• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 17
  • Tagged with
  • 17
  • 17
  • 15
  • 14
  • 6
  • 4
  • 4
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 2
  • 2
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Avaliação cardíaca e da condição corporal em cachorro-do-mato (Cerdocyon thous - Linnaeus, 1766) / Cardiac and body condition evaluations in crab-eating-fox (Cerdocyon thous – Linnaeus, 1766)

Silva, Diogo Cristo da Silva 15 October 2017 (has links)
Submitted by DIOGO CRISTO DA SILVA E SILVA null (dcdses@hotmail.com) on 2017-12-20T13:45:24Z No. of bitstreams: 1 Dissertação - Diogo Cristo da Silva e Silva.pdf: 3819086 bytes, checksum: 3ca7e961a46d42829f017407a94b8579 (MD5) / Approved for entry into archive by Maria Lucia Martins Frederico null (mlucia@fca.unesp.br) on 2017-12-20T15:59:16Z (GMT) No. of bitstreams: 1 silva_dcs_me_bot.pdf: 3819086 bytes, checksum: 3ca7e961a46d42829f017407a94b8579 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-12-20T15:59:16Z (GMT). No. of bitstreams: 1 silva_dcs_me_bot.pdf: 3819086 bytes, checksum: 3ca7e961a46d42829f017407a94b8579 (MD5) Previous issue date: 2017-10-15 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / O trabalho objetivou avaliar dados de condição corporal e os parâmetros cardíacos da silhueta cardíaca por radiografia torácica, eletrocardiografia, ecodopplercardiografia e pressão arterial sistêmica (PAS) em animais cativos da espécie Cerdocyon thous (cachorro do mato), e avaliar a influência do peso corporal, valores de índice de massa corporal (IMC) e escore de condição corporal (ECC) sobre os parâmetros cardíacos. Os resultados biométricos foram de 6±1,01 para peso, 82,55±4,66 de IMC e 5,22±0,83 ECC (escala de 9 pontos). À avaliação cardíaca os animais demonstraram frequência cardíaca de 201,70±29,2, com amplitude de ondas, de 0,062 à 0,2mV para onda P; 0,023 à 0,42mV para onda Q; 0,21 à 0,97mV para onda R e zero a 0,14mV para onda S. O seguimento ST em quatro animais variou de 0,02 a 0,125 mV, três animais com 0,03 à 0,047mV. A onda T, foi positiva em nove indivíduos (0,06 a 0,44 mV) e negativa em um indivíduo (0,156 mV). O VHS revelou-se superior ao relatado para caninos domésticos, apresentando valor médio de 11,70,7. Na ECO, a fração de encurtamento se demonstrou inferior aos valores de cães domésticos. A PAS médio dos animais foi de 124,13±15,50. Um animal demonstrou regurgitação de tricúspide. Com exceção de um animal, os demais apresentaram valores similares aos de cães domésticos da mesma faixa ponderal e sem alteração cardíaca, porém os dados apresentados ressaltam a necessidade de mais pesquisas na área cardiológicas de canídeos silvestres que visem elucidar algumas alterações já diagnosticadas e o impacto desta na população.
2

Dinâmica folicular de éguas submetidas a diferentes programas alimentares / Follicular Dynamics of Mares Submitted to Distinct Feeding Programs

Spinelli, Vanessa Maria Nery 26 June 2002 (has links)
Submitted by Nathália Faria da Silva (nathaliafsilva.ufv@gmail.com) on 2017-07-07T12:32:05Z No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 265301 bytes, checksum: 59f792f6b40f661c758e1b7680387344 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-07-07T12:32:05Z (GMT). No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 265301 bytes, checksum: 59f792f6b40f661c758e1b7680387344 (MD5) Previous issue date: 2002-06-26 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / O objetivo deste estudo foi contribuir para o conhecimento da influência da nutrição sobre a atividade ovariana de éguas. Adicionalmente, observou-se a importância do escore da condição corporal na dinâmica folicular dessa espécie. No Experimento 1, 19 éguas virgens em anestro sazonal foram divididas ao acaso em dois grupos distintos de dieta alimentar: Controle (2% de matéria seca [MS] do peso vivo [PV/animal/dia]) e Restrição (1,59% de MS do PV/animal/dia). Neste experimento, estudaram-se a dinâmica ovariana, caracterizada pelo número de folículos, a taxa de crescimento e o diâmetro do folículo dominante ovulatório. Além disso, foram comparados os intervalos do início do experimento até a primeira ovulação, até o diâmetro folicular atingir ≥30 mm e o intervalo interovulatório. Os resultados dos intervalos estudados não diferiram entre os dois grupos. Entretanto, as éguas submetidas à restrição alimentar em energia apresentaram no Dia −1 (Dia 0 = ovulação) folículos pré-ovulatórios menores (P<0,02) que as do grupo Controle. Observou-se, ainda, que as éguas com baixa condição corporal ovularam com folículos menores (P<0,007), independentemente do tratamento alimentar a que foram submetidas. No Experimento 2, 21 éguas cíclicas, em fase transicional ou em anestro sazonal, foram aleatoriamente distribuídas em três diferentes grupos de dieta alimentar: Controle (2,25% PV/grupo/dia) e Restrição 40% (1,25% MS do PV/grupo/dia), Restrição 60% (0,75% MS do PV/grupo/dia). No primeiro ciclo estudado, os valores médios dos diâmetros do segundo (20,8 ± 0,9, 18,8 ± 0,7, 15,8 ± 0,6 mm; P<0,02) e terceiro (14,0 ± 1,2, 13,8 ± 0,6, 11,9 ± 0,5 mm; P<0,006) folículos/grupo no Dia −1 foram maiores para o grupo Controle que o grupo Restrição 40% e Restrição 60%, respectivamente. No segundo ciclo, estudado separadamente, o diâmetro do segundo folículo no Dia −1 foi maior no grupo Controle (P<0,04), da mesma forma que o terceiro folículo mostrou tendência a maior diâmetro (P<0,06) no grupo Controle. Os resultados demonstraram maior taxa de crescimento folicular (P<0,02) no grupo Controle (2,8 ± 0,27mm), quando comparada aos demais grupos (Restrição 40% = 1,7 ± 0,4mm e Restrição 60% = 1,8 ± 0,3mm). Foi observado também, no segundo ciclo estudado, que os intervalos até a 2 a ovulação (Controle = 32,8 ± 2,2; Restrição 40% = 38,2 ± 2,4 e Restrição 60% = 45,0 ± 4,1dias) e até atingir o máximo diâmetro folicular (Controle = 31,8 ± 2,2; Restrição 40% = 36,8 ± 2,1 e Restrição 60% = 42,8 ± 4,2 dias) foram menores (P<0,03 e P<0,02, respectivamente) nos grupos Controle e Restrição 40%. Com base nos resultados obtidos no presente estudo, pode-se inferir que o fornecimento de uma dieta, obedecendo as exigências mínimas de mantença, apresentou efeitos positivos sobre a atividade ovariana de éguas, sendo caracterizada, neste estudo, por menor intervalo para que o folículo dominante ovulatório atinja o máximo diâmetro e a ovulação, maiores taxas de crescimento e maior diâmetro do folículo pré-ovulatório no Dia −1. Além disso, o presente estudo demonstrou o papel da condição corporal sobre a dinâmica ovariana, caracterizada pelo maior desenvolvimento do folículo ovulatório em éguas com alta condição corporal. / The aim of this project was to study the feeding influence on the ovarian activity of mares. Moreover, the effect of the body condition score on the follicular dynamics was analyzed. In Experiment 1, 19 virgin mares in seasonal anestrous were divided randomly in two distinct groups of diet: Control (2% of dry matter (DM) of the body weight (BW/animal/day) and Restriction (1,59% of DM of the BW/animal/day). In this experiment, the follicular dynamic was studied based on the number of follicles, growth rate, and diameter of the dominant ovulatory follicle. The intervals from the beginning of the experiment to the first ovulation until the follicular diameter reached ≥30 mm and the interovulatory interval were compared. The results of the analyzed intervals did not differ between the two groups. However, the mares submitted to energy feeding restriction presented on Day – 1 (Day 0 = ovulation) smaller preovulatory follicles (P<0,02) than those of the Control group. It was also observed that the mares with low body condition ovulated with smaller follicles (P<0,007), regardless of the feeding diet they were submitted to. In Experiment 2, 21 cyclic, transitional, or anestrous mares were randomly distributed in three different groups of diet: Control (2,25% BW/group/day) Restriction 40% (1,25% DM of BW/group/day), and Restriction 60% (0,75% DM of BW/group/day). The average values of diameter of the second (20,8 ± 0,9, 18,8 ± 0,7, 15,8 ± 0,6 mm) and third (14,0 ± 1,2, 13,8 ± 0,6, 11,9 ± 0,5 mm) follicle/group on Day −1, were higher (P<0,02 xvand P<0,006, respectively), in the Control group. The follicular growth rate (P<0,02) in the Control group (2,8 ± 0,27 mm) was larger than the Restriction 40% (1,7 ± 0,4 mm) and Restriction 60% (1,8 ± 0,3 mm) groups. It was also observed that in the second studied cycle, the intervals to the second ovulation and until the follicle reach the maximum diameter were shorter (P<0,03 and P<0,02, respectively) in the Control (32,8 ± 2,2 and 31,8 ± 2,2 days) and Restriction 40% (38,2 ± 2,4 and 36,8 ± 2,1 days) than the Restriction 60% (45,0 ± 4,1 and 42,8 ± 4,2 days) groups. Based on the results of the present study, it can be suggested that the maintenance diet presents positive effects on the follicle dynamics of mares, since it was observed, for the mares in the Control group, a shorter interval for the dominant ovulatory follicle to reach the maximum diameter and ovulate, a higher growth rate, and a larger diameter of the preovulatory follicle on Day −1. Moreover, these experiments demonstrated the role of the body condition on the ovarian activity which was characterized by a higher development of the ovulatory follicle in mares with high body condition.
3

Proposta de avaliação da condição corporal em vacas holandesas e nelores

Maciel, Ana Beatriz de Barros [UNESP] 13 February 2006 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:27:42Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2006-02-13Bitstream added on 2014-06-13T20:36:08Z : No. of bitstreams: 1 maciel_abb_me_botfmvz.pdf: 314242 bytes, checksum: 995eff69a174817c4a4cabd2909349c8 (MD5) / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) / Universidade Estadual Paulista (UNESP) / O objetivo deste estudo foi verificar a relação entre a espessura da camada de gordura subcutânea (ECGS) avaliada por meio de ultra-som (US) e o índice de condição corporal (ICC) em vacas das raças Holandesa e Nelore. Foram utilizadas 78 vacas holandesas e 73 nelores. Foi criado um sistema de ICC com visualização de três pontos da garupa, entre o osso sacro e a tuberosidade coxal, entre tuberosidade coxal e isquiática e na região de inserção da cauda e tuberosidade isquiática com escala de 1 (extremamente magra) a 5 (extremamente gorda) com intervalos de 0,25 pontos. Os exames de US para ECGS foram realizados na garupa. Para estimar as correlações entre ECGS e ICC eliminaram-se as vacas com ECGS < 2 mm ou ECGS > 7 mm. Uma análise preliminar dos dados não detectou correlação entre ECGS e ICC na raça Holandesa com baixo ICC. Foi feita uma regressão de Patamar (GLM do SAS) para fixar o ponto a partir do qual se aplicaria a correlação. Para estimar correlação entre ECGS e ICC e entre avaliadores aplicou-se o programa CORR do SAS. Verificou-se correlação entre ECGS e ICC positiva (P<0,001), de 0,79 (n = 19) nas holandesas e de 0,45 (n = 63) nas nelores. Foi detectada correlação entre avaliadores (P<0,001), na raça Holandesa entre 0,79 e 0,84 (n = 75) e na raça Nelore de 0,52 (n = 72). Este sistema proposto de avaliação do ICC visualizando apenas a garupa da vaca apresentou repetibilidade entre avaliadores e também alta correlação com ECGS por US, mostrando refletir adequadamente a energia armazenada como gordura subcutânea, em vacas holandesas e nelores.
4

Estrutura populacional e padrão de atividade de Glossophaga soricina (PALLAS, 1766) (Mammalia, Chiroptera, Glossophaginae) em abrigo antrópico.

Oliveira, Paloma Joana Albuquerque de 29 November 2013 (has links)
Submitted by Morgana Silva (morgana_linhares@yahoo.com.br) on 2016-08-31T17:34:17Z No. of bitstreams: 1 arquivototal.pdf: 1550430 bytes, checksum: 5a83e7b3851eedd2a38fae0034f6c1f2 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-08-31T17:34:17Z (GMT). No. of bitstreams: 1 arquivototal.pdf: 1550430 bytes, checksum: 5a83e7b3851eedd2a38fae0034f6c1f2 (MD5) Previous issue date: 2013-11-29 / Chiroptera is the second largest order of mammals, being the only representatives with the ability of flight within this class, hibernate, long live, inhabit every continent except the poles and have diverse eating habits. The populations have a dynamic behavior that changes continuously in time. Thus, the characterization of the population is of great importance for the understanding of the ecological stability, allowing for better understanding of the relationship between the species and habitat. A tool that can be used to infer about population structure is the Body Condition Index, in which the main purpose is to separate the aspects of body mass related to the size and structural aspects which reflect fat and other components of energy reserve an individual to generate information that can assist it in the management, monitoring and knowledge of the species. Already activity patterns present character determinant for the survival and reproduction of a species, that associated with eating habits, can be of great importance to understand how bats manage their resources. Thus, this study aimed to know the population structure and activity pattern of Glossophaga soricina in order to add new information and complement existing in other regions of the country. / Chiroptera é a segunda maior ordem de mamíferos, sendo os únicos representantes com a capacidade de voo dentro desta classe, hibernam, longíveros, habitam todos os continentes, exceto os pólos e possuem diversidade de hábitos alimentares. As populações apresentam um comportamento dinâmico, que se modifica de forma continua no tempo. Assim a caracterização das populações é de grande importância para a compreensão da sua estabilidade ecológica, possibilitando o entendimento da relação entre a espécie e o habitat. Uma ferramenta que pode ser utilizada para inferir sobre a estrutura das populações é o Índice de Condição Corporal, este tem por principal finalidade separar os aspectos da massa corporal relacionados ao tamanho estrutural e os aspectos que refletem a gordura e outros componentes da reserva de energia de um indivíduo para gerar informações que possam auxiliar em trabalhos de gestão, monitoramento e conhecimento das espécies. Já os padrões de atividade apresentam caráter determinante para a sobrevivência e reprodução de uma espécie, isso associado a hábitos alimentares, pode ser de grande relevância para entender como morcegos gerenciam seus recursos. Dessa forma, objetivou-se conhecer a estrutura populacional e padrão de atividade de Glossophaga soricina, a fim de adicionar novas informações e complementar as existentes para outras regiões do país.
5

Efeito da suplementação com monensina no pré e pós-parto nas concentrações plasmáticas de AGNE, IGF-1 no diâmetro do maior folículo e na sua capacidade ovulatória a um estímulo com GnRH de vacas Nelore

Biluca, Daniel Feijó [UNESP] 12 1900 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:28:24Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2005-12Bitstream added on 2014-06-13T18:34:31Z : No. of bitstreams: 1 biluca_df_me_botfmvz.pdf: 232011 bytes, checksum: 5f66e2b253e27ff8acb7ace15eb4f40e (MD5) / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) / Universidade Estadual Paulista (UNESP) / O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito da suplementação com monensina, em vacas nelore paridas a pasto, em anestro, nas concentrações plasmáticas de AGNE, IGF-1, no diâmetro de maior folículo e na capacidade de resposta desse folículo a um estímulo ovulatório hormonal (GnRH). Nesse estudo foram usadas 302 vacas (123 primíparas e 179 multíparas) que foram divididas em dois tratamentos, proporcionalmente, onde o lote controle recebeu apenas suplementação mineral e o lote tratado recebeu suplementação monensina (110mg/vaca/dia). Os tratamentos se iniciaram 30 dias pré-parto, onde avaliou-se o ECC pré-parto, até 90 dias pós-parto. Todas as vacas, em média aos 54 dias pós-parto, receberam um estímulo hormonal ovulatório (administração de 50 mcg de GnRH), foram avaliadas para o escore de condição corporal (escala de 1 a 5), colhido sangue para análise de IGF-1 e AGNE e foram avaliadas para o do diâmetro folicular através de ultra-sonografia (US). Após 7 dias nova US foi realizada para verificar a taxa de ovulação. As variáveis foram submetidas à análise de variância pelo GLM do SAS. O ECC pós-parto foi maior (p<0,01) em vacas tratadas com monensina (3,11) que vacas controle (3,00); além disso, vacas tratadas não perderam ECC no período periparto enquanto vacas controle perderam 0,19 pontos. Vacas suplementadas com monensina (883,9 mmol/l) tiveram concentração plasmática de AGNE menor (p<0,01) que vacas controle (1013,8 mmol/l), caracterizando, junto com a ECC, menor mobilização de reservas. Já a concentração plasmática de IGF-1 foi maior (p<0,01) nas vacas tratadas (118,5 ng/ml) que vacas controle (85,1 ng/ml). Primíparas (118,0 ng/ml) apresentaram IGF-1 maior (p<0,01) que multíparas (84,8 ng/ml). Vacas tratadas (10,07mm) apresentaram folículo maior que vacas controle (9,58mm) e multíparas (10,35mm) maior que primíparas (9,30mm)... / The objective of this trial was to evaluate the effects of monensin supplementation in suckled anestrous Nellore cows on IGF-1 and NEFA concentrations, follicular diameter and GnRH ovulatory response. In this trial were used 302 cows (123 primiparous and 179 multiparous) divided in two treatments. The control group received only mineral supplementation and the treated group received monensin supplementation (110 mg/cow/day). The treatments began 30 days prepartum to 90 days postpartum. All cows, at average of 54 days postpartum, received hormonal ovulatory stimulation (50 mcg GnRH), BCS were evaluated (1 to 5 scale), blood samples were collected to IGF-1 and NEFA analysis and follicular diameter was measured by ultrasound (US). Seven days later ovulation rate was evaluated. Cows that received monensin had higher postpartum BCS (3.11) and lost less BCS at peripartum than control cows (3.00). Treated cows had lower (P<0.01) NEFA plasmatic concentration (883.9 mmol/l) than control cows (101.8 mmo/l), which associated with BCS suggests less reserve mobilization. IGF-1 plasmatic concentration was higher in treated cows (11.5 ng/ml) than control cows (85.1 ng/ml). Primiparous (118.0 ng/ml) had higher IGF-1 than multiparous (84.8 ng/ml). Treated cows had higher follicular diameter (10.07mm) than control cows (9,58mm) and multiparous (10.35mm) higher than primiparous (9.30mm). The hormonal ovulatory stimulation (GnRH) response is follicle diameter dependent and treated cows had higher response (35.9%) than control cows (31.5%). Monensin supplementation is a good strategy to improve energy status due to decrease in BCS loss and reduction of NEFA concentration. Monensin supplementation also increased IGF-1 plasmatic concentration, follicular diameter and hormonal (GnRH) ovulatory response.
6

Estudo da diversidade genética e análise de associações de polimorfismo de nucleotídeo (SNP) com resistência às parasitoses gastrintestinais e prolificidade em ovinos da raça Santa Inês / Study of genetic diversity and association analysis of single nucleotide polymorphism (SNP) with resistance to gastrointestinal parasites and prolificacy in Santa Ines sheep

Priscila Silva Oliveira 21 February 2014 (has links)
O principal objetivo deste trabalho foi avaliar a presença de polimorfismos e de possíveis associações com características relacionadas com a resistência às parasitoses gastrintestinais e a prolificidade em ovinos da raça Santa Inês. Para avaliação da resistência às parasitoses gastrintestinais, amostras de fezes e de sangue de aproximadamente 700 animais, infectados naturalmente e oriundos de quatro propriedades diferentes, foram coletadas entre os meses de outubro e novembro de 2011, para avaliação das características condição corporal, grau de anemia avaliado pelo cartão FAMACHA, as características dos pelos dos animais, consistência das fezes, contagem de ovos por grama de fezes, hematócrito, contagem de células brancas, contagem de células vermelhas, hemoglobina e plaquetas. Para a avaliação da prolificidade, 340 ovelhas foram avaliadas quanto ao número total de cordeiros nascidos, divididos pelo número de partos de cada ovelha, assim como a correlação dessa característica com o peso médio ao nascimento de seus cordeiros e a eficiência produtiva da mãe ao parto. Foram selecionados 28 polimorfismos de base única (SNP) para o desenvolvimento deste estudo os quais foram genotipados por meio da plataforma Sequenom MassARRAY iPLEX. Foram analisadas as freqüências alélicas e genotípicas, o equilíbrio de Hardy-Weinberg, os efeitos de substituição alélica, de aditividade e de desvio de dominância. Os resultados obtidos demonstraram variabilidade considerável das características avaliadas na população e da maioria dos polimorfismos estudados. Foi verificado também efeito significativo (p&le;0,05) ou sugestivo (0,05&gt;p&le;0,10) de substituição alélica de pelo menos um SNP para cada uma das características avaliadas, indicando que esses polimorfismos podem auxiliar nos processos de seleção das características relacionadas com a resistência às parasitoses gastrintestinais e com a prolificidade. / The aim of this work was to evaluate the presence of polymorphisms and possible associations with characteristics associated with resistance to gastrointestinal parasites and prolificacy in Santa Ines sheep. To evaluate the resistance to gastrointestinal parasites, feces and blood samples of approximately 700 animals infected naturally and from four different properties, were collected between the months of October and November, 2011 to assess characteristics body condition, degree of anemia measured by FAMACHA card, the characteristics of the hair of sheep, feces consistency, egg counts per gram of feces, hematocrit, white blood cell count, red blood cell count, hemoglobin and platelets count. For the evaluation of prolificacy, 340 sheep were evaluated for the total number of lambs born, divided by the number of births from each dam, as well as the correlation of this feature with the average birth weight of their lambs and productive efficiency of dam. 28 single nucleotide polymorphisms (SNPs) were selected for the development of this study and were genotyped by Sequenom MassARRAY iPLEX platform. Allele and genotype frequencies, the Hardy-Weinberg equilibrium, the effects of allelic substitution, additivity and dominance deviation were analyzed. The results showed considerable variability of the characteristics evaluated in the population in study and in most of the polymorphisms. Significant effect was observed (p &le; 0.05) or suggestive (0.05&gt; p &le; 0.10) for allelic substitution of at least one SNP for each of the evaluated traits, indicating that these polymorphisms may help in the selection processes of characteristics related to resistance to gastrointestinal parasites and prolificacy.
7

Variações temporais no grau de glicemia e condição corporal de Artibeus planirostris em áreas de tabuleiro e mata atlântica no estado da Paraíba

Ximenes, Monique Silva 14 August 2013 (has links)
Submitted by Carlos Augusto Rolim da Silva Junior (carlos_jrolim@hotmail.com) on 2015-11-19T15:51:43Z No. of bitstreams: 1 arquivototal.pdf: 2129832 bytes, checksum: 3b684f127d50c659a84b4938455dd401 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-11-19T15:51:43Z (GMT). No. of bitstreams: 1 arquivototal.pdf: 2129832 bytes, checksum: 3b684f127d50c659a84b4938455dd401 (MD5) Previous issue date: 2013-08-14 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES / Variations in the Body Condition Index (BCI), glycemia and ketonemia of Artibeus planirostris (Chiroptera: Phyllostomidae) were analyzed in Tabuleiro and Atlantic Forest areas of Paraíba State, at field and captivity conditions. BCI was chosen based on the minimum influence of forearm length on body mass and evaluated according to sex, reproductive status, location and time of capture. Glycemia and ketonemia were also correlated with BCI and other variables. Variations in the BCI and glycemia were recorded after capture, fasting and feeding bats in captivity. The results showed that Le Cren’s Relative Condition Factor (Kn) and Simple Ratio with Curve Fitting (CFt) indices were the most suitable for A. planirostris. Blood glucose was correlated with Kn and proved to be a good method to validate the BCI. In Guaribas Biological Reserve, females had higher Kn, probably related to biases in the methodology or energy reserves during reproductive status. Tabuleiro’s bats had higher Kn and glucose levels than those in Atlantic Forest, which may indicate sub-sampling by the exclusion of bats in the canopy of the latter area. The twelve hours of collection indicated that A. planirostris forages throughout the night and presents a variation of Kn and glucose, especially during early morning, when it reaches the maximum levels before it returns to the shelter. In captivity, bats showed a great variation of Kn and glucose levels after fasting and feeding, recording Kn measures for these states that can be used as a parameter for field studies in the region. Blood glucose remained at normal values for mammals, but about 30% of the bats had levels higher than normal during capture in all areas, probably due to stress. Ketone bodies have been correlated only to glucose, and thus were not considered a good method to validate Kn in these animals. / As variações no Índice de Condição Corporal (ICC), glicemia e cetonemia de Artibeus planirostris (Chiroptera: Phyllostomidae) foram analisadas em áreas de Tabuleiro e Mata Atlântica da Paraíba em campo e cativeiro. O ICC escolhido foi baseado na menor influência do comprimento do antebraço na massa corporal e avaliado de acordo com o sexo, estado reprodutivo, local e horário de coleta. A glicemia e cetonemia também foram correlacionadas entre si, com o ICC e as demais variáveis, e variações no ICC e glicemia foram registradas após captura, jejum e alimentação de morcegos em cativeiro. Os resultados mostraram que o Fator de Condição Relativa de Le Cren (Kn) e a Razão Simples com Ajuste de Curva (AjC) foram os índices mais indicados para A. planirostris. A glicemia esteve correlacionada com o Kn e se mostrou um bom método para validar o ICC utilizado. Na REBIO Guaribas, as fêmeas tiveram maior Kn, provavelmente relacionado a vieses na metodologia ou a reservas energéticas durante o estado reprodutivo. Os morcegos do Tabuleiro obtiveram maior Kn e glicemia que os da Mata Atlântica, o que pode indicar subamostragem pela exclusão de morcegos que forrageavam no dossel da última área. As doze horas de coleta indicaram que A. planirostris forrageia durante toda a noite com variação de Kn e glicemia, sobretudo durante a madrugada, quando atinge o valor máximo antes de retornar para o abrigo. Em cativeiro, os morcegos apresentaram grande variação de Kn e glicemia em jejum e após a alimentação, registrando medidas de Kn para estes estados que podem ser utilizadas como parâmetro para estudos em campo na região. A glicemia manteve valores considerados normais para mamíferos, mas cerca de 30% dos morcegos apresentaram níveis acima do normal após a captura em todas as áreas, provavelmente devido ao estresse. Os corpos de cetona estiveram correlacionados apenas aos níveis de glicose e, portanto, não foi considerado um bom método para validar o Kn nestes animais.
8

ALIMENTAÇÃO DE PORCAS LACTANTES COM DIETAS CONTENDO SILAGEM DE GRÃOS ÚMIDOS DE MILHO E ÁCIDOS ORGÂNICOS / LACTATING SOWS FEEDING WITH HIGH MOISTURE CORN DIETS AND ORGANIC ACIDS

Weschenfelder, Volnei Antônio 29 February 2008 (has links)
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / The objective of this dissertation was to evaluate the performance of lactating sows and their piglets fed with high moisture corn diets with or without acidifiers. Fifteen sows of commercial genetic lines were used in a randomized complete block with three treatments (negative control diet elaborated each 24h; control diet with 0.5% of benzoic acid elaborated each 24h; control diet with 0.5% of fumaric acid elaborated each 24h) with five replications each. Diets elaborated with high moisture corn with benzoic or fumaric acids did not modify (P>0.05) the backfat thickness. The average daily feed intake (7.93kg/NM) of lactating sows was not influenced (P>0.05) by treatments. The average daily weight gain (0.22kg) and average weaning live weight (6.2kg) of piglets were not influenced (P>0.05) by diets with benzoic or fumaric acids. The addition of fumaric acid in diets of lactation sows decreased (P<0.05) the liquid feces frequency in piglets comparated with negative control diet. The addition of acidifiers in diets containing high moisture corn does not alter performance of lactating sows neither their piglets. / O objetivo desta dissertação foi avaliar o desempenho de porcas lactantes e suas leitegadas alimentadas com dietas contendo silagem de grãos úmidos de milho com ou sem acidificantes. Foram utilizadas quinze porcas de genética comercial em um delineamento de blocos ao acaso com três tratamentos (dieta controle negativo elaborada a cada 24h; dieta com adição de 0,5% de ácido benzóico elaborada a cada 24h e dieta com adição de 0,5% de ácido fumárico elaborada a cada 24h) com cinco repetições cada. As dietas elaboradas com silagem de grãos úmidos de milho com ácidos benzóico ou fumárico não alteraram (P>0,05) a espessura de toicinho. O consumo diário de alimento das porcas lactantes foi de 7,93kg/MN não variando (P>0,05) entre os tratamentos. O ganho médio diário de peso dos leitões foi de 0,22kg, não variando (P>0,05) entre os tratamentos. O peso vivo médio dos leitões ao desmame foi de 6,2kg não diferindo (P>0,05) entre leitões de porcas lactantes alimentadas com dietas com ácido benzóico ou fumárico. No período total de 21 dias, a adição de ácido fumárico na dieta de porcas lactantes diminuiu em 30% (P<0,05) a freqüência de fezes líquidas dos leitões em relação à dieta controle. A adição de ácidos fumárico e benzóico em dietas elaboradas com silagem de grãos úmidos de milho não alteram os desempenhos de porcas lactantes e nem o de suas leitegadas.
9

A camada de gordura das toninhas, Pontoporia Blainvillei (Mammalia, Cetacea) no litoral sul do RS: variação na espessura e na composição de ácidos graxos em resposta a fatores ambientais e fisiológicos

Araujo, Denise Mirian de January 2005 (has links)
Dissertação(mestrado) - Universidade Federal do Rio Grande, Programa de Pós–Graduação em Oceanografia Biológica, Instituto de Oceanografia, 2005. / Submitted by Cristiane Gomides (cristiane_gomides@hotmail.com) on 2013-10-09T16:00:18Z No. of bitstreams: 1 Denise.pdf: 786595 bytes, checksum: 5f8cea4a7c4ffd5cc4c20c56dd9c2352 (MD5) / Approved for entry into archive by Sabrina Andrade (sabrinabeatriz@ibest.com.br) on 2013-10-17T03:04:44Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Denise.pdf: 786595 bytes, checksum: 5f8cea4a7c4ffd5cc4c20c56dd9c2352 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-10-17T03:04:44Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Denise.pdf: 786595 bytes, checksum: 5f8cea4a7c4ffd5cc4c20c56dd9c2352 (MD5) Previous issue date: 2005 / A camada de gordura das toninhas, Pontoporia blainvillei, foi estudada partir de medidas de espessura e análise da composição de ácidos graxos. Os animais analisados foram capturados acidentalmente pele frota pesqueira de emalhe do Rio Grande (32º 05’S e 52º 08’W), entre 1999 e 2003. Com objetivo de investigar a possibilidade do uso da espessura da camada de gordura na estimativa da condição corporal nesta espécie, foram tomadas medidas de espessura em 116 indivíduos. As medidas de espessura foram obtidas nas regiões dorsal, ventral e lateral de uma mesma circunferência do corpo, localizada entre as nadadeiras peitoral e dorsal. A maturidade sexual dos animais foi determinada a partir do exame macroscópico e histológico das gônadas. A composição e a estratificação de ácidos graxos (AG) foi estudada a partir de amostras da região médio-ventral da camada de gordura de 30 indivíduos, sendo a idade destes estimada através dos grupos de camadas de crescimento dos dentes. As amostras da camada de gordura foram subdivididas em três estratos de profundidade (pele-músculo). Os lipídios de cada estrato foram extraídos utilizando-se solução (2:1) de clorofórmiometanol e os ésteres metílicos de ácidos graxos foram extraídos com solução BF3 – metanol e posteriormente analisados por cromatografia gás-líquida. A identificação de cada ácido graxo foi feita pela comparação dos tempos de retenção das amostras com o de misturas-padrão comercializadas. Os filhotes apresentaram menor espessura de camada de gordura na região dorsal em relação aos maduros e imaturos. Enquanto os machos não apresentaram diferenças entre maduros e imaturos com relação à espessura, fêmeas maduras possuíram maior espessura da camada de gordura dorsal do que as imaturas. Foi detectada variação sazonal a partir da espessura da camada de gordura apenas na região ventral, sendo que as menores espessuras foram registradas no outono e as maiores no inverno. A variação interanual foi evidenciada na espessura dorsal da camada, sendo que os indivíduos capturados em 2002 apresentaram melhor condição corporal do que os indivíduos capturados em 2000 e 2001, o que possivelmente foi resultante de mudanças nas condições ambientais e na disponibilidade de presas. Um total de 27 ácidos graxos foram identificados, sendo que o 16:1n-7 e o 18:1n-9 estiveram presentes em maiores concentrações (em média 37,14% e 19,70%, respectivamente). A maioria dos AG apresentou gradiente contínuo através dos estratos, aumentando ou diminuindo de concentração do sentido externo (adjacente à pele) para o interno (adjacente ao músculo). Os AG saturados e monoinsaturados de cadeias mais curtas (12:0, 18:0, 14:1n-5 e 15:1) apresentaram os maiores graus de estratificação, aumentando de concentração no sentido do estrato externo. Já os AG poliinsaturados (PUFAs) 20:3, 20:5n-3, 22:6n-3, 20:4n-6 e 22:2 e o monoenóico 24:1n-9 apresentaram maior estratificação no sentido do estrato interno. A composição e a estratificação dos AG também foram diferentes entre as classes etárias e entre os sexos. O total de PUFAs no estrato interno aumentou com a idade e esta relação foi mais forte em machos. O total de AG saturados presentes no estrato externo diminuiu com a idade, sendo esta relação mais forte em fêmeas. Não foram encontradas correlações entre a idade e a razão de omega-3/ omega-6 para os estratos externo ou interno. Entre os adultos, os machos apresentaram maior grau de estratificação do que fêmeas. O presente estudo mostra a possibilidade de utilizar-se a espessura da camada de gordura na região dorsal como um indicador da condição corporal em toninhas e evidencia variabilidade na composição de AG dos indivíduos, dando aporte para futuras investigações sobre análises de dieta ou diferenciação de estoques populacionais nesta espécie através da composição de AG. / In order to investigate the usefullness of blubber thickness to estimate the body fat condition in Pontoporia blainvillei, axillary girth measurements were taken from dorsal, ventral and lateral regions, between the pectoral flipper and the dorsal fin. Blubber measurements were obtained for 116 franciscana dolphins, accidentally caught by the coastal artisanal fishery from Rio Grande (32º 05’S e 52º 08’W), between 1999 e 2003. Sexual maturity was determined from macroscopic and histological analysis of gonads. Dorsal blubber thickness (DBT) had the highest variation among the 3 measurements taken, and was considered the best measurement assess body fat condition in this species. DBT was lowest for pups and highest for mature females. Immature and mature males did not differ in DBT measurements. Dorsal blubber thickness also exhibited inter-annual variation such that 2002 individuals had thicker layers and thus better body condition that those accidentally caught in 2000 and 2001. Ventral blubber thickness (VBT) did not vary as much as DBT but seemed to be affected by seasonality. VBT was lowest in the fall and highest in the winter. Interannual variation in blubber thickness may be the result of changing environment conditions and/or prey composition, condition and availability. This study showed the potential use of blubber thickness as a proxy to estimate body fat condition in franciscana dolphins. Additionally, the fatty acid composition and stratrification of the blubber layer (skin-muscle) at the middle-ventral region was studied in 30 franciscanas. The lipids were extracted using chloroform-methanol and fatty acids methyl esters were obtained using BF3-methanol. Analyses were performed by gas-liquid chromatography. Fatty acids were identified by comparison of the retention time against commercial standards. Age determination estimated by counting GLGs (Growth Layer Groups) from teeth. Twenty-seven fatty acids were quantified (27/37), of which 16:1n-7 (37,14%) and 18:1n-9 (19,70%) exhibited the highest concentrations. Stratification of fatty acid concentration across the blubber layer was found where a continuous gradient of FA concentrations was evident either increasing or decreasing from the inner layer towards the skin. The shorter-chain saturated and monounsaturated fatty acids (12:0, 18:0, 15:1 and 14:1n-5) exhibited the highest relative amounts in the outer layer whereas polyunsaturated fatty acids (PUFA) 20:3, 20:5n-3, 22:6n-3, 20:4n-6 and 22:2 and the monounsaturated fatty acid 24:1n-9 exhibited the highest relative amounts in the inner blubber layer. The array of fatty acids identified differed among age categories and between females and males. Total PUFA in the inner layer increased with the age and this relationship was stronger for male franciscanas. On the other hand, total saturated fatty acids found in the outer layer decreased with the age an this relationship was stronger for females. There was no correlation between the ratio omega-3/ omega-6 and the age of the individuals for either the outer or inner blubber layer. The strongest degree of stratification was exhibited by adult males. This study describes for the first time the existence of stratification and the fatty acid composition of the blubber layer of franciscana dolphins from FMA IIIs.
10

Validação do escore de condição corporal e seu impacto na eficiência reprodutiva de vacas Nelore (Bos indicus) inseminadas em tempo fixo / Validation of body condition score and its impact on reproductive efficiency of Nelore (Bos indicus) cows fixed-time inseminated

Henderson Ayres 25 June 2008 (has links)
A presente dissertação foi dividida em 2 Capítulos. O objetivo do Capítulo 1 foi determinar a relação entre as variáveis: peso vivo (PV), avaliação do escore de condição corporal (ECC) e espessura da gordura subcutânea na garupa (EGPU) mensurada por ultra-sonografia. 266 vacas Nelores foram avaliadas quanto ao ECC, a EGPU e PV, em cinco momentos distintos: M1) no momento da desmame; M2) ao parto, M3) no dia da sincronização; M4) aos 82 dias e M5) aos 112 dias pós-parto. Foi atribuído um ECC para cada vaca na escala 1 a 5 (MACIEL, 2006). Para a obtenção das imagens ultra-sonográficas para mensuração EGPU, foi utilizado um transdutor linear com freqüência de 3,5 MHz. As imagens ultra-sonográficas obtidas foram congeladas e imediatamente analisadas. As relações entre ECC e as mensurações de EGPU foram investigadas utilizando modelos de regressão. Para a análise de semelhança entre os cinco modelos foi utilizado o proc MIXED do SAS. As correlações entre variáveis foram analisadas com o proc CORR do SAS. O ECC foi capaz de predizer a EGPU de vacas Nelores em diferentes momentos do ciclo de criação. Ainda, foi demonstrado que o ECC apresentou alta correlação (r = 0,82 a 0,93) e relação (R2 = 0,73 a 0,92) com a EGPU. Porém, tanto o ECC, quanto a EGPU apresentam baixa correlação e baixíssima relação com o peso. No Capítulo2, o objetivo foi determinar o impacto do ECC, da EGPU, do PV e de suas variações nos 5 momentos descritos acima na eficiência reprodutiva (ER) de vacas Nelore submetidas à IATF e repasse com o touro e determinar o(s) momento(s) de avaliação com maior impacto na ER. Foram utilizados os mesmas animais do Capítulo 1. No dia 0, todos os animais receberam implante auricular de Norgestomet, reutilizado e a aplicação de 2,0 mg de benzoato de estradiol (D42). Oito dias após (D50), os implantes foram retirados e foi administrado 400 UI de eCG e PGF. No dia seguinte (D51), foi administrado 1,0 mg de Benzoato de estradiol. Os animais foram inseminados 56 horas após a retirada do implante (D52). Após 10 dias da inseminação, houve a introdução de touros. O diagnóstico de gestação foi realizado aos 30 e 60 dias após à IATF. Os animais foram avaliados quanto ao PV, ECC e EGPU com a mesma metodologia do Capítulo 1. A ER foi avaliada pela taxa de concepção à IATF aos 82 e aos 112 dias pós-parto e a taxa de prenhez acumulada até 82 dias pós-parto. Os dados binomiais foram analizados com o proc GLIMMIX do SAS. Os modelos de regressão foram gerados através do Guide Data Analysis do SAS. As correlações entre variáveis foram analisadas com o proc CORR do SAS. Os resultados apontam que vacas com maior ECC, EGPU e ganho destas medidas entre desmame-parto apresentaram melhor ER e a avaliação do peso apresentou baixa correlação com a ER. Porém, a menor perda de ECC e gordura subcutânea entre parto-sincronização não melhorou a ER. Avaliação do ECC e a EGPU no momento do parto demonstraram ter o maior impacto na ER de vacas Nelore submetidas à IATF e repasse com touro. Porém, mais estudos são necessários para confirmar os dados deste estudo. / The present study was divided in two Chapters. The objective of the first Chapter was to determine the relationship among the variables: body weight (BW), body condition score (BCS) and back fat thickness (BFT), measured by ultrasonography. Two hundred and six Nelore cows had their BW, BCS and BFT evaluated at five different moments: M1) weaning; M2) parturition, M3) synchronization; M4) 82 days post-partum and M5) 112 days post-partum. A BCS value was attributed for each cow following a 1 to 5 points scale (MACIEL, 2006). Ultrasound images for BFT measurement were obtained using a 3.5 MHz linear transducer. Images were immediately analyzed as soon as they were formed and frozen. The relationship between BCS and BFT values was investigated by regression models. The analysis of similarity among the five obtained models was performed using the proc MIXED from SAS and the correlations among variables were analyzed with proc CORR from SAS. The BCS was able to predict BFT in Nelore cows in all different moments evaluated. Also, it was shown that BCS presented high correlation (r = 0.82 to 0.93) and relationship (R2 = 0.73 to 0.92) with BFT. However, both BCS and BFT showed poor correlation and extremely pour relationship with BW. On Chapter 2, the objective of the study was to determine the impact of BCS, BFT and BW, and their variations in that five previously cited moments, on reproductive efficiency (RE) of Nelore cows submitted to FTAI followed by exposition to clean-up bulls. Also, this work aimed to determine the moment(s) of evaluation that presented greater impact on RE. The same animals used on Chapter 1 were used here. All animals received a norgestomet ear implant (previously used for 9 days) associated to 2.0 mg of estradiol benzoate (D42). Eight days after (D50), the implants were removed and 400 IU of eCG plus PGF were administered. On the following day (D51), cows received 1.0 mg of estradiol benzoate and all animals were inseminated 56 hours after implant withdrawal (D52). Ten days after insemination females were exposed to clean-up bulls. Pregnancy diagnosis was performed 30 and 60 days post-FTAI. All animals had their BW, BCS and BFT measured using the same methods described on Chapter 1. Reproductive efficiency was evaluated considering pregnancy per AI at 82 and 112 days post-partum and cumulative pregnancy until 82 days post-partum. Binomial data were analyzed using the proc GLIMMIX from SAS, regression models were generated via Guide Data Analysis from SAS, and correlations among variables were analyzed with proc CORR from SAS. The obtained results evidenced that cows with higher BCS and BFT and greater gain of these measures during the interval weaning-partum presented better RE. However, the decreased loss of BCS and BFT between parturition and synchronization did not increase the RE. Also, BW evaluation showed poor correlation with RE. The evaluation of BCS and BFT at partum demonstrated that these parameters had great impact on RE of Nelore cows submitted to FTAI followed exposition to bulls. However, more studies are demanded in order to reaffirm the results obtained in this particular study.

Page generated in 0.2561 seconds