado o diagnóstico sorológico com técnicas consolidadas internacionalmente. Para LVPR, foi procedida a detecção direta do agente por PCR em tempo real de sangue e leite. Uma propriedade foi considerada foco quando apresentou pelo menos um animal soropositivo. As prevalências de propriedades positivas foram de 89,1%, 6,36%, 59,1% e 44,6% para as infecções por CpHV-1, Pestivírus, vírus da LA e LVPR, respectivamente. As prevalências de animais soropositivos foram de 36,6%, 0,82%, 12,1% e 8,1%, respectivamente. A utilização da monta natural foi identificada como fator de risco associado à prevalência de rebanhos positivos para CpHV-1; para Pestivírus, não realizar vermifugação e realizar corte e desinfecção de umbigo foram identificados como fatores de risco; produção diária de leite superior a 19 litros foi identificada como fator de risco para LA; para LVPR, realizar corte e desinfecção de umbigo e existência de cercas de boa qualidade foram identificados como fatores de risco, e a PCR em tempo real da série branca do sangue apresentou boa performance, com sensibilidade de 100%, especificidade de 92,86%, concordância de 93,75% e indicador Kappa de 0,765. Com base na análise de fatores de risco, foi possível a recomendação de medidas e intervenções com vistas à minimização de perdas econômicas. / The aim of this survey was to determine epidemiological indicators to viral infections in dairy goats in the semiarid region of the Paraíba State. It was determined the prevalence of positive flocks (foci) and seropositive animals, as well as risk factors associated with the infections due to caprine herpersvirus 1 (CpHV-1), Pestivirus, bluetobgue virus (BTV) and small ruminants lentivirus (SRLV) were identified. From 1,034 to 1,092 dairy goats were sampled in 110 dairy flocks in the county of Monteiro, Cariri Ocidental microregion, Paraíba State, during November 2009 to August 2011. To each disease the serological diagnosis was carried-out using internationally consolidated techniques. For SRLV the direct detection of the agent was performed by real-time PCR in blood and milk. A flock was considered positive when presented at least one seropositive animal. Prevalences of positive flocks were 89.1%, 6.36%, 59.1% and 44.6% for the infections by CpHV-1, Pestivirus, BTV and SRLV, respectively. Prevalences of seropositive animals were 36.6%, 0.82%, 12.1% and 8.1%, respectively. The use of natural mating was identified as a risk factor associated with CpHV-1 flock-level prevalence; for Pestivirus, not perform vermifugation and to perform umbilical cord cutting and disinfection were identified as risk factors; daily milk production upper to 19 liters was identified as risk factor to LA; for SRLV, umbilical cord cutting and disinfection and existence of good quality fences were identified as risk factors, and real-time PCR using white blood cells had a good performance, with sensitivity of 100%, specificity of 92.86%, concordance of 93.75% and Kappa index of 0.765. Based on the risk factor analysis it was possible to recommend measures and interventions aiming the minimization of economic losses.
3

Produção, qualidade nutricional e consumo do capim tanzânia por cabras mestiças sob manejo agroecológico no semiárido / Consumption of grass in tanzania under management agroecological crossbred goats in semi-arid

Peixoto Junior, Gilvan Nogueira Alves 28 August 2014 (has links)
Submitted by Lara Oliveira (lara@ufersa.edu.br) on 2017-09-06T23:25:53Z No. of bitstreams: 1 GilvanNAPJ_DISSERT.pdf: 2808075 bytes, checksum: 04bf7863c5eb3df554c6dc434f701492 (MD5) / Approved for entry into archive by Vanessa Christiane (referencia@ufersa.edu.br) on 2017-09-11T16:28:59Z (GMT) No. of bitstreams: 1 GilvanNAPJ_DISSERT.pdf: 2808075 bytes, checksum: 04bf7863c5eb3df554c6dc434f701492 (MD5) / Approved for entry into archive by Vanessa Christiane (referencia@ufersa.edu.br) on 2017-09-11T16:30:03Z (GMT) No. of bitstreams: 1 GilvanNAPJ_DISSERT.pdf: 2808075 bytes, checksum: 04bf7863c5eb3df554c6dc434f701492 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-09-11T16:30:11Z (GMT). No. of bitstreams: 1 GilvanNAPJ_DISSERT.pdf: 2808075 bytes, checksum: 04bf7863c5eb3df554c6dc434f701492 (MD5) Previous issue date: 2014-08-28 / Reestruturação e Expansão das Universidades Federais / The objective of this study was to determine chemical composition, dry matter production of Tanzania grass pasture (Panicum maximum cv. Tanzania) in different periods of the year and estimate the consumption of crossbred goats using LIPE® as a marker under agroecological management. The experiment was conducted in Upanema-RN. The collection period was from May to November 2013. We used fifteen (15) adult goats permanently kept in the pasture. The grazing method used was fixed capacity and were evaluated 4 grazing periods. The animals in the paddock grazing period was two days, and the rest 30 days. The stocking rate was 2.44 AU per hectare. To determine the consumption were used eight (8) goats. The chemical composition of assessed pasture averaged: 19.1 to 22.4% for MS, 7.9 to 8.3 for PB, 64.2 to 65.8% for NDF and 38.5 to 40, 7% ADF. The forage accumulation varied from 2661.5 to 3548.6 kg DM / ha. The dry matter intake kg / day and% average live weight were 1.83 kg DM / day and 4.89% PV. The grass in Tanzania agroecologic irrigated, may be indicated for a dairy goat production systems, as presented DM yields and voluntary intake sufficient to meet the maintenance requirements of the animals. Despite the protein balance and energy have been a small negative supplementation would be enough for positive nutrient balance of animal production / O Objetivo deste trabalho foi determinar composição química, a produção de matéria seca da pastagem de capim Tanzânia (Panicum maximum cv. Tanzânia) em diferentes períodos do ano e estimar o consumo de cabras mestiças utilizando o LIPE® como marcador sob manejo agroecológico. O experimento foi conduzido em Upanema-RN. O período de coletas foi de maio a novembro de 2013. Foram utilizadas 15 (quinze) cabras adultas mantidas permanentemente na pastagem. O método de pastejo utilizado foi de lotação fixa e foram avaliados 4 períodos de pastejo. O período de ocupação dos animais no piquete foi de dois dias e o de descanso 30 dias. A taxa de lotação foi de 2,4 UA por hectare. Para a determinação do consumo foram utilizadas 8 (oito) cabras. A composição química da pastagem avaliada foi em média de: 19,1 a 22,4%, para MS, 7,9 a 8,3 para PB, 64,2 a 65,8% para FDN e 38,5 a 40,7% para FDA. O acúmulo de forragem apresentou valores entre 2661,5 a 3548,6 kg de MS/ha. O consumo de MS kg/dia e %PV médios foram 1,83kg de MS/dia e 4,89%PV. O capim Tanzânia em sistema agroecológico, irrigado, pode ser indicado para sistemas de produção de caprinos leiteiros, uma vez que apresentou produções de MS e consumo voluntário suficientes para suprir as exigências de mantença dos animais. Apesar do balanço protéico e energético ter sido negativo uma pequena suplementação seria suficiente para o balanço nutricional positivo dos animais em produção / 2017-09-06
4

Avaliação epidemiológica de agentes infecciosos e parasitários da esfera reprodutiva em caprinos leiteiros do semiárido da Paraíba / Epidemiological evaluation of reproductive infectious and parasitic agents in dairy goats from the semiarid of the Paraíba state

Carolina de Sousa Américo Batista 15 June 2012 (has links)
Um inquérito soroepidemiológico foi conduzido para a pesquisa de anticorpos anti-Chlamydophila abortus, anti-Toxoplasma gondii, anti-Neospora caninum e anti-Brucella abortus em caprinos leiteiros do semiárido da Paraíba. A amostragem foi delineada para a determinação da prevalência de propriedades positivas (focos) e de animais soropositivos. Foi realizada uma seleção aleatória de propriedades (unidades primárias) e, dentro dessas, foi escolhido, de forma aleatória, um número pré-estabelecido de fêmeas caprinas (unidades secundárias). Ao todo foi colhido sangue de 974 fêmeas caprinas provenientes de 110 propriedades. Na ocasião da colheita, foi aplicado um questionário epidemiológico por propriedade e as coordenadas geográficas foram obtidas com um aparelho de GPS. Para o diagnóstico sorológico das infecções por C. abortus e B. abortus, foram utilizados os testes de Fixação de Complemento e do Antígeno Acidificado Tamponado (AAT), respectivamente. Para o diagnóstico das infecções por T. gondii e N. caninum foram utilizadas reações de imunofluorescência indireta (RIFI). Uma propriedade foi considerada foco quando apresentou pelo menos um animal soropositivo. As análises realizadas foram: determinação das prevalências de focos e de animais soropositivos e identificação de fatores de risco. As prevalências de focos de C. abortus, T. gondii, N. caninum e B. abortus foram de 50,0% [40,3% - 59,7%], 70,0% [60,5% - 78,4%], 16,4% [10,0% - 24,6%] e 0,0% [0,0% - 3,3%], respectivamente. As prevalências de animais soropositivos para C. abortus, T. gondii, N. caninum e B. abortus foram de 11,9% [8,3% - 16,8%], 18,1% [14,3% - 22,6%], 1,9% [1,0% - 3,4%] e 0,0% [0,0% - 3,8%], respectivamente. Os fatores de risco para a infecção por C. abortus foram: compartilhar reprodutores e/ou sêmen (odds ratio = 2,35) e histórico de abortamentos (odds ratio = 3,06). Presença de plantas tóxicas na propriedade (odds ratio = 5,11) e a caprinocultura não ser a principal atividade (odds ratio = 3,34) foram apontadas como fatores de risco para a ocorrência de focos de infecção por T. gondii. Para a infecção por N. caninum, os fatores de risco associados à ocorrência de focos foram: alugar pastos (odds ratio = 10,34), não usar seringas descartáveis (odds ratio = 3,78) e possuir 25 ou mais caprinos (odds ratio = 6,51). Sugere-se que esforços sejam concentrados na condução de medidas de prevenção e controle das infecções por C. abortus, T. gondii e N. caninum em caprinos leiteiros do semiárido da Paraíba, especialmente aquelas relacionadas à correção de fatores de risco, visando a redução da prevalência e da disseminação desses agentes nesses animais e a possível exposição de seres humanos. / A seroepidemiological study for anti-Chlamydophila abortus, anti-Toxoplasma gondii, anti-Neospora caninum and anti-Brucella abortus antibody research was carried out in dairy goats from the semiarid of Paraíba state. Sampling was delineated for the determination of positive flocks (foci) and seropositive animals prevalences. A random selection of flocks (primary units) was performed and a pre-established number of female goats (secundary units) were sampled in each of these flocks. A total of 975 serum samples from 110 flocks were collected. On the occasion of the blood collection, an epidemiological questionnaire was applied in each flock and the geographical coordinates were obtained with a GPS. For the serological diagnosis of C. abortus and B. abortus infections complement fixation test and Rose Bengal test (RBT) were used, respectively. Indirect fluorescent antibody tests (IFAT) were carried out for detecting anti-T. gondii and anti-N. caninum antibodies. A flock was considered focus when presented at least one seropositive animal. The following analyses were performed: determination of foci and seropositive animals prevalences and identification of risk factors. Foci prevalences of C. abortus, T. gondii, N. caninum and B. abortus were 50.0% [40.3% - 59.7%], 70.0% [60.5% - 78.4%], 16.4% [10.0% - 24.6%] and 0.0% [0.0% - 3.3%], respectively. Seropositive animals prevalences to C. abortus, T. gondii, N. caninum and B. abortus were 11.9% [8.3% - 16.8%], 18.1% [14.3% - 22.6%], 1.9% [1.0% - 3.4%] and 0.0% [0.0% - 3.8%], respectively. Risk factors associated with C. abortus infection were: lend buck and/or semen (odds ratio = 2.35) and history of abortions (odds ratio = 3.06). Presence of toxic plants in the property (odds ratio = 5.11) and goat production do not be the main activity in the property (odds ratio = 3.34) were identified as risk factors for the occurrence of foci of T. gondii infection. For the N. caninum infection risk factors associated with occurrence of foci were: share pasture (odds ratio = 10.34), do not use disposable syringes (odds ratio = 3.78) and flock size 25 goats (odds ratio = 6.51). It was suggested that efforts be concentrated on the application of control and prevention measures for C. abortus, T. gondii and N. caninum infections in dairy goats from the semiarid of the Paraíba state, especially those related to the correction of risk factors, aiming to reduce the prevalence and spread of these agents and possible exposure of humans.
5

Avaliação epidemiológica de agentes infecciosos e parasitários da esfera reprodutiva em caprinos leiteiros do semiárido da Paraíba / Epidemiological evaluation of reproductive infectious and parasitic agents in dairy goats from the semiarid of the Paraíba state

Batista, Carolina de Sousa Américo 15 June 2012 (has links)
Um inquérito soroepidemiológico foi conduzido para a pesquisa de anticorpos anti-Chlamydophila abortus, anti-Toxoplasma gondii, anti-Neospora caninum e anti-Brucella abortus em caprinos leiteiros do semiárido da Paraíba. A amostragem foi delineada para a determinação da prevalência de propriedades positivas (focos) e de animais soropositivos. Foi realizada uma seleção aleatória de propriedades (unidades primárias) e, dentro dessas, foi escolhido, de forma aleatória, um número pré-estabelecido de fêmeas caprinas (unidades secundárias). Ao todo foi colhido sangue de 974 fêmeas caprinas provenientes de 110 propriedades. Na ocasião da colheita, foi aplicado um questionário epidemiológico por propriedade e as coordenadas geográficas foram obtidas com um aparelho de GPS. Para o diagnóstico sorológico das infecções por C. abortus e B. abortus, foram utilizados os testes de Fixação de Complemento e do Antígeno Acidificado Tamponado (AAT), respectivamente. Para o diagnóstico das infecções por T. gondii e N. caninum foram utilizadas reações de imunofluorescência indireta (RIFI). Uma propriedade foi considerada foco quando apresentou pelo menos um animal soropositivo. As análises realizadas foram: determinação das prevalências de focos e de animais soropositivos e identificação de fatores de risco. As prevalências de focos de C. abortus, T. gondii, N. caninum e B. abortus foram de 50,0% [40,3% - 59,7%], 70,0% [60,5% - 78,4%], 16,4% [10,0% - 24,6%] e 0,0% [0,0% - 3,3%], respectivamente. As prevalências de animais soropositivos para C. abortus, T. gondii, N. caninum e B. abortus foram de 11,9% [8,3% - 16,8%], 18,1% [14,3% - 22,6%], 1,9% [1,0% - 3,4%] e 0,0% [0,0% - 3,8%], respectivamente. Os fatores de risco para a infecção por C. abortus foram: compartilhar reprodutores e/ou sêmen (odds ratio = 2,35) e histórico de abortamentos (odds ratio = 3,06). Presença de plantas tóxicas na propriedade (odds ratio = 5,11) e a caprinocultura não ser a principal atividade (odds ratio = 3,34) foram apontadas como fatores de risco para a ocorrência de focos de infecção por T. gondii. Para a infecção por N. caninum, os fatores de risco associados à ocorrência de focos foram: alugar pastos (odds ratio = 10,34), não usar seringas descartáveis (odds ratio = 3,78) e possuir 25 ou mais caprinos (odds ratio = 6,51). Sugere-se que esforços sejam concentrados na condução de medidas de prevenção e controle das infecções por C. abortus, T. gondii e N. caninum em caprinos leiteiros do semiárido da Paraíba, especialmente aquelas relacionadas à correção de fatores de risco, visando a redução da prevalência e da disseminação desses agentes nesses animais e a possível exposição de seres humanos. / A seroepidemiological study for anti-Chlamydophila abortus, anti-Toxoplasma gondii, anti-Neospora caninum and anti-Brucella abortus antibody research was carried out in dairy goats from the semiarid of Paraíba state. Sampling was delineated for the determination of positive flocks (foci) and seropositive animals prevalences. A random selection of flocks (primary units) was performed and a pre-established number of female goats (secundary units) were sampled in each of these flocks. A total of 975 serum samples from 110 flocks were collected. On the occasion of the blood collection, an epidemiological questionnaire was applied in each flock and the geographical coordinates were obtained with a GPS. For the serological diagnosis of C. abortus and B. abortus infections complement fixation test and Rose Bengal test (RBT) were used, respectively. Indirect fluorescent antibody tests (IFAT) were carried out for detecting anti-T. gondii and anti-N. caninum antibodies. A flock was considered focus when presented at least one seropositive animal. The following analyses were performed: determination of foci and seropositive animals prevalences and identification of risk factors. Foci prevalences of C. abortus, T. gondii, N. caninum and B. abortus were 50.0% [40.3% - 59.7%], 70.0% [60.5% - 78.4%], 16.4% [10.0% - 24.6%] and 0.0% [0.0% - 3.3%], respectively. Seropositive animals prevalences to C. abortus, T. gondii, N. caninum and B. abortus were 11.9% [8.3% - 16.8%], 18.1% [14.3% - 22.6%], 1.9% [1.0% - 3.4%] and 0.0% [0.0% - 3.8%], respectively. Risk factors associated with C. abortus infection were: lend buck and/or semen (odds ratio = 2.35) and history of abortions (odds ratio = 3.06). Presence of toxic plants in the property (odds ratio = 5.11) and goat production do not be the main activity in the property (odds ratio = 3.34) were identified as risk factors for the occurrence of foci of T. gondii infection. For the N. caninum infection risk factors associated with occurrence of foci were: share pasture (odds ratio = 10.34), do not use disposable syringes (odds ratio = 3.78) and flock size 25 goats (odds ratio = 6.51). It was suggested that efforts be concentrated on the application of control and prevention measures for C. abortus, T. gondii and N. caninum infections in dairy goats from the semiarid of the Paraíba state, especially those related to the correction of risk factors, aiming to reduce the prevalence and spread of these agents and possible exposure of humans.
6

Concentração arterial, retenção de metabólitos pela glândula mamária e concentração de CLA no leite de cabras, em resposta à ingestão de fontes de ácidos graxos poliinsaturados ou doses crescentes de óleo de soja / Arterial concentration and mammary gland uptake of metabolites and ClA concentration in goat\'s milk in response to dietary sources of polyunsaturated fatty acids or increasing amounts of soybean oil

Omer Cavalcanti de Almeida 12 June 2008 (has links)
Os objetivos dos experimentos (I e II) foram avaliar os efeitos da inclusão de 2% de fontes de ácidos graxos poliinsaturados (óleo de soja, de linhaça e de peixe) e doses crescentes de óleo de soja (0, 30, 60 e 90 g/dia) sobre o consumo, digestibilidade dos nutrientes no trato digestório total, produção e composição do leite, perfil de ácidos graxos arterial e no leite, concentração arterial e retenção de metabólitos pela glândula mamária das cabras em lactação. Dois meses antes do início do experimento, os animais foram preparados cirurgicamente para exteriorização subcutânea de ambas as artérias carótidas a fim de facilitar a colheita do sangue arterial. Os animais foram alojados em baias individuais onde receberam ração com 40% de silagem de milho e 60% de concentrado, com base na matéria seca. No experimento 1, foram utilizadas quatro cabras Saanen multíparas, produzindo 2,4 kg/dia e com 35 dias de lactação e foram distribuídas em Quadrado Latino 4 x 4 com período experimental de 112 dias. Cada subperíodo teve a duração de 24 dias de adaptação e 4 dias de colheita. Os tratamentos do experimento I foram: a) ração sem adição de óleo (controle); b) controle mais 2% de óleo de soja (OS); c) controle mais 2% de óleo de linhaça (OL) e d) controle mais 2% de óleo de peixe (OP). No experimento 2, foram utilizadas quatro cabras Saanen multíparas, produzindo 3,7 kg/dia e com 35 dias de lactação e foram distribuídas em Quadrado Latino 4 x 4 com período experimental de 112 dias. Cada período teve a duração de 24 dias de adaptação e 4 dias de colheita. Os tratamentos do experimento 2 foram: Ração controle mais o fornecimento oral de doses de óleo de soja (0, 30, 60 e 90 g). No experimento l, a inclusão dos óleos não influenciou o consumo da matéria seca (CMS), da matéria orgânica (CMO), da fibra em detergente neutro (CFDN) e da proteína bruta (CPB), embora tenha havido efeito quando o CMS e o de CMO foram relacionados com o peso metabólico. O CEE foi influenciado pelos óleos. As digestibilidades da MS, MO, FDN, PB e do EE no trato digestório total não foram influenciadas. Não houve efeito na produção de leite e nos seus componentes (gordura, proteína, lactose, sólidos totais e extrato seco desengordurado), embora tenha havido efeito no perfil de ácidos graxos. O óleo de peixe promoveu elevação (350%) na concentração do ácido vacênico (C18:1 t11) no leite, alem de maiores elevações na concentração arterial do ácido vacênico (376%) e na relação C18:1 t11, C18:2 c9, t11 (1111%). A adição dos óleos nas rações, não influenciou a concentração arterial e a retenção de metabólitos (glicose, ß- hidroxibutirato) pela glândula mamária. No experimento 2, as doses de óleo de soja alteraram o CMS e o CMO, assim como a digestibilidade da MS e do EE. Não houve efeito na produção de leite, porém a concentração de gordura diminuiu com as doses de óleo. Os perfis de ácidos graxos no leite e no sangue arterial foram influenciados pelas doses de óleo de soja. O aparecimento do C18:2 t10, c12 no leite culminou com a redução de gordura (558%). A dose de 90 g propiciou a elevação do ácido vacênico (810%), ao contrário do C18:2 c9, t11, que diminuiu. A concentração arterial e a retenção mamária de glicose e ßhidroxibutirato não foram influenciadas pelas doses de óleo de soja. / The objectives of these studies were to evaluate the effects of adding 2% palyunsaturated fatty acid sources (soybean, linseed and fish oils) or soybean oil doses (O, 30, 60 or 90 g/day) on dry matter intake, apparent nutrient digestibilities, milk yield, milk composition, arterial and milk fatty acid profiles, and metabalite uptake by the mammary gland in lactating goats. Animais were housed in individual tie stalls and received diets containing 40% com silage and 60% concentrate (dry matter basis). In Experiment \"four Saanen goats producing 2.4 kg/day and 38 days in milk were used in a 4 x 4 latin Square design during 112 days. Each period lasted 28 days (24d for adaptation and 4d for sampling). Four experimental diets were used: a) Control diet (CO, without additional oil); b) CO plus 2% soybean ail (OS); c) CO plus 2% linseed oil (Ol); ar d) CO plus 2% fish oil (OP). Experiment 11, four Saanen goats producing 3.7 kg/day and 32 days in milk were used in a 4 x 4 latin Square design during 112 days. Each period lasted 28 days (24d for adaptation and 4d for sampling). Gaats were fed a control diet plus an oral daily dose (O, 30, 60 or 90 g) of soybean oi!. In experiment I, ail sources did not influence intakes of dry matter, organic matter, or neutral detergent fiber. Hawever, an oil effect was observed when expressed on the basis of metabolic weight. The OM, OM, NOF, CP, and EE apparent digestibilities were not affected by treatment. Production of milk components (fat, protein, lactose, total solids, and non-fat salids) was nat different among treatments, although an effect in fatty acid profile was observed. Fish oil increased arterial and milk vaccenic acid t11 C18:1 concentrations by more than 350%, and increased the t11 C18:1: c9,t11 C18:2 ratio in the arterial blood by 1111 %. Gil addition did not influence arterial blood concentration and mammpry gland uptake of glucase or l3-hydroxybutyrate. Experiment li showed that supplementation of saybean oil resulted in changes of OM, OM, and EE intakes, but intake of the NOF and CP were not affected. Oigestibility of OM and EE were influenced by soybean ai!. Oaily milk production was not influenced, but milk fat was reduced by soybean oi!. Milk and arterial fatty acids profiles were influenced by saybean oi!. As the concentration of t10,c12 C18:2 increased in arterial blood, a reduction (558%) in milk fat was observed and also a decrease in ô9-desaturase activity was detected. The 90 9 supplement of soybean oil resulted in an elevation (810%) in the milk vaccenic concentratian; conversely (c9,t11 C18:2), decreased. The. arterial blood concentration and mammary gland uptake of glucose and l3-hydroxybutyrate were not affected by soybean oil.
7

Regressão aleatória na avaliação da produção de leite de búfalas Murrah utilizando inferência bayesiana / Random regression analysis to model test-day milk yield in Murrah buffaloes using bayesian inference

Brito, Lais Costa 19 March 2013 (has links)
Made available in DSpace on 2015-03-26T13:55:15Z (GMT). No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 1554500 bytes, checksum: d9400566acf11c9dff69fd60fcda665e (MD5) Previous issue date: 2013-03-19 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / Considering the importance of raising buffaloes to the national dairy farming, the objective of this study was to model variations in test-day milk yield (TDMY) during the first lactation of Murrah buffaloes by random regression models (RRM), using orthogonal Legendre polynomials (POL) and linear B-splines (BSP). A total of 15,161 test-day records from 1,158 first lactations of Murrah buffaloes breed from herds belonging to São Paulo state, Brazil, with calving recorded from 1988 to 2005, were analyzed. For TDMY, 38 weekly classes of lactation days were considered and analyzed using a single-trait RRM, including the additive genetic, permanent environmental and residual random effects. In addition, contemporary group, linear and quadratic effects of the covariate age of the buffalo at birth, number of milkings and mean lactation curve of the population, modeled using a fourth-order orthogonal Legendre polynomials, were included as fixed effects. Covariance functions of additive genetic and permanent environmental regression coefficients were equally modeled by POL (3th to 6th order) or linear BPL (4 to 6 knots). Residual variances were modeled considering 9 classes uniformly spaced. The (co)variance components of parameters were estimated by Bayesian inference, using the GIBBS3F90 software. The convergence of Gibbs chains was verified by graphic inspection and using BOA package from the R program. The post-gibbs analyses were performed using the POSTGIBBS1F90 software. The selection of the models was based on deviance information criterion (DIC). The average TDMY was 6.31±2.13 kg. The sixth order POL and six-knot BSP (knots at 8, 29, 57, 120, 239 and 267 days), with highest degree of complexity (51 parameters) were considered as the most suitable to describe the TDMY variation. The genetic parameters presented similar tendencies for both models, excepted for genetic variances and heritability, which showed low estimates at first lactation weeks for model BSP6. It was possible realize that, despite the low correlation between the predicted breeding value for 270-day milk yield and lactation persistency, the best models classified the bulls similarly. The results indicate that linear B-spline function with six knots was the most appropriate RRM to genetic evaluation of TDMY of Murrah buffaloes, given that parcimonious models with higher computational advantages to model variations of TDMY are most sought, and given the better control of heritability estimates of the edges of the lactation curve. / Ao considerar a crescente importância da bubalinocultura na pecuária leiteira nacional, objetivou-se com o presente estudo modelar as variações da produção de leite no dia de controle (PLDC) de búfalas da raça Murrah por meio de modelos de regressão aleatória (polinômios ortogonais de Legendre POL e B-splines BSP lineares). Para tanto, foram analisados 15161 registros semanais de PLDC provenientes da primeira lactação de 1158 búfalas da raça Murrah, com partos registrados entre os anos de 1988 a 2005 e pertencentes a rebanhos do estado de São Paulo, Brasil. As PLDC foram divididas em 38 classes semanais e analisadas considerando modelo animal de regressão aleatória - que incluiu efeitos aleatórios genético-aditivo, de ambiente permanente e residual. Adicionalmente, incluíram-se efeitos fixos de grupo de contemporâneo, a covariável idade da búfala ao parto (efeito linear e quadrático), número de ordenhas e as médias dos coeficientes da curva de lactação representativa da população (sendo esta ajustada por meio de POL de 4ª ordem). As funções de covariâncias relativas aos coeficientes de regressão aleatória dos efeitos genético-aditivo e de ambiente permanente foram igualmente modeladas por meio de POL (3ª à 6ª ordem) ou BSP lineares (4 a 6 nós). A estrutura residual foi considerada heterogênea, contendo nove classes de variâncias. Os componentes de (co)variância dos parâmetros foram estimados via inferência bayesiana, utilizando o programa GIBBS3F90. A convergência das cadeias de Gibbs foi verificada por meio de inspeção gráfica e o pacote BOA, do programa R. As análises pós-gibbs foram feitas utilizando o POSTGIBBS1F90. A seleção dos melhores modelos se deu pela utilização do critério de informação da deviance (DIC). A média de PLDC foi igual a 6,31±2,13 kg. Os modelos POL de sexta ordem POL6, e BSP com seis nós BSP6 (8, 29, 57, 120, 239, 267 dias), com maior número de parâmetros (51) foram considerados os melhores para descrever a variação da PLDC ao longo da lactação. De modo geral, os parâmetros genéticos apresentaram tendências semelhantes para estes modelos, à exceção das estimativas de variância genética aditiva e herdabilidade, menores nas primeiras semanas de lactação para o modelo BSP6. Verificou-se que, apesar de pouco correlacionados, os valores genéticos preditos para produção de leite aos 270 dias e persistência da lactação para os melhores modelos classificam os reprodutores de forma similar. O MRA mais recomendável para avaliação genética da PLDC de búfalos da raça Murrah é uma função B-spline (com seis nós), haja vista a procura por modelos mais parcimoniosos e com maiores vantagens computacionais para modelar variações da PLDC de búfalas da raça Murrah; e dado maior controle das estimativas de herdabilidade referentes aos extremos na curva de lactação.
8

Caracterização epidemiológica da Leptospirose em caprinos leiteiros no Semiárido da Paraíba, Brasil. / Epidemiological characterization of Leptospirosis in dairy goats in the semi-arid region of Paraíba, Brazil.

HIGINO, Severino Silvano dos Santos. 06 September 2018 (has links)
Submitted by Johnny Rodrigues (johnnyrodrigues@ufcg.edu.br) on 2018-09-06T17:16:46Z No. of bitstreams: 1 SEVERINO SILVANO DOS SANTOS HIGINO - TESE PPGMV 2012..pdf: 912889 bytes, checksum: ecd83ccda461de3cefab79cf44f95ab7 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-09-06T17:16:46Z (GMT). No. of bitstreams: 1 SEVERINO SILVANO DOS SANTOS HIGINO - TESE PPGMV 2012..pdf: 912889 bytes, checksum: ecd83ccda461de3cefab79cf44f95ab7 (MD5) Previous issue date: 2012 / CNPq / Capes / A leptospirose em pequenos ruminantes é uma doença que pode causar perdas econômicas devido a ocorrência de abortamentos, natimortalidade e diminuição da produção de leite. Este trabalho teve como objetivos determinar a prevalência de propriedades de caprinos leiteiros positivas e de animais soropositivos para leptospirose no semiárido paraibano, bem como identificar fatores de risco associados à prevalência de propriedades positivas. A amostragem foi delineada para a determinação da prevalência de propriedades positivas (focos) e de animais soropositivos para a infecção por Leptospira spp. No total, foram colhidas amostras de sangue de 975 animais procedentes de 110 propriedades leiteiras localizadas no Munícipio de Monteiro, microrregião do Cariri Ocidental, Estado da Paraíba. Para o diagnóstico da infecção por Leptospira spp., foi utilizado o teste de soroaglutinação microscópica (SAM), utilizando como antígenos 24 sorovares. Uma propriedade foi considerada foco quando apresentou pelo menos um animal soropositivo. As prevalências de propriedades positivas e de animais soropositivos foram de 43,6% (IC 95% = 34,2% - 53,4%) e de 8,7% (IC 95% = 5,7% - 12,9%), respectivamente. Nos animais, os sorovares mais frequentes foram Autumnalis (1,74%; IC 95% = 0,97% – 3,09%), Sentot (1,71%; IC 95% = 0,82% – 3,52%) e Whitcomb (1,39%; IC 95% = 0,65% – 2,93%), e nas propriedades, os sorovares Autumnalis (10,9%; IC 95% = 5,8% – 18,3%), Whitcomb (8,2%; IC 95% = 3,8% – 15,0%) e Sentot e Patoc (7,3%; IC 95% = 3,2% – 13,8%) foram os mais frequentes. Presença de roedores (OR = 2,78, P = 0,015) foi identificada como fator de risco. Também houve associação entre o histórico de infertilidade (OR = 14,74, P = 0,015) e a prevalência de rebanhos positivos. Sugere-se que a infecção está distribuída em caprinos da região, e um programa de controle de roedores deve ser incluído nas práticas de manejo dos rebanhos com o intuito de reduzir a transmissão do agente e, consequentemente, reduzir a prevalência de rebanhos positivos e ocorrência de problemas reprodutivos, tais como infertilidade. / Leptospirosis in small ruminants is a disease that can causes economic losses due to occurrence of abortions, stillbirths and decreased milk production. This work aimed to determine the prevalence of positive dairy goat herds and seropositive animals for leptospirosis in semiarid region of Paraíba State. Sampling was designed to determine the prevalence of positive herds (foci) and seropositive animals for leptospirosis. A total of 975 serum samples were collected from goats from 110 dairy herds in the Monteiro, Cariri Ocidental microregion of the Paraiba State. For the serological diagnosis of leptospirosis the microscopic agglutination test (MAT) was carried out usind 24 Leptospiraspp. serovars as antigens. A herd was considered positive when presented at least one seropositive animal. The prevalence of positive herds and seropositive animals were 43.6% (95% CI = 34.2% - 53.4%) and 8.7% (95% CI = 58.7% - 12.9%), respectively. The most frequent serovars in animals were Autumnalis (1.74%; 95% CI = 0.97% – 3.09%), Sentot (1.71%; 95% CI = 0.82% - 3.52%) and Whitcomb (1.39%; 95% CI = 0.65% – 2.93%), and by herd, serovars Autumnalis (10.9%; 95% CI = 5.8% – 18.3%), Whitcomb (8.2%; 95% CI = 3.8% – 15.0%) and Sentot and Patoc (7.3%; 95% CI = 3.2% – 13.8%) were the most frequent. Presence of rodents (OR = 2.78; P = 0.015) was identified as a risk factor. There was also association between history of infertility (OR = 14.74; P = 0.015) and prevalence of positive flocks. It is suggested that leptospirosis is spread in goats in the region, and that a program of rodent control should be included in the flock management practices aiming to reduce transmission of the agent and then to reduce prevalence of positive flocks and occurrence of reproductive disorders such as impaired fertility.

Page generated in 0.0931 seconds