• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 10155
  • 1232
  • 171
  • 171
  • 166
  • 146
  • 144
  • 130
  • 78
  • 76
  • 66
  • 45
  • 45
  • 39
  • 20
  • Tagged with
  • 11973
  • 6011
  • 2070
  • 1845
  • 1391
  • 1283
  • 1233
  • 1212
  • 1142
  • 1074
  • 1073
  • 979
  • 836
  • 797
  • 796
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
11

Produção de lactobacillus plantarum em meio de cultura a base de melaço de cana-de-açucar

Feltrin, Valdemar Padilha January 1997 (has links)
Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciencias Agrarias / Made available in DSpace on 2012-10-17T00:48:34Z (GMT). No. of bitstreams: 0 / Foram avaliados no cultivo de Lactobacillus plantarum o meio de cultura SS e os meios constituídos de melaÇo de cana-de-açúcar a 3%, enriquecidos com extrato de levedura 0,5%, citrato de amônio 0,5% e acetato de sódio 0,5% (meio experimental 1) e extrato de levedura 0,5%, acetato de sódio 0,5%, fosfato de amônio 0,5%, citrato de amônio 0,2%, Tween 80 0,1% e sulfato de manganês 0,005% (meio experimental 2). Os experimentos foram realizados em triplicata em fermentador de 5 litros com volume útil de 3,5 litros, sob agitação de 150 rpm, temperatura 35°C 0,1°C, aeração de 0,7 vvm, pH inicial de 6,0 0,2, tempo de fermentação de 24 horas, inóculo aproximado de 6,0 Logl0 UFC/ml e tomada de amostras em intervalos de 2 horas. Lactobacillus plantarun cresceu nos três meios estudados, confirmando a viabilidade dos meios experimentais para o cultivo desta espécie. O número médio de células viáveis (Log10 UFC/ml) ao final das fermentações foi de: 28,68 no caldo MRS; 19,36 no meio experimental 1 e 25,80 no meio experimental 2. A concentração final de biomassa foi maior no meio MRS (2,22 g/l), enquanto nos meios experimental 1 e 2 foi de 1,37 e 2,01 gL, respectivamente. O consumo de açúcares totais foi maior no meio MRS (87,21%), seguido dos meios experimental 1 e 2 com 60,11% e 83,80%.
12

Cultivo de condrócitos equinos e avaliação de sua condrogenicidade mediante implante de células associadas ao hidrogel em subcutâneo de camundongos atímicos

Lettry, Vivien [UNESP] January 2003 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:23:44Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2003Bitstream added on 2014-06-13T20:30:41Z : No. of bitstreams: 1 lettry_v_me_botfmvz.pdf: 899832 bytes, checksum: f6c7900ba412d1d6ef74ce07e70b52d4 (MD5) / As afecções articulares são de grande importância e de relevante incidência para o eqüino atleta, sendo a osteoartrite a causa mais comum de afastamento deste de sua atividade esportiva. Após a degeneração da cartilagem ocorre o reparo com formação de fibrocartilagem, tecido de qualidade inferior a cartilagem original. Dessa forma, a promoção do reparo articular mediante implante de condrócitos promoveria potencialmente uma reparação benéfica e adequada. Os benefícios do implante de condrócitos isolados (isentos da matriz cartilagínea adjacente) incluem a transferência de células metabolicamente ativas que preencherão lacunas existentes na superfície articular através de mitose e produção de adequada matriz extracelular. O implante de condrócitos previamente sedimentados em matriz tridimensional possibilita que tais células mantenham suas características diferenciadas e de síntese. O objetivo do presente trabalho foi padronizar o cultivo e multiplicação de condrócitos em laboratório, avaliando seu potencial condrogênico, bem como o comportamento destas células quando sedimentadas em hidrogel, utilizado como substrato para sua dediferenciação e viabilizar o futuro implante em lesões de cartilagem articular eqüina. O experimento apresentou as seguintes etapas: colheita de cartilagem da articulação femoropatelar eqüina (pós mortem), processamento laboratorial (isolamento dos condrócitos, cultivo das células obtidas em estufa e sedimentação dos condrócitos finais em hidrogel), implante subcutâneo em camundongos e avaliação do tecido neoformado. Foram utilizados 40 camundongos atímicos divididos em 2 grupos: 20 animais implantados com condrócitos isoladamente (grupo A) e 20 animais com estas células sedimentadas em hidrogel (grupo B). A avaliação histológica foi realizada aos 45 e 60 dias após o implante. Nos animais do grupo A não... . / Joint injury and joint disease are the most important and common causes of wastage in horses that perform athletic events. Articular cartilage shows a limited intrisic repair capacity and once it was lesioned the resultant tissue becomes fibrocartilaginous that differs from native hialine cartilage in composition, structural organization and is unable to withstand the demands of the mechanical environment. The transplantation of chondrocytes directly to a cartilage defect is one strategy that would promise for stimulating the functional repair of articular cartilage defects. Cell transplatation can be used alone or in conjuntion with scaffolds. The potential benefits of isolated chondrocytes transplantation include transference of metabolically active cells capable of resurfacing by mitoses process and extracelular matrix local production. Cells transplanted within a carrier, surrounding system (three-dimensional) conserve their differentiation and syntesis features. This study objective was to standardize chondrocytes in vitro culture and expantion, evaluate their chondrogenic capacity and interaction with the three-dimensional carrier system (hydrogel) with the future purpose of performing implants in equine articular cartilage lesions in order to create a favorable environment for resurfacing. Equine articular cartilage was harvested at necropsy from femoral condyles and patela of different donors within 24 h post mortem. Chondrocytes were isolated by matrix digestion, cultured and seeded in hidrogel scaffolds. Chondrocytes were injected subcutaneously in 20 athimic mice (group A) and hidrogel seeded chondrocytes were implanted in other 20 (group B) to evaluate in vivo chondrogenesis. Mice were euthanized after 40 and 60 days and the implantation site was excised and fixed for histologic examination. The specimens from group A did not show cartilage formation. Some specimens from... (Complete abstract, click electronic address below).
13

Cultivo de condrócitos equinos e avaliação de sua condrogenicidade mediante implante de células associadas ao hidrogel em subcutâneo de camundongos atímicos /

Lettry, Vivien. January 2003 (has links)
Orientador : Ana Liz Garcia Alves / Resumo: As afecções articulares são de grande importância e de relevante incidência para o eqüino atleta, sendo a osteoartrite a causa mais comum de afastamento deste de sua atividade esportiva. Após a degeneração da cartilagem ocorre o reparo com formação de fibrocartilagem, tecido de qualidade inferior a cartilagem original. Dessa forma, a promoção do reparo articular mediante implante de condrócitos promoveria potencialmente uma reparação benéfica e adequada. Os benefícios do implante de condrócitos isolados (isentos da matriz cartilagínea adjacente) incluem a transferência de células metabolicamente ativas que preencherão lacunas existentes na superfície articular através de mitose e produção de adequada matriz extracelular. O implante de condrócitos previamente sedimentados em matriz tridimensional possibilita que tais células mantenham suas características diferenciadas e de síntese. O objetivo do presente trabalho foi padronizar o cultivo e multiplicação de condrócitos em laboratório, avaliando seu potencial condrogênico, bem como o comportamento destas células quando sedimentadas em hidrogel, utilizado como substrato para sua dediferenciação e viabilizar o futuro implante em lesões de cartilagem articular eqüina. O experimento apresentou as seguintes etapas: colheita de cartilagem da articulação femoropatelar eqüina (pós mortem), processamento laboratorial (isolamento dos condrócitos, cultivo das células obtidas em estufa e sedimentação dos condrócitos finais em hidrogel), implante subcutâneo em camundongos e avaliação do tecido neoformado. Foram utilizados 40 camundongos atímicos divididos em 2 grupos: 20 animais implantados com condrócitos isoladamente (grupo A) e 20 animais com estas células sedimentadas em hidrogel (grupo B). A avaliação histológica foi realizada aos 45 e 60 dias após o implante. Nos animais do grupo A não... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo). / Abstract: Joint injury and joint disease are the most important and common causes of wastage in horses that perform athletic events. Articular cartilage shows a limited intrisic repair capacity and once it was lesioned the resultant tissue becomes fibrocartilaginous that differs from native hialine cartilage in composition, structural organization and is unable to withstand the demands of the mechanical environment. The transplantation of chondrocytes directly to a cartilage defect is one strategy that would promise for stimulating the functional repair of articular cartilage defects. Cell transplatation can be used alone or in conjuntion with scaffolds. The potential benefits of isolated chondrocytes transplantation include transference of metabolically active cells capable of resurfacing by mitoses process and extracelular matrix local production. Cells transplanted within a carrier, surrounding system (three-dimensional) conserve their differentiation and syntesis features. This study objective was to standardize chondrocytes in vitro culture and expantion, evaluate their chondrogenic capacity and interaction with the three-dimensional carrier system (hydrogel) with the future purpose of performing implants in equine articular cartilage lesions in order to create a favorable environment for resurfacing. Equine articular cartilage was harvested at necropsy from femoral condyles and patela of different donors within 24 h post mortem. Chondrocytes were isolated by matrix digestion, cultured and seeded in hidrogel scaffolds. Chondrocytes were injected subcutaneously in 20 athimic mice (group A) and hidrogel seeded chondrocytes were implanted in other 20 (group B) to evaluate in vivo chondrogenesis. Mice were euthanized after 40 and 60 days and the implantation site was excised and fixed for histologic examination. The specimens from group A did not show cartilage formation. Some specimens from... (Complete abstract, click electronic address below). / Mestre
14

Os conceitos de cultura e comunicação em Raymond Williams

Cunha, Raquel Cantarelli Vieira da 04 April 2010 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de comunicação, 2010. / Submitted by Raquel Viana (tempestade_b@hotmail.com) on 2011-06-01T14:30:44Z No. of bitstreams: 1 2010_RaquelCantarelliVieiradaCunha.pdf: 4293196 bytes, checksum: c3989b4f051a4f3c8d2d451e08c97837 (MD5) / Approved for entry into archive by Patrícia Nunes da Silva(patricia@bce.unb.br) on 2011-06-03T20:21:22Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2010_RaquelCantarelliVieiradaCunha.pdf: 4293196 bytes, checksum: c3989b4f051a4f3c8d2d451e08c97837 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-06-03T20:21:22Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2010_RaquelCantarelliVieiradaCunha.pdf: 4293196 bytes, checksum: c3989b4f051a4f3c8d2d451e08c97837 (MD5) / O trabalho analisa os conceitos de cultura e de comunicação em Raymond Williams, na tentativa de compreender as relações que se estabelecem entre o campo da Comunicação e os Estudos Culturais. Para tanto, é apresentado um breve panorama do campo da Comunicação e dos Estudos Culturais britânicos e também passa em revista os conceitos de cultura nas ciências sociais. São analisadas algumas das principais contribuições do pensamento de Williams – como sua proposição de Sistemas de Comunicação – os quais relacionamos com as mais destacadas correntes do campo da Comunicação. O trabalho critica a idéia de que os Estudos Culturais teriam superado o saber comunicacional, alargando e transformando o sentido do campo da Comunicação. Tal afirmação seria tão inapropriada quanto, em outro extremo, o emprego dos Estudos Culturais como “instrumento” útil, para pesquisadores em comunicação, no estudo da audiência. Uma das conclusões é que o conceito de comunicação em Williams seria um viés de investigação da cultura, portanto, um ponto de vista inverso ao do saber comunicacional, para o qual a cultura é um viés para o estudo da comunicação. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT / This work analyzes the concepts of culture and communication in Raymond Williams, in an attempt to understand the relationships established between the field of Communication and Cultural Studies In order to achieve this, it presents a brief overview of the field of Communication and British Cultural Studies and it also reviews the concepts of culture in social sciences. It considers some of the main contributions of the thought of Williams - and his proposal of Communication Systems - which we relate to the schools of the field of Communication. This work criticizes the idea that Cultural Studies would have outperformed the communication knowledge, extending and transforming the meaning of the field of Communication. Also inappropriate as is the other extreme, the use of Cultural Studies as a "tool" useful for researchers in communication, in audience studies. One of the conclusions is that the concept announced in Williams should be a bias in the investigating culture is therefore a point of view opposite to that of communication knowledge, for which culture is a bias for the studying of communication.
15

O projeto Camaragibe Conta, Canta e Encanta e a relação prática pedagógica e cultura popular

da Conceição dos Reis, Maria January 2004 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T17:22:05Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo5692_1.pdf: 701051 bytes, checksum: 47b3b83b1012651f7ba2b3c1c083d06d (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2004 / O direito à cultura, como oportunidade de expressão e vivência da cultura popular, é oficializado em documentos proclamados mundialmente. Relacionando o referido assunto com a educação brasileira, é possível encontrar respaldos legais no texto da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional e do Estatuto da Criança e do Adolescente. É por esse significativo respaldo que este estudo se justifica, com o objetivo de compreender a relação prática pedagógica-cultura popular nas escolas públicas municipais de Camaragibe, PE, tendo como objeto de análise, o Projeto Camaragibe Conta, Canta e Encanta implementado pela Secretaria Municipal de Educação. Como categorias teóricas, são identificadas: cultura, cultura popular e prática pedagógica que serão aprofundadas sob a perspectiva dos autores: Fávero (1983), Chauí (1987), Schelling (1990), Forquin (1993), Veiga (1994), Tardif (2000), Saviani (2002), entre outros. Em busca das respostas, a pesquisa se desenvolve por meio de uma abordagem qualitativa, através do estudo de caso, com a articulação de procedimentos metodológicos como observação participante, entrevista do tipo semi-estruturada e análise de documentos, analisando-se todos esses instrumentos à luz do referencial teórico. Com este estudo, compreende-se que há uma significativa relação entre prática pedagógica e cultura popular enquanto uma proposição bastante eficiente na valorização do contexto sociocultural e da identidade dos alunos em escolas da cidade de Camaragibe, Pernambuco
16

Efeitos da Chlorella vulgaris sobre a resposta imunologica de camundongos infectados com a Listeria monocytogenes

Dantas, Denise Conceição Mesquita 23 July 1999 (has links)
Orientador: Mary Luci de Souza Queiroz / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-25T05:13:52Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dantas_DeniseConceicaoMesquita_D.pdf: 3363409 bytes, checksum: 45e0f5535d4bc39dc990f5f2b9bb1047 (MD5) Previous issue date: 1999 / Resumo: Neste trabalho estudamos os efeitos imunofarmacológicos do extrato da Chlorella vulgaris (ECV), sobre a resposta imunológica de camundongos BALB/c _infectados com a bactéria Usteria monocytogenes. . O efeito do ECV foi verificado sobre o número de células progenitoras hematopoiéticas da medula óssea para a série granulócito-macrófago (CFU-GM) e sobre a atividade estimuladora de colônia (CSA), presente no soro de animais infectados com a L. monocytogenes, tratados com o ECV e tratados e infectados. Além disso, investigamos nestes animais os efeitos do ECV sobre a atividade de células "Natural Killer" (NK) e sobre a resposta específica 'a infecção através das citocinas produzidas pelas sub-populações de células T auxiliares "T helper-1" (Th1) através dos níveis de interleucina-2 (IL-2) e interferon-gama (IFN-y), e de "Thelper-2"(Th2) pelos níveis de interleucina-4 (IL-4) e interleucina-10 (IL-10). Para a realização dos experimentos os animais foram tratados por via oral durante cinco dias consecutivos com o ECV na dose de 50 mg/Kg/dia. Ao final do tratamento, os animais foram infectados com uma dose sub-letal da bactéria (1x104 bactérias/animal). Os animais inoculados com a bactéria apresentaram uma mielosupressão que foi revertida pelo tratamento prévio com o ECV, observada nos animais tratados e infectados em relação àqueles somente infectados. Essa mesma relação também foi verificada quanto a atividade estimuladora de colônia (CSA), investigada no soro destes animais, nas 48 e 72 horas após a infecção. Com relação a atividade de células NK, o ECV produziu uma estimulação dessas .células mesmo em animais controle (sem infecção), promovendo um aumento mais pronunciado, na vigência da infecção; entretanto, quando os animais foram previamente tratados com o ECV e infectados um aumento adicional pôde ser detectado. o ECV também demonstrou ter um efeito estimulador sobre a produção de citocinas. Nossos resultados apresentaram um aumento da IL-2 em animais tratados com o ECV e infectados em relação aos controles. Em resposta à infecção, todos os grupos demonstraram um aumento de IFN-y que, entretanto, observou-se serem mais elevados nos animais que receberam tratamento prévio com o ECV e foram infectados, do que em animais apenas inoculados com a bactéria. Porém, o aumento significativo de IFN-y foi detectado 72 horas após a infecção, comparado ao respectivo grupo somente infectado. Das citocinas produzidas por Th2 (IL-4 e IL-1 O) e em relação ao grupo controle, a L-4 apresentou um ligeiro aumento, verificado apenas no grupo tratado e infectado (48h), contrariamente à IL-10 que não apresentou níveis alterados em grupo algum. Para avaliar a resistência dos animais à infecção, realizamos uma curva de sobrevida utilizando uma dose letal da L. monocytogenes (3x105 bactérias/animal), e duas doses do ECV, 50 e 500 mg/Kg/dia durante cinco dias de tratamento prévio à infecção. A dose de 50 mg/Kg protegeu 20% dos animais infectados e a de 500 mg/Kg do ECV conferiu a estes animais uma sobrevida de 52%, quando comparados aos animais controle, apenas infectados, onde a mortalidade foi de 100%. Diante dos resultados obtidos neste trabalho, podemos sugerir que o ECV aumenta a resistência dos camundongos BALB/c infectados com a L. monocytogenes .Através da modulação da resposta imunológica inespecífica verificada pelo aumento dos precursores hematopoiéticos da medula óssea, da atividade de células NK; como também pelo aumento da resposta Th1, através dos níveis de IFN-y e IL-2 que se sobrepôs sobre a resposta Th2 / Abstract: In the present study, we have investigated the effects of the Ch/orella vu/garis extract (CVE) on the growth and differentiation of bone marrow hematopoietic cells (CFU-GM), and on serum colony stimulating activity (CSA) in normal and Usteria monocytogenes infected mice. We have also investigated the effects of the CVE on Natural Killer cells and on Th1 cells activity (by IL-2 and IFN-y production) and Th2 activity (by IL-4 and IL-10) in normal and infected mice.Mice were pre-treated with dive doses of CVE (50 mg/Kg/day) and then infected with a sub lethal dose (1x104 bacterialanimal) of L monocytogenes. The treated mice showed an increased number of CFU-GM in the bone marrow and increased serum colony stimulating activity, at 48 and 72 hours after the infection, when compared to the infected mice. In relation to the NK cells activity, the CVE produced a significant increase in normal (non-infected) animals compared to the controls. Similarly, the infection alone praduced a signiticant increase on NK activity at 48 and 72 hours after the infection. When the animais were pre-treated with CVE and infected, an additional increase on the NK activity was observed. Regarding the cytokines production, in the treated and infected animals there was an increase on IL-2 and IFN-y compared to the contrails. However, the IFN-y showed an increase in the treated and infected group in relation to the infected group at 72 hours after the inoculation of the bacteria. The Th2 activity was not significant. Just the IL-4 showed an increase in the treated and infected group (48h) compared to the control group. The CVE treatment (50 and 500 mg/Kg) of mice infected with a dose of 3x105 bacterialanimal, which was lethal for all the non-treated contrails, has produced a dose response protection which led to a 20% and 52% survival, respectively / Doutorado / Fisiologia / Doutor em Ciências Biológicas
17

Analise do comportamento de celulas vero em geis de colageno tipo I utilizando a tecnica de cultivo em sanduiche

Haas, Vera da Rosa 02 September 2000 (has links)
Orientador: Maria Lucia Furlan Wada / Texto em ingles e portugues / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-25T20:50:29Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Haas_VeradaRosa_M.pdf: 5069943 bytes, checksum: 4bd884484141aaef6d2214bdb72ce74a (MD5) Previous issue date: 2000 / Resumo: As células Vero, uma linhagem estabelecida a partir de células renais de macaco verde africano (Cercopithecus aethiops), foram mantidas utilizando a técnica de cultivo em sanduíche. Dois tipos de sanduíche foram utilizados vidro/colágeno e colágeno/colágeno, com 10% e 20% de soro feta! bovino (SFB), com o objetivo de se verificar o comportamento das células Vero neste método de cultivo. As células foram avaliadas quanto a morfologia utilizando-se a coloração com hematoxilina-eosina (HE), citoquimicamente por meio de azul de toluidina pH 4,0 (A T) e xylidine Ponceau pH 2,5 (XP), e imunocitoquimicamente com anticorpos anti-colágeno IV e anti-Iaminina. As células cultivadas durante um período de 7 dias, no sanduíche vidro-colágeno com 10% e 20% de SFB cresceram em ambos os substratos. As células que permaneceram sobre o vidro apresentaram morfologia variada com predomínio de células alongadas, sendo que em vários locais as lamínulas não apresentavam células mostrando que as mesmas foram capazes de migrar contra a força da gravidade em direção à matriz colagênica. Essas células que migraram para o colágeno I apresentaram formato alongado ou arredondado, sendo que este último predominou quando houve infiltração para o interior do gel colagênico. Observou-se também a contração do mesmo, ou seja, a redução do tamanho e a formação de dobras no gel de colágeno. Nas regiões onde as células não infiltraram, estas cresceram formando uma lâmina basal. No cultivo com a técnica de sanduíche colágeno/colágeno as células aderiram, proliferaram e infiltraram no colágeno existente abaixo e sobre as células, apresentando alterações na forma celular, caracterizando um processo de diferenciação induzido pelo substrato. O colágeno apresentou contração nas duas camadas do sanduíche. Nas regiões em que não houve infiltração das células Vero para o interior do gel, houve a formação de um tecido com características semelhantes as de um epitélio, com produção de uma lâmina basal, sendo este resultado igual ao observado no sanduíche vidro/colágeno. Na análise cito química, as células Vero, em ambos os sanduíches, quando coradas com A T mostraram núcleos, nucléolos e citoplasma basófilos e em algumas regiões evidenciou-se grânulos basófilos no meio extracelular. Quando as amostras foram coradas com XP , as células Vero apresentaram intensa coloração vermelho-alaranjado, onde pôde ser visualizada uma região acelular mais intensamente corada, entre as células e o colágeno, representando uma lâmina basal, que em algumas regiões era evidente e em outras não. Nesta região, os resultados imunocitoquímicos confirmaram a presença de uma membrana basal rica em colágeno IV e laminina. Tendo por base estes resultados, conclui-se que as células Vero apresentam comportamento similar quando cultivados sobre o colágeno ou quando cultivadas pela técnica de sanduíche. As células em contato com o colágeno diferenciaram-se e passaram a exibir características de um tecido epitelial, inclusive com a formação de uma lâmina basal, ou se infiltraram para o interior do gel colagênico. O comportamento celular é similar quando se usa 10% ou 20% de SFB no meio de cultivo, sendo que neste último caso, a formação de uma membrana basal foi mais evidente e ocorreu menor infiltração das células para o interior do gel / Abstract: Vero cells were cultured using the sandwich technique. Two sandwich types, the glass/collagen and collagen/coUagen variations, were used with 10% and 20% fetal calf serum (FCS), intending to define Vero cell behavior in these conditions. The cells were morphologically analyzed with hematoxilin-eosin staining, while cytochemical information was obtained with Toluidine blue at pH 4.0 (TB) and xylidine Ponceau at pH 2.5 (XP), and immunocytochemical data with anti-coUagen IV and anti-Iaminin antibodies. Cells cultured in the glass/collagen sandwich with 10% and 20% FCS grew on both substrata after 7 days. The cells on the glass surface had varied shapes but were predominantly elongated. In some regions of the coverslip, there were no ceUs, showing that these were able to migrate against gravity into the collagen covering. The migrated cells were elongated or rounded, with a greater number of rounded cells as they moved into the collagen I gel. The contraction, seen as folding and shrinkage of the collagen gel, was observed in this case. In the regions where cells did not penetrate the collagen layer, a basal lamina was produced. During cultivation in the collagen/collagen sandwich, the cells adhered, proliferated and infiltrated into the upper and lower gels, resulting in altered shapes, typical of substrate induced differentiation. Both collagen substrata contracted. In regions where cells did not penetrate the collagen layer, they formed a separating basal lamina as observed in the glass/collagen sandwich. Cytochemical analysis in both types of sandwich, with TB staining showed basophilic nuclei, nucleoli, and cytoplasm. In some regions, there were also extracellular vbasophilic granules. When the samples were XP stained, the Vero cells were stained strongly orange-red, bordered by a more intensely staining, acellular basallamina, although this layer was not always present. In the basal lamina, the presence of collagen IV and laminin was immunocytochemically confirmed. With these results, it can be concluded that Vero cells behave similarly when cultured on collagen or with the sandwich technique. Vero cells in contact with collagen undergo differentiation, expressing epithelial cell characteristics, including the formation of a basal lamina, or they may infiltrate into the collagen gel. Cell behavior is similar when 10% or 20% FCS is added to the culture medium, although the basal lamina is more evident, and there is less cellular penetration into the collagen in the higher serum concentration / Mestrado / Biologia Celular / Mestre em Biologia Celular e Estrutural
18

Perfil de Cultura Organizacional desde la percepción de los trabajadores de la Caja Piura - Huancayo

Sánchez Romero, Pilar Elva 02 February 2018 (has links)
El objetivo de la presente investigación es identificar las diferencias en la percepción de la cultura organizacional en la Caja Piura. En la investigación se empleó el método científico, el tipo de investigación fue aplicada, el nivel de investigación fue el estudio descriptivo, el diseño de investigación no experimental transaccional y la técnica de recolección de datos fue la encuesta. Para la investigación se consideró tomar en cuenta a toda la población, quienes fueron los colaboradores de la Caja Piura que se encuentran bajo la dirección de la oficina principal de Huancayo y que no son personal tercerizado. Se recolectaron los datos a través de la Evaluación de Cultura Organizacional (más conocido como OCAI, por sus siglas en inglés), la cual según Cameron y Quinn (2006) se utiliza para diagnosticar la cultura de una organización.
19

Estudos da ação cito e genotoxica da violaceina e derivados em celulas de mamiferos em cultura

Pereira, Maristela Freitas 30 January 1991 (has links)
Orientador: Nora Marcela Haun Quiros / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-13T22:40:23Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Pereira_MaristelaFreitas_M.pdf: 5394098 bytes, checksum: 196918fd6013613b4ad87f3241daf8bf (MD5) Previous issue date: 1991 / Resumo: A Doença de Chagas é uma infecção parasitária que afeta milhões de latino-americanos, causando nas ares endêmicas, uma entre 10 mortes nos indivíduos de 25 a 64 anos de idade. A quimioterapia da doença é baseada principalmente no uso de dois medicamentos, Nifurtimox (Bay 2502 : Lampit) e Benznidazole (Ro 7-1051 ; Radanil, Rochagan). Ambas as drogas possuem atividade genotóxica comprovada tanto in vitro, quanto in vivo. Assim sendo, resolvemos investigar os efeitos citóxicos do pigmento biossintético de Chromobacterium violaceum (Cepa BB-78), o 1,3-dihidro-2H-inol-2 ona, comumente denominado como Violaceína, bem como de seus derivados, Bromo-Violaceína e Matilol-Violaceína, já que este composto apresentou um perfil biológico interessante, mostrando-se com baixo poder hemolítico, ação microbiana e o mais importante, atividade tripanocida in vitro. Entretanto, Violaceína exibiu uma alta toxidade para células V79/M8, assim como Bromo-Violaceína. Já o derivado Metilol-Violaceína exibiu uma citotoxidade baixa em relação aos outros 2 compostos. A atividade citotóxica de Nifrutimox e Benznidaole também foi testada em células V79/M8. Entretanto, estes 2 compostos se comportaramde maneira similar ao Metilol-Violaceína, tanto na sobrevivência celular, quanto para a inibição da síntese de DNA. Sabe-se no entanto, que os efeitos tóxicos dos medicamentos são devidos à sua biotransformação niotrorredutiva para radicais que possam reagir com constituintes celulares, causando efeitos deletérios. Dosagens preliminares realizadas durante o tratamento das células com Violaceína, indicaram a presença de 'H IND. 2¿'O IND. 2¿ no meio reacional, apontando assim, para uma possibilidade de ser uma espécie pesponsável pelos efeitos cito e genotóxicos encontrados nestes estudos. ...Observação: O resumo, na íntegra, poderá ser visualizado no texto completo da tese digital / Abstract: Chagas¿Disease is a parasitic infection that effects million of Latinamericans, inducing in endemic areas one in ten deaths in humans between 25 to 64 years old. Disease¿s chemotherapy is based on the use of two drugs, Nifurtimox (Bay 2502 : Lampit) and Benznidazole (Ro 7-1051 ; Radanil : Rochagen). Both drugs have a confirmed genotoxic activities in vitro and in vivo. We decided to test the cytotoxic effects of the biosynthetic pigment of Chromobacterium violaceum (strain BB-78), usually knowm as Violacein. This last compound has interesting biological profiles as low hemolytic effect, microbian action and principally in vivo trypanocide activity. Violacein and Br-Violacein exhibited a high toxity in V79/M8 cell. The Methhyl-Violacein derivative showed a low cytotoxicity compared to the other two compounds. Nifurtimox and Benznidazole cytotoxic activity was also tested in V79/m8 cells. However, the profile of both was similar to Methyl-Violacein in cellular survival and DNA inhibition synthesis experiments. It is known that the toxic effects of those drugs are due to their nitroreductive biotransformation to reactive free radicals, interacting with cellular constituents causing the deleterious effects. On prelimary studies using incubation medium of Violacein treatments in V79/M8 cells we observed 'H IND. 2¿'O IND. 2¿ formation, a reactive species that may be responsible for the detected cyto and genotoxic effects. ...Note: The complete abstract is available with the full electronic digital thesis or dissertations / Mestrado / Bioquimica / Mestre em Ciências Biológicas
20

A organização da cultura na "Cidade da Bahia”

Oliveira, Paulo Cesar Miguez de 08 November 2012 (has links)
Tese de Doutoramento apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Culturas Contemporâneas da Faculdade de Comunicação da Universidade Federal da Bahia e defendida em dezembro de 2002 / Submitted by Paulo Miguez (paulomiguez@uol.com.br) on 2012-11-08T12:04:35Z No. of bitstreams: 1 Tese de Doutorado_Paulo Miguez_FACOM-UFBA_2002.pdf: 1798483 bytes, checksum: 12c4d17b151b3cc8d5657ba15c9ce9eb (MD5) / Made available in DSpace on 2012-11-08T12:04:35Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Tese de Doutorado_Paulo Miguez_FACOM-UFBA_2002.pdf: 1798483 bytes, checksum: 12c4d17b151b3cc8d5657ba15c9ce9eb (MD5) / O trabalho de tese se dedica a discutir a organização do campo cultural baiano. Atenta ao conjunto de matrizes que historicamente deram corpo e emprestaram especificidade à cultura baiana, a pesquisa procura identificar os momentos e processos constitutivos da autonomia deste campo, enfatizando, em particular, a emergência, nas últimas décadas do século passado, de um mercado da cultura e a instalação de uma lógica de indústria cultural, marcos fundamentais da organização do campo cultural na Bahia contemporânea.

Page generated in 0.0705 seconds