• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 64
  • 9
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 1
  • Tagged with
  • 77
  • 77
  • 25
  • 25
  • 20
  • 16
  • 15
  • 12
  • 10
  • 9
  • 9
  • 8
  • 8
  • 7
  • 7
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
31

Sarcophagidae (Diptera) necrófagos do sul do Brasil : uma abordagem morfológica e comportamental

Vairo, Karine Pinto e January 2015 (has links)
Orientador : Prof. Dr. Mauricio Osvaldo Moura / Co-orientadores : Prof. Dr. Cátia Antunes de Mello-Patiu, Prof. Dr. Paulo Zarbin / Tese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas (Entomologia). Defesa: Curitiba, 25/02/2015 / Inclui referências ao final de cada capítulo / Área de concentração : Entomologia / Resumo: Os vestígios entomológicos coletados em um local de morte podem ser de extrema importância para determinar o tempo de exposição do cadáver ao ambiente e consequentemente estimar o intervalo pós-morte (IPM). Massas de ovos, larvas e adultos de insetos encontrados relacionados a um cadáver podem guardar informações a respeito do que ocorreu no local e ainda, se houve ingestão de alguma substância previamente a morte. O início da análise dos insetos necrófagos por entomólogos forense se dá através da identificação dos espécimes. A identificação é um processo complexo realizado através de chaves de identificação e descrições. Qualquer erro no processo de identificação comprometerá todas as análises subsequentes que são baseadas em informações relativas ao desenvolvimento e ocorrência da espécie identificada. Sarcophagidae em comparação a outras famílias de dípteros muscóides é a que possui menos trabalhos de ecologia e biologia provavelmente devido à dificuldade na identificação. Além disso, apesar das moscas dessa família serem frequentemente coletadas em locais de morte, são subutilizadas para cálculo de IPM considerando tanto a falta de identificação quanto a dificuldade na obtenção de dados sobre o desenvolvimento. O IPM pode ser estimado através do tempo de desenvolvimento dos imaturos ou por sucessão entomológica. A sucessão entomológica pode ser compreendida pela relação da tanatoquímica com a atração dos insetos pelos compostos orgânicos voláteis eliminados ao longo da decomposição de um cadáver. Sendo assim, o objetivo desse trabalho foi abordar dois temas em Sarcophagidae: a falta de chaves de identificação e a falta de informações sobre a relação entre a atração dessas moscas e o processo de decomposição em cadáveres. Para isso, foram elaboradas chaves de identificação para fêmeas e imaturos de terceiro instar da região Sul do Brasil, e foram identificados os compostos responsáveis pela atração da espécie Peckia (Sarcodexia) lambens. As fêmeas de Sarcophagidae puderam ser diferenciadas principalmente pela morfologia da terminalia, através da análise do tergito 6 (dividido ou não), presença do tergito 8, epiprocto (inteiro ou dividido) e morfologia das espermatecas. Para as larvas, primeiramente foi realizada uma revisão terminológica necessária para a compreensão dos caracteres. Para a diferenciação das espécies foram analisados principalmente os escleritos do esqueleto cefálico, porém, a distribuição dos espinhos, morfologia das papilas anais e número de abertura do espiráculo anterior também foram considerados. Em relação à tanatoquímica, indol e acetofenona foram os compostos responsáveis pela atração de P. (S.) lambens. Palavras-chave: Entomologia Forense, tanatoquímica, morfologia, larvas, fêmeas, Oxysarcodexia, Peckia, Microcerella, Sarcophaga. / Abstract: The entomological evidence collected in a death place may be very important to determine the exposure time of the corpse to the environment and consequently estimate the postmortem interval (PMI). Insects related to a corpse can store information about what occurred at the site and, if the person ingested some chemicals prior to death. The analysis of insects by forensic entomologists is through the identification of specimens and its development. The identification is a complex process performed using identification keys and descriptions. Any error in the identification process will compromise all subsequent analyzes since each species has different information concerning development and behaviour. Sarcophagidae compared to other families of muscoid flies is the one that has least biology and ecology studies probably due to the difficulty in identification. In addition, despite the flies of this family are often collected in death sites it is underutilized for PMI estimative considering both the lack of identification as the difficulty in obtaining data on development and behavior. The PMI can be estimated by the development time of immature stages or entomological succession. Entomological succession can be understood by the tanatochemistry that influences the attraction of insects by volatile organic compounds along the decomposition process of a corpse. Thus, the aim of this study was to address two aspects in Sarcophagidae: the lack of identification keys and the lack of information about the relation between the attraction of these flies and the decomposition process. For this, identification keys were elaborated for females and third instar larvae of nine species collected in southern Brazil, and the compounds responsible for the attraction of Peckia (Sarcodexia) lambens were identified. Sarcophagidae females could be differentiated mainly by morphology of terminalia, through the analysis of tergite 6 (divided or not), presence of tergite 8, epiproct (divided or undivided) and morphology of spermathecae. For the larvae analysis, it was first performed a terminology review to understand the characters. For the differentiation of species the main characters analyzed were the cephaloskeleton sclerites, distribution of spines, morphology of anal papilla and the anterior and posterior spiracles. In relation to tanatochemistry, indole and acetophenone compounds were responsible for attractiveness of P. ( S. ) lambens to carcasses. Keywords: Forensic Entomology, tanatochemistry, morphology, larvae, females, Oxysarcodexia, Peckia, Microcerella, Sarcophaga.
32

Uso da modelagem ecológica de nichos como ferramenta para o conhecimento da distribuição geográfica potencial de Coleoptera de importância forense no Brasil

Corrêa, Rodrigo César January 2014 (has links)
Orientadora : Profª. Drª. Lucia Massutti de Almeida / Orientador : Prof. Dr. Mauricio Osvaldo Moura / Tese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas (Entomologia). Defesa: Curitiba, 28/04/2014 / Inclui referências / Área de concentração : Entomologia / Uso da modelagem ecológica de nichos como ferramenta para o conhecimento da distribuição geográfica potencial de Coleoptera de importância forense no Brasil Resumo O uso de insetos na área médico-legal tem crescido muito no Brasil, tanto na coleta e descrição da diversidade associada a corpos em decomposição, quanto na aplicação da entomologia forense em casos reais. Entretanto, a grande diversidade da fauna e as peculiaridades de cada bioma demandam estudos regionais. A estimativa da distribuição potencial das espécies por meio da modelagem ecológica de nichos pode gerar importantes resultados para a entomologia forense, principalmente em casos de deslocamento de cadáver, auxilio na identificação e delimitação de áreas para a realização de experimentos de sucessão entomológica e levantamento de fauna. O principal objetivo deste trabalho é determinar a distribuição potencial de espécies necrófagas de Coleoptera, mais especificamente: 1) comparar os diferentes algoritmos e tipos de dados ambientais e sua capacidade em predizer a distribuição das espécies de interesse forense; 2) avaliar os resultados combinados da sensitividade e especificidade dos modelos das diferentes espécies para avaliar seu uso em casos de deslocamento de cadáver; 3) comparar o desempenho dos modelos utilizando variáveis selecionadas por PCA e as selecionadas com base no conhecimento biológico do grupo; 4) a partir dos resultados obtidos, indicar áreas para a validação dos modelos. Para o estudo foram escolhidas 13 espécies necrófagas reportadas em estudos de entomologia forense. Os dados de distribuição foram obtidos por meio de revisão bibliográfica e viagens às principais coleções entomológicas do Brasil. Foram utilizados cinco métodos de modelagem com dois conjuntos de variáveis ambientais para gerar os modelos, 12 selecionadas com base no conhecimento biológico dos insetos e outras seis derivadas de uma análise de componentes principais. A avaliação dos modelos foi feita por AUC e TSS. A variação do AUC mostrou uma interação significativa entre o tipo de algoritmo e o tipo de conjunto de dados ambientais utilizados na modelagem (F4, 32=7,142, p<0,001), os modelos com as variáveis escolhidas utilizando o algoritmo Maxent apresentaram os maiores valores de AUC. Os valores de TSS usando o LPT como limiar são menores do que o ROC, em todos os testes as variáveis escolhidas apresentaram valores superiores do que as variáveis derivadas da PCA (TSS-LPT F(1, 8)=9,6519, p=0,01452 ;ROC: F(1, 8)=16,774, p=0,00346). Os resultados desse estudo servem para chamar a atenção de como a modelagem de distribuição pode ter uma contribuição efetiva à entomologia forense. Algumas das espécies estudadas apresentaram padrões de restrição para biomas ou regiões. Ao considerar a aplicação deste conhecimento para casos de deslocamento de cadáver, as preferências quanto ao tipo de ambiente permitem que as áreas de ocorrência potencial para estes insetos sejam delimitadas de maneira ainda mais eficaz. As regiões indicadas pelos modelos incluem muitos estados sem registros de ocorrência ou de grupos pesquisa atuantes na área, essas devem ser o foco de coletas e experimentos. O aperfeiçoamento dos modelos depende da quantidade de informação disponível sobre as espécies, não somente de distribuição, mas estudos sobre o comportamento, ecologia e biologia devem ser considerados para aperfeiçoar a interpretação dos modelos. Este foi o primeiro trabalho a utilizar a modelagem ecológica de nichos em conjunto com a entomologia forense e apresenta resultados promissores para o direcionamento da aplicação e experimentos na área. Palavras-Chave: Besouros, Entomologia Forense, Necrófagos, Maxent. / Use of ecological niche modeling as a tool for understanding the potential geographic distribution of Coleoptera of forensic importance in Brazil Abstract The use of insects in medico legal area has been growing in Brazil, both in the collection and description of the diversity associated with decomposing bodies, as in the application of forensic entomology in real cases. However, the great diversity of fauna and the peculiarities of each Brazilian biome demand for regional studies. The estimate of species potential distribution by ecological niche modeling may generate relevant results for forensic entomology, particularly in cases of body displacement, aid in identifying and delineation of areas for carrying out experiments of entomological succession and fauna survey. The main objective of this study is to determine the potential distribution of necrophagous species of Coleoptera, specifically: 1) to compare the different algorithms and types of environmental data and its ability to predict the distribution of the species of forensic interest; 2) to evaluate the combined results of sensitivity and specificity of models of different species to evaluate its use in cases of body displacement; 3) compare the performance of models using variables selected by PCA and selected based on biological knowledge of the group; 4) from the results obtained, indicate areas to validate the models. For the study were chosen necrophagous 13 species reported in forensic entomology studies. The distribution data were obtained through literature review and visits to the main entomological collections in Brazil. Five modeling methods were used with two sets of environmental variables to generate the models, 12 selected based on biological knowledge of insects and six derived from a principal component analysis. The evaluation of the models was performed by AUC and TSS. The variation of AUC showed a significant interaction between the type of algorithm and the type of environmental data set used in modeling (F4, 32=7,142, p<0,001), models with variables chosen using the Maxent algorithm showed the highest values AUC. TSS values using the LPT as a threshold are lower than for the ROC in all the chosen variables tests showed higher values for the variables derived from PCA (TSS LPT F (1, 8) = 9.6519, p = 0.01452; ROC: F (1, 8) = 16.774, p = 0.00346). The results of this study serve to draw attention to how modeling distribution can have an effective contribution to forensic entomology. Some of the studied species showed restriction patterns for biomes or regions. When considering the application of this knowledge to cases of body displacement, preferences regarding the type of environment allow potential areas of occurrence for these insects to be delimited more effectively. The regions indicated by the models include many states without occurrence records or research groups working in the area, these should be the focus of collections and experiments. The improvement of models depends on the amount of information available on the species, not only distribution, but studies on the behavior, ecology and biology should be considered to improve the interpretation of models. This is the first study using ecological niche modeling in combination with forensic entomology and shows promising results to guide the application and experiments in the area. Palavras-Chave: Beetkes, Forensic Entomology, Necrophagous, Maxent.
33

Processos auto-organizados em agregados de larvas de moscas-varejeiras em dispersão pós-alimentar: experimentação, modelagem e validação

Gomes, Leonardo [UNESP] 09 December 2005 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:35:44Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2005-12-09Bitstream added on 2014-06-13T18:47:12Z : No. of bitstreams: 1 gomes_l_dr_rcla.pdf: 1800817 bytes, checksum: b147909c9c97547974e7c7d4384c057e (MD5) / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) / Um dos principais propósitos da investigação de fenômenos em qualquer área de atuação é encontrar uma forma adequada de representação dos processos envolvidos que seja o mais simples possível. O estudo da auto-organização em agregados de organismos biológicos não pode fugir a este propósito, e foi realizado aqui em três etapas: experimentação, modelagem e validação. A experimentação vai permitir definir claramente os padrões de comportamento a serem analisados e interpretados. A modelagem irá recorrer a estratégias espaço-temporais para a síntese de explanações matemáticas, para as interações e modos de agir dos organismos. Finalmente, a validação estará baseada em simulações computacionais, comparações com os resultados experimentais e interpretação paramétrica dos modelos resultantes. Foi predominante junto ao processo de modelagem o uso apenas das informações provenientes das observações realizadas e dados experimentais coletados, caracterizando uma abordagem de modelagem bottom-up, em detrimento da incorporação de hipóteses intuitivas a respeito dos mecanismos envolvidos, procedimento típico das abordagens top-down. Além disso, a acurácia do modelo em reproduzir resultados experimentais não foi o único e principal fator de avaliação da qualidade dos modelos resultantes, pois o aspecto mais importante a ser considerado junto aos modelos é a capacidade de ampliar o conhecimento acerca do fenômeno envolvido. Embora existam muitas manifestações de auto-organização na natureza e que poderiam ser tomadas como casos de estudo, este projeto se propôs a investigar o processo de dispersão larval pós-alimentar em moscas-varejeiras do gênero Chrysomya. Essas moscas foram introduzidas no Brasil em meados dos anos 70, e são de considerável importância médico-sanitária... / In any area of investigation, one of the main goals is to identify the simplest and most adequate representation of the phenomenon being studied. The study of selforganization in aggregates of organisms is no exception to this rule. In the work described here, we used a combination of laboratory experiments, modeling and validation to clearly identify patterns of behavior. For modeling, spatiotemporal strategies were used to develop mathematical explanations of the interactions and ways organisms act. The final validation was based on computer simulations, comparisons with experimental results and parametric interpretation of the resulting models. The modeling was based on observations and data collected during the experiments, an approach known as bottom-up modeling, and which contrasts with top-down modeling that depends on the incorporation of intuitive hypotheses about the mechanisms involved. Apart from the accuracy of the model in reproducing the experimental results, the most important aspect to be considered is the ability of the resulting model(s) to increase our knowledge about a given phenomenon. In this investigation, we used postfeeding larval dispersal in blowflies of the genus Chrysomya as a model to study self-organization. Chrysomya blowflies were introduced into Brazil in the mid-1970s, and are of considerable medicosanitary importance since they are vectors of enteropathogens that cause facultative myiasis in animals and man; these flies are also used in forensic studies to estimate the postmortem interval (PMI) in humans. The larval stage in these flies is the principal period in which there is competition for discrete, ephemeral food resources in the wild. After exhaustion of the food resources, the larvae leave the food... (Complete abstract, click electronic address below)
34

Detecção e estudo sobre o efeito da metanfetamina e do ecstasy no desenvolvimento de imaturos de três espécies de Chrysomya (Diptera: Calliphoridae) de importância forense

Lima, Carolina Gonçalves Palanch de [UNESP] 24 September 2009 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:23:01Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2009-09-24Bitstream added on 2014-06-13T19:49:30Z : No. of bitstreams: 1 lima_cgp_me_botib.pdf: 1317416 bytes, checksum: 0a405074b77c54d73fd403b54efb898d (MD5) / A Entomologia Forense utiliza dados de desenvolvimento e aspectos ecológicos de insetos que se alimentam de corpos em decomposição com o objetivo de auxiliar a resolução de casos na área forense. Uma das principais aplicações, entre outras, é a estimativa do intervalo pós-morte (IPM) que pode ser baseada no ciclo biológico de uma dada espécie. Porém, a falta de informação ou conhecimento sobre as variáveis que interferem de forma direta ou indireta sobre a taxa de desenvolvimento de diferentes espécies pode gerar dados imprecisos em relação à idade do inseto e, consequentemente, ao IPM. Recentemente, devido ao aumento no número de óbitos relacionados ao abuso de drogas, análises toxicológicas têm sido direcionadas a insetos necrófagos, visando complementar informações acerca da causa da morte, assim como garantir maior acurácia ao cálculo do IPM, uma vez que certas substâncias ingeridas antes do óbito podem alterar a taxa de desenvolvimento de algumas espécies que se alimentam dos tecidos de cadáveres. Esse ramo mais recente da entomologia forense é conhecido como Entomotoxicologia. No presente estudo objetivou-se observar o efeito de diferentes concentrações de metanfetamina e ecstasy, derivados anfetamínicos que tiveram seu consumo aumentado nas últimas décadas no Brasil, na taxa de desenvolvimento de imaturos dos califorídeos Chrysomya albiceps (Wiedemann), Chrysomya megacephala (Fabricius) e Chrysomya putoria (Wiedemann), quando acrescidos em dieta artificial apropriada. A anfetamina, metabólito da metanfetamina, não afetou de forma significativa o desenvolvimento larval de C. megacephala, no entanto, aumentou o tempo de desenvolvimento de imaturos de C. putoria, em especial a fase de pupa. O MDMA, principal componente do ecstasy, não alterou a taxa de desenvolvimento larval de C. albiceps e C. putoria, mas acelerou consideravelmente... / Forensic Entomology uses data about development and ecology of insects that feed on corpses aiming to assist to solve forensic cases. One of its main aplication, among others, is to estimate the pos-mortem interval (PMI) that can be based on the life cycle of a specific species. However, the lack of information or knowledge about the variables that can change directly or indirectly the development rate of different species can lead to inaccurate data about the age of the insect and, consequently, the PMI. Recently, due to the increasing number of death related to drug abuse, toxicological analyses have been directed to necrophagous insects intending to provide complementary information about the cause of death, as well as to asure a more acurate estimate of PMI, once some substances ingested before death can modify the development rate of some species that feed on cadaver tissues. This new branch of Forensic Entomology is known as Entomotoxicology. The aim of the present study was to observe the effect of different concentrations of methamphetamine and ecstasy, two amphetamine-like drugs which abuse rose among Brazilians in the last decades, on the development rate of immature of Calliphoridae Chrysomya albiceps (Wiedemann), Chrysomya megacephala (Fabricius) and Chrysomya putoria (Wiedemann), when added to artificial diet proper for them to complete their development. Amphetamine, methamphetamine´s metabolite, did not affect significantly the larval development of C. megacephala, although it increased the time of development of C. putoria maggots, specially the pupa stage. MDMA, the main compound of ecstasy, did not alter the larval development rate of C. albiceps nor C. putoria but it accelerated, considerably, the development rate of C. megacephala. Through immunohistochemical analyses it was tried to detect amphetamine in larvae of C. megacephala and C. putoria, but the results were... (Complete abstract click electronic access below)
35

Análise do desenvolvimento intrapuparial de sarconesia chlorogaster (Wiedemann, 1830) (Diptera, calliphoridae) para estimativa de intervalo pós-morte (IPM)

Flissak, Julia Caroline January 2017 (has links)
Orientador : Prof. Dr. Mauricio Osvaldo Moura / Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas (Entomologia). Defesa: Curitiba, 20/02/2017 / Inclui referências: 30-34 / Área de concentração : Entomologia / Resumo: Sarconesia chlorogaster (Wiedemann, 1830) (Diptera, Calliphoridae) é uma espécie de importância forense endêmica da região Sul que possui a morfologia dos estágios imaturos descrita e os tempos de desenvolvimento em seis temperaturas já registrados na literatura. A duração de seu desenvolvimento pupal é cerca de 70% do tempo do desenvolvimento total do imaturo. Portanto, em um contexto forense, as mudanças que acontecem nesse estágio, se refinadas, podem fornecer maior acurácia e confiabilidade ao cálculo do IPM mínimo usando imaturos de S. chlorogaster. Considerando a importância desta espécie, o objetivo principal deste trabalho foi identificar e descrever as mudanças morfológicas temporais do desenvolvimento das pupas de S. chlorogaster. Para isso, foi acompanhado o desenvolvimento de S. chlorogaster em dieta artificial em duas temperaturas constantes (20 e 25ºC). A partir do momento em que a larva de terceiro instar se enterrou, foram mortas e fixadas 10 pupas a cada oito (8) horas. De cada uma das 10 pupas, a morfologia externa foi descrita e fotografada, a cada oito (8) horas, durante às 416 horas que durou o estágio de pupa. Foram definidos, baseado em caracteres morfológicos, sete fases de desenvolvimento intrapuparial, pupariação, apólise larva- pupa, pupa criptocefálica, pupa fanerocefálica, apólise adulto-pupa, adulto farado e emergência. Das 45 características descritas morfologicamente, 15 são potencialmente informativas para estimar a idade de S. chlorogaster. De maneira geral, o formato do corpo (presença ou ausência de tagmatização), a coloração geral, a presença visível do gancho do cefaloesqueleto (porção da mandíbula), os apêndices torácicos, a mudança na coloração dos olhos e a formação das cerdas são caracteres que podem ser usados para definir idades específicas. Com estes resultados, é possível estimar o intervalo pós-morte de um corpo, utilizando características morfológicas intrapupariais. A descrição detalhada, que aumenta o grau de confiabilidade, derivada de uma técnica de análise morfológica de rotina, tende a permitir uma utilização mais ampla e confiável dessas informações para a estimativa do IPM. Palavras-chaves: Entomologia forense, morfologia interna, moscas necrófagas / Abstract: Sarconesia chlorogaster (Wiedemann, 1830) (Diptera, Calliphoridae) is a key forensic species endemic to the Southern region which has the immature stages morphology described and the development larval rate at six temperatures estimated. The duration of the pupal stage is about 70% of the time of total immature development. Thus, in a forensic context, changes occuring at this stage, if refined, can add accuracy and reliability to estimates of the minimum IPM using immature S. chlorogaster. Considering the importance of S. chlorogaster, the main objective of this work was to identify and to describe the temporal changes in the intrapupal development of S. chlorogaster. The intrapupal development were described for immatures reared in artificial diet in two constant temperatures (20 and 25ºC). From the moment the third instar larvae were buried, 10 pupae were killed and fixed in a eight (8) hours interval. From each of the 10 pupae, the external morphology was described and photographed during the 416 hours of the pupal stage. Based on morphological characters, seven stages of intrapuparial development, pupariation, larval-pupal apolysis, cryptocephalic pupa, phanerocephalic pupa, pupal-adult apolysis, pharate adult and emergence were defined. Of the 45 morphological diagnostic characteristics described, 15 are potentially informative to estimate S. chlorogaster age of. In general, the shape of the body (presence or absence of tagmatization), immature color, the presence of the mouth hook (portion of the jaw), the presence of thoracic appendages, the change in the color of the eyes and the formation of the bristles are characters useful to estimate specific ages. With these chronological changes in morphology it is possible to estimate the postmortem interval of a body, using intrapuparial morphology. A detailed morphological analysis, which enhances reliability and is based on routine techniques such as microscopy, tends to allow a wider use of this information to estimate post mortem interval. Keywords: Forensic entomology, internal morphology, necrophagous flies
36

Criação de um banco de dados do padrão sucessório das principais espécies de Dípteros de importância forense no estado do Mato Grosso, através de identificação molecular (DNA Barcode) /

Dantas, Elisangela Santana de Oliveira. January 2014 (has links)
Orientador: Patricia Pasquali Parise Maltempi / Coorientador: Flávia Galindo Silvestre Silva / Banca: Liano Centofante / Banca: Lucila Maria Lopes de Carvalho / Banca: Claudio José Von Zuben / Banca: Juliana Toledo Lima / Resumo: A Pericia criminal trabalha com um grande número de situações dentro das áreas de atuação. Dentro dessa diversidade de estudos está a entomologia forense, que utiliza os insetos aliado a justiça para responder perguntas do cotidiano. como: descobrir rotas de trafico, maus tratos contra pessoas e IPM (Intervalo Pós-Morte), que é o foco principal deste trabalho. Quando há casos em que pessoas estão envolvidas, quanto mais rápida for a identificação da mesma, melhor será para os familiares que sofrem com a suas perdas. Para que isso ocorra é necessário unir varias áreas da Pericia Criminal para que essa identificação se consolide e a entomologia se inclui em uma dessas áreas. A correta identificação das espécies de insetos encontradas no corpo é uma das ferramentas que auxilia nessa busca pela verdade. Porém, existe grande dificuldade na identificação de insetos imaturos e isso retarda o trabalho da perícia. O Código de barra de DNA tem sido utilizado com sucesso na identificação da insetos. A identificação correta das espécies é importante para a conservação e quantificação da biodiversidade. Com isso este trabalho tem como objetivo gerar um banco de dados de sequências do código de barras de DNA. O gene utilizado como código de barra de DNA é o gene mitocondrial Citocromo C Oxidase 1 (COI). Na validação do gene COI do código de barra de DNA como ferramenta taxonômica para identificação de espécies de dípteros de interesse forese, obtivemos um resultado satisfatório das espécies identificadas . O Código de barra de DNA interage entre a Taxonômia Clássica e Molecular para uma identificação precisa das espécies. Os resultados do presente trabalho demonstraram que como ferramenta taxonômica, o DNA barcode pode ser usado para a identificação molecular de insetos de interesse forense / Abstract: The criminal Skill works with a large number of situations within their areas of expertise. Within this diversity of studies is forensic entomology, which uses insects allied to justice to answer questions everyday. as discovering routes trafficking, mistreatment of people and PMI (postmortem interval), which is the main focus of this work. When there are cases in which people are involved, the faster the identification thereof, will be best for the family suffering from their loss. For this to occur it is necessary to combine several areas of Criminal Skill for this identification to consolidate and entomology are included in one of these areas. Correct identification of insect species found in the body is a tool that aids in this search for truth. However, there is great difficulty in the identification of immature insects and this slows down the work skill. The DNA bar code has been successfully used in the identification of insects. The correct species identification is important for the conservation of biodiversity and quantification. Thus this work aims to generate a database of sequences of DNA barcode. The gene used as a DNA barcode is the mitochondrial gene Cytochrome C Oxidase 1 (COI). Validation of the COI gene of the DNA bar as taxonomic tool for identification of species of Diptera phoresis of interest, code obtained a satisfactory outcome of the identified species. The DNA bar code interacts between the Classical and Molecular taxonomy for accurate species identification. The results of this study showed that as taxonomic tool, the DNA barcode can be used for molecular identification of insects of forensic interest / Doutor
37

Criação de um banco de dados do padrão sucessório das principais espécies de Dípteros de importância forense no estado do Mato Grosso, através de identificação molecular (DNA Barcode)

Dantas, Elisangela Santana de Oliveira [UNESP] 27 June 2014 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2018-07-27T18:26:04Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2014-06-27. Added 1 bitstream(s) on 2018-07-27T18:30:10Z : No. of bitstreams: 1 000857543.pdf: 1009182 bytes, checksum: ac34fceedeb7b23da866910f96991915 (MD5) / A Pericia criminal trabalha com um grande número de situações dentro das áreas de atuação. Dentro dessa diversidade de estudos está a entomologia forense, que utiliza os insetos aliado a justiça para responder perguntas do cotidiano. como: descobrir rotas de trafico, maus tratos contra pessoas e IPM (Intervalo Pós-Morte), que é o foco principal deste trabalho. Quando há casos em que pessoas estão envolvidas, quanto mais rápida for a identificação da mesma, melhor será para os familiares que sofrem com a suas perdas. Para que isso ocorra é necessário unir varias áreas da Pericia Criminal para que essa identificação se consolide e a entomologia se inclui em uma dessas áreas. A correta identificação das espécies de insetos encontradas no corpo é uma das ferramentas que auxilia nessa busca pela verdade. Porém, existe grande dificuldade na identificação de insetos imaturos e isso retarda o trabalho da perícia. O Código de barra de DNA tem sido utilizado com sucesso na identificação da insetos. A identificação correta das espécies é importante para a conservação e quantificação da biodiversidade. Com isso este trabalho tem como objetivo gerar um banco de dados de sequências do código de barras de DNA. O gene utilizado como código de barra de DNA é o gene mitocondrial Citocromo C Oxidase 1 (COI). Na validação do gene COI do código de barra de DNA como ferramenta taxonômica para identificação de espécies de dípteros de interesse forese, obtivemos um resultado satisfatório das espécies identificadas . O Código de barra de DNA interage entre a Taxonômia Clássica e Molecular para uma identificação precisa das espécies. Os resultados do presente trabalho demonstraram que como ferramenta taxonômica, o DNA barcode pode ser usado para a identificação molecular de insetos de interesse forense / The criminal Skill works with a large number of situations within their areas of expertise. Within this diversity of studies is forensic entomology, which uses insects allied to justice to answer questions everyday. as discovering routes trafficking, mistreatment of people and PMI (postmortem interval), which is the main focus of this work. When there are cases in which people are involved, the faster the identification thereof, will be best for the family suffering from their loss. For this to occur it is necessary to combine several areas of Criminal Skill for this identification to consolidate and entomology are included in one of these areas. Correct identification of insect species found in the body is a tool that aids in this search for truth. However, there is great difficulty in the identification of immature insects and this slows down the work skill. The DNA bar code has been successfully used in the identification of insects. The correct species identification is important for the conservation of biodiversity and quantification. Thus this work aims to generate a database of sequences of DNA barcode. The gene used as a DNA barcode is the mitochondrial gene Cytochrome C Oxidase 1 (COI). Validation of the COI gene of the DNA bar as taxonomic tool for identification of species of Diptera phoresis of interest, code obtained a satisfactory outcome of the identified species. The DNA bar code interacts between the Classical and Molecular taxonomy for accurate species identification. The results of this study showed that as taxonomic tool, the DNA barcode can be used for molecular identification of insects of forensic interest
38

Oxelytrum discicolle (coleoptera: silphidae) em mata de galeria no cerrado: padrão de atividade diária e atratividade por carcaças em diferentes estágios de decomposição

LIRA JÚNIOR, Luiz Antonio 01 April 2016 (has links)
Submitted by Haroudo Xavier Filho (haroudo.xavierfo@ufpe.br) on 2016-08-30T19:01:31Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) Dissertação Luiz A. Lira Júnior.pdf: 1730176 bytes, checksum: 2e8db072089ef9bd7ce638de02965e3c (MD5) / Made available in DSpace on 2016-08-30T19:01:31Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) Dissertação Luiz A. Lira Júnior.pdf: 1730176 bytes, checksum: 2e8db072089ef9bd7ce638de02965e3c (MD5) Previous issue date: 2016-04-01 / CAPES / A Entomologia Forense refere-se ao estudo dos insetos associados a situações criminais podendo ser utilizada como ferramenta auxiliar na investigação de crimes envolvendo morte violenta. A ordem Coleoptera (besouros) corresponde a segunda maior ordem de interesse forense. Dentre as espécies de importância forense, destaca-se Oxelytrum discicolle (Coleoptera: Silphidae), por estar associada frequentemente a carcaças e cadáveres humanos. Este trabalho teve como objetivos: i) compilar dados sobre a distribuição geográfica de O. discicolle na América do Sul com intuito de contribuir e atualizar a revisão feita para o gênero há 30 anos, abordando aspectos conservacionistas e climáticos que influenciam a distribuição da espécie; ii) investigar a atratividade alimentar de O. discicolle por carcaças de Sus scrofa em diferentes estágios de decomposição oferecidas simultaneamente em um fragmento de mata de galeria no Cerrado, discutindo características bionômicas, reprodutivas e ecológicas; iii) observar o padrão temporal diário de atividade (diurno vs. noturno) da espécie no Cerrado. Oxelytrum discicolle está atualmente distribuída em cinco países e o Brasil detém o maior número de referências na literatura, estando a espécie associada a ambientes florestais e de elevada altitude. Apesar desta ter sido a primeira vez que a espécies foi registrada em Brasília (Distrito Federal), O. discicolle foi a mais abundante, mostrando-se significativamente mais atraída por carcaças em estágios mais avançados de decomposição em ambas as estações. Uma correlação positiva foi encontrada entre a abundância dos indivíduos e a estação chuvosa. A espécie apresentou um padrão de atividade prioritariamente noturno. O número de machos e fêmeas coletados não diferiram significativamente durante todo o experimento. Dessa forma, a espécie é um potencial indicador para estudos forenses, corroborando estudos anteriores que sugerem o papel fundamental dos besouros em casos onde os cadáveres são encontrados em estágios mais avançados. / Forensic Entomology refers to the study of insects associated with criminal situations and can be used as an auxiliary tool in the investigation of crimes involving violent death. Coleoptera (beetles) is the second largest order of forensic interest. Among the species of forensic importance, Oxelytrum discicolle (Coleoptera: Silphidae) stands out, since it is often associated with carcasses and human corpses. This study aimed to: i) compile data on the geographical distribution of O. discicolle in South America in order to contribute and update the revision made about the genus 30 years ago, addressing conservation and climatic aspects that can have an influence in the species’ distribution; ii) investigate the attractiveness of O. discicolle by Sus scrofa carcasses at different stages of decomposition offered simultaneously in a gallery forest fragment in the Cerrado Biome, discussing bionomic, reproductive, and ecological characteristics; iii) observe the daily temporal pattern of activity (daytime vs. nighttime) of the species in the Cerrado. Oxelytrum discicolle is currently distributed in five countries, and Brazil has the largest number of references in the literature, being the species associated with forest environments and high altitude. Although this was the first time that the species was recorded in Brasília (Distrito Federal), it was the most abundant one, being significantly more attracted by carcasses in advanced stages of decomposition in both seasons. A positive correlation was found between the abundance of individuals and the rainy season. The species had a primarily nocturnal activity pattern. The amount of collected males and females did not differ significantly throughout the experiment. Thus, the species is a potential indicator for forensic studies, confirming previous studies that suggest the key role of beetles in cases where the bodies are found in more advanced stages.
39

Colonização diferencial de carcaças de ratos (Rattus norvegicus) por dípteros necrófagos em uma área de Caatinga de Pernambuco

OLIVEIRA, Diego Leandro de 23 February 2015 (has links)
Submitted by Fabio Sobreira Campos da Costa (fabio.sobreira@ufpe.br) on 2016-04-12T12:30:25Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) Dissertação Diego Oliveira.pdf: 1579476 bytes, checksum: 0bc50038aed03190a5d951097e2c8912 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-04-12T12:30:25Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) Dissertação Diego Oliveira.pdf: 1579476 bytes, checksum: 0bc50038aed03190a5d951097e2c8912 (MD5) Previous issue date: 2015-02-23 / CNPq / Moscas necrófagas são um grupo de insetos que possuem grande associação com a decomposição da matéria orgânica, incluindo carcaças animais e cadáveres humanos, sendo por isto utilizadas amplamente em estudos de Entomologia Forense, que se baseiam em dados entomológicos para a resolução de crimes. O trabalho teve como objetivo verificar a associação de moscas necrófagas com carcaças de ratos (Rattus norvegicus) em decomposição, em um ambiente de Caatinga do estado de Pernambuco. O estudo consistiu na execução de dois experimentos de campo simultâneos. O primeiro visou verificar o padrão de atividade de voo de moscas adultas ao longo da decomposição de 29 carcaças, separando as capturas diurnas das noturnas. O segundo experimento visou a caracterização da colonização de 42 carcaças, em sete regimes sequenciais de exposição, de um a sete dias. A armadilha utilizada nesta última etapa ofereceu a possibilidade de segregação das larvas que se alimentaram e abandonaram as carcaças, das que lá permaneceram ao final da exposição. No primeiro experimento foram capturadas 1.133 moscas adultas das famílias Calliphoridae (26,1%), Fanniidae (10,6%), Muscidae (37,4%) e Sarcophagidae (25,9%), que apresentaram um padrão de voo prioritariamente diurno (91,3%) e foram compostas principalmente por fêmeas (97,1%). Os califorídeos foram identificados ao nível específico, revelando a presença das espécies Chloroprocta idioidea (0,3%), Chrysomya albiceps (89,9%), C. megacephala (3,0%), C. putoria (1,0%) e Cochliomyia macellaria (5,7%). No segundo experimento, houve a presença de 1.123 larvas que dispersaram, pertencentes às famílias Calliphoridae (5,8%), Fanniidae (0,7%), Muscidae (5,1%) e Sarcophagidae (88,2%). Califorídeos dispersantes foram todos identificados como C. albiceps. As larvas colonizadoras que permaneceram nas carcaças se alimentando após o fim da exposição somaram 22.176 indivíduos, das famílias Calliphoridae (67,1%), Fanniidae (0,8%), Muscidae (10,0) e Sarcophagidae (22,1%). Três espécies de Calliphoridae colonizaram e permaneceram nas carcaças, Chrysomya albiceps (98,2%), C. putoria (0,6%) e C. macellaria (1,2%). / Necrophagous flies are a group of insects that have a strong association with the decomposition of organic matter, including animal carcasses and human corpses, being for this reason, widely used in studies of Forensic Entomology, which are based on entomological data to solve crimes. The study aimed to determine the association of necrophagous flies with decomposing rat carcasses (Rattus norvegicus), in a Caatinga environment of the state of Pernambuco. The study consisted in performing two simultaneous field experiments. The first aimed to verify the pattern of flight activity of adult flies along the decomposition of 29 carcasses, isolating the diurnal and nocturnal catches. The second experiment aimed to characterize the colonization of 42 carcasses in seven sequential regimes of exposure, from one to seven days. The trap used in this last experiment offered the possibility of segregation of larvae that fed and left the carcasses, from those that remained there at the end of exposure. In the first experiment were captured 1,133 adult flies of the families Calliphoridae (26.1%), Fanniidae (10.6%), Muscidae (37.4%) and Sarcophagidae (25.9%), which had a mainly diurnal flight pattern (91.3%) and were composed mainly of females (97.1%). The blowflies were identified to species level, revealing the presence of species Chloroprocta idioidea (0.3%), Chrysomya albiceps (89.9%), C. megacephala (3.0%), C. putoria (1.0%) and Cochliomyia macellaria (5.7%). In the second experiment, there was the dispersion of 1,123 larvae of the families Calliphoridae (5.8%), Fanniidae (0.7%), Muscidae (5.1%) and Sarcophagidae (88.2%). Dispersant blowflies were all from the species C. albiceps. The colonizing larvae that remained in the carcasses feeding after the end of exposure add up 22,176 individuals, from families Calliphoridae (67.1%), Fanniidae (0.8%), Muscidae (10.0) and Sarcophagidae (22.1%). Three blowfly species remained colonizing carcasses, Chrysomya albiceps (98.2%), C. putoria (0.6%) and C. macellaria (1.2%).
40

O efeito da ivermectina na duração das fases de decomposição, sobre os insetos necrófagos e interpretação termográfica da distribuição espacial da massa larval de dípteros em carcaças de cabras (Capra aegragrus hircus L.,1758) / The effect of ivermectin on the duration of decomposition's phases, on scavengers insects and thermographic interpretation of diptera's maggots masses colonizing carcasses of goats (Capra aegagrus hircus L., 1758)

Brancoli, Daniel Luz, 1986- 23 August 2018 (has links)
Orientador: Arício Xavier Linhares / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-08-23T07:56:31Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Brancoli_DanielLuz_M.pdf: 2919175 bytes, checksum: 945c65bec3a80aec88b5f6b239293fd2 (MD5) Previous issue date: 2013 / Resumo: A estimativa do intervalo pós-morte (IPM), período entre a ocorrência da morte e o momento em que o corpo ou carcaça é encontrado, é uma das principais utilizações de insetos na área forense. A partir de informações sobre a biologia, ecologia e distribuição geográfica dos insetos, bem como do comportamento de toda fauna presente em um corpo é possível estimar o menor intervalo da ocorrência da morte. Diversos fatores tais como temperatura, umidade, presença de substâncias tóxicas nos tecidos de uma carcaça, podem interferir no ciclo de vida de um inseto, afetando diretamente a estimativa do IPM quando esta é baseada em parâmetros biológicos do inseto. Por isso, múltiplos fatores devem ser considerados para que a perícia seja mais precisa. Com o aumento no número de mortes de animais de importância econômica devido à intoxicação medicamentosa, se faz necessárias pesquisas voltadas para a entomotoxicologia, uma área que carece de estudos específicos. Assim, o presente trabalho visou identificar a entomofauna associada a carcaças de cabras (Capra aegagrus hircus L.) mortas após tratamento com ivermectina, expostas em ambiente natural, além de averiguar possíveis diferenças na atratividade, no desenvolvimento dos imaturos que utilizaram esse substrato para alimentação e se a temperatura e o padrão de colonização da massa larval divergem entre as carcaças de animais mortos por intoxicação. Esse último parâmetro foi avaliado por meio de registros termográficos realizados em intervalos de 12 horas. Além da importância de fatores abióticos como luminosidade, temperatura, umidade e pluviosidade, pôde-se observar a ação da ivermectina nas carcaças tratadas, interferindo na composição da fauna colonizadora, no tempo total e em cada estágio da decomposição, assim como no padrão físico e comportamental das massas larvais em comparação ao grupo controle. Ainda foi demonstrado que a termografia pode ser utilizada como uma nova ferramenta em estudos periciais, auxiliando de forma significativa a avaliação dos parâmetros das massas larvais / Abstract: The estimation of the postmortem interval (PMI), period between the occurrence of death and the time at which the body or casing is found, is one of the main uses of insects in the forensic field. Using information on the biology, ecology and geographical distribution of insects, as well as the behavior of the entire fauna present in a body, is possible to estimate the time of death. Several factors such as temperature, humidity, presence of toxic substances in the tissues of a carcass, may interfere with the life cycle of an insect, directly affecting the estimate of PMI when it is based on biological parameters of the insect. Therefore, multiple factors should be considered so that the forensic analysis is more accurate. With the increase in the number of animal's deaths of economic importance due to drug intoxication, becomes necessary a research on entomotoxicology, an area with lack of specific studies. Thus, the present study aimed to identify the insect fauna associated with carcasses of goats (Capra aegagrus hircus L.) killed after treatment with ivermectin and exposed in the natural environment. Still, investigate possible differences in attractiveness, the immature development that used this substrate for feeding and if the temperature and the colonization pattern of larval mass differ between carcasses of animals killed after ivermectin inoculation. This last parameter was evaluated by thermographic shots performed at intervals of 12 hours. Besides the importance of abiotic factors such as luminosity, temperature, humidity and rainfall, the action of ivermectin on carcasses couse interferense in the composition of the colonizing fauna, the total time of colonization and the time of the decomposition stages, as well as the physical patterns and behavior of larval masses compared to the control group. Although it has been shown that thermography can be used as a new tool in forensic studies, helping to evaluate the parameters of larval mass / Mestrado / Parasitologia / Mestre em Parasitologia

Page generated in 0.0946 seconds