• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 8236
  • 241
  • 111
  • 108
  • 107
  • 93
  • 67
  • 44
  • 39
  • 10
  • 10
  • 10
  • 10
  • 10
  • 5
  • Tagged with
  • 8605
  • 3387
  • 1623
  • 1385
  • 1337
  • 1126
  • 1024
  • 757
  • 716
  • 637
  • 630
  • 598
  • 572
  • 541
  • 539
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
41

Influência da musicoterapia no comportamento de animais em desenvolvimento

Sampaio, Waneli Cristine Morais 29 May 2015 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências Médicas, Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas, 2015. / Submitted by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2015-10-21T17:52:57Z No. of bitstreams: 1 2015_WaneliCristineMoraisSampaio.pdf: 2855682 bytes, checksum: dc254f02900faec6b0ec699320522a88 (MD5) / Approved for entry into archive by Patrícia Nunes da Silva(patricia@bce.unb.br) on 2015-12-04T14:09:28Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2015_WaneliCristineMoraisSampaio.pdf: 2855682 bytes, checksum: dc254f02900faec6b0ec699320522a88 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-12-04T14:09:28Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2015_WaneliCristineMoraisSampaio.pdf: 2855682 bytes, checksum: dc254f02900faec6b0ec699320522a88 (MD5) / A depressão, a ansiedade e os prejuízos cognitivos são encontrados com frequência em pacientes com diversas patologias. Existem várias intervenções terapêuticas disponíveis como, por exemplo, a música, que pode ser utilizada como ferramenta na reabilitação de pacientes com alguns desses tipos de manifestações clínicas. A Musicoterapia utiliza o som para alcançar propriedades terapêuticas, psicoprofiláticas e/ou de reabilitação. O uso da música, por meio desta técnica, tem demonstrado melhorias na atenção, motivação, relaxamento e vocalização. Desta maneira, considerando o poder restaurador da música, esta pesquisa foi conduzida para investigar a influência da Musicoterapia no comportamento de ratos, em diferentes fases de desenvolvimento. Para tal, foram utilizados ratos Wistar machos (n=10) e fêmeas (n=10), em condições padronizadas de laboratório. Os procedimentos foram realizados quando os animais estavam com cerca de 1 mês de idade e repetidos quando eles completaram 2, 3 e 4 meses, sendo divididos em dois grupos: 1) Controle, e 2) Musicoterapia. Para este último grupo, a Sonata de Mozart para 2 Pianos foi tocada em um intensidade de som de 65 decibéis durante quatro horas por dia, sendo duas horas pela manhã e duas horas pela tarde (intervalo de aproximadamente 12 horas, por 4 dias), quando os animais atingiram cada idade. Os testes experimentais utilizados foram: Campo Aberto (locomoção), Labirinto em Cruz Elevado - LCE (ansiedade), Nado Forçado (depressão/estresse) e Esquiva Inibitória (memória). Foi observado no teste do Campo Aberto, que quanto maior eram as idades dos ratos machos, menores eram as suas medidas de locomoção. Nesse caso, os ratos com quatro meses locomoveram-se significantemente menos do que nas demais idades. No LCE, os ratos fêmeas que receberam música com 1, 2 e 3 meses de idade aumentaram o percentual de tempo nos braços abertos do labirinto, enquanto que os ratos machos com 1 mês de idade reduziram esse parâmetro. No Nado Forçado as diferenças estatísticas foram observadas somente com 1 mês de idade para ambos os sexos, onde as fêmeas aumentaram o tempo de imobilidade no tanque, enquanto os machos reduziram esse parâmetro após a Sonata de Mozart. Por fim, na Esquiva Inibitória, observou-se uma melhora da memória de forma dependente da idade. Com base nestes resultados, sugere-se que a Musicoterapia baseada na Sonata de Mozart pode produzir efeito ansiolítico (em ratos fêmeas) ou ansiogênico (em ratos machos). Em contrapartida, os comportamentos relacionados ao nível de estresse/depressão foram observados somente nos animais com 1 mês de idade, para ambos os sexos, visto que os machos tenderam a ter maior nível de estresse, enquanto as fêmeas ficaram mais apáticas e imóveis. No que diz respeito aos aspectos cognitivos dos animais, o aumento no tempo de permanência na plataforma, pode ter sido em decorrência do processo adaptativo decorrente das sucessivas repetições dos testes, não em decorrência da terapia com a Sonata de Mozart. Desta maneira, sugere-se que a música, na maioria das vezes, tem poder de intervir de forma positiva a minimizar as alterações comportamentais relacionadas principalmente com a ansiedade e a depressão. / Depression, anxiety and cognitive impairments are frequently found in patients with various pathologies. There are various therapeutic interventions available for these cases, for example music, which may be used as a tool in the rehabilitation of patients with certain types of these clinical manifestations. Music therapy uses sound to reach therapeutic, psychoprophylactic and/or rehabilitation properties. The use of music by this technique has been providing improvements in attention, motivation, relaxation and vocalization of patients in need. Thus, considering the healing power of music, this research was conducted to investigate the influence of music therapy on the behavior of rats at different stages of development. Thus, male (n = 10) and female (n = 10) Wistar rats under standard laboratory conditions were used. The procedures were performed when animals were approximately 1 month of age, and repeated once they completed 2, 3 and 4 months, being divided into two groups: 1) control and 2) music therapy. For this last group, the Mozart Piano Sonata 2 was played at a sound intensity of 65 dB for four hours per day, two hours in the morning and two hours in the afternoon (12 hours, for 4 days) when the animals reached each age. The experimental tests were: the Open Field (locomotion), the Elevated Plus-Maze - EPM (anxiety), the Forced Swimming (depression/stress) and the Inhibitory Avoidance (memory) tests. It was observed that in the Open Field test the locomotion was inversely proportional to age. In this case, the locomotion in rats with four months old was significantly less than in other ages. In the EPM tes, female rats with 1, 2 and 3 months old, which were exposed to music, increased the percentage of open arms time in the maze while male rats with 1 month old reduced such parameter. In the Forced Swimming test, the statistical differences were observed only when both genders were 1 month old. Females increased immobility time in the tank, whereas males reduced the same parameter by listening to Mozart´s Sonata. Finally, in the Inhibitory Avoidance test, an improvement age-dependent memory was observed. Based on these results, Music therapy related to Mozart´s Sonata produces anxiolytic (in female rats) or anxiogenic (in male rats) effects. On the other hand, components related to the level of stress/depression were observed only in 1 month old animals, for both genders, considering that males probably have higher stress level, while females were more apathetic and static. With regard to the cognitive aspects of animals, the increase in lattency time in the platform of the Inhibitory Avoidance test, may have been due to the adaptive process resulting from successive repetitions of the test, not due to therapy with Mozart Sonata. Thus, it was concluded that music, in most cases, is able to interfere in a positive way to minimize behavioral disorders, mainly related to anxiety and depression.
42

Comportamentos e fisiologia do estresse de Megaptera novaeangliae ao longo da estação reprodutiva na região do Arquipélago de Abrolhos (BA - Brasil)

Castro, João Paulo Gravina Ribeiro de 10 July 2015 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Processos Psicológicos Básicos, Programa de Pós-Graduação em Ciências do Comportamento, 2015. / Submitted by Albânia Cézar de Melo (albania@bce.unb.br) on 2015-12-04T12:34:55Z No. of bitstreams: 1 2015_JoaoPauloGravinaRibeiroCastro.pdf: 2604472 bytes, checksum: 46df03e0cae9c223e2405247d9604a8f (MD5) / Approved for entry into archive by Patrícia Nunes da Silva(patricia@bce.unb.br) on 2016-03-24T13:07:09Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2015_JoaoPauloGravinaRibeiroCastro.pdf: 2604472 bytes, checksum: 46df03e0cae9c223e2405247d9604a8f (MD5) / Made available in DSpace on 2016-03-24T13:07:09Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2015_JoaoPauloGravinaRibeiroCastro.pdf: 2604472 bytes, checksum: 46df03e0cae9c223e2405247d9604a8f (MD5) / As baleias jubarte (Megaptera novaeangliae) organizam-se em grupos sociais temporários ao longo da estação reprodutiva. Investigar aspectos do comportamento em seu contexto social é fundamental para compreender a ecologia comportamental no momento da reprodução e do nascimento, podendo contribuir no estabelecimento de planos de manejo adequados à espécie. O presente trabalho visou estudar os aspectos fisiológicos, comportamentais e de distribuição geográfica dos grupos sociais no contexto da reprodução e do cuidado parental ao longo da temporada reprodutiva, de agosto a novembro, no ano de 2014, na Área de Proteção Ambiental Estadual Ponta da Baleia/ Arquipélago dos Abrolhos. Os resultados apresentados demonstram distribuição geográfica e composição dos grupos sociais diferenciadas entre os meses, sendo que houve uma maior presença de grupos sociais próximos à costa no fim da estação, assim como uma maior presença de fêmeas com filhotes. Em relação aos comportamentos, foi observado maior taxa de estados ativos, eventos ativos e eventos agonísticos para grupos competitivos em relação aos demais grupos sociais; assim como maior taxa de repouso para fêmeas com filhote. Ao avaliar a questão do estresse, grupos com filhote apresentaram níveis de estresse mais elevados do que grupos sem filhote. Diferenças nos níveis de estresse também foram significativas em relação ao número de adultos dos grupos sociais, havendo uma correlação negativa: quanto maior o tamanho do grupo social, menor o estresse. Isso pode estar associado ao estabelecimento de dominância entre machos em um sistema poligínico de dominância em lek. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT / The hump back whales (Megaptera novaeangliae) are known to aggregate in temporary social groups during the breeding season. Investigation of behavioral aspects within their own social context is basal for understanding the behavioral ecology on breeding and birth context, contributing in the establishment of management plans for the species. This work aimed to study the physiological and behavioral aspects along with the geographical distribution of social groups within the context of reproduction and parental care throughout the humpback whale reproductive season, from August to November, in the year 2014, in the Área de Proteção Ambiental Estadual Ponta da Baleia/ Arquipélago dos Abrolhos. The results show the geographical distribution and the composition of different social groups along the months and there was a greater presence of social groups near the coast at the end of the season, as well as an increased presence of females with cubs. Regarding behaviors, higher rate of active states, active events and agonistic events for competitive groups in relation to other social groups were observed, as well as a higher resting rate for females with a cub. In assessing the issue of stress, groups with cubs showed higher stress levels than those without cubs. Differences in stress levels were also significant regarding the number of adults within social groups, producing a negative correlation: the greater the size of the social group, the smaller the level of stress. This may be linked to the establishment of dominance among males in a polygynous dominance lek system.
43

Reforçadores arbitrários e naturais, de curto e de longo prazo: uma análise conceitual sobre procedimentos de transferência de controle

Souza, Vivian Bonani de [UNESP] 04 February 2013 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:29:00Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2013-02-04Bitstream added on 2014-06-13T18:58:18Z : No. of bitstreams: 1 souza_vb_me_bauru.pdf: 552397 bytes, checksum: 27fe547acce4c2e280160ade30294a62 (MD5) / Dia da possibilidade de pesquisar empiricamente as práticas culturais, considerando a cultura como 3º nível de variação e seleção comportamental, pode-se afirmar que existem muitos questionamentos quanto a questões teóricas e procedimento aplicados nesse campo de estudo, principalmente no que se refere à alteração de práticas culturais mediante a intervenção no arranjo de consequencias para os comportamentos das pessoas em grupo, através dos instrumentos conceituais de contingências, macro e metacontigências. Nesse sentido, entendendo que os elementos presentes nas práticas culturais devem ser descritos e compreendidos claramente para a implementação de procedimentos de intervenção que visem o planejamento de práticas culturais saudáveis (ou menos danosas) para os indivíduos, o presente trabalho teve como objetivo proceder a uma investigação na literatura e desenvolver uma análise conceitual do planejamento e implicações de procedimentos de transferência de controle comportamental de reforçadores arbitrário para reforçadores naturais e de longo prazo. O propósito aplicado geral que contextualizou a pesquisa foi uma tentativa de elucidar aspectos e conceitos já conhecidos, porém não desenvolvidos exaustivamente e especificamente para as finalidades requeridas no campo de atuação na Análise Comportamental da Cultura / Facing the possibility to empirically research cultural practices and considering culture as the third level of behavior variation ad selection, it can be stated that there are many questions about the theoretical issues and applied procedures in this field of study, especially with regard to changing cultural practices by intervening in the array of consequences to the behavior of people in groups, through the conceptual tools of contingencies, macro and metacontingencies. In this sense, understanding that the elements which are present in cultural practices should be clearly described and understood to the implementation of intervention procedures which aim a healthy (or less harmful) design of cultural practices for individuals, the present study aimed to implement a literature research and to develop a conceptual analysis of designing and the procedure implications of transfering bahavioral control from arbitrary to natural reinforces and from short-term to long-term reinforcers. The general guidelines which contextualized the present research was an attempt to elucidate aspects and concepts already known but not extensively and specifically developed to the purposes required in the applied field of Behavior Analysis of Culture
44

Identificação do self e themselves de jovens consumidores portoalegrenses

Bavaresco, Salete January 2008 (has links)
Made available in DSpace on 2013-08-07T18:45:02Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000407030-Texto+Completo-0.pdf: 947160 bytes, checksum: 72b70757e9d919cbcbcff11dcd5b52f1 (MD5) Previous issue date: 2008 / The following research reffers to the studys of the costumer behavior, wich in present times, are more interested in the explanation of the reasons why certain constumers agents do some of their choices. This issue intends to add some answers and explanations for the costumer’s behavior, starting for a theorycal aproach less explored into this studys in marketing subjects. The challenge of this pice of work is in the use of a theory that leads to believe that the social behavior is, in some measure, touched for a interaction proccess. To check the explanative potencial of Symbolic Interactionism applyed to consumism is the central focus of this research. Knowing better wich social elements are closely connected to the builnding of a self (hability of beiing espontaneous) and a me (the interiorized expression of the other) we can follow toward the compreention of the fact that those social actors are so easyly adapted to a consumer’s society. The interacionists notice that the description of the human behavior has, as this main data, the social act, birth as the external behavior, wich can be wached.We have privileged the qualitative method, since the quantitative is more usual in this kind of study. Social agents, with ages between 11 and 13, were observed in one of their refference group, in a interative proccess, in real consumers situations. We maneged to bring a macro-sociological explanation to this issue. This research leads to the importance that the study of the human behavior has gained inside the ecconomic system and the work organization, in wich the marketing came to be the master-key in this context. Taking into consideration that the main subject of this research is the the theorycal-pratical aproach based in the Symbolical Interacionism we have destined a whole chapter to the task of the exposure of its main concepts and bases. When you try to understand the social fennomenon of the consumism, by the interacionism of the social agents, base don the iddentification of the ellements that build the self, and the inffluence of the themselves in their group, the research indicates that such inffluence is can be observed. Among the conclusions of this issue, we noticed that, although the groups chosen belongs to very differents social classes there is a thamself that is clearily inddentified in the vallues that coorrespond to the culture of the consumism that leads the the world nowadays, keeping a symbolic dialog with the coerent extra-group. Intternaly, its possible iddentify the self of every social agent inside the grooup, researching trhough their acts inside the interative proccess.We noticed the existence of a strong correlation between the self of every agent and this attitude in therms of consume. To the realization of this research, we search for the combination of qualitative technics to colect data and uses the empiric concepts that need to be tested to be improved. This is probabily the most important contribuition of this issue, due to the great efforce to the building of an empirical and subjective annalisys, fundamented in the Symbolical Interacionism, eventhoug there is still a lot to be tryed in this mather. / O tema do trabalho refere-se aos estudos sobre o comportamento do consumidor que, na atualidade, são os que se ocupam mais em explicar as razões pelas quais, determinados agentes de consumo, fazem determinadas escolhas de consumo. Essa dissertação visa contribuir na compreensão do comportamento de consumo a partir da aplicação de uma abordagem teórica menos explorada dentro desses estudos na área de marketing. O desafio dessa iniciativa, hipótese geral do trabalho, está em fazer uso de uma teoria que parte da premissa de que o comportamento social realiza-se, em alguma medida, por meio de processos de interação. Verificar o potencial explicativo do Interacionismo Simbólico aplicado ao consumo é o foco central dessa pesquisa. Ao se conhecer melhor quais os elementos sociais estão intimamente ligados à formação de um self (capacidade de espontaneidade) e de um me (expressão interiorizada do Outro) pode-se avançar na compreensão do fato desses atores sociais serem tão adaptáveis a uma sociedade de consumo. Os interacionistas percebem que a descrição do comportamento humano tem como dado principal o ato social, concebido como comportamento externo observável.Privilegiou-se o método qualitativo em detrimento do quantitativo por esse último ser o mais usual nesse universo de estudo. Agentes sociais com idades de 11 a 13 anos foram observados em um de seus grupos de referência, num processo interativo, e em uma situação de consumo real. Buscou-se trazer elementos estruturais da sociedade em que vivem visando dar sustentação macro-sociológica ao fenômeno. O trabalho aponta a importância que o estudo do comportamento humano adquiriu dentro do sistema econômico e na organização do trabalho, cujo marketing passou a ser peça-chave nesse contexto. Considerando que o foco central do trabalho vincula-se a sua abordagem teórico-prática baseada no Interacionismo Simbólico reservou- se um capítulo específico com a tarefa de expor as principais premissas e conceitos do Interacionismo Simbólico. Ao se buscar compreender o fenômeno social do consumo, a partir da interação dos agentes sociais, com base na identificação dos elementos formadores do self e da influência dos themselves de seus grupos de referência, a pesquisa indicou que tal influência é possível de ser observada.Entre as conclusões obtidas na pesquisa percebe-se que embora os dois grupos analisados sejam de configuração sócio-econômicas, bem distintas, existe um themselve que claramente se identifica nos valores presentes na sociedade de consumo contemporânea e com isso mantém um diálogo simbólico coerente extra-grupo. Internamente, foi possível identificar o self de cada agente social dentro do grupo pesquisado segundo suas atitudes dentro do processo interativo. Percebeu-se ainda, a existência de uma forte correlação entre o self de cada agente e sua atitude em termos de consumo. Para a realização da presente pesquisa buscou-se combinações de técnicas qualitativas de coleta de dados e se fez uso de conceitos empíricos que precisam ser experimentados para serem aperfeiçoados cada vez mais. Talvez essa seja a principal contribuição dessa pesquisa, dado o grande esforço para a construção de uma análise empírica subjetiva fundamentada no Interacionismo Simbólico, embora exista muito ainda a se descobrir e experimentar nesse sentido.
45

Efeitos da injeção intracerebroventricular de derivados de melanocortina sobre o comportamento sexual de ratos machos

Pereira, Renata da Costa January 2013 (has links)
Existem 2 análogos sintéticos do hormônio estimulante de melanócitos na fração alfa (α-MSH): o melanotan I (MT-I) e o melanotan II (MT-II). O MT-II é uma droga utilizada comercialmente que age sobre o metabolismo energético, relacionando-se principalmente com o controle da ingestão alimentar e da massa corporal. Além desses efeitos, em seres humanos e em roedores, é capaz de produzir ereção peniana de forma espontânea. As funções do MT-I são menos conhecidas. Este estudo verificou a ação do análogo do MT-II, o Melanotan I, pela realização dos testes de Preferência ou Motivação Sexual e Desempenho Sexual. Foram avaliados 3 grupos (grupo teste –injetado intracerebroventricularmente - ICV- com 1μg de melanotan I diluído em 5 μl de água destilada, grupo controle – injetado ICV com 1μg de melanotan II diluído em 5 μl de água destilada e grupo controle negativo – injetado ICV com 1μg de γ-MSH diluído em 5 μl de água destilada). O teste de desempenho sexual verificou que o MT-I foi capaz de produzir ereções penianas nos animais avaliados, porém em menores proporções (36% dos animais) que o conhecido análogo MT-II (65% dos animais testados). A média do total de ereções (± EPM), ocorridas durante os 60 minutαs de observação após a injeção do MT-I, também se revelou inferior à provocada após a injeção do MT-II (1,6 ± 0,6 versus 5,2 ± 1,1) Observou-se que o MT-I reduziu a preferência sexual do macho por fêmea sexualmente ativa, uma medida de motivação sexual. O conjunto dos resultados deste trabalho permite concluir que o MT-I atua sobre o circuito neural do comportamento sexual de ratos machos, no entanto de forma menos efetiva que o MT-II com relação ao desempenho sexual (ereção). O MT-I injetado intracerebroventricularmente (ICV) surpreendentemente afetou negativamente a motivação sexual, nem o MT-II nem o γ-MSH afetaram esse comportamento.
46

Modelo de estresse materno perinatal em ratos : efeito sobre filhotes / Model of perinatal maternal stress in rats: effects on offspring

Lutz, Maiara Lenise January 2011 (has links)
Em ratos a mãe é indispensável para a sobrevivência dos filhotes durante as duas primeiras semanas de vida. O comportamento maternal despendido pelas fêmeas tem grande importância para o desenvolvimento adequado dos filhotes. Assim, eventos estressores durante o período perinatal capazes de desencadear perturbações nessa relação podem levar a alterações comportamentais e neuroendócrinas duradouras nesses filhotes. Nesse trabalho avaliamos o efeito do estresse perinatal sobre a formação do vínculo entre mãe-filhotes e sobre os níveis dos hormônios relacionados com as respostas ao estresse, para tanto, os filhotes foram submetidos à coleta de plasma sanguíneo para a dosagem de hormônios relacionados ao estresse (corticosterona e prolactina) e foram submetidos ao Teste de Preferência Olfatória (teste comportamental) e à dosagem de ocitocina central para avaliar a formação do vínculo mãe-filhote. O estresse perinatal aqui empregado foi subdividido em estresse pré-natal e estresse pós-natal. No primeiro, a fêmea prenha foi submetida à restrição de maravalha ao longo da última semana de gestação – do 14º ao 21º dia gestacional – e no segundo a ninhada inteira (mãe e filhotes) foi exposta à presença de um predador (gato) no 1º dia pós-parto. Levando em consideração a presença ou ausência desses estressores os filhotes foram divididos em quatro grupos experimentais: Controle, Estresse Pré, Estresse Pós e Estresse Pré+Pós. Em nossos animais, o estresse perinatal, tanto o pré como o pós-natal, foi capaz de desencadear alterações no Teste de Preferência Olfatória no nono dia de vida, alterações estas que podem ser traduzidas como uma perda na capacidade desses animais se direcionarem ao cheiro da mãe. No entanto, a ocitocina central (coletada no primeiro dia pós-parto) que é fortemente relacionada à formação do vínculo mãe-filhote não foi alterada pelo estresse. Além da alteração no teste comportamental, o estresse perinatal foi capaz de desencadear alterações nos hormônios de estresse (corticosterona e prolactina) em filhotes muito jovens (primeiro dia pós-natal) e, portanto, ainda dentro do período hiporresponsivo ao estresse no qual as respostas ao estresse, assim como todo o eixo Hipotálamo-Pituitária-Adrenal (HPA) estão inibidos. No entanto, os efeitos observados nem sempre foram de aumento desses hormônios e nem sempre foram homogêneos entre os gêneros. Em conclusão, os resultados dessa dissertação apontam para a validade do modelo de estresse perinatal aqui empregado para provocar perturbações no desenvolvimento adequado dos filhotes a ele submetidos, pois ambos os protocolos de estresse empregados (restrição de maravalha e exposição ao predador) mostraram-se eficazes em gerar mudanças tanto na relação mãe-filhotes como nos principais hormônios relacionados com a resposta ao estresse desses filhotes. E as consequências desse modelo de estresse abrangem tanto os filhotes fêmeas como os filhotes machos, embora nem sempre os gêneros tenham respondido da mesma forma aos estresses, o que demonstra que mesmo ainda muito jovens esses animais já podem apresentar respostas diferentes a mesmas situações e estímulos. O curioso desse modelo é que embora o estresse pré-natal tenha tido uma duração mais longa, o estresse pós-natal (estresse agudo) parece ter sido mais eficiente em provocar alterações nesses filhotes, o que demonstra tanto a importância do período pós-parto imediato para o desenvolvimento desses animais como o forte efeito do predador sobre a presa. / In rats, the mother plays an essential role in offspring survival during the first two weeks of life. Mother behavior is very important for appropriate offspring development. In this sense, stress events during the perinatal period may disturb the relationship between mother and offspring, leading to enduring behavioral and endocrine changes in the newly born rats. The present study evaluates the effect of perinatal stress on the establishment of a bond between mother and offspring and on hormone levels associated with response to stress. With that aim, levels of hormones associated with stress (corticosterone and prolactin) were analyzed using blood plasma collected from offspring. Also, the olfactory preference test (behavioral test) was conducted and central oxytocin levels were evaluated to test the mother-to-offspring bond. Perinatal stress challenge was divided into two stages, pre-natal and post-natal stress. In the first, pregnant females were kept in cages without sawdust during the last week of pregnancy (14th to 21st day), while in the second the whole litter (mother and offspring) were exposed to a predator (cat) on the first post-partum day. Considering exposure to stress, four experimental groups were formed: pre-natal stress, post-natal stress, pre- and post-natal stress, control (no exposure to stress factors). Perinatal stress (pre- and post-natal) influenced the results of the olfactory preference test on the 9th day of life of offspring. These changes manifested as the loss of the ability to detect the mother’s smell. However, central oxytocin levels, which are strongly associated to the establishment of a mother-to-offspring bond and was collected on the first day post-partum, remained unaltered during stress challenge. Apart from the changes observed in the behavioral test, perinatal stress altered corticosterone and prolactin levels in very young offspring (one day old), within the hyporesponsive period, when responses to stress and the hypothalamic-pituitary-adrenal (HPA) axis are inhibited. Nevertheless, the effects observed were not uniform across genders and were not restricted to increased corticosterone and prolactin levels. In conclusion, the results obtained point to the legitimacy of the perinatal stress model tested to trigger changes in appropriate offspring development of rats. Both stress protocols (absence of sawdust and exposure to a predator) were efficient in altering the mother-to-offspring bond and influencing the main hormones associated with response to stress by this offspring. The model tested affected both male and female offspring, though genders not always responded uniformly to stresses, demonstrating that even at a very tender age these animals may already exhibit different responses to different stimuli. The interesting point in this model is that, though pre-natal stress lasted longer, post-natal stress (acute stress) seemed to have been more efficient in triggering changes, showing the importance of immediate post-partum period in the development of these animals and the strong effect a predator has on its prey.
47

Preditores da compra de alarme residencial : variáveis de cenário e da história de aprendizagem

Guadalupe, Marcus Bernardes 06 March 2014 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, 2014. / Submitted by Albânia Cézar de Melo (albania@bce.unb.br) on 2014-12-04T13:02:42Z No. of bitstreams: 1 2014_MarcusBernardesGuadalupe.pdf: 442959 bytes, checksum: d71c8391a028b990cd4c3dd2df764255 (MD5) / Approved for entry into archive by Patrícia Nunes da Silva(patricia@bce.unb.br) on 2014-12-05T10:59:46Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2014_MarcusBernardesGuadalupe.pdf: 442959 bytes, checksum: d71c8391a028b990cd4c3dd2df764255 (MD5) / Made available in DSpace on 2014-12-05T10:59:46Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2014_MarcusBernardesGuadalupe.pdf: 442959 bytes, checksum: d71c8391a028b990cd4c3dd2df764255 (MD5) / A presente pesquisa buscou identificar fatores que aumentam a probabilidade de consumo de alarme como um bem de proteção residencial. Para este fim, uma literatura relacionada a um recorte amplo do fenômeno (incluindo a utilização de outros bens e serviços de proteção residencial) foi então explorada. Constatou-se que o uso de bens e serviços de proteção residencial tem sido investigado enquanto um fenômeno de consumo e, sob essa perspectiva, perseguido primordialmente pelas disciplinas da sociologia, economia e criminologia. No entanto, há falta de estudos que abordam tal fenômeno sob o ponto de teorias psicológicas do consumo. A partir de um modelo teórico fundamentado nos pressupostos básicos da Análise Experimental do Comportamento, a interpretação aqui empreendida se distingue da literatura acessada por integrar, em um mesmo estudo, variáveis individuais (referentes à história de aprendizagem), variáveis ambientais (referentes ao cenário da compra) e variáveis econômicas (custos e benefícios conseqüentes à compra), preenchendo lacunas existentes na explicação do fenômeno de compra de alarme. Foi realizado um estudo de campo com moradores de casas localizadas na península do Lago Norte na cidade de Brasília (DF) coletando dados sobre como eles avaliam a segurança da região, do conjunto e do imóvel em que residem, sobre a vivência de situações de ameaça, se possuem determinados bens de proteção residencial (incluindo alarme), sobre como avaliam a eficácia de um sistema de alarme contra a ação de criminosos e como um sistema de alarme compõe a segurança do imóvel em que residem. Verificou-se por meio de correlações que os participantes que avaliaram a região do Lago Norte como menos segura, possuíam vizinhos vítimas de invasão, avaliaram um sistema de alarme como eficaz contra a ação de criminosos e necessário para a composição de segurança do próprio imóvel foram os participantes que mais consumiram alarme. Interpretados como variáveis dependentes do consumo de alarme, os dados foram combinados em uma mesma equação de regressão logística configurando um modelo ajustado e capaz de prever 74,3% da variação do consumo de alarme. Os resultados foram finalmente discutidos enquanto avanços na investigação do tema provendo contribuições teóricometodológicas, implicações gerenciais e um modelo explicativo para pesquisas futuras. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT / The present research has tried to identify factors that increased the probability of consumption of alarm as a residential protective good. To that end, the literature related to a wide analysis of the phenomenon (including utilization of other goods and services of residential protection) has been explored. It has been established that the use of goods and services of residential protection is being investigated as a consumption phenomenon and, under that view, mainly pursued by sociology, economics and criminology. However, there is a lack of studies that would approach this phenomenon under the psychological consumption theories point of view. From a theoretical model grounded on the basic assumptions of Experimental Behavioral Analysis, the interpretation here undertaken differs from the accessed literature, for it integrates, in the same study, individual variables (referring to the purchase scenario) and economic variables (costs and benefits relating to the purchase), filling existent blanks in the understanding of the alarm purchase phenomenon. A field study was carried out with the dwellers of houses located in the Lago Norte peninsula, in the city of Brasília (DF) gathering data about how they evaluate the safety of the area, the block and the property in which they reside, about the experience of threat situations, if they own certain goods of residential protection (including alarms) and about how they evaluate the efficacy of an alarm system that works against the action of criminals and how it composes the residence’s safety in which they reside. It was found trough correlations that the participants who evaluated the Lago Norte region as less safe, had neighbors victims of invasion, evaluated an alarm system as being effective against the actions of criminals and necessary to the composition of their own residences, were the participants that most purchased alarm systems. Interpreted as depending variables of alarm consume, the data were matched in the same equation of logistic regression shaping an adjusted model and able to predict 74.3% of the alarm consumption variation. The results were finally discussed in the process of advances in the investigation of this subject providing theoretical/methodological contributions, managerial implications and an explicatory model for future researches.
48

A influência do fluxo de pessoas sobre o padrão de consumo na praça de alimentação de um shopping

Lima, Thiago Cavalcante 02 1900 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Processos Psicológicos Básicos, Programa de Pós-Graduação em Ciências do Comportamento, 2013. / Submitted by Alaíde Gonçalves dos Santos (alaide@unb.br) on 2013-06-14T13:46:52Z No. of bitstreams: 1 2013_ThiagoCavalcanteLima.pdf: 673629 bytes, checksum: 4e16769fcf3c4d5127e2e8f2ac23430a (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2013-06-17T11:04:14Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_ThiagoCavalcanteLima.pdf: 673629 bytes, checksum: 4e16769fcf3c4d5127e2e8f2ac23430a (MD5) / Made available in DSpace on 2013-06-17T11:04:14Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_ThiagoCavalcanteLima.pdf: 673629 bytes, checksum: 4e16769fcf3c4d5127e2e8f2ac23430a (MD5) / O fenômeno dos shoppings é um assunto essencial na sociedade atual, tendo se tornando um dos principais propulsores das sociedades economicamente ocidentalizadas. Esta pesquisa investigou a influência do fluxo de pessoas sobre padrões de consumo (taxa de conversão de compra, tempo de ocupação de mesa) e resultados financeiros da empresa (faturamento e valor médio de compra), para registro dos padrões de consumo foi feita observação de consumidores na praça de alimentação do Boulevard Shopping, localizado em Brasília-DF. Os dados obtidos foram analisados a luz do Behavioral Perspective Model (Modelo na Perspectiva Comportamental) elaborado por Gordon Foxall. Este modelo utiliza conceitos como o de abertura de cenário e reforços utilitários e informativos para explicar o comportamento do consumidor, tomando por base a forma com que a Análise do Comportamento e a Psicologia Experimental interpretam o comportamento. As descobertas confirmam alguns padrões identificados em estudos anteriores, como por exemplo, o aumento de faturamento com aumento do fluxo de pessoas. E aponta para padrões ainda não estudados e/ou encontrados, como: a) aumento de faturamento com o aumento de pessoas que estejam em refeição nas mesas próximas ao estabelecimento; b) diminuição do valor médio de compra com o aumento do fluxo de pessoas; c) aumento do tempo de ocupação da mesa com o aumento do número de pessoas à mesa; e d) diminuição da taxa de conversão de compra com o aumento do fluxo de pessoas. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Nowadays, consumption behaviors in shopping malls are a key issue, becoming one of the main drivers of economic Westernized societies. This research investigated the influence of the flow of people on consumption patterns (conversion rate of purchase, occupancy time in tables) and financial results of the company (sales and average purchase value). To record consumption patterns was made observation of consumers in the food court of the Shopping Boulevard, located in Brasília-DF. The data were analyzed in light of the Behavioral Perspective Model created by Gordon Foxall. This model uses concepts like the set opening and consequences (utilitarian and informational) to explain consumer behavior, based on the way the Behavior Analysis and Experimental Psychology interpret the behavior. The findings confirm some patterns identified in previous studies, for example, increased turnover with increase of flow of persons. And indicates further patterns not studied or found as: a) increase billing with increasing of people who are having their meal in tables nearby the establishment; b) decrease of the average purchase volume by increasing the flow of people; c) increase of the occupancy time of the table with increasing numbers of people at the table; and d) decrease the buying conversion rate with the increase of flow of persons.
49

Reação à frustração : construção e validação da medida e proposta de um perfil de reação

Moura, Cristiane Faiad de 12 December 2008 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Social e do Trabalho, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações, 2008. / Submitted by Kathryn Cardim Araujo (kathryn.cardim@gmail.com) on 2009-10-15T11:16:17Z No. of bitstreams: 1 2008_CristianeFaiadMoura.pdf: 1057065 bytes, checksum: 577d2a5dc8b6d1229c7eb5f53cd5adb2 (MD5) / Approved for entry into archive by Marília Freitas(marilia@bce.unb.br) on 2010-01-18T19:27:10Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2008_CristianeFaiadMoura.pdf: 1057065 bytes, checksum: 577d2a5dc8b6d1229c7eb5f53cd5adb2 (MD5) / Made available in DSpace on 2010-01-18T19:27:10Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2008_CristianeFaiadMoura.pdf: 1057065 bytes, checksum: 577d2a5dc8b6d1229c7eb5f53cd5adb2 (MD5) Previous issue date: 2008-12-12 / A frustração é compreendida como um estado emocional negativo que se tem mostrado relevante na compreensão da forma com que o indivíduo reage para superar os problemas. Apesar da importância deste fenômeno, não há relatos de instrumentos de medida que possam dar conta suficiente do construto. Dessa forma, o objetivo geral deste trabalho é construir um instrumento de medida de reação à frustração nas versões objetiva (TRFO) e projetiva (TRFP) e propor um perfil de reação à frustração. O Estudo 1 apresenta a construção do teste projetivo e a proposta de categorização do teste. O Estudo 2 apresenta o processo de construção do teste objetivo. O Estudo 3 investiga a validade do TRFO. O Estudo 4 investiga a validade preditiva das reações de frustração em comparação com a teoria dos Cinco Grandes Fatores (CGF). Todos os estudos forneceram evidencias a favor da validade do TRFO. Um perfil de reação à frustração foi proposto e validado, mostrando que há relação entre as reações de frustração e as características de personalidade. No geral, o presente estudo mostrou a importância de novas pesquisas na área, identificando um novo campo de pesquisa, no Brasil. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT / Frustration is comprehended as a negative emotional state which has shown its relevance in understanding the way in which individuals react to overcome problems. Despite the importance of this phenomenon, there are no reports of measuring instruments that may give sufficient account of the construct. Thus, the general aim of this study is to build a measuring instrument of reaction to frustration in two versions, i.e., a projective (TRFP) and an objective one (TRFO) and also offer a profile of reaction to frustration. Study 1 shows the construction of the projective form, as well as a proposed categorization of the test. Study 2 shows the process of building the objective test. Study 3 investigates the validity of TRFO. Study 4 investigates the predictive validity of the reactions to frustration in comparison to the theory of the Big Five Factors (BFF). All studies provided evidence in favor of the validity of TRFO. A profile of reaction to frustration was proposed and validated, showing that there is a link between the reactions of frustration and characteristics of personality. Overall, this study showed the importance of further research in the field, identifying a new field of research in Brazil.
50

Avaliando a relação entre satisfação e lealdade dos clientes : estudo em uma população formada por  consumidores de produtos e serviços bancários / Evaluating the relation between customers satisfaction and loyalty : a study made in a bank products and services consumers population / Évaluation de la relation entre la satisfaction de clients et la fidélité : une étude effectuée dans la population de consommateurs de produits et de services d'une banque

Perillo, Raul Damasio 08 1900 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações, 2007. / Submitted by Natália Cristina Ramos dos Santos (nataliaguilera3@hotmail.com) on 2009-10-15T20:13:49Z No. of bitstreams: 1 Tese Raul Damasio Perillo.pdf: 1462378 bytes, checksum: 8c85476ea9e8866c4e17efeeb8c38af4 (MD5) / Approved for entry into archive by Luanna Maia(luanna@bce.unb.br) on 2011-01-25T12:54:55Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Tese Raul Damasio Perillo.pdf: 1462378 bytes, checksum: 8c85476ea9e8866c4e17efeeb8c38af4 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-01-25T12:54:55Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Tese Raul Damasio Perillo.pdf: 1462378 bytes, checksum: 8c85476ea9e8866c4e17efeeb8c38af4 (MD5) Previous issue date: 2007-08 / Como medir a satisfação e a lealdade de clientes de bancos? Quem é mais satisfeito com os serviços de um banco, homens ou mulheres? Qual a relação de causalidade entre satisfação e lealdade? Este trabalho apresenta uma investigação empírica com 26.497 clientes de um grande banco brasileiro, propondo e validando o Questionário Brasileiro de Satisfação e Lealdade com Bancos (QBSLB), testando a invariância (equivalência) da estrutura fatorial do construto de satisfação do QBSLB entre homens e mulheres e verificando a adequabilidade do modelo composto de satisfação geral e lealdade sustentável. A modelagem por equações estruturais (SEM) foi utilizada para testar os modelos. Os resultados apontaram que: 1) o QBSLB é adequado para medir os construtos; 2) o modelo fatorial utilizado para representar a satisfação dos clientes é apenas parcialmente equivalente entre homens e mulheres, implicando que clientes do sexo feminino são diferentes de clientes do sexo masculino em relação a alguns componentes da satisfação com os serviços de seu banco e 3) existe forte relação de causalidade entre satisfação e lealdade. A partir desses achados, são discutidas recomendações para aperfeiçoar o relacionamento banco-cliente. ________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / How to measure the satisfaction and the loyalty  of banks customers? Who is more satisfied with  their bank services, men or women? Which is the  causality relation between satisfaction and loyalty? This work describes an empirical  investigation with 26, 497 clients of a  major  Brazilian bank, suggesting and validating  the Brazilian Questionnaire of Satisfaction  and Loyalty with Bank Services (QBSLB),  testing the invariance (equivalence) of the  factorial structure of the construct  satisfaction of QBSLB between men and women  and verifying the adequateness of the omposed  model of general satisfaction and sustainable  loyalty. Structural equation modeling (SEM) was  used to test the models. The results showed that: 1) QBSLB is adequate for constructs evaluation, 2) the factorial model used to represent  costumer satisfaction is only partially  equivalent between men and women, implying  that female clients are different from male  clients in regard to some components of their  bank service satisfaction ad 3) there is a strong causality relation between satisfaction  and loyalty. Based on  these findings, some  recommendations for the bank‐client  relationship were advanced. ____________________________________________________________________________________________ RÉSUMÉ / Comment mesurer la satisfaction et la fidélité des clients de banques? Qui Advantage est satisfait de leurs services bancaires, homes ou femmes? Quelle est la relation de causalité entre la satisfaction et la fidélité? Ce travail décrit une recherche empirique avec 26.497 clients d’une banque brésilienne importante, suggérant et validant le questionnaire brésilien de la satisfaction et de fidélité avec les services bancaires (QBSLB), examinant l’invariance (équivalence) de la structure factorielle de la satisfaction du QBSLB entre les hommes et les femmes et vérifiant la suffisance du modèle composé de la satisfaction générale et de la fidélité soutenable. L’équation structurale modelant (SEM) a été employée pour examiner les modèles. Les résultats ont montré cela: 1)QBSLB est proportionné pour l’évaluation de constructions, 2) le modèle factoriel employé pour représenter la satisfaction de costumer est seulement partiellement équivalent entre les homes et les femmes, impliquant que les clients féminins sont différents des clients masculins en vue de quelques composants de leur satisfaction de service bancaire et 3) il y a une relation forte de causalité entre la satisfaction et la fidélité. Basé sur ces résultats, quelques recommandations pour le rapport de banque client ont été avancées.

Page generated in 0.0754 seconds