• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 2503
  • 27
  • 13
  • 12
  • 12
  • 11
  • 9
  • 8
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 2
  • 2
  • 2
  • Tagged with
  • 2604
  • 616
  • 311
  • 310
  • 293
  • 291
  • 267
  • 258
  • 247
  • 223
  • 184
  • 183
  • 182
  • 171
  • 161
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
31

Seleção e uso de probiótico autóctone em dieta para girinos de rã-touro

Pereira, Scheila Anelise January 2015 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Aquicultura, Florianópolis, 2015. / Made available in DSpace on 2016-01-15T14:50:05Z (GMT). No. of bitstreams: 1 336710.pdf: 2137586 bytes, checksum: 86eed8efe6681fe490176eaa75997f67 (MD5) Previous issue date: 2015 / A suplementação dietética de probióticos autónes na produção animal vem se consolidando como medida alternativa ao uso de antibióticos, os quais podem ocasionar problemas econômicos, sanitários e ambientais quando utilizados de forma indevida. Diante disto, o objetivo deste trabalho foi isolar e selecionar uma bactéria autóctone com potencial probiótico para rã-touro Lithobates catesbeianus e posteriormente suplementar este micro-organismo em dietas para girinos desta espécie. Inicialmente, foram isoladas 20 cepas de bactérias autóctones. Entretanto, apenas nove cepas foram selecionadas e submetidas aos testes in vitro. Ao final dos testes, contatou-se que a cepa de L. plantarum apresentou maior potencial probiótico dentre as avaliadas. Dessa forma, realizou-se a suplementação dietética deste micro-organismo em dietas comercial para girinos. O ensaio experimental foi composto por dois tratamentos: grupo sem suplementação e grupo suplementado com L. plantarum. Os animais que receberam dieta suplementada apresentaram maior ganho de peso, maior concentração de bactéria ácido-lática no intestino e menor conversão alimentar. A cepa L. plantarum foi capaz de produzir diversas enzimas digestivas, colonizar a ração e o trato intestinal dos girinos, mantendo-se em alta concentração 107 e 106 UFC·g-1, respectivamente. A cepa L. plantarum exibiu potencial probiótico para girinos de rã-touro.
32

Histopatologia e hibrização in situ de citocromo P450 (CYP2AU1) em ostras Crassostrea brasiliana expostas ao fenantreno

Reis, Isis Mayna Martins dos January 2014 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Aquicultura, Florianópolis, 2014. / Made available in DSpace on 2015-02-05T21:23:18Z (GMT). No. of bitstreams: 1 332350.pdf: 1934521 bytes, checksum: 93cfba87fe4f5c3f18fec10d91a5b259 (MD5) Previous issue date: 2014 / Atividades relacionadas á aquicultura marinha, tais como, a ostreicultura tem sido ameaçada em função do comprometimento da qualidade da água. O fenantreno é um dos hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPAs) mais abundantes e distribuídos no ambiente aquático. Bivalves expostos a este composto mostraram efeitos nos diferentes tecidos. Este estudo avaliou em laboratório, os efeitos e alterações moleculares e histológicas que o fenantreno exerce sobre a ostra Crassostrea brasiliana (Lamarck, 1819), ao longo de 10 dias de exposição nas concentrações de 100 e 1000 µg.L-1. Técnicas histológicas, histoquímicas, e a técnica de hibridização in situ (ISH) foram utilizadas para localizar os principais tecidos que apresentam transcrição do gene citocromo P450 (CYP2AU1). Foi realizada também a identificação sexual e do estádio reprodutivo dos animais. Independente da concentração de exposição ao fenantreno, os níveis de bioacumulação pelas ostras aumentou com o passar do tempo de exposição. Foram observadas alterações histológicas na glândula digestiva e no manto dos animais expostos por 10 dias a fenantreno. As ostras expostas à maior concentração de fenantreno apresentaram um aumento significativo de células mucosas (p<0,05) em relação ao controle e aquelas expostas a menor concentração de fenantreno tiveram uma maior atrofia na glândula digestiva. Quanto à localização dos transcritos do gene do CYP2AU1 observamos reação positiva na brânquia, glândula digestiva, manto, intestino e gônadas. Os resultados encontrados neste trabalho demonstraram que o uso da técnica de ISH foi eficaz para localizar os transcritos do CYP2AU1 em diferentes órgãos da ostra C. brasiliana, além da importância na identificação de possíveis alterações histopatológicas decorrentes da exposição a fenantreno.
33

Expressão, purificação e caracterização estrutural da bdh-2 recombinante, uma espermadesina presente no plasma seminal de bode (Capra hircus) / Expression, purificação and structural characterization of bdh-2 recombinant, a present espermadesina in the plasma seminal of bode (Capra hircus)

Nascimento, Antonia Sâmia Fernandes do 02 February 2010 (has links)
NASCIMENTO, A.S. F. Expressão, purificação e caracterização estrutural da bdh-2 recombinante, uma espermadesina presente no plasma seminal de bode (Capra hircus). 2010. 84 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia) - Curso de Medicina, Campus de Sobral, Universidade Federal do Ceará, Sobral , 2010. / Submitted by Djeanne Costa (djeannecosta@gmail.com) on 2016-03-21T14:38:25Z No. of bitstreams: 1 2010_dis_asfnascimento.pdf: 1191373 bytes, checksum: f4b810e909dd91a96830f8959962a48a (MD5) / Approved for entry into archive by Djeanne Costa(djeannecosta@gmail.com) on 2016-03-22T16:00:04Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2010_dis_asfnascimento.pdf: 1191373 bytes, checksum: f4b810e909dd91a96830f8959962a48a (MD5) / Made available in DSpace on 2016-03-22T16:00:04Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2010_dis_asfnascimento.pdf: 1191373 bytes, checksum: f4b810e909dd91a96830f8959962a48a (MD5) Previous issue date: 2010-02-02 / The Bdh-2 bodhesin cDNA present in seminal plasma of goat was subcloned in the expression plasmid pTrcHis TOPO used to transform E. coli Top10 One shot cells. The recombinant clones were selected by growth in 50 μg/mL ampicillin-containing LB-Broth medium and PCR amplifications. The recombinant protein synthesis was monitored by SDS-PAGE followed by immunoblotting using monoclonal anti-His antibody. The production of the rBdh-2 through low temperature was not satisfactory. A greater production of the rBdh-2 occurred with IPTG 1.5 mM after 2 h of induction. The method utilized to the purification of the rBdh-2 was realized in affinity chromatography on a His-Trap column following ion-exchange chromatography on a DEAE-Sephacel column. The secondary structure of the rBdh-2 was evaluated through spectral profile circular dichroism (CD) and confirmed the prevalence of secondary structures like β-sheets, the presence of a low content of unfolded structures and helices-. The rBdh-2 structure remained stable up to 35 °C. However, significant changes were observed from 40 °C related to a distortion of the spectrum of CD. / O cDNA da bodesina Bdh-2 presente no plasma seminal de caprino (Capra hircus) foi subclonado no vetor de expressão pTrcHis TOPO utilizado para transformar células E.coli Top 10 One Shot. Os clones recombinantes foram selecionados através de crescimento em meio LB-Broth contendo 50 μg/mL de ampicilina e amplificação do gene por PCR. A síntese da proteína recombinante rBdh-2 fusionada com cauda de histidina foi monitorada através de SDS-PAGE seguido por immunobloting usando anticorpo monoclonal anti histidina. A produção da rBdh-2 através da indução a baixas temperaturas não se mostrou satisfatória. A maior produção da rBdh-2 ocorreu com IPTG 1,5 mM após 2 horas de indução. O método utilizado para a purificação da proteína recombinante rBdh-2 foi através de cromatografia de afinidade em coluna His-Trap seguida por cromatografia de troca-iônica em coluna de DEAE-Sephacel. A estrutura secundária da rBdh-2 foi avaliada através do perfil espectral de dicroísmo circular (CD) que confirmou a predominância de estruturas secundárias do tipo folhas-β, a presença de um baixo conteúdo de estruturas não-ordenadas e de hélices-. A rBdh-2 manteve sua estrutura estável até 35 °C. No entanto, mudanças significativas foram observadas a partir de 40 °C referentes à descaracterização do espectro de CD.
34

Caracterização do sêmen de ariacó, Lutjanus synagris (LINNAEUS, 1758)

Vettorazzi, Mayra Bezerra January 2012 (has links)
VETTORAZZI, M. B. Caracterização do sêmen de ariacó, Lutjanus synagris (LINNAEUS, 1758). 2012. 90 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Marinhas Tropicais) - Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2012. / Submitted by Geovane Uchoa (geovane@ufc.br) on 2016-03-29T14:32:31Z No. of bitstreams: 1 2012_dis_mbvettorazzi.pdf: 11189419 bytes, checksum: 0033413fdc0b60502b51591fc7a56e6e (MD5) / Approved for entry into archive by Nadsa Cid(nadsa@ufc.br) on 2016-03-30T14:29:30Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2012_dis_mbvettorazzi.pdf: 11189419 bytes, checksum: 0033413fdc0b60502b51591fc7a56e6e (MD5) / Made available in DSpace on 2016-03-30T14:29:30Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2012_dis_mbvettorazzi.pdf: 11189419 bytes, checksum: 0033413fdc0b60502b51591fc7a56e6e (MD5) Previous issue date: 2012 / Aquaculture has become an important source of protein. Lutjanus synagris, lane snapper, is amongst the ten main species caught in the Brazilian central coast fisheries and, in the U.S., generated $ 157,745 in 2010. One of the prerequisites for the industry settlement of sustainable fish farming is the ability to control reproduction in captivity. The intensive breeding and artificial propagation requires appropriated technologies for gametes handling, which include short-term storage to supply the activity or even to improve its effectiveness. The knowledge of the species biology is important to complete the fertilization process and to develop techniques for semen storage in a short and long term. This study aim was to characterize quantitative and qualitatively the L. synagris fresh semen using the Computed Assisted Semen Analysis (CASA). Semen samples were analyzed regarding the sperm concentration, ejaculated volume, osmolality, pH, morphology, morphometry and sperm motility. The average sperm concentration, ejaculated volume, osmolality and pH was 2.43 ± 0.42 x 1010 sperm / mL, 0.39 ± 0.2 mL, 378.5 ± 65.1 mOsm / kg and 7.9 ± 0.17, respectively. L. synagris semen presented 34.6% of primary abnormalities and 24.25% of secondary abnormalities, the mean spermatozoa length, width, area and perimeter were3.06 μm, 2.73 μm, 7.63 μm2 and 9.70 μm, respectively. The total sperm motility of fresh semen was 78.8% being 22.32% considered of high velocity; the mean straightness and wobble were 63.24 and 67% respectively; the average of curvilinear velocity was 35.13 μm/s, the main straight line velocity was 13.04 μm / s, the main path velocity was 22.14 μm / s, the main lateral displacement of spermatozoa head was 2.84 μm and beat cross frequency was 4.04 Hz. The use of CASA for evaluation of sperm morphology and motility was successful and proved to be a practical method for the evaluation of large numbers of sperm. / A aquicultura tem assumido crescente importância como fonte de alimentos ricos em proteína. O ariacó, Lutjanus synagris está entre as dez principais espécies capturadas nas pescarias da costa central do Brasil e nos EUA movimentou 157,745 mil dólares nas pescarias de 2010. Um dos pré-requisitos para a domesticação e o estabelecimento da indústria sustentável é a capacidade de controlar a reprodução em cativeiro. O cultivo intensivo e a propagação artificial requerem tecnologias próprias de manipulação dos gametas, as quais incluem o armazenamento em curto prazo para facilitar a reprodução artificial ou mesmo para melhorar sua eficácia. O conhecimento da biologia da espécie é importante para concluir o processo de fertilização e para o desenvolvimento de técnicas de estocagem de sêmen a curto e longo prazos. O objetivo deste trabalho foi caracterizar quantitativa e qualitativamente o sêmen fresco de ariacó, L. synagris utilizando o sistema computadorizado de análise seminal (CASA). As amostras de sêmen foram analisadas quanto à concentração espermática, volume ejaculado, osmolaridade, pH, morfologia, morfometria e motilidade espermática. As médias de concentração espermática, volume ejaculado, osmolaridade, pH foram 2,43 ± 0,42 x 1010 sptz/mL, 0,39 ± 0,2 mL, 378,5 ± 65,1 mOsm/Kg e 7,9 ± 0,17, respectivamente. O sêmen de L. synagris apresentou 34,6% de patologias primárias e 24,25% de patologias secundárias; os espermatozóides apresentaram comprimento, largura, área e perímetro médio de 3,06 μm, 2,73 μm, 7,63 μm2 e 9,70 μm respectivamente. A motilidade espermática total do sêmen fresco foi de 78,8%, sendo 22,32% considerados de velocidade rápida; a retidão e oscilação médias foram 63,24 e 67% respectivamente; a velocidade curvilinear média foi de 35,13 μm/s, a velocidade média em linha reta foi 13,04 μm/s, a velocidade média de percurso foi 22,14 μm/s; o deslocamento lateral médio da cabeça dos espermatozóides foi 2,84 μm e a frequência de batimento lateral da cauda foi de 4,04 Hz. A utilização do sistema CASA para avaliação da morfologia e motilidade espermáticas foi bem sucedida e mostrou ser um método prático e objetivo para a avaliação de grandes números de espermatozoides.
35

Um enfoque imunológico sobre infecção viral em Litopenaeus vannamei coletados em fazenda de cultivo do Nordeste do Brasil

Girão, Patricia Raquel Nogueira Vieira January 2013 (has links)
GIRÃO, P. R. N. V. Um enfoque imunológico sobre infecção viral em Litopenaeus vannamei coletados em fazenda de cultivo do Nordeste do Brasil. 2013. 92 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Marinhas Tropicais) - Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2013. / Submitted by Geovane Uchoa (geovane@ufc.br) on 2016-04-25T12:45:57Z No. of bitstreams: 1 2013_dis_prnvgirao.pdf: 1576027 bytes, checksum: e07181370bfba28cd170dfce62960e38 (MD5) / Approved for entry into archive by Nadsa Cid (nadsa@ufc.br) on 2016-04-25T17:36:54Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_dis_prnvgirao.pdf: 1576027 bytes, checksum: e07181370bfba28cd170dfce62960e38 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-04-25T17:36:54Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_dis_prnvgirao.pdf: 1576027 bytes, checksum: e07181370bfba28cd170dfce62960e38 (MD5) Previous issue date: 2013 / The shrimp farming has become an important aquaculture industry in the world. Brazil is becoming a leading global producer of shrimp Litopenaeus vannamei. However, outbreaks of viral diseases are affecting the aquaculture industry worldwide, causing significant economic losses. Among the viral agents that affect the marine shrimp Infectious hypodermal and hematopoietic necrosis virus (IHHNV) and infectious myonecrosis virus (IMNV) are prevalent epizootic viral agents in Brazil. Within this context, this study aimed to analyze samples of virus-infected shrimp collected from farms in northeastern Brazil, as well as analyzing the expression levels of molecules of immunity during infection of animals. After a period of unusual rains in a routine monitoring program for the diagnosis of diseases were collected gills of juvenile shrimp with signs of viral disease. For the diagnosis of infection were employed molecular techniques such as conventional PCR, reverse transcription coupled with PCR (RT-PCR) and quantitative PCR (qPCR). Through a combination of different molecular techniques has shown that most of shrimp patients were co-infected with both viruses, IHHNV and IMNV. This study was the first to demonstrate the occurrence of a natural co-infection, caused by IHHNV and IMNV in penaeid shrimp cultured in northeastern Brazil. The reciprocal values for viral load may suggest that competition is occurring between the two viruses to infect the host. To understand how the key molecules of innate immunity respond to this double infection, the level of HSP-70, crustin, peneidinas-3a and C-type lectin-br1 were assessed by quantitative PCR. In tests using linear correlation, HSP-70 expression is regulated by the presented IHHNV in doubly infected shrimp gills, however, transcripts of other genes analyzed showed no statistically significant regulated expression. These results suggest that HSP-70 may be a differential modulator co-infection viral in shrimp, L. vannamei. / O cultivo de camarão tornou-se uma importante indústria na aquicultura mundial. O Brasil está se tornando um dos principais produtores mundiais de camarão Litopenaeus vannamei. Entretanto, surtos de doenças virais estão afetando o setor aquícola em todo o mundo, causando perdas econômicas significativas. Entre os agentes virais que afetam os camarões marinhos, o vírus da necrose infecciosa hipodermal e hematopoiética (IHHNV) e o vírus da mionecrose infecciosa (IMNV) são os vírus epizoóticos mais prevalentes no Brasil. Dentro desse contexto, este trabalho teve como objetivo analisar amostras de camarão infectado por vírus coletadas de fazendas de cultivo no Nordeste do Brasil, bem como analisar os níveis de expressão de moléculas da imunidade dos animais durante a infecção. Após um período incomum de chuvas, em um programa de monitoramento de rotina para o diagnóstico de doenças, foram coletadas brânquias de camarões juvenis com sinais de doença viral. Para o diagnóstico da infecção foram utilizandas técnicas moleculares como PCR convencional, a transcrição reversa acoplada com PCR (RT-PCR) e PCR quantitativo (qPCR). Através da combinação das diferentes técnicas moleculares foi demonstrado que a maioria dos camarões doentes estavam co-infectados com ambos os vírus, IHHNV e IMNV. Este estudo foi o primeiro a demonstrar a ocorrência de uma co-infecção natural, causada por IHHNV e IMNV, em camarões peneídeos cultivados no nordeste do Brasil. Os valores recíprocos para carga viral sugeriram que pode está ocorrendo uma competição entre os dois vírus para infectar o hospedeiro. Para compreender como as moléculas-chave da imunidade inata respondem a esta dupla infecção, os níveis de HSP-70, crustinas, peneidinas-3a e lectina br-1 do tipo-C, foram avaliados por PCR quantitativo. Em testes de correlação linear, a HSP-70 apresentou a expressão regulada por IHHNV em brânquias de camarão duplamente infectado; no entanto, as transcrições dos demais genes analisados não apresentaram expressão regulada estatisticamente significativa. Esses resultados indicam que a HSP-70 pode ser um modulador diferencial de co-infecção viral no camarão, L. vannamei.
36

O efeito da relação carbono-nitrogênio sobre a comunidade microbiana no cultivo super-intensivo de Litopenaeus vannamei sem renovação

Arantes, Rafael da Fonseca January 2007 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias. Programa de Pós-graduação em Aquicultura / Made available in DSpace on 2012-10-23T14:13:17Z (GMT). No. of bitstreams: 1 243426.pdf: 342754 bytes, checksum: a8fc4b8ede8769addc1aa4306fbee7ba (MD5) / Uma das formas de controle da amônia ocorre através das bactérias heterotróficas, estimuladas pela elevação da relação C/N com carboidratos. Um ensaio foi conduzido em nove unidades experimentais para testar o efeito de diferentes razões C/N sobre os parâmetros físico-químicos e microbiológicos na água de cultivo de juvenis de Litopenaeus vannamei. Melaço em pó foi adicionado na água junto com a ração, para que relação C/N fosse mantida em 10/1, 20/1 e 30/1. O melaço foi eficiente no controle da amônia, porém relações intermediárias acima de 10/1 devem ser empregadas. Quanto maior a fertilização com melaço, maior a quantidade de sólidos orgânicos na água. Estes aumentaram a demanda de oxigênio e diminuíram a luz disponível para os produtores primários, inibindo a fotossíntese. A conversão alimentar não foi afetada pelas maiores concentrações de sólidos e não houve diferença no crescimento e sobrevivência dos camarões. O tempo elevado de retenção dos sólidos teve maior influência sobre os microorganismos do que as diferentes fertilizações com melaço. Células com formato de vibriões aparecem provavelmente, degradando a biomassa bacteriana gerada no inicio do cultivo e os dias finais apresentam dominância de formas filamentosas. Estas aparecem, em grande quantidade, aderidas às brânquias dos camarões gerando mortalidade.
37

Bioimpedância como ferramenta de análise da composição corporal de Piava, Leporinus obsutidens

Arantes, Túlio Barbosa January 2014 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Aquicultura, Florianópolis, 2014. / Made available in DSpace on 2014-08-06T17:57:06Z (GMT). No. of bitstreams: 1 327025.pdf: 768412 bytes, checksum: 873b681db083fc76b0ae066ad7810d68 (MD5) Previous issue date: 2014 / Dentre as técnicas utilizadas para avaliar a composição corporal de peixes, tornam-se interessantes aquelas que conseguem associar baixo custo, viabilidade, segurança e o fato de ser não letal. Uma técnica de destaque é a Bioimpedância (BIA), que consiste na medida da resistência de um fluxo de corrente elétrica aplicada sobre o tecido animal. O trabalho buscou testar e validar a técnica de bioimpedância como forma de análise da composição corporal de piava, Leporinus obtusidens. Quarenta e cinco indivíduos de tamanho médio de 25,5 cm e peso médio de 174,4 g foram cultivados numa densidade de 0,022 peixes/L, divididos em dois grupos com distintos manejos alimentares: TA - Alimentação diária com ração elaborada a 2% da biomassa total divididos em três alimentações e TNA - Sem alimentação durante todo o experimento. Os indivíduos foram analisados quimicamente, incluindo umidade, proteína bruta, lipídios totais e cinzas e elaborados modelos de equação de regressão com os dados de bioimpedância. O crescimento em peso e comprimento e os valores médios de todos os parâmetros das análises químicas apresentaram diferenças significativas entre os tratamentos. Foram geradas equações lineares de ajuste para utilização da técnica como ferramenta de análise corporal para a espécie. Altos níveis de correlação entre a análise de Bioimpedância e as análises químicas tradicionalmente utilizadas foram encontrados, notadamente para Umidade, Proteína Bruta e Extrato Etéreo, validando a técnica para a espécie.<br> / Abstract : Among the techniques used to assess body composition of fish, it become interesting the ones who can associate low cost, feasibility, safety and to be a non-lethal method. One of these methods is the bioimpedance technique (BIA), which measures the resistance to a electrical current applied to an animal tissue. The study seeks to test and validate BIA technique as a way to analyze body composition of the piava Leporinus obtusidens. Forty-five fish with average size of 25.5 cm and a mean weight of 174.4 g were cultured at a density of 0,022 fish/L, divided into two groups with different feeding strategies: TA - daily feeding with 2% of total biomass divided into three feedings a day; and TNA - No feeding throughout the experiment. Individuals were chemically analyzed, including moisture, crude protein, crude fat and ash, and regression models equations with data from bioimpedance and proximate analyses were elaborated. The increase in weight and length and the average values of all parameters of proximate analyses showed significant differences between treatments. Linear adjustment equations were generated to permit the use of the technique as a tool to analyze body composition of the species. High levels of correlation between bioimpedance analysis and proximate analysis traditionally used were found, especially for moisture, crude protein and crude fat, validating the technique for the species.
38

Maturação, larvicultura e depuração do berbigão anomalocardia brasiliana (Gmelin, 1791)(Bivalvia; Veneridae) em laboratório

Lagreze Squella, Francisco José January 2014 (has links)
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Aquicultura, Florianópolis, 2014. / Made available in DSpace on 2015-02-05T20:37:43Z (GMT). No. of bitstreams: 1 328435.pdf: 1777137 bytes, checksum: acc5a0ea15a769015860b42063043a9d (MD5) Previous issue date: 2014 / Com o objetivo de contribuir com a tecnóloga de produção de sementes de Anomalocardia brasiliana o presente estudo avaliou na reprodução, o efeito da temperatura e da salinidade no desenvolvimento gonádico de animais adultos em laboratório. Além disso, na produção de formas jovens, avaliou o efeito da densidade e do tempo de cultivo de larvas e dietas uni e bialgais na larvicultura. Avaliou também o efeito da salinidade na bioacumulação e no tempo de depuração de Escherichia coli no molusco de areia A. brasiliana. Nos resultados, a temperatura utilizada no tratamento T16-25/S35, controlou a ocorrência de desovas, proporcionou a maturação dos animais e a sincronia reprodutiva dos machos e das fêmeas. Observou-se também que a salinidade não afetou o estágio sexual, tanto nos machos quanto nas fêmeas. Na larvicultura, as densidades 10 e 15 larvas.mL-1 proporcionaram maior porcentagem de sobrevivência das larvas. Após o quinto dia, as larvas podem ser transferidas para o assentamento e cultivadas com densidade de 25 larvas.cm-2. Larvas de A. brasiliana apresentaram bom crescimento quando alimentadas com a microalga Nannochloropsis oculata, tanto com dieta unialgal quanto bialgal. Nas dietas mistas, recomenda-se as microalgas Chaetoceros muelleri com N. oculata ou Pavlova lutheri. A maior bioacumulação e maior redução, após 48 horas, de E. coli na carne do A. brasiliana foi observada na salinidade de 25.
39

Marcação química de jundiás Rhamdia quelen com alizarina vermelha

Sá, Ana Rosa Sant'anna de January 2014 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Gradução em Aquicultura, Florianópolis, 2014. / Made available in DSpace on 2015-02-05T20:44:15Z (GMT). No. of bitstreams: 1 327924.pdf: 1008903 bytes, checksum: 8520e3b6f9e5c041343ceac1fa80efe0 (MD5) Previous issue date: 2014 / Desde a construção dos primeiros empreendimentos hidrelétricos grandes esforços têm sido empregados na tentativa de mitigar os impactos e manejar a ictiofauna. Ao desenvolver ações de repovoamento é necessário fazer uma avaliação destas atividades através de monitoramentos contínuos. Um pré-requisito fundamental antes de qualquer avaliação eficaz do sucesso das ações de estocagem é uma identificação confiável dos peixes introduzidos. A aplicação de marcas químicas é considerada uma técnica de grande potencial para monitoramento de estocagens, pois permite marcar grandes lotes de peixes nos variados estágios de vida. Diversos protocolos têm sido utilizados para a marcação química. A introdução do marcador pode ser feita através de injeção, ingestão alimentar e banho de imersão. O objetivo deste estudo foi definir os procedimentos de marcação química com Alizarina Vermelha para o jundiá Rhamdia quelen. Foram testadas três concentrações de Alizarina Vermelha (30mg/L, 60mg/L e, 90mg/L) com tempo de imersão de 18 horas (banho longo), sendo divididos em dois grupos: a) com prévia indução osmótica salina, quando os peixes foram mantidos em solução a 30ppt de NaCl durante 10 minutos e imediatamente submetidos ao banho com o marcador; b) sem indução osmótica, quando os peixes foram diretamente submetidos ao banho com o marcador, e três concentrações de Alizarina Vermelha (90mg/L, 300mg/L e 700mg/L) com tempo de imersão de 10 minutos (banho curto), todos com prévia indução osmótica salina (solução aquosa de NaCl a 30ppt) durante 10 minutos. Todos os tratamentos apresentaram a marcação química após uma semana, sendo os melhores resultados obtidos nos tratamentos de 90mg/L com choque osmótico (banho longo) e o tratamento de 300mg/L realizado em banho curto. Na reavaliação das marcas, feita após três meses do banho imersão no marcador químico foi possível notar que todos os tratamentos continham marcas visíveis, tendo melhores resultados nos tratamentos submetidos ao choque osmótico, que apresentaram marcas mais intensas. A indução osmótica antes do banho de imersão no marcador químico Alizarina Vermelha resultou em uma maior intensidade nas marcações. A Alizarina Vermelha foi verificada com eficácia como marcador químico em banhos de imersão para jundiá Rhamdia quelen.
40

Efeito de diferentes dietas no desempenho zootécnico de juvenis de sardinha-verdadeira, Sardinella brasiliensis, criados em tanque-rede

Dick, Jeferson Luis January 2014 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Aquicultura, Florianópolis, 2014. / Made available in DSpace on 2015-02-05T20:48:59Z (GMT). No. of bitstreams: 1 327921.pdf: 1272848 bytes, checksum: dd886f6510d61728925ecb4830ed698b (MD5) Previous issue date: 2014 / Juvenis de sardinha-verdadeira (Sardinella brasiliensis) são capturados e utilizados como isca-viva na pesca do atum Katsuwonus pelamis. Para poder aumentar o rendimento desta pescaria, seria necessário produzir iscas em cativeiro. Nesse sentido, esse trabalho avaliou o desenvolvimento zootécnico e a resistência ao manejo das sardinhas-verdadeiras criadas em tanque-rede com diferentes dietas. O experimento foi realizado em tanques-redes de 3,5 m3 instalados na Enseada da Armação do Itapocoroí Â Penha/SC. Inicialmente os peixes tinham 47,16 ± 0,32 mm de comprimento total (CT) e 0,62± 0,016 g de peso. Durante 40 dias os peixes foram submetidos a três tratamentos, no Tratamento A - TA foi utilizado uma ração comercial para peixes onívoros e no Tratamento B - TB uma ração para peixes carnívoros marinhos, o Tratamento C - TC não foi alimentado, dispondo apenas do plâncton natural. Os dados de CT e peso foram obtidos em intervalos de 10 dias e calculados: o Ganho em comprimento e peso, a taxa de crescimento específico do peso, a relação do peso com o CT, o fator de condição relativo (Kn) e estimado o crescimento pelo modelo de von Bertalanffy. A resistência dos peixes foi testada com manejo com puçá e mudança brusca na temperatura da água. A sobrevivência foi de 81% nos Tratamentos A e B e de 55% no TC. O desempenho no TB foi significativamente melhor (P<0,05) que os demais e no final o CT foi de 78,7 ± 0,25 mm, no TA 69,8 ± 0,11 mm e no TC 61,5 ± 0,1 mm e o peso final foi de 3,75 ± 0,43 g no TB, 2,53 ± 0,06 g no TA e no TC 1,63± 0,1 g. Em todos os tratamentos o crescimento foi alométrico positivo e os peixes estiveram em boas condições de higidez. A taxa de crescimento, estimada pelo modelo de von Bertalanffy, foi maior no TB (0,93 ano-1) contra 0,83 e 0,78 ano-1 nos Tratamentos A e C respectivamente. Todos os peixes utilizados no teste de manejo sobreviveram. A S. brasiliensis juvenil teve uma boa adaptação aos tanques-rede e, embora o alimento natural possa contribuir, o uso de ração é indispensável. A qualidade nutricional da ração para carnívoros promoveu um crescimento mais rápido. De maneira geral, os peixes criados em tanques-rede estavam aptos ao embarque como isca-viva.

Page generated in 0.069 seconds