• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 330
  • 6
  • 1
  • Tagged with
  • 337
  • 206
  • 97
  • 96
  • 90
  • 89
  • 71
  • 65
  • 59
  • 53
  • 47
  • 40
  • 40
  • 38
  • 34
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

A função do melodrama em alguns contos queirozianos

Jardim, Cila Maria. 2008 (has links)
Orientador: Luiz Gonzaga Marchezan Banca: Sérgio Vicente Motta Banca: Paulo Elias Franchetti Banca: Maria Celeste Consolin Dezotti Banca: Márcia Valéria Zamboni Gobbi Resumo: Eça de Queiroz é o autor mais representativo do realismo em Portugal no século XIX. Sua produção é composta de vários textos ficcionais e não-ficcionais, mas são os seus romances que lhe dão maior popularidade. No entanto, a qualidade da originalidade, assim como a sintonia com o momento histórico e estético no qual está inserido, permite observar outros textos com maior atenção. Dentre esses textos, este estudo focaliza os contos, textos literários breves cuja diegese está em harmonia absoluta com a composição narrativa para surtir o efeito de coerência e sedução junto ao leitor. Nesse sentido, brevidade, densidade dramática e linguagem sedutora são recursos importantes que Eça utiliza com competência em seus contos. A leitura deles revela que o tema amoroso é recorrente em quatro desses contos, entre os doze publicados na primeira edição, datada de 1902, além de mais um título de publicação póstuma. Neles, observa-se que o amor é operacionalizado em motivos próprios do espetáculo melodramático, conforme o expediente do teatro praticado nos palcos franceses e portugueses oitocentistas. A hipótese deste estudo toma essas idéias e sobre elas se desenvolve: examinar a adesão na narrativa breve dos modelos e comportamentos do melodrama em cinco títulos: "Singularidades de uma rapariga loura", "Um poeta lírico", "No moinho", "José Matias" e "Um dia de chuva". Constata-se, então, que as narrativas se servem de um enredo e percurso melodramático, valorizando mais ou menos certos aspectos ou tendências melodramáticas, tanto na forma quanto no conteúdo, envolvendo o leitor e monitorando suas emoções, com uma preocupação moralizante e didática. Abstract: Eça de Queiroz is the most representative author of the Realism in Portugal in the 19th century. His production consists of several fictional and nonfictional texts, but it is his novels that confer the most popularity on him. However, the quality of originality, as well as of being tuned in to the historical and aesthetic moment to which he belongs, allow us to observe other texts with closer attention. Among these texts, this study focuses on the short stories, literary short texts whose diegesis is in absolute harmony with the narrative composition in order to foster the effect of coherence and seduction before the reader. Thus, brevity, dramatic density and seductive language are important resources which Eça competently employs in his short stories. Their reading reveals that the love theme is recurrent in four of these short stories, among the twelve published in the first edition, dated 1902, besides another title of posthumous publication. In them one observes that love is operationalised in motifs which are characteristic of the melodramatic spectacle, in accordance with the expedient of the theatre practised in the nineteenth-century French and Portuguese stages. The hypothesis of this study takes these ideas and develops from them: examining the adherence, in the short narrative, to the models and behaviour of the melodrama in five titles: "Singularidades de uma rapariga loura", "Um poeta lírico", "No moinho", "José Matias" and "Um dia de chuva". One notices, then, that the narratives make use of a melodramatic plot and course, thus valuing more or less certain melodramatic aspects or tendencies, in both form and content, involving the reader and monitoring their emotions, with a moralising and didactic concern. Doutor
2

Patrícia Galvão: A face oculta

Machado, Christiani dos Santos Guedes 2006 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão. Programa de Pós-Graduação em Literatura Made available in DSpace on 2012-10-22T07:53:23Z (GMT). No. of bitstreams: 0 O trabalho ilumina uma face oculta da obra de Patrícia Galvão representada pela produção de contos policiais publicados na revista Detective na década de 40. O objetivo principal está centrado na leitura desses contos publicados mais tarde sob forma de livro com o título de Safra macabra e no enquadramento deles em duas categorias: uma de caráter não serial e outra de caráter serial, conforme o conceito de serial em Bruno Monfort. Outra intencionalidade busca apoio na clássica divisão de Todorov em policial de enigma e policial noir. Além disso, a leitura desses contos é acrescida, na parte introdutória, pela visão de vários outros teóricos do gênero em torno dos elementos estruturais da narrativa policial: as duas histórias, a dupla de detetives, o crime, o locus e a revelação do criminoso. Para cumprir tais objetivos, o trabalho desdobra-se, além da Introdução, em mais três etapas. A unidade segunda enfoca traços da biografia e considerações sobre a bibliografia de Patrícia Galvão, escritora pouco lembrada pelas suas obras e sempre mencionada por sua luta social. A terceira é constituída por um prólogo, que busca contextualizar a revista Detective, na qual os contos foram publicados inicialmente sob o pseudônimo de King Shelter, e por duas leituras analíticas, uma referente aos cinco contos não seriais e outra aos quatro contos de caráter serial. Em ambas as categorias é utilizada a leitura que segue o padrão do enigma e do noir, conforme a visão de Todorov, o que é acrescido de elementos de outros autores citados na Introdução. A leitura privilegia os nove contos publicados em Safra macabra, e a sua metodologia parte da síntese de cada narrativa, seguindo com a identificação ou não dos elementos constituintes do cânone policial estabelecidos por tais autores. Encerram o trabalho questionamentos dos resultados na leitura do corpus, reflexões atinentes ao embasamento teórico sobre o gênero e alguns dados históricos cuja finalidade é situar a autora nos quadros do gênero policial na literatura brasileira. This work will focus on the hidden side of Patrícia Galvão`s book represented by the writing of published police stories portrayed at Detective magazine in the 40´s. The main objective is centered on these stories later turned into a novel under the title Safra macabra (Macabre Harvest), and also dividing them into two categories: one in the form of a non-serial-like story, and the other one in the form of serial-like story in accordance with Bruno Monfort´s serial concept. Another intention is that of looking for support on Todorov´s classical division at police enigma and police noir. Beside, the reading of these novels is, at the introductory part, increased by the vision of other theoretical scholars of the genre, around the structural elements of the police narrative: the two stories, the two detectives, the crime, the locus and the identification of the criminal. In order to achieve these goals, the work extends itself into three more phases plus the introduction. Chapter two will focus on the biography and considerations over Patrícia Galvão´s bibliography, a not very well-know writer regarding her works, but always remembered for her social struggle. The third phase is made up of a prologue, which searchs to contextualize the Detective magazine, by which, the stories were firstly published under the pseudonym King Shelter, and also by two analytical readings; one of them consists of five non-serial stories, and another one four serial-like stories. In both categories the reading following the enigma and the noir pattern is used according to Todorov´s view, and which is increased by other author`s elements mentioned at the introduction. The reading favors the nine stories published at Safra macabra and also its methodology, part of each narrative, by following or not, the identification of elements making part of the police canon established by such authors. The work ends with queries on corpus reading results, reflections relating to the theoretical basis on the genre, and some historical data whose end is to fit the author into the police genre of the Brazilian Literature.
3

Magical elements in the narrative structure of fairy tales

Prehn, Tania Farah 1987 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão Made available in DSpace on 2016-01-08T15:33:17Z (GMT). No. of bitstreams: 1 79221.pdf: 5270714 bytes, checksum: 44cf6d75448c97020a9543de63288e1a (MD5) Previous issue date: 1987 O desconhecido foi sempre de reflexão para o homem que, através de sua produção artística, procura explicar fenômenos que direta ou indiretamente estão associados a poderes e mistérios que regem nossas vidas. A literatura é um dos veículos da imaginação que possibilita expressar as perplexidades e angústias do espírito humano, e ao mesmo tempo encontrar respostas para alguns dos mistérios que não podem ser compreendidos pela razão. Os CONTOS DE FADA são produtos da liberdade imaginativa/criadora do homem à procura de respostas (soluções) para problemas existenciais. Os contos de fada em sua simbologia, através do seu componente fundamental, a magia, transmitem mensagens de grande interesse para a vida. Estas mensagens são principalmente expressas por meio de duas situações que, em geral, promovem o eixo-condutor da narrativa dos contos de fadas: uma situação problematizadora e uma situação solucionadora. Nessa dissertação os contos de fadas são analisados a nível de organização estrutural - como uma variedade do discurso narrativo - e a nível de sua simbologia. O estudo da estrutura narrativa dos contos mostra a presença de elementos mágicos - ou existentes maravilhosos, em três categorias estruturais: Orientação/Ação Complicadora/Resolução. Analisando essas estruturas narrativas em relação à presença dos existentes maravilhosos conclui-se que há duas possibilidades quanto ao seu comportamento mágico. Existentes maravilhosos podem ser realizadores de duas ações distintas que criam situações de desequilíbrio e/ou equilíbrio que se manifestam em contos de fadas como problemas e/ou soluções. Ações problematizadoras (situações de desequilíbrio) em contos de fadas são solucionadas direta e/ou indiretamente por meio de magia. Isto é, a solução depende não somente da interferência da magia, mas também da atitude das personagens (humanas) ao enfrentar as mais diversas e adversas situações. Assim, as personagens obrigatória para o seu desfecho satisfatório e/ou feliz. É sobretudo neste sentido que parece estar centrada a simbologia dos contos de fada - a mensagem de que problemas são inevitáveis, porém, possíveis de resolução. Por sempre ser encontrada a solução dos problemas enfrentados pelas personagens centrais é que se revela a mensagem maior dos contos: haverá sempre um final feliz! Em síntese, este estudo pretende mostrar o papel da magia, evidenciado pela função dos existentes maravilhosos (principalmente as fadas) através de uma possível correlação entre a estrutura narrativa e a mensagem dos contos de fada.
4

Domination and resistance in Herman Mel Ville´s characters

Rückl, Flávia Roberta Felippi 2000 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão Made available in DSpace on 2012-10-17T17:27:09Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2014-09-25T19:28:58Z : No. of bitstreams: 1 177524.pdf: 1552362 bytes, checksum: cbe5d5ae2a5369fb7b62ed5656ac9457 (MD5) A produção literária de Herman Melville é caracterizada por disputas de poder nas quais forças de dominação enfrentam resistência. Este é o caso dos contos "Billy Budd, Marinheiro", "Benito Cereno" e "Bartlety, O Escrivão". "Billy Budd, Marinheiro" enfoca resistência ao poder militar. Em "Benito Cereno", as relações de poder acontecem entre escravos e senhores. "Bartleby, O Escrivão" pode ser entendido com um caso de resistência civil ao poder econômico. As interações presentes nestes contos sugerem que o poder é um instrumento positivo na vida social uma vez que toda força de dominação gera resistência. Resistência, por sua vez, não permite que o poder absoluto se instale, questionando, e por vezes, mudando situações sociais
5

Contos fluminenses e histórias da meia-noite na formação de Machado de Assis

Braga, Iara Solange 2000 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão. Made available in DSpace on 2012-10-17T22:03:45Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2014-09-25T16:30:35Z : No. of bitstreams: 1 172467.pdf: 9128331 bytes, checksum: 7a94ec527b678cb91a4f07abea015160 (MD5)
6

O efeito da voz do narrador nos contos "Carried away" e "Monsieur les deux chapeaux", da escritora canadense Alice Munro

Minaki, Simone Mayumi. 2007 (has links)
Orientador: Maria das Graças Gomes Villa da Silva Banca: Laura Patrícia Zuntini de Izarra Banca: Luiz Gonzaga Marchezan Resumo: Esta pesquisa tem como objetivo principal analisar, sob o ponto de vista da voz narrativa, dois contos: "Monsieur Les Deux Chapeaux" e "Carried Away", presentes, respectivamente, nas coletâneas The Progress of Love (1986) e Open Secrets (1994), da escritora canadense Alice Munro, contista cuja obra tem como pano de fundo a vida rural e semi-rural de Ontário. Neste trabalho, busca-se mostrar, tomando como ponto de partida os conceitos teóricos de Genette [19--], as implicações e os efeitos da voz dos narradores dos contos em questão, caracterizados pelo uso de recursos em comum, como narração heterodiegética, tempo nãocronológico, memória e retrospecções. A atenção desta pesquisa é voltada também à presença de outras vozes, que fazem contraponto com a voz da instância narrativa. Essas vozes, possibilitando a criação de um universo "polifônico", fazem-se presentes não apenas pelas personagens que se manifestam, mas também por intertextualidades e interdiscursividades, promotoras de efeitos diferenciados e geradoras de incertezas quanto ao sentido do relato. Além dos contos mencionados, é preciso lembrar que outras narrativas de The Progress of Love e Open Secrets foram incluídas neste estudo, a fim de que se pudesse demonstrar as estratégias mais comuns e peculiares adotadas por Munro na construção de suas histórias. Abstract: The aim of this work is to analyze, according to the point of view of the narrator's voice, two short stories - "Monsieur les Deux Chapeaux" and "Carried Away", each one included, respectively, in the collections The Progress of Love (1986) and Open Secrets (1994). Both short stories were written by Alice Munro, a Canadian author whose works present as scenery the country and semi-country life of Ontario, her homeland. In this paper, the objective is to show, taking into consideration Genette's theory about narration, the effects of the narrators' voice of both compositions, which are marked by the use of resources in common, as heterodiegetic narration, memory and retrospection. Besides the narrator's voice, this work also calls attention to other voices which constitute "Monsieur les Deux Chapeaux" and "Carried Away". Those voices, responsible for creating a "polyphonic universe", are represented not only by the characters' voices, but also by intertextualities and interdiscoursivities, resources which provoke a series of effects, generating uncertainties in the meaning of the narration. Beyond "Monsieur les Deux Chapeaux" and "Carried Away", its worth mentioning that this work also includes the study of other short stories of The Progress of Love and Open Secrets, in order to show the most relevant strategies used by Alice Munro in the construction of her narratives. Mestre
7

Os contos de fadas e as práticas educativas : o uso do gênero em uma escola municipal de Presidente Prudente

Massuia, Caroline Sanchez. 2011 (has links)
Orientador: Renata Junqueira de Souza Banca: Alice Aurea Penteado Martha Banca: Sônia Maria Coelho Resumo: O presente estudo está ligado à linha de pesquisa Infância e Educação e tem como objetivo verificar o trabalho de leitura e escrita a partir do conto de fadas em uma escola municipal de Presidente Prudente, visto que a escola representa um espaço privilegiado para que a criança entre em contato com a literatura. Considerando que a criança hoje tem mais acesso a aparelhos eletrônicos, como televisão, videogame e computador, o papel da escola para promover o acesso do aluno à literatura fica ainda maior, principalmente no Ensino Fundamental, período propício à formação do leitor. A escolha dos contos de fadas deve-se ao fato de suas histórias agradarem à grande maioria das crianças de qualquer idade e, também, por serem ideais para se trabalhar a produção de texto, devido a sua estrutura. Para verificar o uso dos contos de fadas em salas de aula, realizamos entrevistas com professoras de classes do 1° ao 5° ano do Ensino Fundamental de uma escola municipal, pretendendo averiguar suas concepções sobre o gênero e o uso que fazem dele em suas aulas. Após as entrevistas, algumas aulas de português de uma professora de 5° ano que demonstrou interesse pela pesquisa foram observadas e ela também recebeu uma formação sobre o tema, com informações teóricas e propostas de atividades práticas a serem aplicadas posteriormente. Com isso, foi possível comparar sua prática, antes e depois da formação recebida. Os resultados obtidos na pesquisa reforçam o gosto pelo gênero entre crianças de séries iniciais, a falta de formação docente para perceber a importância do trabalho com os contos de fadas, bem como a possibilidade de construir leitores ávidos a partir de um trabalho contínuo e específico em sala de aula Abstract: Not available Mestre
8

Uma ponte entre o Brasil e a França : histórias da meia-noite, de Machado de Assis

Mussulini, Dayane. 2015 (has links)
Orientador: Daniela Mantarro Callipo Banca: Silvia Maria Azevedo Banca: Gilberto Pinheiro Passos Resumo: A coletânea Histórias da meia-noite, de Machado de Assis, é composta por seis contos que, originalmente, estamparam as páginas do Jornal das Famílias (1863-1878) entre os anos de 1870 e 1873, quando foram compilados em livro. Encontrando-se, em quase todos eles, referências a autores franceses, bem como à cultura francesa de maneira ampla, pretende-se realizar a análise desses textos, de modo que seja possível apresentar sugestões para a compreensão desse fenômeno, essencial para a interpretação do conjunto. Para tanto, foram necessários estudos que buscassem uma teoria do conto, sobretudo daquele praticado ao longo do século XIX; conceitos de Literatura Comparada e Intertextualidade, a fim de melhor entender a presença francesa nessas narrativas; e leituras acerca da importância da França no contexto oitocentista brasileiro, abrindo a possibilidade de uma compreensão mais profunda das publicações de Machado de Assis e dos demais colaboradores da revista de Garnier. Neste sentido, é preciso considerar o periódico como um veículo fundamental para a manutenção de um vivo contato com a cultura de Balzac. A coletânea, ao lado do ensaio crítico, Instinto de Nacionalidade (1873), permitem a ideia de elaboração de um projeto literário, que visa ao amadurecimento da literatura brasileira por meio do diálogo com outras literaturas, de modo a construir uma tradição literária, na qual o autor fluminense gostaria de inserir a sua ficção Resumé: L'anthologie Histoires de minuit, de Machado de Assis, est composée de six récits, qui ont été publiés originellement dans le Journal des Familles (1863-1878) entre les années 1870 et 1873, quand ils ont été compilés en livre. En y trouvant la référence à des auteurs français, bien qu'à la culture française au sens large, l'on prétend réaliser l'analyse de ces textes, de sorte qu'il soit possible de présenter des suggestions pour comprendre ce phénomène, essentiel pour l'interpretation du recueil. L'on a donc fait appel aux études concernant la théorie du conte, surtout de celui pratiqué au XIXe siècle ; les concepts de Littérature Comparée et d'Intertextualité, afin de bien comprendre la présence française dans ces récits ; et aux lectures à propos de l'importance de la France dans le XIXe siècle brésilien, en ouvrant la possibilité d'une compréhension plus profonde des publications de Machado de Assis et des autres collaborateurs de la revue de Garnier. Dans ce sens, il faut considérer le journal comme un véhicule fondamental pour maintenir un vif contact avec la culture de Balzac. L'anthologie à côté de l'essaie critique, Instinct de nationalité (1873), permettent l'idée de l'élaboration d'un projet littéraire, qui vise à la maturité de la littérature brésilienne à partir du dialogue avec d'autres littératures, de façon à construire une tradition littéraire, dans laquelle l'écrivain brésilien voulait insérer sa fiction Mestre
9

O compadrito na tradução dos contos "Hombre de la esquina rosada", "Historia de Rosendo Juárez" e "La intrusa", de Jorge Luis Borges

Souza, Cleonice Marisa de Brito Naedzold de 2012 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão. Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução Made available in DSpace on 2013-03-04T19:49:04Z (GMT). No. of bitstreams: 1 307872.pdf: 445720 bytes, checksum: a05ee57d7774fc34f59a5ad6836deb93 (MD5) O presente trabalho analisa a imagem do compadrito nas traduções de três contos escritos pelo argentino Jorge Luis Borges: "Hombre de la esquina rosada", traduzido por Flávio José Cardozo(1975), "Historia de Rosendo Juárez", traduzido por Hermilo Borba Filho (1976) e "La intrusa" que foi traduzido pela primeira vez em 1972 por Flávio José Cardozo e depois por Hermilo Borba Filho, em 1976, além do trabalho de revisão de tradução de todos os textos feito por Maria Carolina Araujo e Jorge Schwartz (1999). Ainda para os textos do livro El informe de Brodie ("Historia de Rosendo Juárez" e "La intrusa", detivemo-nos também na tradução mais recente realizada por Davi Arrigucci Junior, do ano de 2008, pela Companhia da Letras. Assim, o primeiro capítulo trata do arrabalde; afinal este é o ambiente dos três contos e junto com o compadrito formam o projeto ideológico do período de 1921 a 1935 na obra de Borges; o segundo capítulo oferece um resumo comentado dos contos, destacando o comportamento do compadrito e a questão da oralidade no conto "Hombre de la esquina rosada"; o terceiro abrange uma descrição dos paratextos e a análise da tradução, considerando o processo de domesticação e estrangeirização abordado por Lawrence Venuti e Schleiermacher. Neste capítulo também se considera a opinião de Borges sobre tradução. Observou-se que o primeiro conto possui elementos linguísticos bastante específicos da linguagem oral, que não foram ponderados na tradução e tampouco na revisão; o mesmo ocorre com o segundo conto que possui elementos regionais e de comportamento de personagem que não são conhecidos para o leitor brasileiro, o que pode dificultar a compreensão dos textos. El presente trabajo hace un análisis de la imagen del compadrito en las traducciones de tres cuentos escritos por el argentino Jorge Luis Borges: "Hombre de la esquina rosada" traducido por Flávio José Cardozo (1975), "Historia de Rosendo Juárez" traducido por Hermilo Borba Filho y "La Intrusa", traducido por primera vez en 1972 por Flávio José Cardozo y posteriormente, en 1976, por Hermilo Borba Filho; además del trabajo de revisión de traducción de todos los textos, hecho por Maria Carolina Araujo y Jorge Schwartz (1999). Aun para los textos del libro El informe de Brodie tenemos la traducción más actual hecha por Davi Arrigucci Junior, de 2008, por la editora Cia das Letras. Así el primer capítulo trata del arrabal, que es al fin el ambiente de los tres cuentos y al lado del compadrito comprenden el proyecto ideológico de este período(1921/ 1935) en la obra de Borges; el segundo capítulo ofrece un resumen de los cuentos, destacando el comportamiento del compadrito y la oralidad en el cuento "Hombre de la esquina rosada"; en el tercero hay una descripción de los paratextos y un análisis de la traducción, según el proceso de extranjerización y domesticación desarrollados por Lawrence Venuti e Schleiermacher. En este capítulo también se considera la opinión de Borges acerca de la traducción. Se observó que el primer cuento tiene elementos lingüísticos de la oralidad que fueron suprimidos en la traducción y, en la revisión, también en el segundo cuento, tenemos elementos regionales y de comportamiento del personaje que no están aclarados para el lector brasileño, lo que hace dificultar la comprensión de los textos. En ese contexto se presenta una exposición sobre el compadrito y su importancia en la obra de Borges.
10

A experiência do conto em Caio Fernando Abreu

Lourenço, Camila Morgana 2013 (has links)
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão, Programa de Pós-Graduação em Literatura, Florianópolis, 2013. Made available in DSpace on 2014-08-06T17:25:02Z (GMT). No. of bitstreams: 1 325460.pdf: 2155999 bytes, checksum: aac85936104f724cabfebf053cebba84 (MD5) Previous issue date: 2013 Esta pesquisa investiga a incorporação da experiência na literatura de Caio Fernando Abreu (1948-1996), tendo como objeto de estudo contos do escritor apresentados na coleção Caio 3D. Tal análise busca identificar de que forma a experiência ilumina o percurso da escrita, o biográfico passa a significar neste discurso ficcional, a experiência e a memória se introduzem na estruturação da narrativa. Além disso, oferece subsídios para compreender o modus operandi adotado pelo autor na construção dos contos, numa trajetória executada para indicar que a experiência pessoal de Caio Fernando Abreu se mistura a experiências artificiais na composição de uma escritura que parece se querer mais que literária, sobrepujando essa condição para assumir uma outra ? a de uma escritura ora biográfica, ora ficcional, capaz de estetizar muitas vidas.

Page generated in 0.0677 seconds